28/09
11:14

São Cristóvão sedia evento da V Semana do Turismo de Sergipe

O segundo dia da programação da V Semana do Turismo de Sergipe aconteceu na cidade de São Cristóvão. A Igreja Nossa Senhora do Carmo recebeu nesta terça-feira, 27.09, turismólogos, alunos do curso de turismo da Universidade Federal de Sergipe (UFS) e representantes do trade turístico de Sergipe para um evento com o tema A Moldura da Praça São Francisco – Patrimônio da Humanidade.

 

Ao explicar que os monumentos são testemunhos preciosos do passado e que devem ser respeitado por seu valor histórico, Thiago Fragata, especialista em história cultural e diretor do Museu Histórico de Sergipe (MHS), relatou um pouco da trajetória do processo que reconheceu a Praça São Francisco como Patrimônio da Humanidade pela Unesco. “Este título de bem patrimonial é de relevância mundial. É bom sempre lembrar que os monumentos ao redor da praça fazem parte do patrimônio humano e, aqueles que os detêm, são encarregados de sua proteção e têm a responsabilidade e obrigação de conservá-los. Os futuros turismólogos devem olhar os elementos que circundam a praça e que muitas vezes passam despercebidos, disse.

 

O historiador ressaltou também a importância dos monumentos históricos como patrimônio cultural de um povo. Fragata acredita que só com educação haverá a conservação do patrimônio. “Para manutenção e conservação destes bens é essencial que exista consciência da população local da importância e riqueza de seu patrimônio para que não aconteça a desvalorização do patrimônio histórico e turístico da cidade. A forma mais eficaz de preservação do patrimônio cultural é através da educação patrimonial, onde a população adquire consciência de seu papel de guardador de suas relíquias”, explica.

 

Segundo o especialista, a participação da comunidade nas tarefas de preservação patrimonial é imprescindível para que não haja perda da memória cultural da comunidade. “Não foi apenas São Cristovão que recebeu um título, mas o Brasil como um todo. E, para que não ocorra a sua destruição, o país deve estar integrado às políticas de conservação do patrimônio histórico”.

 

Como parte da programação da V Semana de Turismo de Sergipe, os participantes também tiveram a oportunidade de realizarem um city tour ao Centro Histórico de São Cristóvão.

 (Da assessoria)



Variedades
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
28/09
08:03

GEOGRAFIA DA FOME - Deputado João Daniel presta homenagem a Josué de Castro


O deputado estadual João Daniel (PT) usou a tribuna da Assembleia Legislativa de Sergipe para fazer uma homenagem a Josué de Castro, um grande brasileiro que tem seu nome ligado à "geografia da fome" e do emprego e, como classificou o parlamentar, tem muito a ver com o projeto de governo da presidente Dilma Rousseff, assim como foi do presidente Lula, e do governador Marcelo Déda. No último dia 24 de setembro, completou 38 anos da morte de Josué de Castro, que nasceu em 5 de setembro de 1908.

 

João Daniel destacou a importância de Josué de Castro para a história do Brasil, que teve seu trabalho destacado em livros e teses que aprofundaram os escritos desse que foi um dos grandes nordestinos que alcançaram reconhecimento internacional. "Qualquer lugar em que se fala sobre os problemas sociais graves no mundo se tem o nome de Josué de Castro citado", destacou.

 

O deputado João Daniel descreveu um breve histórico do homenageado, que nasceu em 5 de setembro, em 1908, em Recife (PE). Em 1929, com apenas 21 anos de idade, concluiu a faculdade de Medicina. No mesmo ano, foi para o México e Estados Unidos, onde fez estágio de quatro meses na Universidade de Columbia. Em 1930 voltou ao Recife e começou a exercer a profissão de médico, despertando o interesse pelo campo da nutrição.

 

Fome - Foi médico de uma grande fábrica, oportunidade em que descobriu que a doença mais comum entre os operários era a fome e passou então a estudar as causas disso. Segundo o deputado, em 1932 fez um estudo, um dos primeiros, sobre as coondições de vida da classe operária do Recife, em que estabelece a relação entre a produtividade do trabalho e alimentação dos trabalhadores. "Nesse mesmo ano, tornou-se professor de Fisiologia da Faculdade de Medicina de Recife e defendeu a tese do problema fisiológico da alimentação no Brasil", disse.

