16/07
11:29

Arrecadação do ICMS em Sergipe cresceu 6,1%, em maio

Análise realizada pelo Boletim Sergipe Econômico, parceria do Núcleo de Informações Econômicas (NIE) da Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (FIES) e do Departamento de Economia da UFS, com base nos dados do Conselho Nacional da Política Fazendária (Confaz), apontou que a arrecadação do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS), em Sergipe, ultrapassou os R$ 269,2 milhões, em maio deste ano.

Em termos relativos, verificou-se aumento real de 6,1% na arrecadação do imposto, quando comparado à arrecadação de maio do ano passado, considerando o efeito da inflação, medida pelo IPCA. Por sua vez, no comparativo com a quantia arrecadada em abril último, verificou-se queda de 2,6%.

Com os dados de maio, a arrecadação do imposto nos cinco primeiros meses do ano, ultrapassou R$ 1,3 bilhão, registrando alta de 2,3%, em termos reais, em comparação com o mesmo intervalo de 2017.

Outros tributos recolhidos em Maio/2018

A arrecadação do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), no mês analisado, ultrapassou os R$ 14,1 milhões. Em termos relativos, houve declínio de 7,5% sobre maio do ano passado. No entanto, em relação ao mês imediatamente anterior, abril deste ano, observou-se elevação de 1,6%. No acumulado do ano (janeiro a maio), a arrecadação do imposto aumentou 3,5% em relação ao mesmo período de 2017.

O recolhimento do Imposto sobre Transmissão Causa Mortis e Doação (ITCD) ficou acima de R$ 1,2 milhão, enquanto isso, as taxas pagas em função da contraprestação de algum serviço público recolheram R$ 36,6 mil aos cofres do estado, no mês analisado.

Arrecadação do ICMS em Maio/2018

Setor

Valor Arrecadado (em R$)

Acumulado em 2018* (em R$)

Setor Primário

11.077.481

63.259.846

Setor Secundário

64.041.096

318.341.959

Setor Terciário

106.630.228

555.595.417

Energia elétrica**

28.108.888

142.229.881

Petróleo, combustíveis e lubrificantes**

54.618.139

279.440.384

Dívida Ativa

3.176.575

12.600.734

Outras fontes

1.598.975

7.460.206

TOTAL

269.251.382

1.378.928.427

*: Em termos nominais, sem considerar a inflação no período;

**: Setores secundário e terciário;

Fonte: Confaz

Elaboração: NIE/FIES.
 

NIE/FIES 

Unidade de Comunicação do Sistema Fies - UNICOM



Variedades
Com.: 0
Por Redação
16/07
10:57

Repasse do FPE para Sergipe cresceu 5% em junho

O repasse do Fundo de Participação dos Estados (FPE) para o estado de Sergipe, em junho deste ano, alcançou R$ 267,5 milhões. A análise realizada pelo Boletim Sergipe Econômico, parceria do Núcleo de Informações Econômicas (NIE) da Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (FIES) e do Departamento de Economia da UFS, com base nos dados da Secretaria do Tesouro Nacional (STN)

Quando comparado com junho de 2017, em termos relativos, o repasse assinalou aumento real de 5%, considerando o efeito da inflação, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). No comparativo com o mês imediatamente anterior, maio último, observou-se queda de 8,5% na transferência do recurso.

Com os dados de junho, as transferências acumuladas do FPE para Sergipe, nos seis primeiros meses do ano (janeiro a junho), ultrapassaram R$ 1,6 bilhão, registrando alta de 4,6%, quando comparado com o mesmo período de 2017.

Repasse do FPM em Junho/2018

O repasse a todos os municípios sergipanos, através do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), ultrapassou os R$ 102,6 milhões, assinalando elevação real de 9,4%, em relação a junho de 2017. No entanto, em relação ao quinto mês do ano corrente, observou-se queda de 7,5%.

No acumulado dos seis primeiros meses de 2018, o repasse do FPM totalizou R$ 609,9 milhões, registrando avanço real de 8,1%, em relação ao mesmo intervalo do ano anterior.

Repasse do Fundeb em Junho/2018

O repasse do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (FUNDEB) ficou acima dos R$ 52,7 milhões, registrando expansão real de 2,7%, em relação ao mesmo mês do ano passado. No comparativo com o mês imediatamente anterior, notou-se declínio de 18,1% no repasse.

