01/08
05:22

Novo produto do Banese beneficiará instituições filantrópicas

“Troco Premiado” beneficiará entidades beneficentes apoiadas pelo Instituto Banese 

O Banco do Estado de Sergipe (Banese) lançará em breve o título de capitalização “Troco Premiado”, que beneficiará projetos sociais de instituições filantrópicas sergipanas. O produto será comercializado nos Pontos Banese existentes em todo o estado. Para adquiri-lo, e participar de uma boa ação, basta deixar seu troco no valor de R$ 0,01 a R$ 9,99 no Ponto Banese onde você for pagar alguma conta. 

Feito isso, a pessoa ganha um número da sorte e com ele concorre a um prêmio de 5.025 vezes o valor do troco que deixar no Ponto Banese. Os sorteios serão realizados mensalmente, pela Loteria Federal, e os participantes poderão ganhar até R$ 50 mil. Metade do que for arrecadado com o “Troco Premiado” será destinado ao Instituto Banese, que repassará os recursos para as entidades filantrópicas apoiadas pelo Instituto.

Idealizado pelo Banese, em parceria com a Icatu Seguros, o “Troco Premiado” deverá ser lançado nos próximos dias. “Esse produto tem um apelo social muito grande e é de fácil comercialização”, afirmou o gerente da Icatu em Sergipe, Márcio Ribas, durante treinamento de vendas que ministrou nesta quinta-feira, 27, no Centro Administrativo Banese (CAB), em Aracaju. 

O treinamento dado pelo gerente da Icatu reuniu cerca de 40 participantes, representantes de Pontos Banese de várias regiões do estado, e contou também com a presença do diretor Administrativo do Instituto Banese, Francisco Santos. Durante o evento, Francisco Santos ressaltou a posição do Instituto Banese como “braço social e cultural do Banco do Estado”, bem como a importância de cada uma das entidades beneficentes apoiadas pelo Instituto.


Economia
Com.: 0
Por Kleber Santos
01/08
04:21

Tribunal de Contas apresenta o Ranking da Transparência das Prefeituras e Câmaras

O Tribunal de Contas apresentou na manhã desta segunda-feira, 31, o Ranking da Transparência com a relação das notas de todas as Prefeituras e Câmaras Municipais de Sergipe. Foi durante o Segundo Fórum de Gestão Transparente, evento que tratou sobre as exigências da Lei de Responsabilidade Fiscal e da Lei de Acesso à Informação quanto ao direito de o cidadão saber sobre os dados institucionais dos órgãos públicos, garantindo a ele que acompanhe como o dinheiro público está sendo utilizado e, assim, ajude a fiscalizar.

O conselheiro presidente Clóvis Barbosa abriu o evento destacando o trabalho de avaliação dos municípios feito pela Diretoria de Controle Externo do TCE/SE e destacando a relação inversa que existe entre transparência e corrupção. “O Tribunal de Contas tem que estar à disposição de todos, com o seu portal e com o portal da transparência, sempre com dados atualizados para facilitar o acompanhamento dos demais órgãos. Mas cabe aos jurisdicionados fazerem seus portais da transparência”, disse o presidente.

Antes do início das palestras, foram homenageadas as prefeituras de Barra dos Coqueiros, Campo do Brito, Divina Pastora, Nossa Senhora Aparecida, Nossa Senhora das Dores e Riachuelo. “Hoje em especial fizemos essa singela homenagem às seis prefeituras nota 10 em transparência, como forma de reconhecimento e também de incentivo para as outras”, completou.

Adir Machado, diretor de Controle Externo de Obras e Serviços do TCE/SE, exibiu o Panorama da Transparência em Sergipe, apresentando o resultado das avaliações realizadas no mês de julho, seguindo a diretriz da Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro (ENCCLA), formada por 70 órgãos dos três poderes da República e com a qual o Tribunal de Contas de Sergipe está comprometido.

Ele destacou o avanço dos portais das Prefeituras e Câmaras. “O foco da métrica adotada é ter uma informação clara, que atenda ao cidadão e que ele possa conhecer, e não apenas um relatório técnico para o TCE. Um dos requisitos para ser nota 10 é que a informação deve estar inteiramente disponível na rede”, explicou Adir. “O grande segredo tem sido a parceria do TCE com os outros poderes, incrementando a participação da sociedade, tendo em vista que o Tribunal já rejeitou contas porque a transparência não foi obedecida. Hoje já observamos uma melhora visível no mapa de Sergipe de 2016 para 2017”.

