10/11
07:15

Coluna Primeira Mão

Municípios serão preservados

 

Os moradores das cidades de Itabi, Canhoba, Cumbe, São Francisco, São Miguel do Aleixo, Santa Rosa de Lima, Malhada dos Bois, General Maynard, Pedra Mole, Telha e Amparo de São Francisco podem dormir tranquilos que seus municípios não se tornarão partes de municípios maiores. 2020 é ano de eleições municipais e nenhum político de nenhum partido político deseja perder eleitores, aliados e cabos nesse Brasil grande. O que os políticos gostariam de fazer, nos estados e em Brasília, é criar novos municípios, mesmo que eles venham a funcionar com as transferências do Fundo de Participação dos Municípios.

 

Frente parlamentar

 

Será realizada na próxima segunda feira, 11 de novembro, às 9h, na Câmara de Vereadores de Aracaju (CMA), a audiência pública em que vereador Camilo Lula (PT) fará o lançamento da Frente Parlamentar em Defesa do Meio Ambiente. No mesmo ato será discutido os efeitos do maior crime ambiental do país: o derramamento de óleo nas praias de todo o Nordeste Brasileiro. O evento contará com a presença do coordenador da comissão externa de investigação do derramamento de óleo no litoral brasileiro da Câmara dos Deputados, João Daniel (PT/SE).

 

Aumento de vazão em Xingó

 

Para evitar o avanço das manchas de óleo no rio São Francisco, a Chesf vai ampliar de 800m³s para até 1.700m³s a vazão da Usina Hidrelétrica de Xingó., no período de 11 (segunda-feira próxima) a 14 (quinta-feira). Promoverá uma espécie de lavagem, com muita força, para tirar o óleo da área da foz do “Velho Chico”. A água desse rio é usada para consumo humano na região e em Aracaju e municípios vizinhos.

 

Na carne seca

 

Os municípios sergipanos, em sua quase totalidade, estão falidos e os prefeitos gastam a arrecadação para pagar salários dos seus familiares, secretários, servidores, assessores, vereadores... O que possibilita uma obrinha aqui e outra acolá são as emendas parlamentares da esfera federal (OGU) e uma ou outra iniciativa do Governo do Estado. Ainda assim, quem legalmente pode vai disputar a reeleição ou indicar um parente ou amigo.

 

Aracaju vai bem

 

Aracaju parece ser o município em melhores condições financeiras de Sergipe. O prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) pegou a PMA das mãos de João Alves Filho em precárias condições, totalmente desarranjada, pagou dívidas e rearrumou a máquina. Como compensação, poderá ser reeleito em 2020.

 

Zé Leite

 

O economista Dilson Barreto acaba de lançar um bom livro biográfico sobre o ex-governador José Rollemberg Leite, de quem foi secretário de Estado, além de ter vasta experiência na alta administração pública estadual e municipal. O trabalho é produto de uma pesquisa meticulosa em vários arquivos privados e públicos, além de muitas entrevistas. José Rollemberg Leite foi, entre outros cargos exercidos, governador de Sergipe por duas vezes. As apresentações ficaram por conta de José Rollemberg Leite Neto e Ibarê Dantas.

 

É só trabalho

 

O ex-deputado federal André Moura (PSC) não tem pretenbsões políticas no Rio de Janeiro e o seu domicílio eleitoral continua em Sergipe, mais especificamente na cidade de Japaratuba. Portanto, os insistentes boatos não têm qualquer fundamento. Atualmente ele atua como secretário novo governo do RJ.

 

Novos alunos

 

As escolas particulares estão com campanha nas ruas para manter os atuais e conquistar novos alunos. Depois da divulgação dos resultados do ENEM, os outdoors das escolas e as faixas de aprovados no "vestibular nacional" vão receber um reforço e a competição será ainda maior.

 

10 anos para despoluir

 

A despoluição das praias, rios, mangues sergipanos é um problema que levará mais de uma década para ser resolvido. Não se trata apenas de retirar as manchas de piche das praias. O mar na costa de Sergipe está contaminado e as autoridades federais não têm dado a devida atenção aos estados nordestinos. É importante que os parlamentares sergipanos não deixem o assunto "morrer" por causa de novos desastres ambientais criminosos ou não.

 

Momentos de paz

 

Pessoas contrárias e a favor da prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva se dizem aliviadas com a sua soltura depois da decisão correta do STF na quinta-feira contra a prisão depois de condenação em segunda instância. Estavam todas cansadas das guerrilhas nas redes sociais. Espera-se que doravante parte do lixão de insultos, xingamentos e agressões seja reduzido.

 

Direitistas demais

 

A nova onda na UFS é a busca de professores de extrema direita para ser candidato à Reitoria nas eleições do próximo ano. Dizem que quanto mais de extrema direita, melhor. Tem até gente que não faz muito tempo era extrema esquerda atualmente faz pose de direitona de carteirinha.  Tudo isso porque acham que, para terem chance de ser escolhidas pelo presidente Jair Bolsonaro, esse é o caminho mais curto. Oportunismo puro.

 

Despolitização?