 

O deputado acrescentou que com ideias revoluncionárias para a época, entre elas o desenvolvimento sustentável, Josué de Castro fez da luta contra a fome a sua principal bandeira. Em 1935 ele passou a ser professor da Universidade do Distrito Federal (à época no Rio de Janeiro) e escreveu o conto "O ciclo do caranguejo", onde tratava da miséria dos catadores de caranguejos dos mangues do Rio Capibaribe.

 

De acordo com João Daniel, em 1946, Josué de Castro publicou sua obra prima, "Geografia da fome", onde relcionou o tema da fome com outras questões inovadoras e de interesse global, como multidisciplinaridade, meio ambiente e os limites dos recursos naturais, dependência, subdesenvolvimento, miséria e desequilíbrio social, entre outros,tudo isso relacionado à problemática da fome. "Suas obras contrariavam o pensamento dominante, pois desmistificam a fome", ressaltou.

 

O deputado disse que por seu trabalho Josué de Castro se tornou uma referência internacional no tema e um dos maiores estudiosos das causas da miséria no Brasil e no mundo. Como consequência disso, a partir da década de 1950 ele passou a exercer os cargos de presidente da FAO e embaixador chefe da delegação do Brasil junto à Organização das Nações Unidas (ONU).

 

Durante a ditadura militar, no período de repressão vivido no Brasil, ele foi considerado subversivo, por ter relacionado a fome a temas como reforma agrária e outras reformas estruturais, e teve seus direitos políticos cassados, tendo que se exilar na França. O deputado informou que no país europeu ele sentiu a falta do Brasil a ponto de declarar "não se morre apenas de enfarte ou de doença, mas também de saudade". Foi quando já estava aguardando o passaporte que o traria de volta ao seu país de origem que Josué de Castro faleceu, em 24 de setembro de 1973. Seu corpo foi sepultado no Rio de Janeiro.

 

Principais obras - Em seu discurso, o deputado João Daniel destacou as obras de Josué de Castro algumas delas publicadas durante o exílio. Entre elas, "Alimentação e raça", "A alimentação brasileira à luz da Geografia Humana", "Documentário do Nordeste", "Geografia da Fome", "Geopolítica da fome", "Ensaios de Geografia Humana, "Livro negro da fome", "Sete palmos de terra e um caixão", "Estratégia do desenvolvimento", entre outras. O parlamentar disse ainda que Josué de Castro recebeu diversos prêmios ainda em vida e foi, inclusive, indicado ao Prêmio Nobel da Paz.

 

Segundo o deputado João Daniel, Josué de Castro foi principalmente um grande estudioso e conhecedor da geografia humana brasileira.  Ele disse que fazia essa homenagem não apenas em seu nome, mas também de todos os movimentos sociais a este grande homem que orgulha o Brasil no mundo inteiro pelo seu trabalho.

 

"Só sabe o valor do nosso povo e nossa nação quem teve a oportunidade de conhecer outras nações. Nosso país é um país rico e de um povo batalhador, que tem homens da capacidade e da história de Josué de Castro. Ele é um homem que fica na história, para o Brasil e para os brasileiros, em especial para a região Nordeste", frisou. O deputado João Daniel informou que no final desde mês fará uma homenagem num assentamento que há cinco anos já tem o nome Josué de Castro. "Fica nossa homenagem a este grande homem que há 38 anos faleceu", concluiu. (Da assessoria)



Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
28/09
07:50

Rogério discute a inclusão de tratamento de usuários de drogas nos Planos de Saúde.

