26/03
12:24

Governo realiza novas parcerias para ampliar divulgação de Sergipe como destino turístico

Destino Sergipe será apresentado para mais de 700 consultores de viagem e belezas sergipana serão tema de matérias de divulgação nacional

Representantes da Secretaria de Estado do Turismo de Sergipe (Setur) estão em São Paulo para estabelecer novas parcerias para divulgação de Sergipe como destino turístico no Brasil. A Record TV realizará matérias para exibição nacional dos atrativos sergipanos e operadoras incrementarão ações para venda do destino Sergipe, com apresentação do estado para mais de 700 consultores de viagem.

Nessa quarta-feira, 22, o secretário da pasta, Fábio Henrique, reuniu-se com a equipe de jornalismo da Record TV, na sede da emissora. “No próximo mês, a equipe do programa Esporte Fantástico, apresentado por Mylena Ciribelli, Cláudia Reis e Lucas Pereira, realizará matérias especiais tendo como cenário as paisagens sergipanas. Serão mostradas as belezas de praias de Aracaju e do Saco, além dos Cânions de Xingó e do município de São Cristóvão”, informou o secretário.

Operadoras

A pedido do governador Jackson Barreto, também foram realizados encontros com as maiores operadoras do Brasil, para a promoção de ações junto aos agentes de viagem, que são os maiores interlocutores nas vendas de pacotes turísticos. Na sede da Operadora CVC, em Santo André/SP, o encontro aconteceu com o diretor geral de produtos nacionais, Claiton Armelin; o diretor de produtos Brasil, Cristiano Placedes; e a  gerente para Alagoas e Sergipe, Fernanda Franco. Foram discutidas estratégias e ações para o incremento das vendas do destino.

Já na nova sede do Grupo Trend, a comitiva do Turismo de Sergipe foi recepcionados por Marcus Campos, gerente de Relações com Mercado Brasil; Ana Paula Kuba Ide, diretora de Marketing e Vendas; e Cristiane Jayme, diretora de Lazer e Vendas. “Boas notícias para Sergipe. Definimos a realização de almoço temático no restaurante da Trend, nos próximos 30 dias, para mais de 700 consultores de vendas. Será denominado ‘Almoço da Sergipanidade’, com degustação de pratos típicos da gastronomia, apresentações culturais e outras atividades destinadas à promoção e divulgação de Sergipe. Essas informações serão replicadas para as mais de seis mil agências em todo o Brasil”, disse Fábio Henrique.

Foto: César de Oliveira


Variedades
Com.: 0
Por Kleber Santos
26/03
12:20

Jackson e ministro da Justiça inauguram presídio de Areia Branca e anunciam R$ 32 mi para ampliação de sistema prisional


Com a reforma e ampliação de unidades prisionais de regime semiaberto e fechado, serão criadas 800 novas vagas

O governador Jackson Barreto e o ministro da Justiça e Segurança Pública, Osmar José Serraglio, inauguraram nesta sexta-feira, 24, a Cadeia Pública Territorial de Areia Branca Agente Penitenciário Antônio Nascimento Nogueira e seu acesso rodoviário.  A unidade possui área total de 16.000 m² e abrigará 398 internos. Na ocasião, Jackson recebeu a confirmação de liberação de R$ 32 milhões do Fundo Penitenciário Nacional (Fupen), para reforma e ampliação de unidades prisionais de regime semiaberto e fechado.

“Tivemos a confirmação do ministro e vamos construir mais dois presídios: um de regime semiaberto e um de regime fechado para proporcionar mais 800 vagas. O Estado recebeu recursos do sistema penitenciário, que estava contingenciado na área do Governo Federal, e agora, graças à aprovação do ministro, foi anunciado que vamos construir o regime semiaberto. Assim, vamos resolvendo o problema da crise do sistema penitenciário. Esta nova Cadeia de Areia Branca vai ajudar a minimizar o déficit carcerário, porém não resolve o problema totalmente. Mas estamos buscando soluções resolvendo, na medida que construirmos os novos presídios, cujos recursos já foram liberados pelo Ministério da Justiça. Já vamos começar imediatamente. Estamos providenciando licitação e o projeto”, ressaltou. 

