Selo OAB Recomenda e Outros Temas

07/01/2019 12:10:04 por Kleber Santos em Colunas
Angelo Roberto Antoniolli
Reitor da UFS

É, sem dúvida, motivo de júbilo para a Universidade Federal de Sergipe, e, mais de perto, para todos que fazem o Departamento de Direito. E, especialmente, para os nossos alunos. O fato é que recebemos o Ofício nº 250/2018-GAC do presidente do Conselho Federal da OAB, datado de 18 de dezembro último, convidando para a Cerimônia de Entrega da 6ª Edição do Selo de Qualidade OAB Recomenda – “Instrumento em Defesa da Educação Jurídica Brasileira”, a realizar-se no dia 30 de janeiro, às 14 horas, na sede do referido Conselho, em Brasília. 

De acordo com as palavras do Presidente Nacional da OAB, Cláudio Lamachia “Idealizada com o intuito de contribuir para o aprimoramento do ensino jurídico no País, a mencionada distinção expressa reconhecimento às instituições de educação superior cujo curso de graduação em Direito apresente elevado padrão, conforme critérios estabelecidos pela Comissão Especial para Elaboração do Selo OAB Recomenda”.

A Universidade Federal de Sergipe é a única ganhadora, no estado, do Selo de Qualidade OAB Recomenda, tendo recebido, inclusive, todos os seis Selos. É um feito memorável para qualquer Universidade e, claro, para o curso de Direito. São os nossos alunos brilhando mais uma vez. São os nossos professores, no conjunto, saboreando o êxito dos seus discípulos. 

Em 2011, por ocasião da entrega do Selo OAB Recomenda o então presidente Nacional da OAB, Ophir Cavalcante, afirmou: “A formação educacional deve transcender ao desejo de oferecer uma boa técnica profissional. O foco deve estar na formação de verdadeiros cidadãos. Por isso a OAB leva tão a sério o desafio permanente de zelar pela qualidade do ensino aos cidadãos que vão fazer e administrar a Justiça em nosso país”. Essa afirmação do então presidente reflete como deve ser ministrado o curso de Direito em qualquer instituição de ensino superior. É o que a Universidade Federal de Sergipe tem procurado fazer. E os nossos alunos têm consciência do quanto devem aprender. São bons alunos, que se esforçam para aprender o máximo, e, com certeza, saem da Universidade prontos para enfrentar o mercado de trabalho em quaisquer carreiras jurídicas. 

Por outro lado, no último Exame Unificado da OAB os nossos alunos, mais uma vez, mostraram o seu valor, obtendo a segunda colocação e ficando atrás apenas dos alunos da Universidade de São Paulo – USP, do Campus de Ribeirão Preto, que, outra vez, bateram os alunos da famosíssima Faculdade de Direito da USP, no Largo de São Francisco, na capital. Este feito dos nossos alunos mostra uma boa sequência, inclusive, em anos passados já obtiveram mais de um primeiro lugar (2009 e 2011) e, dentre mais de mil cursos de Direito, jamais deixaram de ficar entre os primeiros colocados, após a unificação do Exame. 

Na última avaliação feita pelo Ministério da Educação, em 2017, o curso de Direito da Universidade Federal de Sergipe recebeu nota quatro (4), em uma escala que vai até cinco (5). A avaliação é realizada a cada três anos. A nota quatro (4) coloca o curso entre um dos melhores do país. A prova da sua qualidade está estampada tanto no Selo OAB Recomenda, quanto no Exame da OAB. 

Para completar este artigo, o jornal Folha de São Paulo publica periodicamente o Ranking Universitário Folha (RUF). No ranking de 2018, publicado no fim do ano, a Universidade Federal de Sergipe, dentre 196 Universidades pesquisadas, obteve a 38ª colocação, ficando à frente de Universidades Federais como as de Campina Grande (UFCG), na Paraíba, Alagoas (UFAL), Amazonas (UFAM), Piauí (UFPI), Mato Grosso do Sul (UFMS), Triângulo Mineiro (UFTM), Rio Grande (UFRG), Tecnológicado Paraná (UFTPR), Maranhão (UFMA), Rural de Pernambuco (UFRPE), dentre outras. 

No RUF, nenhuma Universidade particular do Nordeste ficou entre as 83 melhores colocadas. 

Os critérios da avaliação feita pelo RUF levam em consideração os seguintes itens: ensino (42%), pesquisa (32%), mercado (18%), inovação (4%) e internacionalização (4%). 

Apenas para fins de ilustração, o item mercado considera a opinião de 5.444 profissionais de RH consultados pela Datafolha em 2016, 2017 e 2018 sobre preferências de contratação.

O curso de Direito da Universidade Federal de Sergipe continuará na vanguarda das aferições. E a própria UFS, ainda pequena em estrutura, agiganta-se no que está fazendo e se agigantará no que está para fazer. Resta-nos parabenizar os que integram o nosso curso de Direito pelos contínuos êxitos obtidos. E também a todos que compõem a nossa comunidade acadêmica. 

Deixe um comentário

Seu nome (Necessário)
Seu E-mail (Necessário - Não será exibido)
Seu comentário
Código da imagem:

Enquete


Categorias

Arquivos