02/12
15:46

Prisão de casal suspeito de matar e esquartejar homem em São Cristóvão é detalhada pela Polícia Civil

Corpo foi encontrado esquartejado dentro de um saco na BR 101

Na manhã desta segunda-feira, 02, o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil apresentou detalhes da investigação que resultou nas prisões de Jadilson Conceição Silva, 32 anos, e de Úrsula Tenório Cavalcante de Melo, 27 anos. Os dois são suspeitos de matar e esquartejar Luciano Jesus dos Santos, 36 anos. O corpo da vítima foi encontrado esquartejado em vários sacos, nas margens da  BR-101, no povoado Aningas, município de São Cristóvão. 

"O casal tem antecedentes criminais, ele por porte de arma de fogo e receptação. Úrsula tem passagem por lesão corporal, tendo inclusive com uma arma branca agredido o próprio pai. Além disso, ela desacatou um policial rodoviário federal com uma faca. Segundo os suspeitos, a motivação do crime teria sido que a vítima Luciano era amigo de um desafeto de Jadilson. Jadilson então alegou ter matado Luciano sozinho, mas informou que contou com a ajuda da suspeita Úrsula para ocultar o cadáver. O local do crime foi a casa onde os dois acusados moravam juntos", explicou o delegado Mário Leony, responsável pelas investigações. 

Durante a ação policial, a suspeita Úrsula foi encontrada em casa, inclusive ela mentiu quando questionada sobre o paradeiro do companheiro. "Ela informou que o companheiro estaria trabalhando no roçado de uma chácara e que não sabia onde ficava o local. Mas ele estava o tempo todo escondido em uma construção inacabada nos fundos desse terreno onde eles moram", completou o delegado. Outro ponto destacado durante a coletiva foi que o casal é envolvido com tráfico de drogas, embora os policiais não tenham encontrado entorpecentes no local. Como resultado, foram apreendidos na residência uma balança de precisão e um cachimbo geralmente utilizado para consumo de crack. 

Fonte e foto: SSP-SE


Variedades
Com.: 0
Por Redação
02/12
15:40

Detran-SE divulga mudança na rotina de serviços para o fim de ano

Não haverá recesso na autarquia e as unidades permanecerão abertas para entrega de documentos e devolução de processos

Alguns serviços de habilitação e veículos do Departamento Estadual de Trânsito (Detran/SE) serão alterados nas unidades da capital e do interior do Estado a partir do dia 9 de dezembro. Não haverá recesso na autarquia e as unidades permanecerão abertas para entrega de documentos e devolução de processos, mas o usuário deve ficar atento ao calendário para saber se o tipo de serviço que realizará sofrerá alguma mudança. O objetivo desse calendário é principalmente adequar a prestação de informações a outros estados em processos de transferência de jurisdição no encerramento do exercício 2019. Emissão de licenciamento anual, agendamentos e consultas continuarão disponíveis aos usuários também nos meios eletrônicos (site www.detran.se.gov.br, aplicativo Detran-SE Digital e caixas eletrônicos do Banese).

Para os processos de Transferência de Jurisdição de Veículos, o usuário deverá realizá-lo somente nas unidades da capital no intervalo de 9 a 19 de dezembro. Até o dia 27 de dezembro, processos com pendências no Detran/SE serão devolvidos aos seus respectivos proprietários, procuradores ou despachantes. Já a partir de 24 de dezembro, somente serão recebidos nas unidades de atendimento da capital e do interior (Ciretrans) processos que possam ser finalizados no momento de atendimento sem deixar pendências. Exemplos desses serviços são emissão do licenciamento anual, segunda via de CRLV, cópia do CRLV e comunicação de venda. De 28 de dezembro a 30 de dezembro, nenhuma unidade poderá receber novos requerimentos. 

Entre os dias 24 e 30 de dezembro de 2019 só serão realizadas vistorias na unidade sede do Detran e nas empresas de vistoria eletrônica credenciadas da capital e interior. Os veículos novos adquiridos no período de 23/12/2019 a 01/01/2020 poderão ser registrados para o exercício 2019 no período compreendido entre os dias 2 e 31 de janeiro de 2020, sem cobrança de juros e multas. Também não será cobrada multa por atraso de transferência de propriedade sobre os documentos vencidos no período compreendido entre 23/12/2019 e 31/01/2020, nem a taxa do serviço de Comunicação de Venda de veículo fora do prazo de trinta dias quando o prazo final for nesse intervalo, desde que os procedimentos sejam efetivados até o dia 31/01/2020.

