21/09
18:03

ANP anuncia: 14ª rodada ofertará 42 blocos em Sergipe

A 14ª Rodada de Licitações da ANP oferecerá 11 blocos na parte marítima da Bacia Sergipe-Alagoas, dos quais seis estão localizados no litoral sergipano. Além dos blocos em águas profundas, também estão em oferta 46 na porção terrestre da bacia. Desses, 36 se localizam no Estado de Sergipe. 

Os blocos localizados na porção terrestre da bacia abrangem os municípios de Areia Branca, Barra dos Coqueiros, Capela, Carmópolis, Divina Pastora, General Maynard, Japaratuba, Laranjeiras, Malhador, Maruim, Nossa Senhora Das Dores, Nossa Senhora Do Socorro, Pirambu, Riachuelo e Rosário do Catete. 

A parte terrestre da Bacia Sergipe-Alagoas é classificada como madura, ou seja, já foi densamente explorada e oferece oportunidades para as empresas de pequeno e médio porte nas atividades de exploração e produção de petróleo e gás natural. A porção marítima da Bacia Sergipe-Alagoas possui potencial para descobertas de óleo leve e condensado semelhantes às descobertas realizadas nos últimos anos na bacia. 

Os bônus mínimos de assinatura variam de 63 mil a R$ 176 mil para os blocos terrestres e de 6,15 milhões a R$ 31,47 para os blocos marítimos localizados no litoral sergipano. Em julho de 2017, o estado de Sergipe produziu 23.056 barris de petróleo e 2,3 milhões de metros cúbicos de gás natural por dia. O estado possui 21 campos produtores. 

Ao todo, na 14ª Rodada de Licitações, serão ofertados 287 blocos em 29 setores de nove bacias sedimentares, totalizando área de 122.615,71 Km2. Esta Rodada de Licitações tem por objetivos ampliar as reservas e a produção brasileira de petróleo e gás natural, ampliar o conhecimento das bacias sedimentares, descentralizar o investimento exploratório no país, desenvolver a pequena indústria petrolífera e fixar empresas nacionais e estrangeiras no país, dando continuidade à demanda por bens e serviços locais, à geração de empregos e à distribuição de renda. O certame está autorizado pela Resolução CNPE nº 06/2017, de 11 de abril de 2017 e publicada no Diário Oficial da União em 20/04/2017. 

