16/12
11:32

Bando de loucos no topo do mundo

O mundo volta a ser desse bando de loucos. Empurrado por sua incrível torcida, o Corinthians derrotou o Chelsea por 1 a 0 neste domingo e conquistou a Copa do Mundo de Clubes da FIFA Japão 2012. É o segundo título mundial da equipe, campeã em 2000, na primeira edição do torneio. É também um título que coroa um ciclo triunfante do time sob a gestão do técnico Tite, depois de ganhar o Campeonato Brasileiro no ano passado e a Copa Libertadores este ano.

Tudo em nome de torcedores apaixonados, que mais uma vez marcaram presença de modo impressionante para apoiar o clube em Yokohama, engrandecendo o espetáculo. Com fôlego incessante, apoiaram seu time o tempo todo, como se estivessem no Pacaembu, atuando perfeitamente como um 12º jogador.

Aos 69 minutos, eles explodiram. O volante Paulinho tabelou com Jorge Henrique, entrou na área com tudo, mas acabou perdendo o tempo para o chute. A bola, de todo modo, ficou nos pés de Danilo. O meia limpou para o meio e bateu. O valente zagueiro Gary Cahill fez o desvio, mas, na sobra, Paolo Guerrero subiu confiante, bem para cabecear e marcar. Foi o segundo gol do atacante peruano que chegou a ser dúvida dias antes da estreia no Mundial de Clubes da FIFA, devido a uma contusão no joelho.

Equilíbrio

A partida decisiva foi um bastante equilibrada no primeiro tempo, com ótimo nível técnico. Os dois times jogaram com muita disposição, buscando o ataque de modo agressivo, com atletas muito velozes e de vigor físico.

O goleiro Cássio foi mais exigido na etapa inicial, fazendo duas defesas incríveis, que lhe valeram a Bola de Ouro adidas de melhor jogador do torneio – David Luiz ficou com a Bola de Prata, enquanto Guerrero levou a de Bronze.

A primeira defesa, aos 11, foi numa cabeçada seguida por uma finalização no rebote de Gary Cahill. Depois, aos 35, ele se esticou todo para buscar um chute colocado de Victor Moses, que entrou na área em diagonal pela esquerda. O atacante nigeriano estava pronto para comemorar, mas o brasileiro conseguiu alcançar a bola com a pontinha da luva.

Do outro lado, o Corinthians chegou a acertar a trave pelo lado de fora com o atacante Emerson, aproveitando passe de Paolo Guerrero cruzando a área, aos 35 minutos. O atacante peruano deu muito trabalho para a defesa dos campeões europeus, dessa vez composta por David Luiz e Cahill. O zagueiro brasileiro havia atuado como volante na vitória contra o Monterrey, mas voltou a sua posição de origem e fez uma impecável partida, bastante eficiente nos desarmes.

No segundo tempo, a equipe paulistana cresceu muito, conseguiu fazer sua forte marcação por pressão funcionar, ocupando os espaços, sem deixar o Chelsea jogar. Quando conseguiram, Cássio estava em uma jornada inspirada, parando uma investida de Fernando Torres e impedindo o empate.

No fim, todo o esforço dos corintianos para se deslocarem até o Japão foi recompensado. A loucura agora é mundial.


Colunas
Com.: 0
Por Kleber Santos
16/12
09:22

Coluna Primeira Mão - Política e Economia

Diplomação dos eleitos em Aracaju ocorre nesta segunda-feira (17)

 

 
 


A Justiça Eleitoral de Sergipe inicia o processo de diplomação dos candidatos eleitos. Em Aracaju, a solenidade ocorrerá no dia 17 de dezembro, a partir das 17h, no Teatro Tobias Barreto. A diplomação será comandada pela juíza da 2ª Zona Eleitoral, Ana Bernadete Leite. Além da Juíza, compõem a mesa da solenidade a presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe, Desembargadora Aparecida Gama, representantes dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, de âmbito estadual e municipal. Na cerimônia são distribuídos diplomas não apenas aos eleitos, mas também aos suplentes. Depois da diplomação, o candidato eleito torna-se apto para tomar posse do cargo para o qual foi democraticamente escolhido. De acordo com o Calendário Eleitoral de 2012, a diplomação dos eleitos em todos os municípios do país deverá ocorrer até o dia 19 de dezembro.


Valadares Filho e o PSB fiscalizarão João na Prefeitura de Aracaju


Perguntei ao presidente estadual do PSB, deputado federal Valadares Filho se ele e o seu PSB vão ser fiscais atuantes da administração do futuro prefeito João Alves Filho (DEM). Ele respondeu: Sem duvida. Este é o papel que o povo de Aracaju nos delegou e não vamos abrir mão dele. Vamos fazer isso de forma serena, democrática e até mesmo nos colocando à disposição para qualquer conversa na qual os interesses de Aracaju estejam na pauta principal.


Transição com dados bloqueados em Aracaju


Como era de se esperar, surgiram os primeiros ruídos da transição política em Aracaju. Quem fez barulho foi Nilson Lima (PPS), que coordenou o levantamento de informações das situações econômicas e financeiras da Prefeitura. Ele deixou bem claro que teve acesso a poucos documentos e, por causa disso, não terá condições de fazer uma boa avaliação do quadro, mas apenas um precário diagnóstico. Os servidores da administração municipal encarregados de disponibilizar dados mantiveram muitas informações sob sigilo e Nilson Lima somente terá conhecimento total da situação quando assumir o comando da Secretaria de Finanças, se for ele o convidado, como todo mundo suspeita. Mas transição é assim mesmo – quem vai entrar quer saber de tudo e quem está saindo segura os dados e não revela em sua totalidade. Pior que isso foi mesmo em vários outros municípios sergipanos, onde o prefeito que deixa a máquina administrativa e o que vai assumir nem sequer se falam. Mas o prefeito Edvaldo Nogueira (PC do B) disse publicamente que débitos pendentes da PMA chegam a R$ 70 milhões, isso a longo prazo e que deixará para o sucessor João Alves (DEM) uma boa herança, uma PMA sem grandes dívidas e um orçamento de R$ 1,5 bilhão.


