28/11
16:58

CCJ da Câmara rejeita venda da Chesf sem refendo popular

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara aprovou projeto de autoria do ex-senador José Eduardo Dutra (PT/SE) definindo que a Companhia Hidrelétrica do São Francisco (CHESF) e a Eletrobrassó poderão ser privatizadas se isso for aprovado em referendo popular. O deputado federal João Daniel (PT/SE) defendeu a propositura e o deputado José Carlos Aleluia (DEM/BA) atuou contra a iniciativa . Agora, o projeto irá para o plenário logo em breve.



Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
28/11
03:06

Secretária da Saúde expõe detalhes sobre funcionamento do Cirurgia em Sessão especial da CMA

A secretária municipal da Saúde, Waneska Barboza, participou na manhã desta segunda-feira, 27, de uma sessão especial na Câmara Municipal de Aracaju (CMA), promovida com o objetivo de discutir a situação dos hospitais filantrópicos da capital.

De acordo com a gestora, os acordos de regularização dos repasses aos Hospitais São José e Santa Izabel já foram propostos pela Secretaria Municipal da Saúde (SMS), e aceitos por ambas administrações. “Diante disso, a temática maior da reunião de hoje foi para com a Fundação Beneficente Hospital de Cirurgia [FBHC], com quem o município já possui um crédito de mais de R$ 4 milhões. Mesmo assim, fizemos uma proposta para tentar resolver essa situação, por entender que os usuários do SUS não podem ficar desassistidos”, revelou.

Na proposta da SMS, foi oferecido fazer o pagamento da rubrica do mês de outubro [cerca de R$540 mil], e de adiar a cobrança do crédito para 2018, a fim de que FBHC possa se reequilibrar financeiramente para ter condições de devolver o recurso adiantado em junho de 2015, de aproximadamente R$ 6,3 milhões. Porém, mais uma vez, os termos não foram aceitos pelo Cirurgia.

“A gestão do FBHC não aceita nossas tentativas de ajudá-los, tão pouco retomam com a prestação dos serviços. A direção não reconhece nosso crédito, mas já protocolamos na Câmara Municipal de Aracaju, nos Ministérios Públicos Estadual e Federal e no Tribunal de Contas do Estado todos os documentos que comprovam esse adiantamento. Só esse ano já pagamos mais de R$ 45 milhões, e na semana passada repassamos quase R$ 4 milhões das rubricas federal e estadual, mas o HC continua de portas fechadas”, lamentou a secretária.

Ministério Público Federal
Na última sexta-feira, 24, o Ministério Público Federal (MPF) pediu a retenção de recursos do município a fim de subsidiar o FBHC para que, com isso, ele volte a funcionar. “O MPF está exercendo sua função de proteger a sociedade, porém é importante destacar que a maior parte desta ação é direcionada ao Cirurgia. Desde 2014 o próprio MPF vem acompanhando o processo de funcionamento do FBHC, vendo inclusive que ele, mesmo recebendo recursos e o nosso adiantamento, se recusa a fazer procedimentos. É de conhecimento do órgão fiscalizador que o Cirurgia faz vários procedimentos sem a regulação do município, e que nem mesmo tem serviços próprios, uma vez que ele terceiriza tudo. Talvez esse possa ser um dos motivos que encarecem e limitam os serviços do hospital, mas a SMS não tem obrigação de arcar com as despesas extras geradas pela administração do FBHC”, revelou a secretária.

Waneska afirma ainda que a responsabilidade de se gastar mais do que foi contratado deve ser assumida inteiramente pelo FBHC. “Nós contratamos o Cirurgia que, por sua vez, é habilitado pelo Ministério da Saúde. Mas se o hospital não tem serviços próprios e precisa terceirizar, ele tem que se responsabilizar por esse dinheiro a mais que está sendo gasto. O fato é que temos um contrato sob força de aditivo, e não podemos deixar de exigir que o FBHC cumpra o que está contratado, ou seja, que ele volte a atender a população”, reforçou.

Em função do HUSE
Sobre a transferência do contrato para o governo do Estado, a secretária da Saúde informa que diante da função exercida hoje pelo Cirurgia, Aracaju não pode continuar sustentando a demanda dos municípios de Sergipe. “A gestão plena da Saúde não poderia deixar de ser nossa. Porém, sobre o contrato com o FBHC, somos favoráveis de que o Estado faça essa gestão, pois o Cirurgia hoje tem servido como retaguarda do Hospital de Urgência de Sergipe [HUSE]. Diante disso, Aracaju não pode gerir um contrato cujo objetivo é o de atender, na realidade, às necessidades de todos os 75 municípios através do HUSE”, esclareceu Waneska Barboza.

