05/07
07:26

Prefeitura inicia instalação dos semáforos inteligentes na avenida Heráclito Rollemberg

Assinatura da ordem de serviço para a instalação de semáforos inteligentes em Aracaju foi considerada uma das medidas mais importantes para melhorar a mobilidade urbanana e por isso, no dia 4, mesmo dia em que o prefeito Edvaldo Nogueira autorizou a modernização da sinalização vertical da capital, a população já pode ver o início dos trabalhos na avenida Heráclito Rollemberg, uma das mais movimentadas da cidade. 

É no trecho de acesso ao conjunto Augusto Franco que a Prefeitura de Aracaju começa nesta quarta-feira, 4, a troca dos semáforos da cidade por equipamentos inteligentes, que funcionarão de forma integrada e de acordo com as necessidades do fluxo de veículos em cada ponto da capital sergipana. É um sistema adotado pelas mais modernas cidades do mundo, como Nova York. 

A primeira etapa do serviço deverá ser concluída em até quatro meses e contempla a troca de 69 semáforos na zona Sul de Aracaju. "Os trabalhos começam com a construção das bases para as caixas controladoras. Posteriormente, os novos equipamentos serão instalados e sincronizados por etapas", explica Maxtunay França, representante legal da empresa Semex, responsável pela implantação do sistema.

Todo o projeto está sob a coordenação  da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT). A equipe técnica do órgão está acompanhando o trabalho da empresa passo a passo. "Queremos garantir que tudo saia como planejado e que a população de Aracaju conte com este serviço o quanto antes, pois temos certeza de que ele contribuirá significativamente para a redução dos congestionamentos e as pessoas perderão menos tempo no trânsito", conta o superintendente Aristóteles Fernandes.

Plano de Mobilidade Urbana

A ação faz parte do Plano de Mobilidade Urbana da Capital, que conta com um investimento de aproximadamente R$ 140 milhões. Além da substituição dos atuais 148 semáforos por 150 equipamentos de alta tecnologia, o plano prevê a viabilização de quatro corredores exclusivos para transporte público, revitalização de terminais de integração e outros serviços para a melhoria desse aspecto fundamental para a qualidade de vida da população aracajuana. 

PMA


Variedades
Com.: 0
Por Redação
05/07
07:19

Após 28 anos de erradicação a poliomielite pode reaparecer no Brasil

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Aracaju emitiu na última quarta-feira, 4, uma nota de orientação aos profissionais de Saúde das redes pública e privada sobre os cuidados que devem ser tomados para se evitar o contágio e a propagação da doença da poliomielite, além da imediata notificação dos casos. O alerta foi causado pela surgimento de um caso que está sob investigação na Venezuela e que pode ser um indicativo de que a doença pode reaparecer no Brasil.


O último caso registrado aqui no país foi em 1990, mas apenas em 1994 a Organização Mundial da Saúde (OMS) emitiu o certificado de eliminação do poliovírus nas Américas. "Mas como a Venezuela é um país que faz fronteira com o Brasil, um único caso já é considerado motivo de alerta. Por isso, a Vigilância Epidemiológica da SMS está orientando os profissionais de saúde a estarem atentos aos possíveis casos de paralisia flácida aguda, e para a importância de sua adequada investigação", afirmou responsável pela área técnica das doenças imunopreveníveis do Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (CIEVS), Ilziney Simões.

Além desse caso, o vírus ainda circula no Afeganistão e Paquistão. "E precisamos mobilizar a população para que vacinem seus filhos a fim de impedir a reintrodução do vírus no Brasil. Em nossas unidades básicas de Saúde, ofertamos as vacinas para as crianças menores de um ano. Elas recebem três doses da vacina injetável da poliomielite [VIP], sendo a primeira aos dois meses; a segunda aos quatro meses e a terceira aos seis meses de vida. Aos 15 meses, damos o primeiro reforço com a vacina oral da poliomielite [VOP], famosa ‘vacina da gotinha', e aos 4 anos, o segundo reforço da VOP. Só após o recebimento de todas essas doses, a criança pode ser considerada protegida", detalhou.

Notificação

A responsável técnica alerta que é preciso estar atento para que ameaças externas não comprometam o bem-estar da população, e que o papel dos profissionais de saúde na orientação aos pais sobre a relevância de manter as cadernetas de vacinação de seus filhos em dia é primordial para que o Brasil continue livre da contaminação.

