16/11
17:14

Governo e Sintese dialogam sobre contratação temporária de servidores da Educação

O objetivo é aumentar o quantitativo de profissionais atuantes da Educação em Sergipe, reduzindo a falta de professores em sala de aula

O secretário de Estado da Casa Civil, José Carlos Felizola, recebeu, na manhã desta sexta-feira (16), uma comissão de representantes do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica do Estado de Sergipe (Sintese) para discutir propostas de modificações ao texto do projeto de lei que altera dispositivos na Lei de Contratação Temporária de Servidores (Lei Estadual nº 6.691, de setembro de 2009).

A Lei Estadual Nº 6.691, de 23 de setembro de 2009 dispõe sobre a contratação de servidores por tempo determinado para atender às necessidades do serviço público em caso de excepcional interesse da Administração Pública Direta e Indireta. Na última segunda-feira (12), o governo do Estado enviou à Assembleia Legislativa (Alese) o projeto de lei em questão. O objetivo é aumentar o quantitativo de profissionais atuantes da Educação em Sergipe, reduzindo a falta de professores em sala de aula.
 
As principais solicitações do Sintese são referentes à regulamentação da contratação pela nova legislação a ser aprovada, ao estabelecimento de normativa sobre o cálculo de pagamento dos profissionais contratados e acompanhamento de uma comissão junto à Secretaria de estado da Educação (Seed) no processo de preenchimento das vagas abertas, além da necessidade de portaria relativa ao tempo de permanência dos profissionais contratados.
 
Para Felizola, é importante que o Estado mantenha esse diálogo com o Sindicato na busca das melhores alternativas para Educação do estado. Outra questão levantada pelos representantes do Sindicato diz respeito ao orçamento da Educação para o próximo ano. Foram apresentada algumas dúvidas com relação ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

Para mais detalhes, clique aqui

Fonte: Agência Sergipe de Notícias
Foto: Reprodução/ASN


Variedades
Com.: 0
Por Redação
16/11
17:04

Região Metropolitana de Aracaju registra queda de 68% nos índices de assaltos a ônibus

Informações foram divulgadas pelo Setransp, que apontou a maior diminuição dos registros na comparação entre os anos de 2016 e 2018. Na comparação entre 2017 e 2018, a queda foi de 50,44%

Dados divulgados pelo Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Município de Aracaju (Setransp) apontam queda de 68,11% na quantidade assaltos a ônibus na Região Metropolitana da capital sergipana nos meses de janeiro a outubro deste ano.

Até o mês de outubro, foram registradas 448 ocorrências, contra 1.405 no ano de 2016. Comparado com o ano de 2017, a diminuição foi de 50,44%, quando foram registrados 904 casos.

O resultado positivo é fruto de um trabalho constante realizado pela Polícia Militar do Estado de Sergipe (PMSE), em parceria com a Guarda Municipal de Aracaju e o Setransp.
 
Para contribuir ainda mais com a melhoria dos serviços de Segurança Pública prestados à população, o Governo do Estado tem realizado diversos investimentos que atingem de forma positiva a Região Metropolitana de Aracaju. Um deles é a realização do concurso da PMSE, que vai inserir em todo o estado, 330 novos policiais militares.

Além disso, o governador Belivaldo Chagas firmou parceria com o Governo de São Paulo, para a implantação do Sistema Detecta em Sergipe. O Detecta é um sistema de prevenção e investigação criminal que promove a integração de bancos de dados e câmeras de diferentes instituições, que monitoram áreas específicas, veículos e suspeitos, auxiliando as polícias, de modo integrado, no combate ao crime.

Fonte: Agência Sergipe de Notícias
Foto: SSP-SE


Variedades
Com.: 0
Por Redação
16/11
16:49

PM e PRF realizam grande apreensão de drogas durante ação conjunta em Cristinápolis

Dois homens que traziam drogas de São Paulo para o Nordeste foram presos

Em operação conjunta, entre a tarde da quarta-feira, 14, e madrugada da quinta-feira, 15, no Posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF), no município de Cristinápolis, a Polícia Militar de Sergipe, por meio da Companhia Independente de Policiamento com Cães (CIPCães), e o Núcleo de Operações Especiais da PRF (NOE/ PRF) prenderam dois homens por tráfico de drogas. Durante revistas realizadas em dois ônibus, as polícias apreenderam 226 papelotes com cocaína e 50 gramas de maconha, além de mais 91 tabletes de maconha.

Na tarde da quarta, um ônibus que fazia a linha São Paulo-Caruaru foi parado e revistado pelas guarnições. Numa das lixeiras do veículo, os cachorros da CIPCães localizaram 226 papelotes de cocaína e 50 gramas de maconha. O homem que estava com o entorpecente foi denunciado por uma testemunha que o viu jogar a droga no lixo e acabou sendo preso.

