17/01
17:00

Redução recorde de assaltos a ônibus é registrada na Grande Aracaju em 2018

Em relação a 2017, houve uma queda de 48,74% nos casos. Comparando com 2016, a redução é ainda maior: 68,80%

O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Aracaju (Setransp) divulgou nesta quinta-feira, 17, dados sobre o número de assaltos aos ônibus que fazem o transporte coletivo na capital e Região Metropolitana em todos os meses deste ano, em comparação com 2016 e 2017. E o resultado é bastante positivo, os números apontam grandes reduções.

Segundo as informações repassadas pela entidade, houve uma queda de 68,70% no número de ações criminosas nos ônibus que percorrem as quatro cidades quando comparado à quantidade de casos registrados de janeiro a dezembro de 2016 e os contabilizados no mesmo período do ano passado. De acordo com os dados do Setransp, em 2016 foram 1.628 roubos a ônibus, decrescendo para 991 no ano seguinte e reduzindo para 508 em 2018. Os números representam uma redução de 48,74% entre a quantidade de investidas criminosas registradas em 2017 e as contabilizadas em 2018. A queda na incidência de assaltos ao transporte coletivo da capital é ainda maior se comparado aos casos que ocorreram em 2016 e os apontados pela entidade no ano passado. O índice de redução foi de 68,80%.

Fonte e foto: SSP-SE


Variedades
Com.: 0
Por Redação
17/01
16:57

Custo da construção em Sergipe cresceu 0,4% no mês de dezembro

Em termos absolutos, o valor do custo médio por metro quadrado, no mês analisado, ficou em R$ 969,37

Análise realizada pelo Boletim Sergipe Econômico, parceria do Núcleo de Informações Econômicas (NIE) da Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (FIES) e do Departamento de Economia da UFS, com base nos dados do Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil (Sinapi), calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em convênio com a Caixa Econômica Federal, revelou que o custo da construção, medido por metro quadrado (m²), em Sergipe, no mês de dezembro de 2018, cresceu 0,4%, quando comparado com o mês imediatamente anterior (nov/2018).

Em termos absolutos, o valor do custo médio por metro quadrado, no mês analisado, ficou em R$ 969,37. Na comparação com o mês de novembro de 2017, o custo registrado assinalou avanço de 3,7%.


Nos doze meses de 2018 (janeiro a dezembro), o custo médio acumulou elevação de 3,7%, em relação ao mesmo intervalo de 2017.


Composição do custo da construção de dezembro/2018


Analisando os custos da construção separadamente, verificou-se que do valor total, a fatia de 55%, ou R$ 531,22, correspondeu ao custo com material, enquanto que os 45% restantes, ou R$ 438,15, referiu-se ao valor da mão de obra empregada.


Em termos relativos, o custo com material, no mês considerado, obteve acréscimo de 0,7% na comparação com o mês imediatamente anterior (novembro/2018). Por sua vez, quando comparado com o mesmo mês do ano de 2017, a alta foi maior, de 4,7%.


Quanto ao custo com a mão de obra, verificou-se decréscimo de 0,1% em relação ao mês de novembro de 2018. Quando comparado com dezembro de 2017, observou-se elevação de 2,6%.

Fonte e elaboração do gráfico: NIE/FIES
Fonte do gráfico: Sinapi/IBGE



Variedades
Com.: 0
Por Redação
17/01
16:43

Veículo com sinais de adulteração é retido pela PRF na BR 101

A ocorrência foi encaminhada à delegacia de Polícia Civil

Uma equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF) reteve um semirreboque com indícios de adulteração estacionado no Km 77 da BR 101, povoado de Pedra Branca, em Laranjeiras/SE.

Na fiscalização, os agentes federais encontraram divergências quanto à marca, ano de fabricação e elementos identificadores suprimidos, como numeração do chassi, plaqueta e número de produção. Um homem, de 39 anos, foi identificado como proprietário do veículo e disse aos policiais que comprou o semirreboque por R$ 7 mil. A ocorrência foi encaminhada à delegacia de Polícia Civil. 

Fonte e foto: Ascom/PRF-SE


Variedades
Com.: 0
Por Redação
17/01
16:30

Vandalismo na Orla da Atalaia: despesas custam mais de R$ 200 mil ao mês

No último dia 07, foi montada uma estrutura para atividades de uma academia de ginástica, na qual se instalou três contêineres sobre o gramado, precisamente em frente à pista de patinação na Passarela do Caranguejo, causando danos à estrutura do local

 
O patrimônio público tem sido alvo de ataques sistemáticos de vandalismo e furto, na Avenida Santos Dumont, na Orla da Atalaia. Mensalmente, a soma dos gastos do Governo do Estado para manutenção e recuperação já ultrapassa os R$ 200 mil. A Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade (Sedurbs) pediu o apoio da população na denúncia de ocorrências e conscientização sobre a preservação dos bens públicos.

