19/01
21:41

Coluna Primeira Mão

Comissão de Descanso


Na sexta-feira, 18, em visita à Redação do Jornal da Cidade, o vereador Lucas Aribé, disse que as comissões mais atuantes da Câmara Municipal de Aracaju são as de Finanças e de Justiça e Redação. Uma que anda “devagar quase parando” é a de “Obras, Serviços Públicos, Transporte e Meio Ambiente”, que não promoveu sequer uma reunião em 2018. Lucas é membro dela e declarou que, de tanto não se reunir não lembra os nomes de todos os vereadores que compõem o grupo.


Boqueira


De vez em quando um vereador vai à tribuna e diz “senhor presidente, este microfone está com fedor”. Esse tipo de comentário seria de Soneca? Para quem é dirigido, não se sabe. Um vereador tem um salário de R$ 18.991,68 para esse tipo de coisa.


Calamidade financeira


O governador Belivaldo Chagas poderá decretar calamidade financeira até no mais tardar o final de abril próximo. Sergipe vive momento péssimo e teme-se o agravamento da crise, pois implicaria em dificuldades para pagar as dívidas e salários. Chegamos a essa situção por que o Estado gasta mais do que arrecada e ainda a sua previdência tem um rombo crescente, o tesouro tem que bancar  metade dos gastos com previdência.  A receita corrente líquida é cerca de R$ 7,3 bilhões e o Governo manda anualmente R$ 1 bi para tapar a obturaçao da previdência.

Procura-se secretário


Por mais insistentes que sejam os pedidos para que o engenheiro Valmor Barbosa permaneça ocupando a Secretaria sucedânea da pasta da Infraestrutura, o governador Belivaldo Chagas mantêm-se avaliando perfis que possam ocupar o cargo de titular e também quem poderia comandar o DER/SE e a Cehop. Na sexta-feira, 18, empresários da construção civil pediram a manutenção de Valmor, durante reunião-almoço com o governador, que pareceu não ouvir os apelos.


Sistema penitenciário


Segundo agentes penitenciários, presidiários com algum dinheiro ou status social recebem tratamento especial em todos os presídios de Sergipe. A superlotação só existe para a raia miúda. É aquela história dos iguais e dos mais iguais




Bons tempos aqueles


A Petrobras, outrora principal agente de desenvolvimento de Sergipe, hoje puxa o Estado para o retrocesso. A empresa, que produzia 40 mil barris de óleo/dia, reduziu muito a sua produção e rompeu contratos com terceirizadas, o que motivou a redução de contratações, gerando desemprego. Nos anos de 1970, 80 e 90 e parte dos anos 2000 a estatal era o xodó do Estado e hoje, com a redução dos royalties, virou uma dor de cabeça para Sergipe.


Crise no MDB


Há um claro clima de insatisfação entre os jovens emedebistas e o pessoal da “velha guarda’. Por causa disso, há um risco de esvaziamento. Os mais jovens querem espaços maiores no comando da agremiação e os antigos militantes estariam resistindo. As insatisfações estão entre políticos com mandatos e expressivas lideranças. Ninguém da velha guarda se manifesta sobre o assunto.


Armas no mercado

Loja localizada no mercado velho vende armas de fogo. Segundo seu proprietário tem crescido a procura por revólveres, escopetas, espingarda, pistolas etc. Preços variam entre um mil e quatro mil reais.

Uma sugestão

O trabalho informal pode ser notado em várias partes de Aracaju. Um exemplo disso é o número de calçadas ocupadas com pessoas vendendo queijo coalho, manteiga, massa pra fazer mingau de puba etc . Por que o prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, não cria " frentes de trabalho urbano" para criar postos de trabalho e arrumar ainda mais a cidade?

 

Educação

A Secretaria Estadual de Educação enfrenta a sua primeira crise em 2019. As lideranças sindicais estão confusas quanto a em quem bater: o governador ou o secretário?

Sem entusiasmo


Em entrevista à GloboNews nessa semana que acaba, o político Sérgio Moro não se mostrou muito à vontade com o que faz ou com seus coleguinhas de Ministério. Como juiz ele tinha mais liberdade para atuar. Não pareceu particularmente entusiasmado com o combate ao crime organizado. Pode ser o primeiro ministro a pular da canoa de Bolsonaro. Talvez caia fora antes mesmo de a aposentadoria do ministro Celso de Mello. A sua missão de xerife depois da missão de justiceiro pode estar com os dias contados. Vamos ver o que acontece.


Avanço problemático

O uso de tecnologias avançadas por repartições públicas só faz piorar o atendimento dos contribuintes/usuários. Exemplo. Um usuário de certo serviço público para resolver um problema acessa o saite da repartição, quebra a cabeça e não resolve nada. Telefona mais uma vez e recebe a informação que "tá tudo lá". Pergunta: nesses casos de atendimentos que substituem o atendimento pessoal, o que fazem esses servidores?




