28/05
20:49

Rogério Carvalho: "Estou pronto para disputar cargo majoritário em 2018"

Empossado na noite da última sexta-feira para um novo mandato como presidente do PT, o ex-deputado federal Rogério Carvalho anunciou na noite deste domingo, 28, a sua disposição de disputar um cargo majoritário em outubro de 2018. Quando indagado sobre qual seria o cargo, Carvalho respondeu que o assunto vai entrar em pauta na reunião do Diretório Estadual petista, no dia 17 de junho próximo.

O presidente do PT sergipano avalia que terá o apoio de todos os 67 diretórios municipais e dos cerca de 20 mil militantes filiados a agremiação política. “O partido está unido e estou à disposição para participar da disputa majoritária”, declarou. Carvalho lembrou que é de seu desejo entrar na disputa pela aliança política atual, que é comandada pelo governador Jackson Barreto (PMDB).

Posse


Na noite da última sexta-feira (26), o Partido dos Trabalhadores lotou a Assembleia Legislativa de Sergipe para cerimônia de posse dos 67 presidentes eleitos e reeleitos dos diretórios municipais e estadual em Sergipe. Na ocasião, o evento contou com a presença ilustre do presidente nacional do PT, Rui Falcão. Outros nomes importantes também compareceram como, Fábio Mitidieri (PSD), Fábio Henrique (PDT), Marcio Macedo (PT), João Daniel (PT), Ana Lúcia (PT), Silvio Santos (PT), Chiquinho Gualberto (PT), Luciano Bispo (PMDB), dentre outras lideranças. Todos foram prestigiar a posse de mais um mandato de Rogério Carvalho como presidente estadual do PT, além dos outros 66 presidentes municipais eleitos no último pleito do PT/SE.

Durante o ato político, as lideranças manifestaram apoio a Rogério para uma candidatura à chapa majoritária em 2018. Para Rui Falcão, o jeito do sergipano governar é contundente e empolgante. “Tenho certeza que as missões que o partido terá, você tem todas as condições para honrar e cumpri-las pela sua trajetória, por sua história, por seu compromisso com a luta pela saúde e pela vida”, afirma o presidente nacional do PT. Em seu discurso, Rogério defendeu que para o Brasil voltar a crescer, é preciso ter novas eleições diretas. “A vontade do povo deve ser ouvida. O PT tem um papel histórico e deve continuar lutando para garantir que este país seja uma nação que defende a vida dos brasileiros”, completou Rogério Carvalho.



Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
24/05
22:46

Audiência pública no Tribunal de Contas busca solução para a Oncologia

A Secretaria de Estado da Saúde e a Secretaria de Saúde de Aracaju assumiram o compromisso de não atrasar o repasse de dinheiro para o setor de Oncologia do Hospital de Cirurgia, que por sua vez garantiu não mais desviar para outras finalidades os recursos recebidos. Tais compromissos foram assumidos na manhã e começo da tarde desta quarta-feira, 24, numa audiência pública no Tribunal de Contas do Estado de Sergipe.

“Temos que ter a consciência do quanto é grande nossa dívida social enquanto gestores, prestadores de serviço e órgãos de controle. Nós fracassamos”, assumiu o presidente do TCE-SE, Clóvis Barbosa, que se sensibilizou com a história de três sergipanas que morreram enquanto lutavam por um tratamento digno contra o câncer: Iva Leite, 22 anos, estudante de Aracaju, que morreu no dia 30 de janeiro de 2016; Maria José Barreto, 58 anos, professora de Nossa Senhora Aparecida, falecida no dia 7 de novembro de 2016; e Sarah Núbia Passos, 38 anos, de Neópolis, integrante do grupo Mulheres de Peito, falecida no dia 5 de março deste ano.

“Temos condições de fazer melhor”, afirmou ele. "Esta é uma reunião histórica onde prestamos uma homenagem a essas pessoas que faleceram por culpa do poder público, que não prestou o serviço que deveria", disse, dirigindo-se aos secretários Almeida Lima e André Sotero e ao novo diretor-presidente do Hospital de Cirurgia, Milton Santana, que estava acompanhado do diretor Técnico, Wagner José Andrade Santos, e do diretor Administrativo-Financeiro, Milton Eduardo.