Foto: Ascom/SMS


Política
Com.: 0
Por Kleber Santos
28/11
03:05

Banese doará instrumentos musicais para Lar Infantil Cristo Redentor

O anúncio foi feito durante reunião entre o governador Jackson Barreto e a presidente da instituição Vânia Lima, a assistente social Elisana Vieira e o professor do Conservatório de Música de Sergipe, Devidson Lima. Também participou do encontro o secretário de Estado da Educação, Jorge Carvalho

O governador Jackson Barreto anunciou, na tarde desta segunda-feira, 27, que o Banco do Estado de Sergipe (Banese) adquiriu 22 instrumentos musicais que serão doados ao Lar Infantil Cristo Redentor, situado no bairro 18 do Forte, em Aracaju. A instituição trabalha com a proteção social básica de 72 crianças e adolescentes de 6 a 17 anos. 

O anúncio foi feito durante reunião com a presidente da instituição Vânia Lima, a assistente social Elisana Vieira e o professor do Conservatório de Música de Sergipe, Devidson Lima. Também participou do encontro o secretário de Estado da Educação, Jorge Carvalho. 

O Lar Infantil Cristo Redentor atende a 45 crianças e 27 adolescentes. A instituição também trabalha com as famílias dessas crianças e jovens na busca de fortalecer os vínculos familiares delas.

O governador Jackson Barreto disse que, ao possibilitar a realização de aulas de música, o governo está oportunizado às crianças e adolescentes assistidas pela instituição a despertarem uma vocação e um talento artístico. 

Ele disse que visitou o Lar Cristo Redentor em maio passado, quando presenciou um professor voluntário dando aulas teóricas de música. “Procurei o Banese para nos ajudar na aquisição desses instrumentos. Com essa iniciativa, vamos descobrir valores, talentos, vocações e oferecer uma oportunidade profissional para essas crianças e adolescentes”, enfatizou.
 
De acordo com o governador, é possível tirar as crianças e os adolescentes das ruas ao oferecer aulas de música. “São 45 crianças e adolescentes que terão a oportunidade de aprender um instrumento musical. Esse público infanto-juvenil virá da rede pública de ensino. Fiquei impressionado com o interesse deles e a devoção do professor ao ensinar como voluntário. É uma bela oportunidade que estaremos dando aos jovens e crianças dos bairros Santos Dumont e 18 do Forte”, ressaltou. 

As crianças e adolescentes participam das atividades oferecidas pela instituição no contraturno da escola. Segundo Vânia Lima, o Lar oferece oficinas de horta, de dança, informática e, em breve, de música. Alguns também recebem aulas de reforço, a depender da necessidade.


Economia
Com.: 0
Por Kleber Santos
28/11
03:03

Sergipe conquista 11 medalhas nos Jogos Escolares da Juventude

Cerca de 160 atletas de escolas públicas e particulares representaram Sergipe no maior evento esportivo escolar do mundo

Após duas semanas intensas de competições, a delegação sergipana que participou dos Jogos Escolares da Juventude, em Brasília (DF) retornou ao estado com muitas conquistas e experiências. Na noite de domingo, 26, o ônibus com os alunos atletas das modalidades coletivas que chegaram até as semifinais desembarcou na sede da Secretaria de Estado da Educação.

Eles foram aos jogos graças ao apoio técnico e logístico do Governo de Sergipe, através da Secretaria de Estado da Educação (Seed), que alugou transporte para levá-los à capital federal, onde quase quatro mil estudantes de 1.357 escolas públicas e particulares de todos os estados do país competiram nas 14 modalidades em disputa.

A delegação sergipana foi chefiada pela professora Maria Auxiliadora Pires, diretora do Def/Seed, e contou ainda com alunos atletas, professores/técnicos de modalidades, fisioterapeutas, jornalistas e técnicos do Departamento de Educação Física. "Para a participação da Delegação Sergipana nos Jogos Escolares da Juventude foi fundamental a sensibilidade e o empenho do secretário Jorge Carvalho, que não mede esforço quando o assunto é fomento à prática do esporte escolar", explicou Maria Auxiliadora.

Cerca de 160 atletas de escolas públicas e particulares representaram Sergipe no maior evento esportivo escolar do mundo. Na primeira semana, de 14 a 19 de novembro foram realizadas as competições das modalidades individuais: atletismo, badminton, ciclismo, judô, luta olímpica, natação, ginástica rítmica, tênis de mesa, voleibol de praia e xadrez.

