UFS assina ordens de serviços para executar 5 obras em São Cristóvão

30/08/2011 13:22:57 por Eugênio Nascimento em Colunas

O reitor Josué Modesto dos Passos Subrinho assinou ontem ordens de serviços para execução de cinco obras no campus de São Cristóvão no valor de R$ 4,5 milhões. Também será assinada ordem de serviço para elaboração de projeto visando à recuperação de área degradada (lagoa de estabilização), cujo valor é de R$ 305 mil. O evento ocorre às 10h na Sala dos Conselhos Superiores.


Os investimentos visam melhorar a segurança, recuperar áreas degradadas e oferecer melhores condições de funcionamento aos novos cursos. “O crescimento da UFS, bem como o aumento na quantidade de cursos, alunos e professores, enseja a necessidade de investimento em infraestrutura, que nem sempre se restringe ao nosso campo visual, sendo muitas vezes imperceptíveis, embora extremamente necessária ao bom funcionamento da instituição”, diz Jorge Antonio, assessor do reitor. Veja abaixo a lista das obras:


- Implantação da infraestrutura (abastecimento de água, esgotamento sanitário com tratamento, energia elétrica, cabeamento estruturado, regularização da área e pavimentação) para instalação de dez laboratórios móveis que contemplam os cursos de Engenharia Florestal, Zootecnia, Engenharia de Pesca, Medicina Veterinária e de Engenharia Agrícola. Valor R$ 304.300,00. Prazo de execução de 90 dias;


- Cercamento da Cidade Universitária ‘Prof. José Aloísio de Campos’. Abrange um perímetro de 3.374,00m. Valor R$ 823.303,24. Prazo de execução de 150 dias;


- Cercamento de área pertencente à UFS localizada no conjunto Rosa Elze, bairro Eduardo Gomes, no município de São Cristóvão/SE. Área de 246.011,50m² e perímetro de 2.071,72m. Valor R$ 1.355.734,55. Prazo de execução 180 dias;


- Construção de muro, pavimentação e guarita das garagens da Prefeitura do Campus (Prefcamp). Valor R$ 223.784,72. Prazo de execução 120 dias;


- Adequação e ampliação do polo de Engenharia de Materiais com área de 2.320,00m². Valor R$ 1.824.866,41. Prazo de execução 360 dias.


- Plano de recuperação de áreas degradadas e elaboração do projeto executivo do sistema de esgotamento sanitário, tratamento, disposição dos efluentes e reaproveitamento. Valor R$ 305.647,14. Prazo de execução de 150 dias. (Da assessoria)

Enquete


Categorias

Arquivos