31/01
21:57

49% dos parlamentares querem reduzir a jornada de trabalho

Estudo feito pelo INSTITUTO FSB PESQUISA, com 340 deputados e
senadores da nova Legislatura, mostrou que a maioria é a favor da
diminuição da carga 44 para 40 horas semanais



Quase metade do novo Congresso Nacional é a favor da
redução da jornada de trabalho de 44 para 40 horas. Já 31% dos
deputados e senadores da nova Legislatura (2011-2015) são contra a
diminuição da carga horária e 20% não souberam responder ou não tem
opinião sobre o assunto. Os dados são do estudo “Mídia & Política”
(/clique aqui e veja íntegra da pesquisa[1]/), feito pelo /Instituto
FSB Pesquisa/ com 340 parlamentares (307 são deputados federais e 33,
senadores de todos os 21 partidos que possuem representação no
Legislativo), 57% do novo Congresso, que toma posse nesta terça-feira,
1 de fevereiro.

              Os parlamentares mais favoráveis à redução da jornada
de trabalho são os que se autodenominaram de esquerda. Entre eles, 65%
dos deputados e senadores votariam pela diminuição da carga horária e
17% se posicionam contra. Já entre os de direita, 51% são contra a
redução da jornada e 34% são a favor. E, finalmente, entre os
deputados e senadores que se classificam como centro, há um equilíbrio
de forças: 37% se posicionam contra e 36% a favor da redução da carga
trabalhista.

              A Reforma Trabalhista é o quarto tema mais citado como
prioridade para a votação no primeiro semestre de 2011. Para 65% dos
parlamentares ouvidos pela pesquisa Mídia & Política, a prioridade de
votação no primeiro semestre de 2011 é a Reforma Política, seguido
pela Reforma Tributária (50%) e pelo Código Florestal (11%).

             “O primeiro semestre legislativo dos presidentes têm
oferecido grandes oportunidades de mudanças regulatórias. Foi assim
com FHC em 1995 e com Lula em 2003. Neste ano, a agenda convergente de
Dilma Rousseff e do novo Congresso aponta como prioridades as reformas
política e a tributária. Ainda que outros temas possam ter tramitação
acelerada nesse período, há um grande expectativa de avanços nessas
duas matérias”, analisa o cientista político Wladimir Gramacho,
coordenador da pesquisa e diretor do /Instituto FSB Pesquisa,/
especializado emdiagnósticos de imagem a partir de levantamentos com
parlamentares, jornalistas, demais líderes de opinião e tomadores de
decisão.

                  Os dados dessa quarta edição do /Mídia & Política/
também indicam que não há espaço para aumento da carga tributária. Ao
contrário, 71% dos novos congressistas querem vê-la reduzida
rapidamente. A Contribuição Social para a Saúde (CSS) seria derrotada,
já que 56% dos deputados e senadores são contra a criação deste
imposto.

             EXPECTATIVA E AVALIAÇÕES – O novo Congresso Nacional
está otimista em relação à próxima Legislatura. Quase 80% dos
parlamentares avaliam que o trabalho será ótimo ou bom. Os que têm a
expectativa mais positiva são os deputados e senadores do PSB e PT. E
as avaliações mais negativas são do DEM e PSDB.

              Ao analisarem a Legislatura anterior (2007-2011), 44%
dos parlamentares ouvidos pela pesquisa do /Instituto FSB/
consideraram o desempenho dos seus antecessores regular. O DEM (57%),
o PSDB (56%) e o PDT (56%) foram os partidos que avaliaram de maneira
mais negativa essa Legislatura. Em contraposição, o PR e o PMDB foram
os que mais qualificaram como ótima e boa.

              Quando perguntados sobre a expectativa em relação ao
Governo Dilma, a grande maioria dos novos congressistas (77%) está
bastante otimista, considerando o desempenho ótimo e bom. Nenhum dos
partidos afirmou que o Governo Dilma Rousseff seria péssimo numa
escala de ótimo, bom, regular, ruim e péssimo. Entre os principais
partidos de oposição, 14% dos entrevistados afirmaram que o governo da
Presidente petista seria ruim.

