12/07
08:16

Projeto sergipano de inovação conquista terceira colocação em disputa nacional

Desenvolvido e pensado para a indústria 4.0, o Projeto Ergo Plus foi idealizado para servir como uma ferramenta de solução tecnológica para averiguação das condições ergonômicas do colaborador durante a execução de suas funções no ambiente de trabalho. De acordo com o escopo da iniciativa, a indústria poderá se beneficiar tanto pelo menor tempo despendido para esse tipo de exame, além da praticidade porque, através desta nova tecnologia, o trabalho pode ser feito de forma remota e no próprio local de trabalho.

O projeto foi desenvolvido, visando atender às normas ergonômicas da legislação NR-17, fazendo com que o colaborador execute suas funções de maneira que seja a mais confortável e a mais adequada possível, de forma segura e eficiente, sem prejuízos à saúde do trabalhador.   

“O Ergo Plus é uma aplicação web responsive que diminui o tempo e os gastos de uma análise ergonômica, que pode ser armazenada de forma digital, não necessitando a impressão da mesma. Além disso, possibilita uma enorme praticidade com relação ao profissional ergonômico”, explica o instrutor do SENAI, Jailson Santos. De acordo com o instrutor, o profissional poupará tempo em suas análises já que todo o processo é automatizado.
 
O Projeto, criado e desenvolvido por alunos do SENAI Sergipe, disputou a etapa final do Inova SENAI, durante a Olimpíada do Conhecimento em Brasília, ganhando destaque entre outros bons Projetos apresentados por alunos de outros Estados do Brasil, e após avaliação da bancada técnica de jurados, conquistou o terceiro lugar (medalha de bronze).
 
O Projeto Ergo Plus é fruto de estudos e atividades da equipe de alunos do curso Técnico em Desenvolvimento de Sistemas do SENAI Sergipe – Gabriel Luiz, Ulisses Mateus Alves, João Victor Andrade e Cristian de Giovanni – orientados pelo instrutor, Jailson Santos. Os alunos tiveram ainda o suporte da instrutora, Thuany Reis e do ex-aluno do curso, Matheus Correia.

Unicom/FIES


Variedades
Com.: 0
Por Redação
12/07
07:33

Esquadrilha da Fumaça se apresenta em Aracaju neste domingo

Neste domingo, 15, o céu da Orla da Atalaia será palco de um verdadeiro espetáculo. Doze anos depois, a Esquadrilha da Fumaça está de volta à capital em uma apresentação que homenageia a emancipação política do Estado, comemorada no dia 8 de julho. O evento, organizado pela Prefeitura de Aracaju, acontece às 15h em frente a Passarela do Caranguejo.

Aracaju será a segunda cidade a receber a Esquadrilha da Fumaça, que realiza um circuito de demonstrações aéreas nas regiões Norte e Nordeste do país entre os dias 12 e 30 de julho. Antes de chegar à capital sergipana, os Fumaceiros, como são conhecidos hoje, vão se apresentar em Salvador e depois seguirão para Recife.

Na apresentação em Aracaju, o público verá uma das fabricações da Força Aérea Brasileira: o A-29 Super Tucano. Com fabricação da Embraer, o avião já foi utilizado em missões de defesa aérea, escolta, ataque leve, treinamento avançado, patrulha aérea de combate e formação de líderes da aviação de caça. Retomada, desde 2015, demonstrações aéreas com o Super Tucano, a esquadrilha realiza manobras com as aeronaves em suas exibições.

No total, o espetáculo conta com sete pilotos em sete aeronaves, cada um com uma posição função específica. Um oitavo piloto fica em solo realizando a locução. Geralmente, a demonstração da Fumaça tem duração de 35 minutos e conta com cerca de 50 acrobacias.

A Esquadrilha

Localizada em Pirassununga, cidade a 208 km de São Paulo, a Esquadrilha da Fumaça foi fundada em 1952, e se apresenta desde 14 de maio de 1954. Hoje, a equipe da esquadrilha conta com 13 oficiais aviadores, um médico, um especialista em aviões, três oficiais de Comunicação Social e uma equipe de graduados especialistas.

Com mais de 3.800 demonstrações realizadas no Brasil e em 21 países, a Esquadrilha da Fumaça representa para milhares de pessoas a oportunidade de estabelecer contato, de maneira emocionante e inesquecível, com a Força Aérea Brasileira.
 
