31/08
19:44

Disputa em Aracaju - João Tarantela faz campanha aos trancos e barrancos

“Estamos fazendo campanha sem a mínima estrutura. Não temos carros de som e nem condições de contratar pessoal para expor nossa bandeira e distribuir nossos panfletos junto ao eleitorado. Mesmo assim, temos saído para as ruas”. A afirmação é do candidato a prefeito de Aracaju pelo PMN, João Tarantela. Ele declarou ainda que faz campanha franciscana, pois não tem ajuda financeira do partido e os 36 candidatos a vereador são pessoas humildes e sem condições de investir em seus próprios nomes. “Fazemos uma campanha aos trancos e barrancos, mas, ainda assim, faremos a diferença na disputa em Aracaju”, comentou. Nas pesquisas ele tem aparecido com 1% das intenções de votos.



Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
31/08
11:40

Valadares Filho: “Vou tirar Aracaju da UTI"

O candidato a prefeito de Aracaju pelo PSB, deputado federal Valadares Filho, revelou hoje ao blog que,. se eleito em outubro próximo anunciará de imediato Três medidas importantes para a cidade e para a administração pública. São elas:

1-Reorganizar a administração melhorando imediatamente os serviços da prefeitura;

2-Fazer um choque de gestão na saúde; 

3-criar logo nos primeiros dias equipes de manutenção da cidade em todas as árias.

“A cidade está abandonada,  precisando rapidamente de manutenção nos espaços públicos Seja na saúde, educação, praças meio fio,  quadras de esportes,  iluminação. A licitação do lixo farei de imediato”, revelou. Pretende também encaminhar no primeiro ano a licitação do transporte coletivo.

 

Valadares Filho explicou que deve ser entendido também como serviços de manutenção a limpeza pública, recuperação de ruas e avenidas  tomadas  por buracos, prédios escolares e das unidades de saúde, limpeza dos canais, melhoraria das creches e encaminhar ações para a construção de outras 10 unidades para abrigar crianças filhos de famílias trabalhadoras.

 

“Vamos buscar parcerias com a iniciativa privada para buscar os devidos  mecanismos  para tirar Aracaju da UTI. A Saúde vive crise de gestão há cerca de 10 anos  e há vários outros problemas acumulados. Vamos reorganizar a gestão para que a nossa cidade sai do sufoco e as pessoas possam viver melhor”, concluiu.



Política
Com.: 0
Por Eugênio Nascimento
31/08
10:17

Destaques esportivos da TV desta quarta-feira

10h Volta da Espanha
Ciclismo, ESPN +

12h Aberto dos Estados Unidos
Tênis, SporTV 3, ESPN e ESPN +

12h30 Copa do Mundo
Natação, SporTV 2

15h45 Alemanha x Finlândia
Amistoso, ESPN Brasil

19h30 Palmeiras x Botafogo-PB
Copa do Brasil, SporTV

21h45 Fluminense x Corinthians
Copa do Brasil, Globo (para SP), ESPN Brasil, SporTV e Fox Sports 2

21h45 Flamengo x Figueirense
Copa Sul-Americana, Globo (para RJ e DF), SporTV 2 e Fox Sports

21h45 Internacional x Fortaleza
Copa do Brasil, SporTV 3


Esportes
Com.: 0
Por Kleber Santos
31/08
08:45

Pesquisas para serem vistas em conjunto

Marcos Cardoso
Jornalista

Andam dizendo por aí que a candidatura de Valadares Filho cresceu. Tem gente que viu pesquisas diferentes e calculou como se fossem coisas distintas. Não são. As três pesquisas que saíram até agora são fotografias feitas em ângulos difusos da mesma paisagem. Todas elas mostram que Edvaldo largou bem, João largou mal — como era de se esperar — e Valadares Filho decepcionou.

Vejamos os números:

Comparar aferições estatísticas não é fácil e claro que a média de três pesquisas tão distintas é quase uma brincadeira matemática, mas mostra um retrato muito verossímil do que todos estamos vendo nesse início de marcha para a conquista da Prefeitura de Aracaju.

Valadares, que começou a campanha primeiro, deve ter sentido o gosto da decepção quando a TV Sergipe exibiu a pesquisa Ibope, na terça-feira, 23, apontando suas intenções de voto menores do que as dirigidas ao desgastado João. Naquela pesquisa, como vimos, deu Edvaldo com 28%, João com 18% e Valadares com 15%.

