04/05
20:39

Coluna Primeira Mão

Tipo exportação


A Espanha tem sido beneficiada com "produtos" de exportação sergipanos. Sem puxar muito pela memória, há de lembrar do jogador lagartense Diego Costa, centro-avante da seleção espanhola de futebol. Agora
Maria das Graças Carvalho Dantas, sergipana de Aracaju, acaba de ser eleita para o Parlamento espanhol. Seria bom se ela, depois desse mandato, voltasse para Sergipe e nos ajudasse a melhorar o nível da classe política em Brasília.


JB disponível


Quase todo o mundo já ouviu alguém dizer que Jackson Barreto respira política vinte e quatro horas por dia. Se isso é correto, esperar que o ex-governador esteja aposentado depois de perder a eleição passada para o Senado é não aceitar os fatos. Pois bem, o tarimbado político será candidato nas eleições vindouras, embora ainda não se saiba que mandato escolherá para a disputa.


Direita sergipana


Os segmentos direitistas de Sergipe decidiram se unir e formar um blocão para a disputa eleitoral de 2020. A meta é eleger muitos prefeitos e vereadores.


Esquerda sergipana


Enquanto isso, a esquerda sergipana continua dividida, mas também de olho nas eleições de 2020 e 2022. É muito difícil juntar PT e PSTU, por exemplo.


Somos todos UFS


Nesta segunda-feira, 06, às 16h, será realizado ato o ato público de desagravo “Somos Todos UFS”, na praça da Democracia, localizada no Campus de São Cristóvão, no bairro Rosa Elze. A comunidade universitária (professores, estudantes e servidores) se posicionará contra às falações do ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzone, que criticou a UFS em programa de televisão na quinta-feira passada, inclusive fazendo uso de informações erradas. O protesto é organizado pela ADUFS (entidade que representa os docentes) e Sintufs (representante dos servidores).


Fim de prazo


Também nesta segunda-feira termina o prazo para que eleitores que não votaram nas três últimas eleições apresentem justificativas de ausências. Segundo a Justiça Eleitoral 25 mil eleitores correm o risco de ter seus títulos cancelados.


Quartel da PM


O belo prédio que abriga o Quartel da Polícia Militar, situado na rua Itabaianinha, foi tombado pelo IPHAN e está com os dias contados. Se nada for feito. Muitas de suas salas estão desocupadas por precaução. Receio de desabamento. Uma importante parte de suas atividades foi transferida para a Secretaria da Saúde, que fica na avenida Rio de Janeiro. Se não forem tomadas providências, corre o risco ser tombado agora no sentido de desabar.


‘Tamos fora’


O Brasil não tem motivos para se meter nessa briga entre os Estados Unidos e Venezuela (leia-se Rússia, Turquia e China). Precisa, sim,
reforçar os laços de cooperação e de amizade com os nossos vizinhos sul-americanos. Nossa tradição é pacífica, ou seja, na direção do oceano Pacífico.


Na espera


Existe coisa pior do que você ligar para uma clínica ou hospital privados e uma voz gravada lhe diz que, se for isso, tecle 1, se for aquilo tecle 2 e assim por diante? Existe, sim. É quando a gravação diz que se você quiser falar com uma telefonista, aguarde na linha! Aí você fica esperando e, nada, até a ligação cair! Existem exceções.

Comissão de Ética


Que membros da Comissão de Ética da Câmara de Vereadores de Aracaju terão coragem de punir o cabo Amintas pelas agressões feitas contra Vinicius Porto? Talvez Lucas do Aribé, porque não vê. Ou Emília Correia, porque é mulher, porque não é homem. Em quase tudo o que ele fala, há aquele "se for homem" ou coisa parecida. A câmara precisa comprar um detector de metais com urgência! Esse caso não vai dar em nada! Ou vai?


Será exagero?


Não passa de exagero a afirmação feita por alguns construtores de que o ano de 2019 já acabou para a construção civil. Nós apenas estamos começando o quarto mês do ano.


Feminicídios


Sem chamar as coisas pelo seu nome, não se vai longe no combate à onda de feminicídios no Brasil. Nesse caso, o nome é machismo. Há muitos homens que, por serem casados, namorados ou viverem juntos, são proprietários de suas companheiras. Se esquecem que ninguém é propriedade de ninguém. Esta coluna está pensando no feminicídio de professora por seu marido bombeiro militar na quinta-feira passada em Aracaju, que em seguida suicidou.


Reforço


Ainda sobre o mesmo assunto, a declaração da ministra da Família, Damares Alves, segundo a qual "a mulher deve ser submissa ao homem no casamento" só faz reforçar esse padrão cultural.


Coluna Eugênio Nascimento
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
28/04
12:38

Coluna Primeira Mão

Um novo cenário

 

Cada vez mais aumentam os boatos sobre a possibilidade de o ex-governador Jackson Barreto ser indicado pelo MDB para compor a chapa com Edvaldo Nogueira (PC do B) na disputa da Prefeitura de Aracaju em 2020. Dizem os boateiros de plantão que em 2022 Nogueira deixaria a PMA e disputaria o Governo de Sergipe. JB, então, encerraria a sua carreira política definitivamente como prefeito de Aracaju, o cargo de sua estreia no Poder Executivo. Isso parece divagação. Mas, em política, tudo pode acontecer.

 

Poucas homenagens

 

Os sergipanos não sabem mesmo homenagear os seus heróis. Esse é bem o caso dos homens escravos e dos homens livres que se bateram contra o Paraguai na guerra ocorrida no século XIX. Os escravos lutavam em troca de sua liberdade e, terminada a guerra, quem não morreu, ficou no Paraguai ou ficou no Rio de Janeiro. Quem visita o Paraguai sempre ouve o que os nossos vizinhos chamam "a guerra dos escravos". Foi mais do que isso, naturalmente. A estátua de Camerino, um homem livre muito jovem, é muito pouco.

 

Horário de verão

 

Em 2001, quando estava no exercício de mandato de deputado estadual, o jornalista Jorge Araújo se posicionou contra o horário de verão, que fazia uma economia insignificante de energia e ainda atrapalhava a vida dos brasileiros, os nordestinos de Sergipe. Agora, o governo federal decidiu dar fim à essa medida e Jorge lembra que “isso foi uma iniciativa péssima”.

