28/03
06:53

Boato anuncia acidente de carro envolvendo deputado Mendonça Prado

Um boato propagado nas redes sociais, ontem, anunciou o registro de um acidente automobilístico e nele teria morrido o deputado federal Mendonça Prado (DEM). O parlamentar disse que “isso é pura maldade, coisa de gente desocupada e que deu trabalho desmentir. Muita gente telefonou para mim e minha família para saber notícias. Mas, graças a Deus, nada de ruim aconteceu comigo que continuo vivo, ao lado de minha família  e meus amigos e pronto para disputar as eleições deste ano”.



Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
28/03
06:35

Rogério pede CPI para investigar “ Máfia” de vendas de Próteses e Órteses no Brasil

O deputado federal Rogério Carvalho( PT/SE) requereu a instalação de Comissão Parlamentar Comissão Parlamentar de Inquérito para investigar a Cartelização na Fixação de Preços e Distribuição de Órteses e Próteses. O pedido abrange também investigação da Criação de Artificial de Direcionamento da Demanda e Captura dos Serviços Médicos por Interesses Privados. O título da CPI seria: “ MÁFIA DAS ÓRTESES E PRÓTESES NO BRASIL, suas causas, consequências e responsáveis no período 1994 – 2013”.

“Dados recentes indicam que as órteses e próteses são responsáveis por gastos elevados que afetam o Sistema único de Saúde (SUS). Há disparidade em relação aos preços praticados na venda de órteses e próteses de mesmo material e até mesma marca em diversas regiões do país, em alguns casos alcançando a discrepante proporção de um aumento de até 900%. A mesma discrepância de preço muitas vezes é observada na mesma região entre as aquisições promovidas pelo setor público e o setor privado”, informou Rogério, que acrescentou: “ Aliás, existem setores do SUS (público e privado) que foram capturadas por interesses privados, uma vez que há um crescimento acima da média do mercado de equipamentos e materiais (comparado com outros países emergentes)”.

“Tal fato determinado exige que se investigue: Quem são esses que criam falsas necessidades (produtores? Importadores? Distribuidores?), como o fazem? (meios ilegais de cooptação do serviço público de saúde para comercialização? Meios que ferem a  robidade/moralidade administrativa?) quem são os que participam (médicos, clínicas, hospitais, atores jurídicos?), É preciso esclarecer”, e acrescenta: também produzir propostas para o combate, a prevenção e fiscalização dessa forma de ilícito e de violação do direito à saúde, apresentando assim, uma resposta à sociedade brasileira. O requerimento é assinado também pelo deputado Deputado Ricardo Izar do PSD/SP.



Coluna Afonso Nascimento
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
28/03
06:27

OAB-SE discute limite entre Aracaju e São Cristóvão

A Ordem dos Advogados do Brasil, secção Sergipe (OAB/Se), discute na próxima segunda-feira, 31, às 18h30min sobre o limite entre Aracaju e São Cristóvão. A Zona de Expansão Urbana de Aracaju é motivo de disputa judicial pelas duas prefeituras. A disputa começou em 1999 quando uma construtora questionou a cobrança do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) por parte da Prefeitura de Aracaju. A construtora alegava que as definições do limite entre os dois municípios prevista na Constituição Estadual de 1989 feria a Constituição Federal promulgada em 1988.

A partir daí uma sucessão de ações ajuizadas e decisões vêm deixando os moradores apreensivos visto que a população local, principalmente os nativos, não quer sequer pensar em  pertencer a São Cristóvão. Além da população da área em questão, a Prefeitura de Aracaju não quer nem ouvir falar em ceder uma fatia tão expressiva do seu território.

Como as últimas decisões têm sido tomadas a favor do município de São Cristóvão os moradores estão buscando apoio de todos os que entendem que podem ajudar a se manterem em Aracaju. A ação tramita no Tribunal Regional Federal da 5ª, Região, em Recife e, além das duas prefeituras, consta como parte também o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

 No dia 12 de novembro do ano passado integrantes na Frente Ampla em Defesa da Zona de Expansão para Aracaju (FAZE) e do Fórum em Defesa da Grande Aracaju, acompanhados pela Deputada Estadual Ana Lúcia (PT) e de representantes do Conal, estiveram reunidos com a Diretoria da OAB/SE, para solicitar que a Ordem, com a capacidade e tradição que possui ajudasse a solucionar o problema.