 

Não passa de patacoada o anúncio feito pelo governo federal de que funcionários serão proibidos de filiar-se a partidos políticos. Seria uma forma de despolitizar as categorias que compõem o funcionalismo público? Isso não existe em nenhuma parte do mundo. A não ser para militares. Mesmo assim, isso impede a politização de grupos dentro das forças armadas? O governo federal parece querer desviar nossa atenção da grave crise econômica que sacode o país.

 

Equipe econômica

 

Quem não concorda que o futebol brasileiro está mais violento?  Qualquer disputa de bola no alto vem sempre acompanhada de uma cotovelada. Se o juiz marca uma falta, às vezes nem sendo polêmica, jogadores dos dois times correm pra cima do juiz. As mães dos bandeirinhas são as que mais sofrem.

 

Preocupação

 

E como é que anda essa onda de infecção hospitalar que é sempre motivo de denúncias em todo o Brasil? As casas de saúde de Sergipe têm sido desinfectadas? 

Coluna Eugênio Nascimento
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
02/11
11:44

Coluna Primeira Mão

Licença capacitação


O governo do Estado vai adotar uma série de cortes. Há proposituras na Assembleia Legislativa de Sergipe que, entre outras coisas, acaba com a sempre desejada licença prêmio. A partir da aprovação, os servidores passarão a ter licença capacitação. O período será para qualificar a mão de obra e não apenas para descanso e passeios, como sempre foi.



Previdência estadual


Sergipe realiza estudos para o seu projeto de reforma da Previdência. Foi feito um amplo levantamento das motivações da crise que geram, este ano, um déficit pouco acima de R$ 1
bilhão. A partir desses dados, será definido o que fazer para a superação do quadro caótico.



Menos aberrante


Embora haja pessoas que pensem o contrário, a política é uma profissão como qualquer outra. Os políticos recebem todos os direitos trabalhistas ... e muitos privilégios! Um desses privilégios são as suas "férias" ou "recesso". Na Assembleia Legislativa de Sergipe, por exemplo, as férias eram de 90 dias, uma folga no mínimo escandalosa! Agora, os deputados estaduais aprovaram a redução do recesso para 55 dias. Ficou menos aberrante!

 


Sucessão na UFS

 


O grupo liderado pelo reitor da Universidade Federal de Sergipe (UFS), Angelo Roberto Antoniolli, tem cinco ou seis opções de nomes para disputar a reitoria no pleito direto, que acontecerá em abril ou maio de 2020. Na semana passada, Angelo teve reunião com eles e as informações ficaram sob sigilo. O grupo já sabe quem são seus possíveis opositores e já faz articulações em Brasília.

 


Precisando de atenção

 

O presidente Jair Bolsonaro ainda não fez uma viagem a Sergipe para ver com seus próprios olhos os estragos feitos à fauna e à flora, após vazamento de petróleo bruto nas praias, rios e mangues do Nordeste. Todos os nove estados nordestinos precisam da atenção e de ajuda do governo federal.


Sem reações

 


Membros importantes da classe política sergipana se esqueceram de repelir as declarações contra a democracia por parte do deputado federal Eduardo Bolsonaro, em defesa da volta do Ato Institucional n° 5. É nessas horas que se faz necessário mostrar aos cidadãos sergipanos que a democracia é um valor universal.

 

Precariedade


A situação dos cemitérios de Aracaju é mais do que precária. À exceção de um, os demais precisam de reformas, melhorias e expansão. Na maioria, quase não há espaço para caminhar entre os túmulos e o cheiro de corpos em putrefação é muito desagradável em pelo menos um deles. Na verdade, Aracaju necessita de novos cemitérios ou de crematório. Dizem que a implantação de crematório custa caro. Neste caso, o governo estadual e a prefeitura de Aracaju bem que poderiam bancar, juntos, um crematório para dar dignidade àquelas pessoas que já se foram.

 


Viés ideológico

 


Para muita gente, a realização do ENEM, neste domingo, pode ser motivo de curiosidade ler o conteúdo das provas que tratam das Ciências Humanas, tipo "A terra é plana ou redonda?". Para pais e responsáveis de estudantes, essas provas poderão ser fonte de dor de cabeça, caso seus filhos errem as respostas por causa do "viés ideológico" de Bolsonaro. Vamos torcer para que tudo saia bem.

 

História do MDB

 

O livro de Jorge Carvalho é uma boa história do MDB em Sergipe. José Carlos Teixeira foi o Ulisses Guimarães sergipano. Jackson Barreto puxou a ala dos "autênticos" no partido de oposição durante o regime militar. Vale a pena conferir.

 

Flamengo

 

 

Os sergipanos torcedores do Flamengo vivem rindo à toa com o bom desempenho de seu clube no Brasileirão e na Libertadores da América. Seria excelente uma conquista do time rubro-negro nas duas competições para fazer uma pausa na hegemonia paulista no futebol brasileiro.


Coluna Eugênio Nascimento
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
26/10
14:52

Coluna Primeira Mão

Fake News

Quais os recursos tecnológicos de que dispõe a Justiça Eleitoral para coibir o uso de fake news e da desinformação em geral nas eleições municipais do próximo ano? Antes das eleições passadas, o presidente do TSE Luiz Fux disse ser preocupação da corte o problema das fakes news. Comprou a Justiça Eleitoral alguma tecnologia?O que não faltaram foram as fake news, mesmo depois das eleições presidenciais americanas. Na semana que passou, o TRE de Sergipe, ao fazer série de palestras sobre o assunto, não trouxe nenhuma novidade. Serviu o evento para possibilitar algumas entrevistas para os seus realizadores.

