31/05
13:35

Se Déda é um fascista, a deputada Ana Lúcia precisa romper imediatamente com o PT, recomenda no PSTU

 
Em entrevista ao programa Jornal da Tarde, na segunda-feira, 28, a deputada estadual Ana Lúcia (PT) afirmou que nem Hitler, o maior fascista que a história conheceu, tratou os educadores como o atual governador de Sergipe, Marcelo Déda (PT). Se Déda é fascista, a deputada Ana Lúcia precisa romper imediatamente com o Partido dos Trabalhadores (PT). A não aplicação do piso do magistério não é uma política individual do governador, é uma política de governo e uma política do seu partido, o PT. Logo, a deputada Ana Lúcia não pode viver nessa eterna contradição. As críticas não podem ficar em discurso, precisam ser concretizadas em ações. E, a principal ação que a deputada tem que tomar é romper com o PT. Esse partido está morto como representante dos trabalhadores. Hoje, o PT é inimigo da classe trabalhadora.
 
A corrente política da deputada Ana Lúcia dirige o Sindicato Estadual dos Professores (SINTESE). A categoria tem lutado bravamente nos últimos anos contra o governador do PT. E Ana Lúcia, como parte do comando dessa batalha, não pode estar hora na trincheira dos professores e hora na trincheira de quem governa contra eles. Marcelo Déda, além de não cumprir a Lei Nacional do Piso do Magistério, vem destruindo o plano de carreira dos professores. As greves têm sido a arma dos trabalhadores da educação e somos solidários a sua luta. Porém, o problema da categoria também está na direção de quem conduz a greve e o sindicato. Os militantes do PT que dirigem o sindicato têm um limite. São militantes do mesmo partido que o governador, ou seja, estão juntos no mesmo projeto político do Estado como aquele que ataca a categoria. É preciso romper com o PT, romper com o governo de Marcelo Déda, caso contrário, a luta dos professores será derrotada.
 
Em outubro teremos eleições municipais. A deputada Ana Lúcia vai subir no mesmo palanque com aqueles que massacram os professores, que não cumprem com a Lei Nacional do Piso do Magistério, que destroem com o plano de carreira dos trabalhadores em educação? Achamos que isso é um erro. Ana Lúcia não pode mais pedir voto na legenda do PT, ao fazer isso estará se contradizendo. Assim como os professores não podem votar em nenhum candidato do PT, seja ele qual for, bem como também não podem votar na direita oligárquica. Convidamos Ana Lúcia a subir no palanque com os lutadores. Chamamos a construir a Frente de Esquerda com PSTU, PSOL e PCB. A deputada e sua corrente política não podem colocar a vontade de eleger parlamentares pelo PT à frente da luta e das necessidades dos trabalhadores, em especial dos trabalhadores da educação.
 
Por último, o PSTU reafirma o convite feito à deputada Ana Lúcia ano passado. Ana Lúcia tem uma história construída nas lutas dos trabalhadores. O PT já não é mais seu lugar. O PT das lutas não existe mais. É preciso construir uma nova alternativa para os trabalhadores, o PSTU é parte desta luta. Estamos mais uma vez fazendo um chamado à deputada Ana Lúcia e a sua corrente política. Venham ao PSTU. O nosso partido é pequeno, mas é inquestionavelmente de luta e está a serviço exclusivamente dos trabalhadores, da juventude e do povo pobre. Somos um partido democrático e somos espaço que pode abrigar todos aqueles e aquelas que lutam e teimam em sonhar e ousar construir uma sociedade justa, solidária e socialista.
 
Aracaju, 31 de maio de 2012.
 
Vera Lúcia
Presidente Estadual do PSTU



Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
31/05
08:06

O Esporte vai transformar crianças no Santa Maria


Por Kleber Santos

Estarei presente hoje, logo mais às 9 horas, para a inauguração da Escola do Esporte, no Santa Maria, cujo projeto beneficiará 400 crianças e adolescentes diariamente, com aulas em 11 modalidades. É algo fantástico!

