30/06
08:14

“Ação do MPE vai de encontro à coletividade”, reclama vereador

O vereador de Aracaju, Adriano Oliveira (PSDB), o “Adriano Taxista”, questiona a Ação Civil Pública do Ministério Público Estadual (MPE) contra a Prefeitura de Aracaju, através da SMTT (Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito), para retirada das placas de sinalização que exigem faixa única para ônibus em Aracaju. O órgão alega que tem recebido uma série de reclamações sobre transtornos causados no trânsito por conta das faixas exclusivas.

Por sua vez, o vereador Adriano Taxista explica que antes de ajuizar a ação contra a Prefeitura, o Ministério Público que tem o papel de defender o interesse da coletividade, deveria ter feito uma espécie de consulta pública. “Hoje mais de 60% da população aracajuana é usuária do transporte coletivo. Se é preciso melhorar, isso a gente tem consciência, mas acionar a PMA para retirar as faixas exclusivas de ônibus é um retrocesso!”.

Em seguida, Adriano continuou argumentando que faltou habilidade ao Ministério Público. “Do mesmo jeito que eles receberam reclamações, nós recebemos elogios. A função do MPE é defender aquilo que realmente beneficia o povo. Essa ação só interessa a quem tem carro próprio. As faixas exclusivas garantiram que as viagens nos ônibus fossem encurtadas, facilitou a vida dos usuários, privilegia os taxistas e agrada muito os rodoviários já por conta do stress no trânsito".

O vereador alertou que a Ação Civil Pública do MPE pode sim resultar e mais caos no já complicado trânsito de Aracaju. “O Ministério Público não pode ir de encontro à coletividade. Se retirar as faixas exclusivas, o trânsito vai voltar como era antes, a maior confusão. Antes de acionar a PMA, por exemplo, eu não vi o MPE se reunir e consultar os rodoviários, não vi se reunir e consultar os taxistas. Será que foram aos terminais para ouvir os usuários do transporte? Ou será que são movidos apenas por quem tem carro próprio?”, questionou.

Foto: Acrísio Siqueira


Política
Com.: 0
Por Kleber Santos
29/06
08:11

Projeto busca estimular desenvolvimento dos Territórios sergipanos

A proposta é oferecer ações que possam fortalecer os pequenos negócios nas áreas rural e urbana

Um projeto elaborado pelo Sebrae pretende estimular o desenvolvimento dos Territórios da Cidadania existentes em Sergipe. A proposta é oferecer ações que possam fortalecer os pequenos negócios nas áreas rural e urbana, contribuindo para facilitar a abertura de novos empregos e incrementar a geração de renda nos municípios.

E foi pensando em apresentar a iniciativa aos gestores públicos, empresários e representantes de entidades de classe que o Sebrae promoveu o I Seminário de Articulação para o Desenvolvimento Econômico Local e Territorial. As atividades foram realizadas nas cidades de Estância, Nossa Senhora da Glória, Propriá e Itabaiana, que representam respectivamente os Territórios do Sul, Alto Sertão, Baixo São Francisco e Agreste Central.

A ideia de trabalhar os Territórios se dá pelo importante papel representado por essas regiões na economia brasileira. Um estudo realizado pelo Instituto Data Popular mostrou que de cada R$ 10 gastos no Brasil, R$ 4 são gastos no interior. Isso representa um poder de consumo de R$ 827 bilhões ao ano, valor superior ao Produto Interno Bruto de países como Chile, Dinamarca e Portugal.

Para estimular o desenvolvimento dessas regiões o Sebrae elaborou o Projeto Desenvolvimento Econômico e Territorial (DET). A meta é fomentar as atividades produtivas que são geradoras de emprego e renda nos Territórios e disseminar o empreendedorismo, priorizando sempre as vocações dessas regiões. Porém, para que as ações sejam viabilizadas é necessário o apoio de entidades parceiras, de forma que seja criada uma rede de cooperação.

