27/01
07:32

Governo está concluindo quadra poliesportiva em Riachão do Dantas

 Com investimentos na ordem de R$ 910 mil e 95 % dos serviços concluídos, a quadra tem 816,31 m² de área construída / Fotos: Bruce Cabral /SeinfraIncentivar as práticas esportivas nos oito territórios sergipanos tem sido um dos objetivos do Governo do Estado. Através do programa Sergipe Cidades, a gestão estadual constrói um novo espaço de lazer no município de Riachão do Dantas. Localizada na Rua Manoel Costa Lima – uma das suas principais vias de acesso, a quadra poliesportiva impressiona pela imponência da sua edificação e está em fase de conclusão, com 95% dos serviços executados.


O programa Sergipe Cidades é resultado da exitosa parceria entre o Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e o Governo de Sergipe, por meio da Secretaria de Estado da Infraestrutura e do Desenvolvimento Urbano (Seinfra).

A quadra


Com investimentos na ordem de R$ 910.625,16, e 95 % dos serviços concluídos, a quadra tem 816,31 m² de área construída, em um total de 2.263,33 m². Sua edificação consiste em uma estrutura de pórticos pré-moldados em concreto armado, piso em alta resistência sobre camada de concreto, uma arquibancada lateral em três níveis, com guarda-corpo de proteção e guarda-corpo metálico, além de rede de drenagem para captação de águas pluviais.
A cobertura é em estrutura metálica e telha em alumínio trapezoidal e a iluminação interna é composta por luminárias modernas. Traves de futebol de salão, voleibol e estrutura de basquetes foram instaladas com as respectivas redes, além da demarcação com dimensões oficiais no piso e rede de proteção em nylon fixadas às muretas.

A área externa possui estacionamento para automóveis e motocicletas, nas laterais foi aplicada grama verde-esmeralda e iluminação será assegurada por poste com luminária de quatro pétalas. Todo o passeio é feito em concreto desempolado, e o direito à acessibilidade é assegurado, uma vez que existem rampas de acesso e aplicação de piso tátil direcional nas áreas de circulação.

Oportunidade aos jovens


Segundo o Secretário de Estado da Infraestrutura e do Desenvolvimento Urbano, Valmor Barbosa, o governo do Estado não tem poupado esforços em investir em espaços esportivos. “O esporte é um excelente instrumento de combate a violência e as drogas. Em todos os territórios sergipanos estão sendo construídos mais de 30 quadras desse porte, sem contar na reforma do Estádio Lourival Batista, o Batistão, em Aracaju, que será reinaugurado no próximo mês pelo governador Jackson Barreto. Obras dessa natureza contribuem de maneira significativa para que os jovens evitem caminhos tortuosos e se tornem cidadãos melhores”, avalia.

Valmor acrescenta que o espaço terá múltiplas funções de utilização. “Seríamos modestos em chamar de quadra, quando, na verdade, trata-se de um ginásio de médio porte, que vai possibilitar à população uma variedade de atividades esportivas a serem praticadas além do futebol e futsal, a exemplo de basquete, handebol e voleibol, já que o espaço dispõe de equipamentos destinados a esses esportes e isso assegura a promoção da cidadania e da dignidade de todos os cidadãos riachãoenses”, ressalta.  (Da assessoria)



Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
27/01
07:27

José Sobral defende contrato com Fundação Hospitalar

 José Sobral destacou também o Complexo regulador que será implantado / Foto: Ascom/SESO secretário de Estado da Saúde, José Sobral, concedeu entrevista ao programa Hora da Verdade, do radialista George Magalhães, onde destacou os desafios de gerir a Secretaria de Estado da Saúde (SES). Entre os assuntos abordados no programa, a Fundação Hospitalar de Saúde (FHS), Complexo Regulador de Saúde e Sistema de Controle de Almoxarifado.


Sobre a FHS, foi abordada a Ação Civil Pública do Ministério Público Federal para que o contrato com a Secretaria de Estado da Saúde não seja renovado. O secretário José Sobral destacou a importância da Fundação para o atendimento à população.

“As Fundações são um método pioneiro no Brasil. Entendemos que precisamos dar condições para o funcionamento delas. A Fundação Hospitalar é pública de direito privado e suas contratações e compras são por meio de licitações e concurso público. O único contratante é o Estado de Sergipe e a função dela é gerir toda rede hospitalar e de urgência e emergência. O Estado já encaminhou à Procuradoria Geral do Estado (PGE) o pedido de renovação do contrato com FHS, pois o funcionamento dela não pode ser interrompido de forma abrupta. Nós temos que dar sequência e qualquer decisão tem que ser em longo prazo. É a Fundação e seus servidores que trabalham na assistência do Estado. A Fundação tem que continuar, pois a maior prejudicada seria a população que ficaria desassistida. Precisamos avaliar o desempenho e cobrar um melhor resultado. Ela pode ser mais ágil e eficiente no seu processo de gestão”, afirmou José Sobral.