 


Variedades
Com.: 0
Por Redação
12/07
07:06

Grupo Cencosud, dono do G.Barbosa, avalia deixar o Brasil

Embora tenha registrado um faturamento de R$ 2 bilhões em vendas nas suas 200 unidades no Brasil.  de janeiro a março deste ano, o grupo empresarial chileno  Cencosud, que é dono da rede de supermercados G Barbosa, esta avaliando a possibilidade de deixar o país, conforme apurou o jornal “Valor”.

Jaime Soler, presidente do grupo, segundo o Valor, tem defendido a saída da empresa do país por acreditar que o negócio deve continuar consumindo recursos, sem a perspectiva de recuperação dos investimentos a curto e médio prazos.

Já o controlador do grupo, o alemão naturalizado chileno Horst Paulmann,  fundador da empresa e com perfil centralizador, sondou o mercado em 2015 para verificar potenciais interessados no negócio como um todo, mas é contra a venda da operação, conforme apurou o Valor. Ele entende que, uma negociação nessas condições agora, com resultados ainda fracos, depreciaria o ativo.


Economia
Com.: 1
Por Eugênio Nascimento
11/07
10:20

Padre sergipano é nomeado pelo papa Francisco bispo auxiliar de Fortaleza

O Papa Francisco acaba de nomear como bispo titular de “Castabala” e auxiliar de Fortaleza, o padre Valdemir Vicente Andrade dos Santos, atualmente vigário geral da nossa Arquidiocese e pároco da Paróquia Nossa Senhora de Lourdes, no bairro Siqueira Campos. Ele é um dos dois bispos nomeados nesta quarta-feira, 11, acolhendo solicitação do arcebispo de Fortaleza, dom José Antonio Aparecido Tosi Marques. O outro clérigo é o padre Júlio César, de Goiânia-GO.


Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
11/07
09:37

Delegação Sergipana conquista primeiro lugar geral em campeonato nacional de Karatê-Dô

Caratecas de todo o Brasil se encontraram dos dias 05 a 07 de julho em Aracaju para a disputa do I Campeonato Nacional Superliga de Karatê-Dô. A competição foi realizada no ginásio do SESI, no conjunto Augusto Franco e reuniu atletas de estados como Rio de Janeiro, Bahia, Maranhão, Pernambuco, entre outros.

Anfitriã do evento, a delegação sergipana composta por 125 atletas fez bonito na competição e conquistou o primeiro lugar geral com 67 medalhas de ouro, 49 de prata e 34 de bronze, totalizando 150 medalhas. Em segundo lugar ficou o estado do Maranhão, terceiro Rio de Janeiro, quarto Distrito Federal e em quinto lugar Pernambuco.

Um dos destaques da delegação sergipana é que muitos atletas fazem parte de projetos sociais como o Samurai e Fumaça Zero. O Projeto Fumaça Zero, por exemplo, parceria da Polícia Militar do Estado de Sergipe com o Serviço Social da Indústria (SESI) de Sergipe tem ganhado destaque pelo excelente desempenho dos atletas.

O projeto de prevenção ao uso de drogas surgiu com o objetivo de atender crianças e adolescentes dos principais bairros carentes de Aracaju. Atualmente, com a ajuda de voluntários e parceiros como o SESI, uma média de 800 crianças e jovens são atendidos em 13 polos espalhados pela cidade.
 
 
 
Homenagem 70 anos SESI Sergipe

Na oportunidade, foi feita uma homenagem ao SESI Sergipe que completou este ano 70 anos de grandes atividades em prol do desenvolvimento do estado, sempre cumprindo seu papel de transformar vidas e desenvolver cada vez mais a indústria. Parceira do evento, a instituição apoia vários projetos sociais que incentivam a prática de esporte, em especial, o Karatê. O superintendente do SESI aqui no estado, Acrizio Souza, esteve presente para receber as homenagens e prestigiar o evento.

Unicom/FIES

 



Variedades
Com.: 0
Por Redação
11/07
08:16

Premiação define o melhor pão francês de Sergipe

No dia 8 de julho foi comemorado o dia do panificador e em Sergipe a comemoração veio em dobro, pois nesta data também foi realizada a premiação do melhor pão francês do Estado, conhecido na região como pão jacó. O evento foi promovido pelo Sindicato das Indústrias de Panificação e Confeitaria do Estado de Sergipe (Sindipan-SE) em parceria com a Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (FIES) e aconteceu no complexo desportivo do SESI, em Aracaju, com a presença de representantes do sindicato, empresários, parceiros e convidados.

A campanha que elege o melhor pão está em sua 4ª edição e este ano contou com a inscrição de 140 padarias da Grande Aracaju e do município de Estância. Foram 40 classificadas e apenas três ficaram como finalistas. O evento teve sorteio de brindes, degustação de pães e um almoço regado de muita dança ao som da banda Estação da Luz.


