26/09
18:23

Sergipe tem mega poço de petróleo

As agências internacionais e brasileiras de notícias anunciaram hoje a descoberta de um mega poço de petróleo em Sergipe com capacidade para produzir mais de um bilhão de barris.

O poço ,fica a 100 km de da costa sergipana Se confirmada, a descoberta seria uma das maiores do ano no mundo. Há pelo menos dez indícios de petróleo e gás em sete poços, conforme comunicados enviados à ANP desde 16 de junho de 2011.

"Sergipe, sem dúvidas, tem um grande potencial e excelentes perspectivas", disse à Reuters uma fonte do governo brasileiro com conhecimento direto sobre as descobertas da Petrobras e da IBV e de seus planos de desenvolvimento.



Economia
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
25/09
21:20

Aporte para a previdência estadual supera R$ 397 milhões nos últimos oito meses

Dados obtidos junto à Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) apontam que o governo estadual destinou R$ 397,2 milhões para conseguir fechar a folha salarial de aposentados e pensionistas entre os meses de janeiro e agosto deste ano, recursos que saíram do caixa do Tesouro para cobrir o denominado déficit da previdência, impedindo que o Estado investisse esse montante em políticas de desenvolvimento.

Os números foram confirmados pelo secretário de Estado da Fazenda em exercício, Jeferson Passos, que prevê uma despesa de mais de R$ 650 milhões até o final do ano. “Somente no mês de agosto, o aporte consumiu R$ 53 milhões da receita do Estado. Todo o esforço do governo para aumentar a arrecadação tem sido corroído pelo déficit previdenciário”, comentou, acrescentando que a folha dos inativos e pensionistas somou até o mês passado R$ 808,2 milhões. “A Previdência arrecadou somente R$ 410 milhões e o Estado teve que entrar com o restante para poder honrar o compromisso do pagamento”, informou.

Jeferson Passos referiu-se ao crescimento da receita neste mesmo período de oito meses, em que o ICMS somou R$ 951 milhões e o FPE outros R$ 1,4 bilhão, duas das principais fontes de arrecadação, números deduzidos de repasses constitucionais. “Experimentamos um crescimento do ICMS satisfatório em função das medidas adotadas pelo governo para aumentar a arrecadação. O FPE tem um comportamento diferente, apesar de também possuir uma sazonalidade, porém, trata-se de um recurso oriundo de repasse da União em que o Estado não tem como manter num patamar crescente. O que preocupa muito o governo é que além das despesas também serem crescentes, especialmente o item folha de pessoal, o aporte para a previdência consome boa parte do que se arrecada”, explicou.

Num comparativo com o mesmo período de 2012 (de janeiro a agosto), o Estado desembolsou R$ 82,6 milhões a mais este ano: o déficit da previdência retirou do caixa do Tesouro R$ 314,6 milhões, enquanto o ICMS somou R$ 847 milhões e o FPE R$ 1,3 bilhão.

Durante encontro de gestores de fundos de previdência de outros Estados, que ocorreu na semana passada aqui em Sergipe, a previsão é de que Sergipe atinja valores superiores a R$ 1 bilhão de aporte entre os anos de 2015 e 2016. 

(Da assessoria)


Economia
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
25/09
21:06

Zezinho quer ampliar isenção de ICMS para a farinha vendida no mercado externo

O deputado estadual Zezinho Guimarães (PMDB) apresentou Indicação ao Governo do Estado, sugerindo que o benefício da isenção do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para a farinha de mandioca, seja estendida, também, para as vendas feitas pelos produtores para o mercado externo.

Ele destacou a iniciativa do governador em exercício, Jackson Barreto (PMDB) que, atendendo a uma propositura de sua autoria, isentou os produtores do segmento da tributação, mas só para as vendas efetuadas no mercado interno.

“Por se tratar de uma atividade oriunda da agricultura familiar, de modo a incentivá-la, nada mais justo que estender o benefício para as vendas feitas para o mercado externo, ou seja: para fora de Sergipe”, destacou Zezinho.
O parlamentar lembrou que, quando foi governador João Alves Filho (DEM) – atual prefeito de Aracaju – reduziu a alíquota do ICMS de 17% para 7%. “Agora, o atual governo reduziu de 7% para zero por cento, mas só para a as vendas internas”, afirmou o deputado.