Governo federal entra na negociação do Proinveste para SE

 

 
 


A rivalidade entre o governo Marcelo Déda (PT) e os irmãos Amorim pela autorização do empréstimo do Proinveste chegou a Brasília. Déda expôs para a presidente Dilma Rousseff que está aperreado, com a corda no pescoço, e que precisa dos R$ 727 milhões que lhe foram oferecidos para a realização de uma série de projetos e ela passou as informações para a ministra de Relações Instituicionais, Ideli Salvatti, que puxou o assunto com o senador Eduardo Amorim durante audiência na semana passada. A ministra não entendeu porque se o Estado não precisa de recursos para a realização de projetos e obras e o senador estava em busca de dinheiro de emendas ao OGU para colocar em prática suas proposituras. Amorim, então, explicou que seu grupo votou contra o Proinveste para não endividar mais Sergipe. Ainda que sem assimilar bem a briga das terras de Sergipe Del Rei, Ideli prometeu liberar as emendas do senador. Mas será que vai liberar, mesmo sem que o Proinveste seja aprovado? Déda decidiu, seguindo recomendação da presidente Dilma, reapresentar a proposta nos próximos dias. Mas será que os deputados vão aprova-la? Sei não, hein!!!


Queda nos repasses federais
prejudica Sergipe


Os 27 estados brasileiros buscam junto a União um ressarcimento de R$ 10 bilhões. referentes às perdas provocadas pela diminuição dos repasses do Fundo de Participação dos Estados (FPE), da Contribuição sobre Intervenção no Domínio Econômico (Cide) e do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI). O documento elaborado pelos estados foi protocolado na quarta-feira, 12, em Brasília, aos cuidados da presidente Dilma Rousseff, que deverá encaminhar o pleito ao ministro da Fazenda, Guido Mantega. A diminuição dos repasses financeiros provoca problemas em cerca de 20 estados, que já registram atrasos no pagamento de fornecedores e dificuldades no fechamento das folhas salariais de dezembro e do 13º salário.Sergipe, por exemplo, encerrará 2012 com uma frustração de receitas oriundas da União de algo em torno de R$ 250 milhões (-8%) em recursos do FPE. A Prefeitura de Aracaju teve perdas de aproximadamente R$ 40 milhões em recursos do Fundo de Participação dos Municípios (FPM).


Rearrumação do governo Déda terá continuidade

 

 
 


Agora, com um tratamento quimioterápico mais ameno, o governador Marcelo Déda se fará mais presente em Sergipe para poder dar agilidade ao seu governo, conversar com os aliados e dar continuidade ao encaminhamento ao processo de rearrumação de sua equipe administrativa. Está na ordem do dia a definição dos titulares das Secretarias de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplag) e Saúde (SES). Mas os demais titulares de pastas e empresas estão em permanentes avaliações.


Governo federal de olho no SUS e na Segurança

 

 
 


Sabedor das insistentes reclamações populares em torno do precário atendimento nos hospitais e postos de saúde do SUS, o governo federal entrou em csmpo com csmpanha publicitária e agilização na solução dos problemas denunciados. O SUS é o maior plano de saúde do mundo, atende à todos os brasileiros e seu caráter universal tem servido para lhe destacar no planeta Terra. Mas ele não é uma maravilha. Tem problemas graves em todos os estados e pouco a pouco vem se desgastando pela falta de médicos, enfermeiros, leitos, medicamentos... Agora, a tarefa do governo Dilma é melhorar a imagem do SUS e qualificar o atendimento, que é, no mínimo, sofrível. Um outro pepino que o governo está puxando para si é a segurança pública. A violência nas ruas dos centros urbanos já levou a atuação conjunta dos governos federal e estaduais do Rio de Janeiro e São Paulo e poderá ser ampliado atendendo a pedidos dos governadores.

 

 
 


Estiagem e consumo elevado de água são ameaças para o abastecimento - 1


Estiagem prolongada e consumo elevado de água são os principais indicadores de prejuízo ao abastecimento de água potável para população. E o que começa a se descortinar com a falta de chuvas é a necessidade de execução de manobras operacionais. É o que acontece nos municípios de Frei Paulo, Itabaianinha, Pinhão, Tomar do Geru, Lagarto, Riachão do Dantas e Simão Dias, onde os mananciais existentes apresentam queda no volume de produção. Mesmo com este cenário da ausência de chuva e de altas temperaturas registradas em toda região nordeste, Sergipe ainda enfrenta uma situação mais amena quanto ao abastecimento de água. De 160 municípios nordestinos que enfrentam rodízio, Sergipe abrange apenas sete. Neles o abastecimento é feito em dias alternados devido ao consumo elevado de água, além da redução do nível das fontes próprias de abastecimento. No restante do estado, graças aos investimentos feitos pelo Governo do Estado em construção e ampliação de adutoras que captam água do rio São Francisco, as chances de um racionamento ocorrer são pequenas.


Estiagem e consumo elevado de água são ameaças para o abastecimento - 2


A Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso) tem trabalhado para garantir que não falte água nas torneiras dos sergipanos. Entre os meses de dezembro a abril, a empresa aumenta em 20% a produção do volume de água. Só para a Grande Aracaju, são 3.9 mil litros de água por segundo aduzidos de quatro mananciais - Poxim, Ibura, Pitanga e São Francisco. Assim, a Deso dispõe de uma produção de água acima da demanda necessária e, desde 2009, tem evitado adotar o rodízio. "A produção de água é superior à demanda, mas não o suficiente para atender aos excessos do consumo", alerta o diretor de Operações da Deso, Sílvio Múcio. Ele destaca que a população precisa se sensibilizar cada vez mais sobre a importância do uso racional da água. "Se soubermos usar, com consciência, a quantidade necessária de água, ela não faltará". A Organização das Nações Unidas (ONU) estima que cada pessoa precisa de cerca de 100 litros de água por dia para atender as necessidades de consumo e higiene. No Brasil, essa média pode chegar a 150 litros.


Rogério Carvalho: "A política n ão pode ser um instrumento de destruição" - 1


Em discurso na câmara, mais uma vez o deputado federal Rogério Carvalho criticou a oposição sergipana no Congresso Nacional, pela não aprovação do Proinveste na Assembléia Legislativa de Sergipe " A Assembleia Legislativa do Estado de Sergipe, em razão de uma disputa política irracional, que tem levado o Estado a profundas dificuldades, negou ao povo de Sergipe o direito de receber os mais diversos investimentos estruturantes, como a construção do Hospital do Câncer, de rodovias que são reivindicações históricas do povo sergipano e diversas outras obras que jamais poderiam ter sido rejeitadas em nome da discussão política menor, que se apequena cada vez mais, produzindo um resultado que depõe contra os seus políticos, envergonhando a representação popular", explicou.

