Coluna Primeira Mão

 Presidente eleito do TCE-SE reduzirá cargos comissionados

 

O presidente eleito do Tribunal de Contas de Sergipe (TCE-SE), Clóvis Barbosa de Melo, simpatiza com a proposta do Ministério Público de convocar para o exercício das atividades profissionais os 30 aprovados e que estão na chamada lista de espera. A convocação já seria um passo importante para reduzir os Cargos Comissionados da Casa. Uma outra medida que já se tem como inevitável é a redução do número de profissionais de imprensa no TCE-SE. Barbosa estaria se convencendo de que dá para conduzir todas as atividades da Diretoria de Comunicação com apenas quatro ou cinco  jornalistas, isso já incluindo a parte de cerimonial. O presidente eleito será empossado no dia 14 de dezembro , mas somente assumirá o comando da corte no dia 2 de janeiro.

 

TRE-SE dá continuidade aos julgamentos do uso ilegal das subvenções

 

Nesta segunda-feira, 30, o Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TRE-SE) dá continuidade aos julgamentos  dos casos de uso irregular dos recursos das subvenções da Assembleia Legislativa do Estado (Alese) de 2014.

Próximos julgamentos do TRE sobre as subvenções

Segunda-feira, 30 -  João Daniel (PT) e Luiz Mitidieri (PSD) - cassação, multa de R$ 106.410 e inelegibilidade por oito anos.

Terça-feira, 1º -  Adelson Barreto (PTB) e Gilson Andrade (PTC) - cassação, multa de R$ 106.410 e inelegibilidade por oito anos. Mundinho da Comase (PSL) - multa de R$ 106.410,00 e inelegibilidade por oito anos.

Quarta-feira, 2 -  Gustinho Ribeiro (PSD), Jefferson Andrade (PSD) e Zezinho Guimarães (PMDB) - cassação, multa de R$     106.410 e inelegibilidade por oito anos.

Quinta-feira, 3 -  Venâncio Fonseca (PP) - cassação, multa de R$ 106.410 e inelegibilidade por oito anos. Zeca da Silva (PSC) - multa de R$ 106.410 e inelegibilidade por oito anos.

Ainda sobre as subvenções -  Todas as condenações ocorridas, inclusive as cassações dos mandatos dos deputados estaduais Augusto Bezerra, Paulinho da Varzinhas e Capitão Samuel, são passíveis de recursos junto às instâncias superiores (TSE).

 

Seria um caso de exercício ilegal de CC?

 

De um advogado que encaminhou e-mail à coluna:  “Entrei em contato com a OAB-SE e fui informado  que a advogada Camila Lima de Oliveira - OAB 5467/SE, não se licenciou da advocacia para poder exercer a função de secretária de saúde de Frei Paulo. O artigo 28, III, do estatuto da OAB torna incompatível c a advocacia ocupar cargo de direção em órgãos da administração pública”.

 

Polícia Comunitária, uma boa experiência no bairro América


Nas décadas de 1970, 1980 e 1990 o bairro América era muito conhecido dos aracajuanos  pelas suas hortas de alface, coentro, cebolinha verde, couve, tomate e pimentões e pelos elevados índices de violência. Dizia-se sempre que eram mortos 5 ou seis por semana e deixava-se a mesma quantidade de pessoas amarradas para a semana seguinte. O bairro era o retrato da violência. Os religiosos capuchinhos, ligados à Igreja São Judas Tadeu, somaram esforços às dezenas de famílias que viviam amedrontadas na área e foram ao Governo de Sergipe, através da SSP,  buscar a criação de um Posto de Polícia Comunitária. A Polícia aproximou-se da população e afastou os marginais da área. O bairro América saiu do noticiário policial diário. O esforço popular e policial, que foi fortalecido com o fim da Penitenciária que ficava no bairro, construiu uma nova realidade. É uma experiência de sucesso que pode muito bem ser repetida em bairros como Santa Maria (toda a Zona de Expansão de Aracaju), Jardim Centenário, Santos Dumont, Bugio, entre outros.