O anúncio do ministro é resultante do pedido feito pelo governador de Sergipe, no último dia 15 de março, em audiência em Brasília. Na oportunidade, Jackson apresentou a situação do sistema carcerário no estado e destacou que o Governo de Sergipe já possui o projeto arquitetônico para obra da Penitenciária de Areia Branca, que se encontra interditada. O objetivo é a criação de 308 vagas para o regime semiaberto e de 590 vagas para o fechado, no prazo de dois anos. 

Foto: Jorge Henrique/ASN


Política
Com.: 0
Por Kleber Santos
26/03
12:17

39º Leilão do Detran acontece nesta segunda-feira, 27

Acontece na próxima segunda-feira,27, no Espaço Emes (av. Tancredo Neves, 225 - bairro Grageru), a partir das 8 horas, o 39º Leilão do Departamento Estadual de Trânsito (Detran/SE). No total, estão disponíveis 328 veículos, sendo 176 carros e 152 motos. Entre os lotes que vão a leilão, 130 estão na condição de recuperáveis e 198 de sucata.

A lista dos bens disponíveis neste leilão e as respectivas fotos estão no site da organizadora do evento, www.emesleiloes.com.br. Também neste canal eletrônico consta o Edital que dita as regras de participação. Em caso de dúvidas ou para obter mais informações, o cidadão pode procurar o setor de ‘Comissão de Leilão’, que fica no bloco “C”, na sede do Detran/SE, ou ligar para o número (79) 3226-2031.

Os interessados devem se inscrever até uma hora antes do evento no próprio Emes. Para isso, é necessário estar munido de cópia da identidade. Este é o primeiro leilão do Detran/SE realizado este ano e a expectativa é atingir 100% de arremate.

Victor Ribeiro/Seplag
 


Variedades
Com.: 0
Por Kleber Santos
26/03
11:24

Edvaldo inaugura Centro de Artes e Esportes do Olaria


Sob aplausos da comunidade, o prefeito Edvaldo Nogueira inaugurou, na noite desta sexta-feira, 24, o Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU), localizado no bairro Olaria. O novo espaço de lazer, cultura e convivência de Aracaju, que recebeu o nome do ex-vereador Abrahão Crispim, é a primeira obra inaugurada por Edvaldo nesta gestão, antes mesmo de completar 90 dias de mandato.

A solenidade se deu em clima de muita festa e alegria, com a presença dos moradores, que ficaram muito satisfeitos com a conclusão da obra e com os benefícios que ela trará para a localidade. Ao longo da noite, a nova praça ficou completamente ocupada por crianças e adolescentes, que já utilizaram os equipamentos de esporte e lazer. Jovens, senhoras e demais moradores do entorno do CEU também já caminhavam pelo local.

A conclusão do CEU foi uma das prioridades estabelecidas pelo prefeito junto à Empresa Municipal de Obras e Urbanização (Emurb) ao iniciar o seu governo. A obra, projetada e iniciada ainda no mandato anterior de Edvaldo, que garantiu os recursos para sua realização, foi retomada já nos primeiros dias deste ano. “Iniciei esta obra em 2012. Infelizmente, nos últimos quatro anos ela ficou praticamente parada. Por entender a importância para a comunidade, quando retornamos à Prefeitura, retomamos a obra e, em menos de seis meses, inauguramos esse importante espaço na região do Olaria”, afirmou o prefeito.


Política
Com.: 0
Por Kleber Santos
26/03
11:22

Secretário da Fazenda fala sobre desafio financeiro das gestões em encontro nacional

A crise financeira que se acentuou por todo o Brasil nos últimos dois anos causou um largo prejuízo para as gestões dos municípios. Foi com vista nos desafios da administração pública para sanar os problemas decorrentes desse colapso que o secretário da Fazenda de Aracaju, Jefferson Passos, participou do Encontro Nacional de Gestão Pública, evento que ocorreu nesta sexta-feira, 24, e sábado, 25.

Ministrando a palestra "O Saneamento das Finanças Públicas dos Municípios" para gestores de Sergipe e de outros estados brasileiros, o secretário abriu o tema fazendo uma análise da situação geral das capitais do país, frisando que a situação de crise atual englobou todos os estados de igual maneira, levando em consideração que a Receita foi muito menor do que as despesas que cada cidade apresentou, sobretudo no período entre os anos de 2012 a 2015, e que foi refletido durante todo o ano de 2016 com o agravamento da situação financeira do Brasil.