O intuito do concurso anual é estimular a qualidade do produto mais consumido no Brasil, e o estabelecimento que cumpriu com os critérios obrigatórios da ABNT e conquistou o título de primeiro lugar, foi a padaria União, seguida respectivamente da Panificação Ideal e Pandeli Delicatessen, todas localizadas em Aracaju. E o prêmio se estendeu também para aqueles que literalmente colocam a mão na massa e contribuem para o resultado positivo do produto, os padeiros.

Para o proprietário da padaria União, Carlos Alberto Paixão, o prêmio foi uma consequência de um trabalho desenvolvido em conjunto, “ para nós a vitória é motivo de satisfação, o reconhecimento nos valoriza, dignifica o nosso trabalho, que é fruto de uma grande parceria entre funcionários, fornecedores e clientes”, afirmou Carlos, que ganhou 20 sacas de 50 kg de trigo para auxiliar na produção.
Para tornar possível a realização deste evento, que homenageia o alimento mais querido da mesa dos brasileiros, foi importante conquistar parcerias e uma das empresas que tem presença garantida em todas as edições é a Moinho Motrisa Sarandi, que no mês de junho completou 84 anos de tradição. O evento também contou com outras parcerias importantes, como o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e o curso de gastronomia da Universidade Tiradentes.

O gerente comercial da Sarandi, Cid Niceas, considera a parceria com o Sindipan, na promoção deste concurso, como uma oportunidade de aperfeiçoar o trabalho dos profissionais deste segmento e ainda se orgulha por fazer parte de uma empresa que produz a matéria-prima necessária para a fabricação do alimento mais comum na vida do cidadão.


Para o Presidente do Sindipan, Antonio Carlos Araújo, esta data tem suma importância no reconhecimento do trabalho dos panificadores e funcionários, que se empenham em garantir um produto digno para a clientela sergipana, bem como traz a oportunidade de reunir amigos e famílias em clima de confraternização. “ Muitas vezes não é fácil reunir todo mundo por causa dos afazeres do dia a dia, mas aqui temos esta oportunidade. Existe a preocupação de valorizar o trabalho de todos e ainda proporcionar um momento de descontração para os profissionais da área”, explica.

Unicom/FIES



Variedades
Com.: 0
Por Redação
11/07
06:51

Alessandro Vieira não aceita união da REDE com o PSB

O pré-candidato ao senado Alessandro não aceita a formaçlização de uma coligfação entre o seu REDE e o PSB, do senador Antônio Carlos Valadares. Não é a primeira vez que o presidente da Rede da sustentabilidade em Sergipe Dr. Emerson faz acordos que contraria os filiados. Recentemente os pré-candidatos a deputado estadual do partido, foram surpreendidos com a filiação de dois deputados: Georgeo Passos e Moritos Matos, fato este que foi visto por diversos pré-candidatos como traição. Ha uma certa tensão entre os antigos militantes e os novos. O PSB aguarda uma posição do partido para viabilizar a aliança.



Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
11/07
06:46

Sergipe - Procuradora eleitoral diz que parlamentares cassados continuam inelegíveis

A Procuradora Regional Eleitoral, Eunice Dantas, afirmou no Jornal da FAN, em entrevista a George Magalhães, que os parlamentares de Sergipe que tiveram seus mandatos cassados, continuam inelegíveis e que o MPE irá recorrer da decisão por entender que a condenação no Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TRE/SE) foi por unanimidade e que quatro ministros, Tarcísio Vieira, Napoleão Nunes Maia Filho, Jorge Mussi e Admar Gonzaga, votaram a favor de extinguir os processos. Os outros três ministros do TSE, Luiz Fux, Edson Fachin e Rosa Weber, votaram contra. Esse é o caso de uso irregular de verbas das subvenções por deputados estaduais.

Eunice Dantas lembrou que o caso foi denunciado pelo Ministério Público Eleitoral que reuniu todas as provas necessárias para que ocorresse a cassação dos mandatos dos parlamentares, além da condenação a pagamento de multa à conselheira Angélica Guimarães, à época presidente da Assembleia Legislativa.

Sobre a cassação dos mandatos da prefeita Gerana Gomes Costa Silva (PTdoB) e do vice-prefeito Luciano Goes, de Riachão do Dantas, a procuradora explicou que foi por causa da divulgação de uma pesquisa que não havia sito autorizada.



Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
Primeira « Anterior « 1 2 3 4 5 6 7 8 » Próxima » Última

Enquete


Categorias

Arquivos