24/09
09:17

Importância do incentivo ao futebol de várzea e amador é debatida em mesa-redonda

Um pontapé nesse longo caminho de debater e construir possibilidades e parcerias para encaminhar e fortalecer a prática do futebol de várzea e amador. Foi dessa forma que Gerfferson dos Santos, o Mano Sinho, presidente do Aliados Futebol Clube, classificou a mesa-redonda realizada nessa sexta-feira, dia 22, para debater o futebol amador e de várzea como ferramenta de inclusão social de adolescentes e jovens de comunidades carentes. Analogia parecida à feita pelo ex-árbitro de futebol Sidrack Marinho, hoje diretor da Arena Batistão, sobre o evento, ao qual definiu como um gol, marcado no primeiro minuto de um jogo importante. A mesa-redonda, realizada no plenário da Assembleia Legislativa de Sergipe, na manhã dessa sexta-feira, dia 22, contou com a participação do deputado federal e ex-presidente do Corinthians paulista, Andrés Sanches (PT/SP), um dos autores do requerimento à Comissão de Esporte da Câmara dos Deputados, juntamente com o deputado João Daniel (PT/SE), para a realização desse debate.

A mesa-redonda reuniu representantes das Secretarias Estadual e municipais de Esporte, de escolinhas de futebol, vindos de vários municípios, como Aracaju, Nossa Senhora do Socorro, Indiaroba, Propriá, Riachuelo e Tobias Barreto, além de pessoas que trabalham com futebol amador e de várzea em Sergipe, jogadores de escolinhas e ex-jogadores. Entre os presentes, o secretário estadual de Esporte, Antônio Hora Filho; o secretário de Esporte e Juventude de Aracaju, Jorginho Araújo; e de Socorro, Francisco Carlos; Diogo Andrade, diretor Técnico da Federação Sergipana de Futebol, representando o presidente Milton Dantas; o representante da Diretoria de Educação Física da Secretaria de Estado da Educação, Gladston de Menezes; entre outros.
 


Esportes
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
20/09
11:29

Mesa-redonda debate futebol amador como instrumento para levar cidadania e inclusão a jovens carentes

Em todos os bairros, onde tenha um campinho, com certeza estará lá um grupo de garotos, uma bola e na cabeça de cada jovem o sonho de se tornar um grande jogador. Foi nesse cenário que muitos dos grandes nomes do futebol brasileiro iniciaram sua trajetória no esporte. E é para discutir o potencial do futebol amador ou de várzea, no que tange a levar cidadania e inclusão social à população mais carente, que será realizado, na próxima sexta-feira, dia 22, uma mesa-redonda. O debate, que acontecerá no plenário da Assembleia Legislativa de Sergipe, é resultado de uma propositura apresentada pelos deputados federais João Daniel (PT/SE) e Andrés Sanchez (PT/SP), através da Comissão de Esporte da Câmara dos Deputados. O requerimento para a realização do evento também foi assinado pelos deputados Fábio Mitidieri (PSD) e Mário Negromonte Jr (PP/BA).

A mesa-redonda terá a participação do deputado Andrés Sanchez. Além de parlamentar, Sanchez tem a experiência de quem há anos atua no futebol. Foi presidente do Corinthians no período de 2007 a 2011, clube onde foi, também, em 1996, diretor no trabalho das categorias de base, ajudando os jovens atletas a se consolidarem no competitivo mundo do futebol.

Para a mesa-redonda, foram convidados representantes de diversos órgãos governamentais e entidades da sociedade civil ligados ao futebol amador. Entre eles, o Ministério do Esporte, Secretaria de Estado do Esporte, Lazer e da Juventude de Sergipe (SEEL), Secretaria de Estado da Mulher, Inclusão, Assistência Social, do Trabalho e dos Direitos Humanos de Sergipe (SEIDH), Secretaria de Estadual de Educação do Estado de Sergipe (Seed), Secretaria Municipal da Juventude e do Esporte de Aracaju (Sejesp), Federação Sergipana de Futebol, representante das Escolinhas de Futebol do Estado de Sergipe, dentre outros.

De acordo com o deputado João Daniel, debater esse tema é de fundamental importância, pois é perfeitamente possível a inclusão de adolescentes e jovens através do esporte e também é essencial que as iniciativas que já existem nesse sentido, principalmente nas periferias das grandes cidades, e, especificamente em Aracaju, tenham apoio e incentivo do poder público e de entidades e movimentos que já militam nessa área. “O futebol é o esporte mais popular do Brasil e também uma atividade esportiva que tem tirado muitos jovens caminhos outros não tão construtivos. Por isso precisamos estimular, cada vez mais, a inclusão da nossa juventude através do esporte e por isso achamos fundamental trazer esse tema para ser debatido entre todos os envolvidos”, disse.