Foto: Ascom/ SEED
 


Esportes
Com.: 0
Por Kleber Santos
28/11
03:02

Parceria Amanco e SENAI já capacitou mais de 2 mil profissionais em Sergipe

Lançada em 2006 no Brasil, comprometida com a qualidade, a inovação, a sustentabilidade e a tecnologia de ponta, a Amanco uma das marcas comerciais da Mexichem, uma das maiores empresas do mundo nos setores químico e petroquímico, liderando a fabricação e o fornecimento de tubulações plásticas, vem se destacando cada vez mais no mercado brasileiro atuando nas áreas predial, de infraestrutura e de irrigação.

Presente em todos os estado brasileiros em lojas, revendas e distribuidores, a empresa está em Sergipe também desde 2006, contando com uma equipe de vendas para toda a região Nordeste, composta por mais de 30 profissionais.

Com um portfólio formado por mais de 4 mil itens de venda rotineira, um dos serviços que a Amanco oferece em Sergipe são cursos de capacitação profissional em hidráulica e elétrica, em parceria com o SENAI, um dos mais importantes polos nacionais de geração e difusão de conhecimento aplicado ao desenvolvimento industrial, formando profissionais de padrão mundial. A iniciativa começou em 2002 e, desde então, já capacitou 79 mil profissionais para o setor em 234 cidades em todo o Brasil. O principal objetivo é promover uma melhora na qualidade de vida das pessoas por meio da capacitação profissional.
 


Economia
Com.: 0
Por Kleber Santos
28/11
03:01

Feira Cosmética começa neste domingo

Evento reunirá profissionais da beleza para conhecer as novidades do segmento
 
Profissionais do mercado da beleza e estética terão uma boa oportunidade para atualizar seus conhecimentos e conhecer as novidades do setor. Isso porque será realizada nos dias 26 e 27 de novembro a quinta edição da Sergipe Beauty Hair e Spa Feira Cosmética.
 
Este ano o evento será promovido na Quadra Geraldo Oliveira, localizada na Rua Campo do Brito, ao lado do Batistão. A Feira contará com uma extensa programação, que inclui palestras e workshops, além da presença de representantes de mais de 20 fabricantes divulgando e comercializando seus produtos.
 
As atividades acontecerão sempre das 10 ás 22h. A entrada custa R$ 10 e um quilo de alimento não perecível que será doado para três instituições de caridade. Os ingressos poderão ser adquiridos no local do evento ou na Casa do Profissional, sediada na Praça Olímpio Campos, 619.
 
Uma das novidades deste ano é a presença do consultor visagista e Criative man da Red Team Consultoria de Imagem, Beleza e Estilo, Robson Trindade, que ministrará no domingo um workshop sobre Visagismo, uma técnica que auxilia a criação de penteados e cortes de cabelo adequados a cada tipo de rosto. Robson é atualmente o único consultor de imagem brasileiro membro do AICI – Association of Image Consultants International e  Presidente da Associação Nacional dos Visagistas.
 
Capacitações
Além do workshop, a Beauty Hair oferecerá aos participantes uma série de capacitações para auxiliar as empreendedoras a melhorar a gestão de seus negócios. No domingo, serão ministradas as palestras ‘ Redes Sociais: alavanque suas vendas’ e ‘Vitrinismo e layout de lojas.
 
Já na segunda a programação conta com a palestra ‘A importância da marca para conquistar clientes’ e a oficina ‘SEI Controlar meu dinheiro. As inscrições para essas atividades podem ser feitas no local do evento ou de forma antecipada no site www.se.sebrae.com.br.
 
A Feira Cosmética é organizada pelo Movimento Arte e Beleza e conta com o apoio do Sebrae, Serveloja, Apae de Nossa Senhora do Socorro. Mais informações podem ser obtidas no site www.sergipebeautyhair.com e pelos telefones (79) 99962-9312, (79) 99949-4445.


Variedades
Com.: 0
Por Kleber Santos
28/11
03:00

Mais de 5 mil empregos foram gerados em Sergipe, no mês de outubro

Análise realizada pelo Boletim Sergipe Econômico, parceria do Núcleo de Informações Econômicas (NIE) da Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (FIES) e do Departamento de Economia da UFS, com base nos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Previdência Social (MTPS), indicou que, em outubro deste ano, houve saldo positivo de 5.491 empregos formais no estado. O saldo é fruto da diferença entre admissões (11.008) e desligamentos (5.517) no mês em análise. Nos dez primeiros meses do ano, Sergipe contabiliza pequeno saldo negativo de 377 empregos.

