24/11
14:32

SE quer ampliar póloprodutor de adubo

A presença da Fafen (produz fertilizantes notrogenados) e da Vale (produz cloreto de potássio) vem atraindo, ao longo dos anos, fábricas misturadoras de adubos que têm se instalado ao longo da BR-101, entre a Fafen e a Vale.

Essas fábricas recebem incentivo fiscal do governo do Estado (redução do ICMS por 10 anos), geram emprego e dinamizam a economia sergipana. Atualmente estão instaladasHeringer, Fertinon, Fertigran, Sergifértil, Sergimult, Boasafra, Galvani e Sudoeste.

Ontem,o secretário de Desenvolvimenhto Jorge Santana, e Ancelmo Oliveira, presidente da Codise, fizeram palestra para cerca de 20 industriais sobre as oportunidades de investimento em Sergipe, na sede da Associação das Misturadoras de Adubos (AMA), em SP.


Economia
Com.: 0
Por Kleber Santos
24/11
12:56

Sergipanos poupam mais de R$ 2,6 bilhões


O último levantamento feito pelo DIEESE mostra que os depósitos em poupança da economia brasileira totalizaram R$ 353,32 bilhões de reais no mês de Agosto de 2010, um aumento de 1,09%* em relação ao mês anterior. No período de 12 meses o total de depósitos teve crescimento de 19,79%.

Nordeste

Os depósitos em poupança na economia nordestina totalizaram R$ 47,18 bilhões de reais no mês de Agosto de 2010, um aumento de 0,66% em relação ao mês anterior. No período de 12 meses o total de depósitos teve crescimento de 20,13%.

Sergipe

Os depósitos em poupança na economia sergipana totalizaram R$ 2,67 bilhões* de reais no mês de Agosto de 2010, um aumento de 1,54% em relação ao mês anterior. No período de 12 meses o total de depósitos teve crescimento de 21,47%.


Economia
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
24/11
12:49

Fórum Empresarial de Sergipe declara guerra à CPMF

Representantes das 32 entidades que formam o Fórum Empresarial de Sergipe elaboraram, ontem, documento com assinaturas contra a volta da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira, a CPMF, durante reunião-almoço do Fórum Empresarial de Sergipe ocorrida nesta terça-feira, 23, no Hotel Aquarius, em Aracaju. O documento será enviado para o governador do Estado, Marcelo Déda, além dos deputados federais e senadores.

O coordenador e vice-coordenador do Fórum Empresarial de Sergipe, Fernando Carvalho e Alexandre Wendel, respectivamente, disseram que a volta da CPMF é um golpe, e o Fórum Empresarial de Sergipe reage contra a recriação do imposto.

Presente na reunião-almoço, o presidente da Associação Comercial e Empresarial de Sergipe (ACESE), Sadí Gitz, reafirmou a posição contrária da entidade e fez duras críticas à possível volta da CPMF.

?A reedição do imposto não foi discutida com a sociedade, nem mesmo durante a campanha eleitoral?, ressaltou Sadí Gitz, acrescentando que a volta é considerada inadmissível também pela Confederação Nacional da Indústria (CNI),
como também se mostrou contrária a Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB), além de outras entidades.

Para a classe empresarial, é inconcebível onerar mais o trabalhador e o empresário brasileiro. ?Não podemos onerar mais o trabalhador que já é sacrificado pagando impostos (correspondente a cinco meses de salários), bem
como o empresário que luta para manter a competitividade de suas empresas para gerar novos empregos e renda?, disse. Sadí Gitz lembrou que a CPMF não cumpriu com o seu papel quando o imposto vigorava, que era de investir os recursos na saúde pública. 

O encontro, que acontece quinzenalmente, teve como convidado palestrante o gerente da unidade de atendimento do Sebrae Sergipe, José Leite, que falou sobre o micro-empreendedor individual.

Fonte: Da Assessoria


Economia
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
23/11
11:54

Cresce a produção de cimento em Sergipe

Levantamento feito pelo DIEESE revela que a produção de cimento em Sergipe teve um aumento de 6,59% em Agosto de 2010 se comparado com o mês de Julho de 2010, no mês foram produzidas 258.129 toneladas. Ao compararmos Agosto de 2010 com o mesmo mês de 2009 tivemos um aumento de 12,52%, no acumulado de Janeiro a Agosto de 2010 comparado com o mesmo período de 2009 o crescimento foi de 14,34%.

CONSUMO DE CIMENTO EM SERGIPE
O consumo de cimento em Sergipe teve um aumento de 5,15% em Agosto de 2010 se comparado com o mês de Julho de 2010, no mês foram consumidas 40.812 toneladas.  Ao compararmos Agosto de 2010 com o mesmo mês de 2009 tivemos um aumento de 33,30%, no acumulado de Janeiro a Agosto de 2010 comparado com o mesmo período de 2009 o aumento foi de 
19,77%.

Fonte: Dados do DIEESE


Economia
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
23/11
11:38

Varejo reduz prazos para as vendas de fim de ano

As compras de Natal serão a prazos mais curtos neste ano, especialmente nos segmentos de eletroeletrônicos, linha branca e bens de informática. O Grupo Pão de Açúcar anunciou mudanças na política de crédito para as bandeiras Extra e Ponto Frio, alterações que já respingam na Casas Bahia, operação que ficou subordinada à Nova Globex. Em 2009, o consumidor encontrava planos de até 24 meses na agressiva Casas Bahia. Agora, as vendas de fim de ano no setor serão limitadas a no máximo 19 prestações.
 
