28/11
15:42

* A especialização relativa da economia sergipana (2)*

Ricardo Lacerda*
 

A Pesquisa Agrícola Municipal- PAM, do IBGE, referente ao ano de 2009, trouxe alguns resultados muito positivos para a agricultura sergipana. A cultura do milho, que tem sido a principal atividade agrícola do semi-árido sergipano, manteve sua trajetória de crescimento dos anos anteriores, alcançando o montante de 784,4 mil toneladas, 20,3% acima da safra de 2008.
Entre as principais culturas sergipanas, cabe ainda destacar em 2009 o crescimento de 7,3% na produção da cana-de-açúcar, de 1,6% na da laranja e 27,5% na produção de feijão. A mandioca teve recuo de 3,6% e o arroz de 2,4%, enquanto a produção de coco da baía se manteve estabilizada, -0,8%.

 
Em uma perspectiva de tempo um pouco mais longa, entre 2001 e 2009, a produção de laranja cresceu 35%, a cana-de-açúcar, 96%, o coco da baía, 209%, e a produção de milho, simplesmente 1.405%, ou seja, ampliou-se 15 vezes no período. A produção de arroz cresceu 24% e a de feijão 64%. A expansão dessas culturas atesta a evolução favorável da agricultura de
Sergipe ao longo da década.

 
Principais culturas
 
Em 2009, o valor da produção da agricultura sergipana alcançou a cifra de R$ 1,05 bilhão. Desse total, as culturas permanentes responderam por R$ 538,8 milhões, um pouco acima dos 507,4 milhões das culturas temporárias. (Ver
gráfico). As principais culturas permanentes, que são praticadas na Mesorregião Leste Sergipano, eram a laranja, cujo valor de produção somou R$ 276,7 milhões, o coco da baía, com R$ 136,2 milhões, o maracujá, R$ 45,6 milhões e a banana, R$ 37,9 milhões. Novas culturas permanentes tem se desenvolvido no solo sergipano, como a produção de manga, mamão, goiaba, entre outras.


Dentre as culturas temporárias, em geral praticadas no semi-árido, com a notória exceção da cana-de-açúcar, as mais importantes são o milho, cujo valor de produção, em 2009, atingiu R$ 188,1 milhões, a cana-de-açúcar, 134,8 milhões, a mandioca, R$ 95,3 milhões, o feijão, o arroz, a bata-doce e o fumo. As culturas permanentes respondiam por 51,5% do valor da produção agrícola estadual, frente aos 48,5% das culturas temporárias. Tal equilíbrio de participação dos dois tipos de cultura é uma característica muito específica do território sergipano.


* Veja o artigo na íntegra em
*http://cenariosdesenvolvimento.blogspot.com - http://cenariosdesenvolvimento.blogspot.com/2010/11/especializacao-relativa-da-economia.html


Economia
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
27/11
03:06

Município arrecadou quase R$ 46 milhões com IPTU

A última parcela do Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU), um dos tributos mais importantes para o município, foi paga pelos aracajuanos neste mês de novembro.

Com o pagamento, foram arrecadados cerca de R$ 46 milhões este ano, 12% a mais do que em 2009, quando a arrecadação foi de aproximadamente R$ 41 milhões.

O IPTU, que pode ser parcelado em até oito vezes ou pago em parcela única, é utilizado em áreas prioritárias para a administração municipal, como saúde e educação.

"Investimos 25% em educação e cerca de 19% na saúde. Os demais recursos são utilizados para o pagamento da folha dos servidores, realização de obras e manutenção da cidade, com a recuperação das vias e limpeza urbana", afirma Jeferson Passos, secretário municipal de Finanças.


Economia
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
26/11
15:25

Arroz com feijão sobe mais que a inflação

Em um ano, preço do prato mais tradicional entre os brasileiros sobe 16,7%, três vezes mais que a inflação. Comer fora de casa está 7,77% mais caro neste ano.

Fonte: MSN


Economia
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
26/11
00:30

Mendonça destina recurso para construção de laboratório de imunogenética em Sergipe

 O deputado federal Mendonça Prado (DEM/SE) apresentou emenda ao Orçamento Geral da União (OGU) no valor de R$ 1 milhão de reais para a construção de um laboratório de imunogenética e transplantes em Sergipe. O objetivo é atender os pacientes portadores de insuficiência renal crônica.

O portador de insuficiência renal crônica perde a função dos dois rins e apresenta uma série de problemas médicos, tais como inchaço, cansaço, anemia, falta de ar e etc., que podem provocar a morte, caso não inicie o tratamento em tempo correto. Habitualmente, é indicada a hemodiálise, três vezes por semana, durante quatro horas, por todo o resto da vida da pessoa. O transplante de rim é um procedimento mais eficiente para a possível 
cura do paciente.

