30/10
17:47

CREA fiscaliza postos de combustíveis em Aracaju

Fiscais foram acompanhados de integrantes da Câmara Especializada de Engenharia Mecânica e Metalúrgica

Com uma ação preventiva, o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Sergipe (Crea-SE) atuou nesta quarta-feira (30) em alguns postos de combustíveis da capital sergipana. A visita teve por objetivo verificar se a manutenção dos equipamentos (geradores, sistemas de GNV, sistema de ar comprimido e seus vasos de pressão, bombas de abastecimento de combustíveis, tanques) está sendo realizados por profissionais habilitados e registrados no Conselho. 
Nesta visita, os fiscais foram acompanhados de integrantes da Câmara Especializada de Engenharia Mecânica e Metalúrgica. “Verificamos algumas exigências em relação à especialidade da engenharia mecânica, no sentido de garantir o bom funcionamento dos equipamentos e, principalmente a segurança dos usuários”, explica o engenheiro mecânico e conselheiro suplente da CEEMM, Abimael Anibal Lucena Ferreira.

O conselheiro e integrante da CEEMM, Assis Marques Feitosa Lima, que acompanhou a fiscalização ressaltou a importância da ação conjunta. “É a primeira vez que a Câmara acompanha in loco o trabalho dos fiscais do Crea-SE. Esta ação integrada é importante por agregar informações específicas que fazem a diferença na hora da fiscalização”, afirma. Já o coordenador da Câmara Especializada de Engenharia Mecânica e Metalúrgica Caio Francisco da Silva Santana, ressalta a importância da fiscalização diante da complexidade do funcionamento dos postos de combustíveis. “A atividade envolve riscos químicos, físicos e ambientais, a exemplo dos riscos inerentes ao próprio produto que possui características inflamável e tóxica, obras e manutenções de equipamentos e a possível contaminação do solo e da água subterrânea, entre outros.Nesta ação, o maior foco foi em relação a situação dos equipamentos e  constatação do cumprimento de exigências normativas a exemplo da NR 12 e 13, além  da documentação técnica fornecida, a exemplo de  laudos, relatorios e registros dos serviços executados por engenheiros mecânicos, disse.

Nos postos visitados, os fiscais também verificaram a existência da Anotação de Responsabilidade Técnica (ART), documento que especifica que o serviço está sendo executado por profissional habilitado e devidamente registrado no Crea. “O dever legal do Crea-SE  é zelar pelo interesse público, efetuando, para tanto, a fiscalização do exercício das profissões da área tecnológica, em conformidade com a lei. A missão precípua do Crea visa conferir à sociedade confiança e tranquilidade em sua relação com os profissionais. A fiscalização do Conselho deve assegurar que os serviços não sejam executados por pessoas inabilitadas, e portanto leigas, evitando riscos à sociedade. É neste sentido que fiscalizamos”, reforça a gerente de Fiscalização do Crea-SE, Liliana Pereira Filho. Mesmo sendo uma fiscalização preventiva, em todos os postos visitados, os fiscais solicitaram documentos referentes às atividades da engenharia e pontuaram todos os itens em que os proprietários terão que apresentar ao Conselho num determinado prazo. “Toda a documentação apresentada vai ser detalhadamente analisada e havendo empresas sem registros e pessoas não habilitadas contratadas, ou quaisquer outras irregularidades, estes serão autuados”, disse a gerência de fiscalização.


Economia
Com.: 0
Por Redação
30/10
17:37

Memorial do Judiciário será reaberto ao público nessa quinta-feira

Evento contará com o lançamento de um selo personalizado pelos Correios em homenagem ao Memorial 

Depois de alguns meses em reforma, será reaberto ao público, como novo projeto museográfico, o Memorial do Judiciário, localizado na Praça Olímpio Campos, 417, Centro de Aracaju. A solenidade acontecerá amanhã, 31 de outubro, quinta-feira, às 18 horas, e contará com o lançamento de um selo personalizado pelos Correios em homenagem ao Memorial e apresentação do Quinteto de Cordas da Orquestra Sinfônica de Sergipe.