Leilão à vista


Logo em breve a fábrica de cimento Itaguassu, do Grupo João Santos, deve ser levada à leilão. Localizada em Nossa Senhora do Socorro (SE), a unidade industrial parou de produzir em 2015 e agora irá a leilão para pagar salários, indenizações e verbas rescisórias dos cerca de 500 empregados demitidos.


CPI da Pedofilia


É boa a ideia de se fazer uma CPI sobre a pedofilia em Sergipe. Mas é preciso ter algum fato concreto para justificar a sua criação. O deputado estadual que sugeriu essa CPI conhece alguma rede atuando em Sergipe? Até onde sabe essa coluna, a Polícia Federal tem feito um bom trabalho no país inteiro no combate à esse tipo de prática.


Há mágoas


Desde que romperam o bom relacionamento de amizade e político, o ex-senador Antônio Carlos Valadares e o ex-deputado federal e atual presidente do PSB, Valadares Filho, não dão trégua ao ex-amigo Belivaldo Chagas (PSD). Para não esquecer Chagas, dia sim e no outro também, pai e filho cutucam o atual governador nas redes sociais. Sobra ainda “umas porradinhas” para o prefeito Edvaldo Nogueira (PC do B), também ex-amigo e ex-aliado político.


Desastre ecológico


Parece que a sergipana eleita para o Parlamento da Espanha,
Maria das Graças Carvalho Dantas, tomou chá de sumiço. Mesmo o Brasil estando presente na mídia internacional por causa de desastres ecológicos etc., não tivemos notícia de algum discurso que tenha feito ou de alguma entrevista que tenha dada sobre o Brasil. Salvo engano dessa coluna.


Um andarilho


O ex-governador e ex-senador Albano Franco não para. Embora já tenha desistido da vida pública, não perde um evento em que possa encontrar amigos para conversar e relembrar os bons tempos de Brasília e os dias de aperreio quando governava um Estado pequeno e sem dinheiro,


Democracia nas escolas


O projeto de escolas civico-militares foi rejeitado pelo Sindicato dos Professores do Município de Aracaju (Sindipema ). Militarizar as escolas só contribuirá para formar cidadãos com medo das forças militares. A presença de militares diminuiria a autoridade do diretor e do professor no espaço escolar. Cada macaco no seu galho. Lugar de militar é no quartel e protegendo os cidadãos da ação dos marginais nas ruas da vida. Além disso, essas escolas são um jeitinho de arrumar uma "boquinha" para militares que estão na reserva. O ideal seria democratizar as escolas militares brasileiras


Gente sofrida


A crise sempre esteve ao lado do Hospital de Urgência de Sergipe (HUSE). I
naugurada em 7 de novembro de 1986, no governo João Alves Filho, a casa de saúde pública sempre esteve em manchetes desagradáveis para os chefes do Executivos, seus secretários de Saúde e os dirigentes. O HUSE preserva o “mau hábito” ter seus corredores lotados de gente ferida e sofrida. Foi esquecido alguns meses e agora a superlotação está de volta. O ex-governador Albano Franco costumava dizer que aquele hospital é um Vietnã, numa alusão ao povo daquele país que era jogado ferido nos hospitais durante a guerra com os Estados Unidos, no período de 1º de novembro de 1955 a 30 de abril de 1975.


Despreparado


Ainda não é possível avaliar os prejuízos econômicos e outros causados pelo vazamento de petróleo bruto no mar e nos rios sergipanos. Os consumidores se sentem seguros para comprar e comer peixes e outros "frutos do mar"? É preciso fazer três coisas ao mesmo tempo: limpar as praias, buscar os responsáveis por mais esse desastre ambiental e demitir o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, indivíduo completamente despreparado para o cargo.



Na emenda


As poucas obras e projetos realizados ou em realização por prefeitos em Sergipe acontecem por causa da liberação de recursos de emendas parlamentares ao Orçamento Geral da União (OGU) ou projetos da União. A verdade é que os nossos municípios estão falidos, mas tem prefeitos passeando em Aracaju, Brasília, Salvador, Rio de Janeiro, São Paulo e outras cidades importantes do país.


A campanha 2020


Um celular na mão, poucas ideias (propostas) na cabeça e um espaço nas redes sociais para postagem de mentiras e fake news.


Jogo importante


Na noite da quarta-feira passada, quando Flamengo e Grêmio se enfrentaram no Maracanã, na torcida tinha mais sergipanos que em algumas partidas do campeonato estadual, no Batistão.



Coluna Eugênio Nascimento
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
20/10
11:10

Coluna Primeira Mão

Senado em 2022

 

Tem muita gente de olho na vaga que a senadora Maria do Carmo (DEM) deixará em 2022. Nos bastidores, comenta-se que o ex-senador Eduardo Amorim (PSDB) e o ex-deputado federal André Moura (PSC) pensam em ocupar esse espaço. Fala-se também que o ex-governador Jackson Barreto (MDB) quer essa cadeira para ele. Há quem diga que a vice-governadora Eliane Aquino (PT) sonha em morar em Brasília, mais perto da família. Mas essa lista alcança ainda o deputado federal Fábio Mitidieri (PSD) e o ex-vice-prefeito José Carlos Machado (DEM).