             O Governo do ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi
bem avaliado pelos novos deputados e senadores. Para cerca de 80%
deles, Lula fez uma gestão classificada como ótima e boa do Brasil.
Para 63% dos parlamentares do PSDB e 57% do DEM, o governo anterior
foi apenas regular.  Nenhum parlamentar do DEM avaliou como ótima a
gestão Lula.

Política
Com.: 2
Por Eugênio Nascimento
31/01
21:18

Confira os jogos desta terça-feira


LIBERTADORES
Deportivo Quito x Independiente

ITALIANO
Milan   x  Lazio

INGLÊS
Arsenal x Everton
Birmingham x Manchester City
Sunderland x Chelsea
Blackpool x West Ham
Bolton x Wolverhampton
West Bromwich Albion x Wigan
Manchester United x Aston Villa


Esportes
Com.: 0
Por Kleber Santos
31/01
19:09

Tudo pronto para a posse dos deputados estaduais

Mônica Azevedo, da Agência Alese

Amanhã, 1º de fevereiro, às 15 horas, os 24 deputados estaduais

eleitos e reeleitos em outubro passado, tomarão posse para exercerem

seus mandatos durante a 17ª Legislatura da Assembleia Legislativa,

período que começa nesta terça-feira e se estende até 31 de janeiro de

2015. Ainda à tarde, será realizada a eleição da Mesa Diretora da

Casa, que vai administrar o Legislativo durante o biênio 2011 e 2012,

quando serão escolhidos presidente, vice-presidente e quatro

secretários.

A 17ª Legislatura traz nomes já conhecidos dos eleitores sergipanos,

alguns já exercem seu quinto mandato, como a deputada estadual Susana

Azevedo (PSC), mas algumas personalidades respeitadas em seus

segmentos irão sentar pela primeira vez nas cadeiras da Assembleia

Legislativa, como Capitão Samuel (PSL), primeiro policial militar a

ocupar uma das vagas do Parlamento e João Daniel (PT), representante

do Movimento Sem Terra (MST) do Estado, que espera ser a voz do homem

do campo dentro legislativo.

A renovação da Casa do Legislativo é de 37,5%, sendo 12,5% que voltam

ao Parlamento, 25% assumem o cargo de deputados estaduais pela

primeira vez e 62,5% foram releeitos para mais um mandato. Zeca da

Silva (PSC), reeleito, vai assumir a Secretaria de Estado do

Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (Sedetec) e dará lugar

ao suplente, nome ainda não definido, pois há divergência se o cargo

pertence à coligação, Gilmar Carvalho (PR), ou caso seja levada em

consideração a tese de que a vaga é da coligação, assumirá Victor

Mandarino (PSC).

Nas últimas eleições, dos 24 deputados que encerraram seus mandatos,

três não se candidataram a nenhum cargo eletivo: Armando Batalha

(PSB), Celinha Franco (DEM) e Nicodemos Falcão (DEM), que assumiu a

vaga deixada por Ulices Andrade (PDT), nomeado conselheiro do Tribunal

de Contas. Dois disputaram uma das cadeiras da Câmara Federal e foram

eleitos deputados federais: André Moura (PSC) e Rogério Carvalho

(PSC). Quatro não foram reeleitos: Antônio Passos (DEM), Pastor

Mardoqueu (PRB), João da Graças (PT do B) e Professor Wanderlê (PMDB).

