23/01
19:23

TRE-SE não acolhe embargos de João Bosco, Talysson e Valmir Costa

Processos foram decididos por unanimidade

O Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TRE-SE), na tarde do dia 22 de janeiro de 2020, apreciou os embargas de declaração apresentados por João Bosco, Talysson Barbosa Costa e Valmir dos Santos Costa. O presidente do TRE-SE, Des. José dos Anjos, retirou de pauta os dois processos que tinham como parte José Valdevan de Jesus Santos.

O primeiro processo a ser analisado foi o de João Bosco, que propôs embargos de declaração à decisão deste Tribunal, veiculada no Acórdão ID 2224168, que, à unanimidade de votos, julgou procedentes os pedidos constantes na Ação de Investigação Judicial Eleitoral promovida pelo Ministério Público Eleitoral, para, nos termos do artigo 22, XIV, da Lei Complementar nº 64/90, cassar-lhe o mandato e decretar sua inelegibilidade pelo período de 08 (oito) anos, a contar da indicada eleição. 

Os embargos apresentados por Talysson Barbosa Costa e por seu pai, Valmir dos Santos Costa, questionavam a decisão proferida na Ação de Investigação Judicial Eleitoral que, na sessão do dia 15.08.2019, por maioria de votos, cassou o mandato do primeiro embargante e decretou a inelegibilidade dos dois pelo período de 08 (oito) anos, a contar da data das eleições de 2018. Talysson e Valmir alegaram, entre outros pontos, que o Tribunal não indicou a prova da gravidade e da amplitude (alcance) dos atos irregulares, fato que, segundo eles, violaria o princípio da proporcionalidade. O Des. Diógenes demonstrou que a Corte Eleitoral analisou detalhadamente todos os pontos e que a gravidade e alcance dos abusos foi demonstrada ao longo da fundamentação.

Fonte e foto: TRE-SE


Política
Com.: 0
Por Redação
23/01
18:45

Confira a programação do Projeto Verão, que acontecerá nos dias 1 e 2 de fevereiro

Modelo original do Projeto está sendo retomado

Uma das maiores festas do calendário cultural de Aracaju, o Projeto Verão está de volta este ano e promete muita animação na Orla da Atalaia. Realizado pela Prefeitura de Aracaju pela primeira vez em 2003, a iniciativa mescla de atrações musicais e intervenções artísticas à prática de esportes e é um grande sucesso desde então.
 
O evento, no entanto, sofreu algumas mudanças a partir do ano de 2014, quando passou a ser realizado em uma proporção menor, contando, muitas vezes, apenas com a parte da programação esportiva, sem os shows musicais. Neste ano, o modelo original do Projeto Verão está sendo retomado, o que aumenta a expectativa em torno do evento.
 
Por isso, a Prefeitura de Aracaju reuniu artistas locais e nacionais em uma programação bastante diversificada para os dois dias de festa. No dia 1º de fevereiro, às 21h, o evento começa com a apresentação da banda The Baggios. Na sequência, às 22h30, sobe ao palco a banda Cordel do Fogo Encantado. A partir de 00h será a vez da banda Paralamas do Sucesso garantir a animação do público. A primeira noite será encerrada com a banda Reação, que se apresenta às 1h30. Já a segunda noite da festa, começa às 21h com o músico Siba. Logo após, às 22h30, aracajuanos e turistas cairão no samba com o cantor Diogo Nogueira. Às 00h será a vez da banda de rock Ira animar os presentes e às 1h30 a banda Babado Novo sobe ao palco para fechar o Projeto Verão.

