22/05
14:15

Pirambu/SE - Prefeitura suspende serviços por falta de dotação

O que era suposição agora é pura realidade. Foi com essas palavras que o prefeito de Pirambu, Élio Martins (PSC), começou na manhã de hoje a reunião com o seu secretariado para informar a suspensão de alguns serviços por falta de dotação orçamentária e deixando de sob-aviso a possível suspensão de outros dentro dos próximos dias.

Na reunião, o prefeito lembrou que a Câmara de Vereadores reduziu de 80% para 10% a capacidade de remanejamento do orçamento do município, o que tem inviabilizado a realização de obras e serviços, e assim atingindo a partir de agora a população, principalmente a mais carente.

Élio informou ao secretariado que há muito vem conversando com os vereadores da bancada de oposição e mostrando ver a necessidade de alteração no percentual que foi reduzido pelos parlamentares logo após o resultado do pleito eleitoral de 2012, quando o prefeito José Nilton (PMDB), perdeu a reeleição.

- Como os vereadores continuam irredutíveis em suas posições inviabilizando o andamento da administração municipal, a Prefeitura não teve outra alternativa a não ser suspender alguns serviços por falta de recursos para efetuar o pagamento -, disse Elinho, citando como exemplo:

Educação ? O município vinha oferecendo três refeições ao dia e para que os serviços não sejam suspensos e possa se estender por mais tempo possível, as escolas passam a partir de amanhã a oferecer apenas uma refeição ao dia;

Saúde ? Com relação à saúde, o atendimento básico já está totalmente prejudicado nos postos com a falta de gazes, esparadrapo, seringas, soro fisiológico, medicamentos, papel lençol, além de outros produtos;

Transporte ? Já com relação ao transporte escolar, o prefeito avisou que os veículos que são contratados não mais irão circular a partir de amanhã, permanecendo apenas os veículos que são da Prefeitura, ou seja, são irão para a aula os alunos que não dependam do transporte escolar. Com relação ao transporte dos universitários, corre a risco também de vir a ser suspenso por alta de dotação para pagar o combustível.

Infraestrutura ? Com relação aos serviços básicos do município, o prefeito lembra que a empresa LOC Empreendimentos, responsável pela limpeza e coleta do lixo, suspendeu os serviços desde a última segunda-feira.

Elinho anuncia também a suspensão das obras do Povoado Marimbondo que havia sido retomada no inicio de sua gestão.

Uma outra preocupação do prefeito Élio Martins, é com relação a folha de pagamento do pessoal. ?Estamos com dificuldades sim para efetuar o pagamento dos servidores do município?, avisa.

É lamentável que o município de Pirambu esteja passando por essa situação por simples capricho de uma bancada de oposição que não quer o melhor para o seu povo, e continua agindo como se ainda estivesse em plena campanha eleitoral, lamento Elinho, avisando que já está tomando a medidas judiciais cabíveis. 

(Da assessoria)


Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
22/05
07:41

Sergipe: Campanha eleitoral de 2014 começou em 2012, diz senador Valadares

Ao contrário do que andam dizendo os três principais prováveis candidatos ao governo de Sergipe em 2014 – Jackson Barreto, João Alves Filho e Eduardo Amorim - , o senador Antônio Carlos Valadares (PSB) garante que “a campanha eleitoral começou em Sergipe desde aquele processo de escolha da mesa da Assembleia Legislativa, no ano passado, quando houve o racha no bloco governista.

De lá para cá, os grupos se enfrentam com razoável frequência, marcam seus territórios e buscam ampliá-los. Isso está bem visível. Mas a campanha vai se tornar bem mais quente, se é que é possível aumentar a temperatura, a partir do próximo ano”.


Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
22/05
07:28

UFS adia início do período letivo por uma semana

Para reordenar o calendário acadêmico e permitir a agilização de alguns serviços imediatos, a Universidade Federal de Sergipe decidiu adiar o início das aulas, previsto para o próximo dia 27, para o dia 3 de junho.

A medida foi aprovada em reunião realizada no início desta semana e um ato oficial explicando a necessidade deve ser publicada nas próximas horas pela Pró-Reitoria de Graduação e o seu Departamento de Administração Acadêmica (DAA).


