03/05
06:49

Funcaju lança programa Ossos do Ofício com workshop sobre música

A Prefeitura Municipal de Aracaju, através da Fundação Cultural de Aracaju (Funcaju), lança o programa ‘Ossos do Ofício’, que vai investir na formação teórica e prática dos agentes culturais com a realização de palestras, debates e workshops quinzenais. O projeto, realizado através da Escola de Artes Valdice Teles, busca atualizar e produzir conhecimento com as produções da atualidade voltadas para a cultura e a arte.

A primeira edição do 'Ossos do Ofício' acontece nos dias 11 e 12 de maio com o Workshop 'Negócios da Música', com a participação do promotor cultural Bono da Costa, que reside no México. Bono é coordenador da rede Latino América 360 e circula por diversos países promovendo o intercâmbio da produção musical latino-americana. O evento será dividido em dois módulos. O primeiro, no dia 11 de maio, com o tema “Circulação de bandas na América Latina”, e o segundo módulo com o tema “Feiras e festivais de músicas: Como o artista brasileiro deve se colocar diante deste desafio”.

O projeto Ossos do Ofício acontece nos dias 11 e 12 de maio, às 18h30, na Escola de Artes Valdice Teles, que fica localizada na rua Vila Cristina, nº 354, bairro São José. A entrada é gratuita e para mais informações o contato é o telefone (79) 3211-6913.


Variedades
Com.: 0
Por Kleber Santos
03/05
06:48

Edvaldo realiza abertura da 5ª Semana Municipal de Trânsito

O prefeito Edvaldo Nogueira realizou, nesta terça-feira (2), a abertura da 5ª Semana Municipal de Trânsito. Com o tema “Minha escolha faz a diferença”, a mobilização, desenvolvida pela Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) de Aracaju, integra as ações do Maio Amarelo, iniciativa de atuação mundial, que tem o objetivo de chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito. O evento contará com palestras e ações educativas e culturais.

“Fiz questão de participar da abertura da Semana de Trânsito, pois considero extremamente relevante este trabalho de Educação no Trânsito. Infelizmente, o trânsito no Brasil mata muito, mata mais do que guerras, tem deixado muitas pessoas com sequelas graves, se tornou um problema de saúde pública e tendo grande impacto na Previdência. De modo que o nosso esforço é pela conscientização, e o apelo que fazemos é pelo envolvimento de todos, para que cada um faça a sua parte e contribua para tornar o trânsito mais humano e menos violento”, afirmou o prefeito.

Foto: Janaína Santos/PMA


Política
Com.: 0
Por Kleber Santos
02/05
22:47

Maria apela por tratamento para pacientes oncológicos

A ideia é propor Moções coletivas, subscrita por todos os parlamentares que compuseram a Comissão Suprapartidária

A deputada Maria Mendonça (PP) falou hoje sobre (2) a intenção de apresentar duas Moções de Apelo endereçadas ao Governo do Estado e ao Ministério da Saúde para que adotem as medidas necessárias para garantir a celebração de convênio entre o Sistema Único de Saúde (SUS) e a Clinradi, primeira clínica privada de radioterapia de Sergipe.
 
A iniciativa das proposituras não serão de Maria, isoladamente, mas de todos os deputados que compuseram uma Comissão Suprapartidária, formada na semana passada com o propósito de conhecer as instalações da Clinradi.

A intenção, de acordo com Maria Mendonça, é permitir que os pacientes à espera do tratamento oncológico sejam atendidos de maneira digna, sem sofrer interrupções no tratamento. “Tivemos oportunidade de conhecer a estrutura do Centro Médico e perceber a possibilidade de que o Estado ofereça um tratamento de qualidade com tecnologia de ponta para os que estão aguardando há tanto tempo na fila dos hospitais públicos”, justificou Maria.

A deputada acrescentou que, mesmo para quem já está em tratamento, o cenário é preocupante em função da deficiência das máquinas de radioterapia em funcionamento no Hospital de Urgências (Huse) e no Hospital de Cirurgia. “Na semana passada acompanhamos, mais uma vez, a máquina do Cirurgia quebrada, interrompendo o tratamento de 38 pessoas”, lembrou.

