26/08
07:22

2ª FEIRA EM SERGIPE - Comissão da Câmara Federal promove seminário na Assembleia Legislativa

A Comissão Especial do Congresso Nacional destinada a proferir parecer ao Projeto de Lei nº 7.495/96, que regulamenta as atividades dos agentes de Saúde e de Endemias, define o piso nacional da categoria e que cria 5.365 empregos públicos de Agente de Combate às Endemias, no âmbito do Quadro Suplementar de Combate às Endemias da Funasa, promove um seminário na próxima segunda-feira (29), no plenário da Assembleia Legislativa, às 9 horas, para debater o assunto.

O encontro é fruto de um requerimento do deputado federal André Moura (PSC), que é membro da Comissão Especial. A expectativa é que o seminário seja bastante concorrido e deverá contar com as presenças de agentes de Saúde de vários municípios sergipanos. Membros da bancada federal sergipana, deputados estaduais, prefeitos e vereadores também já confirmaram suas presenças.

(Da assessoria)


Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
26/08
06:51

SERGIPE - Defensoria do Estado atua hoje em mutirão

A Defensoria Pública do Estado, através do Centro Integrado de Atendimento Psicossocial (Ciaps), estará participando nesta sexta-feira, 26, das 8 às 16 horas, na Escola Conceição, no município de General Maynard, do Mutirão do Sintramgem (Sindicato dos Trabalhadores do Município de General Maynard).


Serão disponibilizados para a população serviços gratuitos de emissão de carteiras de identidade e profissional, cabeleireiro, atendimento médico e odontológico, exames de glicemia, aferição de pressão, orientação jurídica, além da troca de lâmpadas e geladeiras promovida pela Energisa, realização de atividades recreativas, peça teatral com Zé da Luz, palestras sobre Doença Sexualmente Transmissível (DST) e outros temas.

(Da assessoria)


Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
25/08
22:34

CUT/SE realiza sua 13ª Plenária Estadual neste sábado


 

Neste sábado, 27/8, das 8h às 17h, a Central Única dos Trabalhadores em Sergipe (CUT/SE) realiza, no auditório do Sindiprev, em Aracaju, a sua 13ª Plenária Estadual. Representantes de diversas categorias de trabalhadores do serviço público e da iniciativa privada estarão presentes, já que cada sindicato filiado tem direito à participação com delegados eleitos.

A Plenária é o espaço deliberativo das ações da CUT para o ano. Durante a Plenária será feita uma análise da conjuntura em níveis estadual, nacional e internacional, além do balanço organizativo da CUT, das suas estratégias e próximas ações para o ano.

Os presentes discutirão também temáticas atuais de interesse da classe trabalhadora, como redução da jornada de trabalho, fim do fator previdenciário, ratificação das convenções da OIT e reformas tributária e política. "Essas pautas nacionais que discutiremos valem para todos os trabalhadores. Não há uma dessas questões que não repercutam localmente, por isso é fundamental nos apropriarmos dos principais debates nacionais", destacou o Presidente da CUT/SE, Rubens Marques, o professor Dudu.

Uma das principais defesas da CUT neste ano é o Trabalho Decente. Nesse sentido, este será um dos temas de debate e definição de estratégias durante a Plenária. "Estamos empenhados nesta luta pelo trabalho decente, que culminará num amplo processo de participação durante a Conferência este ano. Agora, junto com os sindicatos filiados, iremos definir qual a nossa ação", afirmou Dudu.

