28/03
15:21

HOJE - Desligue-se e entre na onda de "A Horado Planeta"

Neste sábado, às 20h30, desligue as luzes de sua casa, seu apartamento e deseje vida longa à Terra por uma hora. "A Hora do Planeta" acontece este ano tendo por temas centrais a crise hídrica, o aquecimento global e a luta contra o desmatamento. A iniciativa é do WWF Mundial e Brasil. Em Aracaju, as repartições públicas estaduais e municipais aderiram ao movimento. No interior, a UFS participa e em Itabaiana acontecerá concentração pública.


Variedades
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
28/03
10:55

Impactos causados pelo uso dos agrotóxicos em trabalhadores e consumidores são debatido em seminário

Os danos causados pelos agrotóxicos aos trabalhadores rurais pela aplicação e os efeitos que geram à saúde das pessoas pelo consumo de alimentos contaminados foram alguns dos temas tratados durante o seminário “Os impactos Socioeconômicos e na saúde dos trabalhadores e trabalhadoras rurais decorrentes da monocultura praticada pelo agronegócio e do uso de agrotóxicos”, realizado na manhã desta sexta-feira, dia 27, no plenário da Assembleia Legislativa de Sergipe. O evento foi realizado pela Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural da Câmara dos Deputados, atendendo a um requerimento apresentado pelo deputado federal João Daniel (PT/SE), e também discutiu como minimizar esses efeitos.

As galerias e o plenário da Assembleia ficaram lotados por participantes do seminário que debateram as causas dessa utilização inadequada e da forma que vêm sendo manipulados os agrotóxicos e os danos causados tanto para os trabalhadores como para os que consomem os produtos cultivados com a sua utilização. Agricultores, técnicos, representantes dos movimentos sociais, entidades governamentais, estudiosos sobre o tema colaboraram com o debate e propostas para tentar mitigar esse problema que tem crescido a cada dia no Brasil.

O deputado João Daniel ressaltou que esse é um tema de grande importância e por isso propôs um debate amplo sobre ele nesse seminário. Para ele, é de extrema gravidade a situação que temos vivido no país. “Já está comprovado, através de pesquisas, contaminação de leite materno por agrotóxicos consumido pelas mães, contaminação da água da chuva e consequentemente da terra e com isso um agravamento das doenças”, disse.

O parlamentar se comprometeu em se empenhar como deputado federal junto com a bancada de Sergipe e a bancada federal do PT para viabilizar os projetos para Sergipe, especialmente nessa linha de combate à monocultura e o agronegócio “e ajudar a construir um projeto novo de agricultura, comprometido com a natureza e com os homens e mulheres que lutam por uma sociedade mais justa e fraterna”, acrescentou João Daniel.

Os problemas

Durante o seminário, os participantes discutiram os problemas ambientais resultantes do uso desses produtos e destacadas as ações governamentais destinadas à superação dos problemas relacionados. Participaram da primeira mesa, o procurador regional do Trabalho e coordenador do Fórum Nacional de Combate aos agrotóxicos, Pedro Luiz Gonçalves Serafim, que representou o procurador-geral do MPT; o procurador do Trabalho em Sergipe e coordenador do Fórum estadual, Manoel Adroaldo Bispo; o coordenador nacional do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) em Sergipe, Gileno Damascena; o coordenador nacional da Campanha Permanente contra os Agrotóxicos e pela Vida, Jorge Montalván Rabanal.

Nessa mesa, os participantes apresentaram suas experiências, os problemas decorrentes da manipulação e consumo de produtos que utilizam agrotóxicos, tanto para a saúde humana e para o meio ambiente. O procurador Pedro Serafim lembrou que o MPT é fiscal da lei e sua obrigação é fazer cumprir a lei. Segundo ele, existem várias dificuldades no setor regulatório. “O Estado está desaparelhado”, afirmou. Para ele, a sociedade deve ver isso, porque ela participando também fortalece o trabalho do Ministério Público do Trabalho, que não pode estar ausente desse tema que são os agrotóxicos.