Maria Mendonça também enfatizou que o convênio com a Clinradi vai permitir que o Estado diminua os custos com o Tratamento Fora de Domicílio (TFD) ofertado àqueles que se deslocam até outros estados para conseguir realizar as sessões radioterápicas. “Até que o Hospital do Câncer seja construído precisamos deste tratamento de forma muito veemente. Os pacientes não podem esperar, porque se não, o câncer mata”, alertou.

Foto: Jadílson Simões


Coluna Afonso Nascimento
Com.: 0
Por Kleber Santos
02/05
22:44

Ordem DeMolay pede apoio de Luciano Bispo para evento em Sergipe

Em meados de 2018, o Estado de Sergipe vai sediar o XIV Congresso Nacional de DeMolay (CNOD), um evento que recebe, em média, 1500 participantes de outras regiões do Brasil, de outros países da América do Sul, da América Central e até da América do Norte. Já preocupados em acomodar os visitantes em Aracaju, representantes da Grande Conselho da Ordem Demolay para o Estado de Sergipe, Wellington Júnior, Bruno Fisher e Jeferson Dantas, visitaram na manhã dessa terça-feira (2), o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Luciano Bispo (PMDB), para pedir sua intervenção junto ao Governo do Estado.

Demolay 1Ao fazer a exposição ao deputado estadual, Jeferson Dantas explicou que “nós somos uma Ordem Juvenil, mantida pela Maçonaria e nós viemos fazer um apelo ao presidente Luciano Bispo no sentido que no ajude no planejamento deste Congresso Nacional que nós vamos promover em 2018, cuja preparação nós vamos iniciar de fato em julho, quando receberemos a ‘chave’ do evento em Belém (PA)”. O evento está previsto para acontecer em Aracaju entre os dias 20 e 22 de julho do próximo ano.

Os jovens reivindicaram o apoio de Luciano Bispo para garantir a liberação do Teatro Tobias Barreto e do Centro de Convenções de Sergipe. “Estamos falando de um evento que varia de 1500 a 2000 mil participantes. É gente do Brasil todo e de outros Países visitando nosso Sergipe e aquecendo a nossa economia. Queremos acomodar bem esse montante de gente e ficamos felizes com a receptividade do deputado Luciano Bispo”.

Por sua vez, Bruno Fisher destacou o potencial do evento e o incremento para a economia sergipana. “Vamos movimentar o turismo do Estado, durante um final de semana, e vão vender a imagem de um povo receptivo nos locais onde eles moram. A nossa intenção também é fomentar o turismo e por isso nós queremos o apoio do deputado para viabilizar esses espaços e da Assembleia Legislativa na divulgação do evento”.

Luciano Bispo

Luciano BispoJá o presidente Luciano Bispo reforçou que tem todo interesse em ajudar no sucesso do evento. “A juventude que tem o apoio da Maçonaria já está planejando este grande evento para 2018. Eles vieram pedir o nosso apoio para viabilizar esses espaços e nós temos certeza que vamos conseguir isso junto ao Estado. E a TV Alese também dará total apoio na divulgação deste evento que reunirá cerca de duas mil pessoas em Aracaju. É evidente que o governo se somará”, disse o deputado, assegurando que vai conversar sobre o assunto diretamente com o governador Jackson Barreto (PMDB).

Ordem DeMolay

A Ordem tem mais de 28 anos de fundação em Sergipe e tem como base a construção do caráter do jovem com base em Sete Virtudes Cardeais que são: Amor Filial, Reverência pelas coisas sagradas, Cortesia, Companheirismo, Fidelidade, Pureza e Patriotismo. A Ordem tem caráter filantrópico e filosófico que tem como objetivo ensinar os jovens de nossa sociedade a serem bons filhosm melhores amigos e patriotas. Presente em 13 países, apenas no Brasil são mais de 55 mil membros ativos.

Foto: Jadílson Simões


Política
Com.: 0
Por Kleber Santos
02/05
21:19

É puro ciúme

As movimentações que estão acontecendo no bloco governista no sentido de criar um segmento com força política para disputar o Governo de Sergipe em 2018, comenta-se a boca miúda, são consequência da aproximação do governador Jackson Barreto (PMDB) aos deputados federais André Moura (PSC) e Laércio Oliveira (Solidariedade). Então, tudo não passa de ciúmes.

