Hemose precisa de sangue Rh negativo

30/01/2013 07:42:06 por Eugênio Nascimento em Variedades

O Centro de Hemoterapia de Sergipe (Hemose) está com um déficit de 60% no estoque de sangue fator Rh negativo. Ontem, a unidade tinha à disposição apenas 23 bolsas de sangue distribuídas da seguinte forma: A negativo (12); Ab negativo (02); B negativo (02) e O negativo (07).

“O Hemose atende l6 hospitais e o consumo de sangue fator Rh negativo foi além do previsto”, informa a gerente da Coleta, Florita Aquino, ao advertir que a regularização do estoque depende do gesto voluntário dos doadores. “Na semana passada o serviço intensificou a captação de doadores de dois tipos sanguíneos, o A negativo e B positivo, e os doadores atenderam ao chamado. Esperamos que essa solidariedade permaneça”, disse.

De acordo com dados do Ministério da Saúde, apenas 19,5% da população do Brasil têm sangue com fator Rh negativo. Desse percentual, 9% da população estão inseridos no grupo de sangue O negativo, 8% têm sangue A negativo, 0,5% é de AB negativo e 2%, B negativo.

O cidadão interessado em contribuir com o serviço deve estar atento para as condições necessárias no dia da doação de sangue. Dentre elas, ter entre 16 e 67 anos de idade, estar em bom estado de saúde, pesar mais de 50 quilos e comparecer ao serviço bem alimentado. Também é imprescindível a apresentação de documento oficial com foto, válido em todo território nacional.

(Da assessoria)

Deixe um comentário

Seu nome (Necessário)
Seu E-mail (Necessário - Não será exibido)
Seu comentário
Código da imagem:

Enquete


Categorias

Arquivos