 

E Belivaldo, hein?

 

Não é desejo – suspeito eu -  do governador Belivaldo Chagas (PSD) terminar este mandato e se aposentar. Pode estar de olho numa cadeira na Câmara Federal. Será que ele também pensa na cadeira de Maria do Carmo?

 

Edvaldo sem pressa

 

O prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, não gosta de ser pressionado. Depois da fala do deputado federal Fábio Henrique dando a entender que é preciso definição sobre filiação ao PDT, o prefeito rebateu: não tenho pressa. Estou avaliando os cenários.. Neste momento, a minha maior preocupação é continuar realizando projetos de interesse da população de Aracaju. Não estou pensando em eleição. Entendo que isso é algo para avaliar mais adiante. Ainda é cedo”,

 

JB disponível

 

Até mesmo aquele pessoal do MDB que andava doidinho para se ver livre da presença do ex-governador Jackson Barreto em disputa eleitoral acha que “uma possível candidatura dele (JB) a deputado federal fortalece ainda mais a nossa chapa em 2020”, como comentou um parlamentar estadual..

 

Direita afoita

 

As próximas eleições para reitor da UFS prometem ser animadas. Professores de direita querem, mais afoitos do que nunca, inscrever sua chapa. Apostam que, se perderam a disputa, podem ganhar o voto de Bolsonaro que já disse que não vai escolher necessariamente a chapa eleita pela comunidade universitária. Nos corredores da UFS, já circulam nomes dos professores Pedro Leite, Denise Albano, Lucas Gonçalves, David de Matemática e um professor de Agronomia. Os opositores já chamam esse grupo de “a turma do tapetão”.

 

Angelo tem força

 

Se o jogo for limpo, com a escolha do mais votado, não resta dúvida de que o atual reitor, professor Angelo Roberto Antoniolli, fará o seu sucessor na Universidade Federal de Sergipe. no pleito previsto para 2020. Antoniolli tem realizações e é reconhecido em todos os campi – São Cristóvão, Aracaju, Laranjeiras, Itabaiana, Lagarto e Sertão – por suas ações.

 

Bonde errado

 

Os policiais civis pegaram o bonde errado quando se mobilizaram para pressionar o Governo do Estado e a Assembleia Legislativa visando a aprovação de  lei lhes garantindo promoções em carreira para chegar às atividades e salários de delegados. Nada que um bom concurso público não resolva. Concurso deve ser a solução do problema.

 

200 milhas

 

O governo federal dá a entender que não está nem aí para o óleo que chega ao litoral do Nordeste desde o final de agosto, prova mortes de peixes e tartarugas e polui as nossas praias. Não dá para acreditar que o Brasil não tem um só órgão fiscalizando as nossas 200 milhas. O governador Belivaldo Chagas e o Ministério Público Federal têm boas motivações para cobrar ações do Governo Bolsonaro na região.

 

Corpo mole e praias sujas

 

Se não houver uma pressão de políticos e empresários cobrando medidas urgentes do governo federal para limpar o mar, as praias e os rios nordestinos, as autoridades federais vão fazer corpo mole em relação a esse desastre ecológico criminoso que despejou toneladas de petróleo exclusivamente nos nove estados do Nordeste. Essa tragédia que mata peixes, mariscos e mangues e prejudica pescadores e o turismo regional não pode ser esquecida e deixada impune!

 

Nível baixo

 

Caiu demais o nível da política na capital do Brasil. Se alguém comparar a política com o que há de pior nos mais atrasados grotões políticos brasileiros, não estará fazendo nenhum exagero. Para complicar ainda mais a bagaceira, o presidente da República, chamado de “vagabundo” por um seu aliado, está no centro de tudo isso!

 

Santa Dulce

 

Na verdade, a primeira santa brasileira é meio sergipana e meio baiana. Sem a passagem dela por São Cristóvão, jamais teria feito o trabalho social realizado em Salvador. A praça onde ainda está o seu convento em São Cristóvão merece uma bela placa destacando sua vida em Sergipe.

 

Vem dinheiro por aí

 

Os comerciantes de Aracaju sempre estão reclamando que a economia está parada, etc. Mas, nesse fim de ano, eles não terão motivo para choradeiras. Vejam aqui as razões: pagamento do 13º salário, pagamento do FGTS de pessoas nascidas no mês e ... o 13º do Bolsa Família! Vai ter muito dinheiro circulando em Sergipe!

 

Dia das Bruxas

 

No próximo dia 31 de outubro é tempo de mais um "dia das bruxas". Nada menos brasileiro e sergipano do que essa festa. As escolas de inglês e as escolas particulares importaram isso dos EUA, aquilo que os gringos chamam de "Halloween". Com a sua adoção pelos comerciantes, a tradição americana vai criando raízes em Sergipe. 

 

Roger Machado

 

Teve grande repercussão em Sergipe a entrevista do técnico do Bahia, Roger Machado, sobre o racismo no futebol brasileiro. Tempos atrás, o hoje aposentado técnico Felipão declarou que o pior racismo no nosso futebol é em relação aos técnicos. Segundo ele, esse seria um espaço quase só para brancos. Os grandes craques e as grandes estrelas afrodescendentes do Brasil não pouco ocupam os postos de treinador. Tá na hora de revermos essa vergonhosa tradição.

