01/12
12:17

Pedrinho contra isenção passaporte de diplomático entre Brasil e Irã

O deputado fedederal Pedrinho Valadares(DEM) deu paracer contrário ao projeto de lei que cria a isenção de visto para passaporte diplomático entre Brasil e Irã.

Pedrinho é o relator e disse que "o mundo repudia as ações de desrespeito aos direitos humanos do Iran, assim como o seu desejo de fabricar bomba atômica".


Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
30/11
08:35

Déda e Wagner querem indicar o novo ministro da Integração

 Os governadores petistas Jaques Wagner (BA) e Marcelo Déda (SE) lideram um movimento da bancada de deputados e senadores do PT do Nordeste para indicar o ministro da Integração Nacional(O senador Valadares poderia ser a opção).

O PSB do governador Eduardo Campos (PE) também quer esse ministério (para Fernando Bezerra).

Fonte: O Globo


Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
30/11
08:34

Governo mantém IPI reduzido para setor da construção até 31 de dezembro de 2011

Para Guido Mantega, ministro da Fazenda, 2010 será o melhor ano para a construção.

"O setor que estava parado, andando de lado, está deslanchando", disse.

Fonte: MSN


Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
29/11
21:52

Formação do primeiro escalão em andamento

O vice-governador e secretário de Estado da Educação, Belivaldo Chagas (PSB), deve ser mantido na SEED no segundo mandato do governador Marcelo Déda (PT), assim como Jorge Alberto, secretário da Administração.

O futuro vice-governador Jackson Barreto (PMDB) busca uma forma de enquadrar o peemedebista Fábio Reis numa secretaria ou como dirigente de órgão público.

Ainda no clima de especulação, dá-se como certa a ida de Pedro Lopes, atual chefe do Escritório de Sergipe em Brasília, para a Casa Civil, no lugar de Oliveira Júnior, que iria para a Saúde. Todos eles comentam que não conversaram ainda com o governador Marcelo Déda sobre o assunto.

Legenda:
Oliveira Júnior pode assumir a Saúde
Foto:
Lucio Telles


Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
29/11
21:44

PMA atende pleitos dos profissionais da Saúde

O secretário municipal de Saúde, Silvio Santos, garantiu publicamente que a Prefeitura de Aracaju vai atender todos os pleitos relativos à melhoria das condições de trabalho, conforme acordado com os sindicatos dos médicos, técnicos, auxiliares de enfermagem, enfermeiros e agentes de saúde.

Segundo ele, já foram tomadas, de forma imediata, medidas políticas e administrativas diante das demandas urgentes apontadas pelos trabalhadores. O objetivo é restabelecer a confiança entre a gestão pública e os servidores, e reduzir os itens da pauta de reivindicações que será apresentada na Mesa de Negociação Salarial, que deve ser retomada na a próxima semana.

Ao Sindicato dos Médicos (Sindimed), Silvio Santos encaminhou um ofício especificando as medidas já adotadas. O documento foi enviado no último dia 25, ou seja, antes da assembleia da categoria. "Adotamos medidas administrativas imediatas para solucionar os principais problemas apontados, que podem impacta nas condições de trabalho e na
prestação de serviços aos usuários do Sistema Único de Saúde", assegurou o secretário em um trecho do ofício.

Entre as providências tomadas logo nas duas primeiras semanas da nova gestão estão a autorização para o início de pequenas reformas relativas a infiltrações nas unidades de saúde e hospitais municipais. As obras começaram no Hospital Municipal Nestor Piva e na próxima segunda-feira, dia 29, as equipes de manutenção estarão trabalhando no Hospital Municipal Fernando Franco e na USF Sinhazinha.

Na primeira semana do mês de dezembro, os reparos serão realizados simultaneamente em quatro unidades básicas, até que todas as 43 unidades sejam atendidas. Os serviços serão encerrados até 30 de dezembro.


Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
29/11
22:40

CNM vai mostrar as dificuldades dos municípios para pagar o 13º salário

Na próxima quarta-feira, 1º de dezembro, o presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski, vai divulgar os resultados de pesquisa em 4.871 dos 5.563 Municípios – 87,6% do total – sobre o pagamento do 13º salário.

No total, são mais de 5 milhões de servidores das prefeituras e o pagamento irá representar uma injeção adicional de recursos na economia de R$ 8 bilhões nos meses de novembro e dezembro.

O estudo vai mostrar também o total de Municípios com os salários de seus servidores em dia. A relação inclui a lista completa dos Municípios pesquisados em todos os estados.


Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
29/11
19:17

Ministro Dias Toffoli nega pedido do deputado federal Jerônimo Reis

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Dias Toffoli negou pedido do deputado federal cassado Jerônimo de Oliveira Reis (DEM/SE), que pretendia reaver seu mandato.

Segundo o ministro, “não há qualquer fundamento jurídico ou fático que sirva de lastro à pretensão do requerente”. Na decisão, o ministro determina o arquivamento do processo.

O político foi condenado em primeira instância por improbidade administrativa. Em agosto deste ano, ele perdeu o mandato por decisão da Mesa da Câmara dos Deputados. Segundo Dias Toffoli, o parlamentar cassado quer converter uma situação consolidada em direito liquido e certo de continuar no exercício do mandato.

“O Poder Judiciário deu-lhe o veredicto, a Câmara dos Deputados aplicou-lhe a pena política e não será o Supremo Tribunal Federal que lhe irá restituir direito submetido a esse arco jurídico-político”, adverte o ministro.

No caso concreto, o político ajuizou uma Ação Cautelar (AC 2730) com objetivo de obrigar o presidente do Tribunal de Justiça de Sergipe (TJ-SE) a remeter para o Supremo recurso extraordinário que contesta a decisão que o condenou por improbidade, com a consequente

perda do mandato político. O presidente do TJ manteve o processo no tribunal do estado por entender que não havia urgência para remeter o caso para o Supremo.

Fonte: Da assessoria do STF


Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
29/11
16:54

Disputa intensa pelo comando da Emsetur

O atual presidente da Emsetur, José Roberto, é forte opção para continuar no cargo no segundo mandato do governador Marcelo Déda. Mas aparecem também como opções as jornalistas Sílvia Oliveira, que trabalha hoje no turismo de Canindé do São Francisco, e Eloísa Galdino, atual secretária da Cultura do Estado.

Todos os comentários apontam o atual secretário-Chefe da Casa Civil, José de Oliveira Júnior, como o futuro secretário de EStado da Saúde. Ele nega e brinca: hoje eu não tenho tempo para cuidar da minha saúde, imagine de uma secretaria. Os comentário apontam Mônica Sampaio, atual secretária da Saúde,  como sua adjunta na pasta.

João Andrade continuaria secretário da Fazenda e com presença muito forte no Banese.

Seria mesmo o homem do dinheiro.


Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
Primeira « Anterior « 663 664 665 666 667 668 669 670 671 672 673 » Próxima » Última

Enquete


Categorias

Arquivos