"E a nossa orientação é justamente para que nossos profissionais permaneçam vigilantes para a notificação imediata de casos de paralisia flácida aguda em crianças menores de 15 anos. Pessoas que tenham histórico de passagem pelo Afeganistão ou Paquistão nos últimos 30 dias também devem entrar em contato conosco através dos telefones (79) 3711-5069 e (79) 3711-5062; ou via e-mail saude.notifica@aracaju.se.gov.br. No período noturno, feriados e finais de semana, o contato para notificações com a Unidade de Resposta Rápida/CIEVS (URR) pode ser feito através do número (79) 98107-5020", divulgou Ilziney.

A vacinação é a única forma de prevenção da poliomielite e de outras doenças que não circulam mais no país. Todas as crianças menores de cinco anos de idade devem ser vacinadas, conforme esquema de vacinação de rotina.

Para a coordenadora de imunização, Tânia Nunes, vacinar é uma questão de responsabilidade social. "Os pais e responsáveis têm a obrigação de atualizar as cadernetas de seus filhos. As vacinas ofertadas pelo Sistema ùnico de Saúde estão disponíveis durante todo o ano, e uma oportunidade de atualizar caderneta será na próxima Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite, que acontecerá no próximo mês de agosto", reforçou.

Sobre a poliomielite

Também chamada de paralisia infantil ou pólio, a poliomielite é uma doença infectocontagiosa viral aguda caracterizada por um quadro de paralisia flácida, de início súbito (agudo). A patologia é causada pelo poliovírus, e a evolução do déficit motor, frequentemente, não ultrapassa três dias. Geralmente acomete os membros inferiores, de forma assimétrica, tendo como principal característica a flacidez muscular, com sensibilidade conservada e ausência de reflexos nos membros atingidos.

A transmissão ocorre por contato direto de pessoa a pessoa, pela via fecal-oral (mais frequentemente), por objetos, alimentos ou água contaminados com fezes de doentes ou portadores; ou pela via oral-oral, através da saliva (ao falar, tossir ou espirrar). O vírus se reproduz no intestino, mas ataca o sistema nervoso, destruindo neurônios e provocando paralisia total ou parcial.

PMA



Variedades
Com.: 0
Por Redação
04/07
18:07

Projeto que propõe anulação de multas para contabilistas é aprovado na CCJC

Foi aprovado na CCJC (Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania) da Câmara dos Deputados o PL 7512/2014 do deputado Laercio Oliveira (SD-SE), que anula débito tributário e a inscrição em dívida ativa de contabilistas que deixaram de entregar a Guia de Recolhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço e Informações à Previdência Social (Gfip).

 “O que a Receita Federal está fazendo não é moralmente aceitável. O argumento de perda de receita não se sustenta, pois nenhum contador tem condições de pagar essas multas. Alguns escritórios contábeis calculam que teriam que pagar R$ 3 milhões. Mesmo vendendo todo o seu patrimônio de seus proprietários seria inviável o pagamento”, afirmou o profissional de Contabilidade Joaquim Carvalho.

Para Sérgio Approbato Machado Júnior, presidente da Fenacon (Federação Nacional de Contabilidade),  a cobrança precisa ser revertida, pois a falta destes dados não gerou prejuízos ao Governo, mas o acumulado destas penalidades pode acarretar em grandes danos aos contribuintes. "A situação esbarra no caráter educativo das multas e pode trazer consequências como a descontinuidade de empresas e desemprego", frisa o líder sindical, acrescentando que existem cerca de 500 mil profissionais de contabilidade que estão muito felizes com a aprovação desse projeto. “Trata-se de uma multa injusta porque a Receita mudou o modus operandi dela e os profissionais foram muito prejudicados”, explicou.

 “A multa aplicada por uma obrigação acessória não cumprida tem o caráter educacional, entretanto a forma retroativa da aplicação da pena tem a finalidade única e exclusiva de arrecadação, ou seja, confisco explicito da Receita Federal do Brasil que vai gerar desemprego em massa em todo o Brasil”, afirmou o profissional de contabilidade Emerson Pacelle.

“Estávamos tendo muita dificuldade de aprovar o parecer na Comissão porque o governo estava trabalhando contra a matéria e conseguido retirá-la de pauta, sob a alegação de que a proposta implicará em perda de arrecadação ao Estado. Por isso, essa vitória hoje na CCJC foi muito importante”, informou Laércio Oliveira.