Segundo Dudu, a Plenária será um momento também de reforçar o papel da CUT enquanto instrumento de unidade da classe trabalhadora. "Estreitaremos ainda mais a relação da Central com os sindicatos filiados, afinal o corporativismo é uma contradição da organização da classe. Os sindicatos devem se fazer presentes nos atos da CUT, divulgar a marca da Central em seus materiais e suas campanhas salariais" (Da assessoria)



Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
25/08
12:51

Grito dos Excluídos 2011: Organizações sociais acertam detalhes da manifestação

Manifestação será realizada no 07 de setembro, a partir das 09h, com concentração na Praça da Catedral, no Centro de Aracaju

Nesta quarta-feira, 24 de agosto, Pastorais, Movimentos Sociais, Sindicatos, Comitês, Fóruns e diversas outras organizações sociais estiveram reunidas na Cúria Metropolitana de Aracaju para discutir detalhes da organização do 17° Grito dos/as Excluídos/as. Com o lema “Pela vida grita a TERRA... Por direitos todos nós!”, a já conhecida manifestação realizada do dia 07 de setembro espera reunir cerca de 2 mil pessoas para o debate que entrelaça visões local e global.

“Em nível local, prevalece a necessidade de apoiar e fortalecer todas as iniciativas populares que buscam reciclar e reorganizar a relação dos seres humanos com a biodiversidade da Planeta. Em nível global, somos convidados a uma rede de solidariedade, onde os direitos básicos dos seres humanos se complementam com políticas amplas e abrangentes de preservação e respeito ao meio ambiente, priorizando o dessenvolvimento sustentável”, esclarece o encaminhamento do Grito dos Excluídos 2011.

O Grito dos Excluídos tem como objetivo anunciar, em diferentes espaços e manifestações populares, sinais de esperança com a perspectiva de transformação através da unidade, organização e das lutas populares; além de denunciar todas as formas de insjustiça promovidas pelo sistema capitalista que causa a destruição e a precarização da vida do povo e do planeta.

Os eixos de discussão este ano giram em torno de um projeto sustentável que priorize a defesa da vida para todos; a luta pela garantia, ampliação e universalização dos direitos de todos cidadãos; soberania nacional e internacional; organização em busca das conquistas para os excluídos/as; integração das lutas com respeito à diversidade cultural, econômica e política; cidadania universal; comunicação popular; defesa e promoção da juventude; garantir todas as formas de vida do planeta.

CUT/SE mobiliza forças para o Grito

A Central Única dos Trabalhadores de Sergipe (CUT/SE) faz parte do comitê de organização do 17º Grito dos Excluídos, que inclui ainda diversos movimentos sociais, a exemplo do MST (Movimento dos Trabalhadores Sem Terra), MOTU (Movimento Organizado dos Trabalhadores Urbanos) e da Consulta Popular. Juntas, essas organizações sociais unem suas bandeiras de luta em busca de salário mínimo digno, por verdadeiras políticas públicas de inclusão, pela reforma agrária e combatendo as desigualdades.

“O Grito dos Excluídos é uma atividade de muitos anos constituída pelos movimentos sociais, juntamente com a Igreja Católica. Essa mobilização traz presente a marca da indignação de todo brasileiro, principalmente com relação à simbologia do 07 de setembro, que é o Dia da Indenpendência do Brasil, mas que traz toda uma mistificação sobre qual é a independência que nós vivemos hoje. Para os movimentos sociais é uma forma de questionamento sobre essa indenpência que o brasileiro tem hoje, e, por isso, as organizações se unificam a nível nacional para realizar essa atividade. Nós lutamos para, cada vez mais, conscientizar a população sobre as bandeiras de luta que deveriam ser de todos nós. Nossa expectativa é de aumentar o número de participantes nessa manifestação, e que nós consigamos fazer a mensagem do Grito dos Excluídos chegar a toda a sociedade.”, pontuou Gislene Reis, dirigente do MST em Sergipe.

O 17º Grito dos Excluídos será realizado no 07 de setembro, a partir das 09h, com concentração na Praça da Catedral, no Centro de Aracaju. Após o Acolhimento, as apresentações culturais e artísticas, o Ato Celebrativo, os 'excluídos' sairão em marcha até a Barão de Maruim, entrando na avenida logo após o desfile cívico. Após 16 edições, a mobilização conseguiu ser referência para a população. “Nós queremos mostrar para toda a sociedade que o país cresce, mas não se desenvolve se não for capaz de reduzir as desigualdades”, ressaltou Roberto Silva, dirigente da CUT/SE.