Coluna Eugênio Nascimento
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
13/01
08:38

Coluna Primeira Mão

Arrendar é melhor que fechar a Fafen


O ex-governador Albano Franco considerou como positiva a comunicação da Petrobras de que iniciou na quinta-feira, dia 10, o processo de pré-qualificação para habilitação das empresas interessadas em participar das licitações para arrendamento das unidades da Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados de Sergipe e da Bahia. Ele reconhece que o arrendamento não é a melhor solução, razão porque sempre defendeu junto ao então presidente Temer a continuidade da Fafen operacionalizada pela Petrobras. No entanto, ante a decisão anterior da estatal pela desativação, Albano entende que o arrendamento é a opção que garante a manutenção das atividades produtivas e evita os graves prejuízos para a economia de Sergipe que seriam gerados pelo fechamento. Ele lembra que nas conversas que manteve com o presidente Temer e com diretores da Petrobras, sempre defendeu o arredamento como opção ante a decisão de desativar a Fafen.


Bem contemplado


O PT de Sergipe mostra-se satisfeito com as indicações de Eliane Aquino (vice-governadora e futura a Secretária da Mulher e da Igualdade Racial), Conceição Vieira (Fundação de Arte e Cultura) e Leda Lúcia Couto Vasconcelos (Inclusão Social). Mas está de olho numa outra pasta que deverá ser anunciada pelo governador Belivaldo Chagas logo em breve. Provavelmente a Agricultura.


Mais trabalho


Anualmente ou próximo de períodos eleitorais aparecem vereadores sugerindo a redução do recesso parlamentar. Mas a ideia não prospera. Agora quem está propondo isso é o Fábio Meirelles. Os vereadores de Aracaju descansam anualmente 92 dias e Meirelles quer reduzir para 53, o que ainda seria muito.


Mudança no TRE


O desembargador José dos Anjos deverá assumir em fevereiro deste ano a presidência do Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TRE-SE). O cargo seria disputado com o desembargador Diógenes Barreto, que não pretende entrar no páreo, mas sim votar no próprio dos Anjos, já considerado sucessor do desembargador Ricardo Múcio.


Mal planejada


Sem saberem porque, muitos aracajuanos se enchem de orgulho quando afirmam que Aracaju foi uma cidade planejada. Seria melhor dizer "mal planejada", pois não pensaram no futuro da cidade com quarteirões a cada 100 metros. Não foi e nem é uma "cidade inteligente", um conceito muito na moda entre os gestores municipais. Mais barato a longo prazo do que essas tecnologias que gestores falam em adquirir seria desapropriar áreas e abrir grandes avenidas, principalmente nas partes mais antigas da cidade.


Sem terra


Pelo que se sabe, até as comunidades indígenas (Xocós) e quilombolas sergipanas parecem não estar na mira das políticas do atual presidente. Mas o fim da reforma agrária no país vai destruir muitas expectativas de grupos de trabalhadores sem terras acampados pelo interior sergipano. Vamos ver o que acontece.


E agora Belivaldo?


Embora tenha dito que é contrário às privatizações do Banese e da Deso, pode ser que "sobre" para o governador Belivaldo Chagas a tarefa inglória de desestatizar esses dois patrimônios históricos dos sergipanos. Talvez alguém precise dizer ao ministro da Economia, Paulo Guedes, que não há necessidade de seguir a cartilha da iniciativa privada tão fielmente.


Cidade abandonada


A bela cidade de Laranjeiras não tem sido bem tratada por seus administradores ao longo de sua história. É um museu a céu aberto que lembra mais ruínas de uma cidade bombardeada da Síria. O festival cultural que ocorre nesse fim de semana é uma boa oportunidade para discutir os problemas com sua conservação de seu rico patrimônio histórico.

Nossos imigrantes

Finalmente, os venezuelanos chegaram! É bom lembrar a todos que nossa população é formada por sergipanos nativos e por imigrantes europeus livres e imigrantes africanos forçados. Não faz mal destacar que levas de sergipanos partiram daqui como refugiados econômicos para o Sudeste, para Ilhéus, para a Amazônia etc. Esses "Hermanos" venezuelanos vão encontrar aqui facilidades com a língua. É que nós já falamos naturalmente "otcho", "reitchor", "otchenta", etc.

Foto oficial


Para muita gente que não votou em Bolsonaro, vai ser difícil ter que ver nas repartições públicas sergipanas a foto oficial do novo presidente. Mas não tem jeito, não. Tem que respeitar as regras do jogo democrático. Não dá para correr.


Dessalinização


Os órgãos estatais sergipanos que têm trabalhado com dessalinização precisam mostrar o que têm feito. Pelo que ficamos sabendo, as fórmulas brasileiras de dessalinização são melhores do que aquelas de Israel. Mas isso não vem ao caso. Quanto mais conseguirmos tornar água disponível em áreas do semiárido, melhor. Venha de onde vier.


