26/03
07:39

Filha do prefeito de Aracaju, Ana Alves, diz ter legitimidade para emitir opiniões políticas

Ana  Alves Mendonça, filha do prefeito de Aracaju, João Alves Filho (DEM) e da senadora Maria do Carmo e mulher do deputado federal Mendonça Prado, manifestou-se em defesa da tese de que seu pai deve permanecer na administração municipal e diz ainda, em mensagem postada no facebook, que tem o direito de emitir conceitos, ainda que desagrade aos “morcegos”, “Lobos em pele de cordeiro” e “invejosos”

Veja a seguir o comentário dela na íntegra:

"Legitimidade?! Ter ou não ter?!

Eu fico impressionada como uma opinião , um pedido de cidadã e filha, uma declaração de amor , faz com que MORCEGOS, LOBOS EM PELE DE CORDEIRO E INVEJOSOS se dêem ao trabalho de por pai falando de filha.

Eu realmente não posso falar por Dr. João Alves Filho ou quem quer que seja, eu falo por mim mesma, pois existo, penso, tenho opinião própria, gosto da verdade, sou do bem e não tenho tempo de ficar mentindo, armando para as pessoas caírem .

Lógico que eu tenho LEGITIMIDADE de falar ee expressar o que quero aonde quiser, quando quiser, desde que não ofenda a honra e família de ninguém, nem mesmo do adversário. 
O mais impressionante disso tudo é que existem pessoas fortemente ligadas ao prefeito João Alves Filho, querendo ver o circo pegar fogo e desunir a família, eu respondo: Coitados, são dignos de pena.

Ao ler a nota me preocupei com Dr. João Alves, pois se o conheço está arrependido do que disse e pensando o que fazer para reverter a situação. Eu respondo: Nada. Disse tá dito e pronto.
Tenho tanta legitimidade que quando precisam sabem me procurar e pedir ajuda, isto inclui os MORCEGOS, LOBOS EM PELE DE CORDEIRO E INVEJOSOS, cuidado raiva mata.
Para essa pessoas ofereço a minha misericórdia e perdão, enviando beijinhos no ombro para todos vocês. 

Ao Dr. João Alves Filho, reafirmo meu AMOR ETERNO E AGORA MAIS FORTE AINDA, DIZENDO QUE ENTENDO PERFEITAMENTE SUAS DECLARAÇÕES , aconselhando se isole pois vão inventar e tentar acabar com sua Paz, Família, União e Amor, todos com um único objetivo: ocupar seu lugar a qualquer custo, pois não possuem capacidade para brilhar e nem competência. 
Seja qual for a sua decisão respeitarei, como cidadã e eleitora reafirmo meu pedido: NÃO SAIA DA PREFEIURA E FALO COM A LEGITIMIDADE DE UMA CIDADÃ.


Deus lhe abençoe sempre! 

Saúde e Paz!"



Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
26/03
07:18

Hospital de Propriá atendeu quase 200 mil pessoas em 2013, diz Gualberto

Durante debate sobre a saúde pública no Estado, o deputado Francisco Gualberto (PT), líder da bancada de governo na Assembleia Legislativa, enfatizou que reconhece as deficiências do setor, mas apontou avanços. Na sessão desta terça-feira (25), Gualberto levou para a tribuna números que mostram a eficiência do Hospital Regional de Propriá, conhecido como São Vicente de Paula, durante o ano de 2013.

No total, foram registrados 187.771 atendimentos. É o balanço mais expressivo da história daquela unidade de saúde num município com cerca de 30 mil habitantes. Foram efetuados procedimentos clínicos com 1.125 partos normais e 547 cesarianas; 42.430 exames, sendo mais de 200 cirurgias eletivas (programadas); foram 2.358 internamentos, além de duas etapas de mutirões de cirurgia de catarata (junho e agosto), e outra já em 2014, beneficiando mais de 80 pessoas.

“É bom lembrar que o hospital não atende somente os pacientes de Propriá, mas também de todo o Baixo São Francisco, sertão sergipano e pessoas de estados vizinhos como Alagoas, Bahia e Pernambuco”, disse Francisco Gualberto. “Como todos sabemos, o Brasil é um dos poucos países no mundo que tem a saúde pública universalizada através do SUS”, informou.