Fonte: AAN
Foto: Secom/PMA


Variedades
Com.: 0
Por Redação
23/01
18:27

Hospital Nestor Piva é o primeiro de Sergipe a realizar captação de córneas

Iniciativa partiu da coordenação da Unidade de Estabilização e da gestão da UPA, quando decidiu capacitar a equipe para identificar doadores em potencial

De acordo com o Ministério da Saúde, o Brasil é o segundo maior transplantador do mundo, ficando atrás apenas dos Estados Unidos, e é referência na área de transplantes, dispondo do maior sistema público de transplantes do mundo, com cerca de 96% dos procedimentos no país financiados pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Em Aracaju, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Nestor Piva, localizada na zona Norte da capital, é pioneira na realização do protocolo de doação de córneas em Sergipe. A iniciativa partiu da coordenação da Unidade de Estabilização e da gestão da UPA, quando decidiu capacitar a equipe para identificar doadores em potencial.

Segundo explica o coordenador da Unidade de Estabilização do Nestor Piva, médico Reginaldo Freitas, com o apoio da gestão da unidade foi feito o contato com a Organização de Procura de Órgãos (OPO) do Estado para iniciar essa capacitação. “Desde a terceirização modificamos todo o processo de trabalho da Estabilização. Melhoramos tanto na assistência quanto na abordagem familiar, cuidados com os pacientes e familiares, a parte de humanização. Como estamos trabalhando esta parte da abordagem, entramos em contato com a OPO, que regula a central de transplantes. A OPO forneceu toda a estrutura para que fosse possível instituir dois tipos de protocolo aqui na unidade”, explicou o médico.

A gestora hospitalar da UPA Nestor Piva, Jória Dias, explicou que a administração do hospital prontamente aprovou a iniciativa da Unidade de Estabilização em qualificar a equipe e iniciar esse trabalho de captação de córneas. “Hoje somos o primeiro hospital municipal do estado de Sergipe apto a participar desse protocolo. Então é um ganho, em apenas um ano de administração, o Hospital Nestor Piva fazer parte do protocolo de captação de órgãos. Estamos aprimorando as equipes de enfermagem, de assistência social para poder mobilizar a família do doador e poder ajudar famílias que necessitam”, destacou.

Protocolos

Um dos protocolos a que o coordenador da Estabilização da UPA se refere é o de diagnóstico por morte encefálica (ME), quando ocorre a perda completa ou irreversível das funções cerebrais, situação que geralmente envolve pacientes em coma ou lesões cerebrais graves. “Já estamos preparados para fechar o diagnóstico de ME, que é um protocolo mais difícil de acontecer aqui na unidade, mas temos óbitos por outros motivos e que também podem apontar um doador de córnea”, explicou Reginaldo Freitas. Três médicos do Nestor Piva passaram por treinamento específico e estão habilitados a realizar o diagnóstico de ME. A segunda parte da capacitação envolve as equipes de enfermagem para identificar o doador em potencial e abordar de forma correta a família para tratar sobre a doação.

Segundo a Organização de Procura de Órgãos (OPO) do Estado, atualmente, em Sergipe, cerca de 200 pessoas aguardam por um transplante de córnea. Mesmo sendo a meta principal de qualquer unidade de saúde salvar vidas, existem casos onde o óbito é inevitável. Diante desses casos, antes do protocolo não havia profissionais capacitados para identificar doadores em potencial. A partir desse treinamento já é possível fazer essa identificação, realizar a captação de córneas e auxiliar na redução do tempo de espera dos pacientes que necessitam do transplante.

Fonte: AAN
Foto: Ascom/SMS


Variedades
Com.: 0
Por Redação
23/01
18:21

Acontecerá nos dias 28 e 29 as inscrições para comércio de produtos no Projeto Verão

É necessário apenas apresentar, obrigatoriamente, cópia dos documento de identificação (RG), comprovante de residência e certificado de curso de manipulação de alimentos

Por intermédio da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb), a Prefeitura de Aracaju vai realizar, nos próximos dias 28 e 29, terça e quarta-feira, o processo de inscrição para interessados em comercializar produtos na área do evento, na Orla da Atalaia, nos dias 1 e 2 de fevereiro.

