16/09
17:05

Sancionada em Sergipe a Lei que identifica Água Adicionada de Sais

Texto é de autoria do deputado Zezinho Sobral

Com o objetivo de proporcionar segurança e esclarecimento ao consumidor sobre o produto que é adquirido, foi sancionada na última sexta-feira, dia 13, a Lei que determina padrões para identificação e diferenciação dos garrafões que embalam água adicionada de sais em Sergipe. O texto, de autoria do deputado estadual Zezinho Sobral (Pode), estabelece os parâmetros e padrões mínimos para a correta identificação e diferenciação das embalagens, retornáveis ou não, da água adicionada de sais, diferenciando-as das embalagens da água mineral natural e da água natural. Ela também determina a vedação de envase em garrafões para que marca esteja litografada em alto ou baixo-relevo.

Lei que determina padrões para identificação e diferenciação dos garrafões que embalam água adicionada de sais em Sergipe já está publicada no Diário Oficial do Estado. Ela também explica o que é água mineral natural, água natural e água adicionada de sais.A água mineral natural é aquela obtida diretamente de fontes naturais ou por extração de águas subterrâneas, caracterizada pelo conteúdo definido e constante de determinados sais minerais, oligoelementos e outros constituintes, considerando as flutuações naturais. Já a água natural se diferencia da mineral pelos níveis de sais e substâncias que devem ser inferiores aos mínimos estabelecidos.

A água adicionada de sais, modalidade já em atividade no mercado, é aquela também indicada para consumo humano, preparada e envasada contendo um ou mais dos compostos previstos na Resolução nº 274, de 22 de setembro de 2015, da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Ela é elaborada a partir de água de surgência (nascentes) ou poço tubular, que atenda os parâmetros microbiológicos, químicos dispostos na Norma de Qualidade da Água para Consumo Humano, não devendo ser proveniente de fontes naturais procedentes de extratos aquíferos. Não pode conter açúcares, adoçante, aromas ou outros ingredientes similares.

Fonte e foto: Ascom Parlamentar/Alese


Política
Com.: 0
Por Redação
16/09
17:03

TRE-SE: Devido a restrição orçamentária, atividades de seis Postos de Atendimento irão se encerrar em dezembro

De janeiro a maio de 2020, haverá Atendimento Biométrico Itinerante nesses municípios

Na manhã desta segunda-feira (16/09), realizou-se reunião no Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TRE-SE) para tratar de detalhes procedimentais com relação aos seis Postos de Atendimento (PA), ora em funcionamento nas cidades de Riachuelo, Frei Paulo, Pacatuba, Poço Verde, Itabaianinha e Cedro de São João. Após esclarecimentos, ficou definido que tais Postos funcionarão normalmente até o dia 19 de dezembro deste ano. O motivo da interrupção das atividades é a restrição orçamentária prevista para toda a Justiça Eleitoral no que tange ao ano de 2020.

Foi solicitado pelo presidente do TRE-SE, Des. José dos Anjos, e pelo corregedor e vice-presidente, Des. Diógenes Barreto, aos juízes das Zonas Eleitorais envolvidas que sensibilizem a população local para que compareçam aos Postos de Atendimento até a data acima destacada a fim de, se for o caso, adiantar a regularização de suas situações, evitando, assim, terem que se deslocar para as sedes das Zonas no próximo ano. De janeiro a maio de 2020, com vistas ao fechamento do cadastro eleitoral para as Eleições Municipais, será providenciada escala para Atendimento Biométrico Itinerante nos municípios que verão encerradas as atividades dos Postos.

Fizeram-se presentes à reunião a juíza da 30ª ZE, Drª. Juliana Nogueira, o juiz da 24ª ZE, Dr. Alex Oliveira, o juiz da 15ª ZE, Dr. Horácio Gomes, o juiz da 3ª ZE, Dr. Raphael Silva, o juiz da 22ª ZE, Dr. Henrique Britto, o diretor-geral do TRE-SE, Rubens Lisboa, o Secretário de Administração de Orçamentos e Finanças, Norival Neto, o assessor de comunicação, Ricardo Ribeiro e a chefe da Seção de Assuntos Jurídicos da Corregedoria, Camila Brasil.