Zezinho ressaltou que outros Estados já garantem essa benesse, sobretudo por se tratar de um produto que compõe a cesta básica. O povoado Gameleira, em Campo do Brito, mais os municípios de Lagarto, São Domingos e Macambira, são os principais responsáveis pela produção de farinha de mandioca em Sergipe.

Apenas no ano de 2011, a produção chegou às 484 mil toneladas. Além de fazer parte da merenda escolar, a farinha de mandioca sergipana é comercializada em supermercados e nas feiras livres de Japoatã, Muribeca, Itabaiana, Aracaju, Propriá e Pacatuba. 

(Da assessoria)


Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
25/09
21:05

Zé Franco quer povoados e loteamentos de Socorro pavimentados

O deputado estadual Zé Franco (PDT) protocolou na Assembleia Legislativa quatro indicações pedindo ao Governo do Estado obras estruturantes para o município. Os requerimentos pedem o recapeamento asfáltico do Anel Viário de loteamentos e povoados.

 

A indicação de número 203/2013 pede o recapeamento asfáltico do Anel Viário dos povoados Sobrado, Santa Cecília e Boa Viagem, localizados às margens da BR-101. “A Prefeitura de Socorro vem executando um grande projeto de pavimentação em todos os bairros e loteamentos. Cerca de 300 ruas já foram beneficiadas. A população quer o posto de saúde atendendo bem, segurança e professores nas salas de aula, mas também quer ruas asfaltadas", afirmou Zé Franco.

 

O mesmo entendimento o parlamentar tem para os povoados Palestina e Guajará, situados na região do Complexo Jardim. Zé Franco apresentou requerimento solicitando a pavimentação de todo o Anel Viário destes povoados. “São regiões ainda carentes de pavimentação. A população tem exigido, e com muita razão, que o poder público tome providências nestes dois locais. Tenho certeza que na medida do possível o governo do Estado incluirá estas obras no orçamento da Secretaria de Infraestrutura”.

 

No Complexo Taiçoca, o deputado Zé Franco também solicitou o recapeamento asfáltico dos povoados Taiçoca de Fora e Taiçoca de Dentro. O requerimento pede uma intervenção do governo na área que abrange o Anel Viário dos dois povoados. (Da assessoria)



Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
25/09
21:03

João Daniel apela que povoados da região metropolitana sejam contemplados com transporte de massa

 
 

Foto: Ronaldo Sales, da Assessoria

Click para ampliar

 

O deputado João Daniel (PT) participou ontem da abertura do Seminário Soluções em Mobilidade Urbana, realizado pelo governo do Estado, através da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano (Sedurb), em Aracaju. O parlamentar destacou, durante pronunciamento feito na sessão da Assembleia Legislativa desta quarta-feira, dia 25, a importância do evento, que debate também o transporte de massa da capital e Grande Aracaju.

 

“Quero registrar que fico muito feliz com a iniciativa do governador em exercício Jackson Barreto e da secretária Lúcia Falcon, por levantar essa discussão de um tema importantíssimo para a região metropolitana que tem problemas graves em várias áreas”, frisou.

 

Para o deputado, a saída para buscar a solução passa pelo governo do Estado, pelos municípios e pela sociedade. “A forma como a secretária Lúcia Falcon tem convocado as conferências tem sido um grande espaço de debate para as soluções”, destacou.

 

João Daniel disse que nos últimos meses tem acompanhado mais de perto, no município de São Cristóvão, a situação do povoado Cardoso que, para ele, é o exemplo do abandono das políticas municípios na região metropolitana. “É um povoado grande, 90% de sua população trabalha na capital e não tem acesso ao povoado, não tem transporte. Depois da falência da VCA, não tem mais transporte. O município autorizou um ônibus, mas a estrada nem manutenção por parte do município tem”, afirmou.