Variedades
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
22/05
07:13

Jackson Barreto: "Edvan não é réu primário e não tem bons antecedentes

Em entrevista ao radialista George Magalhães no programa "A hora da verdade" na Megga FM, o vice-governador Jackson Barreto falou sobre diversos assuntos relacionados a administração estadual e a política. Sobre o Proinvest, Jackson Barreto disse que estava feliz pela aprovação mas que o atraso de oito meses causado pelos deputados estaduais de oposição comprometeram as obras em quase um ano devido os prazos burocráticos que precisam ser cumpridos para liberação dos recursos e para os processos licitatórios.

"Não participei do ato para comemorar a aprovação do Proinvest pois me senti muito bem indo representar o governo na inauguração da biblioteca do Campus Antônio Garcia Filho da Universidade Federal de Sergipe em Lagarto", disse Barreto.

"Os deputados estaduais de oposição, a mando do senador Eduardo Amorim reprovou R$ 25 milhões em recursos do Proinvest para a saúde prejudicando os hospitais de Nossa Senhora do Socorro, Itabaiana, Capela, além da maternidade Nossa Senhora de Lourdes, o HUSE e o próprio Hospital do Câncer. Não havia o que festejar com eles", disse Barreto.

Ele lembrou que esta mesma oposição que critica a saúde foi quem negou o Proinvest para estas áreas. "A oposição faz um discurso só que age de outra maneira" falou.

Quando provocado vice-governador Jackson Barreto não tergiversou em chamar o presidente do PTB, o empresário Edvan Amorim de ser trapaceiro. Ele disse que Edvan Amorim é um "ditador que não tem história. Esse Edvan não tem importância nenhuma. Quem é esse homem?", questionou dizendo que ele nem empresário é pois todas suas empresas estão em nome de laranjas. "Quem usa laranjas é porque tem algo a esconder da Justiça", sentenciou.

Jackson Barreto afirmou novamente que José Edvan Amorim foi condenado a 7 anos e 9 meses reclusão pela Justiça Federal do Paraná.

Jackson Barreto criticou também o senador Eduardo Amorim (PSC) e ao deputado federal André Moura (PSC). Em relação a Eduardo Amorim, Jackson informou que ele "passou seis anos em meio no Congresso Nacional, quatro anos como deputado federal e dois e meio como senador e nunca apresentou uma emenda para a Codevasf. Pergunte a ele quantas emendas ele colocou para os perímetros irrigados. Nenhuma, e só agora ele se preocupou porque estão de olho nos cento e dois milhões" disse ele referindo-se aos recursos do PAC da Irrigação que a presidente Dilma está liberando para os perímetros irrigados de todo país.

Em relação ao deputado federal André Moura, Jackson Barreto disse que ele é campeão de processos e que está respondendo a diversos deles por improbidade. "Todos sabem do que aconteceu em Pirambu e Japaratuba. Ele sim é ficha suja", disse.

Desvio de foco - Para Jackson Barreto, a participação de José Edvan Amorim na mídia é para desviar o foco sobre seu irmão, o senador Eduardo Amorim que está respondendo processo por improbidade da época em que foi secretário da saúde. Sobre ser ultrapassado Jackson disse que "A gente vê jovem com ideias velhas e vê adultos com ideias jovens". Sobre isso ainda ele disse que não se importou em ser chamado de velho porque ele seria como vinho "Quando mais velho melhor eu fico, mas muita saúde, força de trabalho e estou jovem o suficiente para ver Sergipe ter um futuro ainda melhor", disse.

Ainda segundo Jackson Barreto, o empresário foi condenado a sete anos e nove meses de reclusão pela Justiça Federal do Paraná, além de uma outra condenação em Alagoas. "Edvan não é réu primário e não tem bons antecedentes. Ele não tem currículo, tem folha corrida", disse.

Sobre os supostos processos e condenações de Edvan Amorim, o vice-governador disse que ele conseguiu trancar a ação no Supremo. "Eu não vou discutir a decisão da Justiça. Mas o povo é que deve tirar a conclusão. Eu nunca tive nenhuma condenação", disse Jackson ao afirmar que as pessoas devem comparar a vida pública dele e a de Edvan Amorim. "Eu não tenho fortunas, emissoras de rádio, fazendas em Minas Gerais nem vinte ou trinta mil cabeças de gado" afirmou.

Para finalizar Jackson Barreto disse que tem andado o Estado todo e aonde chega o clamor da população é um só "o povo tem me dito que pelo amor a Deus não podemos entregar o Estado na mão desse povo", finalizou.


Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
22/05
07:07

Eduardo Amorim quer destinar 30% da receita de multas de trânsito para saúde

O senador Eduardo Amorim (PSC-SE) defendeu em Plenário, a aprovação do PLS 426/2012, que prevê a destinação de 30% da receita arrecadada com a cobrança de multas de trânsito ao Sistema Único de Saúde e ao Fundo Nacional de Saúde. Segundo o senador, o Brasil é um dos que mais sofre com a violência no trânsito, o que acaba gerando custos excessivos ao SUS.

Dados apresentados pelo parlamentar apontam que em 2010, o SUS registrou mais de 145 mil internações de vítimas de acidente a custos de aproximadamente R$ 200 milhões. "Em 2011, o número de vítimas internadas subiu para quase 155 mil, com custo adicional superior a R$ 200 milhões", disse Amorim.

Eduardo Amorim observou que a arrecadação com multas está prevista em mais de R$ 200 milhões no Rio de Janeiro e acima de R$ 1 bilhão em São Paulo. A destinação de parte desses recursos para a saúde seria, na opinião do senador, uma questão de justiça. Ele destacou que a estrutura de financiamento de saúde no Brasil não condiz com a proposta de um sistema público que pretende ser universal e gratuito.


Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
22/05
00:29

TJ de SE faz pesquisa de satisfação

O Tribunal de Justiça de Sergipe (TJSE) está realizando a 5ª pesquisa de satisfação com os usuários da Justiça sergipana. A consulta aos jurisdicionados foi iniciada na terça-feira, 14.05 e se estende até o dia 24.05. Integrante do Projeto de Gestão Estratégica, a pesquisa tem como objetivo conhecer a opinião dos jurisdicionados sobre a prestação jurisdicional do TJSE sobre diversos aspectos como atendimento, horário de audiências e serviços das secretarias judiciais.

Segundo a técnica judiciária e coordenadora pela pesquisa, Adriana Araújo, este ano, o foco da pesquisa será a análise da opinião dos usuários com relação ao prazo para a realização da primeira audiência nos processos. “Também foi priorizada a avaliação dos serviços prestados pela Ouvidoria e a Tecnologia com a ampliação de quesitos relacionados a esses setores”, informou a servidora.

Ainda segundo a coordenadora, o objetivo da pesquisa é analisar as percepções quanto à satisfação e expectativas dos usuários em relação ao Judiciário estadual. “A nossa expectativa é que a pesquisa nos indique onde precisamos melhorar”, completou.

A pesquisa está sendo realizada, por 44 estagiários, em todos os fóruns da capital, incluídos os Fóruns Integrados, o Juizado da Infância e Juventude, Vara de Execuções Criminais (VEC) e a Vara de Execuções das Medidas e Penas Alternativas (VEMPA) e nas Comarcas onde existe mais de um juízo - Itabaiana, Tobias Barreto, Lagarto, Estância, Propriá, São Cristóvão, Glória e Nossa Senhora do Socorro.

Para a economista aposentada Anaide Moraes Fonseca, “é excelente poder ser ouvida pela Justiça do seu Estado. “Assim eles ( do Judiciário) passam a tomar ciência de como o seus serviços estão sendo prestados”.

Já Gérson Cajueiro, engenheiro civil, explicou que a pesquisa é interessante para saber o que o usuário pensa e para poder melhorar o atendimento da Justiça. “O questionário é completo, com perguntas pertinentes e bem feitas”, concluiu. 

(Da assessoria)


Variedades
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
22/05
00:18

Maria Mendonça destaca importância de mobilização contra exploração sexual de crianças e adolescentes

Na sessão desta terça-feira, dia 21, a deputada Maria Mendonça (PSB) usou a tribuna da Assembleia Legislativa para registrar a importância da mobilização em torno do combate à exploração sexual de crianças e adolescentes. A parlamentar lembrou que a Casa aprovou o projeto 158/2011, que hoje é lei e dispõe sobre a Política Estadual de Prevenção, Identificação e Coibição de Práticas de Violência e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

Maria Mendonça disse que, graças a Deus, o projeto foi encampado por diversos órgãos governamentais e entidades não-governamentais que lutam em defesa da criança e do adolescente. A deputada lembrou que durante o mês de maio, quando se comemora o dia de luta contra esse crime, esse tema foi bastante trabalhado. “Isso é importantíssimo porque nós sabemos o quanto crianças e adolescentes são explorados sexualmente”, declarou.