Na ocasião, serão abertas duas exposições temporárias. Uma sobre a vida e representações de Tobias Barreto, jurista sergipano que nasceu em 1839 e ganhou notoriedade internacional por suas obras relacionadas ao estudo do Direito. A outra exposição é sobre o trabalho de um luthier de São Cristóvão, cujo título é ‘Mestre Passos: entre a memória e a tradição’. Também haverá a apresentação de um trecho do depoimento do Desembargador Manuel Pascoal Nabuco D’Ávila ao Projeto Vivas Memórias, do Tribunal de Justiça de Sergipe, em entrevista concedida no dia 6 de junho de 2018. O Desembargador, que faleceu no dia 18 de março deste ano, foi o responsável pela criação do Memorial do Judiciário.

A reforma no Memorial foi iniciada no segundo semestre de 2018 e aconteceu, principalmente, no anexo, onde foram realizadas mudanças para acomodação dos setores administrativo, de pesquisa, auditório e reserva técnica. Também foi realizada uma pintura externa na fachada do prédio, inaugurado em 1895, com inserção de iluminação cenográfica, que buscou valorizar os detalhes da arquitetura.

Fonte e foto: TJSE


Variedades
Com.: 0
Por Redação
30/10
17:29

Instalada Comissão Externa da Câmara que vai acompanhar apuração sobre derramamento de óleo no Nordeste

O deputado federal João Daniel é o coordenador e autor do requerimento

A primeira reunião da Comissão Externa da Câmara dos Deputados destinada a acompanhar as investigações que visam apurar as responsabilidades pelo derramamento de óleo no litoral da região Nordeste foi realizada nesta terça-feira, dia 29. Coordenada pelo deputado federal João Daniel (PT/SE), autor do requerimento para a realização da mesma, a reunião ouviu o relato dos parlamentares de todos os estados da região que fizeram duras críticas à atuação do governo federal.

“Ouvimos de todos vários relatos contundentes, bastante duros sobre o que o governo federal fez até agora, a vergonha como tem se comportado, sem dar a mínima atenção”, relatou o coordenador João Daniel. Várias sugestões foram apresentadas pelos parlamentares que compões a Comissão Externa. Entre elas, a realização de audiências públicas com a presença de ministros e presidentes de órgãos federais ambientais, ouvir a população nos municípios da região e exigir do governo federal a tomada de providencias mais urgentes possíveis. Uma nova reunião vai ser realizada nesta quarta-feira, dia 30, para a análise e aprovação do plano de trabalho da Comissão. Vários parlamentares participaram dessa primeira reunião, entre eles Carlos Veras (PT/PE), Valmir Assunção (PT/BA), Reginaldo Lopes (PT/MG), Daniel Almeida (PCdoB/BA), o ex-ministro do Turismo deputado federal Marx Beltrão, entre outros. Também teve a presença de entidades ligadas ao meio ambiente, como o WWF Brasil. “Queremos ter conhecimento real do que está ocorrendo, saber e buscar informações para que haja todos os esclarecimentos, bem como punições e medidas que cabem aos poderes constituídos”, ressaltou o deputado João Daniel.

As manchas de petróleo cru começaram a aparecer no litoral nordestino ainda no mês de agosto. Apenas 30 dias depois, quando já tinha se alastrado para quase todos os estados da região foi que o governo federal começou a buscar saber o que estava ocorrendo. Áreas de proteção ambiental, várias praias, destinos turísticos conhecidos e alguns rios já foram atingidos pelo óleo. O crime ambiental tem causado prejuízos ao meio ambiente, à economia, tanto relacionado aos que dependem da pesca para a sobrevivência como aos envolvidos na cadeia turística e, também, à saúde de banhistas e às pessoas que têm tido contato com o produto. Os danos e reflexos desse crime nunca ocorrido ainda são incalculáveis. 