 
 


Rogério Carvalho: "A política n ão pode ser um instrumento de destruição" - 2

 
 


Rogério acrescentou ainda que "a política não pode ser um instrumento de destruição, a política é a mais nobre função pública, é o meioobjetivo de promover a transformação social para o bem comum, de somar esforços em nome do coletivo, a despeito dos momentos de disputa, de eleições, que são duros, mas tem o seu tempo. Passado o período eleitoral, é obrigação de todo representante dignificar a delegação
popular que recebeu do povo, para o povo e não para os interesses
menores", disse.


Câmara de Aracaju lança livro que conta a sua história

 

 
 


O lançamento do livro “Os camaristas: contribuição a História da Câmara Municipal de
Aracaju (1855-2012) e a Lei Orgânica do Município de Aracaju comentada foi remarcado. O evento acontecerá no dia 20/12, na galeria Alvaro Santos, situada na Praça Olímpio Campos, às 18h30. Os lançamentos estavam previstos para acontecer em novembro, porém, por razões técnicas, teve de ser adiado. Este ano, a Câmara Municipal de Aracaju (CMA) completou 157 anos de fundação e, para manter viva a história do Legislativo aracajuano, bem como comemorar a data, a câmara lançará a 2ª obra sobre o Legislativo. Já a Lei Orgânica comentada, é um livro jurídico que comenta artigo por artigo, face a Constituição Federal e às funções municipais.


Veja quais são os maiores e menores PIBs de Sergipe


Os maiores PIBs de Sergipe, conforme dados do IBGE, estão em Aracaju, Nossa Senhora do Socorro, Canindé de São Francisco, Estância e Laranjeiras, municípios respondem por 58,0% do PIB estadual. Vale registrar também que nestes municípios estão 41,0% da população sergipana. Aracaju, Nossa Senhora do Socorro e Laranjeiras estão na região metropolitana da capital; Canindé de São Francisco é por conta da Usina de Xingó e Estância é o município fora da região metropolitana que possui um histórico de desenvolvimento industrial mais antigo e tem conseguido manter referida tradição. .Amparo do São Francisco com um PIB de R$ 14.868 mil é o mais pobre do estado, representa 0,06% do PIB de Sergipe e 0,17% do PIB de Aracaju. São municípios que quando receberem qualquer atividade econômica de maior porte migrarão de classe e a minha expectativa é de que isto hoje já seja uma realidade e nas próximas análises, não teremos mais esta classificação municipal.

 

 
 


Normas para parcelamento do Seguro DPVAT passam a valer em 2013
- 1

 

 
 


Foi publicada nesta sexta-feira, 14, a resolução do Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP) 266, que estipula as condições para o parcelamento do Seguro DPVAT, que cobre danos pessoais a vítimas de acidentes de trânsito. O parcelamento já havia sido anunciado em outubro pelo decreto presidencial nº 7.833 e aguardava regulamentação detalhada. Conforme acordo entre a Seguradora Líder DPVAT, administradora do seguro DPVAT no Brasil, e os Departamentos de Trânsito (DETRAN’s), o parcelamento será possível em todos os Estados já a partir de janeiro de 2013. As datas de vencimento variam por Estado, seguindo os calendários locais e a numeração final da placa do veículo.


Normas para parcelamento do Seguro DPVAT passam a valer em 2013
- 2


Segundo a norma, os proprietários poderão dividir o pagamento em três parcelas iguais, mensais e consecutivas, desde que o valor mínimo seja de R$ 70,00 por parcela. O objetivo é alcançar os veículos em que o custo do seguro é mais alto, como motocicletas, vans e ônibus. A medida deve atingir cerca de 20 milhões de veículos destas categorias, com exceção aos veículos com primeiro licenciamento em 2013 (0 km), que somente poderão efetuar a quitação do seguro em parcela única. O parcelamento também não vale para os vencimentos anteriores, ou seja, os seguros atrasados devem ser pagos à vista. A opção de dividir o valor será facultativa, porém os proprietários de veículos que decidirem pelo parcelamento e não cumprirem com o prazo estabelecido pelo calendário de vencimentos, perderão o direito e deverão pagar o valor devido em uma única parcela, na data de vencimento da parcela seguinte.

 

 
 


Aracaju vai receber voos charters do Chile - 1


A Secretaria de Turismo (Setur) e a Empresa Sergipana de Turismo (Emsetur) tem participado efetivamente de diversas feiras internacionais a convite da Embratur com o objetivo de familiarizar o destino Sergipe junto aos operadores e agentes internacionais, principalmente de países da América Latina. Os primeiros resultados já estão acontecendo. Sergipe teve dois projetos aprovados para celebração de convênios com a Embratur, um no valor de R$ 555.000,00 para a realização de 12 voos chartes (fretamento) entre Santiago, no Chile, e Aracaju, e outro de R$ 180.000,00 para produção de material destinado à promoção e à divulgação do destino Sergipe em espanhol e inglês.


Aracaju vai receber voos charters do Chile - 2


Esse é o principal foco do Plano Aquarela da Embratur, que prevê até o ano de 2020 o aumento significativo do número de turistas vindo de países da América Latina, como Chile, México, Argentina, Bolívia, Peru e Uruguai dentre outros. Com esse objetivo o Governo Federal e a Setur / Emsetur vêm desenvolvendo ações capazes de fortalecer a promoção e a divulgação do destino. Os voos charters, ou fretamentos aéreos, entre Aracaju e Santiago, vão ser realizados nos meses de julho de 2013 e janeiro e fevereiro de 2014. Mas, já a partir de janeiro de 2013, o trabalho junto aos operadores de turismo, aos agentes de viagem chilenos e imprensa começa a ser realizado,


Exportações sergipanas, no ano, mantém ritmo de crescimento

 


Análise realizada pelo Centro Internacional de Negócios - CIN/SE da FIES, com base nos dados do Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), observou que as exportações sergipanas, no mês de novembro, totalizaram US$ 12,7 milhões, registrando recuo de 11% em relação ao mês anterior. Em relação ao mês de novembro do ano passado, as exportações foram 23,4% menores. As importações somaram US$ 14,9 milhões no mês analisado, sendo inferior ao contabilizado em novembro de 2011, quando as importações somaram US$ 36,8 milhões. Com as exportações menores que as importações, o saldo da balança comercial sergipana permaneceu deficitário, em novembro, com saldo negativo de US$ 2,2 milhões.
Apesar das exportações apresentarem redução na comparação anual e mensal, na análise do acumulado do ano, de janeiro a novembro, as exportações mantiveram crescimento. As vendas ao exterior foram 21,8% maiores, totalizando US$ 136,6 milhões, enquanto as importações, no período citado, alcançaram US$ 249,8 milhões, montante 12% menor, ambos em relação ao mesmo período de 2011. De janeiro a novembro de 2012, o saldo da balança comercial sergipana acumulou um déficit de US$ 113,1 milhões.

