26/09
01:05

Confira os gols do Fantástico deste domingo




Esportes
Com.: 0
Por Kleber Santos
26/09
01:00

Fantástico flagra o sucateamento das ambulâncias no Brasil




Multimídia
Com.: 0
Por Kleber Santos
26/09
00:38

Sergipanos surfistas estão perto de reality show da Globo

Carine Gois e Willyam de Santana disputam vagas para participar do Nas Ondas 3 (Fotos: Divulgação)


Por Kleber Santos

Os surfistas sergipanos Carine Gois e Willyam de Santana estão na final da promoção para participar da terceira edição do programa ‘Nas Ondas’, que faz parte do Verão Espetacular 2011/2012, da Rede Globo.

As inscrições foram abertas em agosto e, no último dia 20, foram selecionados para fazer parte do grupo de 10 homens e 10 mulheres que concorrem a quatro vagas (duas para cada gênero).

A votação popular, que vai até 8 de outubro, é através do site do Globoesporte.com.

Sucesso nas duas últimas temporadas, o reality show vai levar os participantes para surfarem ao lado de alguns dos maiores nomes do Brasil e de artistas convidados. O paraíso escolhido para as disputas radicais, no entanto, ainda é surpresa.

Os sergipanos foram escolhidos depois de enviarem um vídeo de dois minutos com suas melhores manobras e um depoimento explicando o porquê de serem escolhidos para embarcar nessa viagem dos sonhos.

“O programa ‘Nas Ondas 3’ é um programa que eu me amarro porque envolve natureza e esporte de aventura, com um foco para o surf. Sou bióloga e tenho o surf como a paixão da minha vida”, disse Carine Gois, 23, no vídeo enviado ao site. “O programa tem tudo a ver comigo porque gosto da natureza, de experiências novas... e gosto de surfar”, declarou no depoimento, Willyam, 21 anos.

Edição anterior
Na última temporada, a equipe Golfinho, formada pelo cantor Felipe Dylon, os surfistas profissionais Guilherme Tripa e Marina Werneck e o internauta Ademar Freire, foi a grande campeã da segunda edição do reality show, realizada no arquipélago de Fernando de Noronha.

O internauta que quiser ajudar os dois sergipanos basta acessar o site e votar neles quantas vezes quiser: http://globoesporte.globo.com/programas/verao-espetacular/nasondas3.html



Esportes
Com.: 0
Por Kleber Santos
25/09
17:20

ELEIÇÕES 2012 - Almeida Lima encaminha possível candidatura à PMA pelo PPS

 O deputado federal Almeida Lima (PPS), não se enganem, será candidato a  prefeito de Aracaju. Ele deixou o PMDB por causa disso e já esboça algumas propostas para  expor para a população. Pretende mostrar o que fez quando prefeito por dois  anos e o que pretende fazer agora. Os ex-prefeito de Aracaju (Déda, Edvaldo, Jackson, João e Gama) que se preparem, pois virão críticas duras. Almeida Lima só poupará Almeida Lima. É questão de sobrevivência política.


Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
25/09
17:12

ARACAJU - Oposição vai partir para o enfrentamento

 A campanha eleitoral de 2012 será bastante agressiva com os governistas em Aracaju.  João Alves (DEM), Almeida Lima (PPS) e seus seguidores, vão questionar a competência, mas com discurso forte. Se o ex-deputado federal João Fontes (sem partido) também for para a  oposição, saem mais pancadas  ainda no governador Marcelo Déda, prefeito Edvaldo  Nogueira, seus candidatos, aliados e quem andar por perto do poder. No bloco governista, o senador Valadares (PSB), o vice-governador Jackson Barreto (PMDB), o governador Marcelo Déda e alguns outros governistas vão ter que se expor no enfrentamento com discursos mais duros. E é bom lembrar que a oposição conmta também com o ex-deputado federal José Carlos Machado e o deputado federal Mendonça Prado, todos do DEM, e pretendem cantar de galo.


Política
Com.: 3
Por Eugênio Nascimento
25/09
16:37

Artigo de Ricardo Lacerda - O rebaixamento das expectativas para a economia mundial

*Por Ricardo Lacerda

O agravamento do cenário econômico mundial nas últimas semanas deixou em segundo plano as criticas do ‘mercado’ à decisão do Copom de reduzir a taxa Selic em sua última reunião. A precipitação de notícias ruins sobre as dificuldades na rolagem da dívida soberana da Grécia, os riscos de contaminação de bancos europeus e americanos pelos créditos ruins em carteira, a desaceleração econômica da China, além da queda de braço entre republicanos e democratas que inibe a definição de medidas para ativar a economia americana, geraram um ambiente de forte incerteza na economia mundial, em que a turbulência no mercado de câmbio foi a face mais visível no Brasil.

Relatórios da Fazenda, do Banco Central e a edição de setembro das Perspectivas da Economia Mundial, do Fundo Monetário Internacional, publicados ao longo da semana, que são fontes úteis na compreensão do cenário econômico brasileiro no futuro próximo, podem ter se tornado obsoletos frente aos novos eventos, mas já registram a deterioração do cenário externo nas últimas semanas.

