23/11
11:22

Dilma prepara o pelotão de frente

Presidente eleita, além de futuros ministros e conselheiros de toda hora, escala os governadores que irão compor a sua "armada" nas negociações com o Congresso

Denise Rothenburg

O presidente Lula conseguiu eleger aliados na maioria dos estados e alguns deles terão papel importante na articulação política do futuro governo de Dilma Rousseff (PT), por terem influência com deputados e senadores

Ciente das dificuldades política que enfrentará no Congresso e com a disputa de poder entre os principais partidos que fizeram dela presidente da República, Dilma Rousseff já escalou aqueles que, fora do Parlamento, vão ajudar no dia adia da política. A "armada de Dilma", como alguns já se referem ao grupo, sera formada especialmente por governadores reeleitos, com experiência e traquejo no campo político e que têm pretensões de voos mais altos.

Na linha de frente estão cinco reeleitos que já se apresentaram para essa tarefa: Eduardo Campos (PSB), de Pernambuco; *Marcelo* *Déda* (PT), de Sergipe; Jaques Wagner (PT), da Bahia; Sérgio Cabral (PMDB), do Rio de Janeiro; e Roseana Sarney (PMDB), do Maranhão. De primeiro mandato, o nome mais forte nessa articulação é o do governador eleito do Rio Grande do Sul, Tarso Genro.

À exceção de Cabral, que teve passagem sem muito destaque pelo Senado, todos os demais ocuparam postos importantes no governo Lula ou antes dele. A maioria deles ajudou e muito, inclusive no período mais difícil para o presidente Lula, em 2005, quando houve a crise conhecida como o "escândalo do mensalão". Tarso, por exemplo, era presidente do PT naquele momento. Além disso, é próximo de Dilma por ser do estado onde ela começou a sua carreira política, como militante e secretária. Os dois são amigos.

Logo depois da eleição, Dilma pediu a alguns desses governadores que tirassem férias no mesmo período que ela para que pudessem viajar a Brasília nessa temporada de transição. A ideia é que eles deem sugestões não só para a composição do governo como também para os temas em pauta e a contenção de possíveis crises no Congresso, onde todos esses políticos já passaram e têm alguma ou muita influência.

Eduardo Campos, por exemplo, já começou a trabalhar. Terminado o segundo turno, reuniu os governadores eleitos e a bancada do PSB. Ali, plantou a semente da necessidade de o Congresso estudar novos mecanismos de financiamento da Saúde, seja a CPMF ou não. "Foi uma forma de puxar um tema que a futura presidente quer levar adiante, a reforma tributária", afirma um dos integrantes da equipe de Dilma.

Tempo integral
*Além dos governadores, a "armada de Dilma" terá em tempo integral nomes que serão convocados para auxiliar na seara política. Além dos três porquinhos - Antônio Palocci, que esteja em qual ministério estiver, será peça-chave na política, o atual o presidente do PT, José Eduardo Dutra, e José Eduardo Cardozo - Dilma contará com o atual ministro de Relações Institucionais, Alexandre Padilha, e ainda com o ex-prefeito de Belo Horizonte Fernando Pimentel.

Discreto e considerado um dos nomes mais ligados à presidente eleita, Pimentel é visto como um quadro político com lugar reservado na equipe.

Antes de Dilma viajar para uns dias de descanso na Bahia, ela o chamou para um almoço onde deixou claro que ele irá participar de seu governo. Embora não tenha feito qualquer convite formal, para muitos está certo que Pimentel estará ajudando na seara política e até nos contatos com o PSDB, onde o nome mais em evidência nessa largada será o do senador eleito por Minas Gerais, Aécio Neves.

Fonte: CorreioWeb







Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
22/11
21:52

PMA passa por mau momento financeiro

Por causa da queda do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e também dos royalties da Petrobras, isso motivado pela queda do preço do petróleo no mercado internacional, a Prefeitura de Aracaju vive um mau  momento.

As perdas do FPM devem somar ao final deste ano algo em torno  de R$ 25 milhões. Já a captação do royalties pela extração de petróleo  deve atingir  este ano R$ 26 milhões.