 



Coluna Eugênio Nascimento
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
13/12
12:10

Coluna Primeira Mão - Política e Economia

TCE determina prazo para PMA corrigir irregularidades e relançar edital do transporte coletivo


A Prefeitura Municipal de Aracaju (PMA) deverá adotar o critério da 'menor tarifa' no julgamento e terá o prazo de 90 dias para corrigir irregularidades e relançar o edital de licitação do transporte coletivo, sob pena de multa diária de R$1mil, podendo chegar a R$ 50mil. Assim decidiu o colegiado do Tribunal de Contas do Estado (TCE) na sessão plenária desta quinta-feira, 13, acompanhando voto do relator, conselheiro Reinaldo Moura, que considerou parcialmente procedente a denúncia impetrada pelo Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros do Município de Aracaju (Setransp). Diante dos diversos pontos a serem apreciados pelo Tribunal, a votação foi 'fatiada'. Quanto ao critério do julgamento, por maioria (3X2), prevaleceu a posição do relator, acompanhada pelos votos dos conselheiros Carlos Pinna e Ulices Andrade, que também avaliaram o critério do tipo menor tarifa como o “capaz de promover o serviço de transporte público local adequado, eficiente e módico”. Já os conselheiros Clóvis Barbosa e Luiz Augusto se manifestaram a favor do critério da maior oferta pela outorga, como já constava no edital. Nos demais itens, o voto do relator foi acompanhado por unanimidade ao ser apreciado pelo colegiado. Sua elaboração levou em consideração os posicionamentos dos demais conselheiros e do procurador-geral do Ministério Público de Contas, José Sérgio Monte Alegre, manifestados no Pleno e em reuniões administrativas.




Déda reencaminhará projetos do Proinveste para a Assembleia – 1


O governador Marcelo Déda, mesmo no leito do hospital onde faz tratamento de saúde, afirmou, através de sua página no twitter, que reenviará os projetos do Proinveste para a Assembleia Legislativa (AL) atendendo ao pedido da presidenta Dilma Rousseff. “Não deixarei esse debate morrer. Vou reabri-lo, convidar a oposição a apresentar suas sugestões, mobilizar a sociedade e reapresentar o projeto. Atenderei, assim, a solicitação da presidenta Dilma que me pediu para não desistir do Proinveste”, escreveu Déda.
Conforme o governador, enquanto os empréstimos do Proinveste somam R$ 700 milhões, a folha de 2012 vai totalizar R$ 4 bilhões. “A folha é quase quatro vezes maior”, argumentou Déda, ao lembrar que este ano “pagaremos de dívida R$ 300 milhões, toda ela garantida pelo FPE, e a folha custará R$ 4 bilhões. Nunca houve risco para a folha”.


Déda reencaminhará projetos do Proinveste para a Assembleia - 2



Déda reforçou que a parcela mensal dos empréstimos seria de R$ 25 milhões. “A folha mensal é de R$ 300 milhões e a receita própria (FPE+ICMS) é de 400 milhões/mês. A folha não é garantia do empréstimo. Isto é balela. O Ministério da Fazenda já atestou a capacidade de pagamento do Estado de Sergipe. Estou disposto a demonstrar o que escrevi aqui, deitado no leito do Hospital, em qualquer debate, respeitoso e cordial com a oposição”, propôs o chefe do Executivo estadual."O que põe em risco a folha e o custeio é a rejeição dos R$ 130 milhões que eu usaria para pagar a dívida antiga, liberando recursos do tesouro", afirmou o governador, que também fez questão de mobilizar o Governo em torno do Proinveste. “Vamos combater o bom combate em defesa de Sergipe. Quero todo o Governo mobilizado, com coragem e determinação, sem perder a ternura jamais. Sempre debatendo em alto nível, é dever de todos os membros do Governo contribuir como esclarecimento do Proinveste. A verdade liberta”, disse.



João Andrade destaca baixos juros e prazo de pagamento



Também em sua página no twitter, o secretário João Andrade, da Fazenda, explicou que a parcela mensal do Proinveste será de R$ 3,5 milhões. “A Receita Corrente Líquida (RCL) mensal é de R$ 430 milhões. Vamos quitar um empréstimo com taxa de 3% e prazo de seis anos, reduzindo a taxa para 1,1% e prazo de 20 anos. Isto é ruim? Para quem?”, questionou o secretário. João Andrade afirma também que não há risco para o Proinveste. “Temos endividamento de 47% da Receita Corrente Líquida, quando poderíamos ir a 100%. Em 2006 era 57%. Baixamos o endividamento. Os juros e amortização do Proinveste irão comprometer apenas 0,6% da Receita Corrente Líquida. Não há risco algum”, contextualizou o secretário.

