28/05
12:37

Coluna Primeira Mão

Caixa dois


Notícias de uso de caixa 2 em eleições sergipanas têm sido divulgadas em virtude de delações premiadas. Os envolvidos dizem que se trata de inverdades. Pode ser. As autoridades concernidas não precisam desconfiar de ninguém, mas verificar é a atitude correta.


Sergipanos


Exatos 83% dos sergipanos declararam para o Instituto Paraná que têm orgulho de aqui terem nascido. A mesma pesquisa detectou que 12,4% sentem vergonha de ser sergipanos e 4,6% não souberam opinar. A pesquisa ouviu 1.502 pessoas em 32 municípios no período de 18 a 22 deste mês.


Aracajuanos


A mesma pesquisa detectou ainda que, se fosse dado o direito a escolher outra cidade para morar, 73,3% optariam por continuar residindo em Aracaju. Mas 24,7% escolheriam outra cidade. Exatos 2% optaram por não opinar.


Em alta 1


A pesquisa do Instituto Paraná registrou que 57,9% dos aracajuanos aprovam a gestão do prefeito Edvaldo Nogueira (PC do B). E olhe que ele ainda não começou a colocar em prática as coisas que prometeu em campanha.


Em alta 2


Quem aparece bem são os senadores Antônio Carlos Valadares (PSB) e Eduardo Amorim (PSC). Eles têm pouco mais de 40% das intenções de votos, cada, para o Governo de Sergipe, em dois cenários diferentes.


Carlos Britto


O nome do ex-ministro Carlos Britto, do Supremo Tribunal Federal (STF), não é cotado para a Presidência da República, na eventualidade de o presidente Temer vir a renunciar ou sofrer impeachment. Mas a TG Globo entrevista o sergipano com muita frequência e isso dar a entender que existe um certo desejo de colocá-lo em um bom cargo na esfera do Executivo. Qual?


E se...


Caso o presidente Temer venha a cair da Presidência da República, o novo inquilino do Palácio do Planalto manterá o deputado federal sergipano André Moura (PSC) na condição de seu líder no Congresso Nacional?


Mau patrão


O Estado não é um bom patrão. É o que dizem certas lideranças sindicais que param quando querem o seu trabalho, voltam quando se cansam da ociosidade e nada acontece em termos de corte de ponto e de salários. É preciso ter muita cara dura para afirmar uma coisa assim.


Sem garantia

O deputado federal André Moura diz em propaganda de seu partido na TV que conseguiu verba para duplicar BR no sul do estado e fazer expansão do Aeroporto de Aracaju. Todo  mundo torce para que dê certo. Mesmo que a garantia do dinheiro tenha sido dada por Michel Temer, um presidente que pode ter dias ou alguns meses no cargo.


Mais procurados


As farmácias de Sergipe têm detectado elevadas vendas de medicamentos para diabetes, pressão arterial, doenças cardíacas, antigripais, analgésicos e para recomposição da flora intestinal. Mas não ficam muito atrás dos medicamentos para disfunção eréctil, a exemplos do Cialis e do Viagra, segundo o Sindicato das Farmácias.


Assédio


O problema de poucos ônibus funcionando nos horários de pique leva à questão do assédio sexual. Ônibus lotado, assédio sexual. As reclamações não são poucas. Precavidas, algumas mulheres sempre levam consigo agulhas e alfinetes para espetar os gaiatos.


Caso de polícia


Os grafiteiros não param de atacar o patrimônio alheio em Aracaju. Onde encontram muros e paredes pintados de claro, eles não resistem à tentação de causar prejuízos aos proprietários dos imóveis. Agora também virou moda entre eles pilhar sedes de partidos. Isso é apenas caso de polícia.

Forrobodó

Campina Grande (PB) continua promovendo o maior São João do Mundo. Caruarú mantêm-se como a Capital do Forró. Sergipe, lamentavelmente, não será mais o “País do Forró”.

Chuvas em SE

Choveu muito em Sergipe nos últimos sete dias. Cisternas, poços artesianos, lagos, barragens e aguadas estão no limite máximo e alguns transbordaram. Órgãos ligados à agricultura apostam numa boa safra de milho, feijão, amendoim, laranja, macaxeira, inhame, batata e hortaliças. Mas as chuvas deixaram uma herança maldita em Aracaju: ruas e avenidas tomadas por buracos e mais de 60 famílias desabrigadas. Choveu acima do esperado em todo o Estado;



Coluna Eugênio Nascimento
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
21/05
08:19

Coluna Primeira Mão

Mais petróleo


Não chegamos ainda ao fundo do poço, como tem sido propagado muito em Sergipe. Dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), divulgado na sexta-feira, 19, mostram que a produção de petróleo no Estado, em março de 2017, ultrapassou os 781 mil barris equivalentes de petróleo (BEP), ficando 7,2% acima da produção do mês imediatamente anterior, fevereiro. Já no comparativo anual (março/2016), houve retração de aproximadamente 22,2% na produção. No primeiro trimestre de 2017 a produção atingiu os 2,3 milhões de bep, com retração de 20,6%, quando comparado com o mesmo período de 2016.


