28/08
09:58

João Alves só quer o tempo de mídia do PSDB de Albano

Eugênio Nascimento


Ainda que aparentemente solucionada com a designação do empresário Adierson Monteiro para comandar os destinos do PSDB em Sergipe, a crise entre os tucanos, liderados pelo ex-deputado federal Albano Franco, e o DEM, do ex-governador João Alves Filho,  terá continuidade. As duas principais lideranças dos dois partidos não se odeiam, mas não se suportam juntos até por que esse é um consenso, principalmente entre os seus seguidores.

Publicamente, Albano e João dizem que não existe qualquer área de atrito entre eles e que se conhecem há muitos anos. Mas é evidente que o convívio é difícil, pois Albano se sente agredido sempre pelas declarações de demistas na mídia e os militantes do DEM mostram-se agredidos com o descaso do tucano em relação aos acordos políticos  que os dois partidos fazem por força da aliança nacional fechada pelos diretórios.


O DEM parece não ter interesse em Albano e seus seguidores, mas apenas no tempo do horário gratuito na TV e rádio. Os demistas sabem das dificuldades que João Alves tem para explicar seus projetos em pouco tempo e que por isso precisa juntar-se com o maior partido de oposição do país para que possa falar de seus objetivos na Prefeitura de Aracaju, se for disputa-la em 2012, e no governo do Estado, caso seja candidato em 2014.


As eleições de 2012 e 2014 parecem ser os últimos suspiros do DEM, um partido que se encontra totalmente desgastado e com seus quadros na esfera nacional abandonando-o, a exemplo do prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, que será a principal liderança do PSD, partido que em Sergipe está sob o julgo do governador Marcelo Déda (PT). Ao longo de sua história, o DEM esteve envolvido numa série de escândalos e isso o destruiu.


Ainda que com a imagem arranhada e rejeitado dentro do seu próprio campo de aliança (o PSDB quer evitar, na esfera nacional, o abraço de afogados), o DEM de Sergipe desperta paixões muitos interesses políticos no Estado. Ele pode reunir em torno de si partidos como o PPS e tem a simpatia de muitas dessas agremiações que se encontram acalantadas nos braços do governador Marcelo Déda., Além disso, João aparece como 1º colocado nas pesquisas.


Por conta disso, se nacionalmente o DEM já está triturado e os seus quadros aguardando apenas os resultados das eleições de 2012 para definirem que rumo tomar, em Sergipe o partido aposta numa vitória eleitoral em Aracaju, onde as preferências eleitorais andam um tanto confusa. Os demistas dizem não ter dúvidas de que João  ganha o pleito. Os governistas garantem não ter medo e que Déda, Valadares (PSB), Jackson Barreto (PMDB) e os irmãos Amorim elegem quem desejar.


Como faltam apenas 13 meses para as eleições municipais, os partidos correm em busca de novos quadros para se fortalecerem para o pleito. O prazo para adesões (mudanças de partido) termina no final de setembro, mas as movimentações de figuras eleitoralmente expressivas serão pequenas, até porque a legislação é rígida e pode punir quem tem mandato com a perda dele em caso de mudanças não acordadas com os partidos.

No mais, que fique claro, esse caso de amor de Albano e João pode terminar mesmo em casamento, mas, se isso acontecer, eles levarão a vida  entre tapas e beijos. Esse caso de amor ainda vai dar muito o que falar. É só aguardar o encaminhamento da novela sempre de olho nas cenas do próximo capítulo.



Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
28/08
09:41

Em Sergipe - Comissão de Parlamentares discute salários e concede coletiva nesta 2ª feira

Entrevista coletiva será às 7 horas no Hotel Aquarios, em Aracaju 

A Comissão Especial do Congresso Nacional destinada a proferir parecer ao Projeto de Lei nº 7.495/96, que regulamenta as atividades dos agentes de Saúde e de Endemias, define o piso nacional da categoria e que cria 5.365 empregos públicos de Agente de Combate às Endemias, no âmbito do Quadro Suplementar de Combate às Endemias da Funasa, promove um seminário nesta segunda-feira (29), no plenário da Assembleia Legislativa, às 9h, para debater o assunto. Antes disso, às 7h, os deputados federais André Moura, Domingos Dutra (PT/MA) - relator - e Benjamim Maranhão (PMDB/PB) - presidente - estarão à disposição da imprensa para uma breve coletiva sobre o Seminário no Hotel Aquarios.  O encontro foi motivado por  um requerimento do deputado federal André Moura (PSC), que é membro da Comissão Especial. A expectativa é que o seminário seja bastante concorrido e deverá contar com as presenças de agentes de Saúde de vários municípios sergipanos. Membros da bancada federal sergipana, deputados estaduais, prefeitos e vereadores também já confirmaram suas presenças.



Colunas
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
28/08
09:34

Almeida Lima: Ainda é cedo para falar sobre ser ministro ou deixar o PMDB

“Eu não pretendo falar agora sobre ocupar ou não ocupar um ministério no governo Dilma e também não falarei sobre sair ou ficar no PMDB. São Coisas que estão sendo conversadas emn outras esferas e não vou me precipitar. Quem quiser que fale o que quiser. Eu só falarei no momento que me for mais oportuno”. A declaração é do deputado federal José Almeida Lima (PMDB), que esteve muito cotado para ser ministro do Turismo da presidente Dilma e agora é alvo de cogitações para se filiar ao PPS. “Eu não sei sequer se sairei do PMDB. Vamos aguardar as coisas acontecerem", comentou. (Eugênio)



Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
28/08
09:10

TRE-SE: Problemas de comunicação interrompem serviços na central de atendimento

Recadastramento biométrico sofreu interrupção por causa de problemas gerados pela OI