04/07
15:44

Tranquilidade e opções de lazer diferenciadas atraem turistas para Sergipe

Não são apenas os festejos juninos que atraem os turistas para Sergipe nesta época do ano. Muitas opções de lazer que associam a natureza e a cultura tornaram o estado um destino atraente também durante as férias de julho. Detentor de um das maiores faixas litorâneas do país e privilegiada por ter sol em praticamente todas as estações do ano, as praias sergipanas continuam sendo uma opção de lazer para os turistas.

De acordo com o secretário de Estado do Turismo, Elber Batalha Filho, o fluxo turístico obtido durante o mês de junho devido às festas deverá ter continuidade por conta das férias de julho. "O Estado Sergipano é atraente e tem uma combinação diferencial: natureza e cultura. Somos um povo feliz e acolhedor, temos municípios que possuem história, um exemplo é São Cristovão a 4ª cidade mais antiga do Brasil e um dos maiores cânions navegáveis do planeta, tamanha diversidade só coloca o estado entre os mais importantes destinos turísticos do Brasil", disse o secretário.

Um dos trabalhos que a Secretaria de Estado do Turismo vem realizando é a promoção do destino Sergipe em vários eventos. "O governo do Estado tem se esforçado bastante em divulgar as nossas potencialidades, a exemplo das participações em feiras, o projeto 'Embaixadores de Sergipe' e anúncios na mídia com o objetivo maior de divulgar o Estado. Sergipe tem que ser visto para ser visitado, por isto é fundamental toda essa divulgação em outras praças como São Paulo, Goiânia, Belo Horizonte e cidades nordestinas", explicou.

Em junho, 80% do fluxo turístico local foram atraídos pelos festejos juninos e praticamente todos os hotéis situados na Orla de Atalaia registraram ocupação de 100%. "Nós estamos com 55% da ocupação já para este período de férias, e com certeza esse fluxo tende a aumentar na medida em que o mês avançar", conta o gerente do Hotel Mercure, Luciano Pimentel (Da assessoria)



Colunas
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
04/07
12:01

Cinco mil mudas são plantadas em Estância

 Reflorestamento faz parte das ações do Projeto Frutos da Floresta, desenvolvido pela ONG ICODERUS.

 

Moradores do assentamento Caio Prado, em Estância, tem um bom motivo para comemorar. É que durante essa primeira semana de julho está acontecendo o plantio de cinco mil mudas de arvores nativas da mata atlântica. A ação faz parte das atividades do Projeto Frutos da Floresta, desenvolvido pelo Instituto de Cooperação para o Desenvolvimento Sustentável.

 

Entre as atividades do projeto Frutos da Floresta está à recuperação de áreas degradadas, conservação de florestas e áreas naturais. A proposta é desenvolver ações e práticas de conservação, proteção e manejo nos principais ecossistemas de Sergipe, buscando formar uma cultura de conservação e uso sustentável que possam ser multiplicadas respeitando a realidade regional do meio rural. 

 

Em junho já houve o plantio de duas mil mudas de espécies da caatinga nos povoados Lagoa do Rancho e Lagoa da Entrada, ambos em Porto da Folha. A meta é o plantio de 30 mil arvores, dependendo da região podem ser espécies nativas da Mata Atlântica ou da Caatinga. Vale destacar que essas atividades são desenvolvidas com total apoio das comunidades, que além de participar do plantio são orientadas sobre quais são as espécies que estão sendo plantadas e seus benefícios.

 

Mas além do plantio tem todo um trabalho de capacitação com as comunidades. Segundo o engenheiro florestal Ronaldo Fernandes, já foram desenvolvidos alguns treinamentos no interior do estado. “Realizamos o curso de fenação e ensilagem no povoado Lagoa do Rancho, Porto da Folha, e cursos de agroecologia nos povoados Lagoa Redonda, Pirambu, Flor do Brejo, Neópolis, Ladeirinhas, Japoatã e assentamento Campo Alegre, em Umbaúba. Também já aconteceram cursos de apicultura básica no assentamento Campo Alegre, Umbaúba, e no assentamento Rosely Nunes, em Estância”, orienta Ronaldo.