 

Lojas novas

 

O Aracaju Parque Shopping está inaugurando uma série de novas lojas e continua atraindo muitos consumidores da capital e do interior. Por falar no empreendimento localizado no bairro Industrial, vale lembrar que a Prefeitura de Aracaju iniciou investimentos da ordem de R$ 1,7 milhões na revitalização da Orlinha, que foi construída em 2003, quando Marcelo Déda era prefeito da cidade e Edvaldo Nogueira, o atual prefeito, era o seu vice.



Coluna Eugênio Nascimento
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
12/10
10:44

Coluna Primeira Mão

MP quer comprar 12 veículos



Tem muita gente estranhando. Em momento de grave crise no Estado, o Ministério Público de Sergipe está prestes a adquirir 12 veículos, conforme está descrito no pregão eletrônico. Essas aquisições podem esperar um momento melhor. Tem quadros do MPSE achando que esses são gastos adiáveis. O pregão descreve carro preto e branco.Com relação ao carro preto , deve ser os de representação dos Procuradores de Justiça.

 

Fechou o tempo


Não ousem convidar para a mesma mesa o deputado estadual Rodrigo Valadares e o presidente do PSL em Aracaju, João da Tarantela. Eles não se suportam. Tarantela diz que o Rodrigo é um oportunista. Rodrigo afirma que “não dou respostas a esse cara”. Eles vão se encontrar somente na convenção do PSL em 2020, , se o partido sobreviver  até lá. 

 

Sem polícia

A Energisa informou à coluna que não faz uso de policiais para entregar as contas de energia no bairro 17 de março. A nota publicada neste espaço na semana passada contava com informações de moradores da área.

 

É bom correr


Deputados e senadores de Sergipe já estão avaliando as emendas ao Orçamento Geral da União (OGU) para 2020. Isso tem levado prefeitos (as) aos seus gabinetes, em Brasília. A prefeita de Riachão do Dantas, Simone Andrade, andou fazendo um rolezinho na capital federal e voltou alegre para a sua terra natal.

 

É preocupante


Escolas públicas, municipais, estaduais e em bairros periféricos, estão a merecer a atenção de prefeitos e governador. São correntes os relatos de adolescentes que tentam suicídios e os casos de auto-mutilação. A contratação de psicólogos e de assistentes sociais traria uma grande ajuda.

 

Efeito das manchas


Não adianta papo-furado de autoridades sergipanas e federais sobre as manchas na costa litorânea. As praias de Sergipe precisam de limpeza urgente ou, nesse verão que chega, a economia sofrerá grandes prejuízos. Os setores da economia do turismo que mais sofrerão serão hotéis, pousadas, bares, ônibus de turismo, entre outros. Menos fala e mais ação.

 

Perdidas no tempo


A crise da economia dos minérios é um fato incontestável. Depois de décadas de fartura com o dinheiro dos royalties, prefeituras sergipanas da região do Cotinguiba vão ter problemas de caixa. Por incrível que pareça, essas cidades não conseguiram transformar essa área em polo de desenvolvimento econômico sustentável. Para quem visita essas cidades, a impressão é que elas estão paradas no tempo. 

 

Brasil dançou


A "amizade" entre as primeiras-famílias do Brasil e dos EUA, os Bolsonaro e os Trump, não parece ajudar os interesses econômicos brasileiros. A Argentina, que Bolsonaro esnobou em suas viagens internacionais rompendo assim uma tradição bem estabelecida), ganhou a recomendação explícita de Donald Trump para entrar na Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE). Antes disso, o Brasil pediu pra sair da Organização Mundial do Comércio, sediada em Genebra.

 

Confiança na série B


Os empresários e o governo terão um papel importante a jogar no próximo ano com o Confiança na série B do Brasileirão. O time de camisas azuis precisará contratar novos jogadores para fazer bonito na competição. O "Dragão do Bairro Industrial" vai colocar as belezas de Sergipe no mapa do turismo nordestino. Os brasileiros saberão onde fica Sergipe na hora de fazer viagem turística para o Nordeste.

 

Guerra Santa


Pelo andar da carruagem, tudo indica que o Brasil viverá uma guerra religiosa no meio da Floresta Amazônica entre padres católicos e pastores evangélicos. Os evangélicos descobriram que podem ficar ricos mais rapidamente se tornando garimpeiros nas terras indígenas e tentando converter os brasileiros nativos à teologia da prosperidade. Os católicos buscarão preservar os direitos e as culturas dos povos da selva. 

 

Desemprego


O desemprego corre solto em Sergipe. É tanta gente sem ter o que fazer que a falta do que fazer é a principal atividade de 167 mil sergipanos.



Coluna Eugênio Nascimento
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
05/10
09:38

Coluna Primeira Mão

Função usurpada

O deputado João Daniel (PT-SE) deu entrada na Câmara no Projeto de Decreto Legislativo (PDC 649/2019) para sustar os efeitos do decreto 10.004/19, emitido pelo governo federal, que institui o Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares em todo País. Em discurso na tribuna da Casa, nesta semana, o parlamentar classificou a medida como uma agressão ao Parlamento, ao tentar usurpar a função do Poder Legislativo de legislar.