Esportes
Com.: 0
Por Kleber Santos
20/09
08:00

Atletas da rede municipal de Aracaju levam ouro em Jogos da Juventude 2017

Em meio a mais de quatro mil estudantes brasileiros, os jovens Kailane Letícia, Ronald Mateus e Mayke Yuri, estudantes da Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Professor Alcebíades Melo Vilas Boas, foram campeões do Badminton nos Jogos Escolares da Juventude 2017. O maior evento escolar esportivo é organizado pelo Comitê Olímpico do Brasil e aconteceu na cidade de Curitiba, no Paraná, de 11 a 16 de setembro.

Para chegarem a esse resultado os jovens treinaram durante dois anos. Todas as tardes das segundas, quartas e sextas-feiras eles treinavam com o professor de Educação Física da rede municipal de ensino Wendel Ribeiro que os acompanhou na viagem. Ao acompanhar as vitórias dos seus alunos o professor sentiu uma mistura de sentimentos. “Eu senti muita alegria por eles terem conquistado tamanho resultado, mesmo diante das superações diárias para eles conseguirem treinar, esses meninos vão longe, eles têm garra”, afirmou.

Foto: Divulgação
 


Esportes
Com.: 0
Por Kleber Santos
13/09
22:16

I Campeonato de Tiro Esportivo acontece em Sergipe

Em entrevista realizada ao Jornal Alese na manhã desta quarta- feira (13), a atleta representante da Federação Sergipana de Tiro Esportivo (FSET), Jovanka Ideburque, falou sobre o I Campeonato de Tiro Esportivo, onde a  primeira etapa da competição  será realizada nos dia, 16 e 17 de setembro, nas disciplinas de carabina  de ar 10m e pistola de ar 10m.

De acordo com Jovanka, o campeonato sergipano acontece em quatro etapas nos meses subsequentes. Outubro 07 e 08; novembro 11 e 12 e dezembro 02 e 03. As competições serão realizadas no Soares Clube de Tiro, localizado na Rua Sargento Manoel Osvaldo das Neves, nº 181, no Bairro Orlando Dantas, a partir das 9h. A competição é promovida pela FSET. Para se inscrever, o atleta deve procurar a Federação.

Segundo a representante da Federação, no mês de dezembro também irá acontecer o segundo Campeonato do Nordeste de Tiro Esportivo, com a presença da atleta, Daniela Carvalho. “O tiro esportivo tem aproximadamente 15   modalidades, onde o atleta deve ir buscando a que mais se adapte, além de não ter restrição à idade”, disse Jovanka.

Tiro Esportivo
Surgiu no ano de 1867, no Campo de Instrução de Chalôns, na França, onde foi realizada uma prova de tiro ao alvo com fuzis. Além dos militares, os clubes de caça também deram sua contribuição para a criação do tiro esportivo, presente nos Jogos Olímpicos desde a primeira edição, em 1896, em Atenas.


Por Agência de Notícias Alese com informação Portal Brasil
Foto: Fernanda Queiroz


Esportes
Com.: 0
Por Kleber Santos
13/09
22:00

Estudantes sergipanos participam da abertura oficial da 1ª etapa dos Jogos Escolares da Juventude 2017

O Governo de Sergipe, por meio do Departamento de Educação Física da Seed, fomentou a participação de uma delação com 161 alunos atletas na maior competição esportiva estudantil do país, que terá sua primeira fase (12 a 14 nos) realizada na cidade de Curitiba

Mais de quatro mil alunos atletas de todos os estados brasileiros e do Distrito Federal estão em Curitiba (PR) para participar dos Jogos Escolares da Juventude 2017, iniciados nesta terça-feira, 12, com a Cerimônia Oficial de Abertura, realizada no Clube do Círculo Militar do Paraná. Nesta competição, organizada anualmente pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB), o Estado de Sergipe participa com uma delegação composta por 161 alunos atletas e 20 professores/treinadores.

Sob a chefia da professora Dorinha Pires, diretora do Departamento de Educação Física da Secretaria de Estado da Educação (Def/Seed), a Delegação Sergipana participou da abertura solene da primeira etapa dos Jogos Escolares da Juventude 2017, sendo representa por 11 alunos atletas de escolas das rede pública e particular de ensino, da capital e do interior sergipano.