Ela disse que graças a essa mobilização e conscientização dos diversos órgãos, como Ministério Público, Secretaria de Estado da Inclusão Social e todas as entidades que se envolveram, foi possível a realização de uma programação extensa durante todo mês para valorizar a importância da conscientização, dos cuidados, da conscientização da sociedade no sentido de mostrar que criança e adolescente é para ser cuidado com carinho, para ser respeitado e tratado como cidadão e cidadã

A deputada Maria Mendonça disse que essa mobilização se deu em vários momentos e a programação se estende até o final do mês de maio, o que garante a toda sociedade estar interagindo e participando das blitze educativas de trânsito, panfletagem e a exibição de um documentário. “A gente observa que o objetivo maior é conscientizar a população de que o abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes é crime e é sensibilizar a cada um a denunciar, através do Disque 100”, disse.

Ela acrescentou que, além disso, existe um filme que está sendo veiculado e que precisa de um destaque maior. Maria Mendonça disse que entende como muito importante esse vídeo, que foi aprovado pela Secretaria Nacional de Direitos Humanos e Ministério da Educação, que apresenta situações de ocorrência de violência sexual e conscientiza sobre a importância da denúncia em caso de suspeita de abuso sexual de meninos e meninas. Ela disse que os documentários que estão sendo apresentados nas escolas são “O canto de cicatriz” e “A rádio margarida”.

A deputada Maria Mendonça aproveitou a oportunidade e indicou ao governo do Estado, através da Secretaria de Inclusão Social, que fizesse contato com as redes de cinema que atuam em Sergipe para que esses vídeos fossem exibidos nos cinemas dos shoppings, para que a população de um modo geral tivesse acesso a esse conteúdo.

(Da assessoria)


Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
22/05
00:12

Ana Lúcia encampa a luta dos enfermeiros e técnicos de enfermagem

 A categoria de enfermeiros e técnicos em enfermagem se dirigiu à Assembleia Legislativa na tarde da última segunda-feira, 20, para pedir o apoio dos parlamentares na luta pelas 30 horas na jornada. A deputada estadual Ana Lúcia (PT) se pronunciou no grande expediente para reforçar a pauta dos trabalhadores da enfermagem, e colocou para os demais deputados que a indicação para que o governador interceda em favor da pauta dos profissionais, deve ser em nome do colegiado.

 

O trabalho em hospitais é desgastante, convívio com dor, sofrimento e doença, turnos ininterruptos, sábados, domingos e feriados, e muitas vezes com más condições de trabalho, tem provocado insatisfação na categoria.

 

“Eu espero que vocês sejam rapidamente atendidos porque é uma necessidade da categoria. Todas as categorias que lidam com a questão social, como é a minha categoria de professores, enfim, enfermeiros, técnicos em enfermagem, médicos, é uma categoria que chega a exaustão”, declarou Ana.

 

A professora também abordou uma grave preocupação, que são as doenças desenvolvidas no trabalho, como a hipertensão. A categoria apontou que a Síndrome de Burnout tem acometido os trabalhadores da área da saúde, essa síndrome consiste em um distúrbio psíquico de caráter depressivo, precedido de esgotamento físico e mental intenso.

 

Os profissionais da área da saúde precisam de um olhar mais sensível por parte do governo, é preciso desenvolver um olhar que gere motivação, para que a categoria possa também atender bem a população.

 

“Vocês lidam com o limiar da vida e da morte, e ali vocês absorvem a angústia dos familiares, as dores dos pacientes, até a angústia gerada por muitas vezes não ter os equipamentos necessários para o atendimento. Portanto tem que ser uma categoria que deve ter o respeito de toda a sociedade, e de nós agentes públicos”, ressaltou.

 

Ana reiterou o apoio incondicional à categoria, para que consiga ser vitoriosa nacionalmente com a aprovação do PL 2295/00, que prevê a redução da jornada de trabalho para 30 horas semanais. “Eu espero que nós parlamentares também possamos contribuir e agilizar uma emenda ao estatuto de vocês e também com um projeto de lei estadual que assegure essas 30 horas”, asseverou. (Da assessoria)



Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
Primeira « Anterior « 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 » Próxima » Última

Enquete


Categorias

Arquivos