Carlos Augusto Monteiro Nascimento, recebeu farta documentação e mapas e se comprometeu a submeter à análise dos pares e dar um retorno aos moradores. A reunião que será realizada na noite da próxima segunda, 31, é uma das etapas de avaliação do caso. Representantes dos moradores se farão presentes e apresentarão mais informações a fim de colaborar na análise da matéria.



Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
28/03
06:17

Jackson Barreto e MDA entregam máquinas agrícolas a 19 municípios

 A luta diária do sertanejo contra a seca ganha reforço a partir de hoje. É que o governador Jackson Barreto e o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) entregaram nesta manhã de quinta-feira, 19, motoniveladoras a 19 municípios sergipanos, num investimento correspondente a R$ 8.717.740,00. Além da máquina, os prefeitos terão 2.500 mil/horas em revisão. A solenidade de entrega das chaves das máquinas aconteceu no Parque João Cleophas, em Aracaju.

Os municípios sergipanos que foram beneficiados com as máquinas são: Pacatuba, Santa Luzia do Itanhy, Japoatã, Indiaroba, Siriri, Muribeca, Malhada dos Bois, Japaratuba, Divina Pastora, Brejo Grande, Santa Rosa de Lima, Pirambu, General Maynard, Santana do São Francisco, São Francisco, Rosário do Catete, Santo Amaro das Brotas, Carmópolis e Riachuelo.

As 19 máquinas completam a entrega de equipamentos agrícolas destinadas ao estado de Sergipe, no âmbito da segunda fase do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2 – Equipamentos), que têm por finalidade reforçar a reestruturação produtiva dos agricultores familiares dos municípios. A iniciativa integra-se, também, ao conjunto de ações planejadas pelo Governo Federal para combater os efeitos da seca.

O Ministério do Desenvolvimento Agrário e o Governo do Estado entregaram nessa segunda fase do PAC 2 – Equipamentos, 284 máquinas agrícolas, sendo 70 retroescavadeiras, 70 motoniveladoras, 70 caçambas, 37 caminhões pipa e 37 pás carregadeiras. O investimento totaliza R$ 78.425.027,00. Em Sergipe 37 municípios receberam cinco equipamentos, um investimento na ordem de R$ 1,500 milhão e 33 receberam três máquinas, sendo R$ 1 milhão em benefícios.

O governador Jackson Barreto lembrou que as máquinas destinam-se a uma área com 84.733 agricultores familiares e uma população rural total de 501.541 pessoas em 70 municípios. “Estamos concluindo um ciclo com a entrega desses equipamentos. Um programa que foi feito pelo Governo Federal junto a uma discussão com os governos estaduais e que tem o objetivo de cuidar dos agricultores familiares, dos pequenos agricultores, reconstruir estradas vicinais, ajudar no plantio, facilitar a vida daqueles que são responsáveis por mais de 80% da produção agricultura do Estado, que é a agricultura familiar”, detalhou.

Ele ainda comentou sobre a problemática da seca. “Deixamos os municípios equipados para conviver e combater à seca, que é um fenômeno natural. Não temos como acabar com a seca, mas é possível buscar formas para conviver com ela, e uma das formas é dar autonomia aos municípios, por meio desses equipamentos”.

Jackson ainda garantiu que não houve política partidária na distribuição das máquinas. “Na entrega desses equipamentos, fizemos uma política que não tem partido, o partido é o povo sergipano. Por isso, estamos com a consciência tranquila, pois hoje, 70 municípios sergipanos têm uma estrutura que não precisa depender do Departamento Estadual da Infraestrutura Rodoviária”, ressaltou o governador.

O secretário da Agricultura, Francisco de Assis Dantas, destacou que a agricultura familiar gera milhares de empregos. “Além de dar qualidade de vida às famílias, geram riquezas e tributos. É por isso que o Governo do Estado tem sempre trabalhado e realizado um trabalho em favor da agricultura familiar e é por isso também que vamos buscar novas ações para continuar atendendo o homem do campo”.

O delegado do Ministério do Desenvolvimento Agrário em Sergipe, Adailton Santos, fez questão de exaltar o estado sergipano.  “Somos o primeiro Estado do país a entregar 100% das máquinas. Estamos na sétima etapa de entrega e com esse ato encerramos o ciclo de entrega”.