O procurador informou que todos os estados sofrem com esse problema e o número de denúncias é crescente no que se refere à saúde do trabalhador e do consumidor. “Porque o veneno está na mesa com muitos produtos contaminados e cidadão precisa saber disso. Da parte do Ministério Público vamos cobrar para que se cumpra a lei e o Estado funcione nesse tema e o cidadão seja beneficiado com a proteção que ele precisa e seja salvo dessa agonia que é o agrotóxico”, declarou Serafim, que em sua explanação citou alguns casos de intoxicação de trabalhadores pelo país.

Vários dados foram apresentados pelo palestrante. Entre eles, que os agrotóxicos não são remédios para plantas, mas, sim, veneno; que a taxa de crescimento do mercado brasileiro de agrotóxico, ente 2000 e 2010, foi de 190%, contra 93% do mercado mundial. O Brasil tornou-se o maior consumidor de agrotóxicos do mundo com 19% do mercado mundial.

O procurador do Trabalho em Sergipe, Manoel Adroaldo Bispo, coordenador do Fórum Estadual de Combate aos Agrotóxicos, também destacou os problemas dessa utilização indiscriminada dos venenos nas lavouras no Estado. Segundo ele, esse é o mal do século e, mais que isso, um mal silencioso. “As clínicas tiveram um incremento de 50% em sua clientela de pessoas acometidas por câncer”, observou, citando uma das implicações a longo prazo na saúde das pessoas por essa exposição, seja através da aplicação ou da alimentação com produtos contaminados.

Representando o MST, Gileno Damascena disse que a luta dos movimentos camponeses ligados à Via Campesina tem sido denunciar esse uso indiscriminado desse modelo agressivo de cultivo no mundo. Ele lembrou que enquanto alguns países na Europa estão banindo o uso de agrotóxicos, o Brasil caminha na contramão. “Nós dos movimentos sociais temos lutado pelo fortalecimento da agricultura camponesa, contra o uso de agrotóxicos e é obrigação nossa estar nas fileiras e apoiar os assentamentos que estão na transição para a agroecologia, mas essa responsabilidade toda não pode ser jogada toda para o agricultor, disse Gileno, ao ressaltar que o seminário serviu também para revigorar movimentos e técnicos que lutam pela agroecologia.

A segunda mesa teve a participação de representantes de órgãos governamentais que falaram sobre como os problemas do uso dos agrotóxicos são considerados em cada uma das entidades e as providências que vêm sendo tomadas por cada um deles para a mitigação dos males causados e a perspectiva de mudanças na forma de produção. Participaram dela o delegado do Ministério do Desenvolvimento Agrário em Sergipe, Adailton dos Santos; o representante do Ministério da Agricultura no Estado, André Barreto Pereira; o chefe-geral da Embrapa Tabuleiros Costeiros, Manoel Moacir Macedo; e o assessor da Vigilância Sanitária Estadual de Sergipe, representante do Ministério da Saúde, José Laércio Fontes.

Presença

Também estiveram presentes ao seminário a deputada estadual Ana Lúcia (PT) e o deputado Jairo Santana (PRB); o deputado fedaeral Jony Marcos, também membro da Comissão de Agricultura da Câmara; o secretário de Estado da Agricultura, Esmeraldo Leal; o coordenador da Vigilância Sanitária Estadual, Antônio de Pádua Pombo, representando o secretário de Saúde, José Macedo Sobral; o reitor do Instituto Federal de Sergipe (IFS), Ailton Ribeiro; a professora Tereza Raquel, representando o reitor da Universidade Federal de Sergipe (UFS), professor Angelo Antoniolli; além de representantes da Secretaria de Estado do Meio Ambiente, Territórios da Cidadania, Conselho Regional de Nutrição, Sindicato dos Psicólogos, Associação dos Engenheiros Agrônomos (Aease), Sindicatos de Trabalhadores Rurais, Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea), entre outros.