“ Para realizar um trabalho nessas regiões é preciso envolver as lideranças locais, pois são elas quem conhece melhor o território e podem assumir essa responsabilidade de promover as transformações necessárias. O nosso papel é fomentar essas discussões e buscar parcerias para alcançar os resultados esperados”, ressalta o superintendente do Sebrae, Emanoel Sobral.


Economia
Com.: 0
Por Kleber Santos
30/06
08:10

Governo preserva e promove cultura popular sergipana no Encontro Nordestino Arraiá do Povo

Governador Jackson Barreto assistiu à apresentação do Grupo Burundanga que, acompanhado de Dona Nadir da Mussuca, executou o autêntico samba de pareia, na noite desta terça-feira, 28, véspera de São Pedro, nos festejos na orla de Atalaia

“Viemos aqui aplaudir e prestigiar os nossos artistas, a nossa cultura popular, o nosso folclore, as nossas raízes”. A afirmação foi do governador Jackson Barreto, ao chegar na noite da última terça-feira, 28, véspera de São Pedro, ao Encontro Nordestino de Cultura – Arraiá do Povo, promovido pelo Governo de Sergipe, na orla da Atalaia. O governador assistiu à apresentação do Grupo Burundanga que, acompanhado de Dona Nadir da Mussuca, executou o autêntico samba de pareia, estilo de música bastante difundido durante o ciclo junino.

O govenador afirmou que a missão da Secretaria de Estado da Cultura, responsável pelo Encontro Nordestino, é exatamente promover e resgatar a cultura popular e o folclore sergipano e nordestino. “No ciclo junino temos que prestigiar a nossa música, o nosso forró, o nosso folclore. Nada contra os outros ritmos, mas nos festejos juninos temos que executar a nossa música e preservar as nossas raízes culturais”, enfatizou.

Para Jackson Barreto, a execução de ritmos, a exemplo do funk, rock, sertanejo e axé nas festas do período junino destoam da cultura popular sergipana e nordestina. “Não estou tecendo críticas aos que gostam dessas músicas, mas é preciso ter um pouco mais de cuidado quando se vai organizar a programação musical das festas juninas. Temos compromisso com as nossas raízes e com a nossa cultura popular”, enfatizou.

O governador percorreu toda a extensão da festa e recebeu cumprimentos e elogios pelos festejos juninos promovidos pelo governo. Como foi o caso do funcionário do Tribunal Regional do Trabalho, Marcelo Santana, que, acompanhado com a família, fez questão de elogiar o trabalho da Secult na promoção do Arraiá do Povo. “Esta festa é muito importante para divulgar a nossa cultura, o nosso folclore, mas é fundamental para incrementar o turismo. Nossos hotéis estão cheios e o governo está de parabéns por promover a nossa cultura e fomentar a economia do estado”, disse.

Foto: Victor Ribeiro/ASN


Variedades
Com.: 0
Por Kleber Santos
29/06
08:07

Prefeitura mantém tradição e cultura no Forró Caju 2016

Apresentações de trios pé-de-serra e quadrilhas de todo o Estado dão o tom da programação do Casarão da Clemilda, um dos espaços do Forró Caju 2016, criado pela atual gestão há três anos. São cerca de 100 atrações nas 12 noites de festa, mantendo um espaço para resgatar e valorizar cada vez mais a cultura e as tradições nordestinas.

Uma das quadrilhas juninas que abrilhantou o Casarão com cores, passos e alegria foi a quadrilha Século XX. A animação dos componentes encantou o público que acompanhava a apresentação mesmo embaixo de chuva. "Para nós é uma satisfação muito grande trazer nosso espetáculo para esse povo. Acho que o Casarão é uma maneira que a Prefeitura encontrou de incentivar ainda mais a cultura local dentro do Forró Caju. Trazer a cultura para um evento como esse é muito importante", afirma Willian Goes, componente da quadrilha.

