09/12
16:20

Assinada por Edvaldo Nogueira, prefeito de Aracaju, a ordem de serviço para reforma e ampliação da Emurb

Objetivo da reforma é promover também melhores condições de trabalho para os servidores da empresa municipal, assim como adequar os espaços para os avanços tecnológicos

A Empresa Municipal de Obras e Urbanização será completamente reestruturada. A ordem de serviço para início das obras foi assinada na manhã desta segunda-feira, 9, pelo prefeito Edvaldo Nogueira. Além da reforma do prédio, a empresa será ampliada e ganhará uma nova sede administrativa, com acessibilidade. Serão investidos quase R$2 milhões, provenientes do Programa Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finisa). Na mesma solenidade, o prefeito descerrou a placa em homenagem ao engenheiro Adroaldo Celso Oliva Campos, que atuou na empresa por mais de 35 anos e faleceu em 2019.
 
O objetivo da reforma é promover também melhores condições de trabalho para os servidores da empresa municipal, assim como adequar os espaços para os avanços tecnológicos. “Esse prédio já não consegue absorver a todos que trabalham na empresa. Toda a parte de fiação e lógica está desatualizada, além disso, não tem elevador. Como nós cobramos acessibilidade de outros órgãos sem dar exemplo? Então, vamos ampliar e modernizar, dando cada vez mais condições para o uso das melhorias tecnológicas”. ressalta o presidente da Emurb, Sérgio Ferrari.   
A obra

Com a reforma e ampliação, a Emurb passará a ter um auditório, com capacidade para 100 pessoas, duas salas para arquivo, três salas de apoio administrativo, quatro banheiros e seis vagas de garagem. Para atender as normas de acessibilidade, serão instalados dois elevadores, sendo um em cada prédio. O prazo para execução das intervenções é de 12 meses. 

Fonte: AAN
Foto: Ana Lícia Menezes


Política
Com.: 0
Por Redação
09/12
15:56

Mutirão do Nome Limpo acontecerá nos próximos dias 11 e 12 de dezembro

Além da negociação e renegociação de dívidas, o evento dará acesso a consultas prévias da situação cadastral dos consumidores junto aos órgãos de proteção ao crédito (SPC e Serasa), e divulgará material informativo sobre a importância da educação financeira

Nos próximos dias 11 e 12, das 8h às 17h, no Ginásio da Escola de Ensino Fundamental Roberto Simonsen, acontece o Mutirão do Nome Limpo, uma iniciativa da Prefeitura de Aracaju que visa a promover, junto com diversos parceiros, um espaço favorável à negociação de dívidas e, sobretudo, trabalhar a educação financeira, tratando de forma objetiva questões que impactam na qualidade de vida do cidadão. Além da negociação e renegociação de dívidas, o evento, coordenado pelo Programa Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor, da Secretaria Municipal da Defesa Social (Semdec), dará acesso a consultas prévias da situação cadastral dos consumidores junto aos órgãos de proteção ao crédito (SPC e Serasa), e divulgará material informativo sobre a importância da educação financeira. Participarão do mutirão junto à Prefeitura, além da Fecomércio, o SESI Sergipe, a Energisa, Banco do Estado de Sergipe (Banese), Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL Aracaju) e Cencosud Brasil Comercial (Gbarbosa).

Para o mutirão, o Procon de Aracaju convidou empresas parceiras que têm grande número de consumidores na capital que disponibilizarão ofertas até melhores do que oferecem nos balcões de atendimento. Além disso, outros entes parceiros farão o trabalho de conscientização junto ao órgão municipal, como a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Sergipe (Fecomércio-SE).

Segundo a pesquisa mais recente da Fecormércio-SE, divulgada no final de outubro, atualmente há 132.617 famílias endividadas na capital sergipana, 7.073 a menos que em setembro, quando o índice apontou 139.690 e 10.189 se comparado a agosto, que apontou a maior quantidade de famílias endividadas na cidade, com 143.406 no total. Mesmo assim, o número de famílias endividadas, segundo a pesquisa, ainda é maior que a média nacional, atualmente em 64,7%, segundo a CNC.

