Começa uma onda de denuncismo em Sergipe

31/12/2012 19:47:10 por Eugênio Nascimento em Colunas
A posse dos novos prefeitos vai deflagrar uma  onda de denúncias contra os governantes que  estão deixando o cargo e que não são aliados dos  sucessores. Já há problemas expostos em Aracaju,  Lagarto, Itabaiana e Graccho Cardoso, onde 240  servidores acamparam em frente à Prefeitura,  reivindicando os salários dos últimos quatro meses  - que não lhes foram pagos.


Em Aracaju, João Alves Filho, prefeito eleito  pelo DEM, já alfinetou o antecessor Edvaldo  Nogueira (PC do B), anunciando que “a realidade não é boa”. E garantiu que há precatórios atrasados, problemas de pagamento com a empresa que recolhe o lixo e atrasos junto a vários outros segmentos empresariais.


A mesma situação da capital atinge Lagarto,  Itabaiana e vários outros municípios sergipanos.  Os prefeitos enfrentam perdas no FPM desde 2009,  quando o Governo Federal reduziu e isentou do IPI  carros, geladeiras, fogões etc. - e o IPI, junto com o  Imposto de Renda, compõe o Fundo de Participação  dos Municípios.

 
Mas, isso por si só não justifica deixar dívidas de  pagamentos em atraso deuma gestão para a outra,  a exemplo da questão do lixo em Aracaju. Não se  trata de um ato criminoso ou ilegal, mas algo que deveria ser evitado. É preciso definir as prioridades administrativas, e pagar o que se deve deveria ser uma delas.


Os prefeitos que estão assumindo o comando  político-administrativo dos municípios precisam  entenderque as dívidas deixadas não são dos  prefeitos, mas sim do poder público, e que devem  ser pagas por quem chega a ele.  Mas, a opção é  sempre pelo denuncismo para justificar possíveis  problemas que venham a surgir e queimar a  imagem do antecessor.


De janeiro a, pelo menos, uns três ou quatro  meses mais, o denuncismo será a pauta da  imprensa. Os novos prefeitos e seus secretários  lembrarão sempre “as condições em que assumiram  o poder e os problemas que herdaram”, e vão  entrando no jogo de protelar o pagamento das  dívidas velhas e novas. Fique de olho.

Deixe um comentário

Seu nome (Necessário)
Seu E-mail (Necessário - Não será exibido)
Seu comentário
Código da imagem:

Enquete


Categorias

Arquivos