A pernambucana Gleice Mary vê no espaço do Casarão o melhor local do Forró Caju. "Gosto do forró pé de serra e nada melhor do que acompanhar esse espaço aqui", explica a autônoma que mora em Aracaju há cerca de oito anos.

O aposentado Carlos Almeida é um frequentador assíduo da festa. Sergipano residente no Rio de Janeiro, Carlos aprova a ideia como um fortalecimento da cultura local. "É uma ideia muito boa. É muito bonito ver a nossa cultura ser apresentada", ressalta.

Outra que não perde as apresentações no Casarão é a dona de casa Daiane Correia. "Já vim aqui umas quatro noites desde o início do Forró Caju e pretendo vir até o último dia, pois é muito bom ver essas quadrilhas se apresentando. A Prefeitura acertou em cheio nessa programação", reforça.

Foto: Ana Lícia Menezes


Variedades
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
28/06
15:54

PMDB anuncia apoio à pré-candidatura de Edvaldo Nogueira


Partido contará com apoio do PC do B para lançar candidato ao Governo em 2018

O PMDB comunicou ontem seu apoio à pré-candidatura do ex-prefeito Edvaldo Nogueira (PC do B) a prefeito de Aracaju. O anúncio foi feito pelo governador Jackson Barreto (PMDB), que também confirmou a desistência do partido em apresentar uma candidatura própria, com o ex-secretário Zezinho Sobral.

“Queremos que Edvaldo compreenda a nossa posição e o esforço que foi feito para manter a unidade deste projeto. Confiamos em sua atuação e na manutenção dos nossos compromissos agora e em 2018, falou Jackson, avisando que também foi firmada uma aliança para a eleição de 2018, onde o PMDB terá candidato ao governo do estado.

“O PMDB abriu mão de dividir o nosso campo político, no sentido de que não poderíamos ter mais um candidato. Isso significaria enfraquecer um projeto político em nossa capital”, insistiu o governador.

Posicionamentos

JB ainda fez questão de frisar que o PMDB de Sergipe sempre teve comportamento um pouco diferente de alguns setores do partido. Segundo ele, o PMDB sempre se caracterizou como uma frente política, abrigando posicionamentos amplos – mas em Aracaju a sigla sempre esteve no campo progressista, apoiando candidaturas de centro-esquerda.

“A história mostra que esse sempre foi o nosso canto. Entendemos qualquer mudança que aconteça pelo país, mas em Sergipe nosso partido teve sempre um alimamento mais à esquerda, e vamos continuar trabalhando neste sentido, lembrou Jackson.

Comparação

Jackson adiantou que o mote da campanha eleitoral será uma comparação entre a atual administração e o governo de Edvaldo Nogueira. “Quando nós formulamos um projeto, formulamos para hoje e para o amanhã. Somos um grupo, um projeto político vitorioso há várias eleições. Temos feito um trabalho que corresponde aos interesses de uma boa parte da população sergipana, as eleições têm mostrado isso”, falou o governador.

Zezinho

Durante a reunião, Jackson Barreto fez uma homenagem a Zezinho Sobral, lembrando que o ex-secretário atendeu a um apelo seu, para que pensasse em um projeto do partido. “Zezinho consolidou nos últimos meses uma imagem de grande gestor, e passou a ocupar um espaço político, graças à sua capacidade de trabalho”, continuou Jackson.

Compromisso

O presidente estadual do PMDB, João Augusto Gama, ratificou que seu partido abrirá mão da disputa em 2016, mas que permanecerá na luta em 2018, com o compromisso de ser cabeça de chapa da base aliada. Ele disse ainda que esse processo não deixou sequelas no partido.

“Vamos trabalhar um nome para disputar o governo do estado em 2018. Essa decisão foi tomada ouvindo os diretórios municipais e lideranças do partido. O PMDB entendeu que é preciso ganhar a eleição, e vamos ganhar e manter o grupo unido para 2018l Tenho certeza que o compromisso de Edvaldo será mantido em 2018”, falou Gama.