No mês de outubro, todos os setores registraram saldos positivos, com maior destaque para os setores da Indústria de transformação e da Agropecuária. A Indústria de transformação gerou 2.908 novos empregos, no mês analisado, as atividades de Fabricação de açúcar em bruto e Fabricação de álcool foram os principais responsáveis pelo bom desempenho do setor, os saldos foram de 1.727 e 1.104, respectivamente, em cada atividade. No setor da Agropecuária, o cultivo de cana-de-açúcar gerou 1.728 novos empregos. Ou seja, no mês de outubro o grande destaque, em Sergipe, foi para a indústria sucroalcooleira.

O setor de Serviços, também apresentou ótimo desempenho, com a geração de 444 novas vagas. As principais atividades, vinculadas ao setor de serviços foi a Locação de mão-de-obra temporária (125 novas vagas). Já o Comércio, que gerou 293 novos postos de trabalho, a atividade que mais colaborou para o bom desempenho foi o comércio varejista de artigos do vestuário e acessórios, com a criação de 128 novas vagas.  As contratações nesse período estão vinculadas às vendas de fim de ano.

O setor de Serviços Industriais de Utilidade Pública (grupo que inclui as empresas responsáveis pela distribuição de serviços essenciais, como água e energia elétrica) também apresentou bom desempenho, com saldo positivo de 117 novos empregos. Os setores da Administração Pública e a Indústria da Construção Civil tiveram resultados modestos, com a criação de 26 e 21 novos empregos, respectivamente. A Indústria Extrativa Mineral, gerou apenas 8 novas vagas de trabalho, no mês em análise.

Emprego nos municípios
No mês de outubro de 2017, foram gerados 1.915 novos empregos no município de Laranjeiras, principalmente na fabricação de açúcar e no cultivo da cana-de-açúcar. O segundo município que se destacou na geração de empregos, no mês em análise, foi Capela, com saldo positivo de 1.571 empregos, principalmente na agropecuária, ou seja, no cultivo da cana-de-açúcar. Em Nossa Senhora das Dores, foram gerados 1.034 novos empregos, principalmente na fabricação de álcool (983 novas vagas).

Unicom/FIES


Economia
Com.: 0
Por Kleber Santos
28/11
02:58

Armandinho estará na edição do programa ‘Ossos do Ofício’

 A Fundação Cultural Cidade de Aracaju (Funcaju) realiza na próxima sexta-feira, 1º de dezembro,  às 19h, no Centro Cultural de Aracaju mais uma edição do programa ‘Ossos do Ofício’, iniciativa da Fundação que oferece aos artistas da terra cursos, palestras e workshop com artistas de renome, capacitando-os para o mercado de trabalho.

Os agentes culturais de Aracaju terão a oportunidade de conhecer ainda mais sobre o trabalho de um dos mais respeitados artistas brasileiros, uma lenda do Carnaval da Bahia, Armandinho, filho de Osmar Macêdo (da dupla Dodô e Osmar), músico e idealizador do símbolo do carnaval baiano, o trio elétrico.

Armadinho é instrumentista, compositor e cantor e possui experiência pra transmitir ao público que comparecer em mais uma edição do ‘Ossos do Ofício’, onde ele falará sobre sua trajetória, as técnicas da guitarra baiana e do bandolim, no frevo e no choro, respectivamente. O artista demonstrará as técnicas ao vivo.  

Segundo o presidente da Funcaju, Silvio Santos, o programa Ossos do Ofício, que busca qualificar artistas da terra da melhor maneira possível, trazendo artistas consagrados, oferece uma oportunidade única com Armandinho. “É um gênio criativo. Tem uma bagagem cultural que certamente contribuirá com o projeto. É muito experiente e respeitado, tem uma grande trajetória no mundo das artes e com certeza tem muito a ensinar”, destaca Silvio.

O evento, que é voltado para músicos, estudantes de música e público em geral, acontece no Teatro João Costa, instalado no Centro Cultural, e é totalmente gratuito. Para se inscrever, basta chegar com meia hora de antecedência, preencher uma ficha de inscrição e garantir a vaga.


Variedades
Com.: 0
Por Kleber Santos
Primeira « Anterior « 1 2 3 4 5 6 7 8 » Próxima » Última

Enquete


Categorias

Arquivos