O  deputado federal Rogério Carvalho (PT/SE)  participou de uma série de atividades na Câmara. Ele  participou do movimento Primavera da Saúde, mobilização da frente parlamentar de saúde que tem por objetivo sensibilizar os senadores para aprovar a Emenda 29 que trata dos gastos da União, Estados e Municípios com a Saúde "a regulamentação da Emenda 29, não vai ser suficiente para resolver este dilema do povo brasileiro, que é a dificuldade de ter acesso, a dificuldade de ter a sua necessidade atendida naquilo que ele precisa em cada momento da sua vida. Por isso, nós temos um grande desafio: o desafio de encontrar uma saída que defina, de uma vez por todas, que saúde é, de fato, um direito do brasileiro. E isso se consolidará com mais recursos para a saúde", afirmou Rogério em discurso no plenário.


"Coordenei reunião do Núcleo de Seguridade/Social/Família do PT.  Nesta reunião, discutimos o  PL250 que trata da obrigatoriedade de profissionais da saúde formados na rede pública prestar serviços remunerados em áreas carentes. Depois, fui a reunião Comissão Políticas Públicas de Combate às Drogas! Neste evento, discutimos a inclusão dos usuários de drogas nos planos de Saúde, que ainda não cobrem os tratamentos. Vamos continuar tratando disso em outro encontro. Recebi especialistas da ANVISA Daniel Freitas e Marcos Paulo, aceitei convite para proferir
palestra em 17 e 18/10" comentou o deputado que a noite seguiu para a Sessão Plenária para votações da ordem do dia. (Da assessoria)


Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
28/09
06:23

Documentos perdidos - Projeto de lei de Gilmar garante gratuidade para 2ª via

Projeto de lei do deputado estadual Gilmar Carvalho dispõe sobre a isenção do pagamento de taxa de 2ª (segunda via) de documentos roubados ou furtados, quando expedidos por órgãos públicos do Estado de Sergipe. O direito a isenção ocorrerá mediante apresentação de boletim de ocorrência policial.

 



Política
Com.: 2
Por Eugênio Nascimento
27/09
16:36

Servidores do hospital de Lagarto iniciam greve nesta quarta

O Sindicato dos Trabalhadores na Área da Saúde do Estado de Sergipe (Sintasa) avisa que os servidores do Hospital Nossa Senhora da Conceição, em Lagarto, iniciarão uma greve, nesta quarta-feira (28), por tempo indeterminado. A medida será tomada visto que - na reunião desta terça-feira, na sede da Procuradoria do Trabalho de Itabaiana - a direção do hospital não apresentou nenhuma solução para os salários atrasados dos servidores, que no fim deste mês completará três meses.

De acordo com as diretoras do Sintasa, Maria das Graças e Maria de Lourdes, nesta quarta-feira haverá uma assembleia com os servidores do hospital, em Lagarto, às 10 horas, para iniciar a greve oficialmente. As líderes sindicais disseram ainda que o sindicato buscará judicialmente o pagamento das verbas trabalhistas e contará com o apoio institucional do Ministério Público do Trabalho, conforme ficou relatado no termo de audiência.

"Queremos deixar claro que a ação que iremos fazer não é política e nem uma perseguição à família Reis, mas apenas uma luta em prol dos trabalhadores que estão com os salários atrasados", disse Maria das Graças, enfatizando que a greve não é por falta de equipamento ou condições de trabalho, mas por uma causa muito mais grave. "É inadmissível um trabalhador não receber o seu salário". A depender do resultado da ação judicial, as contas bancárias do hospital poderão ser bloqueadas.

Prefeitura
Para piorar o cenário, durante a audiência, o prefeito de Lagarto, Valmir Monteiro, avisou que iria suspender o contrato entre a prefeitura e o hospital uma vez que o mesmo não está cumprindo com a demanda dos serviços, conforme pré-estabelecido no contrato. O prefeito exemplificou que eram para ser feitas 172 ultrassonografias, mas o hospital só conseguiu realizar 27. Segundo o político, pelo preço que a prefeitura paga pelos serviços pode conseguir fazê-los em qualquer instituição. Valmir Monteiro voltou a afirmar que não entende o atual quadro financeiro do hospital, visto que a prefeitura em um ano teria pagado cerca de R$ 1,5 milhão. Ele também esclareceu que não se responsabiliza pelos pagamentos dos salários porque não existe lastro jurídico para a resolução desse problema por parte do município.