Jefferson Passos apresentou dados comparativos e demonstrou um diagnóstico de como evoluíram as finanças municipais, principalmente entre 2008 e 2016. Um dos pontos que mais chamou a atenção dos presentes foi a queda do Produto Interno Bruto (PIB), inclinação que foi proporcional à da receita dos municípios. No entanto, as despesas se mantiveram em patamares elevados, especialmente as despesas com o pessoal. "Isso fez com que o investimento fosse reduzido, gastos com urbanismo, habitação deixassem de ser priorizados e algumas políticas públicas também perderam espaço", ressaltou o secretário da Fazenda.

Foto: Marco Vieira


Política
Com.: 0
Por Kleber Santos
26/03
08:17

Coluna Primeira Mão

Canal de Xingó



O ex-deputado federal e ex-vice-prefeito de Aracaju, José Carlos Machado (PSDB), está entusiasmado com a possibilidade de viabilização do projeto do Canal de Xingó. Na quinta-feira, ele esteve na Codevasf, onde foii recebido pelo superintende, César Mandarino, e os técnicos Carlos Hermínio, Orlando Tavares e Oscálmi Porto, que lhe informaram sobre alguns projetos em andamento, principalmente o Canal de Xingó, o qual considerou um "rio" de extrema necessidade e urgência para o Sertão. Realmente é um grande projeto, mas é obra para 10 anos ou mais a um custo superior a R$ 2 bilhões. O canal interessa a Bahia e Sergipe. Se os dois Estados se unirem nessa luta,  podem alcançar a vitória.



Momento incerto

 

?Diante desse quadro de incertezas sobre o processo eleitoral,  manda o bom senso que se tenha cautela e prudência antes de qualquer decisão?. O comentário é do ex-vice-prefeito de Aracaju e pretendente a disputar  uma cadeira na Câmara Federal, em 2018,   José Carlos Machado. Ele avalia que é melhor aguardar a tão esperada reforma política. Não acredita que a lista fechada venha a ser aprovada e entende que  ?certo está o Fernando Henrique Cardozo quando afirma que a câmara deveria priorizar o que já foi aprovado no Senado: proibição de coligações nas proporcionais e cláusula de barreira?.



Bem atuantes



Pleiteantes de cadeiras na Assembleia Legislativa de Sergipe e Câmara Federal,  respectivamente Dr. Gonzaga (vereador por Aracaju)  e Alexandre Figueiredo (Secretário da Controladoria da PMA) aproveitam os finais de semana em visitas à periferia de Aracaju e ao interior de Sergipe. Nos feriados, eles também se fazem presentes onde o eleitor está. Mas dizem apenas que têm o desejo de disputar cargos eletivos em 2018. Cada um faz a sua campanha, não se trata de um projeto casadinho.

 

 

 

Transposição

Muita alegria e aplausos durante a inauguração oficial (Temer) e informal (Lula) de parte das obras de transposição do Rio São Francisco. A preocupação dos sergipanos é saber quando as águas do Oceano Atlântico chegarão à Canindé ou se alguma coisa será feita para que isso não aconteça.


A carne é fraca

 

Com a crise econômica provocada pela Operação Carne Fraca, donos de restaurantes e de lojas do ramo vegetariano estão rindo à-toa. Mas  muita gente não tem dispensado a carne na mesa e na churrasqueira pois,  afinal... a carne é fraca!


 CPI do Lixo



O prefeito Edvaldo Nogueira, o presidente da Câmara Josenito Vitale e o líder do governo professor Bittencourt estarão passando por um teste essa semana. Ficarão sabendo se a sua maioria parlamentar é confiável ao barrar a proposta de CPI do lixo.


 A disputa



Aconteceu o previsível. Enquanto a Torre prestava serviços à prefeitura de Aracaju, tinha apoios em muitos setores dos poderes estabelecidos. Quando a Cavo tomou o seu lugar, não fez por menos. Plantou raízes por toda a parte. Nessa briga por espaço, o que não falta é político de todos os lados envolvidos.



É a saída



A dessalinilizaçao da água do mar é a melhor solução para o problema das estiagens e das secas do Nordeste. Se governadores, senadores e deputados federais dos nove estados nordestinos se entendessem,  esse problema já teria sido resolvido. É por isso que se fala em " indústria da seca".

 

 

 

Sofredores


A greve dos médicos da Prefeitura de Aracaju já passou do razoável.  A população aracajuana está sendo penalizada e não mostra nenhuma simpatia pelos grevistas.