Mesmo já tendo errado, deliberada ou acidentalmente, o Ibope é um instituto sempre levado em consideração, pelo tradicionalismo e pelo reconhecimento nacional.

E o gosto amargo deve ter se acentuado quando o Ibope cravou a rejeição de João em expressivos 55%. Naquele quesito, Valadares registrou 28% de rejeição e Edvaldo, 27%. Como Dr. João pode ser tão rejeitado e ainda assim ter mais votos do que Valadares?

Isso deve ter mexido com a cabeça dos valadaristas, que se apegaram às outras pesquisas, Dataform/Cinform e Dataplan/Jornal do Dia, para negar sua rejeição. Da mesma forma que os joãozistas se agarraram àquela primeira para propagar que o prefeito largou muito bem para quem só decidiu disputar a reeleição aos 45 do segundo tempo.

A rejeição, vamos objetar, chama mais a atenção pela disparidade de informações contidas nas três pesquisas.

Vejamos agora os números da rejeição:

Os números do Ibope somam mais de 100% porque os pesquisadores do instituto permitiram que os entrevistados dessem mais de uma resposta. Ao contrário das outras pesquisas, onde só foi permitida uma única resposta à questão sobre rejeição.

Ainda assim, mesmo levando em conta a seriedade dos três institutos, soa estranho que a rejeição de Valadares tenha caído de 28% para 6% de uma pesquisa para a outra, num intervalo de apenas uma semana. E que a rejeição de João Tarantella tenha despencado de 17% para ínfimo 1%.

Mas vistas em conjunto as pesquisas ganham significação. Mostram que em qualquer cenário Edvaldo começou a campanha abrindo 10 pontos de dianteira para o segundo colocado, seja ele Valadares ou João. Que estes estão tecnicamente empatados, assim como Vera, Emerson, Sônia e Tarantella também estão muito próximos uns dos outros.

O mesmo ocorrendo quanto à rejeição. João não terá chance com metade do eleitorado, rejeição de 39% a 55%, o que é uma péssima notícia para ele, já que é um resultado difícil de reverter numa campanha tão curta.

Já Edvaldo e Valadares são rejeitados por mais ou menos 15% dos eleitores, normal para políticos experimentados. Os outros quatro têm pequena rejeição, como é de se esperar.

O Ibope identificou que 53% dos 602 aracajuanos entrevistados consideram ruim ou péssima a administração do prefeito João Alves. E que 70% desaprovam seu modo de governar.

A rejeição aos políticos em geral está expressa na confirmação de que mais de 60% dos eleitores pesquisados têm pouco ou nenhum interesse nas eleições. E há um volume grande de eleitores que se declaram indecisos ou que não querem votar, na soma variando de 24% a 45%.

No lado oposto da tabela, o Instituto Dataplan identificou entre os 1.226 eleitores pesquisados que Edvaldo Nogueira lidera com folga em todas as faixas etárias, seja entre os jovens como Valadares Filho ou os mais maduros como João Alves; em qualquer faixa de escolaridade, dos menos aos mais estudados; e em todos os sexos, onde aparece com mais de 30% de intenção de votos entre as mulheres.
Da mesma forma que a administração de João é um óbice à sua candidatura, o pobre portfólio de realizações que Valadares Filho tem para mostrar atrapalha seu sonho de aprovação popular.

E na comparação com os dois principais adversários Edvaldo leva vantagem: realizou uma gestão que agora é lembrada com saudade e, por isso mesmo, tem o que mostrar.


Colunas
Com.: 0
Por Kleber Santos
31/08
00:22

Gafanha e Lampião

Geraldo Duarte*
 
Não me acudiu a lembrança da reforma do Bar do Tico, a Arcádia, e o adiamento da reunião. Dei-me a ida.

Encontrei o Bududa e seu convidado, um Vinho Verde Casal Mendes – Branco Fino Meio-Seco e bolinhos de bacalhau.

Apresentado, ouvi chamar-se Gafanha e dizer-se estudioso do folclore em tese de doutorado.

Sempre costumeiras, as irreverência e polêmica do Bu. Ali, o faiscante tema: Lampião.

A princípio, desejei retirar-me. Porém, a mãe das vontades – a curiosidade – fez-se imposição.