Produção em terra


Do total produzido em março, 23,1% ou aproximadamente 181 mil barris foram extraídos do mar.  Em termos relativos, observou-se crescimento de 13,7% em comparação com o mês imediatamente anterior, porém com retração de 25,4% na comparação com março do ano passado. A produção em terra, por sua vez, respondeu por 76,9% da produção total, ultrapassando os 600 mil bep. No comparativo com o mês anterior (fevereiro/2017), verificou-se crescimento de 5,4%, entretanto, quando comparado com março de 2016, houve retração, ficando menor 21,1%.

 

Petrobrás falará sobre SE


Dirigentes da Petrobras virão a Sergipe nos próximos dias e falarão sobre a crise que estaria atingido a exploração e produção em Sergipe. Local, dia e hora serão anunciados logo em breve.

 

Premiados


No listão dos beneficiados pela JBS, em campanha eleitoral, estão os nomes do prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PC do B), do senador Eduardo Amorim (PSDB), do secretário da Saúde Almeida Lima  e do presidente do PT Rogério Carvalho. Em todos os casos, as verbas chegaram a eles já legalizadas.e foram lhes repassadas pelas direções dos partidos na esfera nacional.

 

Odebrecht em Sergipe


Comenta-se muito em Aracaju que, quando da construção do Porto e alguns perímetros irrigados de Sergipe (afirma-se que o Jacarecica), a Odebrecht fez bastante generosidade para os homens públicos da terra do cacique Serigy. Eram tempos bons... para quem recebia as propinas.

 

Ninho sujo


Ninguém deve estranhar se o senador Eduardo Amorim resolver sair do PSDB para voltar para o seu PSC, de onde, aliás,  não deveria ter saído. O ninho tucano vive um péssimo momento com o envolvimento do seu presidente, agora licenciado, Aécio Neves, em novas denúncias da Operação Lava Jato. Outro tucano sempre lembrado é o José Serra. Amorim afastou-se com pombinha da paz para se meter no ?olho do furacão?.

 

Impeachment e Diretas já


O Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (CFOAB) decidiu manter a posição em defesa do impeachment do presidente Michel Temer e da realização das eleições diretas já. O presidente da seccional de Sergipe, Henri Clay Andrade, se pronunciou em defesa da manutenção das duas iniciativas.

 

E as malas, hein?


Achar dinheiro em contas bancárias no Brasil e no exterior é fácil. Difícil mesmo é localizar as famosas ?malas pretas? é localizar as famosas ?malas pretas? e sacos de dinheiro que circulam por todo o Brasil, inclusive em Sergipe, no período eleitoral.

Justiça Eleitoral


Fala- se muito das vítimas enquanto pessoas e instituições que a Operação Lava-Jato tem feito.  Ainda não foi dito que a principal vítima é Justiça Eleitoral que,  por causa das delações premiadas,  lembra mais uma justiça - faz- de- conta cujas aprovações de contas de políticos e de partidos ninguém mais leva sério por causa do uso em massa do caixa 2.

Trabalhar é preciso

Quantos dias da semana, por quantas horas e em que turnos  trabalham os vereadores dos 75 municípios sergipanos? Pelos comentários que temos ouvido, na maioria dos municípios, os vereadores se reúnem uma ou duas vezes por semana. Nos demais,dias, pernas para o ar.

Nomes de vivos

Essa decisão de mandar retirar os nomes dos vivos em edificações públicas, ruas e avenidas vai ou não vai ser cumprida  integralmente?

Era previsível

Não foi surpresa pra ninguém a trégua na guerra do lixo de Aracaju com uma parte cabendo à Torre e a outra ficando com a Cavo. Os cerca de  500 mil habitantes de Aracaju poderiam apostar nessa saída, se alguém lhes perguntasse.

Dilúvio

Na próxima quinta-feira, 25, segundo o Climatempo,  vai chover em Aracaju 106 mm. A Defesa Civil deve ficar de olho na capital. Vamos ter o que se poderia chamar de ?pé d?água?. Fique atento.

Imagem do atraso

Autoridades e setores da classe média aracajuana não gostam de ver carroceiros trabalhando pelas ruas e avenidas de Aracaju. A cidade parece " atrasado" com seus cavalos.

Esquecido

O Siqueira Campos é o bairro dos pequenos empresários de Aracaju. Não passa de um feirão que não tem espaços verdes. Os prefeitos de Aracaju precisam lhe dar alguma atenção.

Empresas de fachadas

Em tempos de denúncias de tantos atos de corrupção pelo Brasil afora,  não tem nada demais especular sobre empresas de fachada registradas na Junta Comercial de Sergipe.  O prazo de oito a dez anos para checar se certas empresas funcionam de verdade  é muito longo.


Coluna Eugênio Nascimento
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
14/05
17:55

Coluna Primeira Mão

Guerra do lixo


A guerra pelo lixo de Aracaju não passa de uma competição entre um grande grupo econômico do Sudeste e de grupo menor do Nordeste. A oposição tem acusado a Torre de várias coisas,  mas esquece que o grupo de André Esteves tem tido muitos problemas com a justiça brasileira. A decisão da final do processo emergencial beneficiou os dois grupos. Parece até uma espécie de loteamento.