Os constantes casos de pacientes com câncer que têm seus tratamentos interrompidos e muitas vezes vêm a óbito por falta de estrutura na rede pública de saúde levaram o Tribunal de Contas a mobilizar os gestores da área, que se reuniram na Sala de Reuniões da Casa. Idealizadora do encontro, a conselheira Susana Azevedo acredita que este foi um passo fundamental na busca das soluções. "Faremos outras audiências para discutir o tema e vamos além, fiscalizando e controlando a gestão da oncologia em Sergipe, para que um serviço de qualidade possa ser ofertado aos pacientes com câncer", comentou.

A audiência também foi avaliada de forma positiva pelo procurador-geral do Ministério Público de Contas, João Augusto Bandeira de Mello. "A questão é complexa e a sociedade vem exigindo uma resposta há muito tempo; já tivemos uma boa ideia de como está a situação, algumas propostas de melhoria, mas é todo um procedimento para que o Tribunal faça um diagnóstico formal e atue junto aos gestores para que o problema seja normalizado", explicou.

Para o secretário Almeida Lima, o TCE demonstrou interesse pela assistência dada à saúde dos sergipanos. "Estabelecemos um diálogo, mostramos como iremos equacionar os obstáculos que ainda hoje existem e tive a oportunidade de mostrar que na área do Estado, a partir agora do mês de junho, teremos boas notícias para a população, como a aquisição de novos equipamentos, a inauguração de mais uma unidade de radioterapia, ou seja, trabalhando para melhorar a assistência à saúde do nosso povo", concluiu.

No final da audiência, Clóvis Barbosa sugeriu que os envolvidos assinassem um Termo de Ajustamento de Gestão, reafirmando os compromissos ali assumidos. "Não vamos admitir mais paralisação da prestação de serviço de oncologia, por isso vamos fazer um TAG para colocar tudo o que foi afirmado no papel. Esperamos que a partir de hoje essas questões ligadas às pessoas que sofrem de câncer sejam resolvidas", acrescentou.

Na audiência estiveram também presentes e colaboraram com as discussões os conselheiros Carlos Alberto Sobral de Souza, Carlos Pinna de Assis, Ulices Andrade, Luiz Augusto Ribeiro e Angélica Guimarães.

Dicom/TC
Foto: Cleverton Ribeiro


Política
Com.: 0
Por Kleber Santos
24/05
22:45

Luciano Bispo cria comissão para estudar Concurso na Alese

O presidente da Assembleia Legislativa de Sergipe, deputado estadual Luciano Bispo (PMDB-SE) criou nesta terça-feira (23), uma comissão cuja finalidade é apresentar um estudo sobre o atual quadro de servidores efetivos da Casa Legislativa, que dará os subsídios necessários ao chamamento do primeiro concurso público do Poder Legislativo.

“Não temos ainda nenhuma condição de anunciar quantos cargos e para quais áreas nós faremos o concurso, mas já determinei que os assessores me tragam esse estudo para que eu possa então, anunciar para os sergipanos as quantidades dos cargos que serão preenchidos e os seus respectivos valores dos salários”, informou Luciano Bispo.

O peemedebista informou também que toda a discussão sobre os estudos que embasarão a realização do concurso público para a Assembleia Legislativa deve ser feita em comum acordo com o sindicato dos servidores, através do presidente Antônio Geraldo, com quem tem construído uma excelente relação, a qual resultou numa das maiores conquistas do quadro atual dos servidores, que foi a incorporação das gratificações aos vencimentos básicos, beneficiando todos os trabalhadores do Poder Legislativo.

Por Agência de Notícias Alese
Foto: Jadilson Simões


Política
Com.: 0
Por Kleber Santos
23/05
13:05

Presidente da Alese fala sobre o retorno de Paulinho da Varzinhas

A Assembleia Legislativa de Sergipe ainda não foi notificada da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), determinando o retorno do deputado Paulinho da Varzinhas (PRP) às atividades. Na manhã desta terça-feira, 23, o presidente da Alese, deputado Luciano Bispo (PMDB), informou que a Casa Legislativa ainda não foi notificada.

“A questão de Paulinho da Varzinha foi definida em Brasília e acredito que no máximo até amanhã, esta Casa será notificada. Eu fico satisfeito porque vamos ter mais um deputado na Assembleia Legislativa de Sergipe. No meu caso, demorou dez dias, mas acredito que ele retorne em breve. Assim que formos notificados, Paulinho da Varzinhas pode retornar imediatamente”, ressalta.