Fonte e foto: Ascom/Deputado João Daniel



 


Política
Com.: 0
Por Redação
30/10
16:04

Prefeito de Aracaju realiza reunião com Comitê de Crise para avaliar impactos das manchas de óleo

Primeiras manchas de óleo foram identificadas nas praias da capital sergipana no último dia 4 de outubro

O prefeito Edvaldo Nogueira se reuniu, na manhã desta quarta-feira, 30, em seu gabinete, com o Comitê de Gerenciamento de Crise para avaliar os impactos causados pelas manchas de óleo nas praias e rios da capital sergipana. Ao fazer um balanço das ações colocadas em prática desde que o desastre ambiental atingiu as praias sergipanas, no último dia 4 de outubro, o gestor elencou os pontos de destaque e reforçou a necessidade de um trabalho contínuo, diante da possibilidade do surgimento de novas manchas no litoral aracajuano. "As equipes continuam nas ruas. Não é um problema de faz de conta, mas que necessita de efetividade e temos tido.  Esse vazamento de óleo é algo muito sério. Por isso, desde o primeiro momento a Prefeitura está em campo, trabalhando para recolher o óleo, para mapear as áreas, para limpar aquilo que é nosso e mitigar os danos. Trabalhamos muito, mas precisamos continuar firmes e fazer mais", destacou Edvaldo.

Edvaldo reiterou a importância da intensificação das ações e apontou o projeto Praia Limpa como uma alternativa para esse trabalho incisivo. "Não vamos medir esforços. Se tivermos que fazer mutirões, elaborar planos com ações extensivas, vamos fazer. O problema existe e temos que atuar para combatê-lo. Nosso projeto Praia Limpa, por exemplo já existe e é um caminho. O que precisamos fazer é redirecionar o foco para a limpeza das nossas praias. Ao invés de fazer uma campanha para manter a praia limpa, vamos nos mobilizar para a limpeza intensiva da nossa faixa litorânea". Ele defendeu, ainda, a elaboração de um plano de contingência para desastres raros, como o derramamento de petróleo bruto no litoral nordestino. "Precisamos estar preparados. Fazer a nossa parte. Ninguém espera ou deseja que algo dessa magnitude aconteça, mas independente de ser uma responsabilidade nossa ou não, temos que entrar em ação. Temos que nos antever a essas situações, ainda que inesperadas. Da mesma forma que somos atuantes em situações como as chuvas, precisamos estar prontos para outros problemas. Essa triste experiência nos mostrou isso", ratificou.

Histórico

As primeiras manchas de óleo foram identificadas nas praias da capital sergipana no último dia 4 de outubro. Desde então, a Prefeitura tem trabalhado para limpar as áreas afetadas pelo vazamento minorando, assim, os danos causados. As ações contam com o envolvimento de equipes das secretarias da Defesa Social (Semdec), Meio Ambiente (Sema), da Comunicação Social (Secom), da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb) e da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) e incluem, além da limpeza das áreas, o monitoramento diário de 22 quilômetros de praias, por terra e ar, ações de comunicação e educação ambiental. "O balanço mostra o que conseguimos fazer até agora, mas como essa crise permanece, a gente continua tendo manchas que chegam ao litoral, o prefeito reforçou a necessidade de intensificação das ações, reunindo os esforços que a Prefeitura pode ter e verificando como a gestão pode agir de forma mais intensiva para devolver ao litoral aracajuano as condições adequadas o quanto antes. Como o prefeito mesmo apontou na reunião, o projeto Praia Limpa pode ser redirecionado para compor as ações de intensificação. Já temos um mapa de como atuar com a segurança devida, com equipamento de proteção individual.  Então essa participação de voluntários pode ser feita de forma segura. Eles têm, efetivamente, contribuído de forma a fazer esse trabalho coletivo. Com a praia limpa vamos poder, de maneira responsável e segura, aumentar a participação da sociedade nesse projeto", frisou o secretário do Meio Ambiente, Alan Lemos.