Habilitação

De 24 de dezembro de 2019 a 3 de janeiro de 2020, não serão realizados exames teóricos ou práticos para a obtenção da PPD, de mudança ou adição de categoria, bem como de renovação de CNH. Para evitar prejuízos aos candidatos, quem estiver com processo de habilitação vencendo durante o período de 24/12/2019 a 05/01/2020 terá o prazo prorrogado por 30 dias para finalização das etapas necessárias para a CNH.

Fonte: Ascom/Detran
Foto: Divulgação


Variedades
Com.: 0
Por Redação
02/12
14:52

Mil coletes balísticos novos foram adquiridos pelo Governo de Sergipe para Polícia Militar

Todos os coletes que estiverem com o prazo de vencimento ultrapassado serão recolhidos e trocados por novos

O Governo do Estado de Sergipe acaba de adquirir mil novos coletes balísticos para a Polícia Militar com o objetivo de oferecer melhores condições de trabalho para os profissionais da Corporação e reforçar as ações de segurança desenvolvidas em todo o estado. As aquisições dos novos coletes balísticos fazem parte de uma aplicação na ordem de um milhão de reais, fruto das atuais politicas governamentais, que visam à melhoria dos equipamentos logísticos da tropa.

O processo para aquisição do equipamento, considerado indispensável na rotina do policial militar, foi conduzido pelo chefe da 4ª Seção do Estado Maior, coronel Carlos Rolemberg. De acordo com o oficial, uma das principais exigências para a aquisição dos coletes foi a aprovação dos mesmos nos testes que seguem as normas internacionais de qualidade. Para isso, uma comissão composta por policiais militares do Setor de Armamento e Munição (Sam) da PMSE participou de uma série de exames balísticos, realizada na cidade de São Paulo, onde foi comprovada a excelente qualidade dos coletes.

Ainda segundo o coronel Rolemberg, todos os coletes que estiverem com o prazo de vencimento ultrapassado serão recolhidos e trocados por novos. “Estamos trabalhando intensamente para implementar as diretrizes do comando geral da Polícia Militar, que tem o objetivo de manter cada um dos nossos policiais com a cautela permanente do colete balístico”, explicou. A compra contemplou apenas coletes pequenos e médios, tendo em vista que a PM possui tamanhos grandes em quantidades suficientes.

Fonte: PM/SE
Foto: Reprodução/SSP-SE


Variedades
Com.: 0
Por Redação
29/11
17:33

Empregados da Torre são beneficiados por Ação do Ministério Público do Trabalho de Sergipe contra demissão em massa

Entre junho e julho de 2017, a empresa demitiu mais de cem empregados sem tentar qualquer forma de negociação coletiva e sem contato prévio com o sindicato profissional para reduzir os impactos socioeconômicos da demissão em massa

A empresa Torre Empreendimentos Rural e Construção está proibida de dispensar coletivamente trabalhadores sem prévia negociação coletiva com o sindicato da categoria, sob pena de pagamento de multa diária de R$ 10 mil, multiplicada pelo número de trabalhadores atingidos. A sentença da Justiça do Trabalho é resultado de uma ação civil pública ajuizada pelo Ministério Público do Trabalho em Sergipe (MPT-SE).
Entre junho e julho de 2017, a empresa demitiu mais de cem empregados sem tentar qualquer forma de negociação coletiva e sem contato prévio com o sindicato profissional para reduzir os impactos socioeconômicos da demissão em massa.

Para o procurador do Trabalho, Raymundo Ribeiro, dispensar trabalhadores em massa sem prévia negociação coletiva é uma afronta aos princípios constitucionais do valor social do trabalho e da dignidade da pessoa humana. A Recomendação nº 163 da Organização Internacional do Trabalho (OIT), diz que a dispensa coletiva deve ser reconhecida nula e desprovida de qualquer eficácia se não se sujeitar ao prévio procedimento da negociação coletiva de trabalho com a entidade sindical representativa da categoria profissional.