 

Placas do Mercosul

 

Já podem ser vistas nas ruas de Aracaju as novas placas dos carros brasileiros. São como as placas da União Europeia, mas as nossas são do Mercosul. Elas são brancas e azuis, tem letras e números, o nome Mercosul, o nome do país, do estado e da cidade. As placas são de outros estados, porque a troca de placas ainda não começou no Nordeste. 

 

Presídio Militar

 

As condições externas do Presídio Militar são as piores possíveis. O prédio parece ter sido completamente abandonado há muito tempo. Se por dentro do presídio o estado de conservação também estiver ruim, é melhor fechar essas instalações. 

 

Trabalhe, se quiser

 

O ponto facultativo é uma jabuticaba que precisa acabar no Brasil. O ponto facultativo significa "vá trabalhar, se quiser" e o dia não trabalhado vai contar como trabalhado e você vai ganhar o seu salário normalmente. Que patrão faz isso no setor privado? Não é à-toa que os trabalhadores da iniciativa vivem na bronca com os empregados do setor público. Para resolver esse problema, deveria haver uma regra: "governadores, prefeitos, chefes de repartições, etc. pagarão de seu bolso os dias de folga chamados de pontos facultativos". É preciso mais respeito aos contribuintes que pagam os salários dos servidores públicos, inclusive os de seus chefes.

 

Que país é esse?

 

Um dos filhos do presidente Jair Bolsonaro, Eduardo, certa vez declarou que, para fechar o Supremo Tribunal Federal, bastavam um cabo e um soldado. Em Aracaju, para fechar a Câmara de Vereadores, alguém sugeriu que só basta um cabo e ele confessou que só anda armado. Que país é esse?

 

Dessalinização

 

Durante e depois da viagem a Israel, o presidente Bolsonaro nada sobre a tecnologia de dessalinização que ele iria trazer para o Nordeste. Naquele período, falou-se como os estados nordestinos já possuem tecnologia sobre esse assunto. Na semana que passou, o JC fez entrevista com o especialista Olivier Chagas sobre a dessalinização em Sergipe. Isso deveria ser prioridade permanente de qualquer governo.

 

Tobias Barreto

O prefeito de Tobias Barreto, Diógenes Almeida, disputará, em 2020,  a reeleição pelo MDB e deverá ter como principal opositor,o seu atual vice-prefeito,  Gal de Filó, do PSD,  apoiado pelo deputado Dilson de Agripino  (PPS) e seu agrupamento. Gal poderá ter como vice César Prado, que disputou a eleição em 2016 e ficou em segundo lugar. Em Tobias Barreto ninguém acredita em uma terceira via.

 

Nossa Senhora da Glória

 

Já há sinais de movimentações políticas na cidade, mas o prefeito de Nossa Senhora da Glória, Chico dos Correios (PT), ainda não definiu quem apoiará para sucedê-lo. Alguns amigos dizem que escolherá Luana Oliveira e outros apontam a possibilidade Sergio Oliveira da Silva ser a sua opção. Quem quer que seja o escolhido terá Jairo como principal opositor. Aparece ainda cotada Vaneide Farias.

 

Estância

 

O prefeito de Estância, Gilson Andrade, vai disputar a reeleição em 2020. Hoje já teria como opositor declarado Márcio Souza (PSOL), mas vem por aí ainda uma opção de terceira via cujo nome está entre Carlos Magno (PSB), Dominguinhos Machado (PT), Sergio da Larissa (PSD), Filadelfo Alexandre (MDB) e Zé Nelson (DEM), todos apoiadores do governador Belivaldo Chagas em 2018.

 

Salgado

 

Os moradores de Salgado andam “P” da vida com a Deso, que os deixou sem água quinta e sexta-feira passada.

 

Menos empregos

 

Os maiores números de demissões, em março último, segundo o  CAGED do Ministério do Trabalho,  ocorreram em Aracaju (-645), Laranjeiras (-304) e Nossa Senhora do Socorro (-89). Os municípios que mais geraram emprego são Nossa Senhora das Dores  (+103), Propriá (+55) e Salgado (+47). Sergipe somou um total de 1.100 demissões.

 

Geração de empregos

 

A questão mais importante na sociedade sergipana é o desemprego. Governador e prefeitos deveriam pensar alternativas para a superação desse problema, principalmente no interior.

 

Poucos espaços

 

As bancas de jornais e de revistas estão "desaparecendo" em Aracaju. Hoje existem algumas bancas no centro. Lugares certos para encontrar revistas e jornais são o aeroporto, a rodoviária nova, as livrarias nos dois shopping centers, postos de gasolina e lojas de conveniências.



Coluna Eugênio Nascimento
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
19/04
08:59

Coluna Primeira Mão

Eleições 2020

 

Demagogos e populistas não param de fazer campanha no rádio e na TV. Pelo jeito, a disputa à prefeitura de Aracaju vai ser pesada. Tem muita gente pensando que pode bater o atual prefeito nas urnas.

 

Eliane cotada

 

De volta os comentários que apontam a vice-governadora Eliane Aquino (PT) como potencial candidata à Prefeitura de Aracaju. Isso porque ela disse defender candidatura própria do PT em 2020. Ela pode até não estar pensando nisso. Mas pode também.

 

Rivalidades

 

Muita gente entende que o PT estaria fazendo pressões junto ao prefeito Edvaldo Nogueira (PC do B) por que ele teria dado muitos espaços para o PSD e isso  enfraqueceria a participação petista na PMA. Fala-se até que Nogueira estaria disposto a  optar por alguém do PSD para ser seu vice na chapa de 2020.

 

Disputa geral

 

A fase de pré-campanha eleitoral é forte em todos os municípios sergipanos. Nas ruas  e na internet. Os grupos de zap do interior tratam da disputa de 2020 à todo instante.