O deputado fez duras criticas aos governos anteriores a 2007 que deixaram inúmeros hospitais regionais fechados. Entre eles, o de Propriá, Ribeirópolis, Glória, Lagarto, Maruim e Nossa Senhora do Socorro. “Nosso governo percebeu que era preciso fazer algo nas regiões para desafogar o atendimento no Hospital de Urgência, que é de alta complexidade”, disse. “E se hoje ainda existe superlotação no Huse, imagine o que seria daquele hospital se não fosse esse modelo de regionalização implantado por Marcelo Déda?”.

Para Francisco Gualberto, mesmo com os problemas registrados, tudo o que vem sendo feito pelo governo representa um avanço significativo na saúde pública. “Não estou dizendo que a saúde é uma maravilha, mas se o governo não tivesse realizado esse trabalho nos hospitais regionais, seria bem pior”, enfatizou, cobrando mais uma vez da Assembleia Legislativa a tramitação do Proredes, projeto que garante recursos na ordem de R$ 240 milhões para investimento na saúde pública.

“O Proredes é importante para o Estado de Sergipe, não para o governo de Jackson Barreto. É dinheiro para criar programas específicos para controle de doenças crônicas, por exemplo. É mais um avanço que o governo busca”, garante o deputado. O pronunciamento de Gualberto foi acompanhado pelo diretor do hospital, Paulo Campos, além de assessores e integrantes do corpo administrativo do hospital de Propriá que estavam nas galerias da Assembleia. (Da assessoria)



Coluna Afonso Nascimento
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
26/03
06:34

Venâncio diz que Gualberto parece ‘morar em outro país’ ao falar da Saúde

O líder do governo, deputado Francisco Gualberto (PT), reside em outro estado ou provavelmente em outro país. A declaração é do líder da oposição, deputado estadual Venâncio Fonseca, pronunciada logo após ouvir o colega petista falar sobre a situação da área de Saúde em Sergipe. “Gualberto não mora em Sergipe. Reside em outro estado da federação. Nem sei se é o Brasil. O deputado Gilson lembrou que em Boquim havia duas maternidades. Fecharam as duas, e agora Estância perde uma maternidade”, lamentou.

 

 

O deputado disse que Sergipe está perdendo leitos de maternidade e que o cenário preocupa. “Para onde vão essas mulheres ter seus filhos? A saúde do estado está um caos. Em Itabaiana começaram uma reforma no primeiro ano do governo de Déda e até hoje nunca terminou. Em Glória o hospital regional também teve uma reforma iniciada no mesmo período e não terminou”, observou o líder da oposição, que lembrou ainda que o Hospital de Estância foi inaugurado com a presença do ministro, em 2001, e até hoje não há uma UTI funcionando. “Agora que começaram a fazer cirurgias, timidamente”, citou.

 

“E vem Gualberto afirmar que a Saúde está um máximo. Transformaram o Hospital João Alves num matadouro, os médicos deram depoimento e afirmaram que precisam escolher quem vai morrer. Isso não existe. É o caos. As fundações devem a duas pessoas, a Deus e ao mundo, as fundações são péssimas pagadoras. Mas era a tábua de salvação”, declarou Venâncio, frisando aos colegas que a Saúde de Sergipe é a cara do governo. “Um 'desgoverno'. Os médicos pedem demissão porque não aguentam ver seus pacientes morrer. A saúde está no fundo do poço e não é falta de dinheiro”.

 

De acordo com o líder da oposição, foi aprovado um orçamento de 1 bilhão de reais para ser gasto na Saúde. O SUS repassou quase 400 milhões de reais no ano passado e este ano deve repassar mais de meio milhão para serem gastos exclusivamente na Saúde. Venâncio disse que o valor representa o orçamento que o prefeito João Alves tem para administrar a capital sergipana. “Dinheiro tem muito, mas sai pelo ralo. Não temos culpa pelas fundações porque votamos contra, mostramos que é o sumidouro de dinheiro público”. A deputada Maria Mendonça disse que gostaria de perguntar ao colega Gualberto se no discurso sobre número de leitos de UTI, inaugurados pelo governo, consta o Hospital de Itabaiana. “Espero que não conste da lista, pois está desde 2007 em reforma. Estamos em 2014, são sete anos em reforma. Nosso sonho é ver o hospital funcionando plenamente. Gostaria de ver essa equipe que atua no hospital de Propriá, como diz Francisco Gualberto, fosse salvar o Garcia Moreno, onde faltam agulhas, esparadrapo, coisas simples para fazer um curativo. É lamentável”.  (Da assessoria)



Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
26/03
05:59

Coluna Primeira Mão - Política e Economia


Ulices Andrade: “Eu nada devo e não temo Flávio Conceição”