Embora bastante eufóricos e apreensivos para o início das competições, a partir desta quarta-feira (13), os alunos atletas presentes no Ginásio do Círculo Militar silenciaram para assistir a primeira atração da noite: uma apresentação da companhia de ginástica rítmica, circo e dança Get Flex. Na sequência, devidamente uniformizados com as cores da bandeira do Estado, desfilaram os alunos atletas das delegações dos 25 estados e do Distrito Federal e das duas delegações curitibana e paranaense, anfitriãs dos Jogos.

“A sensação é de estar participando de uma olimpíada”, resume Barbara Carolina dos Santos, aluna do Colégio Estadual Nelson Mandela, após ser a porta bandeira de Sergipe no desfile das delegações dos Jogos Escolares da Juventude. Em sua segunda participação nesta competição, ela afirma que tem chances reais de vitória e que vai suar para trazer uma medalha para o Estado.

Também representante sergipano na Cerimônia de Abertura da primeira etapa dos Jogos Escolares, Vitor Alvan, aluno do Colégio Bom Pastor ressalta que a sensação de representar o seu Estado em uma competição nacional lhe despertou uma emoção muito grande. “É um momento indescritível desfilar por Sergipe na maior competição estudantil do país. Aqui estamos em contato com garotos de outros estados, conhecemos novas pessoas e podemos demonstrar nosso melhor no esporte”, disse.

Competição
As disputas das modalidades individuais dos Jogos Escolares da Juventude (etapa 12 a 14 anos) terão início nesta quarta-feira (13), e seguem até a próxima sexta-feira (16), quando os alunos atletas competirão no Atletismo, Badminton, Ciclismo, Ginástica Rítmica, Judô, Luta Olímpica, Natação, Tênis de Mesa e Xadrez.

Ao todo, serão nove dias de competição, incluídas as disputas das quatro modalidades coletivas, que serão disputadas entre os dias 17 e 21 de setembro.

Foto: Maria Odília / Seed


Esportes
Com.: 0
Por Kleber Santos
13/09
21:59

Governo do Estado apoia I Rally Sergipe Esporte

A competição contará com participação já garantida de cinco estados do Norte e Nordeste do país, com total apoio da Secretaria do Estado de Esporte, Lazer e Juventude (Seel)

O Governo do Estado de Sergipe, através da Secretaria de Estado do Esporte, Lazer e Juventude (Seel), prestará apoio integral na organização da logística do I Rally Esporte, competição Off Road, que será realizada em Aracaju nos dias 16 e 17 de dezembro.

Na manhã desta terça-feira 12, o secretário Antônio Hora Filho recebeu a visita dos organizadores do evento, Carlos Wagner e Samuel Daud, que foram conversar sobre a realização do evento e a participação efetiva da Seel.

Segundo os organizadores do Rally Sergipe Esporte, competições do mundo 4x4 estão de volta ao solo sergipano. O Rally Sergipe Esporte marca o retorno, após sete anos, de jipeiros de todo o Brasil. A competição contará com participação já garantida de cinco estados do Norte e Nordeste do país, com total apoio da Seel.

Samuel Daud, advogado e jipeiro e Carlos Wagner, que são os organizadores do evento, contam como surgiu a ideia para o evento. “Há dois meses, participamos de um rally e percebemos que Sergipe precisava ter mais eventos desse tipo. Então, começamos a planejar como seria. Saímos atrás de parceiros, sendo a Seel um deles, que, desde o início, nos apoiou e deu todo suporte possível”, afirma Samuel Daud.

Participarão do rally entre 100 e 150 duplas, piloto e navegador, em diversas categorias. Como a Categoria Passeio, voltada mais para iniciantes. A largada será às 8h00 do dia 16 de dezembro, saindo da Samam Jardins e com chegada ainda não definida, pois, por enquanto, o roteiro não pode ser revelado.

“Eventos de rally no estado de Sergipe são um pouco escassos, por conta do seu custo. Ninguém quer participar mais de uma competição que não tenha equipamentos e tecnologia de ponta, que tomaram conta da categoria, como transponders”, diz Carlos Wagner.

“Muito importante termos o apoio do Governo do Estado, através do secretário Antônio Hora e da Seel, principalmente na parte logística, em relação a segurança do evento, como amparo da Polícia Militar e da SMTT”, conta o jipeiro Samuel.

