27/03
13:47

"Banese segue forte e apresenta bons resultados", afirma Fernando Mota

Presidente do banco ressalta o planejamento estratégico e as transformações tecnológicas que o banco vem adotando

O presidente do Banco do Estado de Sergipe (Banese), Fernando Mota, divulgou nesta terça-feira, 27, o Relatório da Administração a respeito do desempenho do banco no ano de 2017, quando a instituição, apesar da crise econômica, obteve um lucro líquido de R$ 93,7 milhões. Em entrevista à imprensa na sede do banco em Aracaju, Fernando Mota ressaltou que graças ao planejamento estratégico e às transformações tecnológicas que vem adotando, aliado a um amplo programa de treinamento para qualificação do corpo funcional, o Banese ampliou a sua capacidade operacional e encerrou o ano de 2017 com todos os indicadores positivos.
Segundo a apresentação de Fernando Mota, os ativos totais do Banese registraram saldo de R$ 4,9 bilhões no final de 2017. O banco também registrou um saldo da ordem de R$ 1,5 bilhão em crédito para o consumo direto das famílias sergipanas, além de R$ 539 milhões em crédito para a indústria, agricultura e o setor imobiliário. “Além disso, o Banese desembolsou R$ 338 milhões em pagamento de impostos, serviços, salários e tributos em Sergipe, contribuindo para a geração de emprego e renda no mercado estadual, o que mostra que o banco só traz benefícios para o Estado”, ressaltou.

Foto: Ascom/Banese


Economia
Com.: 0
Por Kleber Santos
26/03
21:13

Governadores e bancadas federais de SE e BA negociam situação da Fafen

A tarde desta terça-feira (27) reserva um momento decisivo para milhares de servidores da Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados (Fafen) em Sergipe e na Bahia. O deputado federal André Moura (PSC-SE) intermediou uma reunião com diretoria da Petrobras, as bancadas federais e os governadores dos respectivos estados, Jackson Barreto e Rui Costa, para, de forma conjunta, encontrarem uma solução viável de não fechá-la e manter os empregos e toda a cadeia produtiva gerada.


A Fafen comunicou a decisão de fechamento no último dia 19 argumentando que a Fábrica estava "gerando prejuízos e sendo pouco atrativa no ponto de vista econômico". No site da Petrobras, as informações são de que a Fafen-SE conta com uma planta de produção de sulfato de amônio com capacidade para produzir até 303 mil toneladas/ano, o que equivale a 80% da importação da região Nordeste. 


De acordo com André Moura, o anúncio foi totalmente inesperado. "Há 36 anos a Fafen atua em Sergipe, o anúncio foi uma surpresa para todos. Tratei de articular com a Petrobras uma reunião e convidei todos os parlamentares. Vamos buscar soluções para reverter o quadro”, declarou.


A permanência das atividades da Fafen, além de ser essenciais aos estados, é fundamental na manutenção do Agronegócio. Fator que impulsionou o crescimento do Produto Interno Bruto – PIB no ano passado. “Precisamos criar condições de desenvolvimento, não podemos ir na contramão do crescimento. O momento é para somar forças; está em jogo o futuro de várias famílias, mais que econômica é uma questão social”, afirma André Moura.



Economia
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
22/03
21:56

Fechamento da Fafen em Sergipe atingirá a Sergas

O anúncio do processo de ‘hibernação’ da Fafen, a partir de junho próximo, faz como vítimas, além dos mais de 250 empregados, o Governo do Estado e a Sergas. A estatal sergipana, que ganhou em disputas na Justiça uma série de ações contra a Petrobras para ser a fornecedora do gás para a Fafen, agora negociava um acordo final para o fornecimento de um milhão de metros cúbicos de gás/dia. As ações circularam na Justiça em Sergipe e, em última e mais recente fase, no Superior Tribunal de Justiça (STJ). Agora estava sendo avaliado quanto isso representa em dinheiro.

 




Economia
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
21/03
22:04

Seja Digital realiza agendamento dos kits gratuitos no evento “Dialogando com Sergipe”

A Seja Digital, entidade responsável pelo processo de digitalização do sinal de TV no Brasil, estará presente nesta sexta-feira, 23, das 9h às 17h, no “Dialogando com Sergipe”, evento promovido pela ONG Pescando Memórias, no bairro Fernando Collor – Nossa Senhora do Socorro. Quem passar pelo estande da Seja Digital poderá verificar se tem direito ao kit gratuito e realizar o agendamento para a retirada dos equipamentos, além de participar de duas rodas de conversa sobre o desligamento do sinal analógico de TV, que acontecerá no dia 30 de maio em Aracaju e outras 16 cidades da região.

No evento, a população também poderá tirar dúvidas e ver a diferença entre o sinal analógico e o sinal digital, que oferece qualidade de som e imagem de cinema aos telespectadores.

Mais de 170 mil kits serão distribuídos para as famílias de menor renda atendidas pelo Governo Federal de Aracaju e região. Para saber se tem direito e agendar a retirada dos equipamentos em um dos pontos disponibilizados pela Seja Digital, a população também pode ligar gratuitamente para o número 147 ou acessar o portal sejadigital.com.br/kit com o NIS (Número de Identificação Social) em mãos.

