21/08
15:56

Está disponível o gabarito do primeiro dia de prova do Simula Enem

O segundo dia de aplicação do simulado presencial acontecerá no dia 1º de setembro, em todos os municípios sergipanos.

Os estudantes que participaram do primeiro de dia de prova do Simula Enem 2019 do Curso Pré-Universitário, promovido pelo Governo de Sergipe, por meio da Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc), no domingo (18), já podem consultar o gabarito das provas. Para conferir, basta acessar o site www.seduc.se.gov.br/simulaenem. O segundo dia de aplicação do simulado presencial acontecerá no dia 1º de setembro, em todos os municípios sergipanos. A avaliação acontece nos moldes do Enem, mesmos horários, conteúdos e quantidade de questões. O público-alvo são os estudantes do Preuni e os do 3º ano da Rede Estadual ou alunos de qualquer etapa da Educação de Jovens e Adultos - EJAEM - da rede pública estadual.

De acordo com a diretora do Departamento de Apoio ao Sistema Educacional (Dase/Seduc), professora Eliane Passos, o simulado presencial é o momento de autoavaliação dos estudantes. "E, nesse sentido, os coordenadores dos Polos, em posse do cartão de respostas, estão orientados a trabalhar, no cotidiano das aulas, o desempenho de cada aluno para identificar as dificuldades e ajudá-los a superar os desafios", disse a gestora.

Além de simular e preparar o aluno para uma prova extensa e cansativa, como é o Enem, o resultado do Simula Enem será disponibilizado por município, por escola e por diretoria de Educação. O resultado do simulado informará as médias de cada área de conhecimento para que o estudante faça intervenções pedagógicas necessárias e se prepare melhor para as provas.

Fonte: ASN
Foto: Divulgação


Variedades
Com.: 0
Por Redação
21/08
15:12

Secretaria de Estado da Saúde divulga novo Informe Epidemiológico da Dengue

O levantamento também evidencia que entre a semana epidemiológica 30 e 31 mais 405 casos foram registrados

A diretora de Vigilância em Saúde da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Mércia Feitosa, concedeu coletiva de imprensa na manhã desta quarta-feira, 21, no auditório do Centro Administrativo da Saúde, quando apresentou o novo Informe Epidemiológico da Dengue no Estado de Sergipe, com os dados da Semana Epidemiológica 31, datado até três de agosto. Os números apontam que, até o momento, são 6.881 casos notificados de Dengue e 2.742 confirmados. Já na Semana Epidemiológica 30, foram 6.414 casos notificados e 2.316 confirmados.

Elaborado quinzenalmente, o Informe Epidemiológico mostra que dos 75 municípios sergipanos, 72 têm notificações da doença e que destes, cinco não têm ainda nenhum caso confirmado. Em Amparo do São Francisco, Japoatã e Santa Rosa de Lima não há ocorrências de notificações, como destacou a diretora de Vigilância em Saúde. O levantamento também evidencia que entre a semana epidemiológica 30 e 31 mais 405 casos foram registrados. “Em sete dias tivemos esse registro, o que nos mostra que ainda está ocorrendo a notificação da Dengue”, avaliou Mércia. O informe também aponta os 12 municípios com maior número de casos de notificados e confirmados. São eles Aracaju (1.743 notificações), Nossa Senhora do Socorro (726), Simão Dias (578), Estância (277), São Cristóvão (247), Itabaiana (211), Barra dos Coqueiros (176), Lagarto (173), Monte Alegre (169), Itabaianinha (165), Nossa Senhora da Glória (165) e Pedra Mole (124).

Diferentemente do que acontece no Nordeste, a concentração dos casos de dengue em Sergipe é em crianças e adolescentes, com maior incidência em menores de 14 anos. Na região, a doença prevalece no adulto jovem, como enfatizou Mércia Feitosa. Ela salientou o trabalho eficaz que vem sendo realizado pelo Laboratório Central de Sergipe (Lacen) na investigação dos casos, especialmente em relação aos 11 óbitos.