 

 
 

 

 
 

 
 

 

 
 

 

 
 

 

 

 
 



PRE/SE: Vereador de Japoatã é condenado a perda de cargo por infidelidade partidária

 

 
 
 
Atendendo ao parecer da Procuradoria Regional Eleitoral em Sergipe (PRE/SE), o Tribunal Regional Eleitoral decidiu manter a condenação de Arnaldo Pinheiro da Silva à perda de mandato por infidelidade partidária. No processo, o vereador não comprovou que sua saída do PPS estava enquadrada em algum dos casos permitidos por lei. No parecer, a procuradora regional eleitoral Lívia Nascimento Tinôco explica que não cabe ao autor da ação comprovar que a transferência de partido foi desmotivada, mas sim, cabe ao réu comprovar o contrário. Arnaldo Pinheiro deixou o PPS enquanto ainda era suplente. Com a morte do vereador Edson Marques de Araújo Júnior, ele assumiu a vaga, mas já não estava filiado a nenhum partido que fizesse parte da coligação. Propaganda ? Em outro julgamento do TRE/SE, também atendendo a parecer da PRE/SE, foi mantida a condenação de Adriano dos Santos e João Marcelo Montarroyos Leite por propaganda eleitoral antecipada, em Nossa Senhora das Dores. Em uma festa popular da cidade, antes do período autorizado para propaganda, Adriano dos Santos afixou em trios elétricos diversos banners com foto, slogan e sigla do partido do então pré-candidato João Marcelo. O TRE/SE manteve as penas de multa de R$ 8 mil e R$ 6 mil para João Marcelo e Adriano dos Santos, respectivamente.

 

 

 
 




Efeitos da seca são minimizados por liderança indígena



“Graças aos programas sociais do governo federal, os efeitos da seca hoje são mínimos no sertão nordestino, especialmente em Sergipe. O problema que existe hoje é a falta de água, mas as pessoas têm acesso a alimentos e já vivem o desespero de tempos passados”. O comentário é do líder Xocó, Apolônio. Ele lembra que “até recentemente não se tinha água, nem comida e muito menos dinheiro para sobreviver”. Apolônio defende uma melhoria na política de abastecimento de água, pois “não faz sentido pegar a água no rio São Francisco para abastecer várias cidades e deixar os moradores da região do “Velho Chico” sem ter água nas torneiras”.

 

 
 

 

 
 

 
 

 

 
 

 

 
 

 


Juízo da 26ª ZE anula Eleição de Ribeirópolis
- 1

 

 
 

 

 
 

 

 

 
 

 

 
 

 
 

 

 
 

 

 
 

 



O Juiz da 26ª Zona Eleitoral, Paulo Roberto Fonseca Barbosa, cassou o registro de candidatura do Prefeito e do Vice-Prefeito eleitos de Ribeirópolis, João Francisco da Cunha e Miguel Antônio dos Santos, respectivamente. Bem como, anulou a eleição majoritária do referido município. A decisão atendeu o pedido de ação de investigação judicial eleitoral da Coligação "Unidos por Ribeirópolis", que abrangeu ainda a atual prefeita Evanira do Nascimento Barreto. O juiz condenou o prefeito e vice-prefeito eleitos da coligação "O Progresso Continua com Liberdade" e a atual prefeita, pela prática de condutas vedadas, bem como abuso de poder de autoridade e econômico, consistente no uso da máquina administrativa em favor do referidos candidatos - uso das cores do partido em grande parte dos bens públicos móveis e imóveis, além de fazer campanha eleitoral de forma subliminar - declarando-os inelegíveis por oito anos, contados a partir do atual pleito e ao pagamento de multa individual no valor de R$ 106.410,00. Condenou também a Coligação "O Progresso Continua com Liberdade", pela prática de condutas vedadas, ao pagamento de multa no importe de R$ 106.410,00.



Juízo da 26ª ZE anula Eleição de Ribeirópolis – 2


Em suas razões, o magistrado sentenciante observou que “Não há dúvidas de que a personalização do patrimônio público violou, no mínimo, os princípios da impessoalidade (o administrador ou partido político é facilmente identificado nas cores dos bens públicos, havendo personalização do patrimônio); da moralidade (entendida como violação dos deveres de lealdade e boa-fé); da eficiência (não é eficiente gastar dinheiro público com promoção pessoal, já que o dinheiro é desperdiçado com algo desnecessário); da legalidade em sentido amplo (art. 37, § 1º, CF/88); da supremacia do interesse público (no caso sob análise, o administrador preferiu garantir interesses particulares de promoção pessoal e campanha eleitoral a prestigiar o interesse público de conservação dos bens); da indisponibilidade do interesse público (o administrador agiu como se dono do patrimônio público fosse e não mero gestor) e da publicidade (o administrador torna pública as ações de inauguração e conservação de prédios públicos, mas com o objetivo de promoção pessoal e favorecimento aos seus aliados políticos).”

 

 
 

 

 
 

 
 

 

 
 

 

 
 

 

 

PL que institui reajuste e acaba com a Carreira do Magistério só será votado em 2013

 
 


A deputada estadual Professora Ana Lúcia (PT) lamentou que no encerramento do ano legislativo de 2012 os professores do Estado de Sergipe ainda não tennham uma resposta sobre a proposta formulada pela categoria e apresentada pela Assembleia Legislativa ao Executivo para viabilizar o pagamento do reajuste de 22,22% no Piso Salarial Profissional, sem a destruição da carreira do Magistério. A deputada explicou que a proposta construída num diálogo seu com o sindicato e aprovada pela categoria, e também, por unanimidade, pela Assembleia Legislativa prevê o pagamento de 19,5% de reajuste a partir de outubro de 2012, e a negociação dos 2,72% restantes. Além de viável, a proposta impede que se configure o estabelecido pelo projeto de Leis 213/2011: a destruição da Carreira do Magistério e o fim do parâmetro para aplicação do Piso, decorrentes da extinção da carreira do professor de nível médio. "A proposta que tramita nesta Casa trata da destruição da Carreira do Magistério. Nós não podemos perder aquilo que acumulamos desde 1973, com a aprovação do primeiro Estatuto do Magistério, que é o estímulo para o professor estudar, ter licenciatura plena, fazer mestrado e doutorado para melhorar a qualidade de sua formação", disse.

 

 

Juiz estabelece taxa de R$ 1,00 para estacionamentos em shoppings de Aracaju


 

 

O juiz da 11ª Vara Cível de Aracaju, Isaac Costa Soares de Lima, concedeu liminar a ação da Defensoria Pública de Sergipe determinando a redução de R$ 4,00 para R$ 1,00 o valor a ser pago pelo uso dos estacionamentos dos shoppings de Aracaju. Na mesma medida, o magistrado fixa em R$ 0,50 o valor a ser cobrado aos motoqueiros. A decisão judicial deve ser acatada em um prazo máximo de 48h (sexta-feira,14, vence o prazo). O desrespeito à determinação pode gerar multa de R$ 100 mil?dia.