“Eu não devo nada à ele e não tenho medo do que ela possa vir a dizer sobre mim. Acho até bom que ele faça isso cara a cara”. O comentário é do conselheiro do Tribunal de Contas de Sergipe, Ulices Andrade, numa referência aos comentários de que o conselheiro aposentado Flávio Conceição estaria disposto a se defender das acusações de envolvimento em crimes da Operação Navalha, em Sergipe. Andrade vai presidir a sessão, pois o titular do cargo de presidente, Carlos Pinna, se considerou impedido por conta da relação de amizade com Flávio. Ulices Andrade disse ainda que “no que depender de mim, o TCE entraria com recursos para evitar o adiamento da sessão, que está prevista para esta quinta-feira”. A reunião do TCE era para colocar em votação a aposentadoria de Flávio Conceição, que foi questionada junto ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), que determinou uma nova sessão de votação.


TCE deverá apresentar recurso ao Pleno do TJSE



O conselheiro Clóvis Barbosa de Melo, que chegou ao TCE com a aposentadoria de Flávio Conceição, informou ao blog que a corte de contas vai oferecer ao Tribunal de Justiça as informações sobre o encaminhamento do processo de votação e apresentar recursos ao pleno do Tribunal de Justiça de Sergipe. A assessoria do TCE informou que o presidente titular da casa, Carlos Pinna, estava ontem aguardando informações sobre a decisão do desembargador Ricardo Múcio, que determinou a suspensão da sessão de quinta-feira para garantir amplo direito de defesa à Flávio.


Governo discute definição de reajuste salarial


Até no mais tardar o final da primeira semana de abril, o governador Jackson Barreto deverá anunciar se haverá reajuste salarial parta os servidores, se esse reajuste será linear ou se os servidores que têm os menores salários serão contemplados com percentuais mais elevados, isso já dentro da política a ser estabelecida em um possível Plano de Cargos e Salários (PCS).
Segundo o secretário da Fazenda, Jeferson Passos, a situação financeira do Estado não é boa, isso por conta da queda do FPE, mas, ainda assim, ? temos um quadro fiscal equilibrado. Pelo quadro hoje existente, dois terços dos Estados estão em situação pior que Sergipe. Estamos fazendo um acompanhamento permanente dos dados para definir a capacidade de concessão de reajuste?, explicou. O governo está estudando vários cenários possíveis dentro dos limites legais, bem como aguardando o comportamento das finanças do Tesouro Estadual no quadrimestre para que em posse de informações mais seguras possa tomar as decisões relativas ao comportamento perante aquilo que diz respeito aos vencimentos dos funcionários públicos estaduais.

 

 


Sintasa faz mobilização por melhores salários


A diretoria do Sindicato dos Trabalhadores da Saúde de Sergipe (Sintasa) irá se reunir com os secretários da Secretaria de Saúde e do Planejamento do Município, hoje, às 9 horas, no Centro Administrativo da prefeitura. A ideia é tentar costurar um acordo sobre o reajuste salarial e melhores condições de trabalho da categoria. Antes, haverá uma mobilização dos servidores na frente do local, às 7 horas.


Fábio Reis indica Marcos Franco para composição majoritária

 
 


O deputado federal Fábio Reis (PMDB) está indicando o ex-deputado estadual Marcos Franco para compor a chapa majoritária, que será encabeçada pelo governador Jackson Barreto, na condição de primeiro suplente de senador. Reis, conversando com o vice-presidente da República, Michel Temer, na semana passada, disse que o PT deverá compor a chapa com o deputado federal Rogério Carvalho sendo candidato a senador. Temer, então, sugeriu que a primeira suplência ficasse com um peemedebista. Desde então, deputado Fábio Reis vem sugerindo o nome do ex-deputado Marcos Franco, que tem evitado tocar no assunto.


Prefeitos de SE não têm bom relacionamento com Dilma


Muitos prefeitos sergipanos, eu até que a ampla maioria, não têm um bom relacionamento com a presidente Dilma Rousseff e não desejam trabalhar pela reeleição dela, embora sintam que a população mais pobre de seus municípios desejam mantê-la no comando da República brasileira. A raiva, que eles alimentam em relação à ela, deve-se ao fato dos baixos repasses de verbas federais e o consequente “aperreio” financeiro das contas municipais.