Bacia
Setor
Bloco
Bônus Mínimo (R$)
PEM (UT)
Sergipe-Alagoas
SSEAL-AP2
SEAL-M-501
31.467.888,63
116
Sergipe-Alagoas
SSEAL-AP2
SEAL-M-568
28.296.228,44
85
Sergipe-Alagoas
SSEAL-AP2
SEAL-M-571
30.703.570,05
116
Sergipe-Alagoas
SSEAL-AP2
SEAL-M-633
21.940.511,79
116
Sergipe-Alagoas
SSEAL-AUP2
SEAL-M-503
8.646.488,30
116
Sergipe-Alagoas
SSEAL-AUP2
SEAL-M-635
6.150.709,73
116
Sergipe-Alagoas
SSEAL-T4
SEAL-T-338
71.316,71
209
Sergipe-Alagoas
SSEAL-T4
SEAL-T-340
82.444,20
209
Sergipe-Alagoas
SSEAL-T4
SEAL-T-355
112.166,05
194
Sergipe-Alagoas
SSEAL-T4
SEAL-T-356
113.776,21
209
Sergipe-Alagoas
SSEAL-T4
SEAL-T-370
113.761,78
209
Sergipe-Alagoas
SSEAL-T4
SEAL-T-382
109.785,97
190
Sergipe-Alagoas
SSEAL-T4
SEAL-T-394
89.343,43
151
Sergipe-Alagoas
SSEAL-T4
SEAL-T-405
116.680,02
195
Sergipe-Alagoas
SSEAL-T4
SEAL-T-414
124.786,87
209
Sergipe-Alagoas
SSEAL-T5
SEAL-T-337
71.401,83
209
Sergipe-Alagoas
SSEAL-T5
SEAL-T-352
77.979,52
209
Sergipe-Alagoas
SSEAL-T5
SEAL-T-353
77.315,62
202
Sergipe-Alagoas
SSEAL-T5
SEAL-T-366
109.866,11
209
Sergipe-Alagoas
SSEAL-T5
SEAL-T-367
104.664,33
207
Sergipe-Alagoas
SSEAL-T5
SEAL-T-378
135.127,24
209
Sergipe-Alagoas
SSEAL-T5
SEAL-T-379
62.936,27
92
Sergipe-Alagoas
SSEAL-T5
SEAL-T-389
113.756,66
209
Sergipe-Alagoas
SSEAL-T5
SEAL-T-390
133.314,92
186
Sergipe-Alagoas
SSEAL-T5
SEAL-T-400
113.422,58
174
Sergipe-Alagoas
SSEAL-T5
SEAL-T-404
80.382,75
136
Sergipe-Alagoas
SSEAL-T5
SEAL-T-408
152.672,59
219
Sergipe-Alagoas
SSEAL-T5
SEAL-T-413
111.195,00
174
Sergipe-Alagoas
SSEAL-T5
SEAL-T-418
176.369,15
267
Sergipe-Alagoas
SSEAL-T5
SEAL-T-419
133.355,26
228
Sergipe-Alagoas
SSEAL-T5
SEAL-T-422
72.373,01
105
Sergipe-Alagoas
SSEAL-T5
SEAL-T-423
91.675,85
170
Sergipe-Alagoas
SSEAL-T5
SEAL-T-426
124.904,09
209
Sergipe-Alagoas
SSEAL-T5
SEAL-T-427
105.174,85
205
Sergipe-Alagoas
SSEAL-T5
SEAL-T-428
117.405,27
206
Sergipe-Alagoas
SSEAL-T5
SEAL-T-430
112.950,86
193
Sergipe-Alagoas
SSEAL-T5
SEAL-T-434
120.663,13
209
Sergipe-Alagoas
SSEAL-T5
SEAL-T-435
102.553,09
186
Sergipe-Alagoas
SSEAL-T5
SEAL-T-438
69.172,50
132
Sergipe-Alagoas
SSEAL-T5
SEAL-T-442
116.499,77
209
Sergipe-Alagoas
SSEAL-T5
SEAL-T-443
139.461,11
209
Sergipe-Alagoas
SSEAL-T5
SEAL-T-450
113.760,27
209



Coluna Afonso Nascimento
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
21/09
17:27

Gualberto diz que projeto não trata de congelamento de salário de servidor

O deputado estadual Francisco Gualberto (PT), líder do governo na Assembleia Legislativa, voltou a afirmar na sessão desta quinta-feira, 21, que decidiu pedir a retirada de pauta o Projeto de lei que trata de renegociação do Governo do Estado com o BNDES, para que fossem dadas pelo Poder Executivo, autor do projeto, maiores explicações sobre o conteúdo. “Vamos buscar mais informações e discutir o projeto fora da Casa. La na frente decidiremos se volta ou não à Casa”, disse.

Para o deputado, tanto ele quanto o líder da oposição, Georgeo Passos (PTC), demonstraram preocupação com alguns pontos do projeto de lei 145/2017. Por esse motivo os dois dialogaram e chegaram à conclusão de que é preciso buscar mais informações sobre essa renegociação com o BNDES, já que um dos artigos faz referência a salário de servidores e investimentos em atividades públicas. “Informo aqui que iremos buscar as informações precisas. No mais, fica por conta da política que cada um deseja fazer nesta Casa”, confirmou Gualberto.