Lava-Jato em Sergipe


Em uma nova delação, a título de colaboração com as investigações da Lava-Jato, a marqueteira Mônica Moura, mulher de João Santana, disse que várias campanhas eleitorais teriam se beneficiado do caixa dois. No caso de Sergipe, ela declarou que a campanha do ex-senador e então candidato a governador pelo PTN, Francisco Rollemberg, em 2002, teria recebido R$ 6 milhões  em recursos não contabilizados, ?que eram levados e entregues pelo filho de Albano Franco, Ricardo Franco?.

Independência

Consultado, o ex governador Albano Franco disse que nada tinha a declarar sobre o tema, mas fez questão de deixar claro que as acusações são “mentirosas” e “levianas”. Ele destacou o fato de a TV Sergipe, emissora afiliada da Rede Globo e de sua propriedade, divulgou o que foi dito por Mônica Moura. “Agimos com independência”, comentou. Ricardo Franco foi procurado pelo JC e não foi localizado.  A TV Atalaia, de propriedade do empresário Walter Franco, irmão de Albano,  e afiliada da Rede Record, também divulgou as acusações.

 

Outro nome

 

Um outro nome de Sergipe que foi citado na apuração da delegação premiada foi o do ex-prefeito de Aracaju, João Alves Filho (DEM). Ele teria pedido dinheiro a Odebrecht para financiar as campanhas do senadores Eduardo Amorim (PSC) e Maria do Carmo (DEM). Houve apenas a revelação

 


Padroeiros

O senador Antônio Carlos Valadares (PSB) e o deputado federal André Moura (PSC), líder do Governo do presidente Michel Temer no Congresso Nacional,  parece que disputam o apadrinhamento do Canal de Xingó, obra que ainda nem começou e apenas saiu um edital para a elaboração do projeto. Como O Diário Oficial da União (DOU) divulgou edital para a elaboração do projeto na sexta-feira, os dois abriram promoções pessoais em torno da conquista.


Polícia da Caatinga 1



Lideranças políticas do sertão aproveitaram a presença do governador Jackson Barreto em Poço Redondo para reivindicarem o retorno da Policia da Caatinga para a sua base no povoado Vaca Serrada. Os vereadores de Poço Redondo, juntamente com o Prefeito Júnior Chagas e o ex-prefeito Roberto Araujo, mostraram ao governador a importância e necessidade da presença da Policia da Caatinga naquela região.


Polícia da Caatinga 2


Atualmente a Policia da Caatinga está instalada na cidade de Nossa Senhora da Glória. Deixou portanto o centro da caatinga. A base ideal para Policia da Caatinga é exatamente no local onde foi implantada. No povoado Vaca Serrada. Um local estratégico, que permite a formação de uma barreira para a passagem de veículos que vêm pela região de Niterói, fronteira com Pão de Açúcar e para controlar toda a movimentação oriunda de Canindé, Poço Redondo e das regiões que fazem fronteiras com a Bahia e Alagoas.

Bandido bom...


O MPE precisa ficar atento a esses programas de rádio,  especialmente aquele de uma emissora estadual.  Nela um apresentador afoito não cansa de gritar que "bandido bom é bandido morto". Isso é dito numa rádio pública como a Aperipê. Por que não chamar todos eles e lhes  dar uma boa advertência antes de abrir processos criminais contra essas pessoas?

Dia das Mães


A chegada do Dia das Mães deveria ser uma boa oportunidade para que formuladores de políticas públicas dediquem uma atenção especial a essas valentes mães solteiras sergipanas que fazem das tripas coração para dar conta da criação de filhos e para trabalhar, nem sempre contando com a ajuda de pais irresponsáveis e sem o suporte dos poderes públicos em termos de creches e cuidados médicos.

 

Concorrência

A concorrência entre a TV Sergipe e a TV Atalaia pela audiência tem esquentado, especialmente agora que a segunda adotou um estilo mais popular e mais agressivo na sua programação local. Nesse caso, parece que a população terá muito a ganhar em termos de notícias e de entretenimento.

 

Reajuste

 

Os professores da rede municipal de Aracaju cobram da PMA o reajuste do piso salarial. O vereador e professor Iran Barbosa (PT) lembrou que  a Portaria Nº 31, de 12 de janeiro de 2017, do Ministério da Educação, fixou o valor do Piso Salarial Profissional Nacional do Magistério, para o exercício de 2017, em R$ 2.298,00, definindo um reajuste de 7,64% em relação aos valores praticados no ano passado.


Coluna Eugênio Nascimento
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
07/05
13:15

Coluna Primeira Mão

Joao Alves vai é descansar


Alguns seguidores políticos do ex governador de Sergipe e  ex prefeito de Aracaju João Alves Filho (DEM) propagam a possibilidade dele  vir a ser candidato a governador em 2018, quando estará com 77 anos. Os amigos mais próximos de João descartam isso e lembram até que ele falou no assunto quando deixou a Prefeitura de Aracaju, em janeiro de 2017, e de lá para cá esqueceu o tema. João Alves foi governador de Sergipe por três mandatos e prefeito de Aracaju por dois. Em 2016 decidiu disputar a reeleição e se deu mal nas urnas – perdeu para Edvaldo Nogueira (PC do B).