 

No caso da apicultura, além do mel receberá destaque o pólen e a própolis vermelha, itens de alto valor agregado e que tem nas plantas nativas a sua fonte de matéria prima. Esses produtos podem aumentar a renda familiar em 100% em função de áreas naturais conservadas. “O apoio do Sebrae está sendo fundamental nessa questão, pois é um dos maiores incentivadores da Apicultura no Estado”, destaca Fernandes.

 

O Projeto tem o patrocínio do Programa Petrobras Ambiental e total apoio dos parceiros. É uma soma de forças e conhecimentos com foco na capacitação do homem do campo. “Mais de 930 projetos de todas as regiões do Brasil foram inscritos no edital do Programa Petrobras Ambiental. Desse total, 44 foram selecionados. Frutos da Floresta foi o único de Sergipe contemplado”, diz Ronaldo.

 

Área de atuação

 

As atividades estão sendo desenvolvidas em 11 comunidades, localizadas nos municípios de Neópolis, Pacatuba, Pirambu, Japaratuba, Japoatã, Estância, Santa Luzia do Itanhy, Umbaúba, Nossa Senhora da Glória, Porto da Folha e Canindé do São Francisco.

 

Parceiros

 

Além do ICODERUS e do Programa Petrobras Ambiental, são parceiros do projeto a Codevasf, SEBRAE, MDA - Ministério do Desenvolvimento Agrário, Fapise, Fetase, além das prefeituras.  (Da assessoria)


Colunas
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
03/07
12:17

Coluna Primeira Mão

JB adormece e acorda pensando em ser governador


Pretender, todos nós pretendemos (ser governador). Quem está na vida pública, e no meu caso em especial como vice-governador, amanhece o dia e anoitece sempre perseguindo este objetivo. Toma café, almoça e janta e ainda pede de sobremesa 2014. Mas até 2014, nós temos que procurar saber se o governador ficará ou não ate o final do seu mandato. A mim ele nunca me confidenciou, mas acho o seu nome imbatível para o Senado. Se isso acontecer, Jesus Cristo vai definir o meu rumo”.  (No JC deste domingo)


Jackson Barreto: o governo reconhece as injustiças


Clima de insatisfação dos servidores eu não diria que há, como um todo. Mas há, e o governo reconhece, injustiça com diversas categorias, a exemplo dos engenheiros, assistentes sociais, economistas e outros profissionais liberais. Daí porque o governador afirmou que é preciso agora um plano de cargos e salários para estes setores que estão à margem dos aumentos que tem sido dado à outras categorias. É preciso equilibrar, e o governo Déda avançou muito. O que não pode é cobrar a solução de tudo em apenas cinco anos de governo, porque o aparelho estatal foi destruído e os seus servidores humilhados por anos. Os governos de João Alves sempre foram reconhecidos como inimigos  número um do servidor público. Entre os militares, o nome de João Alves sempre foi colocado como inimigo número um. Mas nós não temos recursos pra atender toda a demanda reprimida. Eu acredito e confio, porquê Déda tem nos dito isso, não sou eu que estou cobrando,  que até o final do governo, ele vai fazer Justiça com os servidores que não foram ainda beneficiados por uma política salarial mais justa”.  (De Jackson Barreto, no JC deste domingo)


Professores querem usar o “DedaCard” em suas compras


Ainda irritados com o reajuste salarial parcelado em oito meses, alguns professores da rede estadual dizem que só farão compras no comércio de Aracaju se eles aceitarem as mesmas condições de parcelamento aprovadas pela Assembleia Legislativa.


Ateus têm vida sexual melhor


Um estudo da Universidade do Kansas analisou a vida sexual de cerca de 15 mil pessoas e constatou: quanto mais religiosa uma pessoa é, menos satisfeita ela se diz com sua vida sexual. A culpa é da culpa: 80% dos entrevistados com convicções religiosas se sentiam mal após o sexo. Entre os ateus apenas 26%. (Da Ciência Maluca – Superinteressante deste mês).