Fonte: AAN
Foto: Ascom/Semdec


Economia
Com.: 0
Por Redação
09/12
15:31

Trânsito na Hermes Fontes está alterado em parte da avenida por conta da obra de infraestrutura

Trecho entre o cruzamento da Hermes Fontes com a avenida Barão de Maruim, até o retorno logo após a rua Frei Paulo, sentido Centro, está interditado

A obra de infraestrutura do corredor Hermes Fontes já foi iniciada e nesta segunda-feira, 9, a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito de Aracaju (SMTT) fez alterações no trânsito da via para garantir a mobilidade da população e o andamento do serviço, executado pela Prefeitura de Aracaju.
 
O trecho entre o cruzamento da Hermes Fontes com a avenida Barão de Maruim, até o retorno logo após a rua Frei Paulo, sentido Centro, está interditado e os veículos são direcionados ao binário montado na avenida. Assim, o condutor que segue pela avenida Pedro Calazans sentido Terminal DIA, pode acessar a Hermes Fontes normalmente. Já quem está na Hermes Fontes e deseja seguir pela Pedro Calazans ou convergir para a avenida Barão de Maruim, deve acessar o binário montado na pista contrária, no retorno logo após a rua Frei Paulo e, em seguida, retornar à pista de origem, após passar pelo trecho interditado. O superintendente da SMTT, Renato Telles, reforça que agentes de trânsito permanecerão na região para auxiliar o trânsito e orientar a população, mas, se possível, os condutores devem utilizar rotas alternativas para evitar congestionamentos.

Rotas alternativas

Quem estiver seguindo sentido DIA/Centro pode utilizar como rota alternativa as ruas José de Faro Rollemberg, Américo Curvelo, Construtor João Alves e Lagarto. Já quem estiver no sentido Centro/DIA, pode acessar as ruas Estância ou Dom Bosco e seguir pela avenida Edelzio Vieira de Melo para retornar à Hermes Fontes. Para ir à Maternidade Santa Helena a partir da Pedro Calazans, recomenda-se que o condutor acesse a rua Estância, seguindo pela rua Dom Bosco até a rua Frei Paulo para chegar à unidade de saúde. No sentido contrário, deve-se seguir pela Edelzio Vieira de Melo, retornar no Largo do Carro Quebrado, acessar novamente a Edelzio até a rua Nossa Senhora das Dores, onde será possível acessar a rua Frei Paulo. 

Fonte: AAN
Foto: Ascom/SMTT


Variedades
Com.: 0
Por Redação
09/12
15:30

Senadora Maria do Carmo diz que é muito cedo para falar em reeleição

A senadora Maria do Carmo (DEM) tem dito para aliados políticos e assessores que não pretende disputar a reeleição, embora se sinta bem de saúde. È comentário de aliados que ela pretende se aposentar ao final deste mandato e passar a dedicar mais tempo para a sua família. Mas os boatos persistem pelo fato dela ser o quadro de maior projeção do DEM de Sergipe e o partido não ter outras opções para disputar um cargo tão elevado na vida pública.

Consultada hoje, ela afirmou que entende que é muito cedo pra estar pensando em reeleição e lembra que ainda tem três anos de mandato, para o qual se encontra inteiramente dedicada, e que, no momento, está muito empenhada no fortalecimento do partido em  todo o Estado, com vistas às eleições de 2020. Disse que, estando estruturado e forte, o partido pensará, com certeza, nas candidaturas proporcionais e majoritárias, de 2022.



Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
09/12
15:20

50 novos servidores são convocados para assumir os cargos de agentes penais

Os alunos passarão para um curso de formação de quatro semanas e assumirão as funções na Desipe

Na manhã desta segunda-feira, 9, a Escola de Gestão Penitenciária (Egesp), por meio da Secretaria da Justiça (Sejuc), realizou a solenidade de abertura para o curso de formação dos novos policiais penais do estado de Sergipe. Os 50 novos servidores passarão por quatro semanas de preparo para assumir suas funções no Departamento de Sistema Prisional (Desipe).

A convocação destes novos agentes faz parte do planejamento de gestão da Sejuc, visando suprir as demandas da segurança pública do estado. “Em 2017, nós apresentamos ao governo do estado as necessidades da secretaria, no sentido de não só formar os novos alunos, como também convocar os novos agentes. Agora, esses alunos já estão empossados e vão passar para o treinamento necessário para o exercício diário de sua atividade.”, explica Cristiano Barreto, secretário de Justiça.