 

Nova greve


As centrais sindicais que atuam em Sergipe já iniciaram o processo de mobilização para que sindicalistas sigam para Brasília a partir desta segunda-feira e também alertando para a preparação das bases para uma possível greve geral de dois dias (48 horas) a acontecer ainda no decorrer deste mês de maio. Trata-se de protesto contra as reformas da Previdência e Trabalhistas.


Forró Caju emperrado


Está emperrada em Brasília a liberação da verba para a realização do Forró Caju 2017 e, segundo um vereador da base do prefeito Edvaldo Nogueira (PC do B), a festa pode até não acontecer. O Ministério da Cultura (Minc) teria que liberar algo em torno de R$ 3 milhões. Mas não há qualquer previsão para que isso venha a acontecer. Sem esse dinheiro, o prefeito Edvaldo fica de mãos atadas. Enquanto isso, algumas bandas andam procurando informações junto ao vereador para pedir informações sobre contratos para o Forró Caju.


Estocada em Valadares


A filiação da ex-prefeita de Ribeirópolis, Uita Barreto, ao Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) foi uma estocada do governador Jackson Barreto no senador e principal liderança do PSB em Sergipe, Antônio Carlos Valadares. Uita deixou o PSB após administrar o município por duas vezes e perder a eleição de 2016 para Antônio Passos.


É o Sonho


É verdade que o senador Eduardo Amorim (PSDB) pensa muito em ser governador de Sergipe e tem seu projeto muito estimulado por amigos e aliados políticos. Mas já tem gente lhe recomendando disputar a reeleição em 2018.


JB puxa


Os governistas avaliam que, em sendo candidato a senador, Jackson Barreto (PMDB) se elege e puxa o outro candidato do seu segmento. É por isso que mais de cinco aliados estão de olho na outra vaga.


Nossas BRs


Do deputado federal André Moura (PSC), líder do Governo Temer no Congresso Nacional: "Trabalhamos junto ao Executivo Federal a continuidade das obras na BR-101, a viabilidade da duplicação da BR-235 e a reforma do terminal de embarque e desembarque de passageiros do Aeroporto Santa Maria, em Aracaju. O trecho que compreende Capela até Pedra Branca já foi feita uma nova licitação, devido ao consórcio ganhador ter parado as obras e nos próximos dias será deflagrado o processo de licitação para o trecho de Estância até Cristinápolis, na divisa com a Bahia".


Mudança na Emsurb


Luiz Roberto Dantas de Santana, atual dirigente da Fundação Municipal do Trabalho (Fundat), assume neste sábado, interinamente, a Presidência da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb). O prefeito Edvaldo Nogueira adotou essa iniciativa após verificar que o procurador-geral do município, Netônio Machado, não pode responder, ao mesmo tempo, pela Procuradoria e pela presidência de uma empresa pública, conforme a legislação vigor. A primeira tarefa de Luiz Roberto será fazer cumprir a medida cautelar expedida pelos conselheiros Clóvis Barbosa (presidente do Tribunal de Contas do Estado) e Ulices Andrade, que determinaram a realização de um novo processo de contratação emergencial dos serviços de limpeza urbana na capital.


Ainda é cedo


O secretário de Estado do Turismo, Fábio Henrique, confessou para a coluna que não definiu ainda que cargo pretende disputar nas eleições de 2018. ?No momento, sou candidato a fazer uma boa gestão na Secretaria. Em 2018 avalio se serei candidato e a que cargo. Agora é cedo?, disse.


Peixamento


A Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) realizou, nesta sexta-feira (5), peixamento em açude público situado no município de Nossa Senhora da Glória, no Alto Sertão de Sergipe. Ao todo foram inseridos 50 mil alevinos das espécies tambaqui e tilápia no açude conhecido como ?Barragem do Dnocs?, que encontra-se isolado do rio São Francisco, a dois quilômetros da sede municipal. Em 2017, o Centro Integrado de Betume já inseriu mais de 1 milhão de alevinos nativos na bacia do rio São Francisco e já estruturou mais de 200 produtores familiares em Sergipe. A ação da Codevasf atende a uma demanda da prefeitura local para a revitalização do açude público.


Biografia


O padre Izaias Nascimento fez a biografia do ex bispo de Propriá, dom José Brandão de Castro, e pretende lança-la no próximo dia 24, às 19h na Paróquia do bairro Grageru, em Aracaju.

 

UFS: 49 anos

 

No próximo dia 15, a Universidade Federal de Sergipe (UFS) comemora 49 anos de sua fundação. A data será lembrada com apresentações da Orquestra Sinfônica e o Coral da instituição de ensino superior, às 20h, no Teatro Tobias Barreto.

 



Coluna Eugênio Nascimento
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
30/04
10:44

Coluna Primeira Mão

Jony Marcos: eu esperava retaliação do presidente Temer

 

O deputado federal Jony Marcos (PRB/SE) disse ao blog. Na manhã deste domingo, que esperava reação forte do presidente Michel Temer (PMDB) contra os parlamentares que votaram contra a reforma trabalhista. Temer incluiu o nome de Jony no listão dos que perderiam as indicações feitas para o preenchimento de cargos federais. “Eu só tinha o INSS. Conversei com Raimundo Brito (ocupante da superintendência estadual) e  comuniquei que o governo iria retaliar. Mas não voto contra o povo”, declarou ao www.primeiramao.blog.br.