 

Segundo o deputado, esse é apenas um exemplo, mas há muitos outros em cidades da região metropolitana. “Queria fazer apelo que dentro do planejamento da mobilidade do transporte de massa fosse visto com carinho a região metropolitana, olhando não só as cidades e grandes bairros, mas os povoados que estão nesses municípios que estão sem pavimentação, alguns sem água, estradas e sem transporte público. E para que possamos ter uma cidade boa precisamos ter as condições dignas dos povoados”, disse. Para ele, o povoado Cardoso, infelizmente, é um exemplo de abandono e falta de cuidado por parte do município de São Cristóvão que ao longo da história tem tratado muito mal os seus povoados. (Da assessoria)



Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
25/09
06:55

Coluna Primeira Mão - Política e Economia

Riachão do Dantas - Sargento prende ex-policial e comparsas e é ameaçado de transferência

Na tarde de ontem, por volta das 17 horas, foram presos em Riachão do Dantas, pelo Sargento Freire e sua equipe, um ex-policial civil e dois comparsas, utilizando-se de um veículo corsa preto, que estavam agindo na sede do Município e nos povoados, sempre em busca de motocicletas e automóveis que estivessem com prestações de contrato bancários atrasados, passando-se por Policiais Civis como se portadores de Mandados de Busca e Apreensão. Com os meliantes foram encontradas armas e coletes balísticos pertencentes à SSP-Se.  Dois políticos influentes ainda querem tirar o Sargento Freire de Riachão porque não atende a pedido para liberação de marginais!

 

 

 

ROUBO DE GADO - Na última noite foi vítima o pecuarista Givaldo Costa, na Fazenda Bonfim, que fica às margens da Rodovia Estadual que liga Pedrinha a Riachão. Foram levandos 12 cabeças em um caminhão mercedez. Estranhável é que, para juntar o gado e embarcar, os ladrões utilizaram dois cavalos pertencentes à Fazenda Grotão, atualmente arrendada ao Advogado Martinho Bravo Filho, distante seis kilometros da Fazenda Bonfim.


Iran Barbosa, sem Plano Diretor não há como avançar no debate sobre mobilidade


O vereador Iran Barbosa (PT) resgatou mais uma vez, da Tribuna do Legislativo Municipal de Aracaju, o debate central sobre a mobilidade urbana na capital, focado no Plano Diretor – retirado da Câmara pelo prefeito João Alves Filho – e no aprofundamento da discussão feita com participação popular, a partir das exigências do Plano Nacional de Mobilidade Urbana (PNMU), em vigor desde janeiro de 2012, mas ainda ignorado pela atual gestão. “Reitero que não podemos tratar de forma pontual, como vem sendo feito pelo Executivo e pelo Legislativo municipal, questões de mobilidade urbana que são complexas e inter-relacionadas. Não podemos tratar pontualmente questões que precisam ser tratadas na sua totalidade”, afirmou. O parlamentar destacou sua participação no I Seminário Mobilidade Urbana e Segurança Pública, que acontece ontem,24, durante todo o dia, na Universidade Federal de Sergipe. “Para mim, ficou evidente, no seminário, que o debate está sendo apenas pontual. Discutir mobilidade urbana não é tratar apenas de questões relativas à fluidez do trânsito. Não é só isto. Trata-se de um conceito muito mais amplo e atendendo às regulamentações de uma lei nacional (12.587/12), que estabelece as diretrizes para a mobilidade urbana no nosso país e que precisamos nos adequar”, apontou o vereador.

Vereador cobra prestação de contas de sindicato

O vereador Agamenon Sobral (PP) criticou hoje o Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Sergipe (Sintese) . “Desde quando esse sindicato foi criado o ensino público do nosso estado foi para a lama. O Sintese demitiu funcionários porque disse que não podia dar reajuste e coloca propagando política na TV em horário nobre e depois diz que não tem dinheiro para reajustar salários de seus funcionários”, disse Agamenon. Ele cobrou transparência e disse que gostaria que o Sintese mostrasse comprovação de suas arrecadações.

Valadares Filho defende o turismo sustentável


Com o tema Turismo e “Água: proteger nosso futuro comum”, a Comissão de Turismo e Desporto (CTD) realizou, hoje (25/09), reunião solene em celebração ao Dia Mundial do Turismo, que é comemorado em 27 de setembro, para mostrar a importância do setor para o desenvolvimento econômico, político e social. O presidente da Comissão de Turismo e Desporto (CTD), deputado Valadares Filho (PSB-SE), disse que é necessário criar estratégicas para manutenção, conservação e preservação da água. “Faz parte da pauta de debates da CTD promover discussões sobre a preservação da água e a importância da sustentabilidade nas atividades turísticas”. O deputado sergipano também destacou que não há sustentabilidade do turismo sem cidades sustentáveis. “Cidades sustentáveis significam água e esgotos para todos; coleta seletiva, com reciclagem e reuso de determinados subprodutos descartados”.