Edvaldo

Presente à reunião, Edvaldo disse que ontem foi um dia de grande emoção e muito compromisso, lembrando que seu primeiro voto, em 1982, foi para Jackson Barreto, candidato a deputado federal. “Já ali o PMDB era esse partido que lutava contra a ditadura. Foi com Jackson que aprendi os caminhos de Aracaju, aprendi a olhar o que a população mais carente precisava”, contou Edvaldo.

O pré-candidato reiterou que a escolha do candidato em 2018 será do PMDB, numa eleição que será coordenada por Jackson Barreto. Ele também afirmou que Aracaju precisa de um projeto de parceria entre o governo e a prefeitura de Aracaju e que a essa união irá derrubar a candidatura conservadora de João Alves.

Deputados

O presidente do diretório municipal do PMDB, Garibalde Mendonça, elogiou Zezinho Sobral por ter atendido ao apelo do partido e parabenizou o peemedebista pelas suas atitudes. Ele também mostrou certeza da vitória do projeto do partido. “Tenho certeza que essa aliança será vitoriosa na eleição”, disse GAribalde, ressaltando que o PMDB possui hoje 36 pré-candidatos a vereador nesta eleição.

Já o presidente da Assembleia, Luciano Bispo, se colocou a disposição de Edvaldo e do PMDB, para ajudar na eleição municipal. “A posição do governador foi bem pensada, bem equilibrada. Vamos trabalhar e tornar Edvaldo prefeito de Aracaju mais uma vez”, bradou Bispo.

Zezinho Sobral, deputado estadual pelo PMDB, disse que Jackson, com sua experiência política, encontrou uma solução para que não houvesse uma descontinuidade no projeto construído pela esquerda. “Abraçamos essa causa, na esperança de que estamos construindo um projeto onde poderemos estar juntos em 2018.

Momento histórico

O presidente da Fundação Ulyssses Guimarães, Benedito Figueiredo, considerou o momento histórico e avaliou que o partido estava dando demonstrações importantes ao povo de Aracaju, como a de humildade, pelo fato de retirar sua candidatura. “Zezinho teve a humildade de chegar para Jackson Barreto e dizer que ele poderia fazer o que fosse necessário. Tenho certeza que será um grande nome para 2018”, falou, ressaltando que o partido não abrirá mão de indicar o governador em 2018.

Estiveram presentes ao os vereadores Bigode e Dr. Gonzaga, de Aracaju, além de diversas lideranças e pré-candidatos a vereador pelo partido.


Política
Com.: 0
Por Kleber Santos
28/06
15:00

Conde Bududa

Geraldo Duarte*

Surpreendentes ideários podem impressionar quaisquer pessoas, excetuadas as conhecedoras do ímpar e imortal Bududa. E quando este ousa transformar pensares em realidades, acudam-nos os céus, pois na Terra salvação inexiste.

Semana passada, explanou para os membros da Confraria do Copo, na Arcádia, antigo Bar do Tico, temática que classificou imprescindível e real à solução eficaz de parte da crise econômico-financeira nacional.

A consecução e implantação do “grandioso empreendimento”, a seu dizer, não ensejaria nenhuma despesa governamental, visto que todos os dispêndios seriam exclusivos do contribuinte.

Indubitável sua certeza da vitória do procedimento, assente no passado. Ademais, quanto à constitucionalidade, declarou a possibilidade de respaldo, inclusive citando a Constituição do Império do Brasil e arguindo a riqueza a ser gerada em favor do erário.

Assim, uma Medida Provisória – mágica atendente a tudo – possuiria o condão de recriar os ducados, marquesados, condados, viscondados e baronados. A nova nobreza brasileira, dado ao desenvolvimento, teria não apenas os 1211 títulos de então, mas número e valores de concessão ilimitados.