Deputados estaduais 2011/2014

Reeleitos

Adelson Barreto (PSB)

Luiz Mitidieri (PSDB)

Susana Azevedo (PSC)

Venâncio Fonseca (PP)

Conceição Vieira (PT)

Garibalde Mendonça (PMDB)

Angélica Guimarães (PSC)

Augusto Bezerra (DEM)

Zeca da Silva (PSC)

Arnaldo Bispo (DEM)

Goretti Reis (DEM)

Paulinho da Varzinhas (PT do B)

Francisco Gualberto (PT)

Pastor Antônio dos Santos (PSC)

Ana Lúcia (PT)

Eleitos pela primeira vez

Capitão Samuel (PSL)

Jeferson Andrade (PDT)

João Daniel (PT)

Zezinho Guimarães (PMDB)

Gustinho Ribeiro (PV)

Gilson Andrade (PTC)

Voltam à Assembleia

Maria Mendonça (PSB)

José Franco (PDT)

Mundinho da Comase (PSL)



Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
31/01
18:09

Em recurso, PRE/SE pede cassação de Maria do Carmo e suplentes

 A Procuradoria Regional Eleitoral em Sergipe (PRE/SE) recorreu ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pedindo a cassação do mandato da senadora Maria do Carmo Alves (DEM) e de seus suplentes Emanuel Messias de Oliveira Cacho e Virgínio José de Carvalho Neto. A Senadora é acusada de ter feito caixa dois durante a campanha de sua candidatura em 2006.
 
O Tribunal Regional Eleitoral em Sergipe (TRE/SE), por maioria, julgou improcedente a ação eleitoral proposta pela PRE/SE que pedia a cassação do mandato. Agora, a Procuradoria recorre ao TSE.
 
Durante a referida campanha eleitoral, supostos 'movimentos de apoio' à candidatura de Maria do Carmo realizaram inúmeras atividades dispendiosas por todo o Estado que não foram declaradas como gasto de campanha. No recurso, o procurador regional eleitoral, Ruy Nestor Bastos Mello, lembra que essas verbas não foram declaradas nos gastos de campanha, sequer como receitas estimáveis, conforme se observou da prestação de contas da então candidata ao Senado.
 
Ficou ainda demonstrado no processo que a senadora tinha conhecimento das atividades dos 'movimentos', inclusive participando diretamente de, ao menos, um deles. Para a PRE/SE, tais 'movimentos' foram financiados por recursos de caixa dois da senadora e de seus suplentes, também beneficiados com o ato.
 
 


Variedades
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
31/01
15:56

O perfil do emprego criado na economia sergipana em 2010

Por Ricardo Lacerda*

A geração de emprego na economia sergipana alcançou patamar inusitado em 2010.  Para efeitos de comparação, serão analisados os dados de doze meses, entre dezembro de 2009 a novembro de 2010, em razão da mudança procedida pelo MTE na sistemática de apuração dos dados do CAGED no mês de dezembro de 2010. Nos doze meses acumulados até novembro, foram criados 20.674 empregos com carteira assinada, resultado 64,5% superior à maior geração de emprego anterior, que havia sido nos doze meses acumulados até novembro de 2008, de 12.571 empregos formais.

O objetivo do presente artigo é o de apresentar o perfil desse emprego criado, em termos da escolaridade dos novos empregados e tipos de ocupação que foram mais demandados. Ainda que o espaço disponível não permita uma análise mais exaustiva, serão apresentadas algumas características importantes de novo emprego que tem surgido na economia sergipana.

Escolaridade

Há alguns fatos muito interessantes, referentes ao grau de instrução das pessoas empregadas nesse período, em que 60,6% dos novos empregos foram ocupados por pessoas com ensino médio completo e incompleto, sendo que, em mais da metade de todos os empregos, 51,6%, as pessoas contratadas detinham o ensino médio completo. Esse dado sinaliza para a importância do grau de escolaridade para aumentar as oportunidades de inserção no mercado de trabalho formal, mesmo que a função ocupada possa ter como requisito um grau de instrução inferior.  Dos 20.674 empregos criados no período, 12.534 foram ocupados por pessoas com ensino médio, dentre as quais, 10.677 contavam com o ensino médio completo.
 