Piso dos agentes será votado dia 23 de outubro a pedido de André Moura

O presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB/RN), apelou aos líder do PSC, na Câmara Federal, André Moura, para que desobstruísse a pauta de votações na Câmara Federal. O deputado sergipano anunciou na terça-feira que entraria em obstrução por não haver concordado com a interferência do Governo Federal, que solicitou a retirada do PL 7495/2006 que fixa o piso salarial nacional dos Agentes de Saúde e de Endemias em dois salários mínimos para uma carga de trabalho semanal de 40 horas, mesmo após ter sido firmado acordo entre os líderes que o projeto seria votado dia 05 de novembro. Hoje, durante a Sessão Plenária da tarde, o primeiro a informar à Mesa Diretora que a bancada estaria em obstrução em virtude do não cumprimento do acordo para votação do PL 7495 foi o líder do PSC, André Moura, que logo em seguida foi acompanhado pelos outros líderes, fez um apelo para que o presidente fosse até os agentes, para conversar com a categoria. Após reunir-se com os agentes e voltar ao Plenário o presidente da Câmara, Henrique Eduardo marcou a votação do piso dos Agentes para o dia 23 de outubro. "Atendendo ao pedido dos líderes do PSC, André Moura, e DEM, Ronaldo Caiado, marcamos a votação para o dia 23 de outubro".


Pagamento dos servidores estaduais começa sexta-feira, 27


O calendário de pagamento dos servidores públicos do Estado de Sergipe começa nesta sexta-feira, 27, com o pagamento dos servidores da Secretaria de Educação e demais secretarias. Na segunda-feira, 30, os aposentados, pensionistas e funcionários de autarquias e fundações receberão o salário do mês de setembro. O Governo de Sergipe mais uma vez paga a folha de pagamento dentro do mês.


Sindicato não presta contas e base pede impechment da presidente



A presidente do Sindicato dos Servidores e Conselhos e Órgão de Fiscalização de Sergipe – Sindiscose, Telma Lima, vem enfrentando forte oposição na categoria. Após um ano de mandato surgem denúncias de falta de democracia e transparência na gestão. “Não há boletim do sindicato, nem site, a presidente não se reúne com a base para discutir os acordos coletivos e a principal luta nacional da categoria, no caso a adoção do Regime Jurídico Único (RJU)”, denuncia Marcos Andrade, vice-presidente e membro da oposição. Na última segunda, dia 16, a oposição entregou um abaixo-assinado contendo 44 assinaturas solicitando uma assembleia geral extraordinária para o próximo dia 01 de outubro para discutir os afastamento da presidente da atual gestão. “Segundo o Estatuto a presidente tem 72h para fazer a convocação, porém não a fez, mesmo assim estatutariamente é definido que associados convoquem a assembleia e assim foi feito para o próximo dia 01 às 18h30 na sede do sindicato”, explica. Outro problema é que o sindicato vive trancado a categoria não tem canais de acesso para denúncias de assédio moral ou de problemas trabalhistas.


“Não pretendo disputar cargo nas eleições de 2014”, diz Belivaldo

“Eu não pretendo disputar nenhum cargo eletivo em 2014. Isso é definitivo. Já comuniquei isso ao partido, aos parentes e amigos. Mas, uma vez ou outra, alguém insiste em lançar o meu nome”. O desabafo foi feito pelo secretário de Estado da Educação, Belivaldo Chagas, que é filiado ao PSB e já foi deputado estadual e garante que vai votar nos candidatos da base aliada ao governo, inclusive alguns do PSB. Chagas aguarda decisão do Tribunal de Justiça de Sergipe sobre a escolha do candidato ao Tribunal de Contas do Estado, cargo que disputou contra a deputada estadual Susana Azevedo (PSC). A eleição foi cancelada, por causa de incorreções no processo, e deve acontecer uma nova disputa.


Caça a ricos - Luciano Barreto também fora do páreo eleitoral em 2014


Embora surjam insistentemente boatos apontando o empresário Luciano Barreto como candidato a cargo eletivo em 2014, ele nega essa pretensão e também que esteja filiado a partido político para entrar na disputa. O último boato o apontava como filiado ao Partido da República (PR) e que seria candidato a senador. Consultados ontem, dirigentes da agremiação informaram que não têm a ficha de filiação de Barreto, mas deixaram claro que seria um prazer tê-lo entre os seus quadros. O bloco de oposição ao governo do Estado iniciou uma verdadeira “caça a ricos”, talvez como forma de facilitar a captação de recursos para a campanha. Um outro alvo constante tem sido o ex-governador e e ex-deputado federal Albano Franco, que até agora não decidiu se vai se filiar a algum partido.