Na sessão de quarta-feira, 20, Francisco Gualberto havia anunciado o pedido de retirada de pauta na votação que ocorreu nas comissões e no plenário. “O artigo 2° do conteúdo deste projeto traz um texto que deixa dúvidas sobre o que quer dizer Receitas e Despesas primárias correntes”, havia dito o deputado, alegando que a dúvida é porque não existe somente um tipo de despesas primárias correntes. “Temos dúvida se isso envolve pagamento de pessoal. Se envolver, o projeto diz que durante dois anos o limite dessa despesa será a inflação. Ou seja, nós hoje já temos dificuldades com a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), que implica no não reajuste do salário do servidor. Se a nossa interpretação quer dizer isso, significa dizer um entrave lá na frente. Mesmo que o Estado se recupere, daqui a dois anos ele só poderá lidar, no máximo, com a inflação do período”, admite Gualberto.

O líder da bacana governista nega que no projeto existe qualquer espécie de congelamento de salários de servidores do Estado, como foi divulgado pela imprensa. “Não é verdade, não se trata disso. O que o projeto trata é de uma renegociação com o BNDES. Mas por segurança, para tirar qualquer dúvida, iremos buscar mais explicações sobre o texto em questão”, disse. “Só iremos votar o projeto com total segurança sobre o que de fato diz o conteúdo da lei”, avisou, lembrando que o referido projeto não está em regime e urgência, o que significa que os deputados terão tempo para analisar melhor.
 
Assessoria de Imprensa 


Política
Com.: 0
Por Kleber Santos
21/09
17:24

Thiaguinho anuncia convite do prefeito para ser vice-líder na CMA

O vereador Thiaguinho Batalha (PMB) usou a tribuna na manhã desta quinta-feira, 21, durante o pequeno expediente, para comunicar aos demais vereadores que aceitou o convite do prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) para ser o vice-líder do Governo na Câmara Municipal de Aracaju (CMA). Ele substitui o vereador Anderson de Tuca (PRTB).

Thiaguinho falou sobre o novo desafio e se colocou à disposição dos parlamentares para ser um interlocutor entre o poder legislativo e o executivo. "O prefeito Edvaldo Nogueira elogiou bastante a nossa atuação e fez o convite. Eu aceitei porque entendo que o homem só pode defender o que acredita. Entendo que esta administração está no caminho certo e me proponho a ajudar cada vereador estabelecendo um diálogo com as secretarias e órgãos municipais", disse.

O parlamentar destacou as ações da atual gestão e defendeu a autorização do empréstimo para a realização de obras. "Nós precisamos deixar de lado a política do quanto pior melhor. O empréstimo é como uma cirurgia, não é bom nem ruim, mas é necessário. As coisas estão acontecendo, foi iniciado o recapeamento da avenida Alexsandro Alcino, que era um sonho da comunidade, a limpeza da cidade foi retomada, a Prefeitura fez contenção de gastos, entre outras iniciativas muito importantes para o município".

Liberação de Emenda

Hoje, às 15h, o prefeito Edvaldo Nogueira estará assinando, ao lado do líder do Governo no Congresso Nacional, deputado André Moura (PSC), um contrato para recebimento de recursos do Governo Federal, da ordem de R$ 63 milhões, oriundos de Emenda Parlamentar. Os recursos são oriundos da Caixa Econômica Federal (CEF).

Thiaguinho enalteceu o papel decisivo de André junto ao Governo Federal. "O deputado André Moura, com sua forma republicana de agir, foi fundamental para a liberação dessa emenda junto ao Governo Federal. Apesar de estarem em posições políticas divergentes, tanto André quanto Edvaldo demonstram maturidade política e estarão juntos nesse anúncio. Isso é muito bom para a democracia. Quem sai ganhando é a população", comentou.


Política
Com.: 0
Por Kleber Santos
21/09
17:15

Governador Jackson Barreto autoriza a realização de Concurso Público para o Magistério

O governador Jackson Barreto despachou hoje e autorizou o secretário de Estado da Educação, Jorge Carvalho, realizar concurso público para o cargo de professores da educação básica da rede estadual de ensino. O objetivo é atender às necessidades de reposição dos quadros do corpo docente das escolas estaduais devido ao grande número de aposentadorias e exonerações. 


