Setor produtivo de Sergipe se sente esquecido por candidatos ao governo

17/09/2018 20:51:40 por Kleber Santos em Economia
Representantes do setor produtivo de Sergipe, geradores de emprego e renda, preencheram o Radisson Hotel, na noite desta segunda-feira, 17, para apresentar propostas voltadas para o Desenvolvimento Econômico  aos candidatos ao governo do Estado e acompanhar um debate entre eles sobre o tema. Todos os candidatos foram convidados e confirmaram presença Belivaldo Chagas, Eduardo Amorim, Valadares Filho e Milton Andrade. No entanto, assim que o candidato Belivaldo anunciou no fim da tarde que não participaria do evento, Eduardo e Valadares declinaram também. Para centenas de representantes de entidades diversas do setor produtivo, o sentimento foi de esquecimento. 

"Não é à toa que Sergipe vive essa crise aguda na economia. Se um candidato tem a oportunidade de reunir todo o setor produtivo, que gera emprego, gera posto de trabalho, e troca para fazer uma movimentação política de rua, de carreata ou panfletagem, não é à toa  que nosso Estado vive a crise que está", considerou o presidente da Associação Comercial e Empresarial de Sergipe (Acese), Marco Aurélio Pinheiro.

O evento é uma realização da Acese, Fecomércio, Faese, Fies, Setransp, Assedis, Sindesp, Fórum Empresarial de Sergipe, Sescap, Sincadise, XP investimentos, Wert, com apoio da CDL,  FCDL e BR27.

Deixe um comentário

Seu nome (Necessário)
Seu E-mail (Necessário - Não será exibido)
Seu comentário
Código da imagem:

Enquete


Categorias

Arquivos