 

PSDB na TV I

 

A partir de segunda-feira, 1º de maio, começam a ser exibidas nas emissoras de Rádio e TV as inserções partidárias do PSDB de Sergipe. Totalmente produzida por sergipanos, os filmes trazem como mote a cultura, as belezas de diversas regiões do Estado e a força do sergipano. Além do presidente do Diretório Estadual do partido, o senador Eduardo Amorim, as inserções também contarão com a participação dos prefeitos tucanos que administram municípios sergipanos.

 

PSDB na TV II

 

Fernandinho Franco, de Muribeca; Everton Lima, São Miguel do Aleixo; Marcell Souza, Campo do Brito; Painho, Feira Nova; e Otávio Sobral, de Itaporanga; falarão sobre suas atividades e convidarão as pessoas a ingressarem no partido. A vereadora Maraysa Dantas, de Nossa Senhora da Glória, será a representante do PSDB Mulher. Em Sergipe, o partido possui sete mulheres exercendo mandato de vereadora em seis municípios diferentes.

 

Esquecimento

 

É precária a situação da rodovia SE-290, que liga Poço Verde a Tobias Barreto. Muitos buracos que rendem muitas reclamações.



De olho nele

 

Muitos aliados e opositores do secretário de Estado da Saúde, Almeida Lima, avaliam que ele pensa em ser candidato em 2018, embora já tenha declarado que não tem esse projeto político. Por conta de uma possível candidatura, Almeida é atingido pelos fogos amigo e inimigo.

 

Alto lá!


Os sergipanos pegarão em armas para não perder mais terras para a Bahia?  Obviamente,  ninguém quer nem vai fazer isso. Nem essa coluna estimula qualquer ação do gênero. Mas é preciso lembrar que Sergipe já perdeu terras demais para os baianos.  A rigor,  as terras de Sergipe vão até a praia de Itapoã, em Salvador,  e os territórios fronteiriços da Bahia são sergipanos.


Pacificador


Ao promover 1267 policiais militares,  na noite da última segunda-feira, o governador Jackson Barreto (PMDB) reaproximou-se da PM e deixou bem claro que não virou as costas para a corporação. Entrou em vigor a Progressão por Tempo de Serviço (PTS).


Em Brasília


Prefeitos sergipanos seguirão para Brasília no início da segunda quinzena de maio. Participarão de  mobilização nacional em defesa dos interesses dos quebrados municípios brasileiros. O evento será de 15 a 18.


Esquecimento


É precária a situação da rodovia SE-290, que liga Poço Verde a Tobias Barreto.  Muitos buracos que rendem muitas reclamações.


Rio Real


Ribeira do Pombal, Fátima, Cícero Dantas, Heliópolis, Adustina, Itrapicuru e Paripiranga são alguns dos municípios baianos que somarão forças  para a criação do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Real. De Sergipe, entrarão na composição Tobias Barreto, Itabaianinha, Poço Verde, Tomar do Geru, Riachão do Dantas, Umbaúba, Indiaroba e Cristinápolis.


De olho nele


Muitos aliados e opositores do secretário de Estado da Saúde, Almeida Lima, avaliam que ele pensa em ser candidato em 2018. Por conta disso, ele é atingido com certa frequência pelos fogos amigo e inimigo.


Xô!!!!!


O mês de abril foi decepcionante para quem atua nos ramos de turismo e comércio. Os feriadões que tanto agradaram aos trabalhadores, desagradaram ? e muito ? aos empresários.


Novo clã


Um novo clã na política sergipana?  É o que dizem em relação ao ex-prefeito de Socorro,  Fábio Henrique, secretário do Turismo. Sua mulher, Sílvia Fontes, é deputada estadual.  Seu irmão,  Jason Neto,  é vereador por Aracaju e outro irmão é vice - prefeito de Socorro. Como está sem mandato eletivo, o ex- policial rodoviáriap federal,  passou a comandar de TV para não perder visibilidade e ganhar votos,  coisa que também voltou a fazer seu irmão Jason Neto.


Sangrando


Tem muito político sergipano sem dormir depois que a delegada Danielle Garcia declarou em entrevista coletiva que a investigação que realizou pode gerar muitos "filhotes". Só falta um Romero Jucá sergipano afirmar que é preciso "estancar a sangria".


Exageros


A mídia sensacionalista precisa tratar esse problema envolvendo as duas empresas do lixo com mais prudência.  O ex- deputado federal Mendonça Prado e a doutora Rosenice são pessoas merecedoras do respeito da sociedade sergipana. Exageros têm sido cometidos.


Fim de uma era


Se essa reforma trabalhista for aprovada no Senado, a Era Vargas estará ficando para trás. Entre outras coisas, com o fim da contribuição sindical, o sindicalismo sergipano, que já é fraco, vai para o brejo.


Preocupante


O Ministério Público Estadual já é muito politizado. Basta prestar a atenção a suas lutas internas. Ultimamente tem ficado partidarizado. Os sergipanos não necessita de um MP ligado a grupos políticos.


Está mal


Se você está interessado no futuro de Sergipe, reflita sobre esses três pontos. Sergipe tem uma mão de obra pessimamente qualificada, sua infraestrutura é ruim e não tem tecnologia.