(Da assessoria)


Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
28/03
10:30

Confira a programação deste sábado: Palmeiras-1999 x Amigos do Alex

12h - Masters 1.000 de Miami, tênis, SporTV 2

12h - Grand Prix de Samsun, judô, ESPN + e Esporte Interativo

12h15 - Saracens x Harlequins, rúgbi, ESPN

13h - Zenit x Berlim, Europeu masc. de vôlei, Bandsports

14h - Croácia x Noruega, eliminatórias da Euro-2016, SporTV

14h - Flamengo x Coritiba, Copa do Brasil sub-17, ESPN Brasil

14h35 - MotoGP, treino classificatório do GP do Qatar, SporTV 3

16h - Rzeszow x Belchatow, Europeu masc. de vôlei, Bandsports

16h - Bahia x Campinense, Copa do Nordeste, Esporte Interativo

16h45 - Bulgária x Itália, eliminatórias e Euro-2016, SporTV

16h45 - Bélgica x Chipre, eliminatórias da Euro-2016, ESPN

16h45 - Holanda x Turquia, eliminatórias da Euro-2016, ESPN + e SporTV 2

17h - Montreal Impact x Orlando City, Americano, SporTV 3

17h30 - Argentina x El Salvador, amistoso, ESPN Brasil

18h30 - Ceará x Salgueiro, Copa do Nordeste, Esporte Interativo

19h - Circuito Brasileiro de vôlei de praia, etapa de Salvador, SporTV 3

19h - Wisconsin x Arizona, basquete universitário, Bandsports e ESPN

20h30 - San Lorenzo x Lanús, Argentino, Fox Sports 2

21h - Palmeiras-1999 x Amigos do Alex, amistoso, ESPN Brasil e SporTV

21h30 - Milwaukee Bucks x Golden State Warriors, NBA, SporTV 2

21h30 - Kentucky x Notre Dame, basquete universitário, Bandsports e ESPN +

22h30 - México x Equador, amistoso, ESPN

0h30 - Circuito Mundial de triatlo, etapa de Auckland, Bandsports

4h - GP da Malásia, F-1, Globo 


Esportes
Com.: 0
Por Kleber Santos
28/03
10:04

Confiança anuncia a contratação do zagueiro Correia

Atleta estava no Bahia de Feira de Santana e já se apresenta ao clube na manhã deste sábado

A Diretoria de Futebol da Associação Desportiva Confiança anunciou na tarde desta sexta-feira, 27, a contratação do zagueiro José de Jesus Correia, o Correia. O atleta estava defendendo o Bahia de Feira de Santana.

Correia tem 26 anos e é natural da Bahia. Ele já teve passagens por clubes como o Camaçari, Sul América e Feirense. Pelo Bahia de Feira, o jogador foi eleito o melhor zagueiro da primeira fase do Campeonato Baiano deste ano. Ele deve chegar à Aracaju já na noite desta sexta-feira e será apresentado ao elenco já na manhã de sábado, 28.

O Confiança volta a campo na tarde do próximo domingo, 29, contra o Socorrense, pela última rodada do Campeonato Sergipano. O time é líder do Grupo A no Estadual e luta por uma classificação na próxima fase.

Da assessoria



Esportes
Com.: 0
Por Kleber Santos
27/03
08:18

Bossa Negra terá apresentação dia 18 de abril em Aracaju

Bossa Negra é um espetáculo que promove o encontro de dois dos maiores expoentes da nova geração da música brasileira: o cantor Diogo Nogueira e o instrumentista Hamilton de Holanda. Em Aracaju, única apresentação será dia 18 de abril, às 21:30, no Teatro Tobias Barreto.

Bossa Negra é a fusão dos universos que ambos os músicos transitam: Samba, Choro e Jazz, e tem a intenção proposital do olhar brasileiro universal. As letras das músicas, diferentes de outros encontros, serão interpretadas em duetos numa estética particular pela voz de Diogo Nogueira e o bandolim de 10 cordas de Hamilton de Holanda.