“Cada Hospital Regional tem uma média de seis a 10 mil atendimentos por mês, sem contar o Huse que, sozinho, dobra essa capacidade. Não podemos e não vamos deixar a população desassistida”, afirmou o secretário.

Complexo Regulador

Na entrevista, o secretário ainda destacou a implantação do Complexo Regulador de Saúde, que ajudará a ordenar e otimizar o atendimento, contribuindo para integrar as unidades e desafogar o Huse, levando os casos de menor complexidade para outras unidades.   

“Este será um marco na Saúde de Sergipe. A concepção da central de regulação e a logística já estão prontas. Existe um software em que os superintendentes de cada unidade e os gestores visualizam uns aos outros, através de smartphone, quanto à situação do atendimento em cada hospital integrante da rede para receber os pacientes de urgência de emergência. Esse sistema é a troca de informações sobre o número de leitos em cada unidade, se está com quadro de profissionais completo, entre outros”, explicou José Sobral.

“Mesmo com esse software, não conseguiremos ter eficiência sozinhos. Convidamos a Secretaria de Saúde de Aracaju para compor o sistema, pois dessa forma teremos informações sobre as Unidades Zona Norte e Zona Sul. As entidades filantrópicas, a exemplo do Hospital de Cirurgia, Santa Isabel e todos os outros precisam estar integrados nesse processo. Isso vai melhorar significativamente as condições de atendimento da população”, complementou o gestor.

Controle de Almoxarifado

Outro software que está sendo implantado e que vai integrar todas as unidades hospitalares geridas pela Fundação Hospitalar de Saúde é o de Controle de Almoxarifado. Através dele, será possível que todas as unidades e a Central de Logística visualizem o estoque de medicamentos e insumos uma das outras. O objetivo é a racionalização dos recursos.

“Se eu tenho um medicamento ou insumo na Maternidade do Hospital Regional de Nossa da Glória que, naquele momento, está faltando e não tem na Celog, este medicamento poderá cedido por outra unidade da rede. Haverá um fluxo de medicamentos e materiais entre a Celog e as unidades para que o atendimento flua de melhor forma”, explicou José Sobral.     

Desafios

De acordo com o secretário, é preciso de novas fontes de recursos para a saúde e otimização das estruturas existentes. “Os problemas na Saúde não acontecem somente em Sergipe, mas em todo o Brasil. Temos a obrigação e o compromisso de verificar e conhecer toda a realidade tanto na capital quanto no interior. Além das relações com os municípios, temos que verificar diretamente a rede composta por 14 unidades de urgência e emergência, desde a área de acidentes até partos mais complexos”, disse.  

“Meu compromisso é visitar todas as unidades, faltam apenas Tobias Barreto e Boquim. Já estive em todos os lugares e vamos sempre retornar a todas. Estando presentes, conversando com as pessoas, funcionários, dirigentes, podemos formular um conceito e organizar a estrutura. A saúde custa mais do que ela tem como financiamento. A rede é mais cara do que os recursos que ingressam na Secretaria. Temos que encontrar novas fontes de financiamento e como otimizar os recursos, criar estruturas mais eficientes, reduzindo despesa, e usar a experiência de todos para chegar a um denominador comum”, finalizou.  (Da assessoria)



Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
27/01
07:23

Hoje- Secretário do Senado discute TV aberta com Zé Franco

O secretário de Comunicação do Senado,   David Emerich,  terá reunião hoje, às 11h, com o presidente da Assembleia Legislativa de Sergipe, deputado José Franco. No encontro vai entrar em pauta a transformação da TV Alese em uma emissora televisiva aberta. Logo em seguida acontecerá uma entrevista coletiva.



Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
27/01
07:13

Fábio Reis diz que Legislativo lhe satisfaz e não pensa em prefeitura

O deputado federal Fábio Reis (PMDB) negou ter pretensão de disputar a Prefeitura de Aracaju em 2016, como foi veiculado na semana passada pela mídia. “Sou de Lagarto. Nunca passou pela minha cabeça e nem quero ser ordenador de despesas de lugar algum. Gosto e, claro, me satisfaz disputar cargos proporcionais” . Ele foi reeleito em outubro do ano passado para a Câmara Federal.



Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
27/01
07:01

Eduardo Amorim: “Ainda é cedo para dizer se o PSC terá candidato próprio à PMA”

“O PSC tem trilhado há algum tempo o caminho da independência partidária: apoia aquilo que for bom para o Brasil. Eu mesmo já disse isso à presidente Dilma Rousseff várias vezes”. O comentário é do senador Eduardo Amorim e foi feito quando consultado sobre o afastamento de sua agremiação em relação ao governo federal. No decorrer da próxima semana o líder da agremiação, deputado federal André Moura, anunciará o rompimento com o governo Dilma.  Quando indagado se o  PSC terá candidatura própria à Prefeitura de Aracaju, Amorim disse que ainda é cedo para pensar e definir o que fazer. 



Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
27/01
06:45

CUT/SE organiza ato no Dia Nacional de Luta da Classe Trabalhadora

Às 8h da manhã desta quarta-feira, dia 28/01, lideranças sindicais que constituem a Central Única dos Trabalhadores (CUT/SE) se somam na construção do Dia Nacional de Luta da Classe Trabalhadora. Em Sergipe, a manifestação acontece em Aracaju, em frente ao prédio do INSS da Avenida Ivo do Prado.

Com o mote “Nem que a vaca tussa! Abaixo as MPs 664 e 665!”, a mobilização nacional dos trabalhadores filiados à CUT manifesta o protesto de trabalhadoras e trabalhadores de todo o Brasil contra a iniciativa do Governo Federal de retirada de direitos.

Restrição no acesso ao abono salarial; o aumento do tempo de vínculo empregatício como exigência do primeiro benefício e outros critérios; além do acesso às pensões e alteração do pagamento de auxílio doença por parte das empresas foram algumas das alterações propostas pelo Governo Federal através das Medidas Provisórias apresentadas. A CUT defende que mais importante do que restringir o acesso é intensificar a fiscalização sobre os benefícios garantindo maior controle social e transparência.

Da mesma forma a CUT defende que a discussão sobre o seguro-desemprego demanda uma reflexão sobre a rotatividade promovida até por empresas beneficiadas com redução de impostos; e avalia como intocável a política de valorização permanente do salário mínimo.

Nacionalmente a CUT chama a atenção para o impacto social provocado pelas referidas mudanças e cobra espaços de real diálogo com o Governo para fazer avançar pautas dos trabalhadores que estão empacadas, a exemplo das Reformas Política, Fiscal, Agrária, Sindical, Regulamentação e Democratização da Mídia, Redução da Jornada de Trabalho, e o Fim do Fator Previdenciário. (Da assessoria)


Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
27/01
06:41

Codevasf lança 800 mil alevinos no 'Velho Chico"

No primeiro peixamento realizado em Sergipe neste ano, a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) lançou 800 mil alevinos de espécies nativas no rio São Francisco. A ação foi promovida durante a realização da Festa de Bom Jesus dos Navegantes no domingo (25), em Propriá.

Realizado em parceria com a Prefeitura Municipal de Propriá, o peixamento inseriu alevinos das espécies curimatã, piau, cari, matrinxã e piaba. Os peixes foram cedidos pelo Centro Integrado de Recursos Pesqueiros e Aquicultura de Itiúba (5ª/CII), e a ação teve o apoio do Centro Integrado de Betume (4ª/CIB), que está passando por uma grande obra de reforma e ampliação. Esses centros são unidades de pesquisa e produção mantidas pela Codevasf nos estados de Alagoas e Sergipe, respectivamente.

O superintendente regional da Codevasf, Said Schoucair, destacou a importância da inserção de alevinos para a manutenção dos estoques pesqueiros no rio. ?O peixamento contou com uma grande mobilização da comunidade. Essa é uma ação muito importante do ponto de vista ambiental, que contribui para a revitalização do rio São Francisco?, declarou.(Da assessoria)



Variedades
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
27/01
06:33

Mendonça Prado assume SSP dia 3 de fevereiro e depois definirá a filiação

No próximo dia 03, terça-feira, o governador de Sergipe, Jackson Barreto irá empossar o advogado e deputado federal Mendonça Prado no cargo de secretário de Estado da Segurança Pública. A solenidade ocorrerá, às 10h00, no auditório Atalaia, do Centro de Convenções de Aracaju. Desde que foi anunciado como futuro secretário, ele vem se movimentando na organização da equipe que o auxiliará na SSP. O candidato informou ao blog que nos próximos dias deverá conversar com o governador sobre a necessidade de mudança de partido. Mendonça é filiado ao DEM. Em dezembro último o governador Jackson Barreto disse que as portas do PMDB estão abertas para receber o secretário, se isso ele desejar.



Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
Primeira « Anterior « 1 2 3 4 5 6 7 8 9 » Próxima » Última

Enquete


Categorias

Arquivos