No acumulado do ano corrente (janeiro a junho), a transferência do fundo atingiu R$ 347,3 milhões, situando-se 3,4% acima do verificado em igual período do ano que anterior. Todas as variações são em termos reais.

 



Coluna Eugênio Nascimento
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
15/07
20:12

Riachão do Dantas: A prefeita sai ou não sai do cargo?

Enquanto em Riachão do Dantas comenta-se muito a possibilidade de a prefeita Gerana Costa e seu vice Luliano Góes serem afastados do comando da máquina pública, os advogados estudam a possibilidade de mantê-los na condição de chefes do Executivo Municipal. As cassações foram aprovadas em primeira instância e agora., na semana passada, pelo Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe. Eles têm direito a propor um embargo, isso para ganhar tempo, e depois entrar com um recurso especial, conforme prevê o Código Civil. Em sendo acatadas as iniciativas, a prefeita e o vice poderão ficar no cargo até a decisão final do TSE, em Brasília. A rejeição implicará no afastamento imediato. Caso sejam retirados dos cargos, o presidente da Câmara de Riachão, Pedro da Lagoa, assumirá a administração até que seja convocado novo processo eleitoral. Gerana é acusada de uso do poder econômico no processo eleitoral de 2016 e de divulgar pesquisa ilegal para conquistar votos.



Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
15/07
12:05

Coluna Primeira Mão

Sukita em julgamento

 

Será na próxima terça-feira, no Tribunal Regional Eleitoral (TRE/SE), o julgamento do ex-prefeito de Capela, Sukita, por abuso de poder econômico (compra de voto) nas eleição municipal de 2012. Ele apoiava a candidatura da ex-desembargadora  Josefa Paixão à Prefeitura e estaria tentando beneficiá-la.

 

Ideias sociais

 

O deputado federal André Moura continua, pouco a pouco, mostrando as suas "ideias sociais". Primeiro, afirmou em entrevista radiofônica no interior que "bandido bom é bandido morto", que ele negou em Aracaju. Agora ele declara ser a favor da redução da maioridade penal para adolescente. Afinal, "que Brasil ele quer para o futuro"?

 

Bate boca

 

Caso sejam, confirmadas três fortes chapas na disputa do Governo de Sergipe – Belivaldo Chagas (PSD), Valadares Filho (PSB) e Eduardo Amorim (PSDB) encabeçando-as – o processo eleitoral vai virar um bate boca intenso na TV, rádio e mídias sociais. Chagas será o principal alvo, já que os outros dois são seus opositores. Na esfera do Senado, Jackson Barreto (PMDB) e André Moura (PSC)  vão se engalfinhar. JB terá ainda Valadares e  João Fontes no ataque.

 

Destino da Fafen/SE

 

O Governo do Estado pretende propor à Petrobras que adie o fechamento da Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados de Sergipe (Fafen/SE) deste ano para o próximo. Assim, a decisão passaria do Governo Temer para aquele que for eleito. O assunto foi discutido na quinta-feira passada em reunião na Sedetec.

 

Tem conteúdo

 

O governador Belivaldo Chagas leva uma grande vantagem em relação aos seus concorrentes na disputa pelo governo estadual. Tem experiência administrativa, tem obras para mostrar e disposição para o trabalho. Com a chegada do horário eleitoral gratuito, analistas políticos estão dando como certo seu crescimento na intenção de votos nas pesquisas de opinião.

 

Novo cenário

 

A extinção pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) dos 22 processos do escândalo das subvenções da Assembleia Legislativa pode ter mudado completamente o cenário eleitoral de 2018. Aqueles políticos que pareciam cartas fora do baralho, agora estão de volta e alianças feitas sem eles deverão ser repensadas ou refeitas. 

 

Redes sociais

 

Tem pré-candidatos e assessores que passam o dia todo nas redes sociais achando que vão conquistar votos nelas. Puro engano. Quer se eleger, vá gastar a sola dos sapatos. Mas apareça de vez em quando nas redes sociais. A ausência poderá levar o eleitor ao esquecimento.

 

Faixa azul 1

 

Foi correta a decisão da Justiça estadual de proibir faixa exclusiva para ônibus em Aracaju. Muito dinheiro do contribuinte aracajuano foi jogado fora para pintar a sinalização horizontal e vertical, sabendo a administração do prefeito João Alves Filho que aquela história de BRT não era pra valer. O BRT não existe na capital. Com essa sentença, acredita-se,  os engarrafamentos vão diminuir. Quem sabe!