Animais


Se a questão dos " direitos dos animais " é para ser levada a sério em Sergipe, os seus defensores devem destinar atenção às formas como são criados e abatidos os animais cujas carnes são servidas em nossas mesas. O romantismo  da causa animal,  como está colocado na Câmara de Vereadores de Aracaju.  é muito pouco.



Coluna Eugênio Nascimento
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
22/04
10:59

Coluna Primeira Mão

 

Vai parar?


Sindicalistas ligados à Central Única dos Trabalhadores de Sergipe (CUT/SE) atuam no sentido de paralisar o transporte coletivo em Aracaju e municípios vizinhos, no próximo dia 28, para garantir o sucesso do Dia Nacional de Greve. Se o transporte parar, a greve será bem sucedida, pois atinge frontalmente o comércio da capital. Os servidores públicos estaduais; federais; e de vários municípios sergipanos devem aderir ao movimento. O dia de greve é um protestocontra as reformas trabalhista e da previdência.


Indiciamento

Há muita especulação sobre o indiciamento de políticos, empresários e funcionários públicos envolvidos no escândalo da Operação Babel. Uma delas é relativa a uma possível delação premiada por parte do principal dirigente da empresa Torre. Se isso acontecer, muitos políticos enfrentarão problemas por causa de supostos financiamento de campanhas eleitorais, entre outras coisas mais. Não é bom nem pensar no que pode acontecer.

Sei não, viu


Há quem diga que um grupo político derrotado na disputa eleitoral de 2016 já estaria de olho no comando da Prefeitura de Aracaju. Tudo por causa da Torre de Babel, que, desejam alguns, teria o papel de Lava Jato por aqui. O prefeito Edvaldo Nogueira (PC do B) está atento acompanhando tudo. Aliás, Nogueira tem dito para a sua equipe que está tranquilo. Mas tem gente no grupo que considera estranho colocarem o nome do prefeito nessa operação.


Vizinhos unidos


O Departamento de Propinas da Odecrecht tinha um núcleo que tratava dos assuntos de interesse na Bahia e Sergipe.


Seixas Dória


Será nesta segunda-feira, 24 de abril, a comemoração do centenário de nascimento do ex-governador João Seixas Dória. Em parceria com a Academia Sergipana de Letras, a Assembleia Legislativa promoverá, às 17h, Sessão Especial em homenagem ao também ex-deputado estadual e ex-deputado federal.


Em campo


O secretário estadual da Agricultura Esmeraldo Leal tem conseguido ser elogiado por grandes e pequenos produtores rurais. É uma revelação como administrador. Na semana passada, com as fortes chuvas que caíram sobre o Sertão sergipano, o mesmo secretário mostrou também ser um bom marqueteiro pessoal. Ele fez gravar imagens suas debaixo de fortes chuvas em Simão Dias, todo molhado, declarando ter estado em outras cidades carentes de água que também tinham recebido o presente de São Pedro. Um canal de TV divulgou as imagens feitas com celular.


Questão de tempo


O ministro do STF Ricardo Lewandowski foi quem primeiro expôs na mídia a distinção entre o tempo da Justiça e o tempo da política, dizendo que o tempo da política é mais veloz. Recentemente, o prefeito Edvaldo Nogueira apresentou a sua distinção entre o tempo da política e o tempo da economia, ao referir- se a suposta pressa dos empresários sobre as novas tarifas de ônibus. Aparentemente o tempo da economia é bem mais rápido.

Milagreiros

Durante a semana da Páscoa, diversos prefeitos do interior se transformam em "multiplicadores de peixes ". Eles e suas famílias têm peixe em casa para seguir a tradição cristã, mas muita gente não tem. Esse costume assistencialista não é recomendável - como os demais - porque faz associar a imagem dos prefeitos àquela da pessoa representada pela Páscoa.

Sob pressão


As pressões salariais sobre o governo de Jackson Barreto muitas vezes elas partem de setores privilegiados, que só querem exibir o seu poder de fogo. O que pedem? Mais privilégios. Não raro, isso ocorre como forma de enfrentamento contra medidas do governo que desagradam certos quadros.

Desprestigiados

Segundo Marcelo Odebrecht, acompanhado pelo dirigente da Força Sindical, estar na lista do caixa da empreiteira baiana é sinal de prestígio para qualquer político federal. Se for assim, a bancada federal sergipana não está bem nesse ranking. Dois políticos entraram e depois saíram. Como o Odebtecht pai disse que essa prática pouco abonadora é muito mais antiga, talvez um levantamento de doações mais junto à justiça eleitoral encontre políticos sergipanos com prestígio.


Muitos problemas


As corporações que compõem a SSP e os agentes penitenciários são parte da solução ou do problema da segurança pública? É claro que fazem parte da solução, mas que atrapalham, sim, atrapalham. O governador gasta um tempão debelando crises criadas por certas minorias dentro dessas corporações.

Ex-reitor

Vai levar algum tempo até que a população sergipana se acostume a pensar o professor Josué dos Passos Subrinho como Secretário Estadual da Fazenda e não mais como reitor da UFS. Num desses restaurantes com aparelhos de TV, quando deu entrevista desde a Assembléia Legislativa, as pessoas disseram: " Aí está o reitor da UFS!"