 
O Carrefour, que durante seu aniversário, em setembro, chegou a parcelar suas vendas em até 30 vezes no cartão próprio, desistiu de levar a promoção até o fim do ano e retomou a política de 15 vezes.
 
 
A redução dos prazos pelas grandes redes de varejo traz implícita a percepção de aumento do risco para 2011, observa o coordenador-geral do Programa de Administração do Varejo (Provar), Claudio Felisoni, da Fundação Instituto de Administração (FIA). De acordo com ele, no entanto, não há sinais de aumentos preocupantes da inadimplência.
 
 
Com as vendas aquecidas e os ganhos reais de renda do brasileiro, os prazos não tão extensos se ajustaram bem ao orçamento do consumidor, ao mesmo tempo em que evitam que ele acumule prestações, acrescenta o vice-presidente da Eletroshopping, Fernado Freitas. Segundo o executivo, não há, no momento, pressão da concorrência para modificar o esquema de financiamento da rede, limitado a 12 vezes no cartão, depois de ter oferecido, em promoções ao longo do ano, parcelamento em até 17 vezes.
 
 
O Extra Eletro, que vinha trabalhando com financiamento de até 15 meses, reduziu o prazo para 12, enquanto o Ponto Frio, que chegou a fazer promoções de até 18 prestações, agora anuncia parcelamento em até 15. Na Casas Bahia, que passou a dar ênfase ao desconto nas compras à vista, a oferta "sem juros" é válida para até 10 parcelas, com custo de 0,99% ao mês nas compras em até 12 vezes no carnê. Prazo maior só foi encontrado na Ricardo Eletro, que no cartão próprio financia seus clientes em até 19 prestações.
 
 
Segundo o vice-presidente de relações corporativas do Pão de Açúcar, Hugo Bethlem, mais da metade das vendas da Casas Bahia e da Globex é feita em até 10 parcelas, com o prazo médio de cinco prestações. Essa estrutura, tal como estava, iria custar em 2011 cerca de R$ 600 milhões em despesas financeiras. Com o prazo reduzido em dois meses, o custo cai para R$ 480 milhões.
 
 
Fonte: Valor Econômico


Economia
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
23/11
09:50

Dilma Rousseff define trio da economia



Mantega fica no Ministério da Fazenda, Miriam Belchior assume o Planejamento e Tombini sobe para posto de Meirelles no BC. Coutinho é nome certo no BNDES.

Anúncio será feito na 4ª .São grandes as chances de Paulo Bernardo ir para a Casa Civil, e Antonio Palocci se tornar uma espécie de secretário especial no Palácio do Planalto.

 
Fonte:
Do IG

 



Economia
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
22/11
22:50

Pesquisa Focus mostra piora nas projeções do IPCA

No mercado doméstico, o destaque continua sendo o comportamento da inflação e as definições de política econômica do novo Governo.

A Pesquisa Focus desta segunda mostrou nova piora nas projeções para o IPCA neste e no próximo ano. Para 2010, a mediana das projeções está agora em 5,58% (de 5,48% na semana passada) e para 2011 a estimativa subiu para 5,15%, de 5,05% na pesquisa passada.

Além da pressão localizada dos alimentos e das commodities, é provável que estejam pesando nestas projeções uma certa
preocupação com o comportamento das contas fiscais no ano que vem e a indefinição sobre a permanência de Henrique Meirelles à frente do BC.

A este propósito, as informações da imprensa são de que teremos uma definição ainda nesta semana sobre a permanência ou não do Presidente do BC, o que certamente será acompanhado com atenção pelos mercados. Afinal, ainda que não tenha uma independência formal, ao longo dos últimos anos o BC brasileiro se comportou como um órgão independente, o que
certamente teve impacto importante no controle da inflação e na formação das expectativas dos agentes econômicos.

Assim, qualquer mudança neste arranjo, incluindo nomes e a natureza do mandato, terá impacto importante nos mercados e deve ser o destaque da semana. Ainda no calendário semanal, amanhã o IBGE divulga o IPCA-15 de novembro e o consenso de mercado aponta para uma alta de 0,72%, com nova aceleração em relação aos 0,62% do mês anterior.

No cenário externo, preocupações acerca da evolução da crise das dívidas soberanas na Europa e medidas de combate à
inflação na China devem ser os destaques.

Nos EUA, a ata da última reunião do FED será divulgada nesta quarta-feira.


Economia
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
22/11
13:36

Cheques sem fundo em Sergipe

Segundo levantamento a economia sergipana em Outubro de 2010 trocou R$ 211,40 milhões de reais em cheques R$ 15,20 milhões de reais a menos Setembro de 2010, no mês foram devolvidos sem fundo R$ 31 milhões de reais em cheques, de cada cem reais em cheque trocados mês quatorze reais e sessenta e seis centavos foram devolvidos sem fundo no estado, em Outubro de 2009 esse valor era de dezesseis reais e setenta e três centavos.

Nos últimos doze meses foram compensados R$ 2,5 bilhoes de reais em cheques no estado, desse total foram devolvidos sem fundos R$ 358,50 milhoes de reais, de cada cem reais em cheque trocados no ano quatorze reais e vinte centavos foram devolvidos sem fundo no estado.



Economia
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
Primeira « Anterior « 195 196 197 198 199 200 201 202 203 204 205 » Próxima » Última

Enquete


Categorias

Arquivos