Será criada uma comissão, conforme estabelece a Lei Complementar de número 16/1994, que dispõe sobre o Estatuto do Magistério Público de Sergipe, para a realização dos editais do concurso.


De acordo com Jorge Carvalho, a Seed está concluindo o levantamento do quantitativo de vagas que serão ofertadas. Com a realização deste concurso o governador demonstra, mais uma vez, que a melhoria do ensino público é prioridade nesta administração”, pontua. 


O último concurso público para o magistério foi realizado em 2012 e sua validade expirou em 2016. Naquele processo foram oferecidas 1.700 vagas e durante quatro anos foram convocados 5.041 aprovados, dos quais foram nomeados 3.838 professores.



Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
20/09
23:30

Alese amplia comunicação investindo em novas plataformas

A Comunicação da Assembleia Legislativa de Sergipe está sendo ampliada, com o objetivo de dar mais visibilidade aos trabalhos desenvolvidos pelos parlamentares e aos fatos registrados. Com isso, o Núcleo de Redes Sociais da Agência de Notícias Alese vem passando por uma reestruturação, recebendo a denominação de Rede Alese e a aprovação dos deputados estaduais, principalmente por causa da transparência através das novas plataformas de divulgação em tempo real.

“A Comunicação da Assembleia Legislativa de Sergipe, está atuando com a Agência de Notícias, responsável pela elaboração e publicação de matérias dos deputados no site, o que alimenta os jornais, programas de rádio, sites de notícias e redes sociais. Agora estamos reestruturando e fortalecendo nosso Núcleo das Redes Sociais. É o ambiente virtual; com entrevistas, depoimentos dos deputados, cobertura em tempo real, transmissão de lives no Facebook, no Instagram. Nós também estamos fortalecendo o twitter da Assembleia, enfim, utilizando essas ferramentas para atingir a massa que está na Internet”, explica o diretor de Comunicação da Alese, Marcos Aurélio Costa.

Transparência

E é dentro de todo esse cenário de atualizações por meio de uma equipe preparada a contribuir cada vez mais com a transparência dos trabalhos, que os deputados estaduais por Sergipe estão aprovando as mudanças.

De acordo com o deputado Georgeo Passos (PTC), com essa reestruturação, não apenas os parlamentares ganham, mas a sociedade de um modo geral.

“Eu acho que a Casa se atualiza e a Rede Alese que está disposta para toda a população, com certeza irá contribuir muito na questão de prestar as informações e dar a transparência que o Parlamento à cada dia precisa e com certeza a população poderá acompanhar mais de perto e em tempo real, as atividades da Assembleia Legislativa de Sergipe”, acredita.

A deputada Maria Mendonça (PP) destacou a iniciativa da Diretoria de Comunicação da Alese, no sentido de reestruturar o Núcleo de Redes Sociais.

“Com o mundo digitalizado e a comunicação virtual muito forte, é necessário de fato que as pessoas se voltem também para se inserir no contexto. As mídias sociais são de extrema relevância para projetar o trabalho do parlamentar e dar visibilidade às ações realizadas por cada um e por todos, o que nos garante com certeza uma aproximação da população”, entende.

”As mídias sociais hoje em dia estão bombando, como se diz no popular. É importante essa reestruturação para que todo homem público utilize desses meios de Comunicação para as mensagens chegarem mais rápido ao povo do nosso estado”, completa o deputado Zezinho Guimarães (PMDB).

Para a deputada Goretti Reis (PMDB), essa mudança na Comunicação da Assembleia Legislativa de Sergipe, é muito positiva.