Fundação Hospitalar


A partir da próxima segunda-feira, 14, uma nova convocação para o preenchimento de vagas do Processo Seletivo Simplificado (PSS) da Fundação Hospitalar de Saúde (FHS) entra em vigência. É a nona convocação, que desta vez chama 387 candidatos aprovados, sendo 177 de nível superior e 210 de níveis médio e técnico, segundo informou o diretor Operacional da FHS, Ives Déda Gonçalves. Um calendário com datas e horários de apresentação dos interessados está na página
www.saude.se.gov.br. A data limite para apresentação da documentação é o dia 18 de janeiro, até às 16 horas.


Trapalhões


Tem diversas instituições que se intrometem onde não são chamadas e, quando isso acontece, ao invés de facilitar a busca de solução para os problemas, atrapalham o meio de campo e tornam as negociações mais difíceis. Nesses casos, a judicialização dos problemas pode ser a melhor saída.


Gestão criteriosa


Nem sempre fazer concurso público é a solução para certos problemas. Existe muita ociosidade no serviço público, bem como é grande a falta de produtividade. Ás vezes, uma gestão criteriosa da mão de obra dos funcionários resolve os problemas.


Boicote


Tem emissora de rádio tentando inviabilizar a administração do padre Inaldo na prefeitura de Socorro. Um trabalho de baixíssimo nível. Lamentável.


É muito caro


Chega a ser imoral. Os pais pagam até mais de R$ 1.000,00 de mensalidade escolar e algo em torno de R$ 2.000,00 de material para manter cada um deles frequentando um estabelecimento de ensino em Sergipe.



Volta às aulas



E nesta segunda-feira, 14, a volta às aulas traz de volta os engarrafamentos matinais nas ruas e avenidas de Aracaju. Desde dezembro que o tráfego estava uma tranquilidade Adeus, sossego!



RG nacional



Uma decisão esperada há muito tempo que é a carteira de identidade brasileira, e não mais estadual como atualmente, tão fundamental para atacar a galopante criminalidade, não sai do papel. Depois ficam falando em "uso de inteligência" e coisas que tais.



Aeroporto de Salvador



O Aeroporto de Salvador abriu processos de seleção para operações comerciais de alimentação, varejo e o posto de combustível da Avenida Carybé. Os interessados têm até o final de janeiro para enviar e-mail informando em qual área de atuação desejam se inscrever para concorrer aos espaços existentes.



Coluna Eugênio Nascimento
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
06/01
20:36

Coluna Primeira Mão

 

Na liderança

Embora já tenha manifestado o desejo de não continuar atuando como líder do Governo do Estado na Assembleia Legislativa de Sergipe, o deputado Francisco Gualberto, se convidado aceitaria a iniciativa. Tem sido sempre assim. Ele é um bom defensor do Governo e é bem aceito nas conversações com aliados e opositores.

Também quer

Outro que deverá continuar como líder, mas da oposição, é Georgeo Passos (PPS). Exerce bem o papel e consegue irritar os governistas quando pega pontos nevrálgicos. Ele tem dito que se não surgir outra opção o seu nome estará à disposição da bancada.

Perseguição

Há comentários entre políticos nordestinos que apontam para a possibilidade de o Governo Bolsonaro ‘desprezar’ os Estados nordestinos. Há quem diga que os nove, incluindo Sergipe, seriam atingidos com dificuldades para conseguir verbas federais.

Rosa Vermelha

No próximo dia 15, às 18h30, será realizado seminário sobre “Rosa Vermelha Luxemburgo” na Escola Legislativa de Sergipe. A iniciativa é da deputada estadual Ana Lula Lúcia (PT) e terá como palestrante o dr. Valter Pomar.

Zona Franca

Sugestão de economista que não quer ser identificado: uma possibilidade de desenvolvimento econômico para o sertão sergipano que poderia ser considerada pelo governador Belivaldo Chagas seria criar uma zona franca em Canindé do São Francisco. Exatamente como a zona franca de Manaus (AM) ou como a Cidade do Leste no Paraguai.

Enfrentamentos

As sucessivas brigas entre grupos de estudantes em eventos no campus da UFS, em São Cristóvão (Rosa Elze), vão motivar a proibição de festas naquele espaço. Aguarde. É para breve.

Desempregado

Pode ser que ainda consiga alguma coisa no governo federal, mas, no momento, o ex-senador André Moura está desempregado. O prestígio de Michel Temer não foi suficiente para fazer Bolsonaro manter a sua indicação para a vigilância sanitária.

Muito parecidos

Em termos de artesanato, os estados nordestinos se parecem muito. Turistas que visitam Sergipe necessitam de mais opções. Os responsáveis pelo turismo bem que poderiam observar como os mineiros valorizam a sua cultura, destacando bens culturais que os sergipanos não dão valor. Basta dar uma olhada no que é exposto no aeroporto de Confins.

O primeiro

Belivaldo Chagas é o governador sergipano, bacharel em direito, não formado pela UFS. Com esse simão-diense, a Unit emplaca um governador.

Posse no TJSE

O desembargador Osório Ramos assume no dia 1º de fevereiro próximo a Presidência do Tribunal de Justiça de Sergipe.