Fonte e foto: TRE-SE


Variedades
Com.: 0
Por Redação
16/09
15:43

Getam prende ex-presidiário por tráfico de drogas em Nossa Senhora do Socorro

O suspeito ainda tentou fugir da abordagem, mas foi detido ao tentar entrar em uma residência

No final da noite do útlimo sábado, 14, equipes do Grupamento Especial Tático de Motos (Getam) prenderam Ricardo de Matos, 30 anos, por suspeita de tráfico de drogas no Conjunto Maria do Carmo, em Nossa Senhora do Socorro, localizado na Grande Aracaju. Durante o flagrante, os policiais apreenderam mais de um quilo de maconha prensada e a quantia de R$ 1045.00 em dinheiro trocado.

A prisão ocorreu no momento em que os militares do Getam realizavam patrulhamento na Rua Vitória Régia e perceberam a atitude suspeita de Ricardo de Matos. O suspeito ainda tentou fugir da abordagem, deixando cair um tablete de maconha, mas foi detido ao tentar entrar em uma residência. Diante dos fatos, o infrator foi encaminhado à Central de Flagrantes.

Fonte: Ascom PM/SE
Foto: SSP-SE


Variedades
Com.: 0
Por Redação
16/09
15:41

Homem acusado de participação no assassinato de vigilante se entrega à polícia

O crime ocorreu no último dia 4 em uma escola de Capela

Na última sexta-feira, 13, se entregou à polícia na Central de Flagrantes de Aracaju, Ivo Cláudio Santos de Jesus, envolvido no crime que vitimou o vigilante Mário Sérgio Barboza Santos, na cidade de Capela, no último dia 4 de setembro.

Segundo o delegado Wanderson Bastos, agora faltam ser presos mais três pessoas que também tiveram participação do crime “ O crime não foi apenas praticado por “Neu”. que morreu em confronto com a polícia, e nem somente por Ivo Cláudio. que se entregou para a polícia neste final de semana, existe a participação de mais três indivíduos que ainda encontram-se foragidos” disse o delegado. 

"A motivação do crime foi vingança e por isso a vítima foi assassinada, pois para os acusados ele era uma ameaça para os criminosos da região. Durante o velório a vítima também teve sua casa invadida  e foi o Ivo que invadiu, mas ele nega isso em seu interrogatório. Para a polícia, o objetivo dos criminosos foi desmoralizar a vítima e a sua família. “ finaliza Wanderson Bastos.  

Fonte e foto: SSP-SE


Variedades
Com.: 0
Por Redação
16/09
15:34

Quinta Instrumental deste mês irá reunir os gigantes da guitarra baiana Armandindo e Lito Nascimento

Ambos foram precursores da guitarra baiana e, hoje, também são referência no bandolim

A praça General Valadão, no Centro de Aracaju, será palco de um encontro bastante especial na edição de setembro do projeto Quinta Instrumental, da Prefeitura de Aracaju, quando dois grandes nomes da guitarra baiana se unirão: Armandinho e Lito Nascimento -  este último radicado em Sergipe há anos. Ambos foram precursores da guitarra baiana e, hoje, também são referência no bandolim. 
 
Repaginado após dois anos de realização, o Quinta Instrumental agora reúne, além de artistas locais, instrumentistas de outros Estados, como o próprio Armandinho e Amaro Freitas, grande pianista pernambucano que está na programação deste semestre. Neste ano, o projeto passou a ser realizado mensalmente, com eventos maiores e na praça General Valadão. O próximo Quinta Instrumental ocorre no dia 26 de setembro e promete ser mais uma grande noite de fomento à música instrumental.
 