Os deputados federais João Daniel (PT), Fábio Mitidieri (PSD) e Fábio Reis (PMDB) e os presidentes do PRB, Heleno Silva, e do PT, Rogério Carvalho, aliados de primeira hora do governador, têm conversado com muita frequência sobre a chegada de Laércio Oliveira ao grupo. Ninguém assume a crítica, mas sabe-se que acham Oliveira extremamente vaidoso e não se posiciona como político, deixando claro ser empresário no exercício de mandato. Apenas isso.

A chegada de Laércio Oliveira ao grupo ampliou a chamada bancada governista federal, entusiasmou o grupo a colocá-lo como líder, a afastar-se cada vez mais do senador Antônio Carlos Valadares (PSB) a ponto de querer tirá-lo do posto de coordenador da bancada e a apostar que o “cristão novo” do bloco Jacksista não lhes causaria danos. E aí, Laércio foi conquistando espaço. Diante disso, foi isolado pelos novos aliados.

André Moura foi escolhido pelo presidente Michel Temer para ser seu líder no Congresso Nacional e o governador Jackson Barreto sentiu a necessidade de se aproximar dele. Moura passou a abrir portas nos ministérios e a estar cada vez mais próximo de Temer. Tornou-se necessário a JB, que também passou a lhe dar asas, isso pela reforma do aeroporto, pelo canal de Xingó, pela conclusão das obras da duplicação da BR-101 e, quem sabe, pela possível duplicação da BR-235.

O contexto das aproximações e o avançar dos dias rumo ao pleito de outubro de 2018 têm levado os governistas antigos, aqueles que o deputado Fábio Mitidieri diz que “valem ouro”, a ficarem de olho nos cristãos novos, aqueles que estão chegando para o bloco agora e que “valem prata”. A marcação é ferrenha e tem gente acreditando que JB abandonaria todos os velhos aliados e poderia viabilizar uma chapa majoritária com ele, André Moura e Laércio Oliveira.

É isso o que está acontecendo. É puro ciúme.



Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
02/05
15:48

Repercussão - PDT e PC do B negam participação em reuniões

O Presidente do PDT, em Sergipe,  Fábio Henrique, informou hoje,  através das redes sociais,  que o seu partido não participou de nenhuma reunião para tratar de participação do segmento político que vem sendo articulado pelo PT, PRB e PSD e afirmou que pretende acompanhar a decisão do governador  Jackson Barreto. O PCdoB informou que não participou de qualquer reunião com o objetivo de tratar sobre a sucessão de 2018.  Sendo assim não autoriza ninguém a falar em nome do partido no que se refere ao apoio a qualquer candidatura. Novamente consultado, o deputado João Daniel disse que existe a pretensão de ampliar as discussões sobre o pleito de 2018 e que o PDT e o PC do B serão convidados para discutir. 



Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
01/05
16:33

Lideranças do PT, PSD, PDT, PC do B e PRB querem Rogério para o Governo de SE

Diante da decisão do governador Jackson Barreto (PMDB) de não disputar cargo eletivo em 2018, partidos de sua base aliada estão realizando reuniõese discutindo o próximo processo eleitoral e a necessidade de apresentar nomes para compor a chapa majoritária. As conversações, segundo o deputado federal João Daniel (PT), já chegaram a membros do PT, PSD, PDT, PC do B e PRB, devendo atingir logo em breve outros partidos. Nesse grupamento, foi apresentado o nome do presidente do PT, ex-deputado federal Rogério Carvalho, para disputar o Governo de Sergipe. “Vamos construir candidaturas ao Governo e ao Senado e colocar os nomes para a avaliação dentro do grupamento, que está crescendo, e deseja eleger o sucessor do governador Jackson Barreto”, declarou João Daniel.



Política
Com.: 1
Por Eugênio Nascimento
Primeira « Anterior « 8 9 10 11 12 13

Enquete


Categorias

Arquivos