Não há cobrança para realização do cadastro, o qual deverá ser feito na sede da Diretoria de Espaços Públicos e Abastecimento (Direpa), no Parque da Sementeira, das 8h às 12h e das 14h às 17h. Para tanto, é necessário apenas apresentar, obrigatoriamente, cópia dos documento de identificação (RG), comprovante de residência e certificado de curso de manipulação de alimentos. Os pontos de comercialização serão sorteados no dia 30, às 9h, também na sede da Direpa, e englobam vários segmentos, como box de bebidas, isopor, food truck, adereços, lanches em geral, entre outros. De acordo com o diretor de Espaços Públicos, Bira Rabelo, após o sorteio serão repassados os procedimentos que a Emsurb vai adotar para garantir a organização dos espaços e a mobilidade das pessoas.

Programação

A primeira noite de show do Projeto Verão 2020 vai ser aberta pela banda The Baggios, que sobe ao palco da festa às 21h. O evento conta ainda com Arena Multicultural, feirinhas criativas e oficinas culturais. Outro atrativo serão as atividades esportivas, como Futevôlei, Vôlei de Praia, jogos de tabuleiro, entre outros, nas praias da Atalaia, Aruana e Orla Pôr do Sol.

Fonte: AAN
Foto: Secom/PMA


Variedades
Com.: 0
Por Redação
23/01
18:02

Secretários pedem retorno do Ministério da Segurança Pública

Sergipe apresentou investimentos no Colégio Nacional de secretários da Segurança Pública

Uma das principais pautas debatidas na 76ª reunião do Colégio Nacional de Secretários de Segurança Pública (CONSESP) foi a recriação do Ministério da Segurança Pública. Na reunião, a SSP/SE apresentou os investimentos feitos em Sergipe e demonstrou que o estado fechou o ano passado com R$ 31 milhões em conta para novos investimentos. Ainda no encontro, realizado nessa quarta-feira, 22, os representantes do colegiado foram até o Palácio do Planalto, onde entregaram a sugestão do novo órgão ao presidente da República, Jair Bolsonaro.

O encontro foi presidido pelo secretário de Segurança Pública da Bahia, Maurício Teles Barbosa. Ele falou da importância do CONSESP para a Política Nacional de Segurança Pública. “Temos contribuído com os avanços no segmento, a exemplo da criação do Sistema Único de Segurança, da recriação do Fundo Nacional de Segurança Pública e de nossa participação na criação de um Plano Nacional de Segurança Pública. Sabemos da importância dos estados”. Maurício Teles Barbosa ressaltou ainda a necessidade de obter mais recursos para o Fundo Nacional de Segurança Pública. “Temos convicção que a maior parte dos investimentos e custeio da Segurança Pública Nacional é feita pelos próprios estados. Desta forma, estamos pleiteando novas fontes de recursos e a recriação do Ministério da Segurança Pública, para que haja ações específicas e mais dedicadas à área”.

Outros vinte secretários e representantes de vinte unidades da Federação participaram da reunião. Como representante do secretário da Segurança Pública de Sergipe, João Eloy, esteve presente no encontro o coronel José Andrade, secretário executivo da SSP/SE. Ele frisou que a instituição sergipana continua focada na melhoria da segurança da população sergipana. O estado fechou o ano passado com R$ 31.402.524,08 em caixa, dinheiro que será investido em equipamentos e treinamentos para os profissionais das instituições que formam a instituição. “Sergipe já começou a executar os investimentos para a compra de diversos equipamentos de proteção individual, como coletes balísticos e outros equipamentos importantes, como viaturas e armas de fogo. Nós fizemos o dever de casa, pois há vários estados que ainda não começaram a executar esses investimentos. Então , que ganha com isso é a população sergipana”, ressaltou.