Novos ricos


Os processos de cassações de mandatos têm preocupado muitos prefeitos e vereadores e não apenas o governador Belivaldo Chagas e sua vice Eliane Aquino. Tem prefeito que chegou ao cargo “quebradão” e já circula por aí de “bolso cheio” e diz e dizendo nter comprado umas duas fazendinhas e umas 550 cabeças de gado. Na maior cara de pau, esses dizem que “Deus ajuda a quem trabalha”.


Na sofrência


Com um estado quebrado em suas mãos e muitas obras paralisadas, o governador Belivaldo Chagas tem do que se queixar, mas sempre admite que a sua situação é do tipo “cada dia com a sua agonia”. A sua pauta constante é pagar salários dos servidores.


De olho nos cargos


O prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, vai precisar rearrumar a sua equipe no início de 2020 de olho na disputa eleitoral de outubro. Esse é um dos assuntos preferidos daqueles que desejam um CC para chamar de seu.


Quase certeza


“Não acredito que o PSL de Sergipe teve candidatura laranja na disputa eleitoral de 2018. Eu tenho quase certeza de que não. Também não sei o partido está sendo investigado aqui. Mas não acredito que haja algo der errado em Sergipe”. O comentário é de João da Tarantela, quadro influente da agremiação política.


Pré-candidatura


O deputado estadual Gilmar Carvalho reduziu o ritmo de conversação sobre o seu projeto de disputar a Prefeitura de Aracaju em 2020. Parece estar aguardando a definição de sua saída do PSC. Ele tem dito que não desistiu de disputar a sucessão de Edvaldo Nogueira.


Cobrança policial


A Energisa tem dificuldades para cortar a energia em certas partes do bairro 17 de Março. O problema é: quem vai entregar a notificação? A solução encontrada até agora foi pedir que esse trabalho seja feito por policiais civis em viaturas da Polícia Civil.


Preço alto


Falando em Energisa, essa empresa está tendo problemas nos estados de Rondônia, Roraima e Acre. Causa dos problemas: qualidade dos serviços e as tarifas. A denúncia foi feita por deputado federal do PSB de Rondônia na Câmara de Deputados na última quinta-feira.


Jogo sujo


Manchas de óleo aumentam no litoral de Sergipe e voluntários junto com uma equipe reduzida da Petrobrás se juntaram ontem, dia 04/10, para limpar as manchas da Coroa do Meio. Percebemos que a equipe está limitada, o governo não se posicionou mandando uma equipe. Os acidentes com derramamento de óleo nas praias são constantes e já tem afetado muitos animais marinhos e aves, além de ser prejudicial para a população que frequenta as praias. Há óleo nas praias de Ponta dos Mangues, Pirambu, Abaís e Saco, além daquelas que ficam em Aracaju.


Paralisações à vista


Os 106 agentes socioeducativos da Fundação Renascer podem definir no decorrer desta semana uma série de paralisações. Dizem que há motivos para isso.


Desemprego em alta


A onda de desemprego é grande em Sergipe (atinge 167 mil). Nas ruas de Aracaju, muita gente demitida a procura de recolocação no mercado de trabalho.


Desejo de matar


A SSP precisa estimular operações de desarmamento em Sergipe. As pessoas andam armadas pelas ruas em todos os municípios com muita frequência. É por isso, também, que a violência está sempre em alta nas terras de Sergipe D’el Rei.


Calçadas


Idosos e pessoas com deficiências visuais estão reclamando dos desníveis das calçadas de Aracaju. Há motivos para isso em todo o Brasil.



Coluna Eugênio Nascimento
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
29/09
07:53

Coluna Primeira Mão


Equívoco processual


A defesa do governador Belivaldo Chagas encontrou um equívoco processual no julgamento de cassação da chapa Belivaldo/Eliane pelo TRE e vai usar isso para tentar reverter o placar contrário de 6x1 que a condenou. A questão é bem técnica da área do Direito que tem seus rituais que quando são desrespeitados podem gerar uma série de consequências., O filho do Desembargador José dos Anjos trabalha em causas do escritório que patrocinou a ação contra o governador, a pedido de Valadares Filho. A Lei prevê que em casos como esse, o magistrado deve se julgar impedido de participar do julgamento. José dos Anjos não fez isso e agora todo processo pode ser comprometido. É uma questão meramente processual.


Citricultura desprestigiada


As regiões citrícolas de Sergipe (Sul e Centro-Sul do Estado) são politicamente fortes, mas aparentemente desprestigiadas. Tem o governador, um senador, quatro deputados federais, 8 deputados estaduais e 14 prefeitos. Mas a crise no segmento produtivo persiste sem conseguir chamar a atenção de todos eles. Não há mobilização. A citricultura de Sergipe já produziu 820 mil toneladas de suco e hoje atinge apenas 400 mil toneladas, foi a segunda maior do país e agora está na quinta colocação, já teve uma área plantada de 56 mil hectares e em 2019 tem apenas 30 mil hectares e já gerou 100 mil empregos e ficou com apenas um terço desse total.