Em 2009 o valor total foi de 20  milhões e em 2008  chegou a R$ 32 milhões. Ainda assim, a PMA terá um  bom orçamento para administrar em 2011, uma quantia superior a R$ 1  bilhão, conforme projeto encaminhado à Câmara.


Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
22/11
21:49

73 caminhões-pipa abastacem cinco municípios do sertão sergipano


O governo do Estado colocou 73 caminhões-pipa à disposição de cinco municípios que se encontram em situação de emergência.Os prefeitos e a Defesa Civil apontam como quadros graves as situações de Poço Redondo, Nossa Senhora da Glória, Gararu, Monte Alegre e Porto da Folha.

Por isso, o governo liberou os caminhões para fornecer água para os moradores.

Canindé do São Francisco também já deceretou emergência.


Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
20/11
16:57

Colunão de Eugênio Nascimento

Eleições SEBRAE
Em alguns setores, a retirada do nome de Ana Nunes como candidata à diretoria técnica do SEBRAE foi um retrocesso. É que se esperava um dinamismo maior do órgão nessa área, aproveitando os quadros da própria instituição, que tem em seus quadros pessoas de reconhecida competência. Era tradição no SEBRAE ter técnicos na diretoria, e Ana Nunes tem liderança e experiência mais que suficientes para o posto.

Secretariado
Por outro lado, o secretário Oliveira Júnior saiu derrotado. Têm muita gente apostando que ele não está com essa bola toda para a formação do novo governo...

Aniversário de gestão
Para comemorar o segundo ano de seu segundo mandatoà frente da UFS, o reitor Josué Modesto, realiza uma série de atos na próxima semana. Na segunda-feira, ele instala a VI Mostra Experimental de Artes Visuais na Galeria Jordão de Oliveira (Biblioteca Central-Rosa Elze), às 17h. No dia 23 acontece o lançamento do Repositório Institucional (Sala dos Conselhos), às 11h, e visita aos novos laboratórios,às 15h.No dia 24, quarta-feira serão inauguradas as reformas do biotério e
do Horto,às 9h, no Campus do Rosa Elze.À tarde,em Laranjeiras, será inaugurado novo laboratório.Já à noite acontece jantar por adesão. A programação termina no dia 26 com aapresentação do coral e camerata da UFS e lançamento de livros no Palácio-Museu Olímpio Campos, às 18h30.

Alerta aos desavisados
Tem uma autoridade da esfera estadual que costuma dizer àqueles que são alvo do seu trabalho,isso quando os recebe em visita, que "o mal feito tem que ser bem feito". E completa: se eu pegar armações, entro pesado. Não perdôo".

As emendas de SE
O vice-governador Belivaldo, que responde interinamente pelo governo do Estado, vai a Brasília na próxima terça-feira. Ele se reunirá com a bancada federal no gabinete do senador Antônio Carlos Valadares(PSB). Lá, ele e a secretária de Estado do
Planejamento, Lúcia Falcón, apresentarão as emendas do governo ao Orçamento Geral da União de 2011.

A mesa da AL
A disputa pelo comando da Assembléia Legislativa no próximo biênio não vai ser complicada, como pode-se pensar hoje. O grupo governista tem maioria e essa maioria vai precisar se entender, se desejar dirigir a Casa. Todos os indícios apontam para o PSC ter a presidência da AL,embora haja o desejo de gente de outros partidos aliados do governo de chegar lá. E do partido dos peixinhos estão com nomes disponíveis as deputadas estaduais Angélica Guimarães e Susana Azevedo.


Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
20/11
11:06

Plano Diretor: é hora de pensar no futuro de Aracaju

O prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PC do B) entregou aos vereadores de Aracaju o projeto revisado do Plano Diretor da cidade.

A iniciativa, embora demasiadamente atrasada  (por mais de dois anos se espera por isso), é louvável. Merece destaque por existir uma preocupação  em viabilizar a existência de uma  lei que ordene o crescimento da cidade .

