18/04
13:35

INSS envia carta para quem pode aposentar em maio

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) enviou 1.731 cartas aos segurados urbanos que completam as condições para se aposentar por idade em maio. A correspondência avisa ao cidadão que ele pode requerer o benefício a partir da data de seu aniversário. Recebem o documento os homens que, a partir do dia 1º de maio, completam 65 anos e as mulheres que completam 60.



Variedades
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
17/04
21:46

VALE A PENA VER A FOTO - O amor é para sempre

Foto do mural do vice-presidente do Banco Mundial,Otaviano Canuto, no Facebook


 
 


Variedades
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
17/04
20:23

Estúdio Ana Soares traz nova tendência fotográfica para Aracaju

Espaço, que será inaugurado no dia 19 de abril, inovará com “ensaios fotográficos sensuais de mulheres comuns e produção de cinema na cobertura de eventos”

 

A inovação e a ousadia são as marcas registradas da repórter fotográfica e empresária baiana, Ana Soares. No dia 19 deste mês, ela inaugura o seu estúdio e, mais uma vez, surpreende trazendo para Aracaju, uma tendência internacional: o book de ensaio sensual e a produção de vídeos documentários de noivos, formando e aniversariantes.

Sempre na vanguarda no que diz respeito à captação de imagens, em agosto de 2010, Ana Soares realizou em Aracaju a sua primeira e já polêmica exposição fotográfica intitulada: “Operação em foco” que retratava a rotina das operações policiais com o difícil objetivo de redirecionar o olhar da sociedade para o verdadeiro papel da Polícia.

Além de chamar a atenção de mais de 8 mil pessoas que visitaram a exposição, o olhar ousado e revelador de Ana Soares impressionou o fotógrafo de moda, o italiano Danilo Russo. Depois de conhecer o seu trabalho durante um workshop no Instituto Internacional de Fotografia em São Paulo decidiu vir a Aracaju prestigiar a inauguração do estúdio.

“Você como nunca se viu”, é o lema do estúdio, cujo trabalho estará voltado para mulheres de todas as idades. Uma das principais propostas da fotógrafa é o de transformar mulheres comuns em modelos sensuais. Com cortes e enquadramentos exclusivos, Ana Soares pretende valorizar o que há de mais bonito na mulher que tem coragem de fazer algo diferente e está pronta para ousar e seduzir o namorado ou marido.

Mas as atividades não param por aí. Ana Soares também se propõe a realizar ensaios fotográficos de recém-nascidos, crianças, adolescentes, gestantes e famílias.  Para isso, o seu estúdio conta com equipe de repórteres fotográficos e cinematográficos, diretores e editores de vídeo. Na cobertura de eventos como casamentos, formaturas, batizados e aniversários, a equipe também pretende inovar. A idéia é realizar vídeos documentários sobre a vida dos personagens com depoimentos de familiares e amigos, transformando uma simples filmagem em uma grande produção que emocione a todos os espectadores.

Podem ser citados como diferenciais do estúdio Ana Soares ser primeiro estúdio fotográfico especializado em ensaios sensuais no nosso Estado. Aliado a isso, o estúdio contará com a melhor e maior estrutura física do mercado e equipamentos modernos e de ponta.

Para tranqüilidade das mães e conforto da mulheres em geral, o estúdio contará ainda com espaço infantil com fraldário, camarim com banheira de hidromassagem, estacionamento, equipe especializada em produção de modelos (maquiadores e stylists ) e figurinos e cenários que adéquam-se ao estilo de cada cliente. Para passar o tempo de espera, também será disponibilizado no espaço, computadores com acesso à internet. Tudo isso foi pensado, visando atender com excelência a todos os clientes.

O Estúdio Ana Soares está instalado num prédio, ao lado do Farol da Coroa do Meio. Todo pintado de preto, o edifício chama atenção de quem passa e é de fácil localização. Na Rua Tenente Capitão Edivaldo L. Santos, nº 301, Coroa do Meio. Telefone: (79) 3042-3922 / (79) 8837-3848. Mais informações acessar o site: www.estudioanasoares.com   (Da assessoria)



Variedades
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
17/04
20:04

COISA BOA - Criança não é de rua é campanha no Brasil

Campanha "Criança Não É de Rua" protesta em 21 capitais  - A Ação se solidariza com o sofrimento das crianças e adolescentes em "situação moradia nas ruas" e reivindica uma política nacional pública, específica, para elas e suas famílias.

 

No próximo dia 20 de abril, quarta-feira, vinte e uma cidades brasileiras vão às ruas reivindicar a garantia dos direitos de crianças e adolescentes que vivem em situação de moradia nas ruas.

 

As mobilizações serão realizadas por milhares de crianças, muitas delas ex-moradoras de rua assistidas por entidades parceiras da Campanha Nacional "Criança Não É de Rua" (www.criancanaoederua.org.br). A Ação, no período da "Semana Santa", visa sensibilizar a sociedade civil e o poder público quanto à implantação de políticas públicas específicas que garantam com prioridade absoluta os direitos desses filhos da Pátria.