 

Faixa azul 2

 

Mas há quem pense diferente. Sem a faixa azul, o transporte coletivo, que leva milhares de moradores da Grande Aracaju ao trabalho diariamente,  vai começar a sofrer atrasos. E quem usa o ônibus terá que suportar o calor, a lentidão e os engarrafamentos.

 

Muito bônus

 

Resolução do Tribunal de Justiça criou o Bônus de Desempenho do Poder Judiciário, que agora foi transformado em lei pela Assembleia Legislativa antes de entrar em recesso em julho. Por intermédio desse bônus, os servidores do Judiciário terão os seus salários aumentados. Por que isso? Porque os seus servidores têm trabalhado para alcançar metas consideradas boas na avaliação anual da instituição. Salvo engano desta coluna, não é esse o seu trabalho? Por que esse privilégio? Os servidores do Judiciário já não recebem seus salários para trabalhar?

 

Blitz só com resultado!

 

Há quem reclame das operações realizadas pela Polícia Militar e Detran para fiscalização a veículos e motoristas, mas é preciso fazer justiça ao caráter inibidor de irregularidades e preventivo a acidentes. Do mês passado pra cá percebeu-se a intensificação das blitze e não é sem razão: é que o Estado quer pegar os inadimplentes com o licenciamento para fazer crescer a arrecadação. Verdade que a blitz também é para coibir situações de embriaguez ao volante, mas o objetivo maior é flagrar os devedores, até para que os custos com hora extra e adicionais noturnos sejam justificáveis. A determinação é que as operações tragam resultado financeiro para o Estado, seja ao flagrar as irregularidades de motoristas displicentes – ou mesmo irresponsáveis –, seja para inibir a inadimplência. Neste caso, as blitze exercem o caráter preventivo, para que o sujeito se antecipe e não queira ter o carro apreendido por falta de licenciamento, por exemplo. E está certo mesmo: que gestor público quer assumir o pagamento de policiais para fazer blitz que não tem resultado?

 

Telemarketing

 

Diariamente somos importunados por telefonemas de funcionários de telemarketing (em especial os bancos, empresas de telefonia, etc.) querendo nos vender alguma coisa. A Assembleia Legislativa precisa aprovar alguma lei que só permita essas ligações com a autorização dos proprietários dos telefones fixos e celulares. Quantas vezes temos que fazer uma pausa numa atividade profissional para atender um telefonema indesejado?

 

Obras públicas

 

Os arquitetos e os engenheiros que fazem obras públicas para os sergipanos devem ter em mente uma coisa: parte de nossa população ainda não tem consciência suficiente para saber que essas realizações são para consumo coletivo e não são para serem destruídas. Por isso essas obras públicas precisam ser à prova de vândalos. Só assim podem resistir ao tempo. O segundo ponto a ser lembrado é que os governantes que sucederão aos que passarão não irão cuidar das realizações dos outros. Esse foi o caso da Orla Pôr do Sol, da Orla do Bairro Industrial e por aí vai.

 

Sonegação

 

Ninguém gosta de pagar impostos, nem empresários, nem trabalhadores, nem classe média. A campanha da Secretaria da Fazenda deve continuar cobrando os  impostos de quem deve. Entre os profissionais liberais, todos conhecemos a cultura do "com ou sem recibo".

 


Bom desempenho

 

Muito bom tem sido o trabalho do líder do prefeito na Câmara de Vereadores, o professor Bittencourt, ao ter lidar com certos membros da oposição que criticam por criticar e sem nenhuma responsabilidade política. Os eleitores aracajuanos merecem um nível de tais políticos.

 

Pensamento positivo

 

Grupos que defendem a legalização da maconha no Brasil estão pensando que o show da Esquadrilha da Fumaça da FAB, nesse domingo em Aracaju, tem a ver com mais um apoio para a sua causa. Alto lá! É bom evitar mal-entendidos!

 

Novas potências

 

Houve um tempo que os torcedores brasileiros diziam que, em qualquer Copa do Mundo, as potências mundiais do futebol, no frigir dos ovos, terminariam sempre prevalecendo. Em 2018, o quadro mudou pra valer. A Itália ficou de fora e os outros grandes foram aos poucos sendo eliminados por equipes de pequenos países. Assim, caíram a Argentina, Alemanha e Brasil. Com um troféu da Copa do Mundo, a França está se candidatando a entrar no clube das potências futebolísticas, ao disputar a partida final deste ano. A grande surpresa mesmo é a Croácia, pequeno país que antes fez parte da Iugoslávia, que pode ficar com título pela primeira vez.