O secretário de Segurança Pública do Distrito Federal foi o anfitrião do encontro. Para ele, a redução dos crimes no Brasil no último ano deve-se aos esforços dos estados. “Além da pauta ser prioritária para o Governo Federal, os números positivos são, sem dúvida alguma, resultado dos esforços das ações realizadas por cada um dos representantes dos estados”. Ainda durante o encontro, dentre outras pautas, foram discutidas demandas do Sistema Único de Segurança Pública (SUSP), distribuição dos recursos entre os Estados e controle das fronteiras.

Fonte: SSP-SE/Com informações de SSP-DF
Foto: SSP-DF e Governo Federal


Variedades
Com.: 0
Por Redação
23/01
17:33

DAGV contabiliza mais de 560 prisões em flagrante por violência contra grupos vulneráveis

As prisões foram possíveis a partir dos mais de 1,4 mil boletins de ocorrência prestados pelas vítimas na unidade plantonista do DAGV na capital

O Departamento de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAGV), unidade plantonista da Polícia Civil, registrou mais de 1,4 mil boletins de ocorrência durante todo o ano passado. Com essas ocorrências, o DAGV contabilizou 563 prisões em flagrante e cinco autos de apreensão em flagrante pela prática de atos infracionais em decorrência de gênero, orientação sexual, crença e cor da pele e também de pessoas idosas. Segundo o levantamento feito pela unidade, apenas em 2019, durante o plantão 24 horas do DAGV, foram registrados 1.467 boletins de ocorrência, que resultaram em 893 relatórios de ocorrências policiais (ROP), e 40 termos circunstanciados de ocorrência (TCO). Com isso, o DAGV se mostra um importante aliado no combate à violência contra pessoas dos mais diversos grupos da população brasileira.

O DAGV passou a funcionar em 2004. Já durante o segundo semestre de 2018, a unidade da Polícia Civil na capital passou a realizar atendimentos em regime plantonista. A extensão do horário foi uma medida essencial para a melhoria na qualidade do serviço e no fornecimento de uma resposta mais rápida aos casos de violência contra os grupos que contam com a unidade como aliada.mO plantão teve início em outubro de 2018. A partir de então, a demanda aumentou muito pois é um atendimento especializado, mais humanizado. todos que trabalham no plantão passaram por um curso de qualificação para um melhor atendimento de grupos vulneráveis. Então já era esperado que o número aumentasse com esse atendimento diferenciado.

Mesmo o DAGV atendendo a todos os grupos de vulneráveis, a maior incidência de violência contra essas pessoas ainda é registrada contra a mulher. “A maior parte desses crimes tem como vítima a mulher. então a demanda é muito grande relacionada à mulher, depois crianças e adolescente, contra idosos e público LGBT também. Então esse plantão foi implementado a partir de um homicídio ocorrido com uma transexual, infelizmente. a partir de então foi instaurado o plantão, porque se viu a necessidade de um atendimento mais especializado”, afirmou a delegada Mariana Diniz.

Fonte e foto: SSP-SE


Variedades
Com.: 0
Por Redação
23/01
17:02

Banco de leite Marly Sarney está pedindo novas doadoras

Atualmente, 100% das crianças prematuras na MNSL com menos de 1,5 Kg recebem diariamente o leite humano pasteurizado pela unidade do governo do Estado, que é gerenciada pela Secretaria de Estado da Saúde (SES)

A Maternidade Nossa Senhora de Lourdes (MNSL), através do Banco de Leite Humano Marly Sarney (BLH), responsável por promover o aleitamento materno e executar as atividades de coleta, pede novas doadoras para o estoque de leite materno, que está baixo, hoje conta com apenas 13 doadoras domiciliares e, para manter o estoque, é preciso que novas doadoras se apresentem. Atualmente, 100% das crianças prematuras na MNSL com menos de 1,5 Kg recebem diariamente o leite humano pasteurizado pela unidade do governo do Estado, que é gerenciada pela Secretaria de Estado da Saúde (SES).