Marcelo Déda tem 40% do mandato doente


Em quase sete anos de mandato, o governador eleito e hoje licenciado, Marcelo Déda (PT) passou mais de 40% do período em tratamento de saúde. Os médicos detectaram que ele estava doente já a partir do final do primeiro mandato e de lá para tem levado à vida à base de internamentos, cirurgias e quimioterapias em São Paulo. O governador foi atingido por câncer e desde então tem acompanhamento médico no Hospital Sírio Libanês.


De alta, João Andrade está bem e se recupera em Aracaju


O secretário de Estado da Fazenda, João Andrade, está de volta a Sergipe desde a segunda-feira da semana passada, 16. Ele foi submetido a uma cirurgia de diverticulite em maio último em Aracaju e depois foi levado para o Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, para continuidade do tratamento. Lá foi detectada uma aderência intestinal, que foi devidamente tratada. Em Aracaju, ele tem feito pequenas caminhadas e tem dito aos amigos mais próximos que se sente bem.


Poço Redondo está sem dinheiro para manter a sua UPA


O prefeito de Poço Redondo, Roberto Araújo, não esconde de ninguém a sua preocupação com a saúde pública municipal. Ele revelou que precisa de R$ 400 mil/mês para manter a sua Unidade de Pronto Atendimento (UPA) em pleno funcionamento e tem recebido apenas R$ 300 mil, sendo R$ 150 mil do governo federal e os outros R$ 150 mil do governo estadual. Araúo teme pelo futuro da UPA, que já tem um presente problemático.


SE tem 12 mil: Senado aprova projeto que regulamenta profissão de Vaqueiro


O Senado aprovou, nesta terça-feira, o Projeto de Lei da Câmara (PLC) 83/2011, que reconhece e regulamenta a profissão de vaqueiro. A proposta define o vaqueiro como profissional responsável pelo trato, manejo e condução de animais como bois, búfalos, cavalos, mulas, cabras e ovelhas. O senador Antonio Carlos Valadares (PSB-SE) destacou a importância do vaqueiro para o Brasil. “Aproveito a oportunidade, não só em nome do povo sergipano, que represento aqui, mas em nome do meu pai, que começou a sua vida com vaqueiro em Simão Dias, para expressar minha admiração a essa profissão”, afirmou. O projeto é de autoria dos ex-deputados Edigar Mão Branca e Edson Duarte e prevê que a contratação dos serviços de vaqueiro é de responsabilidade do administrador – proprietário ou não – do estabelecimento agropecuário de exploração de animais de grande e médio porte, de pecuária de leite, de corte e de criação. É obrigatória, segundo a proposta, a inclusão de seguro de vida e de acidentes em favor do vaqueiro nos contratos de serviço ou de emprego.
Sergipe tem cerca de 12 mil vaqueiros atuando na profissão e outros 17 mil que têm comportamentos próximos aos dos profissionais e até se consideram vaqueiros. Na verdade, a lei vem tardiamente, pois os vaqueiros tradicionais têm sido substituídos por motoqueiros em todo o Nordeste. A coisa chegou a um ponto em que as vaquejadas deverão ser substituídas logo em breve por motocadas.

Arrecadação oxigena os cofres do Estado em mais de R$ 3 bilhões - 1

 


Segundo dados do Sindicato dos Auditores Tributários do Estado de Sergipe- Sindat- nos meses de janeiro a agosto deste ano Sergipe arrecadou mais de R$ 3 bilhões com suas duas principais fontes de receita: o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e o Fundo de Participação dos Estados (FPE). O resultado mostra uma alta real na arrecadação superior a R$ 244 milhões em relação ao igual período de 2012. Do início do ano até o mês de agosto a receita do ICMS chegou a R$ 1,6 bilhão enquanto em relação ao mesmo período do ano passado, o resultado da arrecadação foi de R$ 1,4 bilhão, o que representa um crescimento de 9,74%, ou seja R$ 200 milhões a mais.