Será um dia especial porque verei a realização de um sonho sonhado pelo meu amigo Maurício Pimentel, há mais de 3 anos. Lembro-me qd o entrevistei logo que entrou na Secretaria de Esporte e contou dos seus inúmeros projetos, dos quais este era a "Meninas de seus Olhos".

Ontem, visitei o local e fui vê-lo pela primeira vez depois da minha chegada de viagem, e nos emocionamos com a realização deste sonho pq lembramos muito bem do tempo quando este sonho era apenas um feto no imaginário de Maurício. 

O projeto é tão importante e inédito no país que o Ministro do Esporte estará presente. Ontem, um assessor do ministro já esteve presente e ficou encantado. 

O projeto só está sendo realizado graças à parcerias do Governo do Estado, Prefeitura de Aracaju, Secretaria de Esporte, e Secretaria de Inclusão, Assistência e Desenvolvimento Social,  Secretaria de Infraestrutura.


Esportes
Com.: 0
Por Kleber Santos
31/05
07:38

Déda hoje - “Se correr, o bicho pega. Se ficar, o bicho come.” Mas se enfrentar, o bicho foge!

O governador Marcelo Déda (PT) vive um momento ruim de sua gestão, aquele que comumente chamam de inferno astral, sempre que o Estado está envolvido em negociações salariais. Em anos passados, os atritos eram mais intensos com as Polícias Civil e Militar e neste o problema maior é com os professores, a categoria do serviço público estadual e que tem o sindicato mais atuante e melhor organizado de Sergipe, o Sintese.

Neste momento, o Sintese briga pelo reajuste de 22,22% para toda a categoria e não apenas para o número restrito de servidores, como fez o governo, que tem exposto publicamente as dificuldades financeiras enfrentadas pelo Estado, inclusive a possibilidade de comprometimento diante da Lei de Responsabilidade Fiscal, e a falta de condições para atender aos anseios dos sindicalistas. Isso não tem sido o bastante.

A falta de definição ou pelo menos do anúncio do reajuste salarial dos servidores estaduais vem irritando vários outros segmentos do serviço público. Desde março último que o funcionalismo aguarda a divulgação do (s) índice (s) e tem ficado sem respostas concretas. O governo não diz sequer se haverá um reajuste. A mudez irrita as categorias, que desejam ver pelo menos alguns, ainda que parcos, trocados em suas contas bancárias.

O outro ponto de dificuldade vivido pelo governo diz respeito às negociações para a escolha daquele que será o representante do bloco na disputa pela Prefeitura de Aracaju. Os petistas querem o deputado federal Rogério Carvalho e os socialistas brigam pelo também deputado federal Valadares Filho. São legítimas as aspirações, como legítimo seria que o governador Marcelo Déda defendesse o candidato de seu partido.

Mas, com a faca no pescoço, Déda não conseguiu ainda se posicionar sobre o tema. Convoca candidatos, lideranças e presidentes de partidos aliados e sempre marca uma ou duas reuniões para a semana seguinte. Os aliados do PSB jogam em 2012 mostrando o que pode acontecer em 2014, quando Déda pretende disputar o Senado e precisará do apoio de todos. Acuado, o governador vive aquele momento Se correr, o bicho pega. Se ficar, o bicho come.” Mas os amigos têm lhe dito que se enfrentar, o bicho foge! Será?



Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
31/05
06:55

Professores tiveram reajuste salarial de mais de 250% no governo Déda

Em cinco anos, todos os professores da rede pública estadual receberam reajustes salariais que variam entre 120% a 250%. O incremento na renda dos docentes pode ser constatado por meio de uma simples comparação entre as tabelas remuneratórias dos anos de 2006 e 2012. Tal realidade, agregada ao investimento de mais de R$ 65 milhões com as constantes reformas e ampliações de unidades escolares (cerca de 100 estão com suas obras concluídas ou em andamento), ratifica o compromisso do poder público estadual com a educação dos sergipanos.

Conforme o governador Marcelo Déda, a tabela salarial do magistério comprova que nenhum professor do Estado recebe menos que o piso (R$1.451), embora o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado de Sergipe (Sintese) esteja disseminando o contrário. Segundo ele, o que o Sindicato vem exigindo é um aumento de 22% para toda a categoria.