“O Governo do Estado de Sergipe está fazendo parte desse evento maravilhoso que, antes mesmo de acontecer, é um grande sucesso. Mais de duzentas pessoas estarão visitando nosso estado, aquecendo o turismo e movimentando a economia local. A nova Seel, tem o objetivo de fazer com que as políticas públicas esportivas, possam dar uma maior abrangência, demonstrando que o esporte-turismo tem sua importância e terá o nosso apoio”, afirma o secretário Antônio Hora.   


Esportes
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
29/08
06:41

Atletas de SE ganham 4 medalhas de ouro no Panamericano de karatê

O Brasil sagrou-se Campeão Geral no Campeonato Panamericano de Karate, da Panamerican Karate Federation/World Karate Federation, organismos do karate vinculados ao Comitê Olímpico Internacional.

 

 

O Campeonato foi realizado de 23 a 27 de agosto na cidade de Buenos Aires, Argentina. Com um total de 12 medalhas de ouro, o Brasil superou os Estados Unidos da América, que obtiveram 8 medalhas de ouro e ocuparam a segunda colocação. Com grande destaque neste campeonato, atletas de Sergipe, filiados à Federação Sergipana de Karate, obtiveram 4 medalhas de ouro, 1/3 do total obtido pelo Brasil.

 

 

A Equipe de Kata do Brasil, 14-17 anos, composta pelos atletas de Sergipe André Simões, Eduardo Inagaki e Lucas Vinícius, sagrou-se campeã no evento, derrotando a tradicional escola peruana. Ainda conseguiram medalhas de ouro: keven Diogo, na categoria 12-13 anos -40Kg; Lucas Vinícius, 14-15 anos, -63Kg; Victor Menezes, 16-17 anos, -76kg. Os atletas de Sergipe ainda conseguiram uma medalha de prata, obtida por Virgílio OLiveira Neto, 16-17 anos, +76kg e uma medalha de Bronze, obtida por Leonardo Vieira, Sub-21 anos, no kumite equipe. Ainda fizeram parte da Seleção Brasileira os atletas Jacyanne Sarah, Luiz Henrique e Fernando Leony.

 

 

Todos os atletas competem pelo Clube Máximo de karate, coordenado pelos Senseis Alexandre Morais e Ulisses dos Santos. Junto a Federação Sergipana de Karate, presidida por Cristóvão Bittencourt, os senseis já projetam intensificação dos trabalhos na torcida para termos atletas na Olimpíada da Juventude e nos Jogos Olímpicos de Tóquio.

 

 

Os atletas André Simões, Eduardo Inagaki, Leonardo Vieira, Lucas Vinícius, Victor Menezes e Virgílio Cordeiro já estão classificados para defender o Brasil no Campeonato Mundial de Karate que ocorrerá no mês de outubro, em Tenerife, Espanha.


 

 



Esportes
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
11/08
01:47

Governo do Estado devolve salas da Arena Batistão às federações e entidades esportivas

As salas serão cedidas através de Termos de Concessão e Contratos de Comodatos

Federações e entidades esportivas do estado de Sergipe voltarão nos próximos dias, a exercer suas atividades no Complexo da Arena Batistão, de onde foram retiradas por ocasião da reforma do estádio Lourival Batista, transformado em Arena. Foi o que ficou definido na reunião da manhã desta quarta-feira 9, entre o secretário Estadual de Esportes, Antônio Hora Filho e os presidentes e representantes de entidades esportivas e federações de esportes amadores.

Na oportunidade, o secretário Antônio Hora Filho, apresentou e colocou em discussão as normas, diretrizes, critérios de escolha e o planejamento de restituição das respectivas salas. “O Complexo terá um gestor e será chamado após a reinauguração de “Prefeitura dos Esportes”. Aqui estarão devidamente instaladas e funcionando plenamente todas as federações de esportes amadores de Sergipe.

As salas serão cedidas através de Termos de Concessão e Contratos de Comodatos. Os contratos que ainda estiverem em vigor, serão apenas renovados, definindo-se um prazo único para todas as concessões. "O que era há dez anos, pode não ser hoje. Muita coisa mudou de lá para cá. A modalidade olímpica Badminton por exemplo, não existia em Sergipe. Não tínhamos uma federação. Mas hoje, a modalidade está presente em escolas públicas, com participação vitoriosa do estado, em campeonatos de alto nível. Isso só é mais um reforço, de que temos que reavaliar o critério de cessão de espaços para às entidades", explicou Antônio Hora.

Foto: Ascom/Seel


Esportes
Com.: 0
Por Kleber Santos
1 2 3 4 5 6 » Próxima » Última

Enquete


Categorias

Arquivos