“Imaginem vocês, quão majestoso desfilar como duque, marquês, conde, visconde e barão com as esposas também nobilitadas. Eu, por modéstia, adquiriria a simples titulação de conde. Conde Bududa!”.

Pensei que galhofariam da insânia do Bu. Mas qual. Houve quem se dissesse amigo de deputado e senador e, na recusa de uma MP, conseguiriam a apresentação de projeto de lei.

Pronto! Não adianta descartar os “salvadores da pátria”. Haverá sempre um Bududa.

*Geraldo Duarte é advogado, administrador e dicionarista


Colunas
Com.: 0
Por Kleber Santos
28/06
14:02

TCE vai auditar as 20 principais obras em Sergipe

As 20 principais obras realizadas hoje em Sergipe, avaliadas pelos critérios do impacto social e pelo volume de recursos estadual e municipal envolvido, serão auditadas pela Diretoria de Controle Externo de Obras e Serviços (DCEOS) do Tribunal de Contas do Estado, através da sua Coordenadoria de Engenharia. A auditoria, que está prestes a começar, foi autorizada pelo Pleno do TCE/SE.

“Essa é uma obrigação que consta no Regimento Interno do TCE/SE e faz parte do nosso planejamento estratégico”, explica o diretor Adir Machado, adiantando que algumas dessas obras apresentam indícios de irregularidades e atraso na execução. As 20 obras representam um investimento total de quase R$ 156 milhões.

São as seguintes as obras a serem auditadas: Praça da Juventude em Capela; campo de futebol em Feira Nova; pavimentação e drenagem na via de acesso ao município e construção de praça na Rodoviária, em Laranjeiras; construção de 27 galpões industriais, pela Codise; reforma da escola no povoado Riachinho e creche em Ribeirópolis; urbanização de canteiros e implantação de ciclovias no Conjunto Marcos Freire III, em Nossa Senhora do Socorro; pavimentação e rede de esgoto em Estância; obras diversas da Secretaria de Educação de São Cristóvão; esgotamento sanitário de Umbaúba; terraplenagem e pavimentação a paralelepípedo em diversos municípios, pela Seinfra; duplicação e pavimentação de trecho da Rodovia SE-170 em Tobias Barreto, pelo DER; interligação da Avenida Augusto Franco com a Avenida Gasoduto em Aracaju, pelo DER; construção de creche em Ilha das Flores; sistema de esgotamento sanitário de Itabaiana, pela Deso; pavimentação e drenagem nos bairros Atalaia e Coroa do Meio, pela Emurb/PMA; construção da maternidade no bairro 17 de Março, pela Emurb/PMA; reconfiguração geométrica das Avenidas Euclides Figueiredo e Paulo Figueiredo Barreto no bairro Santos Dumont, pela Emurb/PMA; construção de creche em Itabaianinha; construção de escola do programa Proinfância, em Lagarto; e sistema de abastecimento d’água nos assentamentos Zumbi, Novo Marimbondo, Canaã, Belo Monte e Tiago Soares, em Tobias Barreto.



Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
28/06
13:57

Sergipe perde 11 mil postos de trabalho em 2016

Conforme  dados do CAGED, em maio de 2016 foram eliminados 1.563 empregos celetistas, equivalente à retração de 0,53% em relação ao estoque de assalariados com carteira assinada do mês anterior. Tal redução decorreu do declínio em quase todos os setores de atividade econômica, com destaque para a Construção Civil (-603 postos) e o Comércio (-461 postos).

Na série ajustada, que incorpora as informações declaradas fora do prazo, nos cinco primeiros meses do corrente ano os dados do CAGED apontaram uma redução de 11.482 postos (-3,77%).

Ainda na série com ajustes, nos últimos 12 meses verificou-se decrescimento de 3,64% no nível de emprego ou -11.092 postos de trabalho.



Economia
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
1 2 3 4 5 6 » Próxima » Última

Enquete


Categorias

Arquivos