Prêmio à boa gestão
O procurador geral do Ministério Público de Contas, João Augusto Bandeira de Mello, abordou os Impactos da Lei de Acesso à Informação no julgamento das Contas. “Com a homenagem que as prefeituras nota 10 receberam hoje vemos que é possível e absolutamente necessário esse esforço em termos de transparência. É preciso saber o que é controlar, como um meio de obtenção de resultado para uma boa gestão, os meios para que uma boa gestão se concretize, como também qual o resultado que estamos buscando e o que seria o interesse público. O Tribunal de Contas está de parabéns em prestar essa homenagem, que serve como uma sanção premial, destacando a gestão que apresentou um bom resultado”, falou o procurador.

Bandeira de Mello acrescentou, ainda, como a transparência é relevante e induz à realização de boas práticas, o controle social, a profissionalização da gestão, a correta e tempestiva contabilização e o combate à corrupção. “Os Tribunais de Contas julgam condutas, deve-se verificar se o gestor está agindo em prol do interesse público, por isso a apreciação das contas deve acontecer da forma mais racional possível”.

Ainda como parte da programação, Cláudio Luiz da Silva, diretor de Modernização e Tecnologia do TCE/SE, apresentou o novo portal da Corte de Contas e o novo sistema e-TCE, implantado com o objetivo principal de eliminar o uso do papel. “Existia um consumo de mais de dois milhões de folhas de papel por ano, e o que está por trás disso é a ineficiência operacional. Devemos fazer um melhor uso da tecnologia que temos disponível e alcançar maiores níveis de transparência”, finalizou.

Foto: Cleverton Ribeiro/TCE


Política
Com.: 0
Por Kleber Santos
01/08
03:20

Secretaria do Tesouro Nacional eleva classificação do estado de Sergipe em relação à política de gestão fiscal

???????Elevação da classificação significa que o governo de Sergipe está no caminho correto para superar a crise financeira com desempenho positivo nas medidas de redução de gastos da máquina pública e controle das despesas para o equilíbrio financeiro

“Esse é o reconhecimento de que estamos fazendo o dever de casa e é uma resposta ao esforço do governo do Estado em cumprir as determinações da STN para realizar um ajuste fiscal que permite buscarmos recursos para investimentos em áreas importantes que vão beneficiar o nosso povo’. Foi com essas palavras que o governador Jackson Barreto recebeu a notícia de que a Coordenação-Geral das Relações e Análise Financeira dos Estados e Municípios (Corem), da Secretaria do Tesouro Nacional (STN), elevou o conceito do estado de Sergipe no cumprimento das políticas de gestão fiscal aplicadas durante o ano de 2016 e avaliou como conceito bom o desempenho perante todos os demais estados. 

A elevação da classificação significa que o governo de Sergipe está no caminho correto para superar a crise financeira com desempenho positivo nas medidas de redução de gastos da máquina pública e controle das despesas para o equilíbrio financeiro.

A classificação conceitual atribuída ao Estado (rating) é resultado de uma criteriosa análise de todos os indicadores a respeito da execução orçamentária, realização das receitas estimadas para o exercício, cumprimento dos gastos mínimos nas áreas de saúde e educação, atendimento dos limites de gastos de pessoal, execução e limites de inscrição de restos a pagar, limites da dívida consolidada líquida e de operações de crédito, dentre outros indicadores.

O resultado do relatório da STN atesta a eficácia das medidas aplicadas pelo governo do Estado no controle do gasto público e no atingimento das metas de crescimento das receitas próprias, ainda que o quadro de retração da economia cause impacto direto no comportamento da arrecadação. No documento produzido, a secretária do Tesouro Nacional, Ana Paula Vitali Janes Vescovi, pontua cada aspecto dos compromissos assumidos no Programa de Reestruturação em dezembro de 2015, analisando de forma técnica os dados e informações consolidados do desempenho das receitas e despesas ao longo do exercício de 2016. De acordo com Ana Paula Vitali, todas as metas estabelecidas no acordo foram devidamente cumpridas, desempenho que certifica a Sergipe a sua adimplência junto à STN.  


Política
Com.: 0
Por Kleber Santos
01/08
03:18

Jogos da Primavera: Rede estadual é uma “fábrica” de produzir novos talentos no atletismo

Sergipe vem revelando jovens talentos no atletismo e o Centro de Esportes Escolares, criado pelo Governo do Estado, por meio da Seed, ajuda na preparação deses alunos

O atletismo, uma das modalidades mais nobres dos Jogos Olímpicos, vem ganhando novos adeptos a cada dia, entre os alunos da rede pública estadual de ensino. Ter uma medalha no peito, ouvir atentamente o hino do seu país ou do seu estado e ser um orgulho para os amigos e familiares, é o sonho de muitos jovens que se dedicam ao esporte. Desta maneira, para ajudar na preparação dos jovens atletas e para descobrir novos talentos, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seed), criou o Centro de Esportes Escolares. Conforme revelações dos professores de Educação Física que trabalham na rede estadual há mais de 20 anos, Sergipe é uma verdadeira “fábrica” de revelar talentos em várias modalidades, principalmente, no atletismo.

