30/01
22:45

Editora UFS lança edital para publicação de livros digitais

O Programa Editorial da Universidade Federal de Sergipe (Editora UFS) lança edital para a publicação de 20 livros digitais relacionados ao Programa de Publicações Digitais (PPD). Serão 14 da comunidade acadêmica da UFS (professores, técnicos administrativos em Educação e discentes) e seis da comunidade externa. As inscrições das propostas começam dia primeiro de fevereiro e encerram em 02 de abril. O resultado final será divulgado no dia 18 de setembro. Para outros esclarecimentos, entrar em contato com a Editora UFS através dos telefones (79) 3194-6922/ 6923 ou pelo e-mail editora.ufs@gmail.com



Variedades
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
30/01
21:21

Centro de Triagem de Animais Silvestres do Ibama passa por reforma

Com a presença do deputado federal Adelson Barreto (PR), teve início na última segunda-feira, 29 de janeiro, a reforma do Centro de Triagem de Animais Silvestres (CETAS) do IBAMA em Sergipe. O CETAS foi inaugurado em 1990 fruto de uma parceria do Ministério do Meio Ambiente com a agência alemã GTZ. E durante esses 27 anos de existência não passou por nenhuma reforma.

Sensibilizando com a causa ambiental do Estado e com a necessidade de modernização do Cetas, o deputado Adelson Barreto destinou de emenda parlamentar individual R$ 420 mil para a reforma, ampliação e aquisição de equipamentos.

A obra que foi orçada no valor de R$ 300 mil permitirá a melhoria na infraestrutura do local, a criação de novos recintos, adequação dos existentes e melhoria na área administrativa.

De acordo com o parlamentar, após a conclusão das obras e da aquisição de novos equipamentos o estado de Sergipe dará um salto de qualidade na gestão da fauna silvestre. "Esta adequação permitirá principalmente a reabilitação de aves, possibilitando a reintrodução delas em nosso estado, hoje, realizada nos estados da Bahia e Goiás", explicou.

Adelson revelou ainda que será um grande ganho ambiental para a manutenção da biodiversidade do nosso Estado.

Com essa medida o deputado demonstra na prática sua preocupação com a Sustentabilidade Ambiental e a preservação da natureza, sobretudo para as futuras gerações.

Acompanharam a visita o superintendente substituto do Ibama de Sergipe, Romeu Boto, o chefe da divisão técnica Luciano Bazoni, a assessora de comunicação, Maria Helena, e os responsáveis pela gestão do CETAS, André Beal e Jailson Coelho



Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
30/01
21:15

Em Sergipe - Rede e PV constróem programa para viabilizar coligação

O presidente do partido Rede, Emerson Ferreira, reafirmou hoje que a sua agremiação está conversando com o PV, inicialmente para construção do programa de governo”. Ferreira disse apostar na aliança para as eleições de outubro próximo e lembrou que “o meu nome está indicado para pré-candidato a governador”.



Variedades
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
30/01
21:04

Presidente do PRB libera diretório de SE para escolher coligação

O presidente nacional do PRB Marcos Pereira esteve em Sergipe ontem, segunda-feira, e hoje, terça e teve um encontro com o deputado federal André Moura, líder do Governo Michel Temer no Congresso Nacional. Ele fez questão de deixar claro que a decisão das alianças em Sergipe  será do diretório estadual. Também esteve com JB e pediu a vaga para Heleno Silva na chapa majoritária, dizendo que a prioridade do partido é eleger 5 Senadores no Brasil e que Sergipe está entre estes. Marcos também esteve reunido com Ivan Leite e o deputado estadual  Jairo, quando conversaram sobre a conjuntura nacional. A nível nacional, o PRB poderá  apoiar a candidatura de Rodrigo Maia.



Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
30/01
18:35

UFS anuncia data de pré-matrícula 2018

A Universidade Federal de Sergipe realizará nos dias 05, 06 e 07 de fevereiro de 2018, das 8h às 12h e das 13h às 17h a pré-matrícula institucional dos candidatos aprovados para ocupar as 5.440 vagas ofertadas para este ano através do SISU. As vagas estão distribuídas em 105 cursos nos Campi de São Cristóvão, Aracaju, Itabaiana, Laranjeiras e Lagarto.

A UFS já publicou em seu portal oficial www.sisu.ufs.br o edital que define as instruções e convocações para a Pré-Matrícula Institucional.