O curso, que durará quatro semanas em horário integral, incluindo os sábados, pretende formar os agentes penais de forma qualificada. “A Egesp foi buscar na formação dos agentes federais, toda a expertise para que a gente procure fazer o melhor curso de todos os tempos, para que no dia 10 de janeiro possamos entregá-los ao Desipe”, comenta o diretor da Egesp, Delmário Magalhães.

Fonte e foto: ASN


Variedades
Com.: 0
Por Redação
09/12
15:15

Eduardo Amorim prepara o PSDB para disputar as eleições 2020

Embora um tanto desaparecido da mídia, o presidente do Diretório Estadual do PSDB, ex-senador Eduardo Amorim,  tem feito reuniões com pré-candidatos a vereadores, discutido a possibilidade de lançar candidatura própria a prefeito da capital, estruturado os diretórios no interior do Estado e  fortalece os secretariados Tucanafro, Juventude, Diversidade e PSDB-Mulher”, conforme divulgou hoje a sua assessoria.


Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
08/12
15:22

Transporte coletivo: Empresas elaboram proposta para reajustar tarifa de Aracaju

As empresas que atuam no sistema de transporte integrado  de Aracaju estão finalizando junto com o Setransp (o sindicato que as representa) a planilha de custos para encaminhar à Prefeitura/ SMTT. Junto com a planilha será feira uma proposta de reajuste no valor da tarifa, hoje fixada em R$ 4,00. Como todos os anos, é apresentada a planilha de custos do sistema de transporte que aponta por si só as necessidades de reajuste diante dos aumentos das despesas com os insumos que incidem na tarifa de ônibus: combustível, mão-de-obra, manutenção, gratuidades, e outros.




Economia
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
08/12
10:23

Coluna Primeira Mão

Para sair da crise

 

Não se pode deixar de reconhecer o esforço que tem sido feito pelo Governo do Estado através da negociação de dívidas para ajudar as empresas a saírem da crise. A Secretaria da Fazenda passou praticamente todo o ano de 2019 apresentando condições diferenciadas para quitação dessas pendências, o que possibilitou a recuperação fiscal de mais de 3.000 empresas em Sergipe. Agora o governo está com um Refis para ICMS e IPVA que concede redução de até 95% das multas e 80% dos juros com prazos de pagamento de até 120 prestações. São ações que promovem o estímulo à economia e à geração de empregos e renda no Estado.

 

TCE: Situação lamentável

 

O Tribunal de Contas de Sergipe deve aprender alguma lição sobre o caso Flávio Conceição e Clóvis Barbosa. Essa instituição tem nome de tribunal mas não é a Justiça. Diante do escândalo vergonhoso envolvendo o conselheiro baiano no começo do governo de Déda, da enorme quantidade de provas contra ele e da enorme repercussão negativa na mídia e na opinião pública, o TCE decidiu aposentar o conselheiro do "docinho de leite" e imediatamente empossar Clóvis Barbosa,  que não tinha nada a ver com o problema. Os conselheiros esqueceram que a verdade jurídica pode ser muito diferente dos fatos tidos como evidentes, óbvios. Pois bem, apesar de tudo, a justiça decidiu que Flávio Conceição deve reassumir o seu posto no TCE e o tribunal perde um dos seus melhores conselheiros de sua história. Lamentável!

 

 

Sergás poderá ser privatizada

 

 

O governador Belivaldo não demonstra interesse em vender a Companha de Saneamento der Sergipe (Deso) e muito menos ainda o Banco do Estado (Banese). A cereja do bolo privatizável sergipano parece estar na Sergás. Mas ainda é cedo para qualquer iniciativa, conforme um parlamentar da base aliada.

 

 

Servidores irritados

 

 

Os servidores públicos não estão nada contentes especialmente com  medidas que podem ser aprovadas em seu desfavor. A primeira delas é o fim da estabilidade no emprego e a outra é redução de seus salários pelo presidente Bolsonaro. Em nome da recuperação da economia, o governo federal tem feito muitos e restrições e a atividade não decola. Faz sentido.

 

 

Tensão política e religiosa

 

 

Religião é mesmo um tema que divide as pessoas. Os seus líderes  no Brasil deveriam buscar o diálogo entre elas, mas, com o polarização política do país, o que é muita competição e esforços para fortalecimento de cada grupo religioso. Com certeza, alguma forma de diálogo inter-religioso ajudaria a baixar a tensão política. Os mais agressivos são os membros das religiões pentecostais. O equilibrado  papa Francisco tem mostrado que o diálogo é o caminho para pacificar esse país.