Há reclamações

Servidores de hospitais públicos têm uma reclamação contra a mídia que faz todo o sentido. Quando algo irregular ocorre nas suas dependências, emissoras de rádio e de TV se apressam em fazer a sua cobertura. Com as clínicas e os hospitais privados, as denúncias passam desapercebidas dos meios de comunicação. A crítica parece ser pertinente.

Mulher atuante

Nascido e criado no catolicismo, Bolsonaro se converteu a uma igreja evangélica para realizar o seu segundo casamento. Coisa pessoal, que não é da conta de ninguém. Agora é da conta de todos os analistas políticos observar que influencia política terá a primeira dama sobre o presidente que é seu marido. Ela não tem o perfil da esposa do ex-presidente Temer.

Estágios no TRE/SE

IEL-SE (Instituto Euvaldo Lodi – Núcleo Regional de Sergipe) informou nesta quinta-feira (03) que foi prorrogado até 09 de janeiro o prazo para a inscrição no Processo Seletivo para Estágios no TRE-SE (Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe), destinado a selecionar candidatos para ocupar vagas de estágio de nível médio e superior e cadastro reserva. O prazo para a entrega dos documentos que compõe a segunda etapa da inscrição para o Processo Seletivo, também foi estendido até dia 11 de janeiro de 2018.

 



Coluna Eugênio Nascimento
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
30/12
10:39

Coluna Primeira Mão

Pegou mal


Realmente não pegou bem as declarações do diretor de operações da Deso, Carlos Anderson Pedreira. Ao tentar justificar os graves problemas de falta d'água enfrentado pela população de Tobias Barreto a uma emissora de TV, chegou ao absurdo de dizer que a Deso nunca se preocupou com o abastecimento daquele cidade por ter uma barragem que todo ano vertia, ou seja extavasava, o que garantia, segundo ele segurança hídrica. Ou seja perdeu a oportunidade de ficar calado. Um gestor dizer tal absurdo é o mesmo que dizer que trabalha a base de improviso, desconhece as funções básicas de gestão como: planejamento, organização, direção e controle.


Estranhos no ninho


Turistas sergipanos viajando por países do primeiro mundo dizem, na volta, que gostaram desse ou daquele país, mas que encontraram nativos desses lugares mal educados, tratando-os com grosserias. É assim mesmo. Exceções à parte, são os anfitriões do terceiro mundo que são hospitaleiros com turistas estrangeiros. Embora turistas do terceiro mundo levem dinheiro para os países do primeiro mundo, os seus nativos não têm muita paciência com tantos visitantes pedindo informações, etc. Especialmente se esses turistas não falam a língua deles.


Medicina para todos


Em 2019 os sergipanos terão menos médicos trabalhando junto às populações desfavorecidas. Esperamos que as vagas restantes possam ser preenchidas com mais médicos e os governos possam resolver esse problema de uma vez por todas. Falar em cuidados médicos significa que são as vidas das pessoas que estão em causa.


Sofrência


A classe média sergipana terá mais motivos para reclamar do governo federal, com o aumento da alíquota do imposto de renda que vem por aí.


Retrato do Brasil

Está terminando a intervenção militar no Rio de Janeiro com um retumbante fracasso (os interventores apostam que as ações obtiveram sucesso). O Rio continua sendo uma sociedade devastada pela corrupção, pelo crime organizado e pela impunidade. É um retrato do Brasil.


De olho nos trotes


Instituições como o SAMU precisa ter um rastreador de chamadas para poder lidar com os trotes. Entre 22 e 25 de dezembro passados, foram registrados 362 trotes. Esses comportamentos precisam ser criminalizados. Pessoas realmente necessitadas do SAMU podem ter sido prejudicadas por causa de bandidos que passam trotes.


Coisa da oposição


Indo na onda do Sintese de avaliar as instituições alguns professores da rede estadual atribuíram nota 1,5 a atuação sindical da entidade. Dizem que o sindicato é um dos principais responsáveis pelo desempenho ruim da educação de Sergipe nos exames nacional , pois bloqueia todas as boas iniciativas, a exemplo da avaliação do desempenho dos mestres e das escolas. Mas isso é coisa da rivalidade entre professores.


Tempos ruins


Sindicalistas de empresas estatais sergipanas estão vendo o próximo presidente com apreensão. Faz todo o sentido. O ultraliberal ministro da Economia, Paulo Guedes, quer privatizar o máximo que puder. Sergipe e demais estados brasileiros viverão tempos de muita turbulência.


2020


Promete ser muito disputada a eleição para prefeito de Aracaju em 2020. Novos e velhos pré candidatos já estão mostrando a sua cara.


Puro saudosismo


Os pedetistas autênticos de Sergipe, aqueles que se intitulam brizolistas, avaliam que o PDT deve assumir o velho discurso do ex-governador do Rio de Janeiro, Leonel Brizola, e as concepções do pensador e antropólogo Darcy Ribeiro para o PDT voltar a crescer e reconquistar espaços políticos perdidos para o PT.


Água de coco


Com a chegada do verão e os festejos de final de ano, o preço da água de coco, cuja garrafa de dois litros custa R$ 4,00, subiu para R$ 6,00. Há uma tendência de novas altas.