 

A Campanha Nacional Criança Não é de Rua é um movimento permanente. Desde 2005, realiza seminários e debates sobre o fenômeno em todo o território nacional. Hoje congrega mais de 600 entidades governamentais e não-governamentais.

 Um diagnóstico quanti-qualitativo periódico, a Educação Social de Rua, o Direito à Convivência Familiar e Comunitária e o Acolhimento Institucional excepcional e provisório, são caminhos seguros apontados pela Campanha para enfrentar a problemática em questão.

Neste ano o gesto de solidariedade para com essas crianças será realizado em Aracajú, Belém, Boa Vista, Carangola (MG), Cuiabá, Curitiba, Florianópolis, Fortaleza, Goiânia, João Pessoa, Londrina (PR), Macapá, Manaus, Natal, Nova Iguaçu (RJ), Palmas, Ponta Grossa (PR), Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, São Luís, Teresina. (Da assessoria do movimento)

PS -Em Maceió e Salvador, a Ação ocorre terça-feira, 19 de abril.

 



Variedades
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
15/04
13:48

TJSE é parceiro da campanha 'Acenda os faróis: Dê uma Luz para a Vida'

A pedido da superintendência em Sergipe da Polícia Rodoviária Federal, o Tribunal de Justiça está contribuindo para a divulgação da campanha 'Acenda os faróis: Dê uma Luz para a Vida', que será lançada em todo Brasil na próxima segunda-feira, dia 18.

A campanha tem o objetivo de conscientizar os motoristas sobre a importância da condução segura, respeitando os limites de velocidade, a sinalização e a utilização dos dispositivos de retenção (cinto de segurança e cadeirinha) para adultos e crianças.

Estima-se que no mundo morrem 1,3 milhão de pessoas anualmente em acidentes de trânsito e entre 20 a 50 milhões ficam feridas. Os acidentes de trânsito figuram como primeira causa de morte na faixa etária de 15 a 29 anos, segunda causa de morte na faixa etária de 5 a 14 anos e terceira causa de morte na faixa etária de 30 a 44 anos.

Já no Brasil, 40 mil pessoas morrem anualmente vítimas de acidentes de trânsito segundo dados do Ministério da Saúde. Desse total, 1/5 ocorrem em rodovias federais, ou seja, mais de 8 mil mortes anuais. Em Sergipe, a PRF atendeu a 1,4 mil acidentes, com 894 feridos e 117 mortes em 2010. Os dados estatísticos da PRF revelam que mais de 90% das causas dessas mortes envolvem o comportamento do motorista, como falta de atenção, velocidade incompatível, ultrapassagem indevida, ingestão de álcool e desobediência à sinalização.

Durante a blitz educativa, a recomendação dos Policiais Rodoviários Federais aos condutores abordados é que para fazer parte da Campanha e mostrar o compromisso com um trânsito seguro basta prosseguir toda a viagem, mesmo que durante o dia, com os faróis ligados e seguir as instruções:

- Respeito aos limites de velocidade;
- Não dirigir sob efeito de álcool ou substância de efeito análogo;
- Não ultrapassar em local proibido;
- Utilizar o cinto de segurança (todos os ocupantes, inclusive no banco traseiro), bem como o assento adequado para crianças;
- Conduzir motocicleta com segurança e utilizar os equipamentos de proteção adequados;
- Maior atenção ao trânsito de pedestres, especialmente nos aglomerados urbanos.  (Da assessoria)



Variedades
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
15/04
10:03

'Unidos pela Vida' arrecadará assinaturas em Itabaiana e Boquim

A tenda estará instalada na feira dos municípios, a partir das 8h de amanhã

A caravana "Unidos pela Vida" continua arrecadando assinaturas em prol do Hospital do Câncer em Sergipe. Nesse sábado as cidades de Itabaiana e Boquim recebem o mutirão na feira dos municípios, a partir das 8h da manhã. Inicialmente, para o investimento inicial, serão necessários R$20 milhões. Essa emenda já foi viabilizada pelo senador Eduardo Amorim (PSC/SE) em 2008, durante o mandato como deputado federal.

Um dos objetivos do projeto é melhorar a qualidade no tratamento do paciente com câncer, diminuindo a demanda de pacientes que vão ao HUSE, disponibilizando mais leitos para acomodar pacientes com outras patologias. As assinaturas do povo sergipano serão levadas ao Ministério da Saúde em maio deste ano, com a finalidade de sensibilizar o Governo Federal para que realize a vontade da população, que é ter um local adequado para o tratamento da doença.