A segunda apreensão aconteceu na madrugada da quinta, num ônibus que seguia de São Paulo para Arapiraca, no Estado de Alagoas. Durante a ação, os cães da PMSE farejaram três malas insistentemente e, após a abertura dessas, ficou constatado que traziam 91 tabletes com maconha, totalizando 67,8 kg do entorpecente.

O proprietário da droga, um rapaz de 22 anos, foi localizado pelo número de identificação da mala e informou que foi contratado pela quantia de R$ 3 mil para levar o entorpecente do Estado de São Paulo à cidade sergipana de Propriá. O infrator informou aos policias que já foi preso por tráfico de drogas pela PRF, no Rio de Janeiro. As ocorrências seguiram para a Delegacia Plantonista de Estância.

Fonte: SSP-SE
Foto: Reprodução/SSP-SE


Variedades
Com.: 0
Por Redação
14/11
18:40

MRV é condenada por recrutar trabalhadores ilegalmente

A relação entre terceirização, aliciamento e falta de segurança do trabalho foi constatada na investigação

Após ação civil pública proposta pelo Ministério Público do Trabalho em Sergipe (MPT-SE), as empresas MRV Engenharia e Participações S/A e MRV Construções Ltda. estão proibidas de recrutar trabalhadores para prestação de serviços em locais diversos da origem deles sem a obtenção da Certidão Liberatória emitida pelo Ministério do Trabalho. A sentença foi proferida pela 5ª Vara do Trabalho de Aracaju.

Também foi determinado que as empresas forneçam equipamentos de proteção individual a todos os empregados, próprios ou terceirizados, bem como que fiscalizem o uso, orientem e treinem os trabalhadores sobre a utilização adequada de tais equipamentos. Houve também condenação das empresas ao pagamento de indenização por dano moral coletivo no valor de R$ 326.500,00, tomando por base o lucro líquido da MRV Engenharia no ano de 2017 (0,05% incidente sobre o lucro líquido). Em caso de descumprimento, grupo pagará multa diária de R$ 10 mil por empregado recrutado

A ação foi proposta pelo MPT-SE após investigação de denúncias sobre contratação irregular de trabalhadores, aliciados em outros estados para trabalhar em Sergipe, sem observância da Instrução Normativa 90/2011 do Ministério do Trabalho, além do não fornecimento de equipamentos de proteção individual a trabalhadores terceirizados.

Segundo o procurador do Trabalho, Raymundo Ribeiro, nas investigações que originaram a ação civil pública, a relação entre terceirização, aliciamento e falta de segurança do trabalho restou demonstrada. A terceirização, além de ter precarizado as relações de trabalho, foi o mecanismo encontrado pela MRV para recrutar ilegalmente os trabalhadores.

Fonte: MPT-SE



Variedades
Com.: 0
Por Redação
14/11
18:07

Sergipe tem a 2ª maior taxa de desocupação do país

Os dados fazem parte da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD-C) e foram divulgados hoje pelo IBGE

A taxa de desocupação em Sergipe foi de 17,5% no terceiro trimestre de 2018, apenas o Amapá (18,3%) teve desempenho pior entre as 27 unidades da federação. As menores taxas foram observadas em
Santa Catarina (6,2%), Mato Grosso (6,7%) e Mato Grosso do Sul (7,2%). Os dados fazem parte da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD-C) e foram divulgados hoje pelo IBGE.

Os números apontam um cenário de estabilidade na taxa de desocupação entre o segundo e o terceiro trimestres de 2018. Numericamente, houve uma mudança de 0,7 ponto percentual (de 16,8% no segundo trimestre para 17,5% no terceiro trimestre), mas, estatisticamente, a variação não é significativa. Na comparação com o mesmo trimestre do ano anterior, porém, o desemprego cresceu. 

A diferença entre a taxa do terceiro trimestre de 2017 (13,6%) e a taxa atual (17,5%) é de 3,9 pontos percentuais. Em números absolutos, isso se traduz em 44 mil desempregados a mais em um período de um ano. Sergipe hoje conta com 182 mil pessoas desocupadas. Há um ano eram 139 mil pessoas nessa condição. O contingente de pessoas sem emprego subiu 31,5% em doze meses.
 
Fonte: IBGE


Variedades
Com.: 0
Por Redação
14/11
17:11

Fábrica de embalagens em Estância retomará atividades e gerará 200 empregos diretos

Segundo empresário, Sergipe vai se tornar mais atraente para os empresários que querem investir em segmento semelhante

No curto espaço de uma semana, o governador Belivaldo Chagas recebeu a notícia de novos investimentos industriais em Sergipe, por parte de dois fortes grupos empresariais brasileiros. Os grupos estimam gerar 420 novos empregos diretos quando entrarem em operação. O diretor presidente do grupo paulista Vidroporto Embalagens, Edson Luís Rossi, confirmou ao governador Belivaldo Chagas, na tarde desta terça-feira, 13, que em janeiro de 2019 colocará em operação a Indústria de Vidros Nordeste (IVN). O encontro do governador com o empresário foi na Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia (Sedetec).