Arrecadação oxigena os cofres do Estado em mais de R$ 3 bilhões
- 2


Já em relação ao Fundo de Participação Estadual (FPE), segundo os dados do Sindat, foi transferido para os cofres do governo estadual, também nos primeiros oito meses deste ano, o montante de R$ 1,5 bilhão, valores que asseguram ao Estado um incremento na arrecadação de mais de R$ 98 milhões. Com a soma dessas receitas, fica evidente que o Estado dispõe de recursos suficientes para aplicar em políticas públicas como saúde, segurança, educação, assim como na valorização do servidor público. É o que ressalta o dirigente do Sindicato dos Auditores Tributários do Estado de Sergipe Antonio Carlos Mangueira.


Conselheiro Reinaldo Moura justifica voto em processo sobre pagamento retroativo a policiais civis - 1


Devido às recentes manifestações do representante do Sindicato dos Policiais Civis do Estado de Sergipe (Sinpol) nos órgãos de comunicação, o conselheiro Reinaldo Moura apresentou na manhã desta terça, 24, uma justificativa onde expôs, de forma objetiva e didática, seu voto discordante no processo decorrente de denúncia formulada ao TCE pelo Sindicato, alegando tratamento anti-isonômico dispensado pela Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP).
Divergindo do conselheiro Clóvis Barbosa, relator do processo, Reinaldo Moura votou no sentido de determinar ao Estado o cumprimento do acordo firmado com o Sindicato dos Delegados, para o efetivo pagamento do percentual estabelecido na Lei Estadual nº 6.417/2006, referente à revisão geral anual de remuneração concedida aos servidores do Poder Executivo Estadual; além da adoção de medidas administrativas para celebração de acordo com o Sindicato dos Policiais Civis do Estado de Sergipe semelhante ao avençado com a categoria dos Delegados de Polícia.


Conselheiro Reinaldo Moura justifica voto em processo sobre pagamento retroativo a policiais civis
- 2


Ao justificar sua posição, Reinaldo enfatizou que a revisão geral de remuneração dos servidores públicos deve ser concedida a todos os servidores do Poder Executivo, sem haver distinção de classe, conforme está exposto na Constituição Federal. No período de 05/2007 a 04/2008, os índices de preço que norteiam a inflação acumulada corresponderam aos seguintes percentuais: 4,9444800 % (IPC-Brasil / FGV), 5,0414300 % (IPC-A / IBGE), 5,9012900 % (INPC / IBGE) e 9,8018300 % (IGP-M /FGV). "A Lei Estadual n° 6.417/2008, que versou sobre a revisão geral dos servidores públicos do Poder Executivo, majorou a remuneração dos servidores públicos no percentual mínimo de correção de 5%. A partir de 01/05/2008, todos os servidores públicos do Poder Executivo, de forma uniforme e sem distinção, deveriam receber a sua remuneração acrescida do percentual de 5%, correspondente a revisão geral", acrescentou o conselheiro. Para o conselheiro, se o Estado de Sergipe não realizou o pagamento do percentual da revisão geral aos Policiais Civis, está em débito com os referidos servidores, não importando que seja delegado ou policial.


Robson destaca retomada de obras no Santa Maria


O vereador Robson Viana (PMDB) destacou sua participação em uma reunião entre o governador em exercício, Jackson Barreto (PMDB) e o prefeito de Aracaju, João Alves Filho (DEM) e seus assessores técnicos para dinamizar a retomada das obras de drenagem e pavimentação no bairro Santa Maria. A reunião ocorreu na última quinta-feira, 19/9, no gabinete do governador, no Palácio de Veraneio. “Recebi o convite do governador Jackson Barreto para fazer parte dessa reunião com a presença do prefeito e representantes da Emurb e Deso e fiquei muito feliz com o resultado desse encontro”, disse o vereador. Segundo Robson, as obras foram paralisadas em dezembro de 2012, no final da administração municipal anterior. O encontro definiu novas estratégias e adoção de medidas como a promoção de desapropriações que permitirão a retomada dos serviços.