“Isso porque a sociedade passa a conhecer efetivamente quem é o parlamentar, a ter o acompanhamento diário dos nossos projetos,  passa a dar mais transparência para que a população possa conhecer o papel do parlamento através das mídias sociais. Divulgando as ações dos parlamentares, passamos a ter mais credibilidade e a sociedade poderá acompanhar mais e também cobrar ações que tragam benefícios”, enfatiza.

Dados estatísticos

Estudos mostram que 58% dos brasileiros utilizam redes sociais e gastam em média 8h56min/dia, conectados. O Facebook continua sendo a rede social mais utilizada, com 1,86 bilhão de usuários ativos ao mês; 32% dos usuários da Internet, possuem conta no Istagram e cerca de 13.51% dos usuários de Instagram acessam a rede diariamente.

Quase 80% do tempo gasto nas redes sociais acontece via mobílie, ou seja, por meio de dispositivos móveis, principalmente o telefone celular.

Facebook: https://www.facebook.com/assembleiaSE/
Twitter:https://twitter.com/assembleiase
Instagram: https://www.instagram.com/assembleiasergipe/
Flickr: https://www.flickr.com/people/154136423@N05/

Por Agência de Notícias Alese – #redealese
Fotos: Jadilson Simões


Política
Com.: 0
Por Kleber Santos
20/09
20:45

Em Sergipe - 15 matadouros irregulares estão na mira da Adema

No Estado de Sergipe existem apenas dois frigoríficos legalizados para fazer o abate dentro dos padrões de higiene exigidos pelos órgãos da vigilância sanitária e inspeção animal: o Frigo Serrano, em Itabaiana, e o Nutrial, em Propriá. Todos os demais matadouros não atendem as exigências da portaria 304/96 do Ministério da Agricultura. De acordo com a Administração Estadual do Meio Ambiente (Adema), alguns matadouros já foram fechados e outros estão com prazo para se adequarem.

O presidente da Adema, Francisco Dantas, informa que o órgão tem recebido várias solicitações do Ministério Público Estadual (MPE/SE) para realizar a fiscalização desses matadouros inadequados. “Em alguns casos a situação é bastante precária. São várias irregularidades, que vão desde a forma cruel de abate até o manuseio da carne sem higiene. Muitos não têm sequer um local para receber o resíduo líquido e joga os desejos no chão ou em rios, poluindo o meio ambiente”, comentou.

Francisco Dantas explica que já foram notificados 15 matadouros. Destes, quatro foram fechados nos municípios de Campo do Brito, Macambira, Itabi e Nossa Senhora da Glória. O presidente da Adema entende que esta é uma questão de saúde pública e que as pessoas precisam se conscientizar e exigir um produto de qualidade.

“Nós não temos nenhuma intenção de fechar matadouro, porém exigimos o cumprimento da legislação ambiental. Temos dito aos prefeitos que se eles fizerem os investimentos, não há razões para ele deixar de funcionar. Porém o que nós temos observado são matadouros em condições absurdas sanitárias. Percebemos que em alguns matadouros não tem uma câmara frigorífica para armazenar a carne em temperatura adequada. Isso é muito grave porque há o risco de contrair doença”, alertou.

O presidente da Adema comenta que existem em Sergipe cerca de 30 matadouros municipais, alguns em situação bastante precária. A fiscalização tem sido feita de maneira gradativa, em muitos casos atendendo solicitação do MPE/SE ou ordem judicial. A multa varia de R$ 50 a R$ 150 mil. “Nossa maior preocupação é com a saúde pública. A população precisa saber a procedência da carne que está comprando, se tem selo de inspeção para que a saúde pública da população não fique comprometida’, concluiu.


Variedades
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
20/09
20:18

Dr. Gonzaga defende projeto para uso de contêineres em praças

O vereador Dr. Gonzaga (PMDB) voltou a apresentar a proposta de lei que regulamenta o uso de contêineres como estabelecimentos comerciais para profissionais das mais diversas áreas em Aracaju. Esta é a segunda vez que o vereador apresenta o projeto e, desta vez, trouxe mais detalhes, com apoio de artigos e reportagens em vídeo, para facilitar o entendimento dos colegas parlamentares sobre a importância da temática.