Instalada em Estância, distante 70 km de Aracaju, a Indústria de Vidros Nordeste, após a sua inauguração, praticamente não entrou em funcionamento. Com a retomada do empreendimento por um novo grupo empresarial que adquiriu suas instalações e maquinários, a indústria vai gerar 200 empregos diretos já a partir de janeiro. A mão de obra será toda sergipana. A produção estimada da fábrica é de 55 mil toneladas de embalagens de vidro por ano. 

Na semana passada, foi a vez do Grupo Duratex, fabricante das duchas e torneiras elétricas Hydra, anunciar a ampliação da sua produção em Sergipe. Serão disponibilizadas mais 220 novas vagas de emprego. A indústria já emprega em Sergipe mil trabalhadores. O grupo encerrou uma base que tinha na cidade de Tubarão, em Santa Catarina, e está transferindo toda essa capacidade para Sergipe.  
 
O diretor presidente da Vidroporto Embalagens, Edson Rossi reconhece que em termos de custo, Sergipe vai se tornar mais atraente para os empresários que querem investir em segmento semelhante. Segundo ele, o Brasil tem nove plantas industriais dessa natureza e Estância é a décima planta.

Fonte: Secom
Foto: Divulgação/Secom


Variedades
Com.: 0
Por Redação
14/11
16:58

Em outubro, custo médio da construção civil sergipana cresceu 0,5%

Análise foi feita em comparação ao último mês de setembro 

Análise realizada pelo Boletim Sergipe Econômico, parceria do Núcleo de Informações Econômicas (NIE) da Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (FIES) e do Departamento de Economia da UFS, com base nos dados do Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil (Sinapi), calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em convênio com a Caixa Econômica Federal, revelou que o custo da construção, medido por metro quadrado (m²), em Sergipe, no mês de outubro do ano corrente, apresentou variação positiva de 0,5%, quando comparado com o mês imediatamente anterior, setembro último.

Em termos absolutos, o valor do custo médio por metro quadrado, no mês analisado, ficou em R$ 965,81. Na comparação com o mês de outubro do ano passado, o custo registrado assinalou elevação de 4,3%.

Nos dez primeiros meses do ano (janeiro a outubro), o custo médio acumulou alta de 3,3%, em relação ao mesmo intervalo de 2017.

Analisando os custos da construção separadamente, verificou-se que do valor total, a fatia de 55%, ou R$ 527,66, correspondeu ao custo com material, enquanto que os 45% restantes, ou R$ 438,15, referiu-se ao valor da mão de obra empregada.

Em termos relativos, o custo com material, no mês analisado, aumentou 1% na comparação com o mês imediatamente anterior (setembro/2018). Por sua vez, quando comparado com o mesmo mês do ano passado, a alta foi maior, de 5,9%.

Quanto ao custo com a mão de obra, verificou-se diminuição de 0,1% em relação ao último mês de setembro. Quando comparado com outubro do ano passado, observou-se elevação de 2,6%.

Fonte: NIE/FIES
Fonte do Gráfico: Sinapi/IBGE
Elaboração do Gráfico: NIE/FIES


Variedades
Com.: 0
Por Redação
14/11
16:37

Polícia Militar ministra palestra sobre Lei Seca no 28° Batalhão de Caçadores

Durante a apresentação, foram apresentadas estatísticas atualizadas sobre o tema 

A
Polícia Militar de Sergipe, por meio do comando da Companhia de Polícia de Trânsito (CPTran), ministrou, na manhã da última segunda-feira, 12, uma palestra sobre a legislação de trânsito pertinente a Lei Seca para os militares do Exército Brasileiro. O evento foi realizado no 28° Batalhão de Caçadores, localizado no Bairro 18 do Forte, Zona Norte da capital.

Na oportunidade, o comandante da CPTran, capitão Silveira, além de palestrar sobre legislação de trânsito, explanou sobre todas as condutas das operações da CPTran na capital e demonstrou estatísticas atualizadas sobre o tema. Ao final, os militares que participaram do evento tiveram a oportunidade de esclarecer suas dúvidas referentes ao trânsito.

Após o encerramento da palestra, o capitão Silveira foi agraciado pelo comandante do 28º BC, o tenente-coronel José Fernandes Carneiro dos Santos Filho, com o certificado de agradecimento pela apresentação.

Fonte: Agência Sergipe de Notícias
Foto: Reprodução/ASN


Variedades
Com.: 0
Por Redação
Primeira « Anterior « 1 2 3 4 5 6 7 8 9 » Próxima » Última

Enquete


Categorias

Arquivos