 

Negrinho sofre

 

O Atlas da violência de 2018 mostra que em Sergipe ocorrem 79 mortes violentas de jovens negros por 100 mil habitantes. Somos recordistas no Brasil. Que vergonha! As vidas de negros e negras importam.

 

1º de maio

 

As centrais sindicais se mobilizam para puxar um grande ato no 1º de maio, Dia do Trabalhador, em Aracaju. Paralelamente, trabalha-se a ideia de uma greve geral.

 

Ainda a Deso

 

Tem empresários sergipanos e baianos ensaiando uma parceria para a compra da Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso). Só que a empresa não está à venda, conforme garantiu o governador Belivaldo Chagas. Só um alerta: O valor inicial para uma possível venda seria R$ 1,2 bilhão.

 

Onde está o dinheiro?

Tem uns dois ou três agiotas que emprestaram dinheiro para candidatos a cargos eletivos em 2018 que andam “doidinhos” para receber a grana de volta,  com juros e correção monetária.

 

Investimento

 

O governo estadual tem agido no sentido de conseguir 200 mil de empréstimo no Banco do Nordeste para investir na DESO. Se essa empresa estatal está no rol daquelas que serão privatizadas, esse empréstimo não faz o menor sentido. Mais importante seria cortar o décimo quarto salário dos funcionários, se ele ainda existir.

 

Fidelização

 

É lamentável que políticos usem a Semana Santa e a Páscoa, importante data no calendário cristão, para fazer clientelismo distribuindo peixe à população carente de Sergipe. É mais recurso para fidelizar eleitores.

Notícia ruim

Uma péssima notícia para os sergipanos que vivem de salário mínimo. Não haverá ajuste real do salário. Essa notícia também é ruim para o presidente Bolsonaro, o autor da decisão. A sua popularidade junto aos segmentos populares pode cair ainda mais.

 

Em disputa

 

A disputa entre as pessoas, civis e militares, que fazem parte do círculo do poder no governo de Bolsonaro não tem trégua. Paulo Guedes, ministro da Economia, não tem dado moleza a Sérgio Moro. Ele tem dito e repetido que o ex-presidente Lula não roubou. Se Lula não fez isso, está injustamente preso. Quem o prendeu? Sérgio Moro. Em resumo, o que parece ser uma defesa de Lula, na verdade não passa de um ataque a Sérgio Moro, candidatíssimo a presidente da República em 2022.

 

Caro demais

 

Os preços das passagens aéreas de Aracaju a Salvador e vice-versa estão pela hora da morte. Isso atrapalha a vida de sergipanos e de turistas. O que as autoridades estaduais e nossos representantes federais estão fazendo para reverter a redução de voos para Aracaju?

 

Autoflagelo

 

São muitos os casos de meninos e meninas da periferia de Aracaju que praticam o autoflagelo (aplicação de castigos físicos em si próprio). É preciso observar o que está por trás disso.

 

Licitação


Aracaju recebe edição especial do Curso de Aperfeiçoamento em Licitação e Formação de Pregoeiros, durante os dias 15 a 17 de maio, no Hotel Real Classic. Idealizado pela empresa de assessoria, treinamentos e eventos, Vitaro, o curso pretende realizar aprofundamento sobre as discussões acerca dos principais assuntos que envolvem uma licitação, com ênfase em Pregão e tem como objetivo qualificar agentes públicos e demais interessados para realização de contratos públicos.



Coluna Eugênio Nascimento
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
14/04
07:43

Coluna Primeira Mão

Disputa no TCE: Flávio x Clóvis



Pode estar vindo por aí nova crise no Tribunal de Contas. O seguinte: o conselheiro Flávio Conceição foi aposentado da instituição por decisão administrativa da corte de contas. Agora tribunal superior diz que tudo o que foi feito estava ilegal. Flávio Conceição diz que quer voltar a ser conselheiro. Aconteceu que seu posto foi ocupado por Clóvis Barbosa, indicação do ex-governador Marcelo Déda. Houve momento no passado em que Flávio Conceição e Clóvis Barbosa ocuparam a mesma vaga. Ou seja, tinha alguém a mais no TCE. Agora pode acontecer o mesmo. Felizmente tem conselheiro se aposentando, tornando assim menos difícil encontrar solução para o problema.



Concurso público

 

O presidente da Assembleia Legislativa, Luciano Bispo, vai entrar para a história como o primeiro presidente do Poder Legislativo que realizou concurso público para a instituição. Mas tem demorado demais para convocar os aprovados. Por conta disso, juiz estadual determinou o corte de 50% de comissionados da Assembleia. O MPE deveria voltar a sua atenção para os casos de prefeituras que não têm nenhum servidor municipal concursado. Isso é mesmo a cara do atraso.

 

PT dividido?

 

Parece correta a informação de que o PT está dividido em relação a aliança política para  2020, quando entrará em discussão a disputa da Prefeitura de Aracaju. Tem um segmento defendendo o apoio ao petista Marcio Macedo, outro que prefere manter a coligação com Edvaldo Nogueira e ainda aqueles que falam de vez em quando em uma reaproximação com o PSB de Valadares Filho ou em lançar o nome do deputado estadual petista Iran Barbosa. Mas em 2020 todos estarão juntos em apenas um blocão.

 

Um bom trabalho

 

Digno de elogios o trabalho realizado pelo TCE-SE que, através de seu presidente, Ulices Andrade, entregou ao governo do Estado um listão com quase 500 nomes de servidores com três ou mais vínculos com o Estado e com prefeituras de Sergipe. Estarrecedor! As autoridades que cuidam desses casos necessitam com presteza e exigir a devolução do dinheiro dos contribuintes sergipanos. Alguns nomes já são conhecimento público.

 

Posição equilibrada


O senador Rogério Carvalho, equilibrado como sempre, não decepcionou ao pedir o arquivamento de uma CPI da Lava Toga no Senado. Num tempo em que o país passa por tantos problemas institucionais, abrir uma frente de conflito com a magistratura é como jogar gasolina numa fogueira e intimidar os juízes brasileiros. Quem quer o caos institucional no Brasil?