Armandinho e Lito
 
Armandinho é um dos artistas baianos mais conhecidos do grande público. Ele foi um dos responsáveis pela disseminação da guitarra baiana, ao amplificá-la no trio elétrico, idealizado pelo pai dele, Osmar Macêdo, da dupla Dodô e Osmar. Alcançou um novo patamar de sucesso ao introduzir em seu repertório canções de grandes nomes da música, como Caetano Veloso, Gilberto Gil e Dominguinhos. Integrou alguns grupos durante a carreira e, hoje, faz carreira solo. Já Lito Nascimento iniciou a carreira em Alagoinhas (BA), onde tocou em grandes trios e fez bastante sucesso. Veio a Sergipe fazer um show e acabou se apaixonando por uma sergipana, que o fez adotar o Estado como seu novo lar. Hoje, toca na noite e também com sua banda, a Água de Cheiro. 
 
Fonte: AAN
Foto: Ascom/Funcaju


Variedades
Com.: 0
Por Redação
16/09
15:28

Premiação para os vencedores do 1º Concurso de Criatividade e Inovação na Gestão é entregue por Edvaldo Nogueira

Para chegar aos primeiros colocados, a comissão avaliou oito critérios

O prefeito Edvaldo Nogueira entregou, na manhã desta segunda-feira, 16, a premiação do 1º Concurso de Criatividade e Inovação na Gestão Pública, realizado pela Prefeitura. Foram premiadas as três melhores ideias, dentre os 36 projetos elaborados por servidores municipais. Também foram entregues certificados tanto para os participantes como para os membros da Comissão de Avaliação e Comitê Gestor. Lançado no mês de abril, pela Secretaria Municipal do Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplog), através a Escola de Governo e Administração Pública (Esgap), o concurso teve como finalidade estimular os funcionários do quadro administrativo a desenvolverem a cultura de inovação no setor público, contribuindo para o atendimento das necessidades da população. Além disso, a ação teve o objetivo de valorizar os servidores que atuam de maneira proativa, em benefício dos interesses públicos.

Concurso

O projeto que ficou com a 1ª colocação do concurso foi o “Serius Game Anjos Azuis: preservando o patrimônio e construindo a cidadania”. Segundo a autora, a guarda municipal Aracely Matos, que possui 6 anos na corporação, a ideia surgiu com a proposta de ensinar sobre a importância da preservação do patrimônio público, através de um jogo educativo digital. Receberam, além do certificado, um prêmio no valor de R$3 mil, patrocinado pela Corretora Banese. Já o segundo lugar ficou para o projeto “Clube do leitor: pequenos sonhadores”, produzido pelas servidoras Andressa Rejane de Oliveira Melo e Vanessa Araújo. Elas foram contempladas com um ano de curso de idiomas, pela Universidade Tiradentes. Já o terceiro foi o “Casa Legal, papel na mão”, das responsáveis Dauane Conceição Santos Santana, Luciola Alves e Mariana Martins, que ganharam um tablet, patrocinado pelo Banco do Brasil.

Para chegar aos primeiros colocados, a comissão avaliou oito critérios: inovação, resultados e/ou impactos, utilização eficiente de recursos, parcerias, participação dos beneficiários, mecanismos de transparência e controle social, grau de replicabilidade, e grau de sustentabilidade. O diretor da Escola de Governo, Bosco Rollemberg, afirmou que, diante do sucesso da 1ª edição do concurso, a segunda já está prevista para início de 2020.

Fonte: AAN
Foto: Ana Lícia Menezes


Variedades
Com.: 0
Por Redação
16/09
15:26

Vândalos destroem equipamentos de lazer na Orla de Atalaia

Após o fim de semana equipe de manutenção da Sedurbs encontrou bancos de concreto, que haviam sido recuperados há menos de dois meses, destruídos por vândalos

Na manhã desta segunda-feira, 16, o fiscal da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade (Sedurbs) encontrou um rastro de destruição por atos de vandalismo na Orla de Atalaia, Zona Sul da capital, mais precisamente na Passarela do Caranguejo. Um banco de concreto foi totalmente destruído e, em outros pontos, assentos de banco e cadeira de balanço de parquinho infantil foram pinçhados e  parcialmente destruídos.