Ainda que sem mandato, Albano é ‘cantado’


Ainda que sem mandato e militando num partido um tanto desgastado, o PSDB, o ex-senador, ex-governador e ex-deputado federal Albano Franco consegue fazer com que todos os segmentos políticos do Estado busquem-no para a continuidade na vida pública. Tucano de primeira hora e primeira linhagem, Albano anda querendo mudar de partido, mas ainda não sabe para onde ir. Pensou em ir para o PSDéda, mas desistiu. Aproximou-se do PSB, mas esta semana foi ao aniversário de 80 anos de FHC, em Brasília, e voltou a nutrir certa simpatia pelo tucanato. Agora, o prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, deseja tê-lo no PC do B, uma agremiação política de passado radical e que hoje está aí para quem quiser.


PMA não enfrenta a mesma crise do governo


Muitos servidores públicos têm criticado exageradamente o governador Marcelo Déda (PT) e comparando a sua gestão com a do prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PC do B). Dizem que a PMA sofreu com a queda do FPM tanto quanto o Estado com a do FPE. Mas afirmam que Aracaju não está em condição tão caótica como Sergipe. Avalia-se um jogo de competências. Na verdade, Edvaldo concedeu um reajuste no ano passado de apenas 1% para os servidores e o Estado, atabalhoadamente, exagerou na dose para os Policiais Civis, Militares e delegados. E deu no que deu.


Sergipe homenageia Senado e Câmara Federal terça-feira


Na próxima sexta-feira, 8, Sergipe completará 191 anos de emancipação política. Em comemoração à data, o Governo do Estado homenageará o Senado e Câmara de Deputados Federal através da Medalha Mérito Aperipê - a mais alta condecoração oferecida pelo Estado. A solenidade ocorrerá terça-feira, 5, em Brasília, durante sessão solene em homenagem a Sergipe. Na ocasião, o senador José Sarney e o presidente da Câmara Federal, Marcos Maia, serão condecorados. A propositura das homenagens foi do deputado federal André Moura. Na próxima sexta-feira, o Iphan entrega ao Estado o Diploma de reconhecimento como patrimônio da humanidade da praça São Francisco, em São Cristóvão, a quarta cidade mais antiga do Brasil e a primeira capital do Estado.


Nova Diretoria do TCE-SE vai fiscalizar mais as obras


Um dos pontos de destaque previstos tanto pela reforma da estrutura administrativa, quanto pela nova Lei Orgânica do Tribunal de Contas do Estado de Sergipe (TCE/SE), está na criação da Diretoria de Controle Externo de Obras e Serviços. O novo departamento será composto pelas coordenadorias de Auditoria Operacional e Engenharia, constituindo como seu principal objetivo a otimização das funções fiscalizatórias de controle externo. O aperfeiçoamento da fiscalização se dará através das diferentes funções que serão exercidas pelos setores inseridos na nova Diretoria. A Coordenadoria de Engenharia cuidará das obras públicas - onde geralmente são empregados o maior número de recursos. Já a Coordenadoria de Auditoria Operacional trabalhará formando grupos temáticos especializados para atuar na fiscalização das mais diversas áreas, como Saúde e Educação.

Points da moda para o suicídio em Aracaju


O aracajuano gosta de moda, frequenta bar da moda, lojas da moda e até mesmo os pontos de suicídio são da moda. Nos anos 1960 e 1970 quem desejava morrer ia se afogar no rio Sergipe. Tinha suicida que pulava da ponte do Imperador nas marés altas e, ainda que raso o rio continuasse, conseguia morrer. Nos anos de 1980 e 1990 a área preferida era o edifício Oviedo Teixeira, na chamada rua da Frente. Depois foi para o edifício Jangada e agora parece que o elevado que faz a avenida Saneamento cruzar a avenida Hermes Fontes tornou-se o point. Num curto espaço de tempo duas mulheres teriam se jogado do elevado.




Colunas
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
02/07
21:06

Porrada - charge