Ele informou que todos os beneficiados possuem até 50 mil habitantes ou contavam com decreto de emergência pela seca. “Nosso público prioritário é a população da agricultura família, os assentados da reforma agrária, os ribeirinhos e os extrativistas”, explicou Adailton.

O prefeito de Rosário do Catete, José Laércio Passos Júnior disse que a entrega fortalece a sustentabilidade do município. “Vamos abrir mais tanques, estradas e, assim, fortalecer a agricultura familiar e o homem do campo. Além de consolidar o fortalecimento da sustentabilidade municipal”. Com 10 mil habitantes, Rosário do Catete recebeu retroescavadeira, caçamba e a motoniveladora.

O prefeito de Japoatã, Gimarcos Evangelista discursou em nome dos prefeitos. “A ação é extraordinária, pois soluciona os problemas de mobilidade dos municípios. Esse gesto de hoje engrandece qualquer administração”, pontuou.

Presenças

Participaram da solenidade os secretários de Estado, da Comunicação, Carlos Cauê, e da Inclusão, Assistência e do Desenvolvimento Social, Eliane Aquino; o secretário-adjunto da Cultura, Wellington Mangueira; o diretor presidente da Pronese, Manoel Hora; o diretor-presidente da Cohidro, Mardoqueu Bordano; o Ouvidor Geral do Estado, Eduardo Costa; o chefe do Gabinete Militar, coronel Carlos Augusto; a diretora da Emdagro, Salete Dezen. O deputado estadual, João Daniel e o vereador, Emmanuel Nascimento. Os prefeitos de Brejo Grande, Fernanda Machado; de General Maynard, Miraldo Silva; de Japaratuba, Hélio Sobral; de Siriri, Gervásio Celestino; de Riachuelo, Cândida Leite; de Indiaroba, José Leal; de Amparo do São Francisco, Atevaldo Cardoso; de São Francisco, Manuel Vieira; de Muribeca, Fernando Franco; representando o prefeito de Santa Luzia do Itanhy, Tereza Cristina Macêdo; de Itaporanga D’Ajuda, Chileno; de Santana do São Francisco, Maria das Graças Monteiro; de Pacatuba, Alexandre da Silva; o ex-prefeito de Riachuelo, Antônio Machado; o prefeito em exercício de Pirambu, Guilherme Melo e o vice-prefeito de Divina Pastora, Carlos Augusto.(Da assessoria)



Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
28/03
06:11

Reitor da UFS visita governador e mostra pactuação para o Campus do Sertão

  Jackson Barreto recebeu o reitor da UFS, professor Angelo Antoniolli, e o ex-reitor Eduardo Conde Garcia | Fotos: Mrcelle Cristinne/ASNO reconhecimento por uma ação determinante do governador  em defesa dainstalação do Campus da Universidade Federal de Sergipe (UFS) no Sertão sergipano. Esta foi a tônica de uma visita de cortesia realizada pelo reitor da UFS, professor Angelo Antoniolli, ao governador Jackson Barreto, na tarde desta quinta-feira, 27.  O encontro, que também contou com a presença do ex-reitor Eduardo Conde Garcia, ocorreu no Palácio de Veraneio.


O trabalho do reitor também foi destacado pelo governador como “extremamente edificante” na consolidação do sonho dos sertanejos. “O professor Antoniolli tem sido muito correto na construção dessa meta de instalação do Campus do Sertão. Ele sempre teve em Jackson Barreto um aliado nesse objetivo. Nós cobramos do Governo Federal, lutamos junto ao Ministério da Educação, ele foi para nós a figura maior, já que nos orientou e mostrou o caminho de como viabilizar o novo campus, além de manter as discussões técnicas que justificaram ao então ministro Aloízio Mercadante, a necessidade e importância desse polo de educação para os sergipanos”, destacou.

Com a posse do novo ministro, Henrique Paim, ainda de acordo com o governador, após a sua visita, o reitor continuou se mostrando um aliado importante e extremamente eficaz. “Ele sempre manteve o entusiasmo com o Campus do Sertão. Mesmo com as dificuldades financeiras apresentadas pelo MEC, ele conseguiu viabilizar tecnicamente essa conquista com o novo ministro e já estamos anunciando o vestibular do novo Campus para 2015”, completou Jackson Barreto.

Em breve, anuncia o governador, será realizada uma visita à cidade de Nossa Senhora da Glória (escolhida como sede do novo Campus), para avaliação da área que sediará a nova unidade, bem como das instalações onde deverá funcionar provisoriamente. 