 

 



SE discute Agenda de Desenvolvimento e Competitividade

 

 



Decorrente do Plano Nacional de Empreendedorismo e Negócios (PNEN), em alinhamento com o projeto de fortalecimento dos Fóruns Estaduais de Micro e Pequenas Empresas (MPEs), a Agenda Nacional de Desenvolvimento e Competitividade foi dividida em cinco etapas. No último dia 6, como sequência da elaboração da Agenda, foi realizada videoconferência com todos as Unidades de Políticas Públicas (UPPs) do Sebrae no país, com a participação de Sergipe, através dos técnicos da Secretaria do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia (Sedetec) Márcio Monteiro e Floro França, além da analista Carine Marie Alves Santos, do Sebrae. A Agenda está sendo elaborada pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), por meio do Fórum Permanente das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte, em parceria com o Centro de Apoio ao Desenvolvimento Tecnológico da Universidade de Brasília (CDT/Unb), onde foi dado início a um amplo levantamento de estudos e informações sobre o Brasil em comparação com a Alemanha, Chile, Estados Unidos, Índia e Itália. Em continuidade a estas ações, a videoconferência teve como objetivo informar aos Governos Estaduais acerca das atividades na construção da Agenda Nacional de Desenvolvimento e Competitividade das Micro e Pequenas Empresas, bem como do projeto de fortalecimento dos Fóruns Estaduais.


 

Oliveira Júnior desmente boato contra Jorge Alberto

 



O secretário de Estado do Planejamento, Orçamernto e Gestão, Oliveira Júnior, disse à coluna que não tem fundamento a informação dando conta de o ex-secretário da Casa Civil, Jorge Alberto, estaria votando contra as propostas apresentadas ao CRAFI pelo secretário da Fazenda, João Andrade e gerando crise no governo. “Eu fui secretário da Casa Civil e não fiz parte do Conselho, Jorge Alberto também o foi e não participou da composição. O Hoje titular da pasta, Sílvio Santos também não é integrante do CRAFI. Portanto, a informação que circulou por aí não passa de boato”, explicou.



Chumbinho mata muitos ratos e gatos em Aracaju

 

 

 

 
 



O uso popular do “chumbinho” no combate aos ratos tem provocado muitas mortes de gatos em Aracaju. “As pessoas preparam as iscas e jogam nos quintas, varandas e nas ruas e os gatos comem. São muitas as mortes de gatos causadas por esse motivo”, explica o veterinário João Farias. Já os cães são muito atingidos pelo calazar, verminoses e fungos, além da leptospirose.


Nilson Lima - Equipe de transição encerra atividades dia 20 na Prefeitura de Aracaju


O economista e dirigente do PPS de Sergipe Nilson Lima, anunciou nesta quinta-feira que a
Equipe de Transição designada pelo prefeito eleito, João Alves, encerrará seus trabalhos na próxima quinta-feira, dia 20. “Tivemos a cesso a pouca documentação e isso nos impede de fazer juízo de valor mais preciso. Contudo, dá para se ter um diganóstico e elaborar propostas para o prefeito João Alves. Mas é fato que a Prefeitura foi muito econômica no fornecimento de informações disse Lima.


 

"O trabalho prisional é visto como um meio de reduzir os efeitos do crime", afirma André Moura


 

 
 

Durante o discurso desta quinta-feira, 13, o deputado federal André Moura - líder do PSC no Congresso Nacional - destacou o PL 4853/2012 que estabelece a obrigatoriedade do trabalho para os detentos. Segundo ele, o trabalho é a melhor forma de ocupar o tempo ocioso e também serve como meio de sobrevivência que realiza por si a dignidade do homem. "O trabalho prisional é visto um meio de reduzir os efeitos do crime em virtude da ocupação dada e o texto da Lei de Execução Penal estabelece o trabalho do condenado como dever social e condição de dignidade humana, o qual terá finalidade educativa e produtiva", exaltou. O deputado baseou sua propositura em informações do Depen (Departamento Penitenciário Nacional, do Ministério da Justiça) e do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais). Segundo o levantamento, enquanto o país investe mais de R$ 40 mil por ano em cada preso em presídios federais, gasta apenas R$ 15 mil anualmente com cada aluno do ensino.



MPF/SE processa Telemar e Anatel por cobrança indevida de auxílio lista


 

 
 
 
O Ministério Público Federal (MPF) está processando a empresa de telefonia Telemar e a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) por cobranças indevidas pela consulta ao auxílio lista em Sergipe. A ação civil pública pede que os serviços deixem de ser cobrados imediatamente, sob pena de ser a empresa obrigada a pagar multa. Após receber uma reclamação de um consumidor, o MPF requereu informações à Anatel e constatou que a empresa não tem fornecido gratuitamente listas telefônicas impressas, aos assinantes que solicitam, nem tampouco tem garantido o acesso gratuito ao Serviço 102, de auxílio à lista. O procurador da República responsável pela ação, Rômulo Almeida, explica que o contrato de concessão para a prestação de serviço de telefonia, assinado pela Telemar, prevê que a empresa deve garantir que o consumidor possa optar por receber a lista impressa ou ter acesso gratuito ao auxílio lista.

Banese realiza nova operação de crédito imobiliário

 

O Banco do Estado de Sergipe (Banese) está financiando um novo empreendimento imobiliário. A operação de crédito, no valor de R$ 2,5 milhões, foi realizada esta semana, com a 3M Incorporações e Construções Ltda. Ela visa a construção do Residencial Apoema, um edifício de 12 andares de apartamentos, com dois apartamentos por andar, num total de 24 unidades, localizado na Avenida João Bosco de Andrade Lima, nº 950, no bairro da Atalaia. Dois dos sócios da 3M, os engenheiros Marcelo Barreto Campos e Murilo Batista Santos, estiveram na última quarta-feira, 12, na sede do Banese, para assinar o contrato de financiamento. Eles foram recebidos pela presidente do Banco, Vera Lúcia de Oliveira, e pelos demais diretores da instituição, Edson Caetano, Maria Avilete Ramalho, Hércules Silva Daltro e Carlos Alberto Tavares. De acordo com Marcelo Campos, o custo total do empreendimento, que contará também com dois pavimentos de garagens, será de R$ 5 milhões.