Os kits são compostos por antena digital e conversor com controle remoto, e quem estiver com o NIS em mãos no evento já poderá realizar o agendamento, escolhendo data e horário para retirar o kit em um dos pontos disponibilizados pela Seja Digital. “O nosso trabalho tem como objetivo fazer com que a informação sobre o processo de desligamento do sinal analógico de TV chegue à população, para que todos possam se preparar para receber o sinal digital e viver essa nova experiência com qualidade de imagem e som, semelhantes aos de cinema, gratuitamente. Não vamos deixar ninguém para trás”, afirma Carolinna Tosta, gerente regional da Seja Digital.

 

Serviço:

 Evento Dialogando com Sergipe

Data: 23 de março, sexta-feira

Horário: 9h às 17h

Endereço: Avenida Coletora, 1828, conjunto Fernando Collor de Mello, Bairro Taiçoca – Nossa Senhora do Socorro – SE

 

Sobre a Seja Digital

 

A Seja Digital (EAD - Entidade Administradora da Digitalização de Canais TV e RTV) é uma instituição não governamental e sem fins lucrativos, responsável por operacionalizar a migração do sinal analógico para o sinal digital da televisão no Brasil. Criada por determinação da Anatel, tem como missão garantir que a população tenha acesso à TV Digital, oferecendo suporte didático, desenvolvendo campanhas de comunicação e mobilização social e distribuindo kits para TV digital para as famílias cadastradas em programas sociais do Governo Federal. Também tem como objetivos aferir a adoção do sinal de TV digital, remanejar os canais nas frequências e garantir a convivência sem interferência dos sinais da TV e 4G após o desligamento do sinal analógico. Esse processo teve início em abril de 2015 e, de acordo com cronograma definido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e

 




Economia
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
20/03
21:29

Aracaju - TJ julga nesta 4ª a constitucionalidade da lei do IPTU

Será julgada nesta quarta-feira, 21, às 8h30, a ação direta de inconstitucionalidade movida pela Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Sergipe, em face da Lei Complementar Municipal n°145/14, que estabeleceu o aumento do IPTU. A lei municipal definiu a previsão de acréscimo paulatino até o ano de 2022. O julgamento ocorrerá no Pleno do Tribunal de Justiça do Estado de Sergipe.A OAB/SE espera que amanhã o TJSE realize o julgamento definitivo. Para a OAB, a nova lei municipal que trata do IPTU não revogou a lei anterior objeto da Ação Direta de Inconstitucionalidade. De acordo com o Presidente da OAB/SE, Henri Clay Andrade, para revogar, de fato, a lei atual terá que anular a avaliação dos imóveis realizada em 2014, mas isso não aconteceu, o valor venal do imóvel continua o mesmo.



Economia
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
20/03
21:16

Fechamento da Fafen deverá atingir produtoras de adubo em SE

O fechamento da Fafen/SE, previsto para junho próximo, deverá atingir brutalmente algo em torno de 10 pequenas empresas de produção de adubos existentes nas proximidades da Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados, em Rosário do Catete. A Fafen deverá demitir os seus pouco mais de 250 empregados. As outras empresas privadas, por conta da parada da produtora de amônia e ureia em Sergipe, poderão fechar as suas portas e demitirem também ou adquirir os produtos em outros Estados, o que encarecerá o adubo aqui, em Sergipe.



Economia
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
20/03
20:19

JB tem reunião com bancada federal para discutir fechamento da Fafen/SE

O governador Jackson Barreto irá se reunir, em Brasília, com a bancada federal sergipana nesta quarta-feira, 21, para discutir o fechamento e encerramento das atividades da Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados de Sergipe (Fafen/SE)  Jackson defende uma ação conjunta na defesa da Fafen. A estatal, que é ligada à Petrobras Fertilizantes (Petrofértil),  subsidiária da Petrobras,  entrou em operação em 1982 e tem como principais produtos ureia fertilizante, ureia para uso industrial, amônia, gás carbônico e sulfato de amônia (também usado como fertilizante). Os fertilizantes são insumos essenciais à produção agrícola, sendo necessário tratar sua produção como questão de Segurança Nacional. O Sindicato Unificado dos Trabalhadores Petroleiros, Petroquímicos, Químicos e Plásticos nos Estados de Alagoas e Sergipe (Sindipetro AL/SE) disse que já esperava a notícia do fechamento, pois a empresa está sendo sucateada.



Economia
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
14/03
20:55

João Daniel denuncia na Câmara início de demissão em massa de trabalhadores da Mosaic em Sergipe

 O deputado federal João Daniel (PT/SE) registrou, na sessão da Câmara desta quarta-feira, dia 14, a paralisação feita, na madrugada de hoje, pelos trabalhadores da antiga Vale Fertilizantes, no Complexo Taquari-Vassouras, no município de Rosário do Catete. A empresa foi adquirida pela multinacional Mosaic, que passou a assumir seu controle no mês de janeiro, e na última semana iniciou o processo de demissão em massa de funcionários dessa unidade. Cerca de 80 já foram dispensados.

A manifestação de hoje teve como objetivo justamente denunciar essa atitude da empresa que, de acordo com o Sindicato dos Mineiros de Sergipe (Sindimina/SE), pretende demitir mais de 400 trabalhadores, segundo os gestores locais. “Ela [a Mosaic] não discute com o sindicato, coloca em ameaça o emprego dos trabalhadores e já iniciou o processo de demissão de dezenas de trabalhadores”, disse.

 



Economia
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
Primeira « Anterior « 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 » Próxima » Última

Enquete


Categorias

Arquivos