Partiu Brasília


Cerca de 300 sergipanos foram para passar o réveillon em Brasília. Na verdade, esses partiram de ônibus e vans para assistir a posse do presidente eleito Jair Bolsonaro.



Coluna Eugênio Nascimento
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
23/12
20:28

Coluna Primeira Mão

O que será que será?

 

Que conclusões tirar do fato de a Justiça estadual não ter julgado o caso do aumento abusivo do IPTU ainda em 2018? Será que se trata de um processo espinhoso demais? Ou será que um problema que afeta milhares de aracajuanos não é considerado prioritário para entrar na pauta da justiça?

 

Na lembrança

 

Tem gente que pensa que o ex-governador Jackson Barreto (MDB) é um potencial candidato a prefeito de Aracaju.  Agora, embora continue sendo um político influente no Estado, mas parece que ele quer mesmo é sombra e água fresca.

 

Motivo de preocupação

 

Diante de um estado tão policialesco como o brasileiro, muita gente dos meios político e empresarial não alimenta conversas via telefone. Teme ser mal-entendido e terminar tendo que se explicar para a polícia e a justiça ou até mesmo ser preso.

 

Há vagas

 

Quem vai treinar a força de trabalho em Sergipe, se o futuro ministro da Economia, Paulo Guedes,  "meter a faca" no Sistema S? Falou em cortar entre 30 e 50 por cento do que é gasto hoje.

 

Primeirão

 

O deputado eleito Valdevan 90 foi diplomado no presidio de Estância onde está preso. Nunca antes na história de Sergipe um diploma foi tão carregado de tantos simbolismos.

 

 

Não Pago

 

Os militantes do “Não Pago” realizaram protesto em frente ao prédio em que mora o prefeito Edvaldo Nogueira. A turma está irritada com o reajuste da tarifa do transporte coletivo de R$ 3,50 para R$ 4,00. E tem motivo para isso. O sistema é ruim (não tem hora para sair e muito menos para chegar), os ônibus circulam sujos o dia todo e ninguém ouve as reclamações dos usuários, que são obrigados a frequentar terminais imundos.

 

CEV para quê?

 

A Comissão da Verdade de Sergipe parece que se transformou em um órgão permanente da administração estadual. As apurações terminam quando mesmo?

 

Então, é Natal

 

Há um forte clima de consumismo desde o início deste mês. Os comerciantes, que apostavam em um final de ano ruim, já alimentam a esperança de bons lucros. O povo está gastando o 13º.

 

Forte mal cheiro

.
Os aracajuanos e os turistas que nos visitam não merecem os odores que tomam conta da capital sergipana no verão. Eles saem dos canais, dos bueiros, das áreas de mangues e da rede de esgotos. Alguma medida precisa ser tomada a esse respeito.

 

Protestantes


Setores da classe média sergipana se dizem preocupados com a possibilidade de o governo de Bolsonaro cobrar mensalidades nas universidades públicas. Reclamam que pagam imposto de renda, um imposto federal, e não recebem praticamente nada como retorno.

 

2019 de seca

 

A depender do excessivo calor e da falta de chuvas, tudo indica que 2019 será um ano de seca em Sergipe, onde hoje 26 municípios se encontram em estado de emergência. Em Aracaju, uma cidade à beira mar, até o vento é quente. Somente o ar condicionado alivia essa onda de calor.

 

Na goiabeira


Não poderia ser diferente do que aconteceu. Fez o maior "sucesso" a declaração da futura ministra dos Direitos Humanos segundo a qual ela teria visto Jesus tentando trepar (subir) num pé de goiaba e ela o aconselhando a não fazer aquilo! Psiquiatras e psicólogos foram convidados a explicar o que sua declaração significava. Perda de tempo. Trata-se apenas de despreparo para ocupar o cargo.

 

O pai de Bené

 

O secretário de Governo, Benedito Figueiredo, esteve na solenidade de entrega das obras de reforma e ampliação da Escola Estadual Jacintho de Figueiredo Martins, no Conjunto Augusto Franco, em Aracaju. Filho do Patrono da escola, Benedito Figueiredo falou da alegria da homenagem prestada ao pai. "Eu quero ser grato por essa homenagem que é concedida ao meu pai, Jacintho de Figueiredo Martins, que foi, acima de tudo, um homem de uma sergipanidade e honestidade exacerbadas.



Coluna Eugênio Nascimento
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
15/12
11:10

Coluna Primeira Mão

Ações policiais

 

Há fortes comentários sobre ações da PF, em  Sergipe, no trato de questões relacionadas com o transporte estudantil e Cultura. Há quem aposte que ocorrerão prisões logo em breve. A PF não confirma e nem desmente. Age.

 

Opções petistas

 

Embora ocorram comentários apontando o nome do senador eleito Rogério Carvalho como um dos preferidos dos petistas para a disputa da Prefeitura de Aracaju em 2020, ele não pensa nisso. Mas pretende apoiar uma candidatura do PT na sucessão do prefeito Edvaldo Nogueira (PC do B), que ainda não declarou, mas, com certeza, pensa na reeleição. No PT, outros nomes comentados são os do deputado estadual eleito Iran Barbosa e do dirigente Márcio Macedo.