 



Coluna Eugênio Nascimento
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
14/07
16:00

Vera vem a Sergipe lançar pre-candidaturas do PSTU

 Após surpreender lançando Vera Lúcia, uma operária, negra e sergipana, como pré-candidata a presidência da república, o Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado – PSTU, apresenta pré-candidaturas operárias ao governo de Sergipe. Nesta segunda e terça, 16 e 17, a presidenciável sergipana volta ao estado com uma agenda cheia de atividades em Aracaju, Laranjeiras, Carmópolis e no assentamento Merem, no município de Nossa Senhora do Socorro. Para encerrar, na noite de terça, às 18h, o partido lançará a chapa completa, com todas as suas pre-candidaturas, de governo, senado e deputados. 


Ao governo do estado o partido apresenta Gilvani Alves, até agora a única mulher pre-candidata ao governo nessas eleições. Gil é negra, operária e dirigente do sindicato dos petroleiros. Trabalha no campo terrestre de Carmópolis, é reconhecida pela luta contra a privatização e desmonte da Petrobras, em defesa dos empregos e direitos dos trabalhadores e também em defesa dos direitos das mulheres.


Para vice, o partido apresenta a pré-candidatura do operário da indústria de cimento, Djenal Prado. Morador do município de Laranjeiras, ele é reconhecido por quase três décadas de ativismo político e sindical. No último período Djenal também teve uma atuação importante junto aos movimentos em defesa do emprego, pelo direito à moradia digna e no recente apoio a greve dos caminhoneiros.


Ao Senado, o pre-candidato do PSTU é Clarckson Araújo, petroleiro, dirigente histórico do Sindipetro AL/SE, coordenador da Federação Nacional dos Petroleiros e também da Executiva Nacional da CSP-Conlutas, Central Sindical e Popular.


O PSTU mais uma vez decidiu não fazer alianças com outros partidos nessas eleições. “Nossa única aliança é com os interesses da classe operária e do povo pobre e trabalhador. Eleição nunca resolveu, nem vai resolver os nossos problemas. Para acabar com o caos que estão impondo às nossas vidas, como desemprego, miséria e violência, é preciso uma rebelião. Uma grande mobilização nacional que coloque Temer e todos os corruptos e corruptores na cadeia, além de confiscar os bens e expropriar as empresas envolvidas”, explica Gilvani. 


Mas para o PSTU só isso não basta. “Nosso partido convoca a classe operária a se organizar nos bairros e locais de trabalho, para que tenha condições de tomar o poder em suas mãos. Se somos nós que produzimos todas as riquezas, porque não somos nós que administramos elas. É disso que falamos quando dizemos que o Brasil precisa de uma revolução socialista. Chega dessa ditadura mascarada de democracia. Nós podemos governar através da nossa própria democracia. Só assim o produto do nosso trabalho será destinado ao atendimento das necessidades da ampla maioria da população e não dos ricaços que atualmente parasitam o país. Essa é a síntese do programa radical que nós apresentamos para governar Sergipe e o Brasil”, conclui.



Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
14/07
15:13

TRE-SE discute propaganda e fake news

 A Escola Judiciária Eleitoral, do Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TRE-SE) promoverá no próximo doa 20, das 8h30 às 17h, o Seminário de Propaganda Eleitoral e Fake News. O evento acontecerá no plenário do Tribunal e tem o objetivo de capacitar e atualizar servidores e magistrados sobre as inovações legislativas e doutrinárias em relação aos temas em debate.

 

 

Neste momentoas mídias sociais têm forte impacto nasociedade e carregam potencialidade para influir no resultado de uma eleição. Por conta disso, a Justiça Eleitoral orienta e combate permanentemente as práticas que não condizem com o que está previsto na lei.

 

 

O seminário contará com as ilustres presenças dos seguintes palestrantes:Alexandre Basílioanalista judiciário do TRE-RS; Rodrigo Rufgerente jurídico do Facebook, responsável pelo contencioso eleitoral; Rebeca Garciagerente de políticas públicas do Facebook; Paula Breimgerente jurídica do Facebook, responsável pelo contencioso criminal; Keyla Maggessy, responsável pelo WhatsApp, incorporado pelo programa de resposta a autoridades (participação por videoconferência).



Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
14/07
14:57

PF ajudará UFS na organização do sistema de segurança

A superintendente da Polícia Federal, Erika Mialik Marena, e equipe de delegados visitaram o reitor da Universidade Federal de Sergipe, professor Angelo Roberto Antoniolli, para tratar da segurança do Campus de São Cristóvão. Foram apresentadas pela gestão da Universidade Federal de Sergipe a estrutura de segurança atual, os principais problemas enfrentados e as ações que já vêm sendo adotadas.

 

“Estamos buscando diálogo contínuo e análise com os especialistas no assunto para tirarmos o melhor proveito possível da infraestrutura de segurança de que dispomos”, afirmou o reitor. Em especial, dois temas permearam o diálogo com a equipe da PF: o auxílio nas ações de monitoramento e a formalização de um convênio e termo de cooperação entre as duas instituições.

 

A superintendente da PR disse que “percebemos a relevância da universidade e somos responsáveis pela segurança de seu patrimônio, mas também podemos e vamos auxiliar ao máximo, dentro de nossas limitações, nas ações preventivas que estão sendo buscadas”. A Polícia Federal se colocou à disposição para oferecer treinamento aos servidores que trabalham monitorando as imagens captadas pelas câmeras de segurança da UFS. Além disso, irão também apoiar o trabalho de reposicionamento das câmeras atuais e das que ainda serão instaladas.

 

Ficou estabelecido o encaminhamento de proposta de convênio de cooperação técnica nas áreas de interesse das duas instituições. Um dos objetivos seria a promoção de maratonas de programação para criação de soluções de segurança que atendessem não só à universidade e à Polícia Federal, mas a outras instituições e à sociedade como um todo.



Variedades
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
13/07
11:57

Henri Clay quer pacto em defesa do Velho Chico

O presidente licenciado da OAB/SE e pré-candidato ao Senado, Henri Clay Andrade (PPL), visitou hoje (13/07) a população ribeirinha do município de Propriá, onde debateu ideias com a classe dos advogados e ouviu os principais reclames dos moradores da região do São Francisco. Ele defendeu a necessidade de mobilização da sociedade em torno de um “pacto” em defesa do ‘Velho Chico’.

"Temos que fazer um pacto nacional em defesa do 'Velho Chico' e recuperar as culturas que giram em torno dele. O Banco do Nordeste precisa voltar a ter a importância que sempre teve, principalmente para ajudar o pequeno produtor. Sergipe precisa investir na sua vocação econômica", disse Henri Clay, em entrevista ao radialista Kleber Braga, da Xodó FM de Propriá.

Tem que votar

Durante a entrevista o advogado aproveitou para conclamar a população para que não vote em branco ou anule o seu voto. "Não vamos perder essa oportunidade. Eu poderia estar na minha zona de conforto, mas entendo que nesse momento é muito importante encarar essa missão. Sei que a indignação é grande, mas só mudamos se formos às urnas e votarmos válido. Estou pedindo que analise os pré-candidatos um a um, mas não deixem de votar", pediu Henri Clay.

Segurança

Ele também falou sobre a questão da Segurança Pública em Sergipe. "É preciso recuperar o estado de tranquilidade. Queremos viver bem em Sergipe e, por isso, não podemos mais nos omitir. O modelo de Segurança Pública é atrasado. Nunca se matou, se prendeu e morreu tanto, diante de tamanha violência. Antes de tudo, tem que se dar melhores condições aos policiais, que são grandes herois", pontuou o pré-candidato.

Por último, Henri Clay deixou clara a sua ligação com o município de Propriá e os motivos que o levaram a encarar o desafio, além de pedir para que os cidadãos e cidadãs acompanhem a sua pré-candidatura através das redes sociais.

"A família da minha esposa é daqui de Propriá e sempre tive um carinho por essa terra. Encaro a política como uma missão social. Nesse período de profunda crise de valores, decidi encarar esse desafio. Um candidato novo e que tem a responsabilidade de apresentar um projeto político inovador. Quem quiser, pode me acompanhar nessa caminhada cívica através das redes sociais", finalizou Henri Clay.

Além da Xodó, o pré-candidato também concedeu entrevistas às rádios Comunitária e 104,9 FM e participou de reuniões e encontros com a população e lideranças da cidade.



Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
1 2 3 4 5 6 » Próxima » Última

Enquete


Categorias

Arquivos