Vida de apçosentado
 

É um tanto descabida a informação de que o ex-governador Jackson Barreto tenha interesse em disponibilizar seu nome para ser candidato a prefeito ou vice de Aracaju em 2020. Mas parece ter um fundo de verdade quando o tema é seu desejo em ser senador da República. Ainda assim, segundo pessoas próximas dele, JB só pensa mesmo é em curtir a aposentadoria.

 

Aperreio

 

O economista Ricardo Lacerda comentou: 2019 vai ser um ano difícil para o Brasil. Imagine para Sergipe. Muitos empresários avaliam que 2020 também não será nada bom.

 

Agora vai

 

O prefeito Edvaldo Nogueira acompanhou, na manhã desta quinta-feira, 11, a obra de recuperação da avenida Beira Mar, zona Sul da capital sergipana. O gestor municipal foi conferir de perto o andamento dos trabalhos quando pôde constatar a execução dos serviços e o cumprimento do cronograma estabelecido pela empresa contratada, contrariando o que foi noticiado nos últimos dias.  Parece que agora vai.

 

É preciso explicar


Deputados federais e senadores fariam um bom trabalho se convidassem seus eleitores, nos diversos pontos de Sergipe, e explicassem na ponta do lápis como ficariam as aposentadorias pela atual proposta do governo. A proposta governamental da reforma da previdência precisa ser mais conhecida da população.


Enfrentando desafios

 

Os cem primeiros dias do atual governo de Belivaldo Chagas foram de muito esforço e de muita movimentação na corrida para resolver os problemas enfrentados pelo Estado. Alguns secretários mais devagar, deveriam seguir o exemplo do chefe. Pode não ter solução para tudo, mas tem que enfrentar os desafios.

 

Professores reclamam

 

O calor é intenso nas salas de aula das redes públicas estadual e municipais em todo o Sergipe. Em sala de aula o que mais se vê são professores/as e alunos/as suados/as. É barra pesada.

 

Identidade nacional

 

A partir do segundo semestre de 2019 entrará em vigor a Carteira Nacional de Identidade (CNI), uma providência que levou muito tempo em discussão no Congresso. Com esse documento, os órgãos de segurança estaduais e federais poderão agir mais rapidamente no combate à criminalidade em todo o território nacional.

 

Patinetes elétricos

 

Brasil agora, vê-se a preocupação de municípios com a regulamentação do uso de patinetes como meio de transporte nos espaços urbanos. Por que não encaminhar isso no cajueiro dos papagaios?

 

Tobias Barreto 1

 

Há uma espécie de farra das diárias em Tobias Barreto. A população Tobiense tem se manifestado revoltada com os altos valores recebidos por vereadores da situação e oposição, além de seus assessores da câmara municipal. Os vereadores têm um bom salário, algo em torno de R$ 10 mil, e contam ainda com diárias para participar de congressos que ultrapassam os R$ 2 mil, dinheiro meu, seu, nosso que poderia ser economizado para o bem da municipalidade .

 

Tobias Barreto 2

 

Nas ruas da cidade e nas redes sociais, os eleitores cobram providências dos órgãos fiscalizadores como o Ministério Público e o Tribunal de Contas do Estado e dizem que vão dar o troco nas urnas em 2020. A farra das diárias na câmara de Tobias Barreto começou na gestão do ex-presidente Luiz Carlos dos Santos (Careca) que comandou a casa no biênio 2017/2018 e segue agora na presidência do vereador Romildo Rodrigues(Romildo da Fontinha).

 

Itabaianinha

 

O ex-prefeito Zé de Bá, de Itabaianinha, se reuniu com Domingos de Gonzaga, que vinha atuando como seu opositor, vão fumar o cachimbo da paz. Na última eleição municipal, Bá  elegeu a sua sucessora, Mara, e dela está se afastando agora.

 

Ratos de rádio

 

O prefeito de Socorro, padre Inaldo, vive sob bombardeio pela mídia radiofônica. Tem muita gente querendo defenestrá-lo da prefeitura. Os ataques ou são diretos ou feitos por "cidadãos que só querem o bem" para a sua cidade. Esses são os famosos "ratos de rádio".

 

Qual é a opção?

 

"Vocês querem empregos ou direitos?" - perguntou o presidente Bolsonaro aos trabalhadores brasileiros. Até agora direitos têm sido cortados e os empregos não apareceram.  Tudo bem, são só cem dias. Mas se a preocupação do governo fosse mesmo criar empregos, deveria ter começado sua agenda de reformas pela reforma tributária, que destravaria alguns gargalos que impedem a economia brasileira de crescer.

 



Coluna Eugênio Nascimento
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
06/04
21:31

Coluna Primeira Mão

De olho nos votos

Não há dúvida de que a campanha eleitoral para a prefeitura de Aracaju já começou e alguns políticos já se dizem pré-candidatos (Edvaldo Nogueira, Gilmar Carvalho, etc.). Com isso, de repente, vereadores que não assumiram a responsabilidade de votar o valor da passagem de ônibus (deixando isso para o prefeito) agora estão denunciando as péssimas condições dos ônibus (falta de ar condicionado, superlotação, poucos ônibus em determinadas linhas, elevadores para deficiente que não funcionam, etc.) que circulam por Aracaju.


Comando do MDB

A mudança no comando do MDB de Sergipe, que passará a ser presidido por Fábio Reis, foi comentada pelo prefeito de São Cristóvão, Marcos Santana, filiado ao partido. Com uma gestão de destaque entre os municípios sergipanos, Marcos é um dos nomes fortes da sigla e acredita que a alternância é saudável. “A mudança na presidência do MDB mostra o desprendimento de Jackson Barreto, que soube dar espaço a um político jovem como Fábio Reis. A alternância é sempre saudável e Fábio vem fazendo um bom trabalho na Câmara Federal, sempre defendendo Sergipe e os sergipanos”.

É cedo nada


Embora isso desagrade a quem está na esfera municipal do poder, o tema eleições 2020 é pauta quase que diária da imprensa. Os dirigentes e lideranças dos partidos conversam entre si e publicamente dizem que ainda é cedo para pensar na disputa. Agora faltam apenas 19 meses.