 

Primeiro escalão

 

Em sociedade, nem tudo se sabe. Prova disso é que o governador Belivaldo Chagas tem conversado com pessoas para compor sua equipe de Governo e ninguém sabe quem. No decorrer dos próximos dias ele terá definido todo o seu primeiro escalão. Aguarde!

 

Reunir para avaliar

 

Tem tucano se queixando que o comando do partido, à frente o senador não-reeleito Eduardo Amorim, deveria convocar uma reunião para avaliação do desempenho do PSDB nas urnas em Sergipe este ano.

 

Julgamento adiado 

Ninguém sabe quando será julgado o processo dos ex-deputados Augusto Bezerra e Paulo Hagenbeck Filho. Quem arriscaria dizer que isso ainda ocorrerá em 2018? O que é engraçado ou lamentável nesse caso é que as "medidas protelatórias" têm partido, não dos advogados das partes, mas de certos desembargadores. A maioria dos membros do Tribunal de Justiça já votou pela condenação dos ex-parlamentares. 

 

Deputada aposentada

 

A aposentadoria política da deputada estadual Ana Lúcia Menezes será sentida pelos sergipanos, mesmo por aqueles que nunca votaram nela. Numa Assembleia Legislativa sempre controlada por forças conservadoras, ela exerceu seus mandatos defendendo os interesses corporativos de sua categoria (os professores da rede estadual de ensino) e chamou para o seu mandato muitas lutas das classes populares sergipanas. Aqui e acolá cometeu exageros, mas isso não fez menor o seu mandato exercido com tanta altivez na defesa dos grupos subalternos de Aracaju e do interior.

 

Ligações com Sergipe

 

A futura ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, tem ligação com Sergipe, pois aqui viveu quando criança. Quem imagina com o que ela contribuirá na sua pasta? Já se sabe que é boa conselheira, pois viu Jesus e lhe pediu para não subir em pé de goiaba, onde ela já estava, evitando-lhe assim uma queda.

 

Preocupação judaica

A pequena e discreta comunidade judaica sergipana não gosta da ideia de o Brasil transferir sua embaixada de Tel Aviv para Jerusalém. Um de seus membros nos declarou que os problemas de judeus e palestinos devem ficar no Oriente Médio e não ser trazidos para o Brasil.

 

Itabaiana em pé de guerra

 

A temperatura política em Itabaiana anda alta. É preciso tomar o pulso dos envolvidos no imbroglio a toda hora. Fala-se mesmo em ameaça de morte, contratação de pistoleiro etc. Por causa de seu passado de violência política, os itabaianenses levam tudo a sério o que é dito e não como blefe. Ninguém paga para ver. Não seria mais fácil respeitar as decisões da Justiça em todos os níveis?

 

Crime organizado

 

Segundo o professor paulista Luiz Flávio Gomes, em artigo publicado pelo Jornal da Cidade, em 7 de janeiro de 2017, o crime organizado no Brasil está assim classificado: a) crime organizado privado (PCC,CV FDN,etc.); b) crime organizado por agentes da administração pública (dentro do INSS, dentro das polícias, dentro das auditorias fiscais, etc.); c) crime organizado empresarial (é o caso da Operação Zelotes, etc.); e d) crime organizado político-partidário-empresarial (que envolve a relação entre política e economia). Dá pra dizer que o Brasil tem feito progressos no combate ao crime organizado nas 27 unidades federadas?

 



Coluna Eugênio Nascimento
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
09/12
13:16

Coluna Primeira Mão

PT e PC do B se afastarão em SE

 

Ninguém deve estranhar se a partir de 2019 o PT e o PC do B comecem um processo de afastamento que culminará com o rompimento em 2020, quando da disputa eleitoral. O PT, de Lula, Fernando Haddad, Rogério Carvalho, João Daniel e Eliane Aquino,  e o PSOL, de Boulos e Sônia Meire pretendem se aproximar cada vez mais nacionalmente e aqui em Sergipe. Já o PC do B, hoje aliado petista, deverá se aliançar com o PDT, de Ciro Gomes. Vale lembrar que o partido do prefeito Edvaldo Nogueira deverá se fundir com o PPL.

 

 PSD quer Prefeituras

 

 A gente tem que se preparar para lançar em 2020 nomes fortes, competentes e competitivos não só na capital, como em todo o interior do Estado. Pode escrever aí: o PSD quer ser o protagonista das eleições de 2020. Mas ressalto que o PSD quer ser esse protagonista, nas próximas eleições, porém respeitando e dialogando com todos os partidos da aliança que elegeu Belivaldo governador. Portanto, sem atropelos”. O comentário é do deputado estadual reeleito Jeferson Andrade.

 

O PSDB sobreviverá?

