"Educação será prioridade do nosso governo", garante o governador reeleito, Belivaldo Chagas

29/10/2018 18:28:15 por Redação em Política
Governador reeleito deu entrevista nesta segunda-feira (29)

O governador Belivaldo Chagas (PSD), reeleito com 64,72% dos votos dos sergipanos, falou sobre os desafios de seu próximo mandato, a partir do ano de 2019, em entrevista ao jornal SE1, da TV Sergipe (Afiliada Rede Globo), nesta segunda-feira, 29.

Belivaldo reafirmou que a Educação será a prioridade do governo de Sergipe não somente a partir de 2019, mas desde já. "Hoje mesmo, estou viajando para Brasília, com o objetivo de buscar recursos financeiros para melhorar a estrutura de nossas escolas, para permitir a valorização dos trabalhadores da educação. Pretendo garantir o maior valor possível de recursos e emendas para a educação. É preciso buscar também ações conjuntas com o governo Federal e buscar formas de integrar os municípios nesse processo, afinal, nosso país está carente de um projeto voltado para educação. O que vemos são exemplos isolados de estados que estão dando certo", destacou o governador.

Reconduzido ao cargo de chefe do poder executivo de Sergipe com 679.051 dos votos, Belivaldo Chagas venceu em 74 dos 75 municípios sergipanos.
 
Questionado sobre os projetos para a Segurança Pública, Belivaldo diz que pretende dar continuidade ao trabalho que já vem sendo realizado desde o mês de abril, quando assumiu o governo e tomou diversas medidas para reduzir os índices da criminalidade em Sergipe.

Em relação à Saúde, Belivaldo voltou a falar sobre os investimentos na área de Oncologia em Sergipe. "Já avançamos neste segmento, dentro do Huse, com o atendimento sendo prestado e as máquinas em funcionamento. O projeto do Hospital do Câncer tem um custo altíssimo, então a ideia é construir, sim, uma unidade voltada ao tratamento do câncer, que poderá ser chamada de hospital, mas oferecendo serviços que não temos ainda. No entanto, não dá pra construir um novo hospital, quando vemos os aceleradores lineares funcionando, radioterapia nos três turnos. Não somente construir por construir, mas avaliar as necessidades", reafirmou.

Fonte: Assessoria
 

Deixe um comentário

Seu nome (Necessário)
Seu E-mail (Necessário - Não será exibido)
Seu comentário
Código da imagem:

Enquete


Categorias

Arquivos