Na sexta-feira, 02 de setembro, a partir das 9h, na Cúria Metropolitana de Aracaju, todas as entidades envolvidas na organização do 17º Grito dos Excluídos aqui de Sergipe estarão realizando uma Coletiva de Imprensa para prestar mais esclarecimentos sobre a manifestação. (Da assessoria)


Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
25/08
12:45

Sergipe tem bom modelo de reforma agrária, diz presidente do Incra


Sergipe tem servido de modelo para outros estados - a exemplo da Bahia, Pernambuco, Minas Gerais e Rio Grande do Sul - que pretendem implementar a reforma agrária em seus territórios. A afirmação é do presidente do Incra, Celso Lisboa de Lacerda, e foi mencionada durante uma reunião com o governador Marcelo Déda nesta quarta-feira, 24, em Brasília. Além de solicitar a assinatura de um novo convênio no valor de R$ 70 milhões, com o objetivo de assentar mais 1.400 famílias, Déda requereu ao presidente do Incra outro convênio visando ampliar a regularização fundiária no estado – que se somará a dois já em execução. Até o final do ano, o modelo criado por Sergipe beneficiará 1.200 famílias (1.116 já foram contempladas). - Da assessoria


Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
25/08
07:11

PV disposto a conversar com Marcelo Déda

"O Partido Verde está aberto ao diálogo, embora o governador Marcelo Déda (PT) tenha optado por conversar unicamente com o deputado estadual Gustinho Ribeiro, que deve estar indo para o PSD". O comentárioi é do vice-presidente do PV, Antônio Leite. Eler elogiou a iniciativa da direção nacional do partido de retomar a aproximação com o governo da presidente Dilma, que esteve prejudicado pela presença da ex-senadora Marina da Silva no PV. "Se formos convidados a conversar, conversaremos", afirmou.


Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
24/08
20:39

Almeida Lima deseja comandar o PPS, diz João Fontes

O ex-deputado federal João Fontes segurou a sua ficha de filiação ao PPS para aguardar uma definição da direção nacional da agremiação partidária sobre o pedido de filiação feito pelo deputado federal José Almeida Lima (PMDB). O peemedebista, segundo Fontes, estaria querendo assumir o comando do PPS em Sergipe e deseja também disputar a Prefeitura de Aracaju. "Não  tenho nada de pessoal contra Almeida, mas os nossos estilos de pensar e fazer politica divergem. Por isso, se ele for filiado ao PPS, eu estarei fora do projeto. Estou só aguardando uma posição oficial dos dirigentes do PPS em nível nacional",  disse o ex-parlamentar, que assim como Almeida quer disputar a Prefeitura de Aracaju em 2012.


Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
24/08
20:33

Assembleias se mobilizarão por projetos


Assembleias do Brasil levarão ao Congresso Nacional discussões sobre criação de novos municípios, Piso Nacional da Educação e pagamentos de tributos ao Governo Federal


A deputada petista Conceição Vieira (PT) usou o espaço do pequeno expediente hoje, (24), para registrar sua participação, bem como as dos deputados estaduais Garibaldi Mendonça (PMDB), e Venâncio Fonseca (PPS), que estiveram dia 22, em reunião ordinária da Unale-União dos Legislativos e Legisladores Estaduais, em Curitiba.

"É natural que nós prestemos contas desse encontro mensal, onde discutimos alguns pontos importantes no que diz respeito aos interesses de todos os poderes Legislativos Estaduais". O tema central do encontro foi o Pacto Federativo.

Conceição disse que há uma sensibilidade em todas as Assembleias Legislativas do País, para fazer um movimento nacional levando proposituras e reivindicações ao Congresso Nacional, sobre alguns temas que estão parados naquele Poder, e outros que ainda serão discutidos.(Da assessoria)



Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
Primeira « Anterior « 658 659 660 661 662 663 664 665 666 667 668 » Próxima » Última

Enquete


Categorias

Arquivos