Segundo o parlamentar, a reutilização de contêineres como estabelecimentos comerciais é uma tendência mundial, pois é uma prática sustentável e econômica. Sua instalação não demanda serviços de fundação e terraplenagem, por se tratar de uma estrutura que se apoia nos quatro cantos, bastando calçá-los de forma ágil e eficiente. Eles podem ser utilizados como academias, estúdios, lojas, consultórios e diversos outros estabelecimentos que poderão oferecer serviços nas praças da cidade.

Dr. Gonzaga explicou ainda que a proposta do projeto foi fruto de muita pesquisa e contato com vários profissionais. “Nunca fiz projetos sem embasamento e com este não é diferente, pesquisei muito e conversei com diversas pessoas, principalmente profissionais de educação física e frequentadores de praças da cidade”, disse.



Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
20/09
11:29

Mesa-redonda debate futebol amador como instrumento para levar cidadania e inclusão a jovens carentes

Em todos os bairros, onde tenha um campinho, com certeza estará lá um grupo de garotos, uma bola e na cabeça de cada jovem o sonho de se tornar um grande jogador. Foi nesse cenário que muitos dos grandes nomes do futebol brasileiro iniciaram sua trajetória no esporte. E é para discutir o potencial do futebol amador ou de várzea, no que tange a levar cidadania e inclusão social à população mais carente, que será realizado, na próxima sexta-feira, dia 22, uma mesa-redonda. O debate, que acontecerá no plenário da Assembleia Legislativa de Sergipe, é resultado de uma propositura apresentada pelos deputados federais João Daniel (PT/SE) e Andrés Sanchez (PT/SP), através da Comissão de Esporte da Câmara dos Deputados. O requerimento para a realização do evento também foi assinado pelos deputados Fábio Mitidieri (PSD) e Mário Negromonte Jr (PP/BA).

A mesa-redonda terá a participação do deputado Andrés Sanchez. Além de parlamentar, Sanchez tem a experiência de quem há anos atua no futebol. Foi presidente do Corinthians no período de 2007 a 2011, clube onde foi, também, em 1996, diretor no trabalho das categorias de base, ajudando os jovens atletas a se consolidarem no competitivo mundo do futebol.

Para a mesa-redonda, foram convidados representantes de diversos órgãos governamentais e entidades da sociedade civil ligados ao futebol amador. Entre eles, o Ministério do Esporte, Secretaria de Estado do Esporte, Lazer e da Juventude de Sergipe (SEEL), Secretaria de Estado da Mulher, Inclusão, Assistência Social, do Trabalho e dos Direitos Humanos de Sergipe (SEIDH), Secretaria de Estadual de Educação do Estado de Sergipe (Seed), Secretaria Municipal da Juventude e do Esporte de Aracaju (Sejesp), Federação Sergipana de Futebol, representante das Escolinhas de Futebol do Estado de Sergipe, dentre outros.

De acordo com o deputado João Daniel, debater esse tema é de fundamental importância, pois é perfeitamente possível a inclusão de adolescentes e jovens através do esporte e também é essencial que as iniciativas que já existem nesse sentido, principalmente nas periferias das grandes cidades, e, especificamente em Aracaju, tenham apoio e incentivo do poder público e de entidades e movimentos que já militam nessa área. “O futebol é o esporte mais popular do Brasil e também uma atividade esportiva que tem tirado muitos jovens caminhos outros não tão construtivos. Por isso precisamos estimular, cada vez mais, a inclusão da nossa juventude através do esporte e por isso achamos fundamental trazer esse tema para ser debatido entre todos os envolvidos”, disse.


Esportes
Com.: 0
Por Kleber Santos
Primeira « Anterior « 1 2 3 4 5 6 7 8 » Próxima » Última

Enquete


Categorias

Arquivos