Governo de SE desenvolve ações de economia solidária


O Governo do Estado, através da realização do Encontro Estadual de Economia Solidária, oferece a perspectiva de construção de um novo modelo de trabalho e ganhos. Para tanto, o governador Jackson Barreto e o secretário de Estado do Trabalho, Fábio Mitidieri, lançaram o Programa Sergipano de Economia Solidária, promovendo o conceito diferenciado, que tem a evolução social como pano de fundo, onde a cooperação e não a competição seja a ferramenta principal do trabalho. A ação é fruto de uma parceria com o Fórum Estadual de Economia Solidária e apoio da Secretaria Nacional da Economia Solidária – Senaes, do Ministério Trabalho e Emprego – MTE. A Secretaria tem à frente o economista Paul Singer, responsável pela introdução da Economia Solidária no Brasil.


Emília Corrêa diz que João Alves busca equacionar os problemas da saúde


A vereadora Emília Correa (DEM) utilizou a Tribuna nesta terça-feira, 25, na Câmara Municipal de Aracaju, para destacar a importância que o prefeito João Alves vem dando aos trabalhadores da saúde ao buscar equacionar os problemas com a abertura de diálogo. Para a parlamentar, o prefeito vem abrindo espaço para que os profissionais possam expor suas reivindicações. “João Alves vem dialogando com médicos, enfermeiros e logicamente com técnicos e auxiliares, o que significa esperança”, destacou. Emília Correa comentou que o trabalho tem sido árduo e que o prefeito vem se esforçando para solucionar todas as questões. “O problema da saúde pública é muito complexo, mas o importante é caminhar e oferecer ao povo aracajuano uma assistência de qualidade. É preciso chegar a um consenso e o mais importante é que o diálogo está sendo aberto", pontuou.


André Moura recebe lideres do "Blocão" em Brasilia


O lider do PSC, deputado federal André Moura, recebeu, nesta terça-feira, 25, em sua residencia, os lideres do "Blocão" para um almoço reunião sendo discutidas as prioridades do grupo nas votações da Câmara. Participaram do evento Paulinho da Força (Presidente Nacional do SDD), Antônio Brito (Vice-Lider do PTB/BA), e os líderes Bernardo Santana (PR/MG), Eduardo Cunha (PMDB/SP), Fernando Franscischine (SDD/PR). Em pauta o Marco Civil da Internet, a CPI da Petrobrás e a convocação dos ministros e da presidente da Estatal, Graça Foster, para falar sobre contratos firmados entre a empresa e a holandesa SBM Offshore. Moura, que apoia uma CPI mista, disse que a estratégia é de aguardar a coleta de assinaturas dos senadores, uma vez que estes apresentam dificuldades de conseguir apoio contra o Governo. "Quando tivermos as assinaturas dos senadores, nós, deputados, assinaremos, já que somos maioria, para não corrermos o risco de acontecer a mesma coisa da sessão que analisaria os vetos, que não aconteceu por falta de quórum de parlamentares".



Coluna Eugênio Nascimento
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
25/03
16:52

Prefeitura realiza balanço e projeta ações para os próximos anos

Com o objetivo de avaliar os trabalhos realizados pela Prefeitura de Aracaju durante o ano de 2013 e as projeções para os próximos anos, foi realizada no Hotel Radisson, na segunda-feira, dia 24, uma reunião com a Fundação Dom Cabral. O prefeito João Alves Filho prestigiou o evento, juntamente com todos os secretários municipais, que puderam conhecer o desenvolvimento de todas as pastas.

O objetivo dessa reunião foi de avaliação, onde a Fundação Dom Cabral tem prestado relevantes serviços para a Prefeitura de Aracaju. O encontro de hoje foi um balanço-análise de tudo que foi feito em 2013 e as projeções para 2014 e 2015. Segundo o secretário municipal de Comunicação Social, Carlos Batalha, existem setores que podem operacionalizar certas ações em curto espaço de tempo, como as obras emergenciais, mas outras ações demandam muito tempo, como projetos e elaborações.

"Tudo isso foi discutido aqui e ficou acertado que a cada mês faremos reuniões de avaliações, para que cada secretaria possa cumprir as metas que foram estabelecidas e possa acompanhar detalhadamente o andamento desses projetos, e assim, possamos apresentar à população os resultados positivos", afirma Carlos Batalha.

Essa reunião faz parte de uma série de reuniões de validação, que vêm sendo feita pela Prefeitura de Aracaju, chamada de modelo de desenvolvimento da Prefeitura. O modelo de gestão é um planejamento estratégico que já foi elaborado e aprovado com os seus objetivos.

