04/07
13:43

Pedrinho do PT anuncia apoio a Venâncio Fonseca do PP

O  prefeito de São Domingos, Pedrinho do PT, declarou hoje pela manhã ao radialista George Magalhães, da Fan FM, que está se aproximando ao deputado estadual Venâncio Fonseca  e viabilizando uma aliança política para o pleito de 2018. Eles eram adversários políticos.

 Pedrinho informou que o município precisava de uma representação forte na Assembleia Legislativa, com o objetivo de conseguir recursos para realização de obras. “Temos o pleito de uma grande e moderna avenida e o deputado está comprometido em destinar recursos do orçamento para que a obra seja realizada”, informou o prefeito.

Quando indagado por George Magalhães se a direção do PT tinha conhecimento da aliança, Pedrinho informou que fez tudo com transparência. “A decisão foi tomada de forma transparente, os companheiros Rogério Carvalho e João Daniel foram informados, não tenho o que esconder, temos que pensar em nosso município e o melhor para o nosso povo”, declarou o prefeito.



Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
04/07
11:52

Chuvas, frio e ventos voltarão a atingir Sergipe

Novas ondas de chuvas, frio e ventos fortes, consequência de movimentações de massa de ar polar devem chegar ao Brasil nos próximos dias e elas atingirão também Sergipe. Essa previsão vem sendo feita desde ontem por meteorologistas de todo o país. Em Sergipe, Overland Amaral, meteorologista que atua junto à Secretaria de Estado  do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), disse que o cenário que temos pode possibilitar a vinda mais ondas de frio e vento nos próximos dias para o Estado, que desde o final de semana enfrenta esses fenômenos meteorológicos em quase toda sua totalidade.



Variedades
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
04/07
10:30

Famílias sergipanas reduzem inadimplência pela metade

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (Fecomércio), está comemorando o resultado da Pesquisa de Endividamento e Intenção de Consumo (PIEC), mais recente. O dado que leva à comemoração é o fato de as famílias sergipanas estarem no menor patamar de endividamento desde o início da série histórica da PEIC em Sergipe.

O volume de famílias sergipanas que se encontram em condição de endividamento diminuiu consideravelmente no período de um ano, fazendo o comparativo de junho de 2016, com junho deste ano, além de apresentar o menor nível, desde 2015, quando os estudos por meio de pesquisas foram iniciados, na gestão do presidente Laércio Oliveira. Sergipe hoje apresenta uma condição muito favorável para as famílias em sua recuperação financeira.

De acordo com os dados apurados pela pesquisa feita com mil pessoas na capital e interior de Sergipe, o número de sergipanos endividados em junho de 2015 recuou 17,2% em comparação ao ano de 2016, o que significa que mais de 50 mil famílias deixaram a condição de endividamento. Em 2016, o número de famílias sergipanas endividadas era de 84,4%. Atualmente, o total caiu para 67,2% de famílias endividadas.

O presidente da Fecomércio, Laércio Oliveira, vibrou com o resultado e destacou que esse é um sinal de recuperação da economia sergipana.

“Esse é um número que podemos comemorar muito. A crise econômica afetou o povo sergipano de maneira que chegamos a quase 90% da população possuindo algum tipo de dívida. Esse quadro estava muito preocupante. Hoje temos muito a comemorar, pois o sergipano se reeducou financeiramente e priorizou o pagamento de suas contas, principalmente as que estavam atrasadas. Isso criou um equilíbrio em nossa economia e agora é esperar que os dias melhores continuem chegando, pois, nossa recuperação começou”, disse um animado Laércio.

Fatores importantes como a liberação de saque dos recursos das contas inativas do FGTS, além da redução da inflação acumulada de itens básicos, como alimentação, higiene pessoal e vestuário, influenciaram positivamente na recuperação da capacidade de endividamento das famílias. Em outra vertente da mesma pesquisa, as famílias apontam elevação na intenção de consumo.

O número de famílias sergipanas com contas em atraso também reduziu consideravelmente. Em comparação a junho do ano passado, quase metade das famílias que possuíam contas atrasadas saíram dessa condição. Em junho deste ano, o número foi fechado em 30%, comparado ao mesmo período do ano passado, a redução é vertiginosa, dados os 50,4% aferidos em 2016. O número de famílias em completa condição de inadimplência caiu pela metade. Em junho de 2016, o número era de 15,1%, e atualmente atingiu apenas 7,5%. Isso também mostra a perspectiva de melhoria da economia em nosso estado. Laércio Oliveira comentou o resultado.

“A queda do número de famílias inadimplentes é um fator importante para a economia. São essas pessoas que voltam para o mercado de consumo com suas contas organizadas, sabendo como vão gastar seu dinheiro em compras de produtos e serviços, melhorando sua qualidade de vida, sem comprometer o seu orçamento. A crise educou nossa população, que passou a administrar melhor o seu dinheiro e elencar prioridades para os seus investimentos. Metade das famílias inadimplentes voltou ao mercado de consumo sergipano. Esse é um número que devemos comemorar”, comentou.