De acordo com Laércio, a Receita Federal do Brasil (RFB) vem autuando empresas brasileiras que deixaram de entregar as Gfips relativas aos anos de referência de 2009 a 2013. As multas variam entre R$ 200 e R$ 500. Apesar de previstas pela lei que regulamenta o FGTS (Lei 8.036/90) e por norma da Receita Federal de 2009 (Instrução Normativa 971/09), as multas só começaram a ser aplicadas a partir da junção dos sistemas da Previdência Social e da Receita Federal, em 2013. A cobrança pela adimplência nos anos anteriores ao início da fiscalização, para Oliveira, prejudicou as empresas que arcaram com multas de milhares de reais por ano.

O projeto foi analisado de forma conclusiva pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania e seguirá para o Senado, caso recurso para o Plenário


Política
Com.: 0
Por Redação
04/07
10:30

SSP registra uma redução de 14,8% nos homicídios dolosos no Estado

Na última terça-feira, 3, a Coordenadoria de Estatística e Análise Criminal (Ceacrim) informou uma redução de 14,8% nos homicídios dolosos em Sergipe. Em junho deste ano foram 75 crimes dessa natureza, sendo contabilizados 88 no mesmo período do ano passado.


Foram 25 casos registrados na capital sergipana, 12 na região metropolitana (sendo 4 em São Cristóvão, 6 em Nossa Senhora do Socorro e 2 na Barra dos Coqueiros), 37 no interior e um não identificado.


"Esses trabalhos relativos à embriaguez ao volante, Lei Maria da Penha, desarmamento de arma branca e arma de fogo, tudo isso resulta na redução do número de homicídios. Então tivemos uma redução deve ser comemorada. São vidas salvas. Estamos muito felizes com esse trabalho integrado com a Polícia Militar. Esse trabalho preventivo resultou em excelentes frutos durante uma festa que é referência em nosso Estado", afirmou a coordenadora das delegacias da capital, a delegada Viviane Pessoa.


SSP



Variedades
Com.: 0
Por Redação
04/07
10:09

LDO é aprovada por unanimidade e Assembleia Legislativa entra em recesso

Os deputados estaduais aprovaram por unanimidade, ao longo dessa terça-feira, 3, o projeto que versa sobre a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), onde serão estabelecidas metas e prioridades para o ano seguinte, fixando o montante de recursos que o Governo do Estado pretende economizar, traçar regras, vedações e limites para as despesas dos poderes. Após o término da votação, a Casa iniciou o recesso parlamentar e retoma suas atividades em 1º de agosto.

Um dos projetos do Poder Executivo que gerou bastante discussão no plenário foi o que altera, acrescenta e revoga dispositivos da Lei que dispõe sobre a criação e organização da Agência Reguladora de Serviços Públicos do Estado de Sergipe (Agrese). Foram aprovadas duas emendas modificativas e uma emenda supressiva de autoria do deputado estadual Georgeo Passos (REDE).

Também de autoria do Executivo, foi aprovado o PL que altera dispositivos na Lei que institui no Estado o Projeto “Mão Amiga”, que tem por finalidade adotar medidas mitigadoras frente aos efeitos do desemprego sazonal decorrentes das entressafras dos cultivos de cana-de-açúcar e da laranja, que resultem em geração de renda, reforço alimentar, capacitação e melhoria da qualidade de vida da população afetada.

Ipesaúde

Outra proposta aprovada por unanimidade altera e acrescenta dispositivos à Lei que dispõe sobre a criação do Instituto de Promoção e de Assistência à Saúde de Servidores do Estado de Sergipe (Ipesaúde) e em decorrência sobre a extinção do Departamento de Assistência e da Diretoria de Promoção da Saúde do Instituto de Previdência do Estado de Sergipe (IPES).

Uma emenda aditiva apresentada pelo deputado estadual Gilmar Carvalho (PSC) foi retirada de pauta após um amplo debate em plenário. O parlamentar sugeriu a inclusão dos ascendentes no projeto, estendendo aos mais idosos de baixa renda a promoção à saúde e os benefícios ofertados pela Autarquia. Já de autoria do deputado Francisco Gualberto (PT) e outros foi aprovada uma emenda modificativa ao PL inicial.