 

Já perto de se tornar ex-senador, Eduardo Amorim aposta na sobrevivência no PSDB. Mas tem gente graúda nacionalmente, a exemplo de Fernando Henrique Cardoso, vê dificuldades para a sobrevivência da agremiação. Em Sergipe, o ninho tucano corre o risco de ser esvaziado, a partir de 2019. Tem muita gente comentando que pretende sair.

 

Quatro caíram

 

Neste ano que termina dentro de 20 dias a Justiça optou por cassar os mandatos de quatro prefeitos de Sergipe. Caíram os governantes de Riachão do Dantas, Itabaiana, Lagarto e Neópolis. Parece que há alguns outros em estágio de observação.

 

Apenas articulando

 

Atendendo a convocação do PRB, o pastor Heleno Silva, ex-deputado federal, participa das articulações políticas. Indagado se iria ocupar algum cargo no Governo Bolsonaro, ele disse que não houve convite nesse sentido.

 

Combate à corrupção

 

O Fórum Permanente de Combate à Corrupção de Sergipe (Focco/SE) promoverá o Seminário ‘Dia Internacional contra a Corrupção’, nesta quarta-feira, 12, das 8h30min, no auditório do Tribunal de Contas do Estado de Sergipe. O evento é em alusão a data que leva o nome do evento e é celebrada no dia 9 de dezembro. Haverá entrega de certificado de quatro horas quem participar do seminário, cujas inscrições estão abertas e podem ser feitas através do site www.tce.se.gov.br/ecojan.

 

Tratamento para SE

 

Os governos de Jackson Barreto e de Belivaldo Chagas foram tempos de "vacas magras" para Sergipe. O acesso ao presidente Michel Temer só acontecia através do ainda deputado federal Moura, derrotado para o Senado nas eleições de outubro passado. Agora, com mandato renovado como governador, Belivaldo Chagas não deve esperar tratamento melhor vindo do eleito Jair Bolsonaro.

 

Procrastinação

 

Por que tantos adiamentos no julgamento dos deputados Augusto Bezerra e Paulo Hagenbeck Jr. no Tribunal de Justiça de Sergipe? Por que tantos pedidos de vistas do processo? Pouco importa em que direção vá a sentença, o que interessa é que os desembargadores decidam. Chega de procrastinação!

 

Quo vadis?

 

A grande pergunta em relação ao futuro governo de Bolsonaro é a seguinte: até quando ele vai jogar com as regras do jogo democrático? Tem muita gente apostando que “dias piores virão”.

 

Farol abandonado

 

O farol que fica na Farolândia está meio abandonado. Até agora, a ferrugem é que está ganhando a disputa sobre as pessoas e as instituições que deveriam fazer o seu trabalho de manutenção.

 

Aumento da tarifa

 

Neste domingo, 09, a tarifa do transporte coletivo será elevada de R$ 3,50 para R$ 4,00. Há muitas reclamações de populares. As empresas pleiteavam o preço em R$ 4,44. O Movimento Não Pago pretende organizar uma série de protestos para os próximos dias e poderá levar o reajuste a uma avaliação da Justiça, ainda no decorrer da próxima semana.

 

Mais Médicos

 

Certos profissionais da Medicina afirmam que não são eleitores de Bolsonaro pelo fato de terem sido contrários à vinda dos médicos cubanos a Sergipe. Até admitem que fizeram um bom trabalho por aqui.

 

Aplicativo Banese

 

O aplicativo Banese para celular e tablet dispõe de uma nova funcionalidade. Criada dentro da estratégia do banco de facilitar cada vez mais a vida dos clientes da instituição, a novidade permite que o cliente Banese possa, através do aplicativo, liberar um cartão novo ou realizar o bloqueio de um cartão antigo por causa de algum imprevisto como perda ou roubo. De acordo com o Banese, pelo aplicativo esse tipo de serviço pode ser feito de forma rápida, segura e de qualquer lugar, sem a necessidade de realizar ligações ou comparecer a uma agência ou caixa eletrônico para efetuar o procedimento.


Aposentadoria



Desde a última sexta-feira , após 28 anos no exercício das atividades promotoriais , bem como 17 anos na qualidade de professor e advogado, o promotor Elias Pinho, do MPE, requereu a aposentadoria.



Negócios do campo



Será nesta segunda-feira, 10, a partir das 8h, o seminário de Negócios Agropecuários de Sergipe. O evento acontecerá na Aease.



Coluna Eugênio Nascimento
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
02/12
20:48

Coluna Primeira Mão

Criminalidade política

A criminalidade política se transformou em algo bem brasileiro. A capital do Rio de Janeiro perdeu a condição de antiga capital do país para firmar-se como o lugar em que a política e o crime organizado se confundem. A prisão recente de vereador da cidade de N.S. do Socorro mostra que esse problema já chegou por essas bandas.

Intervenção não é bom

Ninguém no MDB de Sergipe é favorável a uma intervenção da direção nacional no Diretório Estadual. Esse tipo de atitude termina provocando rachas e até mesmo esvaziamentos em agremiações políticas.