No último dia 07, por conta de um evento a ser realizado nas proximidades da Passarela do Caranguejo, três contêineres foram instalados em cima do gramado, sendo que o caminhão que os transportava subiu na calçada. A estrutura para atividades de uma academia de ginástica foi montada sem autorização da administração Estadual, causando graves danos. “Para instalar os contêineres, um caminhão subiu no passeio e quebrou parte do meio-fio, danificou a calçada e comprometeu não apenas o gramado onde eles estão por cima, bem como alguns galhos dos coqueiros plantados no local”, explica o secretário estadual do desenvolvimento urbano e sustentabilidade, Valmor Barbosa.

Duas semanas antes, mais uma ação contra o patrimônio. Um caminhão foi executar a manutenção de um serviço de esgotamento de água nas proximidades do oceanário do Projeto Tamar e danificou alguns trechos da calçada que entorna a região dos lagos, causando rachaduras e buracos, comprometendo assim a segurança de pedestres, ciclistas e patinadores que por ela circulam diariamente.

Fonte: Secom
Foto: Ascom/Sedurbs


Variedades
Com.: 0
Por Redação
16/01
19:03

Estudo técnico com municípios que se destacaram no Ideb é realizado pelo TCE

O próximo passo da Coordenadoria de Auditoria Operacional do TCE será catalogar todas as respostas obtidas na reunião, combinar um estudo de indicadores, se reunir com a Secretaria de Estado da Educação e o relatório final deste estudo será entregue à Presidência e posteriormente submetido ao Pleno do TCE

Motivada por deliberação do Pleno do Tribunal de Contas do Estado (TCE), a partir de um estudo técnico do Ministério Público de Contas sobre a eficiência na Educação em Sergipe, a Diretoria de Controle Externo de Obras e Serviços (Dceos), através da Coordenadoria de Auditoria Operacional, realizou na manhã desta terça-feira, 15, mais um estudo técnico com os municípios que se destacaram no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). Participaram da reunião na Escola de Contas representantes de Tobias Barreto, Poço Verde, Graccho Cardoso, Japaratuba e Canhoba. Antes, houve reunião ainda com Itabaianinha e Amparo de São Francisco.

A participação da comunidade na escola, valorização do professor, tanto na capacitação como remuneração, estruturação física adequada, merenda escolar de qualidade e o bom controle da gestão entre diretores, secretários e prefeito foram alguns dos fatores positivos detectados durante a reunião que são práticas comuns entre os municípios com os melhores desempenhos no Ideb.

Para a diretora de Ensino Pedagógico de Japaratuba, Lilia Cristiane, é importante a aproximação do Tribunal de Contas com os municípios para se preocupar com a estrutura pedagógica. Já na avaliação do coordenador escolar de Graccho Cardoso, Milton Terto, a iniciativa do Tribunal de trocar conhecimento, ideias e encontrar caminhos para melhorar a relação da educação é válida e bem-vinda.

Fonte e foto: DICOM/TCE


Variedades
Com.: 0
Por Redação
16/01
18:53

Realização de festas e blocos de carnaval em vias públicas necessita de autorização prévia da SMTT

Toda e qualquer festa realizada nas vias públicas da cidade depende da autorização prévia do órgão

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) fez um alerta para organizadores de blocos e eventos carnavalescos ou pré-carnavalescos: toda e qualquer festa realizada nas vias públicas da cidade depende da autorização prévia do órgão.

O responsável pelo evento deve protocolar ofício na SMTT com as seguintes informações: nome do evento, data de realização, horários de início e término, local, vias afetadas, estimativa de público, além de nome completo e número de telefone do organizador. É obrigatório anexar também as xerox do RG, CPF e comprovante de residência. Além desses dados, o produtor responsável também deve providenciar um abaixo-assinado junto aos moradores do trecho onde o evento ocorrerá. No caso de blocos que circulam por diversas vias, basta a coleta de assinaturas no local de concentração. O documento protocolado será avaliado pela equipe da SMTT, que dará um retorno ao organizador. 