 

Deso monitora municípios do Alto Sertão afetados pela estiagem  -  1    

Com o objetivo de buscar soluções para otimizar a distribuição de água em municípios do Alto Sertão, atendidos pela Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso), o diretor Técnico da empresa, Carlos Fernando de Melo Neto, vistoriou o funcionamento de algumas redes de abastecimento. Acompanhado pelo gestor da Unidade Negócios Sertão da Deso, Carlos Anderson Pedreira, o engenheiro da Deso visitou Nossa Senhora da Glória, além de povoados de Porto da Folha. A visita começou pelo Centro de Controle Operacional da Companhia, situada em Glória, onde por meio de um sistema automatizado os técnicos operacionais fazem o monitoramento dos níveis de água, desde a captação, passando pela reservação, até a distribuição. Estima-se que hoje os 20 municípios abrangidos pela Unidade Sertão da Deso recebem mais de 1 milhão de litros de água potável por hora.  Segundo Carlos Melo, a produção de água é suficiente para atender aos clientes da empresa que moram naquela região, graças a construção da adutora do Semiárido, que há pouco mais de dois anos passou a somar o abastecimento de outras adutoras (Alto Sertão e Sertaneja). "Hoje toda a população do sertão não conseguiria sobreviver sem a adutora do Semiárido. Era comum haver rodízio entre as cidades e o que percebemos, nas últimas estiagens, é que nenhuma sede municipal sofreu racionamento", comenta o diretor.


Deso monitora municípios do Alto Sertão afetados pela estiagem   - 2
 

Ele explica que, apesar de a quantidade de água produzida ser suficiente para suprir a demanda, alguns entraves dificultam o abastecimento em comunidades mais distantes. São casos pontuais, como no povoado Craibeiro, em Porto da Folha. Lá existe rede de distribuição de água, incluindo reservatório, mas os moradores não recebem o volume total do bem natural fornecido. Por isso, a equipe da Deso foi ao local para verificar de perto a situação."Será feito um monitoramento mais aguçado para que possamos descobrir o por quê de a água não está chegando com eficiência às torneiras dos moradores do Craibeiro", afirma Carlos Melo, revelando que há indícios de que a água seja desviada ou dissipada por furtos na extensão da mesma rede que atende a comunidade. Como solução, a Deso vai investigar o caso e executar intervenções imediatas para otimizar a oferta para a localidade.

 

 

 



Colunas
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
12/12
23:52

Lucas resolve na bola, e São Paulo é campeão após abandono do Tigre

O jogador Lucas (dir.), do São Paulo comemora seu gol contra o Tigre, da Argentina


O São Paulo amansou o Tigre rapidamente na noite desta quarta-feira e abriu 2 a 0 no primeiro tempo, com um gol e assistência de Lucas, que fazia sua última partida com a camisa tricolor. Uma confusão generalizada no intervalo, no entanto, levou o time argentino a se recusar a retornar ao gramado do Morumbi, sob a alegação de que não tinha segurança para continuar, e o time brasileiro foi declarado campeão sem precisar disputar os últimos 45 minutos do confronto.

O tumulto ocorreu após o apito final da primeira etapa. Lucas mostrou a Orban o algodão ensanguentado que usava no nariz depois de levar uma cotovelada dele aos 37 minutos – não advertida pelo árbitro. Jogadores dos dois times, inclusive os reservas, então começaram a trocar empurrões. O juiz expulsou Díaz, do Tigre, e o são-paulino Paulo Miranda.

Tudo parecia contornado, mas houve um novo corre-corre nos vestiários. Alegando que policiais militares sacaram revólveres, o Tigre decidiu não voltar ao campo. Os são-paulinos, por sua vez, subiram normalmente, assim como o trio de arbitragem. Passados minutos de indecisão e discussão entre os delegados, a Conmebol decretou o São Paulo campeão da competição.

Antes das finais, o São Paulo era favorito absoluto diante de um adversário com elenco modesto e que chegava a uma decisão continental pela primeira vez na história. Mas se tratava, antes de tudo, de um duelo entre brasileiros e argentinos, uma das maiores rivalidades do futebol mundial e que equilibraria bastante as forças nos primeiros 90 minutos.

Em La Bombonera, a catimba resultou na expulsão de Luis Fabiano. Artilheiro são-paulino no ano, o centroavante recebeu cartão vermelho por tentar revidar agressão do zagueiro Donatti, que lhe acertou um soco no braço e também deixou sua equipe com um jogador a menos nos minutos iniciais. Com dez de cada lado, prevaleceu a marcação forte e, às vezes, desleal dos mandantes.

Polêmica
Na volta, a polêmica começou na véspera, pois, por conta do ruim estado do gramado em virtude da realização de dois shows da cantora norte-americana Madonna, o São Paulo impediu o Tigre de reconhecer o Morumbi. No dia da partida, a tensão aumentou. Após ter o ônibus apedrejado na chegada ao estádio, a equipe argentina precisou enfrentar seguranças para aquecer em campo.

Quando o árbitro chileno Enrique Osses apitou pela primeira vez, o São Paulo mostrou que iria controlar o jogo. O único susto foi aos 14 minutos. Jogador mais agudo e valorizado do Tigre, Botta limpou a marcação do volante Wellington na esquerda da grande área e chutou rasteiro. Mas o goleiro Rogério Ceni se agachou e fez a defesa no canto direito baixo.

Aos poucos, o São Paulo foi amansando o adversário e amadurecendo o gol. Até que, aos 22 minutos, Willian José, substituto de Luis Fabiano, recebeu passe na área, fintou o zagueiro e atrasou para Jadson. O meia não alcançou, mas a sobra ficou com Lucas. O camisa 7 adiantou a bola e chutou cruzado, de pé esquerdo, para vazar o goleiro Albil, até então preocupado em fazer cera.

Cinco minutos mais tarde, o São Paulo se valeu de novo de seu veneno mais letal: a habilidade e a velocidade de Lucas. O meia-atacante fez boa jogada na intermediária e passou para Osvaldo nas costas da defesa. Em posição duvidosa, o atacante continuou a jogada normalmente e tocou a bola por cima de Albil para ampliar a vantagem e levar a torcida a gritar “o campeão voltou”.