Grau de satisfação



Qual é o grau de satisfação dos usuários de ônibus de Aracaju sobre os serviços  prestados pelos empresários do transporte público?  Esse deveria ser o ponto de partida para discutir aumento das passagens. Colocar ar condicionado em toda a frota de ônibus não deveria ser algo descartável nessas negociações que se avizinham. Afinal,  com o calor que assola Aracaju,  até que não seria uma má idéia.



Universidades

 

 

 

A situação das universidades públicas está ficando insustentável. Cortes orçamentários e ausência de diálogo com o MEC. Três dirigentes de universidades públicas brasileiras disseram durante a semana que parece até que vem coisa ruim direcionada às instituições de ensino por aí.

 

 

 

A reforma dançou



Com professores, militares e juízes ficando fora, a Reforma da Previdência do Governo Michel Temer só vai atingir mesmo os desprotegidos trabalhadores da iniciativa privada e outros quatro ou cinco servidores públicos federais. Os governadores estaduais, que precisam salvar as suas Previdências, inclua-se na lista Sergipe,  também não terão coragem de reformar nada.

 

 

 


Areia Branca -  O município de Areia Branca realiza no próximo dia 31 o Festival Josa, evento que homenageia o forrozeiro Josa, “o vaqueiro do sertão”. Vale a pena prestigiar.

 

 

 

Segurança Pública

 

O deputado estadual Capitão Samuel participou de uma sessão especial na Assembleia Legislativa do Estado do Espírito Santo, onde aconteceu a Conferencia Nacional da Juventude , realizado pela UNALE (União Nacional de Legisladores e Legislativos Estaduais). Na oportunidade, o parlamentar foi homenageado e nomeado presidente de segurança pública da UNALE.  Durante o seminário, que visou debater políticas públicas para a juventude, contou com palestras direcionadas para buscar as soluções na segurança públicas, expondo as mudanças dos jovens, dos tempos e dos seus costumes. Pensando no futuro dos jovens, outro tema de palestra foi o 'empreendedorismo e trabalho'.

 
Pouco a pouco - A Prefeitura de Aracaju já começou as ações de tapa buracos nas áreas mais atingidas. Nesse segmento, há  muita coisa para ser feita.



Coluna Eugênio Nascimento
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
22/03
22:00

Coluna Primeira Mão

A tentação de André Moura

O deputado federal André Moura (PSC), líder do Governo Michel Temer no Congresso Nacional, foi convidado sim pelo presidente para se filiar ao PMDB e o assunto está nos corredores do Poder Legislativo, em Brasília. Segundo o senador Eduardo Amorim, ele já é político muito próximo do presidente e tem agora a chance de se aproximar cada vez mais, caso faça a opção de ir para o PMDB. O convite parece ser tentador para ele, que foi afastado da liderança na Câmara e, quando pensavam que ele iria afundar, cresceu bem mais ainda”, destacou.


JB contra a seca 1


O governador Jackson Barreto se reuniu nesta quarta-feira, 22, com representantes dos movimentos sociais do campo, no Palácio de Despachos, para discutir medidas emergenciais que devem ser empreendidas pelo governo para amenizar os efeitos seca. Na ocasião, o governador garantiu às lideranças do campo que 80% das ações reivindicadas já estão sendo atendidas pelo Governo de Sergipe. Após a reunião, o governador Jackson Barreto foi até à porta do Palácio e conversou diretamente com os manifestantes e explicou todas as ações que o governo de Sergipe vem executando para evitar um maior sofrimento para o homem do campo neste momento de prolongada estiagem.


JB contra a seca 2


Ele afirmou que 44 carros-pipas já foram disponibilizados para fazerem o abastecimento de água na região do Sertão e mais sete serão destinados a executar o mesmo trabalho dentro em breve. O governador relatou, também, que seis barragens da região do Sertão já foram recuperadas, do total de 12 que receberão o benefício neste ano, assim como os poços artesianos. Jackson Barreto destacou que R$ 6,3 milhões já foram disponibilizados para aquisição de sementes selecionadas, de equipamentos de mecanização agrícola e palma. Na próxima sexta-feira, 24, será feita a licitação para aquisição de forragem para alimentação dos animais dos municípios do estado mais castigada pela seca. Serão investidos R$ 7 milhões.


Quem manda?