O parlamentar foi afastado das atividades em dezembro de 2015, após denúncias do Ministério Público Estadual (MPE), e no início da tarde da última segunda-feira, 22, o ministro do STF, Marco Aurélio Mendes Mello, concedeu liminar para que o deputado estadual retorne à Assembleia Legislativa de Sergipe.

Por Agência de Notícias Alese
Foto: Jadilson Simões


Política
Com.: 0
Por Kleber Santos
23/05
13:02

Defesa Civil: orientação sobre não circular nesta terça é falsa

Ao contrário do que vem sendo divulgado por meio das redes sociais, a Prefeitura de Aracaju, através da Defesa Civil, não tem orientado os aracajuanos a não circularem pelas vias da cidade no período da tarde desta terça-feira, 23.

O que está sendo solicitado, devido às fortes chuvas que acometem a capital desde a madrugada, de acordo com o coordenador da Defesa Civil, tenente-coronel Gilfran Matheus, é evitar as regiões próximas aos canais que cortam as principais ruas e avenidas, devido ao aumento do nível da maré, que ocorre entre 13h e 16h.


Política
Com.: 0
Por Kleber Santos
23/05
12:58

Governo busca atrair novos investimentos durante Salão Internacional do Couro e do Calçado

Governador Jackson Barreto participa de evento nesta terça, 23, em Gramado, onde apresenta o Programa Sergipano de Desenvolvimento Industrial para empresários do ramo de calçados

O governador Jackson Barreto participa, nesta terça-feira, 23, do Salão Internacional do Couro e do Calçado, em Gramado, Rio Grande do Sul, com o objetivo de atrair novos investidores do setor para o interior do estado. O evento ocorre até o dia 24 e reúne fabricantes e lojistas de calçados de todo o país.

Jackson informou que a ideia surgiu após uma conversa com a ex-prefeita de Ribeirópolis, Uíta Barreto, e com o deputado estadual Zezinho Guimarães, os quais apresentaram possíveis investidores. “O setor de calçados continua crescendo no País. Vou participar desse evento para expor as vantagens logísticas e econômicas de Sergipe, com o objetivo de trazer novas indústrias para nosso estado. Nesse momento de crise, precisamos aproveitar oportunidades e mercados em expansão. A ex-prefeita Uíta Barreto sugeriu que apresentássemos a proposta de utilização do antigo galpão da Azaleia, em Ribeirópolis. Somente nesse município, podem ser gerados 400 empregos”, disse.

O governador destacou que Sergipe tem experiência no setor de calçados e possui, atualmente, três plantas da fábrica West Coast, localizadas Salgado, Nossa Senhora Aparecida e Nossa Senhora da Glória. De acordo com ele, o grupo gaúcho estuda a possibilidade de ampliar os investimentos no estado. “Estive, recentemente, com empresários da West Coast, que confirmaram a intenção de ampliar os trabalhos em Sergipe. Diante disso e da possibilidade de conhecer novos investidores, estamos indo para o Salão Internacional do Couro e do Calçado”, declarou, lembrando a proximidade sergipana com grandes mercados nordestinos, como Bahia e Pernambuco, além de mão de obra qualificada.

A viagem contará com a companhia do deputado estadual Zezinho Guimarães, o qual defende a presença de outras fábricas de calçados no estado como diferencial para atração de novos grupos do setor. “Estou muito confiante. Acredito que conseguiremos atrair a Paquetá, uma das empresas mais importantes do setor. Além do programa de atração de empresas, Sergipe tem fábricas de calçados com mais de dez anos, o que é um referencial para os demais investidores do ramo”, afirmou.


Política
Com.: 0
Por Kleber Santos
21/05
19:12

Uma área definitiva para o Campus do Sertão

Angelo Roberto Antoniolli
Reitor da Universidade Federal de Sergipe

O Campus da UFS no sertão sergipano, com sede provisória em Nossa Senhora da Glória, ainda se ressente de uma área onde possa instalar definitivamente. Depois de algumas marchas e contramarchas, em 2015, eis que uma solução pareceu viável de concretizar-se. Trata-se de uma fazenda pertencente à EMBRAPA. E à EMBRAPA sediada em Petrolina (PE), apesar de a mencionada fazenda situar-se na confluência dos municípios de Nossa Senhora da Glória e Feira Nova, mais para este do que para aquele.

