Coluna Primeira Mão

 

Sindicato forte


Em tempos de eleições, sindicatos de professores promovem greves e paralisações. Isso pode significar duas coisas: Mostrar que as lideranças não são pelegas, mas combativas, é a primeira e a segunda é decorrente da anterior, no caso mobilizar professores, que também são eleitores, para votar nos candidatos da categoria. Só e somente o poderoso sindicato da rede estadual de ensino consegue eleger deputado estadual sem precisar da ajuda de ninguém.


Jeito de governar

Alguns analistas políticos dizem que a forma de governar do prefeito Edvaldo Nogueira consiste no seguinte: jardinagem, paisagismo, coleta do lixo, garantir o pagamento da folha de servidores, realização de festas juninas e construção ou recuperação de alguma orla. Isso parece muito pouco e mostra má vontade, mas já é muita coisa comparada com a administração de seu antecessor. Desde que Edvaldo assumiu a prefeitura, Aracaju melhorou muito.


Economia em foco


Existem previsões sobre as próximas eleições que afirmam que a corrupção e a criminalidade serão os assuntos mais debatidos. É bem possível, mas o problema verdadeiro continuará sendo a economia. Como colocar o Brasil na trilha do crescimento econômico? Os candidatos a governador também precisam ter respostas para o problema em seus estados e parar com a desculpa de que a crise econômica é somente da responsabilidade do federal. Isso vale para todos


Bolsanaro em SE


O deputado federal Jair Bolsonaro esteve em Sergipe na quinta-feira passada. Candidato à presidência da República, tem um cabo eleitoral de peso. Trata-se da mídia sensacionalista que faz a cobertura da criminalidade no país. O outro cabo eleitoral dele é a incompetência das polícias estaduais na prevenção de crimes. Se Bolsonaro não for barrado na justiça, pode criar problemas para candidatos moderados. As lideranças de seu partido defendem, entre outras coisas, o uso de arma para autodefesa. Trata-se do Projeto Urtigão.


Salários dos servidores


O governador Belivaldo Chagas trabalha a ideia de pagar dentro do mês trabalhado os salários dos servidores públicos do Estado. Esse projeto não sai de sua mente.


PT aliançado


Ao contrário do que tem sido comentado por segmentos da mídia, não tem força no PT a proposta de disputar as eleições deste ano em Sergipe com chapa puro sangue. Os grupos do presidente do partido, Rogério Carvalho, do deputado federal João Daniel e ex-deputado Márcio Macedo, que formam a maioria, apostam na aliança com o governador Belivaldo Chagas (PSD) e o ex-governador Jackson Barreto (MDB). Quem aposta no PT só é a tendência da deputada estadual Ana Lúcia.


Menores expostos


Em vários grupos de WhatsApp são exibidas fotos de menores infratores, a exemplo daquele que é acusado de ter assassinado, na semana passada, uma policial/sargento destacada na Assembleia Legislativa de Sergipe. É claro que a coluna não compactua com o matador, mas esse tipo de exibição é proibida por lei.


Riachão do Dantas


O mandato da prefeita de Riachão do Dantas parece ser um dos mais complicados. Ela se envolve em problemas com frequência. Embora a população goste de muitas cores, a prefeita resolveu pintar todos os prédios públicos com a sua cor favorita: o verde. Lembra o ex-prefeito João Alves no seu último mandato em Aracaju.


Junho mês do desgosto


Junho de 2018 anda mais agressivo que os últimos agostos, o mês do desgosto. Até agora morreram em Sergipe as seguintes personalidades: o arcebispo D. Luciano José Cabral Duarte, o ex-deputado federal e ex-vice-governador José Carlos Teixeira, professora e pedagoga Ada Augusta, o ex-prefeito de Aracaju Cleovansóstenes Pereira de Aguiar e ainda estamos nos 10 primeiros dias do mês. Cuidado!


Derrubada de postes


Os sergipanos derrubam quase um poste de iluminação por dia durante o ano. Quais as causas para esses acidentes? Não existem dados sobre o assunto. Pessoas arriscam dizer que são a embriaguez ao volante e o uso do celular enquanto dirigem. À essas duas causas poderíamos acrescentar a baixa qualidade do treinamento das auto-escolas e a facilidade na aprovação nos exames do Detran?


Traição histórica


Por mais incrível que pareça, ainda está rendendo a história da "traição" sofrida pelo falecido ex-presidente do velho MDB em Sergipe, José Carlos Teixeira. Isso é o que se chama "falta do que fazer". O comportamento de certas pessoas parece ressentimento e campanha eleitoral para prejudicar a campanha do "traidor". Para refrescar a memória de muitos, naqueles tempos o PT era a esquerda em Sergipe. O resto era o resto.


Eleitor só dança


É tempo de festas juninas! Enquanto os eleitores estiverem se divertindo, não está no gibi a grande quantidade de candidatos tomando quentão, pulando fogueira, frequentando quadrilhas, mantendo um sorriso permanente no rosto, marcando quadrilhas, apertando mãos, dando tapinha nas costas de conhecidos e desconhecidos e arriscando alguns passos de dança. Só não pode pisar no pé da dama, pois isso tira voto!


Execução de Marielle


O caso da execução da vereadora carioca Marielle Franco, passados quase dois meses, continua na estaca zero. Toda vez que autoridades civis e militares vêm a público só trazem a mesma mensagem: justificativas por ainda não terem encontrado os assassinos da vereadora e de seu motorista. Talvez uma comissão de investigadores independente possa dar as respostas que a opinião pública brasileira tanto espera.


Canudinhos trapalhões


O Rio será a primeira cidade brasileira a proibir o uso de canudos de plásticos. Por que não fazer isso por aqui também? Estima-se que eles resistem 400 anos, poluem mares e matam tartarugas, baleias e outros mamíferos marinhos.

 

Deixe um comentário

Seu nome (Necessário)
Seu E-mail (Necessário - Não será exibido)
Seu comentário
Código da imagem:

Enquete


Categorias

Arquivos