Fora, fichas sujas


Na sexta-feira, 05, aconteceu a primeira reunião da diretoria executiva estadual do partido Cidadania 23 sob a presidência do senador Alessandro Vieira.Foi apresentada a situação financeira do antigo PPS, com muitas pendências a serem resolvidas. Serão formados os novos diretórios municipais, com foco nas eleições de 2020, sendo passado um pente fino para as novas composições, com base no momento atual, vetando os nomes que sejam fichas sujas. Estes foram os principais temas.


Cargos federais


A turma da política de Sergipe aliada ao governo Bolsonaro está ansiosa pelo preenchimento de seus cargos federais no Estado. O Palácio do Planalto chama políticos para conversar e não define as coisas.


Santa inocência


Tem analistas de grupos de zap achando que o senador Rogério Carvalho (PT) deseja ser candidato a prefeito de Aracaju. Ele ainda não declarou, mas é claro que o seu projeto político é o Governo de Sergipe em 2022.


Mais espaçoso


O PSD prepara-se para entrar na disputa eleitoral de 2020 pensando em conquistar novos e maiores espaços em 2022. Fala-se muito que o deputado federal Fábio Mitidieri pretende conquistar uma cadeira de senador. Os amigos mais próximos garantem que “pode até disputar o Governo de Sergipe”.


Volta ao ninho.


Ao que parece o deputado federal Fábio Henrique (PDT) fez as pazes com o governador Belivaldo Chagas (PSD). Tanto é que assumiu a diretoria de Meio Ambiente e Engenharia da Deso o Engenheiro Gabriel Almeida de Campos, que teve a indicação dele para assumir a presidência daquela estatal pelo período de dois meses. O Pedetista havia rompido com o governador no anos passado no apagar das luzes do fechamento das convenções partidárias, quando preferido apoiar o candidado Valadares Filho (PSB). Fato que provocou a mudança na direção da Deso.


Futuro do DEM


Alguns velhos políticos e seus seguidores apostam na possibilidade de o DEM voltar a crescer na disputa eleitoral de 2020. Na verdade, o partido, hoje, parece um caminhão velho na banguela e ladeira abaixo. Sem João Alves e sem Maria do Carmo, o DEM não tem futuro.


Já cansou


Aqueles papos furados de possíveis candidatos a vereador nas redes sociais, já cansou. Os ‘carinhas’ entram no ar diariamente apresentando soluções para todos os problemas do mundo e usando os nomes de Deus e Jesus como se eles fossem seus cabos eleitorais. O eleitorado está percebendo que tem muitos espertalhões tentando ‘cantar’ seu voto para se fazer na vida. Abra os olhos.


A mesma coisa


A "nova política" foi uma expressão criada por Bolsonaro e pelos seus seguidores. Deveria significar tudo o que é oposto ao que fazia antes em política no Brasil (compra e venda de votos de eleitores, comércio de votos de parlamentares etc.). Mas não é assim que a música toca. Rodrigo Maia, presidente da Câmara, se fez porta-voz do realismo, o novo governo federal se tornou velho rapidamente e a ordem agora é abrir o cofre público. "Tudo com antes no castelo de Abrantes".


Reabrindo feridas


Valdo Cruz, jornalista da Globonews, afirmou que o presidente Bolsonaro teve uma péssima ideia ao determinar a comemoração do golpe militar de 1964. Os militares vêm tentando melhorar a sua imagem depois dos vinte e um anos de estado de exceção. De repente com a decisão polêmica do presidente, as feridas não cicatrizadas daqueles tempos bicudos foram reabertas no país inteiro. O problema desse governo é o "viés ideológico". Não tem jeito mesmo.


Bom mirante


Muito boa a ideia de fazer do Farol de Aracaju em um mirante. Será um ponto de vista privilegiado para sergipanos e turistas curtirem o Rio Sergipe, a Atalaia Nova, o encontro entre as águas do rio com aquelas do Oceano Atlântico. Com início e conclusão da orlinha da Coroa do Meio, aquela área vai ficar muito agradável.


Velhas tradições


A tornozeleira eletrônica é uma nova espécie de "prisão especial", diferente daquela prisão para quem tem diploma superior - que já é alguma coisa escandalosa numa democracia. Em Sergipe, fala-se em mais de duzentos usuários desses aparelhos. Pois é. Para muitos casos, as novas tecnologias só fazem reforçar velhas tradições.


Explicações de analistas


Um dos melhores empregos do mundo é o de analista econômico. Explicar o que causa a queda da Bolsa de Valores e a subida do dólar pode significar o "nervosismo do mercado", o "humor dos investidores", e muitos outros termos ligados à Psicologia. Qualquer coisa vale. No momento, tudo o que acontece de ruim na economia brasileira tem a ver a reforma da previdência. Quando essa tiver sido aprovada, a próxima explicação será a falta de aprovação de uma reforma tributária.


Preserve-se o ENEM


Todas as pessoas sensatas esperam que o novo e desastrado ministro da Educação não cometa o desatino de mexer com o ENEM, que é e deve continuar sendo política de Estado. Conseguir a proeza de realizar um exame nacional, num país continental e tão desigual também em termos educacionais como o Brasil, é uma conquista que não pode ser desprezada. É bom que seu guru, aquele astrólogo com ideias exóticas que mora nos EUA, fique por lá mesmo.


Dois italiano


Salvo engano desta coluna, Jair Messias Bolsonaro é o segundo presidente brasileiro descendente de italianos. O primeiro foi Médici. Coincidência: os dois têm origem militar, sendo o primeiro eleito por um colégio eleitoral e o segundo pelo eleitorado brasileiro.


Posse prestigiada


Nesta semana que se encerra, uma caravana de sergipanos tomou o rumo de Recife (PE) para a posse do desembargador federal Vladimir Carvalho como presidente do TRF da quinta região. Entre os membros desse grupo estavam políticos, empresários, familiares e amigos.


Acidentes demais


É assustador ficar sabendo que ocorre um acidente de trabalho em menos de um minuto (48 segundos) no país e que, muito pior, morre um trabalhador brasileiro em cada lapso de três horas. A fiscalização do extinto Ministério do Trabalho já era ruim. Agora, sem essa repartição, a situação pode piorar.