“Lá, ao lado de outro entusiasta, que é o prefeito Chico do Correio, outro militante da educação e defensor do povo do Sertão, nós vamos visitar uma escola que foi disponibilizada para esta finalidade. Agora, vamos trabalhar, numa ação entre o Governo do Estado e a Prefeitura de Nossa Senhora da Glória, buscando viabilizar o terreno onde será construída a nova unidade. Lá, ao lado do reitor, deveremos, ainda em abril, lançar a pedra fundamental do novo Campus. Esta não é uma vitória de Jackson Barreto, do reitor ou do prefeito, é, sim, uma vitória de todos os sergipanos, já que as oportunidades para os filhos dos trabalhadores se abrirão. Este sempre foi um sonho e que agora está sendo realizado”, sentenciou o governador.

Reconhecimento

Para o reitor Ângelo Antoniolli, esta visita de cortesia serviu para compartilhar a alegria da concretização desse novo Campus, onde Jackson Barreto foi, segundo ele, uma figura importante.

“Jackson teve uma postura determinante desde o início do processo. Podemos dizer que ele é o grande padrinho que o Campus do Sertão tem. Nós discutimos diversos temas relacionados à integração entre a UFS e o Sertão no que diz respeito ao fortalecimento das ações do Estado, das ações da própria universidade junto à comunidade sertaneja. Certamente quem ganhará com isso é o povo do Sertão. É por isso, que estamos aqui presentes, já que não havíamos nos encontrado desde a divulgação dessa notícia. Depois de tanto esforço, essa vitória não poderia passar em branco. A universidade se encontra pronta a avançar cada vez mais em Sergipe com esse governador”, declarou o reitor. (Da assessoria)


Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
28/03
06:01

Venâncio diz que Assembleia aguarda a chegada do Plano de Cargos e Salários para servidores

O líder da bancada de oposição na Assembleia Legislativa, deputado estadual Venâncio Fonseca (PP), manifestou a sua preocupação quanto à demora do envio do projeto de lei que cria o Plano de Cargos e Salários (PCS) do servidores públicos estaduais pelo governo do Estado. Para o parlamentar, que fez discurso sobre o tema, a grande questão é que, como há um limite no prazo para a votação e implementação desse plano, por ser ano eleitoral, o projeto pode chegar à Assembleia de última hora. “Um plano que está sendo elaborado que é como perna de cobra: ninguém vê, ninguém tem acesso”, afirmou.

Pelo que se tem sido noticiado na imprensa, explicou Venâncio, a única pessoa que tem acesso ao PCS é o presidente do Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público de Sergipe (Sintrase), Valdir Rodrigues. O deputado disse ainda que grande parte dos servidores tem reclamado por não estar participando da discussão desse plano. “Veja nossa preocupação: o governo já não corrigiu o índice inflacionário do ano passado, está pagando o valor do salário mínimo de 2012 e depois envia um Plano de Cargos e Salários para esta casa em cima da hora, que não dá para a Assembleia discutir e convocar os trabalhadores para a Comissão para conversar com cada categoria, devido ao tempo”, analisou.

segundo o parlamentar, o ônus de qualquer prejuízo ao servidor com relação a esse PCS vai acabar ficando com a Assembleia, pois não vai haver tempo hábil para abrir uma discussão com os servidores. O deputado disse que o governo demora para enviar o projeto e depois que mandar em cima da hora vai dizer que o problema é da Assembleia em resolver a aprovação. “Pode vir um plano perverso para o funcionalismo público porque não está sendo discutido com ele. Está sendo discutido só com Valdir, conforme diz a imprensa. A responsabilidade desse plano vai ficar sobre a pessoa de Valdir. Se for bom, ótimo. Se for ruim, ele vai pagar a conta, porque é ele que está negociando em nome dos servidores, que não têm acesso”, observou.