Protesto

Na semana houve manifestação dentro da UFS porque uma estudante da instituição foi assassinada por seu namorado. O crime aconteceu fora da UFS. A pergunta que não quer calar é a seguinte: que instituições culturais vão explicar a homens abandonados que eles não têm direito de matar ex-namoradas ex-esposas simplesmente porque elas decidirem interromper relacionamentos que se esgotaram?


Em baixa


O mercado da propina anda em crise em Sergipe. Isso pôde ser ouvido numa famosa padaria, muito frequentada por empresários e políticos, em Aracaju, que ali tomam seu café da manhã.


Sergipanos em ação


No último dia 17 o Exército fez aniversário. Criado durante o Império, só recebeu guarnição em Sergipe em 1917. Apesar disso, sergipanos contribuíram para a instituição ao se juntarem às tropas do Exército durante a Guerra do Paraguai. Foram os nossos " voluntários da pátria ".

 



Coluna Eugênio Nascimento
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
16/04
12:33

Coluna Primeira Mão

Mitidieri coordenando


Ninguém deve estranhar se logo em breve o deputado federal Fábio Mitidieri vir a ser escolhido para coordenar a bancada de Sergipe no Congresso Nacional, ocupando os lugares do senador Antônio Carlos Valadares (PSB) e do deputado federal Laércio Oliveira (PROS). Há conversações nesse sentido.

O que é mesmo?

Os políticos de Sergipe não estão curtindo essa ideia de empresários sendo candidatos a cargos políticos dizendo que não são políticos, mas sim empresários


Desorientou


A citação do nome do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, na delação premiada deverá afastar dele o PSDB de Sergipe, que esqueceu Aécio Neves assim que seu nome apareceu pela primeira vez. Agora, a bola da vez é João Dória. Seria ele o tucano disposto a disputar o Governo de São Paulo ou a Presidência da República.


Muitos boatos


“O governador Jackson Barreto puxou parte da oposição para ser aliada sua e isso deixou os opositores reduzidos, magoados e enraivados, criando factoides. O vice-governador Belivaldo Chagas é um potencial candidato a governador. Não existe essa história de que Belivaldo está sendo fritado”. O comentário é do presidente estadual do PMDB e secretário de Estado da Cultura, João Augusto Gama. Segundo Gama, há muito boato sendo propagado pela oposição e gente que anda se antecipando aos fatos e colocando na ordem do dia uma eleição que vai acontecer somente em outubro de 2018. “Muitas das informações correntes hoje são meros boatos, não dá para levar a sério”, comentou.



Agressões



Segundo a delegada da mulher, Thaís Lemos, em 2016, oito mil mulheres forram agredidas por homens em Sergipe. Ela não disse duas coisas ao apresentar as estatísticas detalhadas dessa tragédia sergipana: a porcentagem dos casos de reincidência e como reduzir drasticamente esses números. Uma campanha educativa na TV do Tribunal de Justiça, da Assembleia Legislativa e do Executivo ajudaria a diminuir esses dados que envergonham o povo sergipano.



Fato relevante


Por ocasião dos 100 anos de aniversário do 28 BC, não foi mencionada a mais importante ação do Exército em Sergipe, que foi dar uma surra nos alemães na II Guerra Mundial atuar para estabelecer a paz e a democracia na Europa. Esse é o feito relevante dos soldados sergipanos em toda a sua história.


Mudanças



A atual administração do TCE/SE tem feito um trabalho digno de nota. Pessoas incomodadas com esse trabalho de pôr ordem nas contas estaduais e municipais passaram a dizer que o tribunal de contas se transformou numa "delegacia". Ao contrário, tem ajudado a civilizar os costumes administrativos e políticos. Esse é o caminho a ser continuado por futuras administrações da instituição.



Nomes novos



Foi importante a decisão da juíza que mandou retirar de prédios públicos nomes de pessoas vivas, conforme manda a lei. Espera-se que agora as autoridades já estejam fazendo esse levantamento e elaborando uma lista com novas opções de nomes. Não é preciso nenhuma força-tarefa para cumprir essa ordem judicial.



Péssima invenção



Quem inventou a prática do "turno corrido" em Sergipe? Através dele, o funcionário público começa o trabalho às 7h e o termina às 13h. Quem fez isso esqueceu de perguntar aos usuários dos serviços públicos - aqueles que pagam os salários dos servidores públicos - se essa era uma boa ideia. Resultado: o funcionário público chega atrasado à repartição pública porque precisa levar o filho à escola e sai mais cedo para pegar o mesmo filho na escola. Enquanto isso, aquele que paga o salário do funcionário público bate com a cara na porta quando procura seus serviços à tarde e precisa voltar no dia seguinte.



Outra saída



Por que as taxas de homicídios ainda não caíram em Sergipe, apesar da presença da Guarda Nacional em Sergipe? Os relatórios do IML às segundas-feiras continuam mostrando números altos de mortes. Se é possível concluir alguma coisa desse fato é que o problema parece não estar no contingente policial. O que a SSP vai tentar agora?



De olho no governador

Com as frequentes demonstrações públicas (em entrevistas e postagens em redes sociais) de raiva em relação ao governador de Sergipe, os senadores Antônio Carlos Valadares (PSB) e Eduardo Amorim (PSDB) bem que gostariam de promover na terra do cacique Serigy uma “Operação Lava-Jackson”. Mas JB vive momento limpeza pura e não apareceu sequer nas delações premiadas dos donos e dirigentes da Odebrecht.