Polícia Judiciária

Outra proposta aprovada do Executivo versa sobre os efeitos financeiros da Lei 8.157/2016 que dispõe sobre o sistema remuneratório dos membros da carreira de Agente Auxiliar da Polícia Judiciária do Estado.

PCCV

Em mais um projeto, o governo acrescenta o parágrafo único ao artigo 5º da Lei 8.192/2016 que versa sobre o Plano de Cargos, Carreira e vencimentos dos servidores públicos civis da administração geral. Em síntese, a Lei produzirá seus efeitos financeiros e pagamento de vantagens nela previstos a partir de 1º de Maio de 2019.

Detran

Também foi aprovado algo muito parecido onde governo propõe em outro Projeto de Lei que acrescenta o parágrafo único ao artigo 25 da 8,267/2017 sobre as carreiras de Assistente de Trânsito e de Vistoriador de Trânsito no quadro de pessoal do Detran. A Lei também produzirá seus efeitos financeiros e pagamento de vantagens nela previstos a partir de 1º de Maio de 2019.

Efetivo da PM

Os deputados apreciaram e aprovaram o projeto de lei do Poder Executivo que altera o artigo 1º da Lei 7.823/2014 que fixa o efetivo da Polícia Militar de Sergipe de que que trata a Lei 5.216/2003.

Bombeiro Militar

Também passou o PL que dispõe sobre a transferência temporária, pelo prazo improrrogável de três anos, de vagas do Quadro de Oficiais Combatentes Bombeiro Militar para o Quadro de Oficiais Administrativos Bombeiro Militar e Quadro de Oficiais Especialistas Bombeiro Militar

Subsídio da PM

Também foi aprovado o Projeto de Lei Complementar (PLC) onde o Executivo acrescenta dispositivos à lei que fixa o subsídio mensal dos servidores militares do Estado de Sergipe. Dentre as alterações, uma delas é que os militares que tenham ingressado em suas corporações até a data de entrada em vigor da LC 118/2006 e que tenham cumprido mais de 30 anos de serviço público até o dia 31 de março de 2018, poderão, a qualquer tempo, solicitar a transferência para a reserva remunerada fazendo jus a proventos correspondentes ao subsídio da graduação ou do posto superior e, se Coronel, o próprio subsídio, com acréscimo de 20%.

Abono de Permanência

Outro PLC dispõe sobre os efeitos financeiros da Lei Complementar nº 298/2017, que versa sobre a criação do abono de permanência para os Policiais e Bombeiros Militares do Estado, que não possuíam tal benefício. O abono visa estimular a permanência do servidor no serviço ativo, mediante o pagamento do valor correspondente ao que era pago a título de contribuição previdenciária.

Magistério
Foi aprovado o PLC onde o Executivo altera a tabela remuneratória da carreira de Profissionais do Magistério Público Estadual, para proporcionar uma diferenciação remuneratória entre os níveis que compõem o quadro funcional, de forma a reestruturar e valorizar o profissional. Neste caso, mediante acordo com a categoria, o governo mandou e aprovou uma emenda modificativa

Advocacia-Geral

Também passou o PLC que altera os dispositivos da Lei Orgânica da Advocacia-Geral do Estado de Sergipe, criando mais cinco cargos de Procurador do Estado no Quadro da Procuradoria Geral do Estado de Sergipe, a fim de possibilitar o adequado e eficiente atendimento do volume de demandas oriundas tanto do próprio Estado quanto das várias esferas do Poder Judiciário e dos Ministérios Públicos, Estadual e Federal.
Foi aprovada ainda uma emenda modificativa do deputado estadual Georgeo Passos estabelecendo que a Lei entra em vigor a partir do primeiro dia do quadrimestre seguinte àquele em que a despesa e pessoal do Executivo retornar ao patamar inferior a 46,55% da Receita Corrente Líquida do Estado.

Sistema Prisional

Outro PLC aprovado acrescenta um parágrafo único ao artigo 16 da LC 294/2017 que alterou o regime remuneratório dos Guardas de Segurança do Sistema Prisional que passaram a receber suas remunerações de vencimento para subsídio. Em síntese, a Lei produzirá seus efeitos financeiros e pagamento de vantagens nela previstos a partir de 1º de Maio de 2019.