 

 

Perspectivas

O relatório do FMI alerta para desaceleração do nível de atividade da economia mundial, para o que contaram tanto fatores previstos na projeção anterior, de junho, quanto fatos que emergiram no período. A recuperação relativamente robusta do nível do comércio e do nível de atividade industrial em 2010 desacelerou-se em 2011. A instituição se diz surpreendida pela demora na transmissão de efeitos positivos dos gastos públicos dos países avançados para as demandas das empresas e das famílias.

Fatores adicionais da desaceleração decorreram das dificuldades para a superação da crise das dívidas soberanas de países europeus, do impacto dos acidentes climáticos sobre o nível de atividade da economia japonesa e da elevação em cerca de 25% no preço do barris de petróleo associada aos conflitos no Norte da África e Oriente Médio (NAOM).

 

 

Economias avançadas

Na projeção efetuada em junho, o FMI estimava crescimento do produto mundial de 4,3%, em 2011, e 4,5%, em 2012, quando a taxa de 2010 alcançou 5,1%. A projeção de setembro é de que a economia mundial reduza o crescimento para 4%, em 2011 e em 2012, refletindo a deterioração do cenário nos últimos meses.


O produto das economias avançadas, que ensaiava uma recuperação relativamente robusta em 2010, deve registrar forte desaceleração, em 2011, limitando-se a um crescimento de 1,6% e permanecendo com a taxa rebaixada, de 1,9%, em 2012 (ver Gráfico 1). A reversão das expectativas de crescimento em 2011 e 2012, entre as projeções de junho e a de setembro, foi acentuada, encolhendo 0,6% para 2011 e 0,7%, para 2012.

 

 

Economias emergentes

 

 

As economias emergentes que, em média, atravessaram com perdas menores os impactos da crise de confiança no sistema financeiro mundial, apresentam cenários menos favoráveis para 2011 e 2012, se comparados aos resultados de 2010. Ainda assim, puxada pelas taxas de crescimento notáveis da China e da Índia, a projeção de crescimento das economias emergentes alcança 6,4% em 2011 e 6,1%, 2012. A projeção para a economia brasileira, no relatório do FMI, é de 3,8%, em 2011, e 3,6%, em 2012 (ver Gráfico 2).

Como a presidente Dilma destacou em seu discurso de abertura da assembleia anual das Nações Unidas, há limites para as economias emergentes seguirem com crescimento robustos enquanto as economias dos países avançados não superarem as ameaças de estagnação.

Mesmo com esta concentração de notícias ruins, vaticínios sobre a ocorrência de mais um dêbacle da economia mundial, abrindo um novo período de queda do PIB nas economias avançadas ou de incidência de nova crise de confiança no sistema financeiro internacional parecem precipitados, quando se considera a margem de atuação das economias líderes para enfrentar a situação, apesar da falta geral de entendimento sobre o que fazer. As próximas semanas serão ricas em acontecimentos.

* É professor da UFS e assessor econômico do governo do Estado



Economia
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
25/09
16:27

Jackson e Amorim em intensa busca de apoios

O vice-governador Jackson Barreto partiu para as ruas. Não perde uma festa de padroeira e outros eventos no interior do Estado. Tem visitado os peemedebistas e outros aliados nos 75 municípios para articular chapas para a disputa das prefeituras e  paralelamente manifestar à todos os seus desejo de ser o sucessor do governador Marcelo Déda. O senador Eduardo Amorim faz a mesma coisa. O senador Eduardo Amorim (PSC) faz o mesmo. E ainda não  se estranharam nas andanças por aí. JB esteve esta semana em Estância, para ajudar na organização do partido. Amorim visitou prefeitos.


Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
25/09
15:20

Veja quem já subiu no pódio em Aracaju

Quinta etapa tem como palco a pista Jurinha Lobão, na Orla do Atalaia


MX3
1 - Marcos Cordeiro

2 - Duda Parise

3 - Massoud Nassar

4 - Davis Guimarães

5 - Milton Becker "Chumbinho"

230cc

1 - Marcos Moraes

2 - Fabiano dos Santos

3 - Ismael Rojas

4 - Julio Cezar Xavier

5 - Fristhillanyo Silva

65cc

1 - Enzo Lopes

2 - Yuri Campello

3 - Arthur Todeschini

4 - Gabriel Della Flora

5 - Monique de Camargo

MX2
1 - Adam Chatfield

2 - Jean Ramos

3 - Dudu Lima

4 - Marcello de Lima "Ratinho"

5 - Pipo Castro

O Pro Tork Brasileiro de Motocross tem patrocínio de Pro Tork e Rinaldi. A quinta etapa tem patrocínio da Prefeitura Municipal de Aracaju, Governo do Estado de Sergipe e Banco Banese, além de realização da Federação Sergipana de Motociclismo e da supervisão da Confederação Brasileira de Motociclismo.

Da Assessoria



Esportes
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
Primeira « Anterior « 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 » Próxima » Última

Enquete


Categorias

Arquivos