Segundo a coordenadora do Banco de Leite Humano Marly Sarney, Thereza Azevedo, um litro de leite materno doado, pode alimentar até 10 recém-nascidos por dia. Dependendo do peso do prematuro, 1 ml já é o suficiente para nutri-lo cada vez que ele for alimentado. Todas as mulheres saudáveis que estejam amamentando e desejem ajudar ao próximo, podem entrar nesse voluntariado, basta manter contato com o BLH  através do numero (79)3226-6301 de segunda a sexta-feira, das 7hàs 19h e manifestar a intenção de colaborar ou comparecer na Rua  Mato Grosso, s/n. Bairro José Conrado de Araújo, em Aracaju (SE).

Thereza explicou que a doadora precisa ir até o BLH uma vez onde será orientada quanto a ordenha e o armazenamento. Depois da primeira avaliação o carro vai buscar o leite e o banco disponibiliza, também, os frascos esterilizados para realizar a coleta e passa a buscar esse leite na casa da doadora. Ressaltou,  ainda,  que há um programa de atendimento médico para os filhos das doadoras, que assegura oito meses de acompanhamento médico para o filho. De acordo com Ministério da Saúde, o recém-nascido alimentado apenas com o leite materno tende a se recuperar de doenças com mais facilidade. O leite materno é o alimento que fornece nutrientes importantes para o desenvolvimento cerebral, que combate infecções, protege a criança contra bactérias e vírus, e evita diarréias.

Fonte e foto: ASN


Variedades
Com.: 0
Por Redação
23/01
16:09

Secretaria de Estado da Saúde divulga Informe Epidemiológico do Sarampo

Informe revela que neste ano de 2020 não houve notificações de casos de sarampo

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) divulgou nesta quinta- feira, 23, o Informe Epidemiológico do Sarampo em Sergipe referente a 2019. O levantamento revela que no ano passado foram notificados 60 casos suspeitos do agravo, sendo seis confirmados por laboratório e 54 descartados. Os municípios onde os casos aconteceram foram Aracaju (um), Areia Branca (um), Capela (dois) e Estância (dois), sendo três de outros estados. O informe revela que neste ano de 2020 não houve notificações de casos de sarampo. O Informe Epidemiológico destaca que entre 2001 e 2017 o Estado de Sergipe não contabilizou casos confirmados do sarampo, cenário que sofreu mudança em 2018, quando o vírus voltou a circular no Estado, acarretando 28 notificações do agravo, com quatro casos confirmados, sendo dois importados, segundo informou a diretora de Vigilância em Saúde da SES, Mércia Feitosa.

Salientou a diretora que para o enfrentamento dos casos de sarampo, Sergipe recebeu no ano passado 209.147 doses de vacina Tríplice Viral, que imuniza também contra a caxumba e a rubéola. Além disso, o Estado se engajou nas campanhas seletivas de vacinação realizadas em outubro e novembro, tendo como público-alvo no primeiro momento as crianças de seis meses a menores de cinco anos, alcançando uma cobertura de 99,37% e, no segundo momento os jovens com idade entre 20 e 29 anos (população fora do cálculo de cobertura vacinal). “Sergipe tem atuado ativamente junto aos municípios no enfrentamento aos casos suspeitos de sarampo, tendo feito uma série de recomendações que visam o controle da doença no Estado para a redução das possibilidades de adoecimento da população”, disse Feitosa, salientando que o sarampo é uma doença infecciosa aguda, transmissível e contagiosa.

Entre as recomendações feitas aos municípios estão: manterem-se em alerta para a detecção precoce dos casos e resposta rápida; notificar as secretaria municipal e estadual de Saúde em até 24 horas os casos suspeitos; proceder a coleta de espécimes clínicos (soro e urina, por exemplo) no momento da notificação; manter elevadas e homogêneas as coberturas vacinais; realizar bloqueio em até 72 horas em todos os contatos do casos suspeito.

Fonte e foto: ASN


Variedades
Com.: 0
Por Redação
Primeira « Anterior « 1 2 3 4 5 6 7 » Próxima » Última

Enquete


Categorias

Arquivos