Ao tomarmos conhecimento da área, pouco explorada pela EMBRAPA, buscamos o apoio inicial da EMBRAPA sediada em Aracaju. Os seus técnicos, dentre eles Manoel Moacir Costa Macêdo, fizeram a ponte com a EMBRAPA de Petrolina. Somos reconhecidos e gratos. Os contatos pessoais foram mantidos. As conversações evoluíram a contento. Todavia, um empecilho surgiu. Fazia-se necessário um contato com a direção superior da EMBRAPA, em Brasília. Tentativas foram feitas. Há duas coisas que nos movem em tudo o que devemos fazer: a obstinação e a persistência. Disso não abrimos mãos. Aliás, quem administra não deve ficar alheio a estes dois predicados.

O tempo passou. Insistimos. Recorremos daqui e dali. Não descansamos. Batemos em portas. Nenhuma se fechou, mas o acesso não foi completo. Voltamos à carga. Fizemos tudo direitinho. Palmilhamos passo a passo. Não retrocedemos. Um objetivo claro e firme nos conduzia. No Campus do Sertão, alunos, professores e técnicos ansiavam – e ainda anseiam – para ver concretizada essa empreitada, qual seja a obtenção da cessão da fazenda, ou de parte dela, a fim de que possamos construir o Campus definitivo.

Nas últimas alterações dos cargos da administração direta e indireta da União Federal, nós buscamos, mais uma vez, o apoio dos nossos congressistas. A bancada federal sergipana, nós já o afirmamos mais de uma vez, não nos tem desapontado. Ao contrário, tem envidado esforços, uns mais do que outros, para atender as necessidades da Universidade Federal de Sergipe, que, por conseguinte, são as próprias carências da sociedade sergipana, que tem na UFS a sua única Universidade pública.

O governador Jackson Barreto conseguiu junto ao então ministro da Educação, Aloísio Mercadante, que tem raízes em Sergipe, a implantação do Campus do Sertão. Já o dissemos antes. A senadora Maria do Carmo decidiu, recentemente, amadrinhar o referido Campus junto ao atual ministro da Educação, Mendonça Filho. Somos gratos a todos que apoiam a UFS.

Precisávamos de quem nos guiasse à presidência da EMBRAPA. O senador Eduardo Amorim se predispôs a levar-nos. Fomos com ele. A ele também somos muito gratos. O presidente Maurício Antônio Lopes nos recebeu com gentileza. Ouviu-nos. Mostramos os nossos projetos. Dissertamos sobre os nossos planos, sobre as nossas ideias. O presidente gostou do que viu e ouviu. Dispôs-se a abraçar a nossa causa. Comprometeu-se a levar o nosso pleito à reunião do Conselho de Administração da EMBRAPA, no próximo mês. Uma parte da fazenda acima citada deverá ser cedida à UFS em forma de comodato.

Estamos esperançosos. Confiantes. Enfim, a última porta se abriu para a UFS, nessa questão da área para sediar a Campus definitivo do Sertão. Os projetos estão prontos. O ministro da Educação garantiu os recursos para o início das obras, no montante que nos será possível de concretizar neste ano.

A EMBRAPA será parceira da UFS, e vice-versa, em projetos que interessam às duas entidades. E que são, sobretudo, do interesse prático das populações sertanejas, em especial dos produtores rurais, na agricultura, na pecuária e na agroindústria.

A Universidade Federal de Sergipe tem muitos desafios a enfrentar. Enfrentaremos. Cruzar os braços é um defeito que não temos. A UFS não precisa de braços cruzados. Precisa, sim, de braços que se unam, de mãos que se deem. Mãos que sirvam para construir pontes, e não muros. Este é o caminho. Esta é a caminhada.


Política
Com.: 4
Por Eugênio Nascimento
21/05
18:55

Rogério Carvalho: Doações foram do Diretório Nacional

O presidente do Diretório Estadual do Partido dos Trabalhadores (PT/SE), Rogério Carvalho, divulgou nota informando não ter qualquer envolvimento direto, de sua parte, com o grupo empresarial JBS, que liberou verbas para diversas agremiações políticas em todo o Brasil.

A nota diz o seguinte:
“Diante das informações divulgadas nesse fim de semana, devo esclarecer que as doações recebidas em nossa campanha de 2014, foram encaminhadas diretamente pelo Diretório Nacional do Partido do Partido dos Trabalhadores para o Diretório Estadual, todas de forma oficial. Os dados estão disponíveis nos sites do TRE/SE e TSE”.
 


Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
1 2 3 4 5 6 » Próxima » Última

Enquete


Categorias

Arquivos