O deputado federal Jony Marcos (PRB) voltou a cobrar a liberação das 200 mil toneladas de milho que o presidente Michel Temer prometeu aos sertanejos sergipanos e o ministro da Fazenda,  Meirelles, não quer pagar.


Os plano de Amorim


O senador Eduardo Amorim (PSDB) reafirmou ontem a dispobinilização de seu nome para disputar cargo majoritário em 2018. “O meu Plano A é disputar o Governo de Sergipe e o Plçano B é a reeleição para o Senado. Agora tudo depende do partido”, xomentou.


Mendonça pode processar



Irritado com a ocupação policial na sua Emsurb, o presidente da empresa, Mendonça Prado, prometeu aciuo9nar judicialmente a delegada Daniela Garcia e o promotor público Henrique Cardoso. A Polícia Civil esteve na Emsurb, Torre e Sindilimp para apreender documentos e computadores. Trata-se da Operação Babel, que investiga os contratos do lixo em Aracaju.

 

Nova reunião


Os deputados federais Fábio Mitidieri (PSD), Jony Marcos (PRB) e Fábio Reis (PMDB) se encontraram ontem em Brasília para discutir proposta para o embroglio da coordenação da bancada federal (disputada pelo senador Antônio Carlos Valadares e o deputado federal Laércio Oliveira) e as eleições de 2018. O ano eleitoral está sempre sendo lembrado.


Piso para advogados


A Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa começou a analisar o Projeto de Lei nº 03/2017, de autoria do deputado estadual Georgeo Passos (PTC) que pretende instituir um piso salarial para os advogados no Estado de Sergipe. A comissão, presidida pelo deputado Francisco Gualberto (PT), se reuniu nesta quarta-feira e iniciou a fase de análise a constitucionalidade dos projetos de lei. O petista pediu alguns dias para avaliar o PL, sendo que ficou acordado entre os parlamentares que a proposta seria colocada em pauta novamente na próxima terça-feira, dia 28 de março.


Pouca água


A deputada estadual Maria Mendonça (PP) aproveitou as comemorações do Dia Mundial da Água para apelar ao Governo do Estado, no sentido de adotar medidas que visem diminuir os efeitos provocados pelos assoreamentos dos rios e barragens do Estado de Sergipe. Ela revelou que os rios que estão praticamente morrendo e as barragens, com níveis de água bem abaixo do normal. “É o caso, por exemplo da barragem Porções da Ribeira, que abastece os municípios de Itabaiana, Campo do Brito, São Domingos e Macambira”, disse Maria, ressaltando que essa barragem está com apenas 13% da sua capacidade.


Coisa de Itabaiana


O litro de gasolina comum em Itabaiana está por R$ 3,45, exatos R$ 0,10 a menos que o menor valor praticado em Aracaju.


Vacinação


Diariamente, dezenas de sergipanos procuram postos de saúde para serem vacinados contra a febre amarela. No “Sinhazinha”, forma-se longas filas. E é só para quem vai viajar para zonas de risco.



Coluna Eugênio Nascimento
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
19/03
13:28

As atividades econômicas que mais desempregaram no Nordeste em dois anos de crise

Ricardo Lacerda* 
Professor da UFS

A crise econômica derrubou o PIB brasileiro em 7,2% nos últimos dois anos e encerrou o ciclo de inclusão iniciado em 2004 que teve na maior formalização do mercado de  trabalho  um dos aspectos de maior significado econômico e social.  Na soma de 2015 e 2016, foram eliminados no Brasil 2,9 milhões de vínculos empregatícios regidos pela Consolidação das Leis Trabalhista (CLT).

A região Nordeste, a mais pobre e a segunda mais populosa do país, com uma população de 56,6 milhões de habitantes em 2015, superior a de qualquer outro país da América do Sul, perdeu nesse período 493 mil vínculos empregatícios formais (ver Tabela). 

O dano inflingido ao emprego no Nordeste vai levar anos para ser compensado, em uma região em que mais de metade da força de trabalho conta com vínculos precários no mercado de trabalho. Não será, certamente, a flexibilização das leis trabalhistas em discussão no congresso nacional que irá corrigir essa situação.  

Seções de Atividades
O corte de empregos formais na região Nordeste nesses dois anos foi generalizado, abrangendo as atividades econômicas mais representativas em termos de ocupação formal. Entre as seções da Classificação Nacional das Atividades Econômicas (CNAE), a construção civil liderou os cortes de emprego, 216 mil, 44% do total, como resultado do colapso que o setor enfrentou por conta da paralisia dos investimentos em obras públicas e da crise no setor imobiliário (ver Tabela). Nesses dois anos, o emprego formal nas atividades de construção na região se retraiu em 29%.