Variedades
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
27/03
06:40

Aumento de pena: Câmara Federal aprova urgência em projeto de Fábio Reis

O plenário da Câmara dos Deputados aprovou o requerimento de urgência para votação do Projeto de Lei 6.701/2013, de autoria do deputado federal Fábio Reis (PMDB-SE), que prevê alterações no Código Penal. A proposta aumenta a pena para dois a quatro anos de reclusão, mais multa, pelo crime praticado por diretor de penitenciária e/ou agente público que deixar de cumprir seu dever de vedar ao preso o acesso a aparelho telefônico, de rádio ou similar, que permita a comunicação com outros presos ou com o ambiente externo.

Para o deputado, é preciso mais rigor na lei. “Esta modalidade do crime de prevaricação não é uma ação de menor potencial ofensivo. Longe disso, o acesso de presidiários a este tipo de comunicação fragiliza a punibilidade e põe toda a sociedade em perigo, vez que criminosos de alta periculosidade, apesar de cumprindo pena, estão livres para comandar suas facções criminosas”, defende Fábio.

A proposta recebeu apoio de diversos parlamentares. “É extremamente importante que o funcionário público, que aquele que dirigi presídio e que facilita entrada de telefone celular ou de qualquer item ilegal dentro da unidade prisional seja punido com rigor”, afirmou o deputado Daniel Coelho (PSDB-PE).

O deputado mineiro Lincoln Portela (PR-MG) parabenizou o presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), por ter colocado a urgência do projeto na pauta. “É mais do que necessário que o diretor de penitenciária ou o agente público tenha o cuidado com as coisas que ele passa, porque eu tenho ouvido coisas do arco em relação a esses diretores, em relação a alguns deles, eu não posso generalizar, mas é um absurdo. Então é preciso que haja punição devida. E parabenizo-o pela votação desta urgência na manhã de hoje”, afirmou.

Já Moroni Torgan (DEM-CE) criticou o PT por ter votado contrário à urgência. “Eu não entendo essa votação do PT, porque um dos maiores esforços que nós fazemos é para tirar a comunicação dos presos do presídio. Eu vejo agora o PT votando não a um projeto que vai justamente nesse sentido. Eu não estou entendendo isso”, contestou. “Quando temos um projeto desse nível, para punir aqueles que não cuidarem para que essa comunicação seja evitada, eu peço até que o PT reconsidere, porque esse projeto, sem dúvida nenhuma, irá evitar a comunicação do crime organizado com as suas quadrilhas. E se isso acontecer, quem ganha é a sociedade”, completou.

Fábio agradeceu aos parlamentares o apoio recebido. “Gostaria de agradecer a todos os colegas pelo requerimento de urgência do meu primeiro projeto nesta Casa”, frisou.

O texto será analisado pelas Comissões de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado e Constituição e Justiça e de Cidadania. No entanto, como o pedido de urgência foi aprovado, o presidente da Casa pode colocar o projeto em votação no plenário a qualquer momento.

(Da assessoria)


Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
27/03
06:39

Valadares Filho quer debate sobre os preparativos das Olimpíadas

A Comissão de Turismo da Câmara dos Deputados aprovou o requerimento nº 11/2015, de autoria do deputado federal Valadares Filho (PSB-SE), de realização de Audiência Pública para debater os preparativos das Olimpíadas de 2016, no Rio de Janeiro.

Faltando menos de 500 dias para o início dos jogos, o deputado pede prioridade nas ações para a qualidade do atendimento de turistas. “Os jogos olímpicos são uma grande oportunidade para consolidar a imagem do país no exterior, por isso devemos estar preparados para receber os visitantes da melhor forma possível”, enfatiza.

De acordo com dados do Ministério do Turismo, as Olimpíadas devem atrair de 350 a 500 mil turistas estrangeiros. “Para receber essa grande quantidade de pessoas devemos incluir ações focadas na qualificação profissional daqueles que terão contato direto com os turistas, na melhoria da sinalização de rotas e pontos turísticos, da acessibilidade, da mobilidade urbana, da hospedagem e na criação de condições para que mais destinos brasileiros sejam objeto de interesse”, explica o parlamentar.