 

 

Coronelismo e dominação

 

 

 O cientista político e historiador Ibarê Dantas republicou o seu clássico  brasileiro "Coronelismo e dominação". Essa segunda edição está revista e ampliada. Nessa nova edição foram incluídos, além de uma nova apresentação escrita pelo próprio autor, vários anexos, isto é,  "Amostras do Diário do Juiz, Carta do Deputado Manuel Teles ao Governador Leandro, Telegrama do Governador Leandro Maciel ao deputado Manuel Teles respondendo sua carta, Entrevista de Chico de Miguel ao Jornal de Sergipe, Carta de Chico de Miguel aos eleitores, e, Prefeitos de Itabaiana". O livro é leitura obrigatória para todos interessados em política sergipana. Sobre o diário do juiz estadual José Bezerra dos Santos, o autor publicou artigo sobre esse documento no Jornal da Cidade na semana passada. Embora Ibarê Dantas sempre diga o contrário, ele é uma fonte que nunca seca!

 

 

Cidade mal planejada

 

 

Aracaju é uma cidade mal planejada e construída para bicicletas, motos e veículos de tração animal. Seus idealizadores não pensaram nas grandes avenidas e bulevares já existentes na Europa do século XIX. Como resultado disso, aí estão os engarrafamentos e os congestionamentos por causa de suas ruas estreitas. É para dar uma resposta a esses problemas que o prefeito Edvaldo Nogueira está alargando e aumentando as faixas da avenida Rio de Janeiro, onde ainda podem ser vistos os trilhos da empresa ferroviária Leste Brasileiro. Além disso, ordenou a derrubada das árvores da avenida Hermes Fontes para, também, aumentar o número de faixas daquela artéria, com o objetivo de desafogar o trânsito naquela parte da cidade. Tem gente apoiando e criticando a medida. Ele teria interesse em plantar muitas árvores novas para compensar esse "desmatamento" fora da Amazônia.

 

 

Óleo sem fim

 

 

Você ouviu alguém ou alguma autoridade dizer que as manchas de petróleo não têm mais chegado ao litoral de Sergipe? Essa é uma história que ainda não terminou. Embora em menor quantidade, o ouro negro tem aportado em nossas praias e vai continuar nos incomodando por longo tempo, mesmo que não seja na sua forma sólida. Um pouco de prudência não faz mal à saúde de ninguém.

 

 

Governo sem dinheiro

 

 

Em qualquer parte do mundo, em tempos de crise econômica, os governistas sempre dirão que os cofres estão vazios, enquanto as oposições vão dizer que, sim, o governo tem dinheiro e não prioriza o seu uso para atender as necessidades dos servidores públicos e da população em geral. Se for véspera de disputa eleitoral, as oposições  acrescentarão que o dinheiro está guardado, bem guardado, para ser usado nas eleições. No caso sergipano, as oposições dentro e fora do Parlamento precisam ter mais cautela com esse discurso. O governo estadual está mesmo quebrado, fazendo das tripas o coração para fazer frente às despesas que não param de aumentar.

 

 

Sempre devendo

 

 

O próprio governador Belivaldo expôs em seu “Papo Reto” que vinha paganbd9o dívidas dos prestadores de serviços a cada cinco meses. A situação melhorou um pouco passou a fazer de três em três meses e agora trabalha para fazer isso mês a mês. O Estado quer colocar em, prática esse quadro bom em 2020.

 

 

Matança em Paraisópolis

 

 

Chocou o país inteiro a matança ocorrida na favela paulistana de Paraisópolis. Falou-se que havia no local da festa  cerca de 5 mil pessoas. Ali morreram 9 pessoas, todas jovens, com um futuro pela frente. Quando os resultados das investigações serão divulgados? E nesse tipo de ação desastrosa da PM do governador Dória que ele chama na publicidade de "São Paulo, um estado de respeito"? O que aconteceu é ausência de estado de direito. Não faz mal lembrar que os governadores do Rio de Janeiro e São Paulo tinham o mesmo discurso sobre o combate à violência, seguindo a cartilha do presidente Bolsonaro. Essa forma de "mostrar serviço" só cabe em ditaduras e em regimes totalitários. Alto lá, Dória!

 



Coluna Eugênio Nascimento
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
Primeira « Anterior « 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 » Próxima » Última

Enquete


Categorias

Arquivos