O  líder da oposição explicouque ninguém, nem servidores ou deputados, tem um esboço do Plano de Cargos para saber o conteúdo, para discutir itens, propostas para a classe do servidor público. “Esse plano está sendo elaborado pelo governo do Estado ao seu bel prazer”, disse, acrescentando que sua preocupação é ele chegar à Casa de última hora, sem os deputado puderem fazer muita coisa.  (Da assessoria)



Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
27/03
22:09

Fernando Mota assumirá o comando do Banese

O governador Jackson Barreto determinou mudanças na direção do Banco do Estado de Sergipe (Banese). Vera Lúcia de Oliveira será substituída por Fernando Motta na presidência da instituição. Além disso, Carlos Alberto Tavares será substituído por Maria Avilete Ramalho na diretoria de Crédito Comercial e o lugar dela na diretoria Administrativa será ocupado por José Marcelino Andrade, ex-superintendente do Instituto de Seguridade do Banese (Sergus).

 

 

 

Os demais diretores do Banco, Hércules Silva Daltro, diretor de Finanças e Relações com Investidores, e Edson Caetano, diretor de Crédito de Desenvolvimento, permanecem nos seus cargos. Enquanto Fernando Mota não tomar posse, Avilete Ramalho assume interinamente a presidência da instituição.

 

 

Funcionário aposentado do Banese, Fernando Mota foi secretário da Fazenda e presidente do Banco do Estado no governo Albano Franco, além de secretário municipal de Finanças quando Jackson Barreto foi prefeito de Aracaju.

 

 

Vera Lúcia de Oliveira, que estava na presidência do Banese há cerca de dois anos, afirma que a sua gestão no banco foi marcada por diversas conquistas. Veja, a seguir, algumas das avaliações que ela faz acerca da sua administração:

 

 

Planejamento estratégico - “Em busca de melhorias contínuas, exigidas pela atividade extremamente competitiva, a empresa revisou seu Planejamento Estratégico e incrementou esforços para alcançar suas metas: contratou novos funcionários, investiu na segurança de suas unidades, promoveu maior qualidade na aplicação de seus ativos, incentivou projetos sociais, educativos, esportivos e culturais, e iniciou, na prática, o aproveitamento das oportunidades que as tecnologias digitais e as redes sociais oferecem ao seu mercado de atuação”.

 

 

Gestão técnica e eficiente – “A alta gestão do Banese é direcionada pela política de desenvolvimento do Estado, que, como controlador do Banco, prima por uma gestão técnica e eficiente. Este é o perfil das últimas administrações do Banese”.

 

 

Modernização e qualidade de atendimento – “O Banco busca sempre melhorar em modernização e qualidade de atendimento, atributos extremamente relevantes no segmento bancário. Recentemente, divulgamos diversas melhorias para os clientes, como lançamento do aplicativo para smartphones, tablets, novo Internet Banking e Portal do Servidor, além de termos inaugurado uma nova agência em Aracaju, a agência Governador Marcelo Déda, no bairro Santa Maria. Também construímos novas sedes para a Casse (Caixa de Assistência dos Empregados do Banco) e o Banese Card, além de reformarmos o prédio do Instituto de Seguridade do Banco – o Sergus. O desenvolvimento de novos produtos e serviços para satisfazer nossos clientes são prioridades definidas em nosso planejamento estratégico, tornando-se processo de melhoria constante no Banco, que tem a finalidade de servir a todos os sergipanos, com qualidade, transparência e respeito à pessoa humana.



Economia
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
27/03
21:57

Belivaldo Chagas, Elber Batalha e Maurício Pimentel deixarão seus cargos segunda feira

O presidente do diretório regional do PSB, deputado federal Valadares Filho, comunicou no início da noite desta quinta-feira que os três secretários de Estado ligados à agremiação política, Belivaldo Chagas (Educação), Maurício Pimentel (Esportes), Elber Batalha Filho (Turismo) vão lhe procurar para agradecer suas nomeações, o apoio recebido n o exercício do cargo e entregarão os seus cargos, que já foram colocados à disposição do chefe do Executivo. O PSB quer indicar o vice da chapa encabeçada pelo governador Jackson Barreto, que está conversando com todos os aliados e buscando uma aliança com o DEM, que indicaria o deputado federal Mendonça Prado para ser o vice. O senador Valadares, que comanda o partido junto com o filho, avalia que o seu partido estaria sendo desprestigiado e por isso conversa msobre alianças com outros partidos fora da base aliada do governador. Há sinais de aproximação com o PSDB, PPS, PRP, PV e PC do B pazra a formaçao de uma espécie de terceira via.



Política
Com.: 2
Por Eugênio Nascimento
Primeira « Anterior « 1 2 3 4 5 6 7 8 » Próxima » Última

Enquete


Categorias

Arquivos