Obrigatoriedade -  O presidente da Assembleia Legislativa de Sergipe, deputado Luciano Bispo, precisa buscar alguma forma de obrigar os seus colegas de parlamento se fazerem presentes às sessões especiais de entregas de títulos de cidadania, mérito parlamentar e audiências públicas. É esquisito a Casa aprovar esse tipo de sessão e no dia das homenagens ou dos debates não se ver um pé de deputado. Demonstra descaso com o homenageado.


PMDB discute sucessão em Aracaju e acaba polêmica


O deputado estadual Robson Viana avalia que as coisas no PMDB, agora, tomaram o rumo normal. “Garibalde (Mendonça) assumiu o comando das discussões sobre as eleições municipais de 2016, em Aracaju, e já conversou com o deputado federal Valadares Filho (PSB), vai ouvir os deputados, os vereadores, os demais pré-candidatos e pessoas interessadas no processo político. Se a eleição é municipal, o assunto precisa estar sendo encaminhado pelo Diretório Municipal do qual Garibalde é presidente. Agora o processo está em situação regular, sem atravessadores e a polêmica já acabou?.
Boa ideia ? É boa a iniciativa do ex-deputado estadual Jorge Araújo de sugerir ao Banco do Estado de Sergipe (Banese) que coloque em espaço externo visível o nome da pessoa que o empresta para a agência. Como é feito hoje, com uma plaqueta dentro e quase invisível, parece uma homenagem clandestina.


“SE tem muitas rezadeiras que curam”, diz João Daniel


Indagado se em suas andanças pelos municípios de Sergipe tem observado que existem no Estado muitas rezadeiras/benzedeiras/curandeiras, o deputado federal João Daniel (PT) disse de imediato: tem e eu acredito que elas curam. Já vi pessoas procura-las para resolver seus problemas e saírem livres deles. E casos em que as pessoas melhoraram na volta para casa, após a “consulta”. E acrescentou: não sei quantas elas são em Sergipe, mas são muitas em todo o Nordeste e são muito respeitadas pelo povo. O Grupo de Saberes Populares diz que ?os nomes variam  (rezadeiras, curandeiras, benzedeiras.), mas a importância é a mesma para as pessoas que as procuram em busca de uma oração para a cura de algum mal. Em comum, além da humildade e do olhar doce, as rezadeiras têm alguns modos de orar, benzendo os pacientes com as mãos ou com plantas, em uma linguagem própria, uma espécie de cochicho ininteligível que mantêm com Deus ou com  as (os) santas(os) que são devotas." Em Sergipe a procura ainda é muito grande, principalmente nos povoados do interior, onde o povo não sabe sequer o que é um médico.


Passarelas -  Por que não construir logo uma passarela ligando o ponto de ônibus em   frente ao Campus da UFS à área interna da instituição de ensino superior, no bairro Rosa Elze (São Cristóvão)? Estão esperando acontecer um acidente de graves proporções? Ocorrem atropelamentos com muita frequência no local. O custo de uma passarela não é elevado. Dá para fazer essa pequena obra.


Está de volta - O ex-presidente da OAB/SE, Henri Clay Andrade foi eleito na sexta-feira passada, 27, para o exercício do terceiro mandato à frente da entidade. Ele era aliado de Carlos Augusto, atual presidente, rompeu, formou sua chapa e saiu vitorioso das urnas.


Inauguração - A Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP/SE) inaugura nesta segunda-feira, 30, às 10h,  o Centro Integrado de Segurança Pública (CISP) no município de Pedra Mole. O novo CIPS, que vai concentrar policiais militares e civis, pretende propiciar mais eficiência na prestação de serviços à população, além de oferecer mais conforto e comodidade aos profissionais de segurança.

Deixe um comentário

Seu nome (Necessário)
Seu E-mail (Necessário - Não será exibido)
Seu comentário
Código da imagem:

Enquete


Categorias

Arquivos