O procurador do Trabalho, Raymundo Lima Ribeiro Júnior, explicou que as questões relacionadas aos serviços de saúde não são de atribuição do Ministério Público do Trabalho, e sim do Ministério Público Estadual, que já está tomando as medidas ministeriais cabíveis, conforme informado pelos presentes.

O procurador tentou ainda que a direção do hospital assinasse o Termo de Ajustamento de Conduta, mas os representantes da instituição reiteraram a impossibilidade de se comprometer ao pagamento dos salários atrasados de seus empregados.

Participaram da audiência o procurador Raymundo Lima Ribeiro Júnior; as diretoras do Sintasa, Maria das Graças e Maria de Lourdes, com o advogado do sindicato, Luiz Ferreira Vasco; os representantes do hospital Sérgio Reis e Lívia de Almeida, acompanhados do advogado Uarlei Niasson; além das delegadas da Base e servidores do hospital.

Da Assessoria do Sintasa



Variedades
Com.: 0
Por Kleber Santos
27/09
12:36

Marcelo Déda participará do 16º Meeting na Itália

 

Realizado pelo LIDE, o evento irá reunir 160 empresários e governantes brasileiros para discutir economia
 

O LIDE – Grupo de Líderes Empresariais, presidido pelo empresário brasileiro João Doria Jr., realiza de 05 a 11 de outubro o 16º Meeting Internacional, no Hotel St. Regis, em Roma, Itália. Realizado anualmente, o Meeting Internacional está no 16º ano e é a primeira iniciativa brasileira a reunir empresários para fortalecer relacionamentos e debater importantes questões entre corporações e governos de diferentes países.

Com o objetivo de promover um debate sobre política e economia na Europa e abordar questões essenciais para as nações, o 16º Meeting Internacional terá os seguintes assuntos dentro do tema principal “Relações Econômicas e Integração Brasil/Itália”:  

·       Oportunidades de investimentos Itália-Brasil;

·       Investimentos industriais entre Itália e Brasil;

·       Desenvolvimento tecnológico e oportunidades geradas pelos programas de inovação no Brasil.

Além da participação dos maiores CEOs brasileiros e empresários italianos, também estarão presentes autoridades dos dois governos, inclusive Guido Mantega, ministro da Fazenda do Brasil, Fernando Pimentel, ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior do Brasil, Aloizio Mercadante, ministro da Ciência e Tecnologia do Brasil, Robson Andrade, presidente da CNI – Confederação Nacional da Indústria do Brasil, Paolo Romani, Ministro do Desenvolvimento Econômico da Itália e Emma Marcegaglia, presidente da Confindustria.

Outros convidados especiais como Gherardo La Francesca, embaixador da Itália no Brasil, José Viegas, embaixador do Brasil na Itália, José Eduardo Cardozo, ministro da Justiça do Brasil, Jaques Wagner, governador da Bahia/Brasil, Marconi Perillo, governador de Goiás/Brasil, Eduardo Campos, governador de Pernambuco/Brasil, Marcelo Déda, Governador de Sergipe, Marco Maia, deputado Federal, presidente da Câmara dos Deputados/ Brasil, entre outros, também prestigiarão o evento.

Edemir Pinto, presidente da BM&F Bovespa, principal instituição brasileira de intermediação para operações do mercado de capitais e única bolsa de valores, mercadorias e futuros em operação no Brasil, e o membro da Comissão Parlamentar de Colaboração Brasil - Itália, o deputado Ricardo Tripoli (PSDB-SP), são algumas personalidades que participarão da agenda de debates.