Coluna Eugênio Nascimento
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
30/03
16:14

Coluna Primeira Mão

CPI da Toga


Muita gente do parlamento e da sociedade civil organizada concorda com a abertura da CPI da Toga, mas teme que ela chegue a consequências extremas e isso fragilize mais a cambaleante democracia brasileira. Os alvos expostos pelo senador Alessandro Vieira (SE) são atingidos por graves acusações. Mas a proposta já foi arquivada.


Ainda no palanque

 

Valadares Filho ainda não desceu do palanque da última eleição. Não perde uma oportunidade para bater em Edvaldo Nogueira e Belivaldo Chagas. O simãodiense não tem feito um bom planejamento de sua carreira política e por isso tem sofrido derrotas nas urnas. Ele, a exemplo de outros políticos, partiu para o projeto megalomaníaco de ser governador e ficou sem emprego, do mesmo jeito que o seu pai, o ex-senador Antônio Carlos Valadares.

 

MDB unido

 

O MDB trabalha a ideia de ter chapa única na formação de seu novo Diretório Estadual e da Comissão Executiva. Há uma grande possibilidade de o deputado federal Fábio Reis ser eleito presidente estadual do partido.

 

Sem discussão


O ex-deputado Roberto Góes anda se queixando da falta de reuniões no PSDB para discutir os problemas internos e da sociedade sergipana.


Sacrifício animal


Corajosa e certeira a decisão do STF que tornou legal e constitucional o sacrifício de animais (geralmente galinhas) em cultos de religiões afro-brasileiras. Essas religiões têm sido historicamente discriminadas por outras religiões e pelo estado no Brasil. Sendo o país multicultural, tem que haver respeito e tolerância à diversidade cultural dos brasileiros

 

Coisas da oposição

 

O deputado estadual Georgeo Passos socializou o discurso contra o governo. Agora o governador Belivaldo Chagas recebe porradas também de Kity Lima, Gilmar Carvalho, Maria Mendonça, Rodrigo Valadares, Samuel Carvalho e, de vez em quando, Iran Barbosa. Agora há unidade na diversidade.

 

Boa relação incomoda


Tem muita gente interessada em passar a ideia de atrito entre Eliane e Belivaldo, talvez porque a boa relação entre os dois incomode muito. Os dois conversam sobre tudo, inclusive sobre política. E tudo que a vice faz no governo é negociado antes com o governador. As atividades que ela desenvolve na área social do governo são fruto de orientação de Belivaldo, que deseja ter os resultados disso como uma marca da sua gestão. A informação é da assessoria da vice-governadora.


Contra celebração


A senadora Maria do Carmo Alves (DEM) manifestou o seu irrestrito apoio às entidades que se posicionaram contra a celebração do dia 31 de março, data de início da ditadura militar no Brasil. “Não podemos celebrar um período marcado pela dor e pelo sofrimento; de ausência de democracia. Isso é um retrocesso e, tenho certeza, que também representa um constrangimento para os que compõem as Forças Armadas do nosso país”, afirmou Maria.


Falsos atrito


Segundo a assessoria, “mas parece que esse alinhamento do governador Belivaldo com a sua vice encontra insatisfação. Juntos eles podem vencer os desafios do governo, produzindo muitos resultados para a população. Como consequência, chegarão fortes em 2022. Será essa a razão de desejarem produzir falsos atritos entre os dois?”

Muçulmanas de Sergipe



As mulheres muçulmanas usam trajes que por certo motivarão a perda de peso, por causa do forte calor no município de Itabaianinha e adjacências.


De olho na Deso


Não passa um santo dia sem que programas de rádio e de TV não recebam reclamações sobre a DESO. As queixas são de todos os tipos (desnivelamento do asfalto das ruas, vazamento, etc.) e vêm da capital e do interior. Na descrição dos empregos de seus dirigentes e porta-vozes deve haver algum requisito de algo como ter "um banco de dados" só para desculpas, justificativas, etc. O que acontece com essa empresa? Falta de planejamento? Falta de manutenção?

 

Sobraram 41 mil

 

Muita gente de Nossa Senhora do Socorro vai continuar a sonhar com uma casa própria, pendurada ou não aluguel. Mais de 42 mil pessoas se inscreveram para o sorteio das casas e ap0enas 1 mil ganharam um teto onde morar e chamar de seu. O déficit habitacional em Socorro e em Sergipe continuará alto.

 

Delegacia de flagrantes

 

Está em funcionamento a Delegacia de Flagrantes, uma delegacia aberta 24 horas. A ideia é boa, se ela tiver muitos funcionários para fazer rapidamente os registros e liberar os policiais para novas tarefas. Do contrário, aumentará o tempo de espera. Torcemos para que dê certo.

 

São Cristóvão

 

Vereador de São Cristóvão denunciou em emissora de rádio casos de nepotismo atribuídos ao prefeito atual da primeira capital de Sergipe, Marcos Santana.

 

Sem computador

 

É mesmo uma forma de violência contra pessoas pobres que não possuem computador em casa exigir que elas façam a matrícula on line de seus filhos em escolas públicas. Dizem que as filas acabaram, mas essas pessoas precisam recorrer a lan houses ou a vizinhos. A tecnologia ajuda muita gente, mas também se torna obstáculo para outras pessoas. A SEED deve ficar atenta a esses casos.

 

Lama de Brumadinho

 

Falou-se, há uma semana, que a lama tóxica de Brumadinho já teria alcançado o Rio São Francisco. A direção da CHESF precisa deixar a população dos estados banhados pelo Velho Chico informada em relação a uma contaminação maior (ou não) do rio da integração regional.

 

Ainda Brumadinho

Comentários, em tom de brincadeira, dão conta de que, pela velocidade em que era conduzida para as águas do rio São Francisco, na semana passada, a lama tóxica de Brumadinho já teria percorrido todo o “Velho Chico”. Portanto “quem bebeu, bebeu e quem não bebeu, não bebe mais”.