Discussão posta. Um, enxergava em Lampião um quase herói. O outro, um bandido maior.
E eu, sem nada a ter com a peleja, de supetão, chamado a opinar. Onde me metera? Ideia pronta: escutar o pensar de cada. Depois? É depois!

Graças às lutas de Lampião no interior nordestino, em zonas desassistidas e carentes de segurança, começou o desenvolvimento regional. Como? Com aberturas de estradas no deslocamento das tropas policiais e aquisição de armamentos modernos, criação de povoados, implantações comerciais e agrícolas, além de empreendimentos que jamais existiriam não fosse o cangaço. Defendeu Bududa.

Menos verdade. Foi bando sanguinário, cometedor de todas as espécies de crimes. Homicídios, roubos, assaltos e furtos. Sequestros e estupros. Tudo somado a torturas horripilantes. Cheiros de sangue e morte eram perfumes para o monstruoso Lampião. Acusou Gafanha.

Por sorte, chegou o mestre Dante Abrantes D’Almeida e Souza que, empolgado, contou haver existido, em Portugal, o Zé do Telhado, um Lampião lusitano que...

Embrenharam-se pelo século XIX e esqueceram-me.

Na próxima semana, contarei a história do tal Zé.
 
*Geraldo Duarte é advogado, administrador e dicionarista.


Colunas
Com.: 0
Por Kleber Santos
31/08
00:06

Aplicativo contra o Caixa 2 Eleitoral


Eleitores poderão denunciar compra de votos, suspeitas de caixa 2 e outras irregularidades eleitorais  por meio de um aplicativo de celular. O aplicativo Contra o Caixa 2 pode ser baixado gratuitamente para telefones com sistemas operacionais Android ou iOS.

Instrumento foi desenvolvido pela empresa do vice-presidente da OAB/Montes Claro, Hebert Alcântara, o aplicativo possibilita colher e armazenas provas documentais e encaminhá-las à ouvidoria da OAB.

Para auxiliar neste processo de vigilância, a OAB, em todo o país, manterá Comitês que receberão denúncias de possíveis casos de caixa 2, como também realizarão campanhas de orientação e conscientização do voto. Este comitê recebe as denúncias, faz a análise e a triagem e, caso julgue procedente, encaminha as denúncias para os órgãos competentes para dar prosseguimento ao fato ocorrido.

SERGIPE
A Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Sergipe, já instalou o “Comitê de Combate ao Caixa 2 Eleitoral”, que foi inaugurado nesta última segunda-feira, dia 29 de agosto, às 16 horas, no plenário da OAB/SE, localizado na Av. Ivo do Prado, 1072, Bairro São José.

No Estado de Sergipe, além da OAB, participam do Comitê: o Conselho Regional de Contabilidade de Sergipe (CRC/SE), o Conal, a Associação dos Magistrados de Sergipe (Amase), a Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal, o Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Crea) e os sindicatos dos Jornalistas e Radialistas.

Agora é só baixar o aplicativo e contribuir com a justiça eleitoral.

Ascom


Política
Com.: 0
Por Kleber Santos
31/08
00:03

Governo inaugura nova sede da Coordenadoria Geral de Perícias e dos institutos de Identificação e Criminalística


O governador Jackson Barreto realizou a inauguração oficial do espaço, que recebeu um investimento de R$ 604.811,23 para reforma e adequação  

A integração de serviços essenciais da Secretaria de Segurança Pública em um único espaço. Essa meta do Governo de Sergipe foi alcança nesta terça-feira, 30, com a inauguração do novo complexo da Coordenadoria Geral de Perícias (Cogerp), no bairro Getúlio Vargas. Além dela, o prédio abriga também o Instituto de Criminalística Sérgio Figueiredo de Souza e o Instituto de Identificação Carlos Menezes. O governador Jackson Barreto fez a inauguração oficial do espaço, que recebeu um investimento de R$ 604.811,23 para reforma e adequação.
 
Jackson Barreto considera este um grande investimento para melhorar a vida das pessoas. “Afinal de contas o instituto da avenida Adélia Franco não oferecia condições de trabalho para o servidor, nem conforto para a população que vinha tanto da capital, como do interior, jogada ao sol e a chuva. Aqui nós temos uma Cogerp mais qualificada, com espaço, melhores condições de trabalho e de atendimento à população. Essa é a questão fundamental. A cada dia o governo demonstra o seu compromisso com a segurança e com a melhoria da qualidade de vida da população”, declarou.
 