Fonte: ASN
Foto: Ascom/SES


Variedades
Com.: 0
Por Redação
20/08
19:25

Polícia investiga se sequestrador de ônibus no Rio de Janeiro teve ajuda

Trinta e sete pessoas ficaram reféns por 3 horas na Ponte Rio-Niterói

A Polícia Civil está investigando se Willian Augusto da Silva, de 20 anos, sequestrador de um ônibus na Ponte Rio-Niterói, teve ajuda de alguém no planejamento ou execução do crime na manhã de hoje (20). Silva permaneu por três horas e meia com 37 reféns parados na altura do vão central, na pista sentido Rio. Os passageiros foram ouvidos durante essa tarde na Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo (DHNSG).

O diretor da Divisão de Homicídios, delegado Antônio Ricardo, confirmou que todas as hipóteses, incluindo a possível participação de outras pessoas, estão sendo analisadas. “A investigação começou agora. É prematuro darmos uma posição neste sentido, mas não descartamos essa hipótese”, respondeu o delegado aos jornalistas, à saída da DHNSG. Antônio Ricardo disse que Willian não tinha antecedentes criminais.

Segundo o delegado, as pessoas ainda estavam bastante abaladas emocionalmente após ficarem por todo o período dentro do ônibus. “As vítimas estavam muito nervosas, mas conseguimos acalmá-las e orientá-las. Elas tiveram toda a assistência possível, inclusive psicológica. Sem dúvida foi um episódio muito traumático, mas fizemos de tudo para isso se minimizasse para essas vítimas”, contou o delegado. Apesar dos depoimentos terem sido prestados na DHNSG, as investigações posteriores passarão a ser feitas pela Delegacia de Homicídios da cidade do Rio de Janeiro.

Fonte: Agência Brasil
Foto: Reuters/PILAR OLIVARES


Variedades
Com.: 0
Por Redação
20/08
18:55

Estado de Sergipe é obrigado a promover acessibilidade na sede da PGE

Estagiário de direito com mobilidade reduzida que motivou o ingresso da ação sofreu um acidente ao descer de uma rampa improvisada na PGE

Um acidente envolvendo um estagiário cadeirante e a resistência do Estado de Sergipe a não ajustar as dependências da sede da Procuradoria Geral do Estado (PGE) de acordo com as normas de acessibilidade e segurança de pessoas com deficiências físicas motivaram a condenação do Estado ao pagamento de multa de R$ 500 mil. A sentença obriga o Estado a realizar as adaptações necessárias para garantir acessibilidade no prédio da PGE, localizado na Rua Itabaiana, 14, Centro de Aracaju. A condenação é resultado de ação civil pública ajuizada pelo Ministério Público do Trabalho em Sergipe (MPT-SE). O estagiário de direito com mobilidade reduzida que motivou o ingresso da ação sofreu um acidente ao descer de uma rampa improvisada na PGE. De acordo com o que apurado no processo de investigação esse acidente teria causado diversas consequências à saúde do estagiário. No inquérito consta que ele ficou internado em hospital para tratar as sequelas do acidente.

Durante audiências realizadas no MPT-SE para apurar os fatos, os representantes da PGE alegaram que por se tratar de prédio tombado apenas o andar térreo passou por adaptações de acessibilidade e em razão disso, teriam limitações para realizar ajustes de acessibilidade conforme prevê a legislação.

Uma inspeção realizada pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA) apontou que as instalações da sede da Procuradoria Geral do Estado de Sergipe não atendem em sua totalidade às Normas pertinentes, quanto aos requisitos de acessibilidade. Essas Normas estabelecem critérios e parâmetros técnicos a serem observados quando do projeto, construção, instalação e adaptação de edificações, mobiliário, espaços e equipamentos urbanos às condições de acessibilidade. O relatório do CREA apontou que há apenas um acesso para Pessoas Com Deficiência, o qual permanece fechado; nenhum acesso permite comunicação com todas as dependências e serviços livres de barreiras e obstáculos; não há sinalização indicativa, informativa e direcional das entradas acessíveis; há ausência de piso tátil de alerta e direcional na circulação interna; as instalações sanitárias não possuem as dimensões mínimas para utilização por PCD, dentre outras irregularidades.