 



Coluna Eugênio Nascimento
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
23/03
19:50

Coluna Primeira Mão


Cadê a homenagem?

O prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, até onde sabemos, ainda não designou uma "Rua Marielle Franco". Em várias cidades brasileiras e do exterior, ruas, avenidas e praças ganharam o nome da brasileira brutalmente assassinada por causa de sua luta pelos direitos humanos.


Brasília em pé de guerra



Brasília virou uma "praça de guerras palacianas". As instituições estatais, todas, parecem ter entrado num processo de autofagia. Ninguém se entende. É nessas horas que as figuras de estadistas são necessárias. Bolsonaro, o atual presidente, é mais um fator de divisão entre as instituições.


Prisão de Temer


Pelo que se ouve nos meios políticos de Sergipe, a prisão do ex-presidente Michel Temer (MDB) só desagradou mesmo ao ex-governador Albano Franco (PSDB), de quem ele é muito amigo. Os emedebistas tão nem aí.


Arrumando a casa



O prefeito Edvaldo Nogueira fez algumas mudanças no seu secretariado que indicam que ele será mesmo candidato à reeleição. Chamou para fazer parte de sua equipe o publicitário Cauê. Retirou o professor Bittencourt da Câmara de Vereadores de Aracaju e o colocou na Secretaria de Assistência Social, possibilitando a posse do filho do deputado federal João Daniel na mesma câmara e portanto "fechando" com, pelo menos, parte do PT. Do lado da oposição, também são muitas as movimentações voltadas para 2020.


Péssima notícia


Corre a boca miúda a informação de que a Avianca cancelará o voo Aracaju (SE)-Salvador (BA) e Salvador-Aracaju, ou seja, não teremos mais voos diretos entre nossa capital e a capital baiana.
No site e nas agências, as passagens não estão mais sendo vendidas a partir do dia 01/04. Mais uma péssima notícia para o setor e para o Turismo que já sofre com a redução da malha aérea o que dificulta a chegada de turistas ao nosso estado. Esse voo era muito importante não só pela ligação entre as duas capitais mas, também, como uma importante rota de conexão.


Nosso aeroporto


O Aeroporto de Aracaju foi privatizado. Não pertence mais à INFRAERO. Um grupo espanhol, ENA, o arrematou, prometendo investimentos etc. Não é uma certeza que os serviços serão melhorados, pois as agências regulatórias não trabalham do lado dos consumidores, que questionam muito as atividades aeroportuárias em todo o país.


Desconhecida


Foi muito esquisita a ação do Ministério do Turismo, em homenagem aos 164 de nossa capital, colocar uma foto da Bahia e depois outra foto de São Cristóvão. Até acertar na terceira vez. Nós queremos crer que tudo não passou de incompetência de funcionário encarregado da tarefa. Para o Ministério do Turismo, Aracaju deve ser uma ilustre desconhecida.


Safra boa


As chuvas que atingiram o interior de Sergipe nos últimos oito ou nove dias tem, motivado o trabalhador rural a preparar o solo para o plantio do milho, amendoim e do feijão. A turma do campo aposta que teremos boa safra.


Tuberculose


Sergipe registrou este ano, até o último dia 20, exatos 131 casos de tuberculose. Nos 12 meses de 2018 o número de atingidos pela doença chegou 834. Para o ano em curso, aposta-se em uma tendência de queda. É esperar para ver.


Inundações



Toda área no fundo do BATISTÃO, em Aracaju (SE), foi aterrada e o resultado está aí a natureza cobrando seu espaço de volta. Toda vez que temos marés altas e/ou uma chuva no capricho o bairro 13 de Julho e adjacências inundam.



Gasolina no fogo


O senador Alessandro Vieira tem recebido destaque da mídia nacional por conta de sua proposta de CPI sobre os tribunais superior. Se conseguir esse intento, estará jogando gasolina para apagar a cidade em chamas que é Brasília. O gaúcho tornado sergipano também chamou a atenção por ter contratado como seus assessores o seu próprio suplente de senador e alguns políticos derrotados nas eleições passada. Foi ele quem disse que faria concursos para sua assessoria, dizendo ser essa a nova política.


Dengue cresce


É assustador tomar conhecimento que a dengue está fora de controle em Sergipe. Segundo esse Jornal da Cidade noticiou na semana que passou, a dengue cresceu 170% em Sergipe. Esse problemão está a esperar uma resposta à altura das autoridades sanitárias estaduais e municipais.


Navegação jurídica


O professor Afonso Nascimento lançará logo em breve o seu mais novo livro, “Navegação Jurídica”. Trata-se de uma série de artigos e entrevistas publicadas no Jornal da Cidade e internamente, na Universidade Federal de Sergipe.



Coluna Eugênio Nascimento
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
17/03
09:36

Coluna Primeira Mão

Ulices Andrade

O presidente do Tribunal de Contas de Sergipe, conselheiro Ulices Andrade, descartou a possibilidade de disputar o Governo de Sergipe em 2022. Ele disse à coluna que “não tenho intenção nenhuma nesta direção”. Ele acrescentou: “no momento estou na torcida para que o governador Belivaldo faça uma grande administração”.


Cargos federais

Somente na próxima terça-feira, 19, o segmento da bancada federal próximo do Governo Bolsonaro definirá as suas indicações para os cargos públicos da União no Estado de Sergipe. A senadora Maria do Carmo (DEM) disse que o seu filho, empresário João Neto, não indicou Walmor Barbosa para a Codevasf. O deputado Fábio Mitidieri afirmou que o nome de Walmor conta com a simpatia da bancada.

Bate boca

Os enfrentamentos entre petistas e comunistas, do PC do B, empçafrtgicular com o prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, nunca passam de bate boca. Na verdade, essas críticas que uns fazem aos outros nunca terminam em racha político. Até parfece que PT e PC do B nasceram para caminhar juntos. Só os abestados levam esses atritos a sério.

Assistência Social

Na próxima segunda-feira, às 11h, o professor e vereador Bitencourt assume a Secretara Municipal de Assistência Social. A solenidade de posse acontecerá no Centro Administrativo da PMA.