MDB quer disputar a PMA

Por falar em MDB, o líder do partido na Câmara Federal, Baleia Rossi, está defendendo candidatura própria do partido à Prefeitura de Aracaju, em 2020. No processo de renovação partidária, Rossi cogita o nome do deputado federal Fábio Reis para a disputa.

Ainda as eleições de 2018

No final da manhã da quinta-feira passada,29, dois deputados comentavam com dois ou três jornalistas que o mal do senador Valadares (PSB) e do deputado federal André Moura (PSC) foi confiar em pesquisas fakes que produziam para eles durante a campanha eleitoral de 2018. Eles dois disputaram o Senado, apareciam bem nas pesquisas e saíram derrotados das urnas,

Mãos à obra

Por que governadores que podem concorrer a um novo mandato de governador não precisam se afastar do cargo? A resposta não pode ser outra: embora candidatos, eles precisam trabalhar, o governo não pode parar. Assinar ordens de serviço faz parte da rotina de trabalho de qualquer governador. Não dá para entender porque pessoas querem transformar isso em um problema político. Deixem os governadores trabalhar.

Em outras atividades

Há comentários que apontam para a possibilidade de um ou dois deputados estaduais, depois do ato de posse, serem convidados para assumir cargos do primeiro escalão do Governo de Sergipe. Pode ser,,, Pode não ser...

Termoelétrica 1

Em construção no município da Barra dos Coqueiros, na Grande Aracaju, o Complexo Termoelétrico Porto de Sergipe I se consolida como o maior investimento privado de Sergipe, com R$ 6,4 bilhões aplicados na construção da maior termoelétrica a gás natural da América Latina.

Termoelétrica 2


O Complexo é formado pela Usina Termoelétrica Porto de Sergipe, que processará gás natural em energia elétrica pela Linha de Transmissão, que levará energia até a rede de transmissão e pelas Instalações Offshore, que contemplam uma unidade de armazenamento e regaseificação do Gás Natural Liquefeito (GNL) e transporte até a usina. A Centrais Elétricas de Sergipe (Celse) tem capacidade para gerar até 1.516 megawatts, o suficiente para atender a 20 milhões de brasileiros quando estiver em plena operação.


Demissões em sindicatos


A crise chegou às entidades sindicais. Existem sindicatos de funcionários públicos federais que estão demitindo grande número de seus empregados. Os seus presidentes viajam o tempo todo (passagens aéreas e diárias), usam o dinheiro do sindicato para ir de casa ao trabalho e do trabalho para casa e, também muito grave, fazem compras de alimentos etc. para as dispensas de suas próprias casas. Não são poucos os sindicalizados que estão pedindo as cabeças deles. Mas há quem diga que isso não passa de boato.

Reajuste da tarifa

Tudo indica que a Prefeitura de Aracaju anunciará no decorrer desta semana o reajuste da tarifa do transporte coletivo. As empresas reivindicam R$ 4,44 e fala-se que a PMA poderá conceder no máximo R$ 3,90. O valor atual é R$ 3,50.

CPI do Forró

Indignada com a situação dos artistas que há cerca de cinco meses esperam que a PMA pague seus cachês, e com a protelação da gestão municipal em solucionar o impasse, a vereadora não descarta a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar de forma minuciosa a aplicação dos recursos usados na realização do Forró Caju 2018. O secretário de Comunicação da Prefeitura, Luciano Correia, anunciou que ainda no decorrer deste mês as dívidas junto aos artistas locais serão pagas.

Salários dos servidores 1

O governo do Estado inicia o pagamento de servidores estaduais referente ao salário do mês de novembro neste sábado, dia 1°, quando recebem integralmente os servidores da Educação, somente profissionais do magistério e administrativos lotados em escolas, Segrase, Agrese, Ipesaúde e Sergipeprevidência.

E a “raia miúda”, hein?

Desembargadores e juízes sergipanos têm pressa em receber o seu aumento salarial aprovado pelo Congresso e sancionado pelo presidente Michel Temer. Foi um baita presente de Natal a que só terão acesso no próximo ano, mas que já será votado na Assembleia Legislativa na próxima semana. Esse aumento de 16,3%, que faz a alegria dos magistrados, significa mais parcelamentos, transtornos e atrasos dos salários da "raia miúda".

Salários dos servidores 2

Também serão pagos nessa data, todos os servidores ativos, aposentados e pensionistas, que recebem até R$ 3 mil, o que corresponde a 70% do funcionalismo público. Todos os demais servidores ativos, aposentados e pensionistas que recebem acima desse valor (R$ 3 mil) receberão na íntegra no dia 12.


Preocupação empresarial


O presidente da Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (FIES), Eduardo Prado de Oliveira, garante que a sua categoria tem como foco a integração comercial sem viés ideológico. “Como bem disse o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, “concordamos que o Brasil e os Estados Unidos trabalharão em estreita colaboração em temas como comércio, defesa e tudo mais”. Eduardo é contra o descontrole das contas públicas.



Coluna Eugênio Nascimento
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
1 2 3 4 5 6 » Próxima » Última

Enquete


Categorias

Arquivos