Manuel Marcos parabeniza entidades médicas por se desfiliarem da CUT


O líder do prefeito na Câmara Municipal de Aracaju (CMA), vereador Manuel Marcos (DEM) usou a Tribuna na manhã desta quarta-feira, 25/9, para parabenizar as entidades médicas de Sergipe por terem se desfiliado da Central Única dos Trabalhadores (CUT). Para o parlamentar, a CUT não está fazendo política trabalhistas, mas sim, eleitoreira. “O Sindicato dos Médicos de Sergipe pediu desligamento da CUT. A CUT está pedindo mais médicos, médicos estrangeiros e que estão vindo trabalhar aqui de forma ilegal. Só mesmo no Brasil se aceita uma coisa esdrúxula como essa. A CUT alardeou com bandeiras vermelhas a chegada desses médicos. Algo tão terrível para os trabalhadores da saúde do Brasil, por isso parabenizo as entidades médicas por terem se desligado”, relatou



Coluna Eugênio Nascimento
Com.: 1
Por Eugênio Nascimento
24/09
20:58

Adelson quer construção de cemitério municipal

Aprovada por unanimidade pelos vereadores de Aracaju a Indicação nº 898/2013, de autoria do vereador Adelson Barreto Filho (PSL) encaminhando ao prefeito João Alves Filho (DEM) que viabiliza a construção de um cemitério municipal na capital sergipana. A votação aconteceu na manhã desta terça-feira, 24/9, no plenário do Legislativo de Aracaju.

“Sabemos que há meio século não se constrói cemitério público municipal e que há muito tempo os cemitérios públicos estão completamente lotados. Esse cemitério é para os pobres e precisa ser visto com muita atenção pelo nosso prefeito. Portanto esse não é um pedido deste vereador mas de toda população que carece desse espaço para sepultar com dignidade os corpos dos seus entes queridos”, enfatizou Adelson.

Em aparte Emmanuel Nascimento (PT) parabenizou a coragem de Adelson Barreto pela iniciativa de importante indicação. “Acho essa obra de grande magnitude para toda população de Aracaju. Precisamos ter um cemitério melhor em nossa capital. É importante pedir ao prefeito de Aracaju para que melhore as condições do cemitério São João Batista enquanto não se constrói outro. Precisamos melhorar o cemitério do povo trabalhador da nossa capital. É uma idéia dele, mas que todos nós precisamos aplaudir. É importante que o povo de Aracaju saiba que essa é uma importante indicação do vereador Adelson Barreto e que foi apoiada por todos nós parlamentares.  Vamos nos empenhar para que o prefeito João Alves  possa atender esse importante pedido”, falou Emmanuel.  (Da assessoria)


Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
24/09
20:49

Câmara aprova redução da tarifa do ônibus aos domingos

 

 

A Câmara Municipal de Aracaju (CMA) aprovou nesta terça-feira, 24/9, o Projeto de Lei (PL) 141/2013 de autoria do vereador Anderson de Tuca (PRTB) que determina a redução do valor da tarifa do transporte coletivo aos domingos para R$ 1. O PL foi aprovado por unanimidade pelo Plenário da Casa Legislativa e segue para a sanção do prefeito João Alves Filho (DEM).

Para Anderson, essa foi uma vitória do povo de Aracaju. “Esse projeto só tem a beneficiar a população que vai poder reduzir os gastos com o transporte e vai ter a oportunidade de aproveitar mais o dia de lazer com seus familiares”, frisou.

Anderson lembra que a redução no valor da tarifa não vai acarretar nenhum tipo de custo para as empresas do setor. “Aos domingos, as empresas reduzem a frota e a quantidade de funcionários. Nada mais justo do que repassar essa redução para a população”, afirmou.

A aprovação dos parlamentares só veio confirmar o desejo da população que tanto clamou por esse benefício. Em pesquisa quantitativa realizada nas redes sociais, os internautas disseram que a redução da tarifa do transporte coletivo aos domingos não é só viável como a aprovaram. A pesquisa fez a seguinte pergunta: você é a favor do projeto que determina a redução da passagem do transporte coletivo aos domingos para R$ 1? Sim ou Não? Mais de 3.700 pessoas afirmaram que sim, totalizando 100% dos votos.

Para Anderson, a pesquisa só ressalta a importância do PL para a população. "Esse Projeto só beneficia a população que vai ter acesso a um transporte mais barato e, com isso, terá a oportunidade de ter um dia diferente, seja para o lazer, ir à igreja ou visitar parentes. Nossa ideia é fazer com que a população seja beneficiada, tendo em vista que, aos domingos, a quantidade de ônibus reduz, consequentemente, os custos também", afirmou. (Da assessoria)

Foto: Acrísio Siqueira 



Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
Primeira « Anterior « 1 2 3 4 5 6 7 8 » Próxima » Última

Enquete


Categorias

Arquivos