“O intuito do MPT-SE é resguardar os princípios constitucionais e o instituto da negociação coletiva, prevenindo-se futuras dispensas em massa sem negociação coletiva prévia em que se discutam os critérios e as formas como as dispensas ocorrerão. Nosso objetivo é que os empregadores e os sindicatos profissionais encontrem mecanismos que diminuam os impactos para a sociedade das demissões em massa, nas quais, de uma só vez, dezenas ou centenas de trabalhadores são dispensados sem motivo. Não podemos esquecer que as consequências econômicas e sociais decorrentes das dispensas coletivas para os trabalhadores e familiares são graves”, finaliza Raymundo Ribeiro.

Fonte: MPT-SE


Variedades
Com.: 0
Por Redação
29/11
17:15

SMTT altera trânsito nas avenidas Beira Mar e Santos Dumont neste sábado, 30

Confira os detalhes de como fica o trânsito nas duas avenidas

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) informa que, neste sábado, dia 30, haverá alteração temporária no trânsito da capital, devido à realização de dois eventos: uma caminhada na avenida Beira Mar e uma corrida de rua na avenida Santos Dumont, na Orla da Atalaia. Para minimizar o impacto no trânsito e garantir a mobilidade da população, a SMTT bloqueará, temporariamente, alguns trechos dessas duas avenidas e agentes de trânsito atuarão na região para auxiliar o tráfego e orientar os condutores. A interdição na avenida Beira Mar ocorrerá gradativamente a partir das 14h, no sentido Sul da via.

A concentração da caminhada partirá da praça Getúlio Vargas (Minigolfe) e seguirá pela avenida Beira Mar até o Parque da Sementeira no sentido Norte/Sul, e entrará na avenida Jornalista Santos Santana, onde haverá um desvio de trânsito na rotatória. A previsão é de que o trânsito seja totalmente liberado às 19h. Já na Orla da Atalaia, o bloqueio será feito a partir das 15h, no sentido Norte da Santos Dumont, a partir da rotatória que dá acesso à rua Deputado Clóvis Rollemberg (próximo ao antigo Hotel Parque dos Coqueiros) até o Oceanário. O sentido Sul da via estará livre e o condutor que partir da Coroa do Meio em direção à Passarela do Caranguejo transitará normalmente. O desvio do trânsito será pelas ruas Cláudio Rollemberg e a Niceu Dantas. A previsão é de que o trânsito seja totalmente liberado às 18h30.

Transporte Público

Durante o período de realização da caminhada na avenida Beira Mar, as linhas de transporte público que circulam pela região terão seus itinerários alterados temporariamente. São elas:

200-2-Circular Indústria e Comércio 02;
709- D.I.A/Centro (Via Clínicas);
003-João Alves/Orlando Dantas;
035-Terminal Rodoviário/Nova Saneamento;
310-Terminal Rodoviário/Shopping RioMar;
008-Porto Sul/Bairro Industrial;
051-Atalaia/Centro;
100-CS1-Circular Shoppings 01;
310-Terminal Rodoviário/Shopping Rio Mar;
702-Augusto Franco/Beira Mar;
004-Santa Maria/Mercado;
409-Riomar/D.I.A.;
410-Inácio Barbosa/Jardins/D.I.A;
007-Fernando Collor/Atalaia;
701-Jardim Atlântico/Centro;
717-Mosqueiro/Centro;

Já na Orla da Atalaia, a partir das 15h, as seguintes linhas de transporte público que circulam pela região terão seus itinerários alterados temporariamente:

600-2- Circular Praias 02;
008- Porto Sul/ Bairro Industrial;
051- Atalaia/ Centro;
100 CS2- Circular Shopping 02

Fonte: AAN
Foto: Ascom/SMTT


Variedades
Com.: 0
Por Redação
29/11
16:31

Após confronto com suspeitos no Santa Maria, Força Tática apreende revólver e recupera carro roubado

Durante a ação, os policiais também apreenderam um simulacro de arma de fogo

Equipes da Força Tática do 1º Batalhão apreenderam um revólver calibre 32 e recuperaram um veículo roubado após confronto com suspeitos armados, nessa quinta-feira, 28, no Bairro Santa Maria, zona Sul da capital. Durante a ação, um menor infrator foi alvejado depois de atirar contra os policiais. O adolescente ferido foi socorrido e não corre risco de morte.
 
Por volta das 11h30, as equipes do Tático foram informa que um carro havia sido tomado de assalto por três indivíduos, em frente a um restaurante localizado no conjunto Jessé Pinto Freire, no bairro Ponto Novo. Minutos depois, os militares visualizaram um veículo com as mesmas características descritas pelo Ciosp, uma Saveiro Cross de cor azul.