A segunda seção de atividade que mais eliminou postos de trabalho foi a indústria de transformação, que na soma dos dois anos viu serem eliminados cerca de 95 mil empregos formais, com queda no emprego em praticamente todos os seus principais subsetores de atividade.

A crise do emprego na região se estendeu entre as principais atividades comerciais e de serviços. A atividade de comércio e reparação de veículos cortou 77.6 mil postos de trabalho, sendo cerca de ¾ deles no ano de 2016. 

No setor de serviços a retração de empregos formais foi generalizada, poupando apenas os segmentos de educação e saúde, entre os mais significativos. 

Foram especialmente elevadas as dispensas de pessoal nas atividades profissionais e administrativas de suporte a outras atividades econômicas, sejam as vinculadas ao setor público, sejam aquelas de apoio as principais cadeias produtivas locais, desde a construção civil até a exploração de petróleo e gás. Tais atividades administrativas e profissionais congregam a maior parcela dos chamados prestadores de serviços terceirizados, e foram dispensados em massa nesses dois anos, 68,6 mil pessoas, ou 14% do total dos cortes na região. 

Finalmente, cabe destacar a eliminação de postos de trabalho em dois importantes agrupamentos de atividade, o de transporte, armazenagem e correio (20,4 mil pessoas) e a de alojamento e alimentação (12,2 mil pessoas).


Quais atividades
Tive a curiosidade de abrir os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), do Ministério do Trabalho, no nível de subclasses da CNAE. Esse recorte torna mais visível quais são as atividades que mais vêm sendo afetadas nesses dois anos de crise. Por uma questão de espaço a tabela não está sendo apresentada, mas ela pode ser acessada no link http://cenariosdesenvolvimento.blogspot.com.br/2017/03/as-atividades-economicas-que-mais.html

As Atividades de Apoio à Extração de Petróleo e Gás eliminaram diretamente cerca de 1.200 empregos formais, quase todos cortes concentrados no ano de 2016. 

Na indústria de transformação, as subclasses que mais reduziram emprego foram aquelas vinculadas ao fornecimento da cadeia da construção civil e as dos segmentos sucroalcooleiros e de fabricação de calçados e de vestuário. A fabricação de vestuário eliminou 13.357 empregos formais e a de calçados sintéticos, 4.760.

Na construção civil, o corte de emprego foi generalizado e contaminou segmentos auxiliares: a fabricação de móveis de madeira cortou 2.400 empregos formais nesses dois anos; a fabricação de estruturas metálicas, outros 2.500 postos formais de trabalho a menos; e a fabricação de artefatos de cerâmica e argila, mais de 6 mil empregos extintos.

Comércio e serviços

Na medida em que a crise econômica foi se disseminando, a eliminação de postos de trabalho se estendeu em direção aos segmentos de comércio e de prestação de serviços. 

No comércio varejista, o corte do emprego foi generalizado mas ele foi especialmente elevado nas atividades de varejo de móveis, materiais de construção, de vestuário e calçados e de comercialização de automóveis e de celulares e eletrônicos.

O varejo de automóveis e de motocicletas desempregou mais de 10 mil pessoas nesses dois anos. Os de calçados e vestuário, em conjunto,  mais de 17 mil. O varejo de móveis, cerca de 8 mil, e o de material de construção, 4.700.

No segmento de serviços, o transporte de cargas eliminou cerca de 6 mil empregos. Mas os transportes de passageiros também eliminaram muitos postos de trabalho. O fornecimento de alimentos preparados, cortou em torno de 4 mil empregos, as lanchonetes, outros 4 mil, e os restaurantes, 7.400.

As ocupações técnicas e científicas foram fortemente atingidas, tanto as de serviços de engenharia (cerca de 10 mil empregos a menos) quanto as consultoria de gestão (2.700). Não foram poupados nem mesmo os salões de beleza, que cortaram o emprego de 1.855 cabelereiras. 

*Assessor econômico do Governo do Estado de Sergipe




Coluna Ricardo Lacerda
Com.: 0
Por Kleber Santos
Primeira « Anterior « 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » Próxima » Última

Enquete


Categorias

Arquivos