Economia
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
31/01
15:48

Inscrições do Pré-universitário/Seed são prorrogadas

A Secretaria de Estado da Educação (SEED) prorrogou para até esta terça-feira, 1º de fevereiro, as inscrições do processo seletivo do Pré-universitário/Seed. As inscrições tiveram início no último dia 18 de janeiro. Este ano serão ofertadas 5.950 vagas. As provas serão realizadas no dia 20 de fevereiro, e os locais onde serão realizados os exames estarão disponíveis no site da Seed a partir do dia 5 de fevereiro.

Para se inscrever o candidato precisa levar as originais e xerox do RG, CPF, comprovante de residência e certificado de conclusão do Ensino Médio. Segundo Gabriele Zelice, os alunos que estão cursando o 3º ano também podem participar. Para isso, será necessário apresentar uma declaração da escola onde estuda, informando que o aluno está cursando o 3º ano do Ensino Médio. O Pré-universitário/Seed é destinado aos alunos ou egressos da escola pública.

Locais de inscrição

Os candidatos às vagas dos municípios de Aracaju, Barra dos Coqueiros e Nossa Senhora do Socorro devem se inscrever na sede do Programa Pré-Universitário, na rua Boquim, 457. Já para os candidatos do interior do Estado, as inscrições ocorrem nas sedes das DREs e nos locais onde as aulas irão acontecer.

Sucesso

O sucesso do Pré-Universitário pode ser verificado nos resultados dos últimos vestibulares que aconteceram no início deste ano. Ao todo, a rede pública estadual de ensino de Sergipe aprovou 3.030 estudantes em concursos vestibulares realizados neste início do ano de 2011. Desse total, 1.980 conquistaram vagas na Universidade Federal de Sergipe (UFS) e 1.050 foram aprovados em instituições particulares



Variedades
Com.: 1
Por Eugênio Nascimento
31/01
15:47

ANS inicia processo de fiscalização da cobertura pediátrica em Sergipe

Agência institui prazo para que as operadoras se pronunciem sobre suas redes de prestadores

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), por intermédio do Núcleo ANS Bahia, abriu processo para apurar a suspensão de atendimento de médicos e prestadores na pediatria de Sergipe. Durante a visita ao estado na última sexta-feira, quando representantantes da Agência participaram de reunião com os representantes do setor, de beneficiários e do Procon local, foram tomadas as seguintes medidas:

 1.         estipulado prazo para que as operadoras se pronunciem sobre sua rede credenciada no Estado e a garantia de cobertura nessa especialidade;

2.         iniciado processo de fiscalização;

A ANS ressalta que é dever das operadoras de planos de saúde garantir o atendimento a todas as especialidades médicas e procedimentos previstos no Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde, sob pena de se configurar negativa de cobertura assistencial, sujeita a aplicação de penalidade de multa pecuniária.

A ANS está empenhada em concluir as medidas para resolver o assunto com a celeridade que o caso requer.



Variedades
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
30/01
19:57

Sergipe goleia o Socorrense

No último amistoso do Sergipe antes da estreia no Estadual, o time alvirrubro derrota, por 7 a 0, o Socorrense, campeão da “Segundona”, neste domingo, no campo do Fair Play, na zona de expansão de Aracaju. É a terceira vitória do Sergipe na pré-temporada, depois de vencer a Seleção de Japaratuba, por 4 a 1, e a Seleção de Glória, por 1 a 0. O Sergipe estreia no Campeonato Sergipano contra o Confiança, no próximo domingo, às 16 horas, no Estádio Batistão. 

A partida foi marcada pelo bom desempenho do poder ofensivo do time, que dos sete gols, marcou cinco vezes. Destaque para Rafael Grampola por marcar três gols, um no primeiro tempo e dois no segundo; e os atacantes Wesley e Oswaldo que também deixaram o seu. A surpresa foi o zagueiro Flávio, por marcar dois gols no primeiro tempo.