O ofício deve ser protocolado com antecedência mínima de 30 dias antes do evento na sede da SMTT. Os produtores que realizarem os eventos sem autorização prévia estão sujeitos a multa de até R$ 488,10, como prevê o artigo 95 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), e poderão ser responsabilizados e denunciados à polícia, pois além do pedido à SMTT, recomenda-se aos organizadores realizar o mesmo procedimento junto à Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb), à Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Sema), à Guarda Municipal de Aracaju (GMA) e Polícia Militar de Sergipe (PM/SE).

Fonte: AAN
Foto: Ascom/SMTT


Variedades
Com.: 0
Por Redação
16/01
18:22

Homem é flagrado pela GMA e SMTT furtando cabos de semáforo na Beira Mar

O equipamento danificado já foi restaurado e voltou a operar

Uma ação conjunta entre a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) e Guarda Municipal de Aracaju (GMA) levou à prisão de um homem que tentou furtar cabos de energia de um semáforo da cidade. A ação aconteceu na noite de terça-feira, 15, no cruzamento da avenida Beira Mar com Tancredo Neves. 

O diretor-geral da Guarda, o subinspetor Fernando Mendonça, conta que a prisão foi possível graças a uma ação integrada com a SMTT. "Durante uma ronda, nossa equipe desconfiou da atitude suspeita do homem que estava ao lado da caixa de energia do semáforo e com uma faca. Acionamos a SMTT e, juntos com os agentes de trânsito, inibimos a ação criminosa e encaminhamos o suspeito à delegacia para que as medidas cabíveis fossem tomadas", detalha.

O equipamento danificado já foi restaurado e voltou a operar. Os semáforos de Aracaju são alvos constantes de ladrões que cortam os cabos para retirar o cobre dos fios e vendê-los. Segundo o coordenador de Sinalização da SMTT, Diego Carvalho, a depredação do patrimônio público causa prejuízo a toda a população.

Fonte: AAN
Foto: Ascom/SMTT


Variedades
Com.: 0
Por Redação
16/01
18:18

Vistoria das estruturas montadas para o Fest Verão Sergipe 2019 é realizada pela Defesa Social

Acompanhamento periódico tem sido realizado pela Defesa Civil de Aracaju desde o início da montagem

Nos dias 18 e 19 de janeiro, Aracaju sediará o Fest Verão Sergipe 2019. O evento mobiliza um grande público, que estará concentrado na arena montada para o evento, no bairro Coroa do Meio. A estrutura de grande magnitude vem sendo inspecionada pela Prefeitura de Aracaju, a partir da documentação e projetos entregues, com antecedência, à Secretaria Municipal da Defesa Social e da Cidadania (Semdec). Para averiguar o correto cumprimento das definições contidas no projeto e inspecionar as condições do material utilizado para a montagem das estruturas, a Defesa Civil de Aracaju vem realizando acompanhamento periódico, desde o início da montagem.

Segundo o secretário municipal da Defesa Social e da Cidadania, Luís Fernando Almeida, a equipe vem cumprindo todas as determinações do prefeito Edvaldo Nogueira, para garantir a segurança do público. Já de acordo com o coordenador da Defesa Civil, major Sílvio Prado, as ações ocorrem a partir da análise dos documentos exigidos para realização do evento. "As análises começam com a entrega da documentação, do projeto arquitetônico, juntamente com as Anotações de Responsabilidade Técnica (ART's) de montagem e desmontagem das estruturas, além da ART da parte elétrica. Tudo isso foi conferido, para que, com toda essa documentação em mãos, a gente pudesse fazer a vistoria no local", destacou.

Na manhã desta quarta-feira, 16, foi realizada a quarta visita ao espaço do evento, desta vez, em parceria com o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA/SE), que observou aspectos relacionadas às Anotações de Responsabilidade Técnica (ART) dos componentes do evento e acompanhamento dos profissionais de engenharia responsáveis por eles. Já a Defesa Civil, deu continuidade ao calendário de inspeções que só será encerrado no dia evento, quando a estrutura estará completamente montada. A última vistoria ocorrerá na sexta-feira, 18, para análise do cumprimento de todas as determinações que contribuem para a segurança do público e demais participantes do evento. No entanto, o coordenador adianta que, até o momento, o processo vem ocorrendo em conformidade com os projetos.

Fonte: AAN
Foto: Ascom/Semdec


Variedades
Com.: 0
Por Redação
Primeira « Anterior « 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 » Próxima » Última

Enquete


Categorias

Arquivos