Puro lero lero



Esses políticos de Sergipe que andam falando muito em deixar seus partidos em buscas de filiações em outras agremiações blefam. A exceção do deputado estadual Gilmar Carvalho, que recorreu à Justiça Eleitoral para sair do PSC, nenhum outro deu um passo nesse sentido. E olçhe que tem casos em que os próprios partidos aceitaram liberar esses quadros.



Rogério como alvo



Como suspeitam que o senador Rogério Carvalho (PT) é um potencial candidato a governador em 2022, opositores tentam atingi-lo de forma a desgastar a sua imagem pública. Essa avaliação parte de lideranças petistas que apostam que essa condenação por improbidade administrativa seria desmotivada, pois Carvalho teria viabilizado o convênio da Secretaria de Estado da Saúde com o Hospital Santa Isabel de forma acordada com o Ministério Público. Mas os “inimigos” políticos propagam isso insistentemente nas redes sociais sem dar ouvidos à sua defesa.



Quase parando



O prefeito de Tobias Barreto Diógenes Almeida (MDB) em entrevista na sua emissora rádio, a Luandê FM fez uma declaração polêmica sobre o governo de Belivaldo Chagas(PSD), de quem é aliado. Ao ser cobrado pelo apresentador se tem juntamente com a sua a deputada estadual Diná Almeida (Podemos) cobrado o melhoramento das estradas que dão acesso T.Barreto, o prefeito afirmou que o governo é devagar e que o governador só diz que não tem dinheiro e pronto.



Emendas ao OGU



De um total de R$ 210 milhões em emendas coletivas ao Orçamento Geral da União (OGU/2020), que agora passam a ser impositivas, o governador Belivaldo Chagas quer R$ 80 milhões para a execução de obras e outros projetos. No período de 7 a 11 de outubro muitas reuniões da bancada federal ocorrerão em Brasília.



Homenagem a Mourão



No próximo dia 04 o vice-presidente general Hamilton Mourão virá a Sergipe receber a mais alta honraria da Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), a Medalha da Ordem de Mérito Parlamentar. O ato solene ocorrerá no plenário do Poder Legislativo, às 14h30.



Diná na degola



O processo de cassação da deputada deputada estadual Diná Almeida (Podemos) estará na pauta do Tribunal Regional Eleitoral (TRE/SE) na seção da próxima segunda-feira . Trata-se de abuso de poder político e econômico no pleito eleitoral de 2018.



De olho na PMA



Por enquanto sem partido, o advogado Henri Clay avalia possibilidades para filiação e até mesmo entrar na disputa pelo comando da Prefeitura de Aracaju, em 2020 . O PPL partido pelo qual disputou cadeira no Senado, não atingiu a cláusula de barreira. Henri Clay recebeu proposta de alguns partidos importantes, mas o foco dele nesse momento são causas como reforma da Previdência e desativação das Petrobras no Estado. Como obteve uma votação expressiva em Aracaju, mais de 60 mil votos, ele se sente na responsabilidade de discutir os rumos da nossa capital.



Boas conversas



O presidente do PRB, Heleno Silva, tem destacado o bom relacionamento com o prefeito Edvaldo Nogueira (Aracaju) e não descarta a possibilidade de apoia-lo no projeto de reeleição. Há conversações.



Praias limpas



As pessoas que frequentam as praias de Itaporanga D’Ajuda, entre as quais Caueira, percebem que há zelo por parte dos prefeitos dos últimos 15 anos em manter o povoado e até as rodovias estaduais de acesso sempre limpas e capinadas. Bom exemplo.



Apagão nas pontes



As pontes Joel Silveira (Mosqueiro/Aracaju) e Gilberto Amado (Estância/Indiaroba) estão com o serviço de iluminação pública apagado há mais de cinco meses.



Coluna Eugênio Nascimento
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
21/09
13:27

Coluna Primeira Mão

 Sergipe dá exemplo 1

 

A ação da Secretaria da Fazenda nas locadoras de veículos que atuam no segmento de venda de seminovos em Sergipe chamou a atenção de outros Estados. E também repercutiu em todo o mercado de locação de automóveis do país. Mais que isso, foi levantada a polêmica em torno do faturamento dessas empresas ao se verificar que a atividade de venda de veículos representa quase 60% da receita, muito embora não seja essa a finalidade da atuação dessas empresas. Na última quinta, 19, o blog Infomoney tomou como base a informação da operação em Sergipe para publicar um artigo do economista Raphael Galante, consultor da Oikonomia

 

Sergipe dá exemplo 2

 

Consultoria Automotiva, que aponta a necessidade de as empresas de locação de veículos repensarem o negócio, pois as montadoras já perceberam o quanto é promissor esse nicho de mercado, além de os Estados terem sido alertados por Sergipe para a prática totalmente irregular de venda de veículos. A irregularidade, segundo a Sefaz, está no “desvirtuamento da finalidade social das empresas, flagrante desvio de finalidade, pois as atividades de revenda são mascaradas pela atividade de locação”.

 

Rogério entre os melhores

 

O sergipano Rogério Carvalho (PT/SE) está entre os melhores senadores do ano por votação popular do Prêmio Congresso em Foco 2019. Ele recebeu 6.403 votos na internet. Foi o único parlamentar do estado de Sergipe a estar entre os mais votados, Rogério Carvalho que está em uma missão oficial na China não pôde comparecer à festa da premiação, mas mandou uma mensagem agradecendo aos internautas, seguidores e ao povo brasileiro por acreditarem no trabalho dele.