"Agora, na ultima fase, com a definição das grandes metas validadas, acontece o acompanhamento de resultados, que é a fase seguinte do modelo de gestão. Essa reunião aconteceu para realizar essa validação e agora acontecerão reuniões mensais de acompanhamento de resultados por área," Gilmar Mendes, representante do FDC.

Da assessoria
Foto: Silvio Rocha


Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
25/03
15:48

Clube Sportivo Sergipe agradece apoio da Prefeitura

O prefeito João Alves Filho recebeu na manha de hoje, em seu gabinete, o presidente do Clube Sportivo Sergipe, Reinaldo Moura, que agradeceu a administração Municipal pelo apoio recebido. Como forma de gratidão, o representante do Sergipe entregou ao prefeito a nova camisa do time, um livro da Confederação Brasileira de Futebol que registra o nome do Clube sergipano como campeão. Atletas também vieram agradecer ao prefeito o incentivo ao esporte em Aracaju.

Durante o encontro, João Alves, que é grande incentivador do esporte, destacou a importância de sempre prestigiar o futebol, que é preferência de 90% dos brasileiros.

"O futebol é o esporte, por excelência, dos brasileiros. Desde que entrei na vida pública que o apoio. Os times sergipanos estavam numa situação terrível e sem apoio do poder público. Enquanto governador, tivemos uma ideia iluminada e criamos o 'Gol da Sorte' , onde os torcedores trocavam seus cupons fiscais por ingressos para os jogos, e esse projeto teve um impacto maravilhoso e que salvou o futebol no Estado, sendo até mesmo copiado em outros estados como o Rio de Janeiro, que também salvou os times cariocas", relembrou o prefeito, destacando que o apoio oferecido pela Prefeitura de Aracaju é um apoio aos times que representam os sergipanos nas diversas competições.

O presidente do Sergipe agradeceu o apoio da Prefeitura de Aracaju, que é fundamental para o bom rendimento da equipe desportiva, campeã do Campeonato Sergipano de 2013.

"Nosso objetivo sempre é agradecer o apoio que a Prefeitura nos dá sempre que possível, já que o prefeito valoriza de forma geral os times do estado. Viemos também trazer a proposta de renovação do contrato com a Prefeitura de Aracaju, que será analisada pelo prefeito. Trouxemos a camisa do nosso time e o livro da CBF que registra Sergipe como campeão 2013, todos com a marca da PMA. Sem a colaboração da Prefeitura fica muito difícil manter uma equipe participando do futebol sergipano", afirmou Reinaldo Moura.

Participaram do encontro com o Clube Sportivo Sergipe, o secretário da Comunicação Social, Carlos Batalha, e o secretário da Juventude e do Esporte, Carlos Eloy, dois grandes incentivadores do esporte sergipano.

Da assessoria
Foto: Sergio Silva



Esportes
Com.: 0
Por Kleber Santos
25/03
14:47

Justiça Federal suspende leilão do Hospital Amparo de Maria, de Estância

O desembargador Marcelo Navarro, do 5º Tribunal Regional Federal (TRF), com sede no Recife (PE), acaba de suspender o leilão do Hospital Amparo de Maria, previsto para acontecer no próximo dia 27. Em sua decisão, o desembargador federal determina que seja aguardada a regulamentação do Pro-SUS. A informação foi passada ao blog pelo deputado estadual João Daniel (PT), que vem se manifestando em defesa da casa de saúde e de seus empregados. O hospital fica em Estância.



Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
25/03
06:48

Carnalita - Capela encaminhará à Câmara adequação à lei estadual

Ezequiel  Leite, prefeito de Capela, anunciou que encaminhará  à Câmara Municipal, na próxima  quinta-feira,  o projeto de lei que se adequa à Lei Estadual do ICMS no trato da cobrança da carnalita. Somente depois disso é que fará o encaminhamento da lei que vai tratar da autorização para a exploração do subsolo de Capela pela Vale. Japaratuba deverá fazer o mesmo nos próximos dias. Uma outra informação importante sobre impostos da carnalita: A Prefeitura de Capela terá um faturamento de algo em torno de R$ 75 milhões/ano e Japaratuba R$ 25 milhões/ano. O faturamento do Governo de Sergipe será pouco acima dos R$ 120 milhões/ano. Mais um detalhe: Esse dinheiro somente começará a chegar aos cofres públicos em 2018 ou 2019. Portanto, é preciso esperar muito ainda.


Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
Primeira « Anterior « 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » Próxima » Última

Enquete


Categorias

Arquivos