Camilo vereador

O suplente de vereador Camilo Feitoza Daniel (PT) será empossado como vereador na Câmara de Aracaju na próxima terça-feira, 19. Substitui Bitencourt (PC
do B


Direita sergipana


De Flávio Oliveira Rodrigues, um dos coordenadores do Movimento Direita Sergipana: “O movimento não está indicando pessoas, mas estamos de olho nas indicações que estão sendo feitas e fiscalizando para evitar que oportunistas e pessoas não alinhadas as ideias defendidas por Bolsonaro durante a campanha possam ocupar cargos e atrapalhar o projeto do novo Brasil que começa a acontecer. Desde sempre também defendemos o enxugamento da máquina pública com a redução do número desses cargos, os quais a nível nacional Bolsonaro cortou mais de 20 mil deles esta semana”.


Rearrumação em Itabaiana


A notícia política mais importante da semana que passou foi a libertação do prefeito de Itabaiana, Valmir de Francisquinho, e a autorização para que ele reassuma o governo daquela cidade. Inevitavelmente, um novo rearranjo das forças políticas locais já está ocorrendo. Os ânimos estão um tanto agitados por lá.


Sergipe-Alagoas


Comenta-se em Alagoas que tudo está sendo encaminhado, inclusive o projeto, para a construção da ponte Neópolis (SE) - Penedo (AL), sobre o rio São Francisco. A ponte terá 1.072 metros de comprimento e 21,10 metros de largura. Quando era governador de Sergipe, Marcelo Déda brigava para que a ponte ligasse Brejo Grande (SE) a Piaçabuçu (AL), mas, pelo visto, essa ideia já morreu.


Sinais da crise


Centenas de apartamentos estão à venda ou à disposição para aluguel em Aracaju. Mas não aparecem compradores. Os mais caros e com maior dificuldade para venda estão nos bairros 13 de Julho, Jardins, Atalaia, São José, Garcia, Grageru, Coroa do Meio


Nordeste é destaque


O governador Belivaldo Chagas acompanhou o leilão do aeroporto de Aracaju esta semana e saiu satisfeito em ver a confiança de investidores internacionais no potencial econômico do Nordeste. O bloco de aeroportos que Sergipe estava incluso foi um dos mais disputados e foi arrematado pela empresa espanhola Aena por R$1,9 bilhão. “Sergipe está de parabéns. A empresa Aena tem conhecimento na área turística e quem vai sair ganhando é Sergipe”, disse Chagas. Vale lembrar que a última reforma realizada no aeroporto de Aracaju ocorreu no Governo Albano Franco.


PPPs


O anúncio de formalização de Parcerias Público-Privadas (PPP's) para administração da Central de Abastecimento de Itabaiana (Ceasa) e do Centro de Convenções de Sergipe, feito pelo governador Belivaldo Chagas, animou até nomes da oposição, como Milton Andrade. O jovem comentou a decisão e a considerou acertada. “Vai melhorar o turismo, o fornecimento, diminuir gasto público e melhorar a receita do Estado. É disso que estamos precisando”, disse em vídeo publicado nas redes sociais.


Vale a sensatez


Pais e mães de estudantes de escolas públicas não escondem sua preocupação quanto à segurança de seus filhos, depois da matança em Suzano. Da mesma forma que os atiradores de lá imitaram o que não raramente acontece em escolas americanas, alunos sergipanos podem querer imitar seus colegas de São Paulo. Por incrível que pareça, a situação nas escolas privadas pode ser ainda mais preocupante porque são verdadeiras fortalezas, tornando difícil a fuga de estudantes. Dificultar o porte e a posse de armas ainda é o caminho da sensatez.


Bons serviços


Taxistas e motoristas do Uber e do 99 prestam serviços bons na praça de Aracaju. A vantagem do transporte por aplicativos é que os motoristas, homens e mulheres, são mais educados, o valor da corrida é muito mais barato e os carros parecem receber mais atenção dos taxistas. A receita é simples.


Parceria saudável


Todos os sergipanos estão torcendo para que funcione a parceria entre o governo do Estado e o Hospital de Amor, oriundo de Barretos, em São Paulo. Aparentemente serviços prestados pelo Hospital de Cirurgia e do HUSE estão ultrapassados. Vamos esperar os resultados.


Desgaste político


O senador Alessandro Vieira conseguiu dar uma pisada na bola ao anunciar aos quatro ventos que seus assessores passariam por processo seletivo etc. e tal. Que nada disso! Colocou o seu suplente de senador como assessor, bem como pessoas de suas ligações políticas e partidárias de outros estados. Onde já se viu isso?


Fim de festa


Por seis votos a cinco, o STF transferiu crimes de caixa dois para o Tribunal Superior Eleitoral. Acabou com a festa da "República de Curitiba" que parecia mesmo ter mais poderes que a suprema corte brasileira. Os objetivos da Operação Lava Jato já tinham sido alcançados em muitos sentidos. O Brasil precisa voltar à normalidade de antes dessa operação, que fez o país desandar até hoje.


Contra fraudes


O combate às fraudes no INSS tem provocado muitos transtornos a aposentados e a pensionistas. O objetivo é bom, mas tem sido feito de uma forma errática. Tem gente que precisa ir mais de uma vez à repartição para provar que não está morta.


Ar condicionado


Em algum momento, todas as escolas públicas estaduais e municipais sergipanas terão de ter aparelhos de ar condicionado. Temos ouvido relatos de professoras sobre o quão desagradável é dar aulas nessa época de verão. Aí, segundo um gaiato, os alunos não quererão faltar às aulas, principalmente aqueles do Sertão.


Assédio


O assédio moral no local de trabalho agora é crime. É preciso que alguém explique aos "chefes" do setor público e do setor privado o que isso significa, pois essa é uma prática muito corrente em repartições e escritórios. Nos dois setores, mais na esfera privada, "chefes" que esculhambam funcionários acham que isso é a coisa mais normal do mundo.



Coluna Eugênio Nascimento
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
Primeira « Anterior « 1 2 3 4 5 6 7 8 » Próxima » Última

Enquete


Categorias

Arquivos