A proposta passou com uma emenda substitutiva do próprio governo do Estado alterando o caput do artigo 14 (gratificação por titulação consiste no acréscimo de 5% ao vencimento básico dos integrantes da carreira de Segurança Penitenciária) mediante apresentação de certificados; e acrescenta dois parágrafos no artigo 16.

Poder Judiciário

De autoria do Poder Judiciário foi aprovado o PL que institui o auxílio bolsa-estudo para servidores efetivos de carreira do quadro de pessoal do Poder; também passou o PL que altera a lei que estabelece a estrutura administrativa do Judiciário e a lei que altera a estrutura do Poder, transformando cargos em comissão e funções de confiança;

Também passaram o PLC do Judiciário que modifica dispositivos da LC 129/2006 e que altera a LC que dispõe sobre a carreira dos servidores do Judiciário e suas atualizações posteriores, para revisar o vencimento básico dos cargos efetivos do seu quadro de pessoal.

Parlamentares

De autoria dos deputados estaduais passaram os projetos da deputada Ana Lula (PT) incluindo a caminhada para oxalá no calendário oficial do Estado e instituindo o Dia Estadual em Defesa do Rio São Francisco; do deputado Luciano Bispo (MDB) foi aprovado o PL que dispõe sobre a destinação de um percentual das dotações orçamentárias de Comunicação Social da Assembleia Legislativa para a contratação de serviços junto ás rádios e tvs comunitárias;

Já do deputado Georgeo Passos foi aprovado o PL que dispõe sobre a obrigatoriedade, por parte dos hospitais públicos e privados, do registro e da comunicação imediata de recém-nascidos com Síndrome de Down ás instituições, entidades e associações especializadas que desenvolvem atividades com pessoas com deficiência no Estado de Sergipe. Também passaram diversos projetos de reconhecimento de utilidade pública e de concessão de Cidadania Sergipana.

Ficaram para Agosto

Alguns projetos de lei que poderiam entrar na pauta de votação nessa terça-feira findaram ficando para serem apreciados em Agosto. O principal deles era o PL onde o Executivo buscava a autorização para contratar operação de crédito com o Banco do Brasil de até R$ 100 milhões.

Outro que também ficou para agosto foi o que altera dispositivos da lei 3.2018/1992 que cria o Fundo Especial para a Segurança Pública; também o que cria o Cadastro Técnico Estadual de Atividades Potencialmente Poluidoras ou Utilizadoras de Recursos Ambientais, integrante do Sistema Nacional do Meio Ambiente (SISNAMA), regulamentando o repasse do valor devido ao Estado referente à Taxa de Controle e Fiscalização Ambiental (TCFA-SE).

Como também o PLC onde o governo altera dispositivos da LC 79/2002 que dispõe sobre a Organização Básica e Normas Gerais de Funcionamento da Coordenadoria-Geral de Perícias (COGERP) e sobre Carreiras de Atividades Periciais. Dentre elas que o cargo de Diretor do Instituto de Criminalística será exercido exclusivamente por perito criminalístico do quadro efetivo da Coordenadoria-Geral de Perícias, detentor de reputação ilibada e idoneidade moral, passando a ocupar o cargo de provimento em comissão, nomeado pelo Governador do Estado.

Por Habacuque Villacorte – Rede Alese


Política
Com.: 0
Por Redação
04/07
08:09

Roubo a ônibus reduz 53,3% em Aracaju e região metropolitana

Parceria entre a SSP e o Setransp tem resultado positivo junto ao cidadão que depende do transporte público coletivo para realizar suas atividades diariamente. Na manhã desta terça-feira, 3, a Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP/SE) apresentou um relatório do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros Aracaju (Setransp), que apontou uma redução de 53,3% de roubos a ônibus do transporte coletivo da capital e região metropolitana.

Fazendo um comparativo com mesmo período do ano passado, observou-se que nesse primeiro trimestre foram registrados
46 roubos, contra os 99 delitos computados no ano anterior, fato que justifica a redução de infrações desta natureza.

De acordo com o secretário da SSP, João Eloy de menezes, deve-se principalmente às ações intensivas de abordagens a ônibus que vêm sendo desenvolvidas pelo policiamento da capital, na tentativa de minimizar as ocorrências de roubo praticadas contra funcionários das empresas e usuários em geral do transporte público.