O garçom Fabrício do Nascimento Santos, morador da capital, gostou da mudança. “Ficou mais arejado, mais movimentado. Lá era muito apertado, interrompia muito o trânsito e acho que aqui ficou um lugar bem confortável e o atendimento foi bem legal e rápido”, disse o jovem, que buscou um atestado de antecedentes.
 
Mas o ganho real para o Estado e para o cidadão vai além do conforto das instalações físicas. Com a centralização das três unidades, a expectativa é de prestar um melhor serviço à população sergipana, que terá acesso, no mesmo local, a diversos serviços, como confecção de carteiras de identidade, consulta de processo de perícia criminalista entre outros.
 
A autônoma Luciene Gomes da Silva buscou, hoje, a segunda via de sua carteira de identidade. “Minha primeira venceu, era muito antiga. Achei ótimo porque ficou mais próximo da gente. Também gostei do atendimento, já dei entrada nos documentos e estou só aguardando”, contou.


Política
Com.: 0
Por Kleber Santos
30/08
23:53

Nova entrada de Aracaju será entregue em outubro


A obra possui um investimento total de R$ 25.218.477,34

O novo acesso viário à capital sergipana, que interligará o entroncamento das BR’s 101 e 235 no município de Nossa Senhora do Socorro às avenidas Santa Gleide, Maranhão e Coelho e Campos, em direção ao centro Aracajuano, será entregue em outubro. A obra possui investimentos de R$ 24.118.259,84, além de mais R$ 1.100.217,50 para os serviços de iluminação, ambos derivados do programa Sergipe Infraestrutura, e é executada pelo Governo de Estado, por meio da Secretaria de Estado da Infraestrutura e do Desenvolvimento Urbano (Seinfra), em parceria com o Departamento Estadual da Infraestrutura Rodoviária de Sergipe (DER/SE). Atualmente, o investimento está com mais de 90% dos trabalhos finalizados.

Um grupo de 30 funcionários trabalha na aplicação da última camada de pavimentação asfáltica, que já cobre parte de um dos sentidos da via. Posteriormente, serão implantadas a sinalização horizontal e vertical, além da aplicação de grama em formatos de placa, garantindo um aspecto visual mais bonito à obra. O secretário de Estado da Infraestrutura, Valmor Barbosa, destaca a modernidade da rodovia. “A estrutura desta nova entrada de Aracaju é diferenciada. São 4 km de extensão, com duas pistas de rolamento, cada uma medindo nove metros de largura, seguindo os novos padrões estabelecidos nas rodovias estaduais. Também fazem parte da obra dois passeios laterais, uma ciclovia em duas direções e um canteiro central, onde já foram fixados os postes de iluminação e será plantada a grama”, detalha.

Valmor Barbosa também atenta para os benefícios que a obra garantirá à população que reside nas suas proximidades. “Este acesso permitirá aos moradores de bairros e povoados adjacentes um espaço para a prática de atividades físicas e estimulará o crescimento do comércio local, além de valorização dos terrenos e casas nos arredores, em função do aumento do tráfego diário”, afirma.

Obra
A nova via segue o prolongamento da Avenida Maranhão, chegando até ao bairro Santa Gleide e à BR-235. A obra vai possibilitar a formação de um novo corredor de acesso à capital sergipana, ligando a BR-235 ao centro da cidade através das avenidas Santa Gleide, Maranhão e Coelho e Campos. Quem se dirigir à capital pela Rota do Sertão, via BR-235, ou mesmo pela BR-101 Norte, encontrará a nova estrada a partir do viaduto de acesso a Itabaiana.

Valmor Barbosa diz ainda que a nova rodovia é um dos mais importantes investimentos do Executivo Estadual para o progresso de Aracaju. “Nas quatro regiões da cidade, o Governo do Estado vem realizando obras de infraestrutura cujo maior propósito é contribuir para a mobilidade urbana, a exemplo da interligação das Avenidas Rio de Janeiro e Gasoduto, o prolongamento e duplicação da Avenida Tancredo Campos e a ampliação do sistema viário do Centro Administrativo”, declara.


Variedades
Com.: 0
Por Kleber Santos
1 2 3 4 5 6 » Próxima » Última

Enquete


Categorias

Arquivos