(Da assessoria)


Economia
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
04/07
09:08

Fila bem indiana

Geraldo Duarte*
Advogado
 
Testemunha de acontecimento curioso, presenciado no aeroporto de Toronto, Canadá, busquei a origem e o porquê da expressão fila indiana.

A uns, essa organização de pessoas, uma seguida de outra e em linha, principiou com nossos indígenas, conforme os colonizadores portugueses. Diziam que, à época do Descobrimento, silvícolas visando maior mobilidade na floresta, deslocavam-se em filas, também evitando isolarem-se do grupo e melhor defenderem-se.

A outros, o perfilhamento surgiu em tribos norte-americanas, tendo objetivo bélico. Os guerreiros seguiam em coluna, pisando sobre as pegadas do da frente, destruindo-as ou as deformando e enganando o inimigo. Servia, ainda, para se abrigarem próximos, atrás de troncos de árvores ou pedras.

Na Guerra da Independência (1775-1783), o exército dos USA utilizou a tática dos índios, atacando e vencendo os soldados ingleses que agiam em blocos e mais se expunham.

A “indiana” da fila, assim, não se relacionaria ao país Índia.

Voltando à chegada a Toronto. No início da grande fila da aduana, parecendo labirinto, via-se um senhor alto, usando colorido turbante, enorme bigode de pontas modeladas, longo dhoti sobre a vestimenta comum e segurando vários passaportes.

Chamado, convidou seus acompanhantes e, quando liberados, arrumaram-se enfileiradamente e saíram.

Na retirada das bagagens, reencontro-os. Somavam dez, malas à mão e mesmo ordenamento. O do turbante, disse algo ao imediato e a fala repetiu-se até o último. Deste, voltou a aquele que, com notado aceno, deu-se em caminhada e foram-se.

Ali, verdadeira fila e, sem dúvida, totalmente indiana...
 
*Dicionarista  


Colunas
Com.: 0
Por Kleber Santos
04/07
09:04

Em abril, venda de gasolina cresceu 3% em Sergipe

Análise realizada pelo Boletim Sergipe Econômico, parceria do Núcleo de Informações Econômicas (NIE) da Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (FIES) e do Departamento de Economia da UFS, com base nos dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), indicou que as vendas totais de combustíveis, no quarto mês do ano, ficaram em 71,4 milhões de litros, assinalando queda de 3,1%, em relação ao mesmo mês de 2016.
 
Na comparação com o mês imediatamente anterior, março último, as vendas totais registraram queda de 8,6%. De janeiro a abril do ano andante, as vendas de combustíveis superaram os 294,5 milhões de litros, assinalando recuo de 1,2% em relação ao mesmo período de 2016.
 
Combustíveis comercializados em Abril/2017
 
Foram vendidos aproximadamente 33,3 milhões de litros de gasolina, em abril deste ano. Em termos relativos, houve alta de 3% nas vendas, em relação ao mesmo mês do ano passado. Porém, na comparação com o mês imediatamente anterior houve retração de 6,5%.
 
A comercialização do etanol hidratado assinalou baixa de 39,6%, no mês em análise, quando confrontado com o volume de vendas do mesmo mês de 2016. Em volume, as vendas ficaram próximas de 1,2 milhão de litros. Na comparação com o mês imediatamente anterior, verificou-se queda no consumo de 20,9% para o combustível.
 
No tocante ao óleo diesel, foram comercializados mais de 24,8 milhões de litros, em abril. Em termos comparativos, verificou-se queda de 8,2% em relação ao mesmo mês do ano que findou. No comparativo com o mês anterior, março último, também se notou queda, alcançando 8,9%.
 
A venda do combustível utilizado pelas aeronaves, o chamado querosene de aviação, superou os 2,1 milhões de litros, apresentando alta de 17,2% em relação a abril de 2016. Porém, quando comparado com o mês imediatamente anterior, as vendas recuaram de 14,8%.


Economia
Com.: 0
Por Kleber Santos
04/07
05:15

27 Comarcas e 63 municípios sergipanos continuam sem Defensores Públicos

A Emenda Constitucional 80/2014 – que completou três anos no dia 4 de junho –, diz que a União, os Estados e o Distrito Federal deverão contar com defensores públicos em todas as unidades jurisdicionais no prazo de até oito anos e a lotação deverá ocorrer, prioritariamente, atendendo as regiões com maiores índices de exclusão social e adensamento populacional, porém, o Estado de Sergipe continua com número reduzido de defensores públicos e a população de 63 municípios não tem acesso à justiça gratuita.