Fonte: AAN
Foto: Ana Lícia Menezes


Variedades
Com.: 0
Por Redação
30/10
15:59

Ruas Cedro e Itabaiana ficam em meia pista nesta quinta-feira por conta do recapeamento asfáltico

As frentes de trabalho atuarão nesses trechos das 5h às 17h

Devido à obra de construção do corredor de transportes Centro-Augusto Franco, iniciada pela Prefeitura de Aracaju nesta quarta-feira, 30, o trânsito ficará em meia pista, nesta quinta-feira, dia 31, no trecho entre as ruas Cedro e Itabaiana, até a avenida Barão de Maruim, e também na rua Itabaianinha, do cruzamento com a Travessa José de Faro até a rua Divina Pastora. As frentes de trabalho atuarão nesses trechos das 5h às 17h. Na sexta-feira, dia 1°, as  frentes de trabalho atuarão da rua Itabaiana à avenida Barão de Maruim, do trecho da rua Itabaianinha até a Divina Pastora, e também na rua Capela, do trecho da Divina Pastora até a rua Laranjeiras. Os agentes da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) estarão nesses locais para organizar o fluxo de veículos e orientar os condutores. Para evitar congestionamentos, a SMTT recomenda aos condutores o uso de rotas alternativas, a exemplo das ruas Lagarto e Santa Luzia.

Corredor Rio de Janeiro

A obra de revitalização viária do corredor de Transportes Rio de Janeiro continua sem alterações no trânsito na região. O serviço permanece concentrado na ciclovia nesta quinta, 31, e sexta, 1° de novembro, do trecho do Colégio Estadual Professor João Costa até a avenida Edézio Vieira de Melo. Em alguns momentos, há descarga de material para a obra e o trânsito poderá ficar lento.

Francisco Porto

O recapeamento da avenida Francisco Porto também continua nesta quinta e sexta, entre a avenida Acrísio Cruz e Pedro Paes Azevedo.

Corredor da Beira Mar

A obra do corredor de transportes Beira Mar entra na reta final e uma nova etapa da obra começará na próxima segunda-feira, dia 4, agora no sentido Centro/praias. Assim,  no trecho compreendido entre a avenida Murilo Dantas e o antigo Palácio de Veraneio, o trânsito ficará em meia pista.

Fonte: AAN
Foto: Secom/PMA


Variedades
Com.: 0
Por Redação
30/10
15:47

Focco/SE vai apurar se órgãos de Sergipe possuem mecanismos de prevenção à corrupção

Objetivo é dar prosseguimento à implantação da Estratégia de Combate à Fraude e à Corrupção

O Fórum Permanente de Combate à Corrupção no Estado de Sergipe (Focco/SE) realizou mais uma reunião na manhã desta terça-feira, 29, no Tribunal de Contas do Estado de Sergipe (TCE), com o intuito de dar prosseguimento à implantação da Estratégia de Combate à Fraude e à Corrupção - trabalho nacional organizado pelas Redes de Controle da Gestão Pública.

“Esta Estratégia consiste no mapeamento dos mecanismos que as entidades possuem para a prevenção às ações de fraude e corrupção. Vamos mapear os mecanismos de integridade e prevenção à corrupção de todos os órgãos e entidades do estado nos níveis municipal, estadual e federal para ter um diagnóstico e mostrar para a sociedade como nossas organizações estão e a partir daí implementar ações que as tornem menos suscetíveis a estas ações de fraude”, explica o coordenador do Focco/SE e secretário do TCU em Sergipe, Jackson Souza.

Neste primeiro momento, o Focco/SE está coletando informações sobre os responsáveis pelo controle interno e contabilidade dos municípios e entidades para receberem os questionários de avaliação dos instrumentos de integridade e governança. “É um questionário muito simples; são 49 questões que podem ser respondidas em menos de duas horas, mas que ficarão disponíveis por cerca de três meses para que as entidades possam, a partir das respostas do formulário, perceber se possuem ou não estes mecanismos de integridade que irão compor o mapeamento”, esclarece o coordenador.

Outros pontos

Na reunião, decidiu-se ainda elaborar um calendário de ações de educação para universitários, dividido entre eventos pontuais menores, por disciplina e turmas de diversas áreas de formação, além de um evento maior, envolvendo alunos de várias instituições de ensino. Discutiu-se também a organização de um evento, promovido pelo Focco/SE, alusivo ao Dia de Combate à Corrupção, celebrado em 9 de dezembro.