Fonte: MPT-SE
 


Variedades
Com.: 0
Por Redação
20/08
18:42

MPF e MPE-SE firmam acordo com prefeituras para regularização de abatedouros frigoríficos em Sergipe

Municípios deverão cumprir regras sanitárias, ambientais e firmar parcerias público-privadas para transferir a gestão dos empreendimentos

Os Ministérios Públicos Federal e Estadual firmaram compromisso junto com os prefeitos dos municípios de Itabaiana, Estância, Lagarto e Tobias Barreto para regularizar os abatedouros frigoríficos nos municípios. A assinatura do acordo ocorreu no último dia 12/08, na sede do MPE-SE. No documento, os municípios concordaram que “a atividade de abatedouros frigoríficos, considerando a natureza e investimentos necessários, deve ser realizada pela iniciativa privada”. De acordo com a procuradora da República Lívia Tinôco, o objetivo é garantir que os recursos públicos municipais não voltem a ser aplicados em uma atividade que é, por natureza, privada, e que a população passe a ter acesso a uma carne de melhor qualidade. 

O acordo prevê ainda que os serviços e as obras de reforma nos abatedouros frigoríficos deverão ser executados observando-se as exigências sanitárias previstas em lei. Além disso, para reabrir os abatedouros, a administração municipal deverá realizar processo licitatório para concessão da infraestrutura de abate. A empresa interessada deverá obter o registro no serviço de inspeção estadual para funcionamento do abatedouro. 

Participaram da reunião, além da procuradora Lívia Tinôco e dos prefeitos dos municípios citados, o procurador-geral de Justiça Eduardo Barreto d’Avila Fontes, a coordenadora-geral do MPSE e procuradora de Justiça Ana Christina Souza Brandi, a promotora de Justiça e assessora da Coordenadoria-Geral do MPSE Cláudia do Amaral Calmon, o promotor de Justiça e diretor do Centro de Apoio Operacional do Meio Ambiente do MPSE Iuri Marcel Menezes Borges e o promotor de Justiça e diretor do Centro de Apoio Operacional dos Direitos Humanos Francisco Ferreira de Lima Júnior.

Fonte: MPF-SE/Com informações do MPE-SE
Foto: Ascom/MPF


Variedades
Com.: 0
Por Redação
20/08
15:30

Defesa Civil Estadual e DER alinham ação de recuperação da cabeceira da ponte de Riachuelo

Recurso de restabelecimento de cerca de 260 mil foi aprovado pela Secretaria Nacional de Defesa Civil

O Departamento Estadual de Proteção e Defesa Civil da secretaria de Estado da Inclusão Social (Depec/Seit) conseguiu a aprovação de mais um recurso para auxiliar no processo de retomada da normalidade de Riachuelo, após as chuvas intensas que levaram a uma inundação sem precedentes no município, com a elevação dos níveis do Rio Sergipe. A partir da submissão de novo Plano Detalhado de Resposta – PDR pelo Depec, a Secretaria Nacional de Defesa Civil (Sedec) aprovou a destinação de R$ 258.625,17 para a recuperação da cabeceira da ponte, a título de recurso de restabelecimento.

Como se trata de rodovia estadual, o recurso federal será repassado para o Depec/Seit - diferente do que ocorreu com o valor liberado para ações de assistência, que foi creditado diretamente para o município. Para viabilizar a recuperação da cabeceira da ponte, a equipe da Defesa Civil Estadual se reuniu, na manhã desta segunda-feira, com o presidente do Departamento Estadual de Infraestrutura Rodoviária – DER/SE, Ancelmo Souza, para alinhar os termos de uma cooperação técnica que será firmada entre os dois órgãos, segundo a qual o DER será responsável pela operacionalização da licitação e fiscalização da obra, e a Defesa Civil pelo pagamento.

Durante a reunião, ficou decidido que, caso seja necessária a complementação do valor, o Governo de Sergipe investirá a diferença, através do DER. “O valor aprovado pelo governo federal [cerca de R$ 260 mil] será utilizado pela Defesa Civil Estadual. Caso necessite de complementação, será investido pelo Governo do Estado, através do DER - que na operacionalização da obra, atuará como fiscalizador, acompanhando toda a execução. Nossa perspectiva é iniciar as obras em cerca de 20 dias”, disse o presidente do DER, Ancelmo Souza.