Para o coronel José Moura Neto, comandante do Policiamento Militar da Capital (CPMC), é um importante índice a ser comemorado. “Temos que comemorar a redução de alguns índices impactantes como roubo a ônibus, que é uma modalidade que afeta muito a sociedade, e através de operações, bloqueios, revistas em ônibus, nós conseguimos efetuar muitas prisões em flagrante. E quando esses indivíduos estão presos, os índices tendem a cair”, relatou.

O comandante ressalta que os trabalhos continuam com o objetivo de reduzir ainda mais os índices de criminalidade e parabeniza o trabalho realizado pelas forças policiais. “É um sentimento de dever cumprido e queremos cumprir ainda mais, com mais trabalho, mais operações, mais planejamentos, para que nós possamos dedicar esse esforço e mostrar mais resultados positivos à sociedade sergipana”, concluiu.

SSP


Variedades
Com.: 0
Por Redação
04/07
07:50

Aracaju ultrapassa meta de vacinação contra a gripe

Mesmo com a finalização oficial da Campanha Nacional de Vacinação Contra a Influenza, que aconteceu no dia 22 de junho, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) manteve o serviço de imunização dos grupos prioritários até o final do estoque.

Tal ação contribuiu para o resultado observado nesta terça-feira, 3, fosse animador. Após as últimas atualizações no sistema de controle do Ministério da Saúde, foi constatado que Aracaju conseguiu ir além da meta estabelecida.


A diretora de Vigilância em Saúde, Taise Cavalcante, revela que o índice de vacinação do público-alvo atingiu 92%. “A capital conseguiu bater a meta de grande parte do público-alvo preconizado pelo MS, que era de 90%. Entretanto, o índice de gestantes e crianças ainda foi bem baixo do que gostaríamos: 67,49% e 66,02%, respectivamente", informou.

Mas a diretora afirma que mesmo que as gestantes não tenham atingido a meta dos 90% deste ano, em uma comparação com 2017, houve um aumento de 20,41%. “Foram 761 gestantes a mais em relação ao ano passado. Já os idosos, grupo prioritário muito importante, fechamos este ano com aumento de 102,23%; quase 10 mil idosos a mais no comparativo. Esses resultados demonstram que nossas estratégias de ações foram efetivas”, complementou Taise.

Fim do estoque

De acordo com a coordenadora de Imunização da SMS, Tânia Nunes, graças às estratégias adotadas pela SMS, os estoques da vacina já foram finalizados. “Hoje, o estoque que temos apenas contemplará as crianças com indicação para a segunda dose, mediante apresentação do comprovante de recebimento da primeira, já que por causa da idade a aplicação delas é fracionada", informou.

Tânia diz ainda que nos quase dois meses de vacinação, Aracaju conseguiu resultados satisfatórios frente aos índices nacionais. “Mobilizamos toda nossa equipe técnica e conseguimos ultrapassar a meta preconizada pelo MS. Das 124.317 pessoas pertencentes ao público-alvo, imunizamos 114.375. Isso significa que pouco mais de 10 mil usuários que fazem parte desses grupos não se vacinaram, um ótimo resultado para nossa cidade”, detalhou.

Entre os grupos prioritários, estiveram gestantes, crianças com idades entre seis meses e cinco anos, trabalhadores da saúde, professores, puérperas (até 45 dias após o parto), adolescentes e adultos privados de liberdade.


PMA

 


Variedades
Com.: 0
Por Redação
04/07
07:43

Prefeitura terá horário especial de funcionamento nesta sexta-feira

A Prefeitura de Aracaju funcionará em horário especial nesta sexta-feira, 6, por conta do jogo da Seleção Brasileira de Futebol na Copa do Mundo. O expediente em todos os órgãos e entidades da administração municipal será encerrado às 13h, segundo decreto assinado pelo prefeito Edvaldo Nogueira.

O mesmo documento informa que estão excluídos da mudança de horário os órgãos e entidades que prestam serviços essenciais, como os hospitais municipais Nestor Piva e Fernando Franco e os Centros de Atenção Psicossocial (Caps) 24 horas, que funcionarão normalmente.

Na sexta-feira, dia 6, o Brasil enfrentará a Bélgica pelas Quartas de Final da Copa do Mundo. O jogo iniciará às 15h.


PMA


Variedades
Com.: 0
Por Redação
Primeira « Anterior « 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 » Próxima » Última

Enquete


Categorias

Arquivos