O Estado de Sergipe tem 39 Comarcas, mas apenas 12 contam com defensores públicos. “Infelizmente o quadro de defensores públicos é limitado a 100 membros e para ampliar só com alteração da Lei, mesmo assim não está completo porque só contamos com 97 defensores públicos para atender 12 municípios. Estamos lutando para completar o quadro, mas infelizmente dependemos de repasse de recursos do Estado, o que dificulta a nomeação de novos defensores públicos. Além disso, o último concurso para o cargo está prestes a se expirar e não temos recursos para nomear”, lamenta a corregedora geral, Andreza Tavares.

O defensor público geral, Jesus Jairo Lacerda, disse que a Defensoria Pública de Sergipe avançou com a autonomia administrativa e financeira, mas sem recursos para ampliar o quadro e melhorar a estrutura não há muito que se comemorar. “Infelizmente ficamos de mãos atadas, pois não podemos ampliar o número de defensores públicos e melhorar a estrutura porque não dispomos de recursos. É preciso que o governo se sensibilize ainda mais com a situação de milhares de famílias que estão sem acesso à justiça, principalmente no interior do Estado”, disse.

Hoje no Brasil há cerca de 5.800 defensores públicos e de acordo com o Ministério da Justiça, o ideal é um profissional para atender cada grupo de 15 mil pessoas. No entanto, o déficit da categoria é de pelo menos 6 mil.

Conforme dados do IV Diagnóstico da Defensoria Pública, a Instituição só está presente em 40% das unidades jurisdicionais do território nacional. A balança da Justiça mostra-se ainda mais desequilibrada quando comparado o número de juízes (11.807) e de promotores (10.874).


Política
Com.: 0
Por Kleber Santos
03/07
23:13

Eleições dos Conselhos Escolares são realizadas em mais de 200 unidades escolares

A Secretaria de Estado da Educação (Seed) realiza, por meio da Coordenadoria de Gestão Democrática, Articulação e Assistência aos Municípios (Cogedam), nesta segunda-feira, 3, as eleições para escolher os representantes dos Conselhos Escolares. Mais de 200 unidades escolares participam deste processo.

De acordo com a diretora da Cogedam, Simone Paixão, a elaboração do Edital para o Processo Eleitoral dos Conselhos Escolares da Rede Estadual contou com a colaboração e sugestões dos representantes da Seed, Sintese e das Diretorias Regionais de Educação (DREs). “A gestão democrática favorece os avanços no universo escolar.  Ela é possível a partir do fortalecimento dos Conselhos Escolares”, disse. 

A diretora do Colégio Estadual Professora Valnir Chagas, Katianamara Ramos da Purificação salientou que o Conselho Escolar tem função deliberativa, administrativa e financeira. “Com o envolvimento de todos os membros é possível pensar em ações que priorizem melhorias”, declarou. 

A aluna do 9° ano do Colégio Estadual Professora Valnir Chagas, Vanessa Leal Paiva Nunes, é uma das candidatas para representar os alunos. Para ela, a gestão democrática promove avanços significativos no universo escolar. “Se eu for eleita irei lutar para que todas as solicitações sejam atendidas”, afirmou. 

Raphael Lopes dos Santos é secretário do Colégio Estadual Professora Valnir Chagas e candidato na chapa de funcionários. Para ele é necessário pensar em ações que possam priorizar a melhoria da qualidade do ensino. “É importante o envolvimento e a participação de todos os segmentos para desenvolver um excelente trabalho dentro da escola”, comentou.


Política
Com.: 0
Por Kleber Santos
03/07
23:12

Prefeita Lara buscar quitar precatórios

Na manhã desta terça-feira (28), a prefeita Lara participou de audiência com o presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 20ª Região, desembargador Thenisson Santana Dória, com o objetivo de quitar a dívida de precatórios trabalhistas do Município de Japaratuba.
  
Com mais esta iniciativa e o apoio institucional do TRT-20ª Região, até o mês de dezembro deste ano, praticamente toda a lista de precatórios trabalhistas estará quitada. “Este compromisso com os trabalhadores do município se soma aos outros já assumidos por nossa gestão, ainda no primeiro semestre.
Ao todo já foram pagas três folhas de pagamento atrasadas e deixadas pela administração anterior”, informou Lara.
 
Na oportunidade, a prefeita buscou a parceria do TRT-20 ainda para projetos na região, colocando à disposição a infraestrutura da prefeitura, o que contou prontamente com a boa recepção do desembargador-presidente, que já desenvolve projetos sociais pelo TRT e vem modernizando a gestão de processos trabalhistas, a exemplo do recente lançamento do aplicativo JTe.
 
A reunião contou com a participação do subsecretário judiciário do TRT-20, Fábio Mesquita, e do procurador do Município de Japaratuba, Rafael Resende de Andrade.
 
Secretaria da Comunicação Social


Política
Com.: 0
Por Kleber Santos
Primeira « Anterior « 10 11 12 13 14 15 16 17 » Próxima » Última

Enquete


Categorias

Arquivos