O condutor do automóvel não obedeceu à ordem de parada e acabou colidindo. Em seguida os assaltantes atiraram contra os policiais, que revidaram e conseguiram neutralizar a agressão. Um dos suspeitos se rendeu e outro foi baleado e socorrido, sendo encaminhado ao Huse. Os envolvidos foram conduzidos à Delegacia para adoção das providências necessárias.

Fonte: PM/SE
Foto: Reprodução/SSP-SE


Variedades
Com.: 0
Por Redação
29/11
16:29

Preso pela Polícia Civil o caminhoneiro que matou ajudante em Itabaiana

Suspeito foi indiciado por homicídio duplamente qualificado por motivo fútil e uso de recurso que impossibilitou a defesa da vítima

Equipes da Divisão de Homicídios da Delegacia Regional de Itabaiana prenderam na manhã desta sexta-feira, 29, o indivíduo José Wellington do Espírito Santo, conhecido como “Negão”. O suspeito é indiciado pelo homicídio de Cassiano Santos Bispo, crime ocorrido em 21 de outubro deste ano, na cidade de Itabaiana.

De acordo com o delegado Tarcísio Tenório, a operação foi deflagrada nas primeiras horas desta manhã para cumprimento dos mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão. Durante a ação policial foram encontrados na casa do suspeito um revólver calibre 38, possivelmente utilizado na prática do homicídio, e munições de mesmo calibre. “Em razão disso, também o autuamos  em flagrante por posse irregular de arma de fogo”, explicou o delegado Tarcísio Tenório, titular da divisão de homicídios de Itabaiana. José Wellington foi indiciado por homicídio duplamente qualificado por motivo fútil e uso de recurso que impossibilitou a defesa da vítima.

O caso

De acordo com as investigações, a vítima Cassiano Santos Bispo, 24 anos, foi executada a tiros, em frente a sua residência, no povoado Terra Dura, por José Wellington, para quem trabalhava como ajudante de carga e descarga de caminhão. A motivação do crime seria porque Cassiano teria se recusado a viajar com Wellington para buscar uma carga de esterco no Estado da Bahia.

Fonte e foto: SSP-SE


Variedades
Com.: 0
Por Redação
29/11
16:26

Operação Marias é deflagrada pela Polícia Civil em todo o Estado

Operação faz alusão à campanha com mobilização global “16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra a Mulher"

A Polícia Civil de Sergipe, na manhã desta sexta-feira, 29, apresentou no Departamento de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAGV), os detalhes da Operação Marias, realizada concomitantemente em vários estados da federação. O objetivo da operação foi de dar cumprimento a mandados judiciais, verificar o cumprimento de medidas protetivas de urgência e denúncias referentes a crimes de violência doméstica e familiar contra a mulher. A "Operação Marias" foi realizada em todo o país, fazendo parte do calendário de 16 dias de ativismo no enfrentamento contra a violência da mulher. No estado de Sergipe, foram realizados cumprimentos a alguns mandados judiciais e acompanhamento de medidas protetivas. As fiscalizações resultaram na prisão de nove pessoas, todos no contexto de violência doméstica contra a mulher.

De acordo com a diretora do DAGV, a delegada Mariana Diniz, houve três presos por descumprimento das medidas protetivas. “ A lei Maria da Penha veio para endurecer e coibir essa prática de violência. É efetiva, uma vez preso em flagrante delito ou por lesão corporal é uma ação penal, mesmo que a vítima não tenha interesse de representar, o autor é preso em flagrante delito. Esse crime é inafiançável, e é necessário que os homens fiquem atentos.” 

Em Sergipe, há um combate efetivo nessa prática criminosa. O DAGV funciona em sistema de plantão atendendo Aracaju e região metropolitana. Só neste ano de 2019, foram lavrados 500 casos de prisões em flagrantes de violência doméstica. “Não tem um perfil definido para as vítimas das agressões. O que a gente sabe é que a violência doméstica não escolhe classe social, nem escolhe cor. A gente tem vítima de todas as classes econômicas. A violência doméstica, infelizmente, é prevista em vários lares. É importante sempre deixar uma mensagem de incentivo para denunciar esses casos.” completou a delegada Mariana.

Fonte e foto: SSP-SE


Variedades
Com.: 0
Por Redação
Primeira « Anterior « 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 » Próxima » Última

Enquete


Categorias

Arquivos