O amistoso serviu para o treinador Ari Mantovani fazer vários testes na equipe, tanto tecnicamente como taticamente, sobretudo, no segundo tempo.

 O jogo

O amistoso começou com as duas equipes se estudando muito, poucos foram os lances de perigo. Nos primeiros minutos, o atacante Eanes foi substituído por Wesley, após sentir uma fisgada muscular.

Quando tudo parecia transcorrer para o primeiro tempo acabar sem gol, o Sergipe dá o pulo do gato e marca três gols nos cinco minutos finais. Após a cobrança de escanteio do meia Paulinho, o zagueiro Flávio aproveita a sobra dentro da pequena área e chuta para o fundo das redes. Dois minutos depois, o atacante Rafael Grampola arranca pela direita como um verdadeiro ponta, invade a área, chuta forte cruzado e surpreende o goleiro Hudson, que espalma a bola para dentro do gol. Nos acréscimos, outro escanteio para o Sergipe. Paulinho cobra, a bola viaja pela área, e na segunda trave o zagueiro Flávio escora de perna esquerda marcando o terceiro gol do time colorado.

O segundo tempo começa com duas mudanças. O zagueiro Totti entra no lugar de Flávio, e o ala Bruno substitui o volante Henrique. Com o placar em vantagem, o Sergipe aproveita para explorar os contra-ataques. E o Socorrense começa a segunda etapa pressionando. Em cinco minutos, consegue duas faltas frontais que chuta com perigo. A primeira, o meia Kiko bate bem na bola e o goleiro Nilson defende para escanteio. Na outra, o meia Júnior chuta colocado e a bola passa perto do gol do camisa 1 alvirrubro.

Mais gols

O troco do Sergipe acontece aos 12 minutos. No contra-ataque, o meia Thiago faz uma assistência para Grampola, que dentro da área pela direita, chuta sem chances para o goleiro. Segundo gol do camisa 9 colorado e quarto do time. A partir daí, o adversário ameaça pouco e o técnico Ari Mantovani continua a testar os jogadores. Thiago cede a vaga para Renan, depois o ala-direita Elisson Gaúcho sai para a entrada de Bruno, e Magno entra no lugar de Paulinho. Apesar das mudanças, o time não perde o entrosamento. Aos 32 minutos, Grampola aproveita o contra-ataque do Sergipe, infiltra-se na área e marca mais um no amistoso. Dois minutos depois, o atacante Wesley recebe a bola dentro da pequena área, de Magno, e marca o sexto gol do time. Depois tem mais mexe-mexe no Sergipe. Rodrigo sai para a entrada de Bruno Xavier e Grampola cede espaço para o atacante Oswaldo. Aliás, Oswaldo entra com o pé direito, ou melhor, com o esquerdo. Pouco tempo depois de entrar no jogo, recebe a bola, avança para a área e chuta forte de canhota, marcando o sétimo gol do Sergipe e encerrando a goleada. 

 FICHA TÉCNICA

 Sergipe:

Nilson, Elisson Gaúcho (Bruno 2), Flávio (Totti), Willian Goiano e Rodrigo (Bruno Xavier); Pablo, Henrique (Bruno), Paulinho (Magno) e Thiago (Renan); Eanes (Wesley) e Rafael Grampola (Oswaldo).

Técnico: Ari Mantovani

 Socorrense:

Hudson, Uingrid, Thiago, Vitor e André; Danilo (Capela), Flavio, Kiko e Júnior; Yahoo e Capelinha.

Técnico: Pimenta

 Amistoso estadual

Local: Campo do Fair Play, em Aracaju-SE

Horário: 15h30min

Árbitro: José Humberto Ferreira

Auxiliares: Vaneide Vieira de Góis e José Crispin dos Santos.

Gols: Rafael Grampola (3), Flávio (2), Wesley e Oswaldo.

 

 



Esportes
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
1 2 3 4 5 6 » Próxima » Última

Enquete


Categorias

Arquivos