“O nosso objetivo é oferecer a pratica do esporte a todos os alunos da rede. Esse incentivo é dado constantemente por professores preparados para as sete modalidades esportivas que oferecemos ao nosso público alvo: o aluno”, disse a diretora do Departamento de Educação Física da Seed, Maria Auxiliadora Pires, “Dorinha”.

Segundo a diretora do DEF, podem participar das aulas promovidas pela Seed, os alunos daquele determinado colégio ou de outros estabelecimentos de ensino que estejam próximo aos polos de treinamento.

“Abrimos espaços para todos os alunos. Vários deles brilham em competições locais e nacionais promovidas pelas Federações, principalmente nos Jogos da Primavera, a maior competição do desporto de Sergipe. O sucesso dos alunos da rede pública é um orgulho para todos nós que fazemos parte da Secretaria da Educação”, declarou. 

Foto: Maria Odília /Seed


Esportes
Com.: 0
Por Kleber Santos
01/08
01:17

Seminário discute estratégias para alavancar turismo na Capital

Evento será realizado nesta quinta-feira, no Hotel Confort Inn

Como Aracaju pode se tornar um destino turístico inteligente? Esse é o tema principal do Seminário que será realizado nessa quinta-feira, 3 de agosto, a partir das 8h, no Hotel Confort Inn. A ação está sendo coordenada pelo Sebrae e a Universidade Federal de Sergipe (UFS), que trazem profissionais experientes para debater o tema e disseminar novos conhecimentos entre os participantes.

O evento é destinado a pequenos empresários do setor de turismo da capital (bares, restaurantes, foodtrucks, guias de turismo, empresas de evento, agências de viagem, receptivos e emissores, além de meios de hospedagem e locadoras de veículos. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo site www.se.sebrae.com.br.

Os destinos turísticos inteligentes são estruturas turísticas diferenciadas que facilitam a interação e integração do visitante, antes, durante e depois da viagem, e incrementam a qualidade de sua experiência com o destino, por meio do uso de metodologias e tecnologias inovadoras.

Eles têm características específicas que os diferenciam dos destinos turísticos tradicionais. São baseados prioritariamente em três pilares: governança, tecnologia e desenvolvimento sustentável. O conceito surgiu em 2012 na região da Catalunha, comunidade autônoma da Espanha.

Programação
O Seminário será aberto com talk show Destino Turístico Inteligente, mediado pelo professor doutor da UFS, Dênio Azevedo. Em seguida, o consultor Richard Alves, da Barcelona Media, irá apresentar um estudo com pontos fortes, desafios e oportunidades para esse tipo de destino.

As atividades seguem para o mundo da inovação, com a consultora Milena Guelman, da Menu For You, que falará sobre o Papel das Startups nos Destinos Turísticos Inteligentes. Depois, a professora doutora da UFS, Jennifer Soares, apresenta uma análise sobre a possibilidade de Aracaju se tornar um Destino Turístico Inteligente.

O evento será encerrado com um debate entre Richard Alves, Milena Guelman e Jennifer Soares, com a participação do público, sobre pontos fortes e oportunidades no turismo inteligente.

“Será o momento adequado para conversarmos sobre esse conceito, suas vantagens e de que forma podemos nos beneficiar disso. Aracaju ainda está em uma posição desfavorável em relação ao turismo quando comparada a outras capitais, então uma forma que enxergamos para tentar reverter esse quadro é por meio do uso da tecnologia”, explica analista e gestora do projeto de turismo do Sebrae, Bianca de Faria.

Durante o Seminário o Sebrae também irá prospectar clientes para serem atendidos pelo Projeto Sebrae Aracaju – Destino Turístico Inteligente.

Segundo o ranking Connected Smart Cities 2016, produzido pela Consultoria Urban Systems, São Paulo é considerada a cidade mais inteligente do país, seguida por Rio de Janeiro e Curitiba. Entre os dez destinos mais inteligentes, apenas uma cidade nordestina: Recife, em nono lugar. Aracaju figura apenas no 78 lugar.

Entre as principais características dos destinos inteligentes estão a existência de espaços turísticos inovadores, a presença de tecnologia de ponta, a valorização do capital humano e o foco no desenvolvimento sustentável. Outros pontos importantes que são levados em consideração são a oferta de experiência de qualidade aos turistas, a integração, interatividade, acessibilidade e o gerenciamento eficiente dos recursos.


