12/01
09:06

Mosaic confirma à prefeita de Capela investimento na exploração da Carnalita

No dia 22 de abril de 2012, com a presença da então presidente da República, Dilma Rousseff, foi anunciado para Sergipe aquele que seria o maior investimento privado em toda a história do Estado e um dos maiores do país naquele momento. Dilma, ministros, governador Marcelo Déda, autoridades e prefeitos sergipanos participaram da solenidade de assinatura da renovação do contrato de arrendamento entre a Petrobras e a Vale que possibilitaria o início da execução do Projeto Carnalita. 

O projeto consistia na extração da carnalita para produção de potássio, indispensável na composição de fertilizantes. Com a assinatura do contrato entre a Vale (produtora) e a Petrobras (dona da jazida que será arrendada para a exploração da carnalita), os investimentos poderiam chegar a US$ 4 bilhões. No entanto, com a crise financeira e as mudanças na Vale, o Projeto Carnalita foi suspenso, sem nenhuma informação quando ou se voltaria. 

A boa notícia é que a Mosaic, empresa que comprou a Vale, fez questão de visitar a prefeita de Capela, Silvany Sukita, para informar que uma das suas prioridades para o Brasil é retomar o projeto Carnalita. A reunião contou com as presenças de Paulo Eduardo Batista, diretor de Performance Social, e Luiz Maurício Pereira, relações institucionais locais da Mosaic. A prefeita estava acompanhada do secretário de Governo, Manuel Sukita.

Com cerca de 15 mil funcionários atuando nas mais importantes áreas agrícolas, a Mosaic vende seus produtos para mais de 40 países e possui uma extensa rede de distribuição, instalando-se agora também em Sergipe. “Essa foi uma das melhores notícias que poderíamos receber no início de 2018. Com certeza será um marco divisor em nosso município, com investimentos que irão transformar nossa economia para melhor”, comemorou a prefeita Silvany Sukita. 

A visita a Capela não foi por acaso. Os diretores fizeram questão de se reunir com a prefeita, porque o município detém 80% da reserva de carnalita, que é a única no país. Atualmente o Brasil importa 70% dos fertilizantes que consome e 90% do potássio. Mesmo com a oferta de potássio tendo crescido nos últimos anos, ele ainda não consegue acompanhar o ritmo de crescimento do consumo. O projeto Carnalita deve duplicar a quantidade de potássio produzida no país, passando a 1,2 milhão de toneladas ao ano.

Silvany Sukita deixou claro que a prefeitura atuará no sentido de garantir todas as condições legais e necessárias para a exploração da carnalita no município. A prefeita frisou a necessidade do aproveitamento da mão-de-obra capelense nos empregos que serão criados, gerando renda para a cidade. “Já estamos fazendo um trabalho de incentivo à criação de novos postos de trabalho, tanto que Capela foi o município que mais empregou com carteira assinada em novembro de 2017 em todo o Estado. Agora, vamos em busca de que a maioria dos empregos gerados por esse investimento fiquem em Capela”, avisou a prefeita.


Política
Com.: 0
Por Kleber Santos
12/01
07:43

A renúncia que não valeu e o acordo que não houve

Antonio Carlos Valadares - Senador da República (PSB-SE)



Incomodados com a minha posição de somente tratar sobre candidaturas a partir de março ou abril, alguns possíveis concorrentes tentam interferir na minha decisão, espalhando na imprensa local, e nas redes sociais, notas dando conta de que fiz um acordo para não mais disputar o mandato de senador.

Na verdade nunca houve da minha parte, qualquer acordo nesse sentido. O que houve foi uma declaração espontânea, numa postagem do meu Twitter, em 12 de março de 2016, em retribuição ao gesto que considerei muito corajoso do deputado Fábio Mitidieri de ter encabeçado um movimento de apoio à candidatura de Valadares Filho, mesmo antes de uma decisão do governo e de seus aliados.

A minha declaração foi postada em data muito anterior à aliança feita com o PSC & Cia.

Foi uma atitude voluntária, que nunca fora fruto de acordo, que tomei levando em conta também que o deputado Mitidieri havia manifestado interesse em se candidatar ao Senado em 2018. Eu não lhe criaria embaraços caso esse fosse o seu desejo. Portanto quando eu dei aquela declaração (12 de março de 2016), até então, prevalecia um entendimento político, unicamente com o PSD do deputado Fábio Mitidieri. Entendimento que não prosperou, me desobrigando também de qualquer gesto nesse sentido.

O entendimento com o PSC, do Senador Eduardo Amorim e do deputado André Moura, com vistas ao apoio destes a Valadares Filho, somente foi iniciado em meados de julho de 2016, provocando a retirada no deputado Mitidieri no apoio a Valadares Filho.

No dia 24 de julho, ao tomar conhecimento de uma aliança conduzida por Valadares Filho com o PSC, o deputado Mitidieri retirou o seu apoio, encaminhando ao Nenotícias a seguinte declaração:
“Gilmar, boa noite.    Eu sempre fui muito claro quanto a meu apoio a VF. Tenho uma aliança com JB e somos corretos em tudo que fazemos. A chegada do grupo Amorim inviabiliza a nossa permanência pois ao indicarem o vice, nós estaríamos apoiando a chapa da oposição.”

Assim, com a retirada do apoio do PSD do deputado Mitidiere a Valadares Filho, cessava o meu compromisso voluntário de não mais participar da chapa majoritária como candidato a Senador em 2018.