Mas é preciso que os vereadores exibam  todo o conteúdo do PD para que a sociedade possa  discutir  e possibilitar a aprovação de uma legislação capaz  de conter os abusos de empreiteiros que constroem  prédios nas calçadas e destroem  manguezais para  formar verdadeiros “barraventos” em Aracaju. 

É preciso que a Câmara tenha compromisso com a cidades e os seus cidadãos e não se deixe   levar pelos interesses dos construtores, que não pensam em meio ambiente e no bem estar de todos, mas apenas em usar cimento e cal para ganhar dinheiro. 

A Câmara de Aracaju não pode dar as costas ao povo da cidade, que deseja ter realmente boa qualidade de vida.


Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
20/11
10:58

Déda começa a definir o novo secretariado

O governador Marcelo Déda (PT) começou a movimentar as pedras do xadrez da formatação do seu segundo governo, que começaem1ºde janeiro de 2011.

Licenciado, por causa de uma 
cirurgia corretiva a que se submeteu, Déda mexe pedra por pedra longe do Palácio de Despachos e, por enquanto,ainda umpouco afastado dos aliados.

Nesta fase inicial das 
definições,ele avalia perfis e a necessidade de necessidade de manter ou não a atual estrutura de governo, com 27 secretarias.

O governador tem perfis que se enquadraram bem 
nas pastas que hoje se encontram e é possível a preservação deles em suas pastas, a exemplo de Jorge Santana (Secretaria de Desenvolvimento), João Andrade (Fazenda), José de Oliveira Júnior (Casa Civil) e Valmor Barbosa (Infraestrutura).

Dá-se também como certa a 
preservação do governador interino (vice) Belivaldo Chagas, que há cinco meses atua também na Secretaria de Educação.

Os demais casos vão ser conversados no decorrer dos 
próximos dias. Até o anúncio oficial, o governador pretende preservar o sigilo. Mas essas coisas sempre vazam e geram brigas e situações constrangedoras.


Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
20/11
10:56

Bancada federal discute as emendas de SE ao OGU de 2011

Na próxima terça-feira, dia 23, às 11h, em Brasília, o senador Antônio Carlos Valadares (PSB), coordenador da bancada federal de Sergipe, reúne os 8 deputados federais e 3 senadores para discutir o encaminhamento das emendas coletivas de interesse do Estado para o Orçamento Geral da União (OGU)de 2011.

A simples abertura das discussões suscita a necessidade de empenho de todos os parlamentares e do chefe do Executivo Estadual na luta pela liberação de verbaspara Sergipe, um Estado pequeno e muito carente de obras estruturantes. O governo do Estado já definiu a sua pauta de emendas.

A UFS também pretende apresentar uma e os prefeitos do interior desejam investir junto aos deputados e senadores em busca de verbas de emendas individuais, isso embora andem meio descontentes com o recebimento desse tipo de recurso, pois "aonde a verba vai,a CGU e o TCU vão atrás".


Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
19/11
21:10

Edvaldo entrega Plano Diretor à Câmara

A proposta revisada do Plano Diretor de Aracaju foi entregue pelo prefeito Edvaldo Nogueira na manhã desta sexta-feira, 19, na Câmara Municipal de Aracaju (CMA). O Plano é um instrumento básico da política de desenvolvimento municipal, cuja principal função é orientar a atuação do poder público e da iniciativa privada na ocupação e construção do espaço urbano.

O prefeito fez questão de lembrar que Aracaju possui um Plano Diretor desde 2000, e que hoje ele entregou apenas uma revisão do documento, proposta e aprovada pelo Conselho de Desenvolvimento Urbano e Ambiental (Condurb), que congrega representantes da Prefeitura de Aracaju, órgãos ambientais, universidades, CREA, entre outras entidades.

"O plano foi aperfeiçoado e agora traz elementos novos, como o Código de Meio Ambiente. Esse é um momento muito importante, pois o novo documento permite que Aracaju possa se desenvolver mantendo a qualidade de vida e a sustentabilidade ambiental", explicou Edvaldo.

Foto: André Moreira


Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
Primeira « Anterior « 838 839 840 841 842 843 844 845 846 847 848 » Próxima » Última

Enquete


Categorias

Arquivos