Unidos



Chamou a atenção a tomada de posição da Justiça do Trabalho em Sergipe contra as reformas da previdência e do trabalho do governo Temer. Juízes e sindicalistas mostraram a cara juntos.



Sem capacetes



Milhares de jovens motoqueiros circulam pelas ruas do interior sergipano sem capacetes. Dizem que não têm medo de ser identificados e que “quem usa capacete por aqui é marginal, gente que precisa não ser identificada”.



Só cimento


 

Adotou-se o péssimo modismo de acimentar as praças no interior sergipano. Ficam todas feias, mas garantem alguns prefeitos que sempre estão mais limpas, sem folhas de árvores no chão. Desculpa fajuta.



Coluna Eugênio Nascimento
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
09/04
11:13

Coluna Primeira Mão

100 dias

 

O que o prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PC do B), pode apresentar como realizações dos 100 dias (completados nesta segunda-feira, 10) desta sua nova gestão da capital? “O grande fato é que conseguimos, mesmo com uma dívida deixada de R$ 530 milhões, regularizar o salário dos servidores, colocando na economia de Sergipe mais de R$ 320 milhões em apenas três meses”, destacou. Nogueira lembra que “em menos de dois meses, a gente pagou o salário de dezembro, pagou o 13° salário e colocou em dia os salários de janeiro e fevereiro. Além disso, no último dia 31, também paguei, em dia e dentro do mês trabalhado, o salário de março”, afirmou. Ele avalia que já podem ser sentidas melhoras na limpeza pública e a retomada das obras.

 

Sem     queimação

 

O senador Eduardo Amorim (PSDB) quer que o Congresso Nacional priorize votar um ajuste fiscal e a reforma tributária. Só depois, os senadores e deputados votariam a reforma da previdência. É, pelo visto Amorim pretende mesmo ser candidato a governador e quer evitar se queimar com o eleitorado.

 

Inspeções em hospitais


Médicos,  diretores e funcionários de hospitais públicos vivem uma permanente bronca com inspetores profissionais que em visitas denunciam irregularidades no funcionamento dessas instituições.  Eles dizem que esses inspetores,  visitando hospitais, clínicas e laboratórios privados, encontrarão problemas semelhantes e, talvez, bem piores.

 

Antivandalismo

 

Arquitetos e engenheiros deveriam pensar com mais cuidado as suas obras públicas. Ficam em seus escritórios fazendo belos projetos arquitetônicos sem levar em conta os usuários desses espaços,  equipamentos etc. Resultado: muitas dessas obras são destruídas, roubadas, pichadas etc. Os sergipanos precisam de obras à prova de vândalos.  Vejam as lâmpadas da avenida Beira-Mar: roubadas e destruídas. Olhem os pontos de ônibus de acrílico: pichados e destruídos. Atentem para as obras com madeira: muito úteis para as fogueiras de São João!

 

Reforma trabalhista


O negociado sobre o legislado pode ser uma das novidades da reforma trabalhista que querem aprovar. Caso isso aconteça,  quais os sindicatos e líderes sindicais que têm treinamento para participar de negociações com o patronato sergipano?

 

Cortes na UFS


O recente contingenciamento imposto pelo governo federal implicou na perda de quase trinta milhões para a UFS. Deputados e senadores sergipanos precisam olhar isso mais de perto.

 

Comodidade


Em rodas políticas de Aracaju pode ser ouvido o seguinte comentário,  sobre a possível e já negada  ida do deputado federal André Moura  para o PMDB. O ideal seria a troca de partido, sendo o líder do governo no Congresso e pertencendo ao partido de Temer. Pareceria mais forte e mais seguro no posto

 

Novo espaço


O senador Valadares,  desde que rompeu com o governador Jackson Barreto ,  montou o seu " governo paralelo " , através da CODEVASF,  agência federal através da qual quer fazer seus investimentos federais em ações no Baixo São Francisco. Ainda tem votos em Simão Dias,  mas perdeu duas eleições para prefeito na sua terra natal. Ele parece saber o que está fazendo.

 

Sonegação

 

Se for correto que para cada real arrecadado outro é sonegado,  União,  Estados e Municípios estão perdendo mais de  um orçamento por ano. Se a isso for somado as dívidas na Justiça e não pagas por certos empresários,  tem dinheiro sobrando por ai. Ainda é bom não esquecer profissionais liberais trabalham na base do " com ou sem nota fiscal " é que a nota fiscal não é obrigatória.

 

Despolitização das tropas

 

Com a proibição de greves de policiais pelo STF, é possível que a presença de militares na política diminua em Sergipe e que,  despolitizadas as tropas,  o serviço prestado melhore de qualidade. Ou não?  Vamos aguardar.

 

Vacinação

 

Tudo bem com o zoológico de Aracaju.  Não há notícias de macacos mortos.  A febre amarela continua longe de Sergipe e quem quiser se vacinar,  sem pânico,  pode fazer.



Coluna Eugênio Nascimento
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
1 2 3 4 5 6 » Próxima » Última

Enquete


Categorias

Arquivos