Fonte: Da Assessoria


Economia
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
26/11
00:28

Miriam destaca retirada do transporte intermunicipal da Rodoviária Velha

 A vereadora Miriam Ribeiro (PSDB) registrou os transtornos que pode causar a mudança do transporte intermunicipal da Rodoviária Velha para a Nova. O pronunciamento aconteceu no plenário da Câmara Municipal de Aracaju (CMA), na sessão desta quinta-feira, 25/11. "O povo que mora no interior do Estado, que trabalha ou vem resolver negócios em Aracaju, encontra-se em estado de revolta com essa determinação do Ministério Público", disse.

Fonte: Da Assessoria


Economia
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
26/11
00:27

Embaixadores de SE em Alagoas

 Nesta quinta-feira, 25, a partir das 19:30h, no restaurante Família Giuliano, em Maceió, Alagoas, terá início mais uma ação do projeto Embaixadores de Sergipe. O objetivo é qualificar agentes e operadores de viagem para venderem o destino.

"Apesar de Alagoas ser um importante mercado emissor ainda não temos uma inserção significativa. Por isso o Embaixadores de Sergipe se torna uma ação importante, pois sabemos o potencial que o Estado vizinho apresenta. Precisamos fomentar o público alagoano e despertá-los para nossas belezas", explica o diretor-presidente a Empresa 
Sergipana de Turismo (Emsetur), José Roberto de Lima. 

Fonte: Da Assessoria


Economia
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
26/11
00:21

Crédito Rápido Banese já liberou mais de R$ 17 milhões

O novo serviço do banco vem efetuando uma média de 329 operações de crédito por dia
 
Mais de R$ 17,1 milhões já foram liberados pelo Crédito Rápido Banese, novo serviço do Banco do Estado de Sergipe (Banese) que disponibiliza aos clientes a contratação de empréstimos pessoais diretamente nos Canais de Autoatendimento da instituição, através dos Caixas Eletrônicos e Internet. Lançado no dia 3 deste mês, o Crédito Rápido Banese realizou, até o último dia 23, 6.585 operações, numa média de 329 por dia.

Fonte: Da Assessoria


Economia
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
25/11
19:07

BC aumenta para 15% pagamento mínimo da fatura do cartão de crédito

O consumidor deverá pagar pelo menos 15% de sua fatura mensal de cartão de crédito a partir de junho de 2011, conforme portaria editada nesta semana pelo Banco Central. A partir de 1º de dezembro de 2011, essa exigência sobe para 20%.

Atualmente, o consumidor pode arcar com somente 10% da fatura mensal, e pagar juros sobre o restante. A circular do BC determina que as empresas que emitem os cartões notifiquem os clientes sobre essas novas condições a partir de 1º de março de 2011.

A circular do BC ainda determina que as empresas enviem a lista detalhada de valores e serviços relacionados ao cartão com antecedência de 45 dias do início do cobrança, ou de aumento de alguma tarifa.

Pesquisas do setor financeiro apontam os juros cobrados pelo uso do "rotativo" dos cartões de crédito entre os mais altos da praça.

Levantamento da Anefac (associação dos executivos da área de finanças) mostra que a taxa média de juros cobrada em cartões de crédito -- 10,69% ao mês (238,30% ao ano) -- está em seu nível mais alto desde junho de 2000.

Além disso, a partir do ano que vem, os bancos terão que seguir regras mais rígidas na cobrança de tarifas em seus cartões de crédito. Segundo normas anunciadas hoje pelo Conselho Monetário Nacional, o setor só poderá cobrar cinco tipos de tarifas de seus clientes --atualmente são cerca de 80, de acordo com o Banco Central.

O objetivo do CMN é uniformizar os tipos de cobrança feitas pelas instituições financeiras. Pelas regras, as tarifas que poderão ser cobradas pelos cartões de crédito são: anuidade, emissão de 2ª via, saque em dinheiro na função crédito, pagamento de contas e avaliação do limite de crédito do cliente.

As regras entram em vigor em 1º de junho de 2011 para cartões de crédito que sejam emitidos a partir dessa data. Cartões antigos, emitidos antes disso, só terão que obedecer as novas normas a partir de 1º de junho de 2012.

Fonte: Dieese


Economia
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
Primeira « Anterior « 193 194 195 196 197 198 199 200 201 202 203 » Próxima » Última

Enquete


Categorias

Arquivos