Ao verem a tática de retranca cair, a violência demonstrada pelo Tigre em Buenos Aires voltou à tona. Aos 37 minutos, Lucas levou uma cotovelada de Orban e caiu no gramado, com o nariz sangrando. O juiz, que no começo tinha boa atuação, deixou o jogo correr, irritando Rogério Ceni. Por reclamação, o capitão são-paulino recebeu cartão amarelo. A torcida, enquanto isso, já fazia festa na arquibancada e gritava "olé".

No fim do primeiro tempo, Lucas mostrou a Orban o algodão ensanguentado que usava no nariz. Imediatamente foi criada uma confusão, com troca de empurrões entre jogadores dos dois times, inclusive os reservas. A polícia interveio, e os argentinos alegaram falta de segurança para continuar a partida. Eles então se trocaram e abandonaram a partida, decretando o São Paulo campeão.



Esportes
Com.: 0
Por Kleber Santos
12/12
11:25

Comissão de Turismo e Desporto discute investimentos em estados que não serão sede da Copa de 2014

À convite da Comissão de Turismo e Desporto, da Câmara Federal, o secretário-adjunto do Turismo de Sergipe, José Roberto de Lima, esteve participando dos debates acerca da situação dos estados que não participarão diretamente da Copa do Mundo de 2014 (Acre, Alagoas, Amapá, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraíba, Piauí, Rondônia, Roraima, Santa Catarina, Sergipe e Tocantins).

Durante o debate, foram discutidos investimentos oriundos do governo federal que também irão contemplar as cidades 'não-sedes' da Copa de 2014, mas de que alguma forma estarão inseridas no roteiro dos turistas que virão ao Brasil.

O Governo de Sergipe, através da Setur, tem cobrado apoio dos Ministérios do Turismo e do Esporte para que sugiram ao Comitê Organizador Local da Copa de 2014 que os Centros de Treinamentos (CT's) fiquem localizados, preferencialmente, nos estados que não serão sede da Copa. "Esta é uma forma de tornar a Copa 2014 efetivamente um evento nacional, distribuindo da melhor forma os impactos econômicos do evento e dos próprios investimentos públicos, como por exemplo, a Ponte Gilberto Amado que contou com apoio fundamental do Mtur", disse José Roberto de Lima, que participou da audiência pública como debatedor.

*Com informações da Agência Câmara de Notícias



Economia
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
12/12
11:21

Venâncio Fonseca diz ser alvo dos ataques dos governistas

 Foto: Maria Odilia, da Agência Alese
Click para ampliar

 

O deputado estadual e líder da oposição, Venâncio Fonseca, disse hoje que lamentava as críticas que vem recebendo após a mudança na Assembleia Legislativa. Falando em nome da bancada sobre as agressões, disse que membros do governo, após a derrota do Proinveste, passaram a atacá-lo. “Vivemos num regime democrático, num estado de direito onde devemos respeitar a oposição e a decisão de cada um. Aqueles que fazem parte do governo, após o resultado, precisam respeitar a decisão dos seus colegas, e isso seja governo ou oposição. Tem que respeitar o resultado e tentar resolver as coisas no diálogo e na conversa. Jamais através da agressividade e da pancadaria”.


“Isso vem acontecendo desde o primeiro momento que esta Casa tomou uma decisão e reelegeu a presidente da Casa com uma nova Mesa Diretora. Éramos minoria e o governo sempre aprovava seus projetos. Depois da eleição da Mesa o governo perdeu o rumo. Marcelo Déda, ex-líder da oposição, foi opositor duro a Valadares aqui nesta Casa, hoje o seu governo não está sabendo respeitar a autonomia e a posição dos parlamentares na Assembleia”, lamentou o deputado.


Venâncio disse que o governo acha que a Assembleia deveria ser uma sucursal do governo do Estado, mas lembrou que se trata de Poder independente e os deputados tomam a posição que achar conveniente. “Mas sempre depois de algumas votações logo vem as agressividades. Na época chamaram os que deram sustentação ao governo de 'traíras', a presidente da Casa e vários parlamentares. Acharam pouco e foram a cidade de Japoatã, a terra da Presidente, e agrediram a deputada”. (Da assessoria)



Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
12/12
07:36

Augusto pede informações sobre isenções de ICMS para indústrias

 Foto: Maria Odilia, da Agência Alese
Click para ampliar

 

O vice-líder da bancada de oposição na Assembleia Legislativa, deputado estadual Augusto Bezerra (DEM), ocupou a tribuna na manhã de hoje (11), para anunciar que apresentou um requerimento ao secretário de Estado da Fazenda, João Andrade, no sentido de conseguir informações a respeito das isenções do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para indústrias instaladas em Sergipe.


O democrata explicou seu requerimento dizendo que “quero informações sobre quanto custa para o Estado de Sergipe uma isenção de ICMS. Faço isso porque estão dando incentivos fiscais para essas fábricas, ampliando para até 25 anos. Eu voto a favor, agora as pessoas precisam saber que uma empresa dessas se instala no Estado e nós não sabemos de quanto será dispensado o ICMS”. (Da assessoria)



Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
12/12
07:33

Zezinho quer sergipanos sendo ressarcidos por cobranças indevidas nas contas de energia elétrica

 

Foto: Maria Odilia, da Agência Alese

Click para ampliar

 

O deputado estadual Zezinho Guimarães (PMDB) ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa, na manhã de hoje (11), para cobrar empenho do Procon em Sergipe no sentido que todos os sergipanos que, segundo ele, pagaram valores indevidos em suas contas de energia elétrica entre os anos de 2002 e 2009, sejam ressarcidos. Ontem (10), o Tribunal de Contas da União (TCU) decidiu que não é sua competência obrigar a devolução. Em todo o País o volume de recursos a ser devolvido pelas distribuidoras de energia elétrica soma R$ 7 bilhões.


A cobrança indevida nas contas de luz está tramitando no Congresso e, atualmente, aguarda deliberação da Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara dos Deputados. O Projeto de Decreto Legislativo (PDC) nº 10/2011, de autoria dos deputados Weliton Prado (PT/MG) e Eduardo da Fonte (PP/PE), obriga as concessionárias de energia elétrica a devolverem os valores cobrados a mais dos consumidores nas contas de luz de 2002 a 2009. (Da assessoria)

 


Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
Primeira « Anterior « 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 » Próxima » Última

Enquete


Categorias

Arquivos