Um professor com nível superior em início de carreira (Nível 1P - Letra A), por exemplo, em 2006 recebia uma remuneração (inclui salário, vantagens e regência de classe) de exatos R$1.024,26. Hoje, não recebe menos que R$2.326,52 (aumento de 127,14%). Ao final da tabela, vê-se que um professor-doutor que atua na rede estadual e está em final de carreira (Nível 4P - Letra J) recebia, em 2006, a remuneração de R$2.256,66. Atualmente, este mesmo educador ganha R$5.452,44 (aumento de 141,62%).

Os professores que têm apenas nível médio (que agora fazem parte do quadro em extinção QPE-Letra J), segundo Lei Complementar Estadual 213/2011 aprovada em dezembro do ano passado, em 2006 terminavam a carreira com remuneração de R$ 936,88, em 2012 estes mesmos professores em situação similar recebem uma remuneração de R$ 3.331.99, um reajuste de 255,65% nos cinco anos do atual governo.

Em Sergipe, os professores dispõem, ainda, de vantagens como a Progressão Vertical Automática, no caso de especialização, mestrado e doutorado; Incentivo Interiorização referente à distância da residência; Regência de Classe equivalente a 40% do vencimento básico; e Formação Inicial e Continuada.

“Nenhum trabalhador recebeu 22% de reajuste de salário neste ano. O Estado não tem recursos para pagar. São R$ 150 milhões só para uma categoria. Só as medidas anunciadas para o Sertão chegam a quase R$ 90 milhões em investimentos. Não pode parar as obras e os investimentos no Sertão, ou deixar de pagar as demais categorias só para atender a uma”, afirma Déda.

Prejudicados

Déda lembra que o Sintese já foi recebido tanto por ele quanto por secretários de Estado e tomou conhecimento da situação financeira atual. "Como pode prejudicar crianças e adolescentes sabendo que o Governo não tem como pagar?”, indagou o governador, avaliando que a greve dos professores é "contra os alunos, contra os pais e mães de famílias que querem seus filhos na escola".

“É mentira que eu não estou cumprindo a lei, se o Governo não estivesse cumprindo a lei, ao invés da greve, os professores ingressariam na Justiça para que o juiz determinasse o pagamento de 22% para todos. E depois o Governo passou o limite prudencial na sua folha de pagamento”, explica Déda, acrescentando que em Sergipe somente cerca de 300 professores ativos recebiam como vencimento básico menos que o piso. Este reajuste já foi feito em março, retroativo a janeiro. (Da assessoria)



Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
31/05
06:51

ARACAJU - Governador inaugura escola no bairro Santa Maria

O governador Marcelo Déda vai inaugurar nesta quinta-feira, 31, a partir das 9h, a Escola de Esportes Professor Kardec, localizada no bairro Santa Maria. A solenidade contará com a presença do ministro do Esporte, Aldo Rebelo. A escola ofertará 400 vagas em 11 modalidades esportivas e tem por objetivo oportunizar o acesso, a iniciação e a prática esportiva como ferramenta para o desenvolvimento cognitivo, humano e crítico de crianças, adolescentes e jovens em situação de vulnerabilidade social.

O espaço, que é mais uma iniciativa integrante do Plano Sergipe Mais Justo, conta com uma área de 1.950 m², fruto de R$ 793.252 mil em investimentos. A unidade atenderá prioritariamente crianças, adolescentes e jovens do bairro Santa Maria, integrantes de famílias em situação de extrema pobreza, com ações nas áreas de saúde, assistência social e esporte visando ao atendimento integral dos educandos e suas famílias. Futebol, voleibol, handebol, basquetebol, futsal, karatê, boxe, taekwondo, judô, jiu-jitsu e  kickboxing serão as modalidades esportivas ofertadas no complexo.


Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
31/05
06:43

Vereador apela a Déda para facilitar para pagarmento de taxas


 O líder da oposição, vereador Nitinho Vitale, apelou à sensibilidade do governador do  Estado, Marcelo Déda, para que ele facilitar as condições de pagamento e regularização de  automóveis junto ao Detran/SE, autorizando, por meio de lei aprovada na Assembléia  Legislativa de Sergipe, para que proprietários possam parcelar as taxas de licenciamento  anual e do IPVA. A preocupação do vereador foi pauta de pronunciamento na Câmara  Municipal de Aracaju, na tarde de ontem. Nitinho lembrou que, em Alagoas, ao receber o  boleto do licenciamento anual e da taxa de IPVA, o contribuinte já tem a possibilidade do  pagamento fracionado em até três parcelas disponíveis no documento.


Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
31/05
06:22

Dr. Emerson faz uma análise sobre as lógicas da política

Em pronunciamento na Câmara Municipal de Aracaju (CMA), o vereador Dr. Emerson Ferreira (PT) usou a tribuna para fazer uma análise sobre o exercício da política e o processo eleitoral. "É importante que reflitamos sobre o cenário social e o momento político", disse.

O vereador fundamenta a sua análise em pesquisas recentes indicando que os políticos constituem, nacionalmente, a categoria profissional mais desacreditada pela população. " Ao tempo em que, em nosso Estado, as pessoas indicam a expectativa e necessidade de renovação dos quadros políticos. Por que tudo isto acontece?", questionou.

O parlamentar destacou que "nas últimas décadas, houve proliferação de partidos políticos sem qualquer compromisso programático e com uma característica, partidos que não têm democracia interna, mas têm donos. Este é o principal fator impeditivo da renovação na política".

Na opinião de Dr. Emersojn, as eleições são disputadas sob duas lógicas. "Uma, hegemônica, que se caracteriza por políticos que têm compromisso com o dono do partido, com os financiadores de campanhas e com o favorecimento, prioritário, dos seus familiares. Esta lógica tem envolvido setores da polícia e do judiciário, estabelecendo em nosso país, um cenário de impunidades que estimula a corrupção", explica.

O petista ainda ressaltou que "os veículos da imprensa, enquanto concessão pública, estão predominantemente sob o controle dos políticos, promovendo a dominação ideológica e a aculturação da parcela pobre da população, complementa o vereador. A conseqüência dessa lógica é a sociedade injusta e violenta que vivenciamos".

Dr. Emerson também considera que "faz da política com instrumento do bem comum, que para ser exercida precisa ser construída sem o financiamento ilegal e criminoso, sem a conseqüente submissão aos financiadores, contribuindo para o fortalecimento da democracia. E é possível fazer política nessa lógica".

Concluindo, o vereador Dr. Emerson afirmou que "cada cidadão é livre para, em cada processo eleitoral, votar em uma dessas lógicas, porém precisa conhecer esta realidade, para que possa fazer a sua opção de modo consciente, e não enganado, permitindo que lhe roubem a consciência, que lhe comprem o voto". (Da assessoria)

 



Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
30/05
21:22

Moradores do Veneza clamam por mais segurança

No papel de mediador da população aracajuana, o presidente da Câmara Municipal de Aracaju (CMA), Emmanuel Nasciemento (PT) esteve nesta terça-feira, 29/5, com representantes da Associação de Moradores do Veneza, Valdson Santos e Neide Santos reunidos com o secretário adjunto de Segurança Pública João Batista, o comandante da Polícia Mlitar de Sergipe, Maurício Iunes,  a superintendente da Polícia Civil, Katarina Feitosa e o gerente comercial do Atacadão, Ederson da Silva para tentar solucionar questões da segurança da passarela do bairro Veneza.

Na ocasião, Emmanuel explicou que a passarela do Atacadão, localizada na BR 235, está sem iluminação e segurança. "O grande problema é que as pessoas por causa de assaltos na passarela, estão preferindo atravessar a avenida o que  provoca atropelamentos", informou.

Da Assessoria
 


Colunas
Com.: 0
Por Kleber Santos
1 2 3 4 5 6 » Próxima » Última

Enquete


Categorias

Arquivos