Fonte e foto: DICOM/TCE


Variedades
Com.: 0
Por Redação
30/10
15:16

Mais de 78 mil sergipanos são esperados para fazerem as provas do Enem 2019

A abertura dos portões, tanto no dia 3 quanto no dia 10, ocorrerá às 12 horas (horário de Brasília) com fechamento às 13 horas (horário de Brasília). As provas se iniciam às 13h30

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) começa neste domingo (3), com as provas de Redação, Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e Ciências Humanas e suas Tecnologias. De acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), cerca de 78 mil sergipanos estão aptos para respondem as provas do exame. No dia 10 de novembro, o exame continua com as provas de Matemática e suas Tecnologias e Ciências da Natureza e suas Tecnologias. Por conta da aproximação das datas, a ansiedade tende a ser recorrente e é necessário ficar atento para não se esquecer de nada nos dias das provas.

A abertura dos portões, tanto no dia 3 quanto no dia 10, ocorrerá às 12 horas (horário de Brasília) com fechamento às 13 horas (horário de Brasília). As provas se iniciam às 13h30. É proibido realizar a prova com dispositivos eletrônicos (calculadoras, agendas eletrônicas ou similares, telefones celulares, smartphones, tablets e demais aparelhos eletrônicos); caneta que não seja de material transparente, óculos escuros, lapiseira, lápis e similares, livros e anotações, chaves, relógios, boné, chapéu, gorro e fone de ouvido ou similares.

É obrigatório que o participante esteja portando documento original com foto (RG, CNH, Passaporte, Carteira de Trabalho e Certificado de Reservista); caneta esferográfica preta com tubo transparente e o cartão de confirmação da inscrição. Não serão aceitos documentos como: Carteirinha de estudante, Comprovante de matrícula, Certidão de nascimento, CPF e Título de eleitor. É recomendo também levar água e lanche, de preferência saudável, e obrigatoriamente em embalagens transparentes.

Fonte: ASN
Foto: Reprodução/ASN


Variedades
Com.: 0
Por Redação
30/10
15:08

Aracaju receberá a Virada Cultural neste final de semana

Além das atrações musicais, espetáculos teatrais e apresentações de dança, o evento terá Feirinha do Parque com Praça de Alimentação e barracas para venda de artesanato

No próximo final de semana, dias 1, 2 e 3 de novembro, a capital sergipana vai receber a Virada Cultural, que será realizada no Parque dos Cajueiros com entrada franca. O evento que faz parte do V Festival Sergipano de Artes Cênicas conta com atrações de peso, a exemplo da banda reação, Siba, Sandyalê, Ave Sangria, Orquestra Sinfônica de Sergipe, dentre outros. Além das atrações musicais, espetáculos teatrais e apresentações de dança, o evento terá Feirinha do Parque com Praça de Alimentação e barracas para venda de artesanato. A Virada Cultural tem o patrocínio do Ministério da Cidadania, da Secretaria Especial da Cultura e do Fundo Nacional da Cultura – com realização do Governo do Estado de Sergipe, através da Fundação de Cultura e Arte Aperipê.

E para já ir entrando no clima do evento, de 29 a 31 de outubro, das 14 às 18 horas, no Centro de Criatividade, tem a Pré-Virada com a Oficina Mercúrio Líquido – ceder, resistir e gozar a cidade – atividade que vai envolver pessoas de toda a comunidade. Essa oficina vai expressar os resultados dessa atuação através de uma intervenção urbana programada para a próxima quinta-feira, 31 de outubro no Calcadão da João Pessoa.

Sobre o evento

A Virada Cultural é um evento com atrações diversificadas, voltado para todos os gostos e realizado num espaço público que começa a ser revigorado: o Parque dos Cajueiros, um lugar bonito, aberto, cercado de vegetação exuberante e de equipamentos de lazer. A programação da Virada Cultural apresenta atrativos para toda família e quem chegar mais cedo ao local de realização terá atrações diversificadas para atender ao público de todas as idades, inclusive às crianças.

Fonte: ASN
Foto: Divulgação


Variedades
Com.: 0
Por Redação
Primeira « Anterior « 1 2 3 4 5 6 7 8 9 » Próxima » Última

Enquete


Categorias

Arquivos