Para saber os locais e horários de pré-matrícula para cada curso, os candidatos aprovados deverão consultar o Edital 03/2018/PROGRAD que se encontra no site www.sisu.ufs.br.

As matrículas ocorrerão nos campi de São Cristóvão, Itabaiana e Lagarto. Mas atenção: os candidatos aprovados como Pessoas com Deficiência farão a pré-matrícula apenas no Campus de São Cristóvão. Todos os aprovados como Pessoas com Deficiência terão que passar por perícia médica antes da realização da pré-matrícula. Para saber mais sobre os documentos exigidos e que deverão ser apresentados à junta médica, os candidatos com deficiências devem verificar o item 2.4 do Edital 03/2018/PROGRAD.

É importante lembrar: o candidato ou candidata que não realizar a pré-matrícula dentro do período estabelecido perderá o direito à vaga na UFS.



Variedades
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
29/01
23:16

TRE-SE cassa diploma do prefeito de Laranjeiras

O pleno do Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TRE) concluiu na tarde desta segunda-feira, 29, o julgamento dos embargos de declaração impetrados pela defesa do prefeito Paulo Hagenbeck (Paulão da Varzinhas /DEM). Na sessão de hoje, o magistrado José Dantas de Santana, que havia pedido vista, votou pelo acolhimento dos argumentos dos embargos de declaração apresentados pela defesa de Paulão.


No entanto, os desembargadores Edson Ulisses e Francisco Alves, que já deixaram o Tribunal, haviam votado contra os embargos antes do pedido de vista. Também negaram o recurso de Paulão, os seguintes membros do plenário: Dauquíria de Melo Ferreira, Fábio Cordeiro Ricardo Múcio e Lenora Viana de Assis, mantendo a decisão final em 6 a 1 contra o prefeito de Laranjeiras. 

A denúncia contra Paulão foi movida pela coligação “Laranjeiras no Rumo Certo”, que contou com parecer favorável do Ministério Público Eleitoral. O recurso contra a diplomação foi movido pelo fato de Paulão ter as contas rejeitadas, que demonstraram ato de improbidade definido no julgamento anterior. 

Paulão permanece no cargo em virtude de uma liminar concedida pelo ministro Gilmar Mendes no final de 2016. Como devem recorrer, Paulão e Suely continuarão, por enquanto, nos respectivos cargos. Mas com o indeferimento dos embargos declaratórios, o Tribunal Superior Eleitoral deve julgar, nas próximas semanas, o novo recurso. 

Caso o TSE mantenha a cassação dos diplomas, Laranjeiras poderá ter uma eleição suplementar.



Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
28/01
19:58

O mercado de trabalho do Nordeste demora mais a reagir – Parte 2

Ricardo Lacerda*
Professor da UFS

Vimos no artigo da semana passada que os impactos a crise econômica sobre o mercado de trabalho foram muito mais intensos na região Nordeste do que nas demais regiões, ainda que eles tenham sido muito fortes em todo o território nacional. 

Em linhas gerais, o emprego formal despencou em todas as regiões, mas a queda no Nordeste foi mais intensa do que na maioria das demais regiões, enquanto a ocupação informal (emprego sem carteira assinada e ocupação por conta própria) compensou parcialmente a retração nas ocupações formais na média das demais regiões mas despencou na região Nordeste. 

Não tenho conhecimento de explicação satisfatória das razões pelas quais as ocupações informais no Nordeste apresentaram trajetória diversa da maioria das demais regiões, ou mesmo por que o emprego formal sofreu queda tão mais acentuada na região. 

Procurando avançar na compreensão do que é específico na crise do mercado de trabalho no Nordeste examinaremos a evolução da ocupação nos últimos três anos segundo os grupos de atividades. Em artigos subsequentes procuraremos outros recortes que possam auxiliar na resposta às questões postas no parágrafo anterior. 

Queda generalizada
Na comparação entre a evolução da ocupação do ponto de vista setorial saltam aos olhos importantes diferenças entre a média do Brasil e o Nordeste.  Entre a média de quatro trimestres encerrados em setembro de 2017 e a média de quatro trimestres de 2014, o Nordeste participou com cerca de quatro em cada cinco ocupações perdidas. Diferentemente da média do país, em que o número de pessoas ocupadas caiu em quatro dos dez grupos de atividades considerados, na região Nordeste o pessoal ocupado se retraiu em sete grupos de atividades, grau de disseminação que não se repetiu em nenhuma outra região do país (Ver Tabela 1).