Fonte: ASN
Foto: Fernando Augusto


Variedades
Com.: 0
Por Redação
20/08
15:08

Teatro Tobias Barreto será reinaugurado na próxima sexta-feira

Com capacidade para mil e trezentos lugares, esta foi a primeira vez que o Teatro passou por uma grande reforma

Na próxima sexta-feira, 23 de agosto, o Teatro Tobias Barreto será reinaugurado. A cerimônia com a presença do governador do estado, Belivaldo Chagas e da presidente da Fundação de Cultura e Arte Aperipê de Sergipe, Conceição Vieira, está marcada para as 16h, com apresentações de grupos de cultura popular, da Orquestra Sinfônica de Sergipe e da participação de Patrícia Polayne e Coro da Universidade Federal de Sergipe. A retomada das atividades também será marcada pela abertura do V Festival Sergipano de Artes Cênicas.

Com capacidade para mil e trezentos lugares, esta foi a primeira vez que o Teatro passou por uma grande reforma. Dentre as modificações, houve investimento em segurança, com a ampliação e gradeamento do estacionamento, equipamentos de segurança contra incêndio, melhorias na central de refrigeração, novas mesas de som e de iluminação, substituição das poltronas e dos carpetes, novos camarins, fraldários, sala de ensaio para orquestra, novos acessos, além da parte cênica, telhado e pintura.

Totalmente repaginado, a agenda de espetáculos no novo TTB já está a todo o vapor. Até o final do ano o local deve receber artistas como: Ney Mato Grosso, Maria Betânia, Ana Carolina, Seu Jorge, Tiago Iorc, Fafá de Belém. Caetano Veloso, Whindersson Nunes, Mônica Martelli com o espetáculo ‘Minha Vida em Marte’, entre outros.

Fonte: ASN
Foto: Marco Vieira


Variedades
Com.: 0
Por Redação
20/08
15:03

Polícia Federal deflagra a segunda fase da Operação NARKE

Etapa investigativa foi viabilizada a partir da análise do material apreendido durante a primeira fase da operação policial, ocorrida em julho

A Polícia Federal deflagrou na manhã de hoje (20.08), nesta cidade, a 2ª fase da OPERAÇÃO NARKE com o objetivo de obter elementos de prova e desarticular organização criminosa responsável pela prática de crimes de contrabando, corrupção e falsificação de medicamentos e tráfico de drogas. Esta etapa investigativa foi viabilizada a partir da análise do material apreendido durante a primeira fase da operação policial, ocorrida em 18/07/2019.

As equipes policiais realizaram buscas em 02 (dois) endereços nesta capital resultando na prisão em flagrante de um indivíduo, bem como na apreensão de anabolizantes de origem estrangeira, embalagens vazias e rótulos do fármaco sujeito a controle especial de nome “oxandrolona”, de um veículo e de um artefato explosivo. No momento da abordagem, o suspeito tentou destruir seu aparelho celular na tentativa de ocultar provas.

Além de comprovar a comercialização dos produtos proibidos, de origem estrangeira e sem registro na ANVISA, as investigações indicaram que o conduzido falsificava medicamentos, ou seja, vendia a substância “melatonina” como se fosse “oxandrolona”. O trabalho investigativo teve início em outubro de 2018 e confirmou que um dos investigados atuava na distribuição de anabolizantes no estado de Sergipe, enquanto outro elemento era o responsável pela distribuição de drogas sintéticas em festas de música eletrônica. Estima-se que o grupo tenha movimentado valores superiores a R$ 200.000,00 somente no ano de 2018. Os policiais federais cumpriram mandados de busca e apreensão expedidos pela 3ª Vara Federal da Subseção Judiciária de Aracaju/SE.
Fonte e foto:Comunicação Social da Polícia Federal em Sergipe


Variedades
Com.: 0
Por Redação
Primeira « Anterior « 1 2 3 4 5 6 7 8 » Próxima » Última

Enquete


Categorias

Arquivos