Além do Rio de Janeiro, outras cinco cidades receberão jogos de futebol das Olimpíadas: São Paulo, Manaus, Salvador, Belo Horizonte e Brasília. “O futebol vai levar os Jogos Olímpicos para o resto do país, aumentado a visibilidade internacional nessas cidades, motivo pelo qual também devem estar preparadas para receber turistas do mundo todo”, acredita Valadares Filho.

Já existem ações em andamento promovidas pelo Ministério do Turismo em parcerias com diversas entidades, o requerimento aprovado solicita o tema em Audiência Pública com: representante do Governo do Estado do Rio de Janeiro; representante do Município do Rio de Janeiro; diretor-geral do Comitê Organizador Rio 2016; presidente da Autoridade Pública Olímpica; representante do Ministério do Turismo. 

Da assessoria


Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
27/03
06:30

Assembleia de SE devolve mandato de Seixas Dória e de deputados cassados por perseguição política

Na próxima segunda-feira, 30, a Assembleia Legislativa realizará a Sessão Solene de devolução simbólica dos mandatos cassados por perseguição política do Governador Seixas Dórea (PR) e dos deputados estaduais Cleto Sampaio Maia (PRT), Viana de Assis (PR), José Nivaldo dos Santos (PR), Baltazar José dos Santos (PSD), Antônio de Oliveira (PTB) e Armando Domingues (PCB). A Sessão acontece em cumprimento a Resolução de iniciativa da deputada estadual Ana Lúcia e terá início às 17 horas.

Durante o seu mandato de Governador do Estado, Seixas Dórea estava realizando as reformas de base em Sergipe em consonância com o projeto implementado em âmbito nacional pelo presidente João Goulart. Por se posicionar contra o golpe militar de 1964 e defender a democracia, foi perseguido e teve o seu mandato extinto.

Considerados subversivos por não terem aceitado o golpe de Estado e por alertarem a sociedade sobre o Regime golpe de Estado que estava sendo implementado no Brasil, Cleto Maia, Viana de Assis, José Nivaldo dos Santos, Baltazar José dos Santos e o suplente Antônio de Oliveira tiveram seus direitos políticos cassados em 14 de maio de 1964, logo após a deposição do Governador do Estado Seixas Dória. Os cinco foram considerados “infratores da Lei de Segurança Nacional” pelo General Mendes Pereira, comandante da VI Região Militar, que solicitou a cassação, e pela maioria dos, então colegas, deputados, que votaram e aprovaram a revogação dos mandatos.

O médico comunista e grande ativista das causas populares Armando Domingues (PCB), cassado em 1947, também terá seu mandato devolvido simbolicamente. Sua cassação, ocorrida quando o Partido Comunista Brasileiro (PCB) foi considerado ilegal, aconteceu num período em que o regime político no Brasil sequer era ditatorial.

Aguerrida defensora da democracia, a deputada estadual Ana Lúcia foi quem apresentou os Projetos de Resolução que tornaram nulas as decisões que extinguiram os mandatos. Para ela, a devolução tem um profundo significado político e representa um passo histórico em direção à consolidação da democracia. “A mesma casa que deslegitimou a soberania nacional, tem agora a chance de devolver os direitos políticos a estes importantes atores que lutaram pela democracia sergipana e brasileira e que foram injustiçados e perseguidos”, avalia a deputada Ana Lúcia.

Para Ana Lúcia, apesar de a devolução ser simbólica, é extremamente educativa e pedagógica. "Ela mostra à população que nós não podemos aceitar a ditadura e que nós queremos aprofundar nossa democracia", opinou a parlamentar. 

Da assessoria


Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
Primeira « Anterior « 1 2 3 4 5 6 7 8 9 » Próxima » Última

Enquete


Categorias

Arquivos