Vale lembrar que as assinaturas só são válidas se o morador da cidade apresentar o número do Registro Geral (RG) ou a Certidão de Pessoa Física (CPF). (Da assessoria)



Variedades
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
14/04
14:46

ATENÇÃO POLÍCIA CIVIL - Pleno confirma reenquadramento de Agentes Auxiliares da Polícia Civil

O Pleno do Tribunal de Justiça de Sergipe - TJSE, na manhã desta quarta-feira, 13.04, finalizou o julgamento do Incidente de Constitucionalidade 09/2010, que discutia a constitucionalidade do art. 72 da Lei Estadual nº 4.133/99, que serviu de base para o reenquadramento de cerca de 372 servidores públicos não integrantes da Polícia Civil, que se encontravam exercendo atividades ou funções policiais civis, no âmbito da Polícia Civil ou da Secretaria de Estado da Segurança Pública, na carreira de Agente Auxiliar de Polícia Judiciária.

O julgamento teve início em dezembro de 2010, quando o Relator, Des. Ricardo Múcio Abreu Lima, votou pela inconstitucionalidade do referido artigo, porém, modulando os seus efeitos para o futuro. Naquela oportunidade, o Des. Cezário Siqueira Neto pediu vistas do processo e, na sessão desta quarta-feira, acompanhou integralmente o voto do Relator e por unanimidade de votos ficou mantido o reenquadramento dos servidores.

Em seu voto, o Des. Ricardo Múcio Abreu Lima destacou que já no julgamento da apelação que originou o incidente, a Desª Marilza Maynard havia chamado a sua atenção. Disse ela: "Entendo que deve ser declarada a inconstitucionalidade do dispositivo legal combatido, porém, em homenagem ao princípio da segurança jurídica, pugno que se confira efeitos ex nunc à decisão plenária, aplicando-se, por analogia, o art. 27 da Lei nº 9.868/99, de modo que não sejam anulados os atos de reenquadramento dos servidores pois, apesar da irregularidade daqueles atos, que se basearam em legislação inconstitucional, tal situação já se encontra consolidada por força do tempo", explicou o magistrado.

Ainda de acordo com o relator, diante da situação fática dos autos, não lhe restava outro caminho senão o de declarar a inconstitucionalidade do art. 72 da Lei Estadual nº 4.133/99, com alteração trazida pela Lei 4.721/02, sem, contudo, a pronúncia de sua nulidade. "Limitar a declaração de inconstitucionalidade é dar relevo ao princípio da boa-fé, diante da situação de fato consolidada entre a Administração Pública e seus servidores, tendo por foco o interesse destes últimos, reconhecendo os grandes transtornos, não só jurídicos, que a plena nulidade poderia causar, eis que tal norma gerou expectativas de direito, por se constituir os atos de vontade de particulares e da administração, baseados na boa-fé e no respeito à segurança jurídica".

Ao finalizar o voto, o Des. Ricardo Múcio Abreu Lima explicou que não estava sozinho em seu entendimento, pois o Ministério Público, através do parecer do Procurador Rodomarques Nascimento, entendia da mesma forma. "Os servidores que, há mais de dez anos, se encontram prestando serviço à Polícia Civil do Estado de Sergipe, na condição estabelecida pela lei editada pelo próprio poder público, criaram expectativas, traçaram suas vidas, e mais que isso, consolidaram seus ideais arrefecidos na ideia da certeza da garantia da situação criada pelo próprio Estado", finalizou o relator. (Da assessoria)



Variedades
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
14/04
14:34

MPF/SE processa ex-prefeito e ex-secretário de finanças de Divina Pastora

O Ministério Público Federal em Sergipe (MPF/SE) moveu ações civil e criminal contra o o ex-prefeito de Divina Pastora, José Carlos de Souza (PMDB), conhecido como Nagô, e o ex-secretário municipal de finanças, Antônio Carlos Santos.

Os administradores são acusados de cometer uma série de irregularidades com recursos federais repassados pelo Ministério da Saúde, detectadas tanto pelo Departamento Nacional de Auditoria do Sistema Único de Saúde (DENASUS), quanto pelo Tribunal de Contas da União (TCU).

Dentre as irregularidades, está a não comprovação do destino da soma de R$ 83.450, recebida no exercício de 2007. Diante disto, o DENASUS recomendou que o valor atualizado de R$ 137.577,30 fosse devolvido aos cofres públicos, conclusão a que também chegou o TCU. O ex-prefeito e o ex-secretário, ao se defenderem, limitaram-se a pedir o parcelamento do débito apurado.

Além de não comprovarem a utilização dos recursos, houve transferência ilegal de recursos da conta de convênio específico para a área da Saúde, movimentados para outras contas da Prefeitura. O procurador da República, Sílvio Amorim Júnior destaca que a conduta dos ex-administradores não só prejudica a União, mas também a população do município, que deixou de ser contemplada com políticas públicas da Saúde.

Em relação à ação civil, o MPF pede que os acusados sejam obrigados a ressarcir o dano causado aos cofres públicos, pagar multa, perder a função pública, ter os direitos políticos suspensos e ficarem proibidos de contratar com o Poder Público por até cinco anos. Já quanto à ação criminal ambos estão sujeitos à pena de detenção de até três anos. (Da assessoria)


Variedades
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
Primeira « Anterior « 421 422 423 424 425 426 427 428 429 430 431 » Próxima » Última

Enquete


Categorias

Arquivos