Um outro aspecto de caráter geral é que nessa comparação a taxa de evolução do número de pessoas ocupadas na região Nordeste foi pior do que a do país em todos os grupos de atividade, com uma única exceção, na indústria geral, agrupamento que reúne a indústria de transformação e a extração mineral (ver última coluna da Tabela 1). 






Grupos de atividade
Os maiores diferenciais de crescimento desfavoráveis ao Nordeste, entre as atividades que mais desocuparam, ocorreram na agricultura, construção civil e no amplo segmento de serviços que apresentado no grupamento 5 da tabela. 
 
A partir desses dados, é razoável concentrar a explicação do desempenho pior do mercado de trabalho no Nordeste nesses agrupamentos, ainda que a retração tenha sido generalizada, sintoma que a crise no mercado de trabalho da região foi contaminando setor a setor. 

A seca e a crise canavieira foram devastadoras para a ocupação regional: a retração na ocupação em atividades agrícolas regionais atingiu o contingente de 863 mil pessoas. Mas o desempenho na construção civil, nos segmentos de comércio e serviços, e, mesmo que  acompanhando a média do Brasil, na indústria geral também concorreram fortemente para quadro que se estabeleceu no mercado de trabalho da região.

Chama atenção como a crise nas finanças públicas (e a consequente corrida para a aposentadoria) tem impacto muito superior na ocupação do Nordeste do que na maioria das demais regiões.  

Em 2017
Ao se comparar o 3º trimestre de 2017 com o mesmo período de 2016, constata-se que, em um número expressivo de atividades, todas integrantes ao setor terciário, o contingente de pessoas ocupadas também registrou crescimento na região Nordeste. Todavia, mesmo nessa comparação, a evolução na região permanece inferior à média do país em quase todos os grupos de atividades econômicas (última coluna da Tabela 2).  

Seca, queda mais acentuada na construção civil e comércio e serviços públicos e privados em retração traçam um cenário muito crítico no mercado de trabalho do Nordeste nos últimos três anos, situação que também vem se revelando de reversão bem mais lenta do que na média do país. 






*Assessor econômico do Governo do Estado de Sergipe


Coluna Ricardo Lacerda
Com.: 0
Por Kleber Santos
28/01
19:49

Com acordo coletivo, contrato da SES com a FHS terminará no dia 31 de março de 2019

Na manhã desta sexta-feira, 26, em audiência realizada na Justiça Federal, entre o Ministério Público Federal (MPF), representantes do Estado, sindicatos e servidores da Fundação Hospitalar de Saúde (FHS) foi definido, após acordo coletivo, que o contrato da SES com a Fundação terminará no dia 31 de março de 2019 e até lá todos os serviços passarão a ser de responsabilidade da Secretaria de Saúde.

Segundo Almeida, com a homologação do acordo, chega ao fim um problema que se arrasta há anos. O secretário ressalta ainda que os servidores da Fundação Hospitalar não serão prejudicados, pois, até 2019, o Governo do Estado tomará as devidas providências para garantir os direitos dos profissionais concursados da entidade.

“Fizemos a homologação do acordo e a SES coloca fim a um problema gravíssimo que se arrastava há muito tempo. O contrato da SES com a Fundação Hospitalar foi renovado, mas se encerrará no ano que vem, no dia 31 de março, e a Secretaria assumirá a administração de todas as unidades de saúde do Estado para prestarmos uma assistência ainda melhor à população. Esclarecendo que a Fundação não será extinta, mas sim o contrato de serviços da entidade com a SES. Quanto aos servidores da Fundação Hospitalar, o Governo do Estado dará um encaminhamento à questão, respeitando o direito dos profissionais concursados da entidade. Já os contratados, entraram sabendo que são temporários e que há um prazo determinado para a prestação de serviço. Mas não tenho dúvida de que os servidores efetivos não serão prejudicados”, afirma.

Ainda de acordo com o secretário, a semana foi de grandes vitórias para a SES e, consequentemente, para a saúde pública de Sergipe. “Esta semana resolvemos o problema da falta de pagamento dos salários dos servidores do Hospital Cirurgia, que estavam sem receber por problemas com o antigo contratante da unidade, o Município de Aracaju, e, agora, equacionamos o impasse da Fundação Hospitalar. Tivemos uma semana de grandes vitórias que, com certeza, beneficiarão a saúde pública”, declara Almeida Lima.


Variedades
Com.: 0
Por Kleber Santos
Primeira « Anterior « 1 2 3 4 5 6 7 » Próxima » Última

Enquete


Categorias

Arquivos