As manutenções constantes nesta área da cidade, gerando custos para os cofres públicos, se devem, principalmente, aos atos de vandalismo praticados nas áreas de lazer e de urbanização em toda extensão da orla. Isso têm causado sérios danos ao patrimônio público, elevando custos financeiros ao Estado que gasta atualmente cerca de R$ 180 mil por mês na manutenção dos equipamentos da Orla de Atalaia.

São pichações, destruição de encostos de bancos, furto de basculantes dos banheiros, entre outros ataques ao bem público. De acordo com a superintendente executiva da Sedurbs, Deborah Dias, o problema fica ainda mais visível depois de fim de semana e feriados prolongados, quando a área de lazer recebe um número maior de pessoas. “Além da manutenção que já é realizada, tem estes serviços que são feitos fora do cronograma, o que acrescenta custos. É preciso que a população tenha consciência para conservação do patrimônio público e nos ajude na manutenção, porque o dinheiro usado nesse trabalho poderia ser investido em outras coisas para a própria população usufruir”,  explicou Deborah Dias.

Fonte: ASN
Foto: Sedurbs


Variedades
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
15/09
15:20

Visando criar soluções tecnológicas para o turismo sergipano, Hackatur aconteceu neste final de semana

O evento que acontece pela primeira vez em Sergipe promete criar soluções tecnológicas para o turismo no estado

O Hackatur Sergipe aconteceu da sexta-feira, 13 até ontem, domingo, dia 15, no Sergipe Parque Tecnológico (SergipeTec), em São Cristóvão.
O evento que faz parte do Investe Turismo de Sergipe que é realizado pelo Ministério do Turismo, Governo de Sergipe, por meio da Secretaria de Turismo (Setur), e do Serviço Brasileiro de Apoio à Micros e Pequenas Empresas (Sebrae), teve como objetivo promover a criação de soluções tecnológicas para o turismo sergipano. Na oportunidade, estudantes e profissionais das mais variadas áreas se fizeram presentes e demonstraram muita expectativa.

Sobre o projeto

O Hackatur faz parte da ação Inovação da Oferta Turística, dentro do Projeto Investe Turismo, e a analista do Sebrae, Bianca Faria, conta qual a proposta do evento e quais os resultados que espera. “Nós fizemos o mapeamento dos gargalos tecnológicos do turismo e vamos apresentar para os participantes do Hackatur nossas dificuldades, para que eles consigam fazer uma solução tecnológica para solucionar esses gargalos. A gente espera sair com algum aplicativo, algum site responsivo, que efetivamente consiga minimizar o nosso problema no estado. Posteriormente, o Sebrae pretende fazer aceleração dessas ideias para que os participantes levem seus projetos para o mercado, para ganhar dinheiro com isso”, informa.

Para o secretário de estado do Turismo, Sales Neto, o Hackatur, com sua mistura de soluções tecnológicas com turismo, busca criar melhorias nos processos para, assim, gerar impacto positivo nas experiências dos turistas em Sergipe. "O foco é sempre a melhoria para o turismo e dos processos para atender cada vez melhor o turista, para que ele se sinta bem aqui em Sergipe e ainda para que ele volte e indique o nosso destino”, explica o secretário. Já o presidente do SergipeTec, que foi parceiro do evento e responsável por toda parte estrutural, falou da importância do Hackatur para o turismo do estado. “Eu acredito que as ideias produzidas a partir da análise dos gargalos que existem na área do turismo, irão permitir resolver alguns entraves e um melhor desempenho no turismo, que reflete em todos os segmentos do estado. O turismo é uma mola propulsora que consegue disseminar seus benefícios para os demais setores, é um elo de ligação”, salienta.

Fonte e foto: Ascom/Setur


Variedades
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
Primeira « Anterior « 1 2 3 4 5 6 7 » Próxima » Última

Enquete


Categorias

Arquivos