A 16ª edição do Meeting Internacional tem patrocínio master da Nestlé, patrocínio Amil, Fiat e HSBC e apoio da TAM. Com participação especial estão Boa Vista Serviços, Gocil Segurança e Serviços, Mapfre Seguros, Rede Record e Tetra Pak. A cota de participação é da Almaviva do Brasil, Cine e GRUPO JBS- FRIBOI. Entre os colaboradores estão: Accenture, A Crítica, Grupo Arteb, Avis, Casa Cor, Grupo Comolatti, Dudalina, Grupo Serson, Grupo Impacta, Italac, Itaú, Itautec, Lincx, MAN Latin America, Marisol, Sapore, Videolar, Vipal e Zurich Seguros. Ambasciata Del Brasile Roma, Ambasciata d'Italia Brasilia, Consolato Generale d'Italia a San Paolo, Confindustria, Ministero Dello Iviluppo Economico e Momento Itália/ Brasil são os apoiadores institucionais. Os fornecedores oficiais são Amil, Azul Cargo, Babel Publicidade, Borghierh/Lowe, CDN Comunicação Corporativa, Chris Ayrosa Projetos Cenográficos, Decor Books, Formag’s Gráfica e Editora, Fiat, Mapfre Seguros, Maringá Turismo, M&C, Mistral, Nestlé, BDF Nivea, Spin, S.Pellegrino, St.Regis Rome, TAM e Mistral/Vinci. Brasil Econômico, Isto É, Isto É Dinheiro, O Estado de S.Paulo, Rede Record, Record News, Propmark e R7 são os mídia partners.

O 1º Meeting aconteceu em 1995 com oito casais de CEOs no Club Med. Depois, com o grande crescimento do projeto, deu-se início aos destinos internacionais. O primeiro foi Uruguai (Punta Del Este) em 2001, nos anos seguintes realizou-se em diversos países como: México (Cancun), África do Sul (Sun City), Aruba (Caribe), Chile (Santiago), Argentina (Bariloche e Mendoza), Portugal (Lisboa), República Dominicana (Cap Cana) e Colômbia (Cartagena). 

SOBRE O MEETING INTERNACIONAL: É uma iniciativa brasileira de reunir empresários, grandes corporações e governos de diferentes países com o objetivo de fortalecer relacionamentos e debater importantes questões, com temas de desenvolvimento econômico, social e ambiental. O Meeting Internacional é realizado anualmente e é o maior evento brasileiro fora do país.. A programação é composta por seminários, palestras, atividades de relacionamento, estimulando negócios e networking entre os CEOs e convidados. O evento já foi realizado na República Dominicana, Argentina, México, África do Sul, Aruba, Chile, Uruguai, Portugal e Colômbia.(Da assessoria)



Economia
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
27/09
09:36

Há 23 anos, Jô Soares desabafa contra a Globo

Ao receber o Troféu Imprensa de melhor humorista de 1986, Jô Soares pede licença a Silvio Santos para ler o artigo que escreveu e publicou no Jornal do Brasil e no qual critica a política da Rede Globo de Televisão de vetar os comerciais feitos por artistas de outras emissoras de seus intervalos comerciais.

Jô também protesta contra o que considera ingratidão e rancor da Globo, especialmente de seu superintendente à época, José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, o Boni.



Multimídia
Com.: 0
Por Kleber Santos
27/09
08:33

Canindé ganha novo terminal rodoviário

O Governo do Estado inaugurou ontem o terminal rodoviário na cidade de Canindé de São Francisco, no Alto-Sertão de Sergipe. O governador Marcelo Déda, ao lado do diretor do Banco Internacional de Reconstrução e Desenvolvimento (Bird/Banco Mundial), para o Brasil, o senegalês Makhtar Diopp, entregou a obra à população que beneficiará o turismo e gerará emprego e renda.

Orçado em R$ 1.113.241,89, o novo terminal integra o Programa Sergipe Cidades. Localizado no quilômetro inicial da Rodovia Juscelino Kubitschek (SE 230) – que liga Canindé à cidade baiana de Paulo Afonso -, a obra ocupa uma área total de 2.761,20 m² e é composta por um amplo estacionamento para visitantes, plataforma de embarque e desembarque, jardim e postes de iluminação.

(Da assessoria)



Variedades
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
Primeira « Anterior « 1 2 3 4 5 6 7 8 9 » Próxima » Última

Enquete


Categorias

Arquivos