Ocorre que, aquela postagem que fora feita  em outra época, em outra conjuntura, e em atenção exclusivamente ao gesto do deputado Mitidiere está sendo divulgada hoje como um compromisso que eu quebrei com uma aliança que aconteceu muito tempo depois, e com a qual nenhum acordo celebrei em separado prometendo não concorrer a uma disputa para o Senado, sem o conhecimento do meu partido, e da população sergipana. Essa é a verdade cristalina.

No mais, como um dos membros da oposição, confiante na responsabilidade que cabe a cada um de nós, sugiro que não nos dispersemos quaisquer que sejam as diferenças de opinião. O projeto maior é Sergipe. A nossa luta só tem futuro se marcharmos unidos, com o pensamento voltado unicamente para a melhoria das condições de vida do nosso povo.



Colunas
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
11/01
22:35

Albano Franco destaca apoio a André Moura para o Governo de SE

O ex-governador Albano Franco não esconde de ninguém a opção que fez por uma possível pré-candidatura do deputado federal André Moura (PSC), líder do Governo Michel Temer no Congresso Nacional, para o Governo de Sergipe. Mas avalia que ele está com boa aceitação no interior e não muito bem na chamada Grande Aracaju. “Ele é um político bem articulado e está trazendo recursos para Sergipe”, comenta. Albano  também sempre destaca a boa relação que tem com o governador Jackson Barreto (PMDB) e o senador Antônio Carlos Valadares (PSB).



Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
11/01
21:53

Belivaldo é a única opção do PMDB para o Governo do Sergipe

Ainda que existam boatos propagando que Belivaldo Chagas não será o candidato do PMDB ao Governo de Sergipe, todos os indicativos apontam que ele é a única opção dos seus partidários. Isso vai se fortalecer mais no final de março, quando o atual governador, Jackson Barreto, deixar o comando do Poder Executivo Estadual para disputar uma cadeira do Senado. Isso acontecendo, Chagas assume o Governo e aí comandará o processo eleitoral do bloco governista. Será que ele abriria mão do direito à reeleição para apoiar algum outro aliado? Mesmo assim, circula muito fogo amigo pelo Estado.



Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
11/01
15:14

Heleno Silva: “É tempo de dar tempo ao tempo

Embora seja partido da base do Governo Jackson Barreto, o PRB só vai tomar decisão sbre aliança política depois de abril, quando o cenário estará pré definido. Essa posição foi exposa pelo ex-deputado federal Heleno Silva para o blog.O PRB faz parte do governo, um projeto que lutamos para eleger em 2014, estamos nesse bloco”, destacou.

 

Segundo Heleno Silva, em Sergipe todos os segmentos políticos estão conversando entre si. Política é a arte de dialogar. “Meu encontro com André foi institucional, Ele tem feito muito por Sergipe. Ocupa hoje em Brasília um dos melhores espaços políticos da república, Não podemos perder a razão e não aproveitarmos essa grande força em favor de Sergipe”, disse.

 

“Sabemos das dificuldades administrativas do governo, que enfrenta uma crise sem igual e onde todos são afetados, Percebo  em JB momentos de angústia em razão das grandes dificuldades geradas pela crise. Também entendemos que ninguém pode cobrar crescimento significativo de Belivaldo Chagas nas pesquisas enquanto não assumir o governo. É tempo de dar tempo ao tempo”, declarou Heleno.



Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
11/01
14:23

PT insistirá na indicação de nome para o Senado, diz Rogério Carvalho

O PT não aposta em brigas e muito menos em rachas. Mas quer o seu espaço na chapa majoritária do bloco político que está no poder sob o comando do governador Jackson Barreto (PMDB). Segundo o presidente do Partido dos Trabalhadores em Sergipe, Rogério Carvalho, hoje há um desejo no PT de indicar um candidato a senador e o nome preferencial seria o dele, conforme a própria agremiação tem divulgado.



Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
10/01
22:30

Reforma da Previdência: Laércio aguarda texto final da relatoria

 Ao comentar que tipo de comportamento adotará na votação da reforma da previdência, o deputado federal Laércio Oliveira (SD) afirmou para o blog que não conhece o texto ainda, mas “nesse momento meu voto é contra”.

Oliveira revelou ainda que conversando com a relatoria do projeto da reforma da Previdência e ele lhe informou que  está finalizando o texto porque vai ter ajustes.

A relatoria informou que pode ocorrer alterações para melhorar o texto. “Eu sou um interessado no assunto. Porque se você for fazer uma análise racional, você entende que o país precisa de uma reforma”, explicou.

Laércio acredita que irá analisar todo o projeto para tornar o voto mais consciente. “Eu preciso analisar se ele prejudica a sociedade. Porque se ele prejudica, não posso acompanhar. Eu tenho que conciliar os interesses da sociedade com as necessidades do país. Essa é a grande sabedoria. Como não tenho clareza ainda em cima desse texto, prefiro me manter assim. Quero me aprofundar no projeto para fazer a defesa ou a favor ou contra”, concluiu.



Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
10/01
21:29

PPS conversa com Valadares sobre aliança politica

O presidente do Diretório Estadual do PPS, Clóvis Silveira, anunciou hoje que  o seu partido conversa com o senador Antônio Carlos Valadares (PSB) sobre a possibilidade de aliança na disputa eleitoral deste ano. “Estamos conversando com Valadares e devemos conversar com os outros,  sendo que,  caso Valadares saia candidato ao governo e em tempo,  podemos apoia-lo”, revelou. Isso representa o afastamento de Mendonça Prado, pré-candidato do DEM ao Governo de Sergipe.



Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
Primeira « Anterior « 1 2 3 4 5 6 7 8 » Próxima » Última

Enquete


Categorias

Arquivos