Política
Com.: 0
Por Kleber Santos
01/08
02:14

MPF/SE pede a condenação de 19 pessoas por fraudes no auxílio-reclusão

Eles respondem pelos crimes de estelionato e participação em organização criminosa

O Ministério Público Federal em Sergipe (MPF/SE) pediu a condenação de 19 denunciados pela participação em esquema de fraudes a benefícios concedidos a presidiários, conhecido como auxílio-reclusão. Segundo o MPF/SE, a atuação dos réus ocorreu em Sergipe, Alagoas, Bahia, Ceará, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Rio de Janeiro, São Paulo e Santa Catarina e causou prejuízo estimado de mais de R$ 4 milhões à Previdência Social. O auxílio-reclusão é um benefício pago pela Previdência Social aos dependentes de segurado de baixa renda em caso de reclusão.

O MPF/SE denunciou os envolvidos no esquema pela fraude em 42 benefícios e a tentativa de fraudar seis outros. O crime caracterizado como estelionato tem pena de até cinco anos de prisão. Eles também estão respondendo por integrar organização criminosa, com pena que pode chegar a oito anos de reclusão. Duas pessoas foram identificadas pelo MPF/SE como chefes do esquema, e por isso, elas podem ter a pena agravada.

Esquema - Os crimes ocorreram em 2013 e os denunciados começaram a ser investigados após o Serviço de Benefícios da Gerência Executiva do INSS em Aracaju perceber indícios de falsidade em declarações de cárcere apresentadas. Outro ponto que chamou atenção do INSS foi o grande número de requerimentos com datas de reclusão de períodos muitos anteriores aos pedidos.

Segundo o MPF/SE, os denunciados usavam declarações de cárcere, certidões de nascimento e documentos comprobatórios de vínculos empregatícios falsos para dar entrada no pedido de auxílio-reclusão.

A organização emitia declarações de cárcere falsas com objetivo de “ampliar” o tempo de permanência do segurado na prisão e assim aumentar os valores que eram recebidos retroativamente. Os documentos também informavam que pessoas que já estavam em liberdade, ainda continuavam presas, ou ainda atestavam a prisão de quem jamais ingressou no sistema prisional.

Já as certidões de nascimento foram fraudadas para simular a existência ou aumentar a quantidade de filhos a fim de ampliar o número de beneficiários do auxílio. Com auxílio de um escritório de contabilidade, a organização criminosa conseguia garantir a condição de segurado do INSS do preso, com a inserção de falsos vínculos empregatícios nas carteiras de trabalho, com recolhimento de contribuições fora de tempo.

Após a concessão do auxílio de forma fraudulenta, integrantes do esquema acompanhavam beneficiários em agências bancárias para se apropriar de parte significativa dos valores sacados. 
As investigações culminaram na Operação Natividade, deflagrada em dezembro de 2016. Na época, 11 pessoas foram presas. Em julho de 2017, o MPF/SE apresentou as alegações finais do processo, que agora aguarda decisão da Justiça Federal.

Assessoria de Comunicação
Ministério Público Federal em Sergipe


Variedades
Com.: 0
Por Kleber Santos
01/08
01:10

Suspeitos de roubo a antiga fábrica têxtil são presos

Estima-se que o prejuízo causado seja de aproximadamente R$ 5 milhões

Uma ação conjunta entre a Polícia Militar e Civil prendeu em flagrante nesta sexta-feira, 28, Anselmo Mendonça Dantas, Charles Stanley Souza Cardoso e Fabiano Hideo Kamogowa por receptação. O fato ocorreu nas imediações da rua Delmiro Gouveia, no bairro Coroa do Meio.

Segundo informações do boletim de ocorrência, Anselmo e Charles conduziam veículos repletos de estruturas de alumínio puro furtadas na antiga fábrica Têxtil Santista, no Distrito Industrial e seguiam em direção a um galpão na Coroa do Meio. Após investigações, os policiais constataram que o material seria vendido a Fabiano, dono do galpão e seria o responsável por revender o material furtado.

Ao total, foram apreendidos aproximadamente 8 toneladas de alumínio e estima-se que o prejuízo causado seja em torno de 5 milhões de reais. Segundo as investigações realizadas pela 1ª Delegacia Metropolitana, Fabiano Hideo já trabalhava com a venda de alumínio e venderia o material para siderúrgicas.

Os suspeitos foram encaminhados à Delegacia Plantonista Sul sendo autuados em flagrante por receptação de produto roubado, encontrando-se a disposição das justiça para adoção das devidas providências.


Esportes
Com.: 0
Por Kleber Santos
Primeira « Anterior « 16 17 18 19 20 21

Enquete


Categorias

Arquivos