Mendonça decide-se em outubro


“Ainda não tenho definição sobre se permanecerei no DEM. Na verdade era para ter deixado a sigla em 2017 e ingressado em outra agremiação”. O comentário é do ex-deputado federal Mendonça Prado. Ele lembra que chegou até a participar de uma série de atividades em outro partido. Mas, em função de um problema que surgiu no diretório, teve que ficar para cuidar da administração. “Cumpri a missão e agora vou analisar o que farei. Tomarei essa decisão até o final de outubro,  visando o futuro”, diz. Ele está afastado das atividades do DEM.

 

Conselheiros pela democracia



Um grupo de conselheiros de Tribunais de Contas, que se unem sob o título “Conselheiros pela Democracia”, irão visitar Lula em Curitiba no início de outubro. Já estão inscritos Conselheiros de Minas Gerais, Acre, Maranhão, São Paulo, Distrito Federal, Paraná, Sergipe, Rio Grande do Sul, Pernambuco, Ceará, Bahia e Piauí. De Sergipe irá o conselheiro Clóvis Barbosa. Um grupo de Juízes, Promotores e Procuradores poderá se incorporar à essa ida s Curitiba.

 

Há esperança

 

Onde passa um boi, passa uma oiada, O dito popular tem sido muito usado por políticos sergipanos que desejam uma brecha para mudar de partido. A esperança deles é de que o Tribunal Regional Eleitoral (TRE/SE) julgue e acate os argumentos do deputado estadual Gilmar Carvalho para deixar o PSC. Carvalho diz que há dificuldade de relacionamento com a cúpula do PSC sergipano.

 

CEV sem ajuda

 

As Comissões Estaduais da Verdade do Nordeste se reúnem no dia 26 próximo em Salvador. Em todos os Estados da região, os governados têm liberado ajudas para hospedagem e alimentação dos representantes. A turma de Sergipe não conseguiu nada. É verdade.

 

Confiante

 

O governador Belivaldo Chagas assegura que está trabalhando firme para superar os problemas e ajustar o mais rápido possível as contas públicas de Sergipe. Assim ele garantiu no Tribunal de Contas do Estado (TCE), na última quarta-feira, 18, quando esteve em reunião com o conselheiro presidente, Uilces Andrade, e demais membros do colegiado. Especialmente em relação à manutenção da qualidade dos serviços básicos para a população e à regularidade de salários - inclusive décimo terceiro - dos servidores estaduais, Belivaldo diz estar confiante no sucesso das medidas administrativas que estão sendo tomadas pelo governo.

 

Quer PT fraco

 

A turma ligada ao prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PC do B),  na Câmara comenta que ele não deseja o afastamento do vereador Evando Franca (PSD), que se encontra doente e tem feito sucessivos pedidos de licença, para evitar que a bancada petista fique com dois parlamentares. O afastamento de Franca motivaria a ascensão do suplente Emanuel Nascimento, do PT, partido que já tem atuando na Casa o suplente Camilo Daniel.

 

Emendas ao OGU 1

 

 A bancada federal de Sergipe  ainda não definiu até que data para o encaminhamento das emendas ao Orçamento Geral da União. Já há pequenas reuniões sobre o tema e o Governo do Estado e as Prefeituras (por regiões) têm interesses nas discussões de propostas.  Essas emendas viabilizam verbas para projetos.

 

Emendas ao OGU 2

 

Cada bancada estadual poderá apresentar até 15 (quinze) emendas. As emendas de bancada impositivas têm um limite para a execução de 1% da receita corrente líquida. Vale destacar que em 2020 o limite será de 0,8% e, a partir de 2021, 1%.

 

Emendas ao OGU 3

 

Cada senador (são três por Estado) e deputado federal (Sergipe tem oito eleitos) pode apresentar até 25 emendas e o Valor é R$15.940.454,00. No dia 20 de outubro termina o prazo para o encaminhamento das emendas, que viabilizam uma série de obras em todo  o Estado.

 

Citricultura em debate

 

A Comissão Estadual da Citricultura de Sergipe promove audiência pública no próximo dia 23 para discutir a crise que atinge o segmento produtivo  rural. O evento vai acontecer na Assembleia Legislativa, onde será apresentada uma Carta Aberta em Defesa da Revitalização da Citricultura das Regiões Sul e Centro Sul de Sergipe”.

 

Sergas presente

 

A capital dos sergipanos ganhou novo centro de compras e entretenimento. Inaugurado na quinta-feira, 19, o Aracaju Parque Shopping passou a fazer parte do cadastro de clientes, atendidos com o gás natural pela concessionária sergipana Sergas. A previsão do quantitativo de gás natural inicialmente contratado  no projeto é de cerca de 300m³ por dia. O gás natural também se consolida como elemento de racionalidade e redução de custos para a cocção, ou seja, utilização em cozinhas industriais e residenciais, proporcionando garantia do fornecimento contínuo do gás natural.



Coluna Eugênio Nascimento
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
1 2 3 4 5 6 » Próxima » Última

Enquete


Categorias

Arquivos